musicas infantis

Click here to load reader

  • date post

    07-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    97.583
  • download

    24

Embed Size (px)

Transcript of musicas infantis

Msicas Infantis Os trs gatinhos Os trs gatinhos perderam os chapelinhos puseram-se a chorar oh me, mezinha os nossos chapelinhos no os podemos achar Perderam os chapelinhos? A que feios gatinhos! Ento no vo brincar Miau fru-fru (bis) Os trs gatinhos acharam os chapelinhos puseram-se a cantar oh me, mezinha os nossos chapelinhos j os conseguimos achar Acharam os chapelinhos ai que lindos gatinhos ento j vo brincar Miau fru-fru (bis) A chuva cai cai A chuva cai cai A chuva cai cai a chuva cai na cabea A chuva cai cai A chuva cai cai a chuva cai no nariz... ombros...nas orelhas (as crianas tm que apontar a parte do corpo correspondente cano)

2

Msicas Infantis Eu Mexo Eu mexo um dedo ding ding ding eu o mexo o outro ding ding dig eu mexo a mo ding ding ding eu mexo a outra ding ding eu mexo as suas ding ding e assim sucessivamente O Patinho O patinho nada dentro do laguinho qu, qu, qu, qu est molhadinho depois a me pata com o seu filhinho tcim, tcim, tchi, est constipadinho A Mimi D, r, mi, a MImi, mi, f, sol, pelo sol, f, mi, r, vai a p, mi, r, d, no tem pop Ol como ests? Ol, (bater palmas) est tudo bem? ol, est tudo bem espero que todos, espero que todos, (abanar as mos) espero que todos, estejam bem

Tenho 5 reis

3

Msicas Infantis Tenho 5 reis, tenho um alguidar tenho um macaquinho de pernas para o ar quando me levanto tiro-lhe o bon, aperto-lhe a mo olarilol A Moleirinha Pela estrada fora vai a moleirinha leva no burrinho sacas de farinha As velas do moinho As velas do moinho ummmmmmmm(som com a boca fechada) com o ventode mansinho ummmmmmmmmmmm giram giram viradinhas para o mar (giram-se os braos) e as cabaas que as enfeitam~ nunca param de cantar 1,2,3 castanhas 1,2,3 castanhas eu te vou dar 1,2,3 castanhas para brincar castanhas, quentinhas ao lume a estalar ns ass-las at nos fartarmos Se s meu amigo se s meu amigo teu amigo sou se quer vir comigo eu contigo vou

Ns somos limpos

4

Msicas Infantis

Ns somos limpos ns somos asseados tratamos da limpeza com todos os cuidados os dentes bem lavados noite e ao levantar com riso de quem tem vontade de brincar toda a gua para beber muito pura deve ser se for tirada do poo h-de ferver 2 ratitos Dois ratitos pequenos e engraados Procuravam queijinho pra roer De repente aparece o senhor gato e os ratitos fugiram a correr!!!

Canao com mimica: Primeiro fazes movimento dos dedos a caminhar no ar, depois finges ser um ratinho a procura de queijinho, com a dentua de fora e as patas a beira da tua boca, depois fazes um grande suspense, e dizes muito devagarinho... de repente aparece.... o senhor... e gritas GATO!!! e cantas o resto muito depressa com o movimento dos braos tipo a correr, movimento de bicicleta!

As Mos Esta a mo direita A esquerda esta mo 5

Msicas Infantis Com esta digo sim Com esta digo no Levanto a direita ao cu Aponto a esquerda ao cho Agora j conheo J no fao confuso Formiga Pelo muro acima vai uma formiga Com uma mo na testa e outra na barriga Pelo muro abaixo vai um escaravelho Com uma mo na barriga e outra no joelho Mexo o meu corpo Salto, salto com os ps Mexo, mexo com as mos Volto, volto a cabea Tapo, tapo os meus olhos Puxo, puxo plas orelhas Toco, toco no nariz Faam todos como eu fiz Caracol caracolinho Caracol, caracolinho sai de dentro do moinho mostra a ponta do focinho. Bom Dia Comear assim o dia com bom dia, com bom dia faz amizade crescer dento de ns. bate palmas........... e diz bom dia bate palmas........... e diz bom dia (outra vez o inicio) Batam palmas e digam bom dia levantamo-nos todos 6

Msicas Infantis e dizemos: BOOOMMMM DIAAAAAAA. O meu pai O pai sabe tudo, tudo, tudo O pai um sabo SABO Sabo, sabo no sabo para lavar as mos O pai sabe tudo,tudo,tudo Ento o que que o pai ? Um SABICHO Bate com Bate com as mos; bate, bate palmas Bate com os ps; v l como andas Bate, bate aqui; bate nos joelhos Estala, estala assim; estala bem os dedos O Chins Um, dois, ts, l vai o chins; Quatro, cinco, seis, com muitos anis; Sete, oito, nove; devagar se move; Dez, j est!! Vai beber um ch!

Castanheiro Sou um castanheiro Sou alto, alto, alto

7

Msicas Infantis Sou um castanheiro No pulo e no salto Sou um ourio Que pico, pico, pico Se algum me apanha Salta logo um grito Sou uma castanha Redonda, redondinha Quando algum me apanha Mete-me na boquinha

As Vogais Vem l o A Menina gordinha Redondinha Ao p Que vem o E Que vivo que ! Depois o I E ri Com o seu chapelinho No caminho De pp, vem o O E gira na m Por fim vem o U No seu comboio A fazer U-u-u-u

Era uma vez um gato malts Era uma vez Um gato malts

8

Msicas Infantis Tocava piano E falava francs Queres que te conte outra vez? Era uma vez Um gato malts Saltou-te s barbas No sei que te fez Queres que te conte outra vez? Era uma vez Um gato malts Tocava piano Falava frans A dona da casa Chamava-se Ins O nmero da porta era o 33! Queres que te conte outra vez? Era uma vez Uma galinha perds E um galo francs Eram dois Ficaram trs Queres que te conte outra vez?

Lagarto pintado Lagarto pintado, quem te pintou? Foi uma menina que por aqui passou

9

Msicas Infantis Lagarto verde, que te esverdeou? Foi uma galinha que aqui passou Lagarto azul, que te azulou? Foi a onda do mar que me molhou Lagarto amarelo, que te amarelou? Foi o sol poente que em mim pisou Lagarto encarnado, que te encarniou? Foi uma papoila que para mim olhou Sei vestir-me Pelas pernas visto os cales Pelos braos a camisola No pescoo ponho um lao Nas mos calo as luvas Nos ps calo os sapatos E na cabea ponho um chapu Com um leno assou o nariz Nos olhos ponho os culos Nas orelhas ponho os brincos Com a boca dou beijinhos Bom Dia Bom dia, bom dia, bom dia a toda a gente eu hoje vim escola por isso estou contente Bom dia menino (A) Bom dia menina (B)

Bom Dia Bom dia, bom dia bom dia amiguinhos que grande alegria, estarmos juntinhos de manh quando aqui chego

10

Msicas Infantis saltitando alegremente comeo por desejar um bom dia a toda a gente bom dia Hora de dormir L no cu flutua a lua e o sol vai-se despedir cai anoite na montanha e o seu povo ir dormir O balo do Joo O balo do Joo sobe sobe pelo ar est feliz o petiz a cantarolar Mas o vento a soprar leva o balo pelo ar fica ento o Joo a choramingar

Outono Quando chega o outono voa a andorinha parte para sul para anova casinha VOA,VOA, VOA 11

Msicas Infantis VOA, VOA,VOA A ANDORINHA PARTE PARA SUL PARA A NOVA CASINHA Quando chega o outono colhe-se na vinha aparece o vento uma brisa fresquinha VU VUVU COLHE-SE NA VINHA VUVUVUVU UMA BRISA FRESQUINHA Pastorinho Havia um pastorinho que andava a pastorar saiu de sua casa e ps-se a cantar d, r, mi, f, f, f do, r, mi, r, r, r d, sol, f, mi Chegando ao palcio rainha lhe falou alegre pastorinho teu canto me encantou (repetem-se as notas musicais)

Bom Dia Bom dia ao sol Vimos te acordar Num Raio de luz Nascido ao luar Bom dia ao A, Bom dia ao B...

