NBR 14827 - 2002 - Chumbadores Instalados Em Elementos de Concreto

download NBR 14827 - 2002 - Chumbadores Instalados Em Elementos de Concreto

of 15

  • date post

    25-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    1.179
  • download

    27

Embed Size (px)

Transcript of NBR 14827 - 2002 - Chumbadores Instalados Em Elementos de Concreto

MAR 2002

NBR 14827

ABNT Associao Brasileira de Normas TcnicasSede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 28 andar CEP 20003-900 Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro RJ Tel.: PABX (021) 3974-2300 Fax: (021) 220-1762/220-6436 Endereo eletrnico: www.abnt.org.br

Chumbadores instalados em elementos de concreto ou alvenaria Determinao de resistncia trao e ao cisalhamento

Copyright 2002, ABNTAssociao Brasileira de Normas Tcnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Origem: 2 Projeto 04:003.01-093:2001 ABNT/CB-04 - Comit Brasileiro de Mquinas e Equipamentos Mecnicos CE - 04:003.01 - Comisso de Estudo de Elementos de Fixao NBR 14827 - Installed anchors in concrete or in masonry elements - Tensile and shear strengths determination Descriptor: Anchor Esta Norma foi baseada na ASTM E-488:1996 Vlida a partir de 29.04.2002 Palavra-chave: Chumbador 15 pginas

Sumrio Prefcio 1 Objetivo 2 Referncias normativas 3 Definies e notaes 4 Significado e uso 5 Aparelhagem 6 Amostras 7 Condicionamento 8 Ensaios estticos 9 Ensaios ssmicos 10 Ensaios de fadiga 11 Ensaios de choque 12 Critrios de falha 13 Relatrio 14 Resumo ANEXO A Figuras Prefcio A ABNT - Associao Brasileira de Normas Tcnicas - o Frum Nacional de Normalizao. As Normas Brasileiras, cujo contedo de responsabilidade dos Comits Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalizao Setorial (ABNT/ONS), so elaboradas por Comisses de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratrios e outros). Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no mbito dos ABNT/CB e ABNT/ONS, circulam para Consulta Pblica entre os associados da ABNT e demais interessados. Esta Norma contm o anexo A, de carter normativo.

2

NBR 14827:2002

1 Objetivo 1.1 Esta Norma prescreve os mtodos para a determinao de res istncia trao e ao cisalhamento de chumbadores de pr-concretagem ou de ps-concretagem, instalados em membros estruturais de concreto ou alvenaria, nas seguintes condies de carga: esttica, ssmica, fadiga ou choque. Somente devem ser efetuados os procedimentos solicitados pela entidade interessada. 1.2 Os mtodos de ensaio prescritos por esta Norma so destinad os a aplicaes em dispositivos de ancoragem especficos (chumbadores) instalados perpendicularmente em uma superfcie plana de um membro estrutural. 1.3 Embora ensaios combinados ou simultneos de trao e cisalhamento, bem como de toro, possam ser executados sob condies especiais, tais ensaios no so abrangidos nos mtodos de ensaio aqui descritos. 1.4 Embora sejam descritos procedimentos individuais para ensaios esttico, ssmico, de fadiga e de choque, no se exclui o uso de programas combinados de ensaios que incorporem dois ou mais destes tipos de ensaios (tais como ensaios ssmicos, de fadiga e de choque em seqncia) visto que o mesmo equipamento pode ser usado para cada um destes ensaios. 1.5 Esta Norma no pretende abordar problemas de segurana as sociados ao seu uso. da responsabilidade do usurio desta Norma, estabelecer prticas apropriadas de segurana e sade e determinar a aplicabilidade de regulamentos e limitaes antes do uso. 2 Referncias normativas As normas relacionadas a seguir contm disposies que, ao serem citadas neste texto, constituem prescries para esta Norma. As edies indicadas estavam em vigor no momento desta publicao. Como toda norma est sujeita a reviso, recomenda-se queles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a convenincia de se usarem as edies mais recentes das normas citadas . A ABNT possui a informao das normas em vigor em um dado momento. NBR 5738:1994 - Moldagem e cura de corpos-de-prova cilndricos ou prismticos de concreto - Procedimento NBR 5739:1994 - Concreto - Ensaio de compresso de corpos-de-prova cilndricos - Mtodo de ensaio NBR 6156:1983 - Mquina de ensaio de trao e compresso - Verificao - Mtodo de ensaio NBR 7680:1983 - Extrao, preparo, ensaio e anlise de testemunhos de estruturas de concreto - Procedimento ASTM E468:1990 - Practice for Presentation of Constant Amplitude Fadigue Test Results for Metallic Materials ASTM E575:1999 - Practice for Reporting Data from Structural Tests of Building Constructions, Elements, Connections, and Assemblies 3 Definies e notaes 3.1 Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as seguintes definies: 3.1.1 carga segura de trabalho (safe working load) (Fs): Carga admissvel ou de projeto, obtida atravs da aplicao de fatores de segurana sobre a carga ltima (carga de ruptura) do sistema de ancoragem, medida em quilonewtons (lbf). 3.1.2 chumbador de expanso (expansion anchor): Chumbador de ps-concretagem, que obtm a sua fora de ancoragem atravs de um sistema mecnico de expanso radial, que exerce foras de atrito contra a face interna de um furo aberto em um membro estrutural. 3.1.3 chumbador de segurana (undercut anchor): Chumbador de ps-concretagem, que obtm a sua fora de ancoragem pela expanso de uma parte do chumbador dentro de um trecho no fundo do furo, que maior em dimetro do que o restante. A seo de dimetro aumentado do furo pode ser pr-alargada ou alargada atravs do processo de expanso, durante a aplicao do chumbador. 3.1.4 chumbador de adeso qumica (adhesive anchor): Chumbador de ps-concretagem, que obtm a sua fora de ancoragem atravs de um composto qumico colocado entre a parede do furo e a parte embutida do chumbador. Os materiais usados incluem resina epxi, resina de polister, materiais com base de cimento ou outros tipos semelhantes que endurecem atravs de uma reao qumica. 3.1.5 chumbador de pr-concretagem (cast-in-place anchor): Chumbador instalado no local antes da concretagem e que obtm sua resistncia de ancoragem somente aps cura do elemento de concreto. 3.1.6 chumbador de ps-concretagem (post-installed anchor): Chumbador instalado posteriormente, em concreto pronto e j endurecido.

