O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire: Reflexos ... · PDF file pouco conhecido...

Click here to load reader

  • date post

    26-Jan-2019
  • Category

    Documents

  • view

    227
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire: Reflexos ... · PDF file pouco conhecido...

V CONGRESSO SERGIPANO DE HISTRIA

&

V ENCONTRO ESTADUAL DE HISTRIA DA ANPUH/SE

PROGRAMAO E CADERNO DE RESUMOS

O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire: Reflexos na Pesquisa e no Ensino de Histria

IHGSEAracaju, 2016

ASSOCIAO NACIONAL DE HISTRIA SEO SERGIPE - ANPUH/SE

DIRETORIADiretor: Diogo Francisco Cruz MonteiroVice-diretor: Jeferson Augusto da Cruz

Secretria: Joelma Dias MatiasTesoureira: Maria Fernanda dos Santos

CONSELHO FISCAL1 Conselheiro: Joo Paulo Gama Oliveira

2 Conselheiro: Sura Souza Carmo3 Conselheiro: Wanderlei de Oliveira Menezes

SUPLENTES1 Suplente: Edna Maria Matos Antonio

2 Suplente: Samuel Barros de Medeiros Albuquerque3 Suplente: Kleber Luiz Gavio Machado de Souza

INSTITUTO HISTRICO E GEOGRFICO DE SERGIPE IHGSE

Presidente: Samuel Barros de Medeiros Albuquerque 1 Vice-Presidente: Jos Ibar Costa Dantas

2 Vice-Presidente: Igor Leonardo Moraes AlbuquerqueSecretrio-Geral: Jos Rivadlvio Lima

1 Secretria: Tereza Cistina Cerqueira da Graa 2 Secretria: Lenalda Andrade Santos

Oradora: Terezinha Alves de Oliva1 Tesoureiro: Saumneo da Silva Nascimento

2 Tesoureira: Eva Maria Siqueira AlvesDiretora do Museu e da Pinacoteca: Sura Souza Carmo

Diretor da Biblioteca e do Arquivo: Lorena de Oliveira Souza Campello Editor da Revista: Joo Paulo Gama Oliveira

V Congresso Sergipano de Histria & V Encontro Estadual de Histria da ANPUH/SE

O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire: re-flexos na pesquisa e no ensino de histria Pro-gramao e Caderno de Resumo / Associao Nacional de Histria Seo Sergipe ANPUH-SE. Ara-caju: Instituto Histrio e Geogrfico de Sergipe, 2016.

124 p. ISBN: 978-85-68234-05-1 1. Histria de Sergipe 2.Felisbelo Freire 3. Historio-

grafia I. V Congresso Sergipano de Histria II.V Encontro Estadual de Histria III. Assunto

CDU 94(813.7)

Catalogao Claudia Stocker CRB 5/1202

3

Organizadores do Livro de ResumoDiogo Francisco Cruz Monteiro

Jeferson Augusto da CruzJoelma Dias Matias

Maria Fernanda dos Santos

COMISSO RESPONSVEL

COMISSO ORGANIZADORA

IHGSESamuel Barros de Medeiros Albuquerque

(Presidente)

Jos Ibar Costa Dantas(1 Vice-Presidente)

Igor Leonardo Moraes Albuquerque(2 Vice-Presidente)

Jos Rivadlvio Lima(Secretrio Geral)

Tereza Cristina Cerqueira da Graa(1 Secretria)

Lenalda Andrade Santos(2 Secretria)

Terezinha Alves de Oliva (Oradora)

Saumneo da Silva Nascimento(1 Tesoureiro)

Eva Maria Siqueira Alves(2 Tesoureira)

Lorena de Oliveira Souza Campello(Diretora do Arquivo/Biblioteca)

Sura Souza Carmo(Diretora do Museu/Pinacoteca)

Joo Paulo Gama Oliveira(Editor da Revista do IHGSE)

COMISSO CIENTFICA

Prof. Dr. Alfredo Julien (UFS)Profa. Dra. Andreza Santos Cruz Maynard (CODAP/UFS)

Profa. Dra. Beatriz Piva Momesso (UFF)Prof. Dr. Bruno Gonalves lvaro (UFS)

Profa. Me. Carine Santos Pinto (ANPUH/SE)Profa. Dra. Carla Miucci Ferraresi de Barros (UFU)

Profa. Dra. Edna Maria Matos Antnio (UFS)Profa. Dra. Fabiana Lopes da Cunha (UNESP)

Profa. Me. Mariana Emanuelle Barreto de Gois (UniAges)Prof. Me. Kleber Luiz Gavio Machado de Souza (UNP/IFBN)