12

Msicas Infantis

Bom dia a todos a todos BOm ... DIAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!

O Caracol Caracol, parede acima caracol parede abaixo tm cuidado caracol no vs tu cair l baixo atchim caracc, atchim caracc toma l, d c toma l d c toma l este raminho que to bem te ficar! Elefante Um elefante que baloiava numa teia de uma aranha mas como via que resistia foi chamar outro elefante... Dois elefantes que baloiavam numa teia de uma aranha mas como viam que resistia foram chamar outro elefante... Tres elefantes... Quatro elefantes... Cinco Elefantes... A Minha viola Eu perdi o DO da minha viola 13

Msicas Infantis da minha viola eu perdi o Do Dormir e muito bom, e muito bom -BIS E bom camarada E bom camarada E bom, e bom, e bom! E bom camarada E bom camarada E bom, e bom, e bom! E BOM!!! DO, RE... Eu perdi o RE da minha viola da minha viola eu perdi o RE Remar e muito bom e muito bom-BIS Refrao DO, RE, MI... Eu perdi o MI da minha viola da minha viola eu perdi o MI Miar e muito bom e muito bom-BIS Refrao DO, RE, MI, FA... Eu perdi o FA da minha viola da minha viola eu perdi o FA Falar e muito bom, e muito bom-BIS Refrao DO, RE, MI, FA, SOL... Eu perdi o SOL da minha viola da minha viola eu perdi o SOL Sonhar e muito bom, e muito bom-BIS

14

Msicas Infantis

Refrao DO, RE, MI, FA, SOL, LA... Eu perdi o LA da minha viola da minha viola eu perdi o LA Lavar e muito bom, e muito bom-BIS Refrao DO, RE, MI, FA, SOL, LA, SI... Eu perdi o SI da minha viola da minha viola eu perdi o SI Silencio e muito bom, e muito bom-BIS Refrao DO, RE, MI, FA, SOL, LA, SI, DO!!! Dana do rock & Roll Pe o p direito dentro pe o p direito fora Pe o p direito dentro e abana-te com ele e dana o Rock & Roll e d-se uma voltinha e j acabou!!! Pe o P esquerdo dentro pe o p esquerdo fora pe o p esquerdo dentro e abana-te com ele e dana o Rock & Roll e d-se uma voltinha e j acabou!!! Mo direita... Mo esquerda... Perna direita... 15

Msicas Infantis Perna esquerda... ombro direito... ombro esquerdo joelho direito... joelho esquerdo... cotovelo direito... cotovelo esquerdo... olho direito... olho esquerdo... orelha direita... orelha esquerda... Uma rvore um Amigo!!! Uma rvore, um amigo que devemos bem tratar. Um amigo de verdade to fiel como a amizade que podemos cultivar. Sabes que uma rvore um pouco de beleza que protege a Natureza e purifica o nosso ar. D-nos a madeira e tanta coisa que fascina mais a fruta do pomar. Oh! Vamos fazer uma floresta Vem, plantar amigos uma festa To rica e modesta Vamos semear. Refro Uma rvore, um amigo... Sabes que uma rvore um bem de toda a gente No estragues o ambiente No lhe sujes o lugar Vamos, vamos, vamos

16

Msicas Infantis Defender a nossa vida Que uma rvore esquecida Pode s vezes ajudar. Sim, vamos fazer uma floresta Vem, plantar amigos uma festa To rica e modesta Vamos semear. Refro Uma rvore, um amigo.

Natal Fui por meu sapatinho na janela do do quintal O pai natal me trouxe, mil presentes de natal Como bom o pai natal, no se esquece de ningum Seja rico ou seja pobre o velhinho sempre vem.

Loja do Mestre Andr Foi na loja do Mestre Andr que eu comprei um pifarito Fru, fru, fru um pifarito Ai ole, ai ola foi na loja do mestre Andr -BIS Foi na loja do Mestre Andr que eu comprei um pianinho Plim, Plim, Plim um pianinho Fru, fru, fru um pifarito Ai ole, ai ola foi na loja do mestre Andr - BIS

17

Msicas Infantis Foi na loja da mestre Andr que eu comprei um tamborzinho Ponc, ponc, ponc um tamborzinho Plim, lim, plim um pianinho Fru, fru, fru um pifarito Ai ole, ai ola foi na loja do mestre Andr -BIS Etc... Fungg da bicharada [refro] o fungg, fungg da bicharada o fungg, fungg da bicharada la la la la la la la la ra la la Vamos falar de animais e de como eles so Do piriquito do gato e do co E outros mais tambm viro Talvez uma girafa um macaco ou um leo [refro] Vamos todos aprender como vive a bicharada O que um cardume e uma manada Vamos ver no tarda nada Quem que afinal tem a voz bem afinada [refro] Vamos tambem descobrir uns amigos bestiais Bem diferentes dos habituais E vamos rir at no poder mais Com as palhaadas dos amigos animais [refro] Joana come a papa Come a papa, Joana come a papa Come a papa, Joana come a papa, 18

Msicas Infantis Joana come a papa Um, dois, trs, uma colher de cada vez Quatro, cinco, seis, era uma histria de reis E uma colher de papa Come a papa,... Sete, oito, nove, ainda nada se resolve Dez, onze, doze, espera que a mosca pouse E uma colher de papa Come a papa,... Treze, catorze e meia, a coisa no est to feia Dezesseis, dezassete, mais um pingo no babete E uma colher de papa Come a papa,...

Olha a bola Manel O Manel tinha uma bola, que rolava pelo cho na calada ela rebola, deu-lhe uma dentada um co [refro] Olha a bola Manel, olha a bola Manel foi-se embora, fugiu olha a bola Manel, olha a bola Manel

19

Msicas Infantis nunca mais ninguem a viu O Manel tinha uma bola, mas por falta de ateno l deixou ele ir a bola entre os dentes de um co O Manel tinha uma bola mas agora no tem no e a gente a ver se o consola vai cantar esta cano

Visitas, Visitas H muitas visitas Que enchem os sonhos, os meus e os teus So endiabradas E muito animadas Depois vo-se embora sem dizer adeus O Bana e o Flapi So bem divertidos O Tom e o Jerry e a abelha Maia A branca de Neve E os sete anes Mas quem melhor voa o Peter Pan. meu heri Boneco animado meu heri Traz muitos amigos Pois Visitas, visitas H muitas visitas Que enchem os sonhos, os meus e os teus So endiabradas E muito animadas Depois vo-se embora sem dizer adeus.

