Modelagem e simulação hidrológica Marllus Gustavo Ferreira Passos das Neves .

of 16/16
Modelagem e simulação hidrológica Marllus Gustavo Ferreira Passos das Neves www.ctec.ufal.br/professor/mgn
  • date post

    07-Apr-2016
  • Category

    Documents

  • view

    226
  • download

    6

Embed Size (px)

Transcript of Modelagem e simulação hidrológica Marllus Gustavo Ferreira Passos das Neves .

  • Modelagem e simulao hidrolgicaMarllus Gustavo Ferreira Passos das Neveswww.ctec.ufal.br/professor/mgn

  • Horrio: teras e quintas 13:00 at 16:00Local: Sala do Mestrado do PPGRHSDisciplina EletivaObjetivoCompreender os processos e sua interao em sistemas hdricos, lanando as bases para a simulao e comparao de cenrios que, por sua vez, subsidiam tomadas de deciso racionais

  • Programa0. Introduo disciplinaFundamentos da modelagemAnlise numrica 3. Otimizao de parmetros4. Escoamento: introduo, modelos de rios e reservatrios5. Escoamento: modelos chuva-vazoAs aulas e demais atividades distribudas ao longo do bimestre, totalizando 45 horas. Pode haver alterao ao longo do processo (com aviso prvio)Material disponibilizado em:www.ctec.ufal.br/professor/mgn

  • Cronograma 2015.2

  • BibliografiaLIVROS Tucci, C.E.M. Modelos Hidrolgicos. Ed. UFRGS ABRH 652p- FRAGOSO JR, C. R. ; FERREIRA, T. F. ; MOTTA MARQUES, D. M. L. . Modelagem Ecolgica em Ecossistemas Aquticos. 1. ed. So Paulo: Oficina de Textos, 2009. v. 1. 304p.- Tucci, C. E. M. Hidrologia: Cincia e Aplicao- Maidment Handbook of Hydrology- Righetto, A. M. Hidrologia e Recursos Hdricos- Cunha, C. Mtodos Numricos - para as Engenharias e Cincias Aplicadas. Campinas, SP: Editora da Unicamp.- Beven, K. 2001. Rainfall-runoff modeling: the primer- Ponce, V. M. Engineering Hydrology: Principles and Practice- McCuen, R. Hydrologic Analysis and design- Anderson & Burt - Hydrological ForecastingColeo ABRH Modelos para gerenciamento de rec. hd.

  • BibliografiaLIVROS - Chapra Surface Water Quality Modeling- Chapra e Canale Numerical Methods for Engineers-Wagener, Wheater, Gupta - Rainfall-runoff modelling in gauged and ungauged catchments- Singh, V.P.; ed. Computer models of watershed hydrology. Highlands Ranch, Colorado, Water Resources Publ., 1995.- Physical Hydrology (Dingman)- Hydrology: An Introduction - Brutsaert

    ARTIGOS DE PERIDICOS DIVERSOSKlemes, V. 1986 Operational testing of hydrological simulation models. Hydrological Sciences Journal V. 31 No. 1 pp. 13-24.Nash e Sutcliffe, 1970 (Journal of Hydrology)

  • ARTIGOS DE PERIDICOS DIVERSOSSINGH, V. P. e WOOHISER, D. A, 2002. Mathematical Modeling of Watershed Hydrology. Journal of Hydrologic Engineering V 7 N4 July 2473-292. Artigo do Gupta sobre o coeficiente de Nash-Sutcliffe considerando variabilidade sazonal (Value of Nash values)Perrin, C.; Michel, C.; Andrassian, V. Does a large number of parameters enhance model performance? Comparative assessment of common catchment model structures on 429 catchments. J. Hydrology, 242:275-301, 2001.

    Bibliografia

  • AvaliaoOs conceitos sero obtidos por meio de:Provas de conceitos individuais 20%um trabalho em forma de artigo individual peso 80%

    Recuperao todo o contedo do curso prova para alunos que faltarem uma prova por qualquer razo e para quem desejar melhorar o conceito.

    No haver recuperao para alunos que deixarem de fazer o trabalho em forma de artigo

  • AvaliaoO contedo do artigo poder versar sobre temas abordados na disciplina ou outro proposto pelo aluno e aceito pelo professor (vejam depois sugestes nos prximos slides ou converse com alunos de turmas passadas para complementar seus trabalhos Provas de conceitos

    Sorteado no momento da prova um tema para a 1 metade da aula dissertao nota PC_12 metade da prova dissertao sobre outro tema escolhido, com exceo daquele sorteado nota PC_2Nota da PC = 0,4 . PC_1 + 0,6 . PC_2