NBR14827:2002

3

3.1.7 deslocamento (displacement) (): Movimento de um chumbador em relao ao membro estrutural. Para o ensaio de trao, o deslocamento medido ao longo do eixo do chumbador e para o ensaio de cisalhamento, o deslocamento medido perpendicularmente ao eixo do chumbador, em milmetros (pol). 3.1.8 distncia borda (edge distance) (c): Distncia lateral ou a distncia do eixo de um chumbador, at a borda mais prxima do membro estrutural. Tambm a distncia mnima entre o eixo do chumbador e os pontos de apoio ou de reao do dispositivo de ensaio, em milmetros (pol). 3.1.9 embutimento (embedment depth) (hv): Profundidade total atingida pelo chumbador. 3.1.9.1 embutimento efetivo (effective depth of embedment) (hef): Distncia entre a superfcie do membro estrutural e o ponto mais afastado da superfcie, onde o chumbador se fixa ao concreto, aps aplicado (pode ser igual ou menor do que o embutimento nominal), em milmetros (pol). 3.1.10 endurance: Limite de resistncia fadiga (maior carga para a qual nunca ocorre falha). 3.1.11 ensaio de choque (shock test): Ensaio em laboratrio, que simula cargas de choque num sistema de ancoragem, atravs da aplicao de uma carga externa de durao muito curta. 3.1.12 ensaio de cisalhamento (shear test): Ensaio no qual um chumbador carregado perpendicularmente ao seu eixo e paralelamente superfcie do membro estrutural. 3.1.13 ensaio de trao (tensile test): Ensaio no qual o chumbador carregado axialmente em trao. 3.1.14 ensaio esttico (static test): Ensaio no qual uma carga lentamente aplicada ao chumbador, de acordo com uma velocidade especificada, de forma tal que o chumbador sofra um nico ciclo de carga. 3.1.15 ensaio de fadiga (fatigue test): Ensaio em laboratrio que aplica ciclos de carga repetidos a um sistema de ancoragem, a fim de determinar a sua resistncia fadiga. 3.1.16 ensaio ssmico (seismic test): Ensaio em laboratrio que aplica ciclos de carga de magnitude e freqncia variveis a um sistema de ancoragem e que pode simular um evento ssmico. 3.1.17 espaamento (anchor spacing) (s): Espaamento entre dois chumbadores, medido entre seus eixos. Tambm a distncia mnima entre pontos de apoio ou de reao do dispositivo de ensaio, em milmetros (pol). 3.1.18 LVDT: Transformador diferencial de variao linear utilizado para medir o deslocamento ou movimento de um chumbador ou de um sistema de ancoragem. 3.1.19 membro estrutural (structural member): Elemento ou base no qual o chumbador instalado e que suporta as foras aplicadas ao chumbador. Especificamente designado como placa de concreto, quando especialmente feito para ensaios de avaliao. 3.1.20 run-out: Condio onde a falha no atingida aps um nmero especificado de ciclos de carga no ensaio de fadiga. 3.2 Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as seguintes notaes: Afi e Bfi - Leituras iniciais de deslocamento no instrumento, para ensaios de fadiga, em milmetros (pol). Afu e Bfu - Leituras mximas de deslocamento no instrumento, para ensaio de fadiga, em milmetros (pol). AI e BI - Leituras iniciais no instrumento, em milmetros (pol). AN e BN - Leituras no instrumento para uma dada carga, em milmetros (pol). c - Distncia borda, medida do eixo do chumbador at a borda, em milmetros (pol). d - Dimetro nominal do chumbador, em milmetros (pol). FS - Deslocamento do chumbador, sob carga ltima no ensaio de fadiga em cisalhamento, em milmetros (pol). FSm - Mdia dos deslocamentos mximos nos ensaios de fadiga em cisalhamento, em milmetros (pol). FT - Deslocamento do chumbador, na carga ltima, no ensaio de fadiga em trao, em milmetros (pol). FTm - Mdia dos deslocamentos mximos, no ensaio de fadiga em trao, em mimetros (pol). S - Deslocamento no corrigido, no ensaio de cisalhamento, em milmetros (pol). T - Deslocamento no corrigido, no ensaio de trao, em milmetros (pol).

4

NBR 14827:2002

Sm - Mdia dos deslocamentos com carga ltima, no ensaio de cisalhamento, em milmetros (pol). Tm - Mdia dos deslocamentos com carga ltima, no ensaio de trao, em milmetros (pol) . Fs - Carga