20

Msicas Infantis

O Areias

Anda no deserto e gosta de armar em bom Pensa que esperto e que tem um ar de bom-tom E tem a mania De que muito elegante Diz que no nenhum elefante Arma-se em valente E lana logo um grunhido Tem as patas altas e um andar muito mexido J andou na guerra E nunca, nunca foi vencido Mas muito convencido E diz com o ar mais superior Que s lhe falta ser doutor E acha que De entre todos o mais belo O areias um camelo Tem duas bossas e muito plo muito alto e refilo engraado e espertalho E agora est como ele quer Est no jardim pra gente ver. O Areias um camelo Tem duas bossas e muito plo muito alto e refilo engraado e espertalho O Areias virou cano Bebe pouca gua E no tem medo do frio Farta-se de andar Com o estmago vazio J andou na guerra E nunca, nunca foi vencido Mas muito convencido E diz com o ar mais superior

21

Msicas Infantis Que s lhe falta ser doutor E acha que De entre todos o mais belo Refro bis Eu vi um sapo Eu vi um sapo Um feio sapo Ali na horta Com a boca torta Tu viste um sapo Um feio sapo Tiveste medo Ou segredo Eu vi um sapo Com guardanapo Estava a papar Um bom jantar Tu viste um sapo Com guardanapo E o que comia E o que fazia Eu vi um sapo A encher o papo Tudo comeu Nem ofereceu Tu viste um sapo A encher o papo E o bicharoco No te deu troco Eu vi um sapo Um grande sapo Foi malcriado

22

Msicas Infantis Fiquei zangado Tu viste um sapo Um grande sapo Deixa-o l estar Vamos brincar. Fui ao jardim da Celeste Fui ao jardim da Celeste, girofl, girofl, fui ao jardim da Celeste, girofl, fl, fl. O que foste l fazer? girofl, girofl, O que foste l fazer? girofl, fl, fl. Fui l buscar uma rosa, girofl, girofl, Fui l buscar uma rosa, girofl, fl, fl. Para quem essa rosa, girofl, girofl, Para quem essa rosa, girofl, fl, fl. para a menina (Ana), girofl, girofl, para a menina (Ana), girofl, fl, fl. As pombinhas da Catrina As pombinhas da Catrina, andam j de mo em mo, foram ter quinta nova, ao pombal de S. Joo.

23

Msicas Infantis Ao pombal de S. Joo, ao quintal da Rosalina. Minha me mandou-me fonte, eu parti a cantarinha. Ao passar o ribeirinho, gua sobe e gua desce, dei a mo ao meu amor, no quis que ningum soubesse. Se tu s o meu amor, d-me c os braos teus, se no s o meu amor, vai-te embora, adeus, adeus. Por ser o pombal to estreito, e asas termos pr'a voar, ns voamos com tal jeito, que no qu'remos j voltar. Se algum nos v passar, diz: que lindos que eles so; ns no queremos j voltar, mas andar de mo em mo. Sem ter beira nem patro, o voar nossa sina. - vo andar de mo em mo, as pombinhas da Catrina. Machadinha Ai, ai, ai, minha machadinha Ai, ai, ai, minha machadinha quem te ps a mo, sabendo que s minha quem te ps a mo, sabendo que s minha. Sabendo que s minha, tambm eu sou tua Sabendo que s minha, tambm eu sou tua salta machadinha, para o meio da rua salta machadinha, para o meio da rua. No meio da rua, no hei-de eu ficar 24

Msicas Infantis No meio da rua, no hei-de eu ficar hei-de ir roda, buscar o meu par hei-de ir roda buscar o meu par.

Que linda falua Que linda falua, que l vem, l vem, uma falua, que vem de Belm. Eu peo ao Senhor Barqueiro que me deixe passar, tenho filhos pequeninos no os posso sustentar. Passar, no passar, algum deles ficar, se no for a me frente, o filho l de trs.

Papagaio louro Papagaio louro de bico dourado, leva-me esta carta ao meu namorado. Ele no frade nem homem casado, rapaz solteiro lindo como um cravo.

L vai uma

25

Msicas Infantis L vai uma, l vo duas, trs pombinhas a voar, uma minha, outra tua, outra de quem a apanhar. Sete e sete, so catorze, com mais sete so vinte e um, tenho sete namorados, e no gosto de nenhum. L vai uma, l vo duas, trs pombinhas a voar, uma minha, outra tua, outra de quem a apanhar. Indo eu Indo eu, indo eu, a caminho de Viseu, Indo eu, indo eu, a caminho de Viseu, Encontrei o meu amor, ai Jesus que l vou eu, Encontrei o meu amor, ai Jesus que l vou eu, Ora zuz, truz, truz, ora zs, traz, traz, ora zuz, truz, truz, ora zs, traz, traz, ora chega, chega, chega, ora arreda l p'ra trs, ora chega, chega, chega, ora arreda l p'ra trs. Coelhinho De olhos vermelhos De plo branquinho Aos saltos bem altos

26

Msicas Infantis Eu sou um coelhinho Comi uma cenoura Com casca e com tudo Ela era assim to grande Que eu fiquei um barrigudo Aos saltos p'ra frente Aos saltos p'ra trs Eu sou um coelhinho Que de tudo capaz Vaca Eu tenho uma vaca leiteira no uma vaca qualquer d leitinho e manteiguinha mas que vaca to fofinha dlim, dlo, dlim, dlo Um badalo eu lhe comprei e, a minha vaquinha gostou d passeios pelo prado mata moscas com o rabo dlim, dlo, dlim, dlo

O porquinho O porquinho foi horta E comeu uma bolota O co tambm l quis ir Mas fecharam-lhe a casota bem feito porque o co Tem a mania que espertalho! Na Quinta do Tio Manel Na quinta do Tio Manel i-a-i-a- h patinhos a granel

27

Msicas Infantis i-a-i-a- qu qu ali, qu qu aqui h qu qu aqui e ali Na quinta do Tio Manel i-a-i-a- h vaquinhas a granel i-a-i-a- Mum, mum ali, mum, mum aqui h mum, mum aqui e ali

ovelhas m m ces o, o...

Perdi o meu Galito H trs noites que eu no durmo l, l pois perdi o meu galito l, l probrezito l, l coitadito l, l eu perdi-o no jardim Ele branco e amarelo l, l tinha a crista encarnada l, l bate as asas l, l abre o bico l, l ele faz qui-ri-qui-qui Eu tenho um pio

28

Msicas Infantis Eu tenho um pio, um pio que dana eu tenho um pio mas no to dou no gira que gira o meu pio mas no to dou nem por um tosto O meu chapu tem 3 bicos O meu chapu tem 3 bicos tem 3 bicos o meu chapu se no tivesse 3 bicos o chapu no era meu Marcha soldado Marcha soldado cabea de papel se no marchares direito vais para o quartel

Brilha, brilha l no cu Brilha, brilha l no cu a estrelinha que nasceu logo outra surge ao lado e o cu fica iluminado Pinheirinho Pinheirinho, pinheirinho de ramos verdinhos para enfeitar, para enfeitar bolas, bonequinhos Uma bola aqui, a outra acol luzinhas que brilham 29

Msicas Infantis que lindo que est Olha o pai natal de barbas branquinhas trs um saco s costas cheio de prendinhas Natal Natal, Deus menino nasceu v-se ao longe uma estrela a brilhar so os reis, so os reis, so os reis vieram a Belm para o visitar Logo que nasceu Logo que nasceu Jesus acampou e luz das estrelas uma voz sussurrou uh, uh, uh Maria a senhora seu filho embalou e a luz das estrelas uma voz sussurou uh, uh, uh Eu hei-de de dar ao menino Eu hei-de de dar ao menino uma fitinha para o chape ele tambm me h-de dar um lugarzinho no cu Olhei para o cu, estava estrelado vi o deus menino em palhas deitado em palhas deitado, em, palhas estendido filho de uma rosa de um cravo nascido 30

Msicas Infantis

Patinho Amarelo O patinho amarelo saiu do ovo de manh cedinho tudo belo, tudo novo gritou feliz o patinho Que bom que vai ser brincar e correr com os patos do meu tamanho mostrar que sou pato e ir ao regato tomar um bom banho .

1, 2, 3 sacos de farinha 4,5,6 sacos de feijao trabalhando a nossa formiguinha vai aos poucos enchendo o seu poro Esta canao tem muita mimica, e muito divertida e apelativa: -os numeros sao feitos com as maos, -os sacos de farinha e de feijao sao feitos com um grande movimento em forma de saco, -trabalhando faz-se um movimento com os dois braos, cheio de energia, como que a caminhar, -formiguinha faz-se movimento das antenas na cabea, -vai aos poucos movimento com as maos como se fossem passos, -porao movimento grande de um espao.