    NotaConceito10 a 9A9 a 8B8 a 7C< 7D

  • Algumas idias para trabalhos

    NoreaTemaDirecionamento1Hidrologia UrbanaModelagem de tcnicas alternativas para o controle do escoamento urbano em pequena escala: reviso e aplicao de um modelo conhecidoFazer uma reviso do que se fala na literatura a respeito da simulao chuva-vazo para este tipo de estrutura, tomando um caso experimental realizado e simulando com um modelo conhecido, como o SWMM2Hidrologia UrbanaModelagem de tcnicas alternativas para o controle do escoamento urbano em pequena escala: reviso e desenvolvimento (ou aprimoramento) de um algoritmoFazer uma reviso do que se fala na literatura a respeito da simulao chuva-vazo para este tipo de estrutura, tomando um caso experimental realizado, montando ou aprimorando um algoritmo e simulando 3Hidrologia possvel definir funes sazonais de parmetros de modelos? O caso de modelos concentradosTomar um algoritmo de algum modelo concentrado como o IPH II ou o IPH-MEN ou outro, calibrar separadamente para mnimas, mdias e mximas, verificar a possibilidade de haver uma funo ou um algoritmo que faa o modelo entender que o parmetro muda conforme algum critrio que vise sazonalidade e simular para um perodo de validao esta modificao. Se existir uma verso do modelo escolhido com interface, esta verso pode ser utilizada na fase de calibrao.4Hidrologia possvel definir funes sazonais de parmetros de modelos? O caso de modelos distribudosSemelhante ao caso anterior, mas com um modelo distribudo como o MGB-IPH

  • Algumas idias para trabalhos

    NoreaTemaDirecionamento5HidrologiaSimulaes hidrolgicas com dados dirios de percipitao melhora a calibrao e a validao de modelos?Tomar uma bacia, calibrar e verificar um modelo concentrado e um distribudo e com um posto fluviomtrico. Deve haver nesta bacia postos pluviomtricos com dados dirios e com dados horrios de precipitao, provenientes de estaes automticas. Supe-se que melhore, sobretudo em bacias de cabeceira.6HidrologiaSimulaes hidrolgicas com dados dirios de percipitao melhora a calibrao e a validao de modelos? O caso de modelos concentradosSemelhante ao caso anterior, mas com um modelo concentrado. Neste caso, pode-se tomar mais de uma bacia, uma com posto fluviomtrico prximo cabeceira e outra mais distante da cabeceira7HidrologiaSimulaes hidrolgicas com dados dirios de percipitao melhora a calibrao e a validao de modelos? O caso de modelos distribudosSemelhante ao caso anterior, mas com um modelo distribudo como o MGB-IPH

  • Calibrao IPH-2 com o MOCOM-UA usando ponderadores para ponderar cada uma das simulaesCalibrao do IPH-2 com o MOCOM-UA usando funes objetivo associadas a faixas de vazes (altas x baixas) ou (altas x mdias x baixas).Hidrograma unitrio geomorfolgico.Metodologia dos franceses para estimar HU e perdas ao mesmo tempo.Comparao Muskingum-Cunge x Hidrodinmico para diferentes situaes de vazo, declividade e comprimento de rio.Escalas dos processos hidrolgicos e sua representao pelos modelosAlgumas idias para trabalhos

  • Outras idias para trabalhosO uso de satlites para estimativa da precipitao: como pode complementar a rede pluviomtrica e suas falhas?Previso de precipitao em tempo real e o seu uso na previso de vazo: mtodos, vantagens e desvantagens e tendncias;Modelos hidrolgicos de previso em tempo real de vazo: distribudos concentrados, vantagens e desvantagensModelos distribudos para pequenas bacias rurais para avaliao dos impactos sobre alteraes do uso do soloTcnicas de Otimizao associadas com a estimativa dos parmetros de modelos hidrolgicos: funes objetivo e funes multi-objetivo associada a modelos distribudos.

  • Outras idias para trabalhosOtimizao multi-objetivo de diferentes modelos: hidrolgico, qualidade da gua, sedimentos e outrosIntegrao de SIG com modelos Como organizar?Uso de incertezas em associao com a estimativa dos modelos hidrolgicosModelos de Grandes bacias: estrutura de balano, incertezas associadas e limitaesOtimizao e simulao do funcionamento de sistemas de reservatrios: modelos, usos e limitaesDecision Support Systems em recursos hdricos: estrutura bsica, elementos, principais tipos utilizados.

  • Outras idias para trabalhosEvaporao e Evapotranspirao: fundamentos, dados, medidas, tcnicas de modernas de avaliaoAvaliao do escoamento subterrneo nos modelos hidrolgicos: modelos, estruturas, estimativa de parmetros e sua relao com as caractersticas das bacias. Escoamento em meio no saturado: formulaes utilizadas nos modelos, representao de recargas e fontes. Modelos de operao Usos mltiplos: Energia e inundaes volume de esperaSistemas integrados de previso e operao de reservatrios.Estimativa do volume de reas de inundao na propagao no Pantanal

  • Outras idias para trabalhosSimulao com Modelo Muskingun-Cunge no-linear para conservao de volume em riosAvaliao da previso de longo prazo da umidade do solo na bacia do rio UruguaiAvaliao de funes multi-objetivo em associao com modelo distribudo de grandes bacias para extrapolao espacial e temporalEstimativa de precipitao com imagens de satlites numa rea com precipitao conhecida: Uso de modelos existentesUso do Modelo IPHS1 para simulao de um sistema e anlise do comportamento hidrolgico