Modelagem para Web Aula de 11/04/2011. Diagramas UML Estruturais Diagrama de Classes Diagrama de...

Click here to load reader

  • date post

    17-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    159
  • download

    6

Embed Size (px)

Transcript of Modelagem para Web Aula de 11/04/2011. Diagramas UML Estruturais Diagrama de Classes Diagrama de...

  • Slide 1
  • Modelagem para Web Aula de 11/04/2011
  • Slide 2
  • Diagramas UML Estruturais Diagrama de Classes Diagrama de Objetos Diagrama de Componentes Diagrama de Pacotes Diagrama de Implantao Diagrama de Estrutura Composta Diagrama de Perfil Comportamentais Diagrama de Casos de Uso Diagrama de Interao Diagrama de Viso Geral Diagrama de Sequncia Diagrama Temporal Diagrama de Comunicao Diagrama de Atividades Diagrama de Mquina de Estados
  • Slide 3
  • Comparao entre Diagramas UML 1.4UML 2.0 e 2.2 Pacotes Estrutura Composta Viso Geral Temporal Perfil (somente 2.2) Atividades Caso de Uso Classes ColaboraoComunicao Componentes Grfico de EstadoMquina de Estados Implantao Objetos Sequncia
  • Slide 4
  • Exerccios 1.Por que a UML foi chamada de linguagem unificada? 2.Que organizao adotou a UML como padro de metodologia e a qual rgo foi dada a responsabilidade por suas revises? 3.Por que dizemos que a UML uma linguagem de modelagem para visualizao de artefatos de software?
  • Slide 5
  • Exerccios 4.Que mecanismo de extenso permite que os elementos bsicos da UML sejam estendidos? 5.Quais so os diagramas estruturais da UML 2.0? Que novo diagrama estrutural foi includo na verso 2.2?
  • Slide 6
  • Exerccios 6.A respeito da linguagem UML, correto afirmar que: a.No se trata de uma linguagem de documentao b. voltada para a representao conceitual e fsica de um sistema c.No abrange a documentao para a realizao de testes d.No deve ser empregada para a documentao de artefatos que faam uso de sistemas complexos de software e. uma linguagem utilizada para a realizao de testes de programas
  • Slide 7
  • Exerccios 7.Entre outros, a UML inclui diagramas de: a.Classes, de objetos, de fluxo de dados e de atividades b.Classes, de implantao, de grficos de estados e de sequncia c.Objetos, de classes, de contexto e de implantao d.Classes, de objetos, de testes e de implantao e.Objetos, de casos de uso, de contexto e de implantao
  • Slide 8
  • Diagramas de Casos de Uso
  • Slide 9
  • Introduo A maior dificuldade em modelarmos um sistema no est nos diagramas que temos de desenhar, no cdigo que devemos criar ou nas bases de dados que devemos projetar. Na realidade, est nos requisitos que devemos gerenciar.
  • Slide 10
  • Levantamento de requisitos Desenvolvedor (analista) O que o senhor espera deste sistema? Usurio Eu tenho uma loja de peas. Gostaria que o meu PV fosse interligado com o meu estoque e eu pudesse a qualquer momento alterar valores dos FPs. Posso oferecer descontos a alguns tipos de clientes, mas preciso autorizar esta operao. No fim do ms quero um relatrio dos produtos que mais venderam. Preciso tambm saber a estatstica de vendas por forma de pagamento. De tempos em tempos deve aparecer na tela do sistema uma promoo relmpago que d um brinde ao cliente. Preciso que o sistema controle os pedidos tambm.
  • Slide 11
  • Levantamento de requisitos Existem ambiguidades ou elementos no compreensveis nesta descrio do usurio? Cabe ao analista o esclarecimento desses itens. Ele poderia comear perguntando ao usurio: O que PV e FP? Que tipos de clientes podem receber descontos? Como seria feita esta autorizao de descontos e por quem? Que quantidade de produtos deve aparecer no relatrio dos que mais venderam? A estatstica leva em conta qual perodo (semanal, quinzenal, mensal etc.)? Quanto tempo significa de tempos em tempos? Quais pedidos precisam ser controlados: o dos clientes ou os feitos aos fornecedres? Provavelmente, as respostas a essas perguntas levaro a novas dvidas, que precisaro ser esclarecidas. Neste ponto, a modelagem de casos de uso nos ajuda, unindo usurios e desenvolvedores
  • Slide 12
  • O que um Caso de Uso? Um caso de uso (use case) descreve uma sequncia de aes que representam um cenrio principal (perfeito) e cenrios alternativos, com objetivo de demonstrar o comportamento de um sistema (ou parte dele), atravs de interaes com atores. Cenrios alternativos podem ser criados para representar excees ao cenrio perfeito
  • Slide 13
  • Relacionamento de Casos de Uso e Atores Associao Representa a interao do ator com o caso de uso Generalizao Ocorre entre casos de uso ou entre atores Extenso (opcional) Indica que um deles ter o seu procedimento acrescido, em um ponto de extenso, de outro caso de uso, identificado como base Incluso (obrigatrio) O comportamento definido em um caso de uso de incluso includo no comportamento de um caso de uso base
  • Slide 14
  • Representao de atores
  • Slide 15
  • Diagrama de Casos de Uso
  • Slide 16
  • A importncia dos prottipos As tcnicas atuais de desenvolvimento de software procuram prever mais do que remediar Com ferramentas RAD atuais, gastamos muito pouco tempo para rascunhar uma tela Esse rascunho, ao ser mostrado ao usurio, aumenta a segurana quanto validao de requisitos
  • Slide 17
  • Exerccios 8.Desenhe os relacionamentos existentes (include, extend, generalizao) entre os casos de uso abaixo:
  • Slide 18
  • Exerccios 9.Como pode ser representado um ator na UML? 10.Para que servem os casos de uso? 11. possvel colocar condies no cenrio principal de um caso de uso? 12.Como sabemos num caso de uso base o local de incluir o caso de uso de extenso? 13.Os casos de uso podem ser usados para funes de gerenciamento do sistema, como, por exemplo, backup de dados?
  • Slide 19
  • Exerccios 14.Na descrio de caso de uso a seguir, assinale o que est inadequado
  • Slide 20
  • Caso deUso: Solicitar vale- refeio/alimentao Objetivo: verificar os funcionrios que recebem vale-refeio/alimentao, a quantidade de dias teis do ms e processar pedido, levando em conta a opo do funcionrio, bem como situaes especiais como frias, licenas etc. Ator: Emilia Maria Cenrio Principal 1. O sistema verifica para cada funcionrio: 1.1. O nmero de dias teis do ms de referncia 1.2. A opo do funcionrio (refeio/alimentao) 1.3. Se o funcionrio estiver ativo: 1.3.1. Multiplicar o nmero de dias teis pelo valor do ticket padro 1.3.2. Gravar linha do arquivo de solicitao 1.3.3. Atualizar o sistema de RH com o valor de desconto do ticket Cenrio alternativo 1.3. Se o funcionrio estiver de frias ou de licena, no realizar a solicitao do vale e checar novo funcionrio
  • Slide 21
  • Exerccios 15.A Viso do Caso de Uso em UML descreve: a.O comportamento da distribuio, do fornecimento e instalao das partes que compe o sistema fsico b.A especificao da organizao do sistema de software c.A viso de questes referentes ao desempenho do sistema d.O comportamento do sistema conforme visto pelos usurios finais e.A modelagem dos aspectos dinmicos do sistema