31

Msicas Infantis QUADRADO Eu sou o quadrado eu c sou demais tenho quatro lados todinhos iguais.

CIRCULO Eu sou o circulo sou igual lua sou o mais bonito l da minha rua O nosso galo O nosso galo bom cantor bom cantor, tem boa voz est sempre a cantar c c r c c r est sempre a cantar c c r c c r c c mas veio um dia e no cantou outro e mais outro e no cantou numca mais se ouviu c c r numca mais se ouviu c c r c c Festa na capoeira Hoje festa na capoeira pois todos cantam muito bem o galo canta corococo e a galinha caracaca eos pintainhos piupiuiupiu Hoje festa na capoeira pois todos cantam muito bem o pato grasna quaquaqua e a patinha queque e os patinhos quiquiriquiqui Doidas doidas doidas 32

Msicas Infantis

Doidas doidas doidas andam as galinhas para pr o ovo l no buraquinho raspam, raspam para alisar a terra bicam, bicam para fazer o ninho Arrebita a crista o galo vaidoso cocorcoco canta refilo e todo emproado com ar majestoso o comandante deste batalho

Separa o teu lixo Separa, separa, separa o teu lixo pois tu s um cidado que respeita o ambiente separar muito fcil presta muita ateno todo o lixo que for de plstico vai para o eco-ponto amarelo todo o lixo que for de papel vai para o eco-ponto azul todo o lixo que for de vidro vai para o eco-ponto verde. Quero ir pr escola Diz-me mam quanto tempo falta para eu ir para a escola posso ir hoje posso ir j mam eu quero ir para a escola

33

Msicas Infantis

Ainda s pequenino j falta pouco vais conhecer muitos amigos muitas brincadeiras novas ters e muito feliz sers. indo eu, indo eu Indo eu, indo eu a caminho de viseu indo eu, indo eu a caminho de viseu encontrei o meu amor ai jesus que la vou eu encontrei o meu amor ai jesus que la vou eu ora truz truz truz ora traz traz traz ora truz truz truz ora traz traz traz ora chega chega chega ora afasta la pra tras ora chega chega chega ora afasta la pra trs A Velha Era uma velha que morava numa ilha, e tinha um gato com olhos cor de ervilha, mas esse gato era muito lambareiro, de vez em quando andava sempre ao cheiro, mas certo dia sem a velha dar por isso, o gato foi e roubou-lhe um chourio, o homem chega e chega para jantar, e v a velha, a velha a soluar, mas mulher, mulher o que foi isso, foi o nosso gato que nos roubou um chourio, o homem pega e pega no cacete, e faz o gato andar de rabanete

34

Msicas Infantis

BATOM Eu tenho um batom, tom, tom que encontrei catchim, tchim tchim li batom, tom, tom catchim , catchim, tchim, tchim (a diminuir o volume) catchim , catchim, tchim, tchim catchim , catchim, tchim, tchim catchim , catchim, tchim, tchim (ALTO) ATCHIMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

O porquinho foi horta O porquinho foi horta foi comer uma bolota o co tambm l quis ir mas fecharam-lhe a casota bem feita porque o co tem a mania de ser espertalho! O porquinho foi feira no sabia o que comprar comprou uma cadeira para a mam se sentar a mam se sentou e a cadeira rebentou o porquinho ficou triste com o dinheiro que gastou! A Vassoura Tenho uma vassoura para ajudar a me a minha vassoura varre muito bem.

35

Msicas Infantis Refro Varre frente, atrs e mesmo ao cantinho a minha vassoura deixa tudo varridinho. Pelo Santo Amaro o que ando a fazer? Todos os armrios costumo varrer!

Minhoca Minhoca, minhoca Me d uma beijoca No dou, no dou Ento vou-te tirar! Minhoco, minhoco Voc est mesmo louco Beijou no lado errado A minha boca do outro lado! A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. Essa rvore tem um tronco, ai ai ai que lindo tronco, da rvore da montanha. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. Esse tronco tem um ramo ai ai ai que lindo ramo, do tronco, da rvore da montanha. A rvore da montanha, a e i o u. 36

Msicas Infantis A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. Esse esse ramo tem uma folha, ai ai ai que linda folha, do ramo, do tronco, da rvore da montanha. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. Essa folha tem um ninho, ai ai ai que lindo ninho, da folha, do ramo, do tronco, da rvore da montanha. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. Esse ninho tem um passarinho, ai ai ai que lindo passarinho, do ninho, da folha, do ramo, do tronco, da rvore da montanha. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. Esse passarinho tem penas amarelas, ai ai ai que lindas penas, do passarinho, do ninho, da folha, do ramo, do tronco, da rvore da montanha. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A rvore da montanha, a e i o u. A capoeira est em festa A capoeira est em festa, Pois todos cantam muito bem. O galo canta c,r,c,c, E a galinha c,r,c,c, e os pintainhos piu,piu,piu,piu,piu. A capoeira est em festa, Pois todos cantam muito bem. O pato grasna qu,qu,qu E a patinha qu,qu,qu,

37

Msicas Infantis E os patinhos qui,qui,qui,qui,qui.

Papagaio loiro Papagaio loiro De bico doirado, Leva-me esta carta Para o outro lado! Para o outro lado Para a outra margem, Papagaio loiro De linda plumagem! De linda plumagem Linda como o oiro, Leva-me esta carta Para o outro lado! A saia da carolina A saia da Carolina Tem um lagarto pintado. Sim, Carolina, -i--ai, Sim, Carolina, -ai meu bem. Tem cuidado, Carolina, Que o lagarto d ao rabo. Sim, Carolina, -i--ai, Sim, Carolina, -ai meu bem. A saia da carolina No tem prega nem boto. Tem cautela, Carolina, No te caia a saia ao cho. A saia da Carolina Tem uma barra encarnada. Tem cuidado, Carolina, No fique a saia rasgada.

38

Msicas Infantis A saia da Carolina da mais fina cambraia. Tem cautela, Carolina, Que o vento leva-te a saia. A saia da Carolina Foi lavada com sabo. Tem cuidado, Carolina, No lhe deixes pr a mo.

Era uma vez um cavalo Era uma vez um cavalo que vivia num lindo carrossel tinha orelhas espetadas ao pescoo um lacinho de papel A correr tra-l-l a saltar tra-l-l cavalinho no saa do lugar

A bater o p A bater o p Ai ol, ai ol! A bater a mo Plim, plim, plo Plim, plim, plo Roda, roda, roda, roda, roda E bate o p. Gira, gira, gira, gira, gira E bate a mo!

A agulhinha

39

Msicas Infantis

Enfiei uma agulhinha Num fio de algodo Dei um n numa pontinha Pra cozer o meu boto Agulhinha sobe e desce Puxa o fio de algodo Cose bem o botozinho Sem picar a minha mo

A chuva A chuva um pingue, pingue Constante e brincalho Pingue, pingue, pingue, pingue Vai pingando e cai no cho. Molha tudo, tudo molha Molha tudo no jardim E a gente quando se molha Faz atchim, atchim, atchim.

