Natasha Munson - Portal Prev · PDF file 4 DESPESAS ADMINISTRATIVAS EM R$ MIL PLANO DE...

Click here to load reader

  • date post

    19-Oct-2020
  • Category

    Documents

  • view

    2
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Natasha Munson - Portal Prev · PDF file 4 DESPESAS ADMINISTRATIVAS EM R$ MIL PLANO DE...

  • “O dinheiro, assim como as emoções, é algo que você precisa controlar para manter sua vida no caminho certo”.

    Natasha Munson

    Este é o RAI 2018 – sua principal ferramenta de controle e acompanhamento da nossa gestão. Aqui você encontra todos os detalhes sobre seu plano de aposentadoria: rentabilidade das aplicações, desempenho de cada tipo de investimen- to, despesas administrativas, avaliação dos órgãos competentes e outras informações que compravam a transparência da nossa administração. Leia com atenção. Consulte sempre que necessário. Estes números fazem parte do seu futuro.

    Mauá Prev

  • 3

    GLOSSÁRIO Chegou a hora de analisar os documentos referentes ao ano de 2017 que comprovam a solidez da Mauá Prev. Porém, antes dessa análise, você não deve estar familia- rizado com os termos contidos neste documento.

    Desta forma, preparamos este Glossário para lhe explicar o que significa cada um deles:

    • o Balanço Patrimonial apresenta a posição fi- nanceira e patrimonial da entidade em 31 de dezembro, representando, portanto, uma posição estática. O ativo é o conjunto de bens, direitos e aplicações de recursos e o passivo compreende as obrigações para com os participantes e terceiros. • a Demonstração da Mutação do Patrimônio So- cial (DMPS) apresenta a movimentação do patri- mônio social da entidade através das adições (en- tradas) e deduções (saídas) de recursos. • a Demonstração da Mutação do Ativo Líquido por Plano de Benefícios apresenta a movimenta- ção do ativo líquido do plano de benefícios atra- vés das adições (entradas) e deduções (saídas) de recursos. • a Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios (DAL) evidencia a composição do ativo líquido do plano de benefícios no exercício a que se referir, apresentando saldos de contas do ativo e passivo. • a Demonstração do Plano de Gestão Adminis- trativa Consolidada (DPGA) revela a atividade administrativa da entidade, apresentando a movi- mentação do fundo administrativo através das re- ceitas, despesas e rendimento obtido no exercício a que se referir. • a Demonstração do Plano de Gestão Adminis- trativa por Plano de Benefícios apresenta a ativida- de administrativa da entidade, relativa a cada pla- no de benefícios, evidenciando a movimentação do fundo administrativo existente em cada plano. • a Demonstração das Obrigações Atuariais do Plano de Benefícios (DOAP) evidencia a composi- ção do patrimônio de cobertura do plano de be- nefícios no exercício a que se referir, apresentando o detalhamento das provisões matemáticas e o equilíbrio técnico. • o Demonstrativo de Investimentos revela a alo- cação de recursos da entidade, os limites de alo- cação atual versus o que foi definido pela política de investimentos e a legislação vigente, os recursos com gestão terceirizada, a rentabilidade dos inves- timentos por segmento (renda fixa, renda variável etc.), a diferença entre a rentabilidade do segmen- to e a meta atuarial da entidade, os custos de ges- tão dos recursos e as modalidades de aplicação.

    • o fundo significa o ativo administrado pela enti-

    dade, que será investido de acordo com os crité-

    rios fixados anualmente pelo Conselho Deliberati-

    vo, por meio da política de investimentos.

    • a meta atuarial é uma meta de rentabilidade

    utilizada como parâmetro para o retorno dos in-

    vestimentos do fundo, de forma que os eventuais

    compromissos futuros da entidade possam ser

    cumpridos.

    • o parecer atuarial é um relatório preparado por

    um estatístico especializado em seguros e previ-

    dência (atuário), que apresenta estudos técnicos

    sobre o plano de previdência que estiver anali-

    sando. Seu objetivo é avaliar a saúde financeira

    da entidade para poder honrar o pagamento dos

    benefícios presentes e futuros.

    • o participante é a pessoa que está inscrita como

    tal no plano. Para conhecer a definição exata de

    participante e também a de beneficiário, leia o re-

    gulamento do seu plano.

    • a patrocinadora é a empresa que custeia o pla-

    no junto com os participantes (isso quando as

    contribuições dos participantes estão previstas no

    regulamento). Um plano de previdência comple-

    mentar pode ter uma ou mais patrocinadoras.

    • a política de investimentos é um documento de

    periodicidade anual que apresenta diversas infor-

    mações, como: 1) critérios de alocação de recursos

    entre os segmentos de renda fixa, renda variável

    etc.; 2) objetivos específicos de rentabilidade para

    cada segmento de aplicação; 3) limites utilizados

    para investimentos em títulos e valores mobiliários

    de emissão e/ou coobrigação de uma mesma pes-

    soa jurídica; 4) limites utilizados para a realização

    de operações com derivativos e 5) avaliação do

    cenário macroeconômico de curto, médio e lon-

    go prazos, entre outras coisas. Estas informações

    auxiliam na avaliação dos recursos investidos, na

    escolha das instituições financeiras que vão admi-

    nistrar os investimentos e na avaliação dos limites

    de risco de mercado e de crédito, por exemplo.