A higiene Ns somos sempre limpos Ns somos asseados Tratamos da limpeza Com todos os cuidados Os dentes bem lavados noite, ao levantar O riso de quem tem Vontade de brincar Lavar as mos Sempre antes de comer Cheirinho a sabonete S pode dar prazer Conservem a sade

40

Msicas Infantis Com todos os cuidados Tratando de ser limpos Meninos asseados Toda a gua p'ra beber Muito pura deve ser Se for tirada do poo H-de ferver Alimentos muito frescos Sempre limpos, bem tratados P'ra que no faam mal Sejam crus ou cozinhados

As cores So tantas as cores que esto nossa volta Azul, amarelo, rosa e o castanho para acabar como um arco ris, que est sempre a girar Misturando tudo novas cores vai formar Se eu fosse o amarelo, o sol ia pintar Se eu fosse o verde, s rvores ia trepar Se eu fosse azul, este cu era to grande, que o mar ia chegar So tantas as cores que esto nossa volta Azul, amarelo, rosa e o castanho para acabar como um arco ris, que est sempre a girar Misturando tudo novas cores vai formar

As mulheres do monte As mulheres do monte Quando vo vila, Levam cestos d'ovos, Galinhas em cima. Uma vez a uma Caiu-lhe a cestinha

41

Msicas Infantis Quebraramm-se os ovos, Fugiu a galinha. Chegando ao outeiro, Pia, pia, pia Quanto mais chamava Mais ela fugia.

As palminhas Eu gosto de bater palminhas Primeiro bem fortes Depois levezinhas Para a festa ficar bem feita Palminhas esquerda Palminhas direita Zs, trs, trs Palminhas frente Zs, trs, trs Palminhas atrs Zs, trs, trs Palminhas frente Zs., trs, trs Palminhas atrs Bato palminhas com a minha prima Primeiro em baixo Depois em cima E agora para terminar Palminhas depressa, Palminhas devagar Zs, trs, trs

42

Msicas Infantis Palminhas frente Zs, trs, trs Palminhas atrs Zs, trs, trs Palminhas frente Zs, trs, trs Palminhas atrs.

As trs galinhas Trs galinhas a cantar Vo p'r campo passear. Uma frente, a primeira Logo as outras, em carreira Vo assim, a passear, Os bichinhos procurar!

Barca bela Pescador da barca bela, Onde vais pescar com ela, Que to bela, pescador? Onde vais pescar com ela, Pescador da barca bela. No vs que a ltima estrela, No cu nublado se vela? Colhe a vela, pescador! Deita o lano com cautela, Que sereia canta bela... Mas cautela, pescador! No se enrede a rede nela,

43

Msicas Infantis Que perdido remo e vela, S de v-la pescador! Pescador da barca bela, Inda tempo, foge dela, Foge dela, pescador!

Pintinho Pintinho, pintinho, pintinho, piu subiu a uma rvore e depois caiu a D. galinha ficou zangada pegou no pintinho deu-lhe uma palmada Pintinho, pintinho, pintinho, piu comeu a sopa toda nem sequer fugiu a D. galinha ficou contente pegou no pintinho e deu-lhe um presente Na roda do mundo Na roda do mundo mos dadas aos homens l vai o menino rodando e cantando cantigas que faam o mundo mais manso cantigas que faam a vida mais doce L vai o menino rodando e cantando cantigas que faam os homens mais crianas Natal Natal 44

Msicas Infantis natal Tudo bate o p vamos pr o sapatinho l na chamin uma boneca para a menina p'r menino um avio p'r pai um livrinho e um osso para o co um perfume para a mam alpista p'r pardal todos tiveram prendas porque dia de natal Natal Natal Tudo bate o p Vamos pr o sapatinho l na chamin Pai Natal pai Natal vir trazer brinquedinhos para ns para a Zeca uma boneca para o Chico um apito uma bola para brincar o que quer o Baltazar. Natal dos simples Vamos cantar as janeiras vamos cantar as janeiras por esses quintais adentro vamos vamos cantar as janeiras. muita neve cai na serra muita neve cai na serra s se lembra dos caminhos velhos quem tem saudades da terra

45

Msicas Infantis

quem tem a candeia acessa quem tem a candeia acessa rabanadas, po e vinho novo matava a fome pobreza.

Dona pata Dona pata e seus patinhos foram todos passear no cho apanham bichinhos e no lago vo nadar patinha aqui patinha acol sacodem as asas qu,qu, qu

Magusto (som: passarinhos a bailar) A castanhas a estalar Na panela a saltar As crianas a brincar Pum, pum, pum, pum

As crianas a correr E a roda a girar gua p para beber Pum(4x) A fogueira est a arder E o sol a espreitar Vamos todos festejar Pum(4x)

46

Msicas Infantis A noite esta a chegar A fogueira a apagar E a festa a acabar Pum(4x).

A bandinha da escola A bandinha da escola ( 3 palmas) toca, toca sem parar( 3 palmas) e com ela aprendemos ( 3 palmas) nossa vida alegrar ( 3palmas) o tambor faz TUM TUM TUM a corneta TR l l os ferrinhos PLIM PLIM PLIM e os pratos X X X a bandinha da escola ( 3 palmas) toca, toca sem parar( 3 palmas) e com ela aprendemos ( palmas) nossa vida alegrar ( 3palmas) o tambor faz TUM TUM TUM a corneta TR l l os ferrinhos PLIM PLIM PLIM e os pratos X X X ah ah ah minha castanhinha (Melodia: "ah ah ah minha machadinha...) ah ah ah, minha castanhinha (bis) quem te ps a mo, sabendo qu's minha (bis) sabendo qu's minha, do meu corao (bis) salta castanhinha para a minha mo (bis) na tua mo qu'eu quero ficar (bis) anda p'r recreio, vamos l saltar (bis)

47

Msicas Infantis vamos l saltar e bater o p (bis) porque no recreio que o magusto (bis) vais bater o p e vais-me comer (bis) dentro de ti que eu vou viver (bis)

So to boas as castanhas Melodia: "Todos me querem..." So to boas as castanhas na fogueira assadinhas tambm gosto delas cruas depois de bem trincadinhas. Refro so to boas as castanhas do castanheiro que ns comemos junto ao braseiro. as castanhas j comi e agora vou brincar no carvo sujo as mos para me enfarruscar. O Palhao vai ao circo O palhao vai ao circo e no palco quer entrar cheio de cores alegres comea logo a saltar Salta, salta, salta mais uma pirueta salta, salta, salta e faz uma careta uma pomba traz no bolso borbeletas no bon vai divertindo as crianas na bancada j de p

48

Msicas Infantis

Sapateiro Na nossa rua h um sapateiro que repara os sapatos dos pequeninos com um toc, toc, toc, toc, (d pancadas no sapato medida que se diz estas ltimas palavras) O sapateiro trabalha o dia inteiro e conserta os sapatos dos meninos com um toc, toc, toc... (novamente pancadas no sapato) O CORPO HUMANO Uma mozinha frente uma mozinha atrs d uma voltinha dana o bugui, bugui..ei! ei bugui, bugui, ei! um pzinho frente um pzinho atrs d uma voltinha dana o bugui, bugui ei! ei bugui, bugui ei! A cabeinha frente acabecinha atrs d uma voltinha dana o bugui, bugui ei ei bugui, bugui ei a barriguinha frente a barriguinh atrs d uma voltinha

49

Msicas Infantis dana o bugui, bugui ei ei bugui, bugui ei

Oh castanha, castanhinha Oh castanha, castanhinha desce do castanheiro vais ficar bem assadinha nas brasas do fogareiro ol, ol, ai que lindo castanheiro ol, ol, ai que boa que ela A chuva um pingue, pingue A chuva um pingue, pingue constante e brincalho molha tudo, tudo molha molha tudo no jardim e gente quando se molha faz atchim, atchim, atchim Pequeno-almoo De manh muito cedinho bebo leite bem quentinho leite s...isso no bebo leite e como po Como po com manteiguinha como po com marmelada limpo a boca bem limpinha acaba-se a patuscada No Carnaval No carnaval h muita alegria j vi aminha tia vestida de melancia No carnaval h muita confuso os padeiros fazem leite 50

Msicas Infantis e as vacas do o po No carnaval h muita trapalhada j vi o meu irmo danar com a namorada De antenas espetadas~ para o sol preguicoso bocejando vem o caracol olha o caracol vem v-lo andar s d um passinho e p-se a sonhar Lentamente, lentamente ele sabe calmamente, calmamente ele h-de chegar Ol, Benvindos quinta dos animais venham conhecer os nossos amigos: Na estrebaria temos o cavalo que relincha No lago os patinhos que fazem qu, qu, qu, mu faz a vaca o galo carcareja a passear pela quinta anda o gato que mia o co brincalho e faz o o ao fundo ouve-se o zurrar do burro na pocilga est a amiga porca que faz oic, oic, a ovelha faz mm Esta a quinta dos nossos amigos que se divertem com as suas brincadeiras

51

Msicas Infantis

O MEU PEQUENO- ALMOO Po e leitinho, Logo de manh, O pequeno-almoo, D-me a mam. (bis) Refro O meu pequeno-almoo, A primeira refeio, De manh ao acordar, Que grande satisfao! (3x) Com ele vou crescer, E andar todo o dia, O pequeno- almoo, D-me energia. ( bis ) REFRO

A GAIVOTA Uma gaivota, voava, voava, Asas de vento,corao de mar. ( bis ) Como ela somos livres, Somos livres de voar! ( bis ) Uma papoila crescia, crescia, Grito vermelho num campo qualquer. ( bis ) Como ela somos livres, Somos livres de crescer! ( bis ) Uma criana dizia, dizia: " Quando for grande no vou combater." 52

Msicas Infantis ( bis ) Como ela somos livres, somos livres de dizer! ( bis ) Somos um povo que cerra fileiras, Parte conquista do po e da paz. ( bis ) Somos livres, somos livres, No voltaremos atrs! Outono As folhinhas l do alto levemente a cair anunciam o outono e o mau tempo est p`ra vir. L vai 1, l vo 2, 3 folhinhas a voar uma minha outra tua outra de quem apanhar( refro)

A 1. vermelhinha a 2~ amarela a 3. castanhinha qual das 3 a mais bela. l est uma, l estao duas 3 folhinhas j caidas o outono mesmo assim deixa as arvores despidinhas.

53

Msicas Infantis BARATA A barata diz k tem sapatinhos de veludo mentira da barata o p dela e k e peludo ahahah eheheh o p dela e k e peludo a barata diz k tem uma cama de marfim mentira da barata ela dorme e no copim ahahah eheheh ela dorme no copim a barata diz k tem sapatinhos de fivela mentira da barata os sapatos nao sao dela ahahah eheheh os sapatos nao sao dela

Palhao na areia Fiz 1 palhao com o dedo na areia era tao engraado cara de lua cheia nariz comprido olhos a sorrir boca bem aberta parece que esta a rir fui passear com o meu palhao encontrei bolinhas sentado ao luar amigo bolinhas que andas a fazer vem dai comigo para os meninos ver

Meu gatinho meu gatinho meu gatinho faz faz tao enroladinho tao enroladinho ron ron ron ron ron ron

54

Msicas Infantis

Meu almoo meu almoo meu almoo vou comer, vou comer pra ficar gordinho pra ficar gordinho e crescer e crescer

O mar esta bravo O mar esta bravo as ondas a bater o mar esta bravo meu amor vem ver se eu fosse 1 peixinho e soubesse nadar puxava o ____ para o fundo do mar Higiene Eu lavo-me com gua e sabo para ser limpo e bonito a escova minha amiga para os dentes escovar. A toalha encessria para o corpo enxugar tenho um pente bonitinho para os cabelos pentear trago-o sempre limpinho para a cabea no sujar.

Bicicleta, onde vais?

55

Msicas Infantis Bicicleta, onde vais? to bom pedalar ponho os ps nos pedais fao as rodas girar rodam, rodam sem parar, to depressa que nem sem agora mais devagar... vo a parar... cheguei! Pinguim Pin...guim pin...guim vai devagar marca o compasso pin..guim pata aqui pata ali acerta o passo Veste sempre de cerimnia camisa branca casaca preta sem uma prega no colarinho Pinguim pinguim parece um homenzinho

Natal No s h chamin com o Pai Natal ao p

56

Msicas Infantis nem dinheiro nem estrelinhas, Natal uma adivinha! Sabem o que , sabem o que ? Refro Natal nasceu um bb Bis Ontem, hoje e amanh e tu nem sequer sabias que no s em Dezembro Natal todos os dias. Ai meu burro Ai meu burro ai meu burro que lhe di a cabecita O mdico lhe manda que enfie uma gorrita que enfie uma gorrita sapatos trolir, sapatos trolir Ai meu burro ai meu burro que lhe doem os olhitos... o mdico lhe manda um par de oculitos um par de oculitos que enfie uma gorrita, sapatos trlir, sapatos trlir Ai meu burro ai meu burro que lhe di a garganta O mdico lhe manda uma almofada branca uma almofada branca um par de oculitos que enfie uma gorrita , sapatos trlir, sapatos trlir Ai meu burro ai meu burro que lhe di o corao, o mdico lhe manda uns pingos de limo uns pingos de limo uma almofada branca um par de oculitos que enfie uma gorrita , sapatos trlir, sapatos trlir Ai meu burro ai meu burro que lhe di a barrigita o mdico lhe manda um ch de urtiguita um ch de urtiguita uns pingos de limo 57

Msicas Infantis uma almofada branca um par de oculitos que enfie uma gorrita , sapatos trlir, sapatos trlir Ai meu burro ai meu burro que lhe doem os pezitos o mdico lhe manda usar umas meitas usar umas meitas um ch de urtiguita uns pingos de limo uma almofada branca um par de oculitos que enfie uma gorrita , sapatos trlir, sapatos trlir Ai meu burro ai meu burro que lhe doem as mozitas o mdico lhe manda calar uma luvitas calar umas luvitas usar umas meitas um ch de urtiguita uns pingos de limo uma almofada branca um par de oculitos que enfie uma gorrita , sapatos trlir, sapatos trlir Bom Dia De manh ao acordar esfreguei os meus olhinhos olhei bem no vi ninguem vou dormir mais um pouquinho de repente a mam chama so horas de levantar a __________ l na escola os meninos vai chamar bom a ___________ bom dia a __________ BOM DIA (terminar com um grande bom dia dito em conjunto) O caracol O caracol estava a chorar Queria o sol para brincar Foi janela, no pode sair 58

Msicas Infantis Foi para casa e ps se a dormir Ao outro dia ao acordar Pos os pauzinhos logo no ar Foi janela e viu o sol J pode ir brincar o senhor caracol O Coelhinho branco e a cabra cabrs (msica do Rui Veloso, "No h estrelas no cu") De manh o coelhinho resolveu ir para a horta lava as patas no focinho sai de casa encosta a porta vai buacar a beterrabinha para encher a barriguinha vai buscar 2 alfaces e tambm uma cenourinha Vem l aa, a cabra cabres ees que te salta em cima e te faz em 3 Vieram vrios amigos mas nenhum conseguiu tirar a cabra de casa porque todos tinham medo Vem l aa a formiga rabiga que lhe furou a barriga No h aa ....formiga como esta No h a a formiga como eeesta... no h, no h...

A Estrelinha Brilha brilha l no cu a estrelinha que nasceu outra surge ali ao lado fica o cu iluminado Brilha brilha l no cu a estrelinha que nasceu 59

Msicas Infantis

Para quando se est na casa de banho Um copo com gua uma escova e pasta pra lavar os dentes o que me basta esfrego esfrego esfrego muito esfregadinho com dentes lavados que rico cheirinho.