    Neste relatório anual, você terá a oportunidade de

    ver o resumo da política de investimentos.

    Todos os documentos que você analisará a se-

    guir já foram encaminhados para o controle e

    a verificação da PREVIC, que tem como uma de

    suas principais missões proteger os interesses

    dos participantes.

  • 4

    DESPESAS ADMINISTRATIVAS

    EM R$ MIL

    PLANO DE APOSENTADORIA MAUÁ PREV

    DESCRIÇÃO 2018 2017

    Pessoal e Encargos 621.128,74 645.107,17

    Pessoal Próprio 621.128,74 645.107,17

    Treinamentos/congressos e seminários 9.231,00 9.956,00

    Viagens e estadias 12.282,19 23.388,47

    Serviços de Terceiros 1.007.291,22 830.237,33

    Auditoria Externa 24.000,00 35.197,50

    Consultoria Atuarial 62.882,10 104.436,40

    Consultoria Contábil 210.921,36 160.627,35

    Gestão/Planejamento Estratégico 646.340,69 470.150,08

    Informática 413,07 360,00

    Comunicação 57.600,00 53.820,00

    Outros 5.134,00 5.646,00

    Consultoria Imobiliária 1.400,00 -

    Serviços Gráficos 3.734,00 5.646,00

    Despesas Gerais 51.141,25 31.190,99

    Tributos 129.062,76 106.719,64

    PIS/COFINS 101.062,76 96.219,64

    TAFIC 28.000,00 10.500,00

    Taxa de Administração 217.957,09 206.147,62

    Taxa de Custódia 90.577,09 104.921,28

    Central de Custódia e Liquid Financ - CETIP 34.083,53 67.515,61

    Sistema Especial de Liquid e Custódia - SELIC 4.688,61 1.739,81

    Consultoria de Investimentos 125.190,16 158.906,83

    Total 2.302.633,64 2.185.830,75

  • 5

    DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

    BALANÇO PATRIMONIAL R$ MIL

    ATIVO 31/12/2018 31/12/2017 DISPONÍVEL 933 225 REALIZÁVEL 344.863 206.463 Gestão Previdencial 3.501 2.049 Gestão Administrativa 74 123 Investimentos 341.288 204.291 Títulos Públicos 63.759 53.423 Ações - 1 Fundos de Investimento 264.623 137.114 Investimentos Imobiliários 10.564 12.362 Empréstimos e Financiamentos 2.342 1.391 TOTAL DO ATIVO 345.796 206.688

    PASSIVO 31/12/2018 31/12/2017 EXIGÍVEL OPERACIONAL 1.239 1.433 Gestão Previdencial 857 1.079 Gestão Administrativa 360 351 Investimentos 22 3 PATRIMÔNIO SOCIAL 344.556 205.255 Patrimônio de Cobertura do Plano 341.213 202.908 Provisões Matemáticas 343.291 201.737 Benefícios Concedidos 133.106 99.088 Benefícios a Conceder 210.715 103.198 (-) Provisões Matemáticas a Constituir (530) (549) Equilíbrio Técnico (2.078) 1.171 Resultados Realizados (2.078) 1.171 Superávit Técnico Acumulado - 1.171 (-)Déficit Técnico Acumulado (2.078) - Fundos 3.343 2.347 Fundos Previdenciais 1.946 912 Fundos Administrativos 72 199 Fundos de Investimentos 1.325 1.236 TOTAL DO PASSIVO 345.795 206.688

    DEMONSTRAÇÃO DA MUTAÇÃO DO PATRIMÔNIO SOCIAL R$ MIL

    DESCRIÇÃO 31/12/2018 31/12/2017 Variação (%) A) Patrimônio Social - início do exercício 205.255 197.332 4,02% 1. Adições 41.767 35.043 19,19% (+) Contribuições Previdenciais 17.503 10.591 65,26% (+) Resultado Positivo Líquido dos Investimentos - Gestão Previdencial 21.999 22.272 (1,23%) (+) Receitas Administrativas 2.166 2.083 3,98% (+) Resultado Positivo Líquido dos Investimentos - Gestão Administrativa 10 27 (62,96%) (+) Constituição de Fundos de Investimentos 89 70 27,14% 2. Destinações (24.691) (27.120) (8,96%) (-) Benefícios (22.388) (24.866) (9,97%) (-) Despesas Administrativas (2.303) (2.254) 2,17% 3. Acréscimo/Decréscimo no Patrimônio Social (1+2) 17.076 7.923 115,52% (+/-) Provisões Matemáticas 20.208 7.282 177,51% (+/-) Superávit (Déficit) Técnico do Exercício (3.640) 665 (647,37%) (+/-) Fundos Previdenciais 546 50 992,00% (+/-) Fundos Administrativos (127) (144) (11,81%) (+/-) Fundos dos Investimentos 89 70 27,14% 4. Operações transitórias 122.225 - 100,00% (+/-) Operações Tr