Lavar As Mos Sai a gua da torneira Faz espuma com sabo Pra comer a comidinha Vou lavar as minhas mos As Mozinhas Palminhas, palminhas, ns vamos bater Depois as mozinhas, pra trs esconder De um lado e do outro, ns vamos bater Depois as mozinhas, pra trs esconder Palminhas, palminhas ns vamos bater Depois as mozinhas, pra trs esconder Bem forte e bem fraco, ns vamos bater Depois as mozinhas, pra trs esconder Palminha, palminha, ns vamos bater Depois as mozinhas pra trs esconder Pra baixo e pra cima, ns vamos bater Depois as mozinhas pra trs esconder Palminhas, palminhas, ns vamos bater Depois as mozinhas pra trs esconder Pra frente e pra trs, ns vamos bater Depois as mozinhas pra trs esconder

60

Msicas Infantis

Palminhas, palminhas ns vamos bater De um lado e do outro Bem forte e bem fraco Pra cima e pra baixo Pra frente e pra trs Ns vamos bater FUI MORAR NUMA CASINHA

Fui morar numa casinha nh Infestada da de mosquitos Saiu de l la la Uma lagarticha cha Olhou pra mim, olhou pra mim E fez assim: (mostrar a lngua) Fui morar numa casinha nh Enfeitada da de florzinha nhas Saiu de l la la Uma princesinha nha Olhou pra mim, olhou pra mim E fez assim: (beijinhos) Fui morar numa casinha nh Infestada da de morceguinho nhos Saiu de l la la Uma bruxinha nha Olhou pra mim, olhou pra mim E fez assim: (ah ah ah ah ah!!)

A dona aranha A Dona Aranha A dona aranha Subiu pela parede Veio a chuva forte E a derrubou

61

Msicas Infantis J passou a chuva O sol j vem surgindo E a dona aranha Continua a subir Ela teimosa E desobediente Sobe, sobe, sobe E nunca esta contente A dona aranha Subiu pela parede Veio a chuva forte E a derrubou J passou a chuva O sol j vem surgindo E a dona aranha Continua a subir Ela teimosa E desobediente Sobe, sobe, sobe E nunca esta contente A dona aranha Desceu pela parede Veio a chuva forte E a derrubou

J passou a chuva O sol j vem surgindo E a dona aranha Continua a descer Ela teimosa E desobediente Desce, desce, desce E nunca esta contente

62

Msicas Infantis A dona aranha Desceu pela parede Veio a chuva forte E a derrubou J passou a chuva O sol j vem surgindo E a dona aranha Continua a descer Ela teimosa E desobediente Desce, desce, desce E nunca esta contente RVORE COMPANHEIRA AMIGA 1- Cai a sementinha terra, transportada pelo vento, Ou por uma mo carinhosa. Germina, cresce, floresce, Encorpa,torna-se adulta, rvore grande e frondosa. REFRO rvore, boa companheira amiga rvore, no a destruam os homens rvore, sadaveis pulmes das gentes rvore, perene fonte de vida rvore,bero e lar das avezinhas rvore, fresca sombra, em dias quentes. 2-Uma e mais uma e mais uma, Todas juntas como irms, Formam florestas viosas. Cogitando seus segredos, Vo vestindo a natureza De roupagens caprichosas.

HINO RVORE 63

Msicas Infantis

Viva a floresta Viva a beleza ( bis) Viva a rvore Viva a natureza. 1- rvore querida Tu s to amiga (bis) Ds-nos tantas coisas Para a nossa vida. 2- Cantam os pssaros Alegremente ( bis) uma grande festa Para toda a gente. 3- Cada rvore plantada Purifica o nosso ar ( bis) Por isso vamos todos Muitas rvores plantar. 4- rvore querida Eu tenho a certeza ( bis) Tu s a melhor Amiga da natureza.

Ter Amigos... Ter amigos to bom ( to bom!) Eles so tudo pra mim (para mim) A amizade to bela, A amizade um mundo sem fim... Com eles posso brincar E segredos posso ter Ter amigos to bom! Ter amigos, melhor no pode haver... REFRO:

64

Msicas Infantis Tu podes chorar... Tu podes sorrir... Tu podes cantar... Que um amigo vai sentir... Tu podes chorar... Tu podes sorrir... Tu podes cantar... Que um amigo vai ouvir... BIS Quero ter muitos amigos e andar sempre a sorrir! se tu queres ser meu amigo no precisas nunca de pedir! REFRO nas mos das crianas nas mos das crianas Que saem coisas sem fim Tudo aquilo que fazemos Decorava um jardim P`ro ambiente proteger Vamos ter que nos juntar Temos muito que fazer Para o mundo renovar No podemos poluir No deitar lixo p`ro cho No deitar lixo p`ro mar e Aprender a reciclar Vamos por nos ecopontos O papel no papelo O plstico no amarelinho E o vidro no vidro (Msica: O ratinho foi ao baile)

65

Msicas Infantis Velho Velho, velho, velho, chegou o Inverno Velho, velho, velho, chegou o Inverno

Vem de sobretudo Vem de cachecol O cho onde passa Parece um lenol

Com medo do frio Encosta-se a ns Bebe caf quente Seno perde a voz Esqueceu as luvas Perto do fogo Quando as procurou Roubara-as o co Tchim Tchim Tchim os Chinesinhos Tchim Tchim Tchim os chinesinhos Andam l na China Sempre aos passinhos Tchim Tchim Tchim os chinesinhos No comem com garfos Mas sim com pauzinhos Tchim Tchim Tchim os chinesinhos L se cumprimentam Mas sem dar beijinhos Ns somos limpos Ns somos limpos Ns somos arrumados Lavamos os dentinhos

66

Msicas Infantis E somos sossegados

Andamos devagar E falamos baixinho Fazemos os trabalhos Com muito juizinho Natal! Natal! Natal, Natal, tudo bate o p Vamos pr o sapatinho, l na chamin. Uma boneca pra menina, pro menino um avio Um livro para o pai e um osso para o co Um perfume para a me, alpista para o pardal Todos recebem prendas porque dia de Natal.

L est uma... L est uma, L esto duas, Trs folhinhas j cadas, O Outono mesmo assim Deixa as rvores despidinhas. Andorinha vai-te embora Que o Outono j chegou Andorinha foi-se embora E por esse ares voou. Espreita a nuvem l no cu Vai-se o sol devagarinho E para alegrar a gente Vai chegando o S. Martinho. Salta o vinho nos tonis J cheira a castanha assada Abre moa o guarda- chuva Para no ficares molhada.

67

Msicas Infantis

(msica: as pombinhas) SO TO BOAS AS CASTANHAS (Melodia: "Todos me querem..." ) SO TO BOAS AS CASTANHAS NA FOGUEIRA ASSADINHAS TAMBM GOSTO DELAS CRUAS DEPOIS DE BEM TRINCADINHAS. REFRO SO AS CASTANHAS DO CASTANHEIRO QUE NS COMEMOS JUNTO AO BRASEIRO. AS CASTANHAS J COMI E AGORA VOU BRINCAR NO CARVO SUJO AS MOS PARA ME ENFARRUSCAR.

Do ourio saem as castanhas Ai, do ourio, ai, do ourio saem as castanhas Para comer, para comer To assadinhas Ora vamos l, ora vamos l para as provar assim to boas, muito quentes, tostadinhas. (Msca: "Ai dizem mal - dos caadores")

BOA SOPA Msica do "Todos me querem..."; "J passei a roupa a ferro...")

Vamos fazer uma sopa Uma sopa saborosa Com legumes e verduras 68

Msicas Infantis Vai ficar deliciosa. Refro: Vamos provar Vamos fazer A boa sopa Que faz crescer So cenouras e cebolas As nabias bem verdinhas Com batatas e agries Hortalias bem fresquinhas. Comi e Bebi Comi, comi comi, comi a marmelada Agora no h mais, a que grande maada... Bebi, bebi,bebi bebi a laranjada agora no h mais,a que grande maada...

Sou Pequenina Sou pequenina mas j sei falar com as minhas bonecas gosto de conversar Mudo-lhe a fraldinha ,dou-lhe o biberon meto-as na caminha e canto-lhe esta cano Dorme meu bb Dorme meu bb que a mm est aqui refro o pap est ali a cantar tb pra ti As Folhas Secas de Outono As folhas secas de outono ao cair eram douradas mas desfizeram-se em p no cho ao serem pisadas

69

Msicas Infantis Mas se acaso ardem no lume acordam do triste sono so de ouro e cobre polido as folhas secas de Outono Era uma vez um moinho Era uma vez um moinho Que girava que girava sem parar Vivia l no alto da montanha Mais o moleiro que l Estava para o guardar Todos os dias o moleiro carregava Carregava sem parar Sacos de trigo, sacos de milho E o moinho sempre sempre a trabalhar Mas veio um dia um vendaval E o moinho no se pde aguentar Partiu as velas ao moinho E o moleiro comeou logo a chorar Mas o moleiro que era esperto A correr, a correr foi concertar Ps velas novas ao moinho E o moinho comeou logo a girar ZZZZZ O Leite O melhor dos alimentos o leite, isso verdade; fortalece os nossos dentes e rimos com muita vontade. A carne, o peixe e os ovos mais o meu rico leitinho so alimentos gostosos que quero no meu pratinho. Eu sei que h muitos meninos que preferem beber leitinho. por isso que eles crescem e sorriem to bonitinhos. 70

Msicas Infantis

Os nossos dentes so lindos, no precisamos dos doutores, porque o leitinho tem clcio que nos tira as nossas dores. (Msica: O mar enrola na areia) Meu sininho Meu sininho, meu sininho meu sino, meu sino toca de mansinho, toca de mansinho dlim,dlim,dlo dlim,dlim, dlo (Msica: Frre jacques) A Saquinha A saquinha das surpresas Ningum sabe o que ela tem To quentinha, to calada Vamos ver o que l vem.

Bate Palmas Palhacinho Bate palmas palhacinho Bate palmas sem parar Bate palmas palhacinho Para o circo animar Tr - l - l L - l - l L - l - l Anda, anda palhacinho Corre, corre sem parar Pula, pula palhacinho Para o circo animar Tr - l - l L - l - l L - l - l

71

Msicas Infantis Bom Dia Bom dia amigos Esto contentes Vou cantar P'ra toda a gente Bom dia Bom dia Bom dia Canta Comigo, Canta Canta comigo, canta Vem cantar a nossa cano Tu sozinho no s nada Juntos temos o mundo na mo. Cantigas Dos Reis Santos reis, Santos coroados Vinde ver quem vos coroou Foi a Virgem me sagrada Quando por aqui passou O caminho era torto Uma estrela vos guiou Em cima de uma cabana Essa estrela se poisou A cabana era pequena No cabiam todos trs Adoraram Deus Menino Cada um por sua vez. Caracol Caracol, caracol Pe os pauzinhos ao sol! Caracol, caracolinho! No vo to devagarinho.

72

Msicas Infantis Coelhinho Da Pscoa Coelhinho da Pscoa Que trazes p'ra mim 1 ovo, 2 ovos, 3 ovos assim Coelhinho da Pscoa Com quem vais danar Com uma menina que sabia cantar.

O leo bonito O leo um animal, Muito forte e corajoso Por ter juba no seu pescoo, Tem um ar de rei majestoso. leo, tu s o bicho mais bonito! leo, tu s o bicho mais fanfarro. O leo um animal, Que na selva conhecido. Quando ruge baixa a cabea, E bem longe o som ouvido. Gosto da minha famlia Gosto muito da minha famlia Onde todos me querem bem O av, a av e os manos Inda mais o pai e a me. Ao pap e mam Quero sempre com carinho Pr pap e pra mam Vai agora o meu beijinho. O Comboio Dos Meninos O Comboio dos meninos, vai partir, vai, vai,

73

Msicas Infantis Quem se atrasa fica em casa e de l no sai (bis) Uh, Uh, Uh!. Uh, Uh, Uh!. V vai ele adeus, adeus, O comboio diz Quem se atrasa fica em casa, e achata o nariz (bis) Uh, Uh, Uh!. Uh, Uh, Uh!. Pouca terra, pouca terra, O comboio diz Quem se atrasa fica em casa, e achata o nariz (bis) Uh, Uh, Uh!. Uh, Uh, Uh!. Cano vogal "i" A Dalila pequenina Tem amigos no jardim Fazem muita brincadeira E riem todos assim i.i.i . Vogal"u" U,u,u que lindas uvas diz o canguru que espertalho eram do Urbano tirou-lhas da mo. A Abelhinha Zum, Zum, Zum! E poisa na flor! Zumbe, Zumbe a abelhinha Faz o mel, leva rainha Zum, Zum, Zum! E poisa na flor A Agulhinha Enfiei uma agulhinha Num fio de algodo Dei um n numa pontinha Pra cozer o meu boto Agulhinha sobe e desce 74

Msicas Infantis Puxa o fio de algodo Cose bem o botozinho Sem picar a minha mo A Nossa Roda To Linda A nossa roda to linda, mata, tira, lira, lira, a nossa roda to linda, mata, tira, lira, lan. Mas ns a destruiremos, mata, tira, lira, lira, Mas ns a destruiremos, mata, tira, lira, lan. Que menina escolhers, mata, tira, lira, lira, Que menina escolhers, mata, tira, lira, lan. A menina (Isabel), mata, tira, lira, lira, A menina (Isabel), mata, tira, lira, lan. Que presente lhe dareis? mata, tira, lira, lira, Que presente lhe dareis? mata, tira, lira, lan. (Um barquinho a vapor), mata, tira, lira, lira, (Um barquinho a vapor), mata, tira, lira, lan. Caixinha De Cores Tenho uma caixinha Com lpis de cores (Bis) Vou pintar o mar O sol e as flores O sol vermelho Azul o mar (Bis) Verdinha a folha Ao vento a danar

75

Msicas Infantis

Com o amarelo Vou pintar a lua (Bis) Com o preto e branco As pedras da rua. Vou pintar com roxo Um baguinho d'uva (Bis) Com azul clarinho Vou pintar a chuva. Se eu quiser eu pinto A noite e o vento (Bis) Sete so as cores E outras mais invento. Cano Tola Peguei no Arco-ris Juntei a Lua inteira Fritei-os neste tacho Com uma colher de manteiga Comi num prato o Sol Bebi num copo a chuva saltei num guardanapo E limpei-me a esta luva. Capuchinho Vermelho Pela estrada fora eu vou bem sozinha Levar estes bolos minha avzinha. Ela mora longe e o caminho deserto E o lobo mau passeia aqui por perto. Eu sou o lobo mau que te quer comer Vem quem capuchinha no vs a correr. Eu sou a avzinha desta linda capuchinha O lobo encontrei e o caador chamei.

76

Msicas Infantis Eu sou o caador deste lobo mariola Vem c lobo mau vou-te meter na gaiola. GATO MALTS Era uma vez um gato malts tocava piano e falava francs A dona da casa chamava-se Ins e o nmero da porta era o trinta e trs era muito bonito e no era mau tambm cantava miau, miau, miau

OS PATINHOS Todos os patinhos sabem bem nadar (bis) cabea para baixo rabinho para o ar Quando esto cansados da gua vo sair (bis) depois em grande fila p'ro ninho querem ir Na hora da papa todos querem comer (bis) atrs da mam pata vo todos a correr Os dentinhos Eram trinta e dois dentinhos que gostavam de trincar; 77

Msicas Infantis em vez de mas e peras s chocolates e rebuados eles gostavam de chupar. Tinham escova de dentes mas no se queriam lavar nem de manh, nem de tarde nem quando se iam deitar. E veio um dia em que os dentinhos j cansados de chorar pressa o dentista tiveram que ir chamar.

78