Profa. Me. Viviane Andrade de Oliveira Dantas (UNIT)Prof. Me. Wanderlei de Oliveira Menezes (PMI)

ANPUH/SEDiogo Francisco Cruz Monteiro

(Presidente)

Jeferson Augusto da Cruz(Vice-Presidente)

Joelma Dias Matias(Secretria)

Maria Fernanda dos Santos(Tesoureira)

O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire e suas Reflexes na Pesquisa e no Ensino

5

APRESENTAO

Considerado o pai da Historiografia Sergipana, o mdico e poltico Felisbelo Firmo de Oliveira Freire (1858-1916) legou, na verdade, um importante e pouco conhecido legado Historiografia Brasileira, a partir de obras como: Histria de Sergipe (1891); Histria da Revolta de 6 de Setembro de 1893 [Revolta da Armada] (1896); Histria Constitucional da Repblica dos Esta-dos Unidos do Brasil (1894 e 1895); Histria Territorial do Brasil: Bahia, Ser-gipe e Esprito Santo (1906); Os portugueses no Brasil (1907); Histria do Banco do Brasil (1907); Histria da Cidade do Rio de Janeiro (1912 e 1914).

No ano que marca o centenrio de morte de Felisbelo Freire, o IHGSE e a ANPUH/SE tomaram como tema da quinta edio Congresso Sergipano de Histria & Encontro Estadual de Histria da ANPUH/SE O Brasil na Histo-riografia de Felisbelo Freire e suas Reflexes na Pesquisa e no Ensino. O evento, que j se consolida como a mais importante na rea de Histria em Sergipe, buscar promover reflexes e debates sobre esse importante lega-do intelectual, destacando a contribuio do autor para a pesquisa, a escrita e o ensino de Histria em Sergipe e no Brasil.

A programao do congresso/encontro conta com conferncias e mesas re-dondas sobre a temtica proposta e, alm disso, sero ofertados minicursos e simpsios temticos para apresentao de trabalhos. Pretende-se, com a realizao deste evento, congregar as comunidades de professores e pes-quisadores de Histria e reas afins, tanto de Sergipe quanto dos demais estados do pas, para o aprofundamento das discusses sobre a historio-grafia de Felisbelo Freire e o contributo de suas reflexes para a pesquisa e o ensino de Histria, bem como proporcionar a todos os participantes um espao profcuo para o dilogo e difuso do conhecimento histrico.

O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire e suas Reflexes na Pesquisa e no Ensino

7

PROGRAMAO

24 DE OUTUBRO DE 2016 (SEGUNDA-FEIRA)14h s 18h CREDENCIAMENTO.19h30min SOLENIDADE DE ABERTURA.20h CONFERNCIA A Teoria da Histria em Felisbelo Freire, com o Prof. Dr. Francisco Jos Alves (UFS e IHGSE).

25 DE OUTUBRO DE 2016 (TERA-FEIRA)

08h SIMPSIOS TEMTICOS.14h SIMPSIOS TEMTICOS.18h LANAMENTO DE LIVROS.19h CONFERNCIA A Histria da Cidade do Rio de Janeiro, de Felis-belo Freire, com o Prof. Dr. Paulo Knauss de Mendona (UFF e MHN).

26 DE OUTUBRO DE 2016 (QUARTA-FEIRA)

08h s 12h MINICURSOS.08h SIMPSIOS TEMTICOS.14h SIMPSIOS TEMTICOS.18h LANAMENTO DE LIVROS.19h CONFERNCIAS:- O Esprito Santo na Historiografia de Felisbelo Freire, com a Profa. Dra. Adriana Pereira Campos (UFES).- A Bahia na historiografia de Felisbelo Freire, com a Profa. Dra. Jo-ceneide Cunha (UNEB).

V Congresso Sergipano de Histria & V Encontro Estadual de Histria da ANPUH/SE

8

27 DE OUTUBRO DE 2016 (QUINTA-FEIRA)08h s 12h MINICURSOS.14h MESA REDONDA Felisbello Freire, a Pesquisa e o Ensino de His-tria, com a Profa. Dra. Terezinha Alves de Oliva (UFS e IHGSE), a Pro-fa. Me. Lenalda Andrade Santos (UFS e IHGSE), o Prof. Marcos Vinicius Melo dos Anjos (SEED/SE), o Prof. Antonio Wanderley de Melo Corra (SEED/SE) e a Profa. Maria Fernanda dos Santos (PROHIS/UFS).18h LANAMENTO DE LIVROS.19h CONFERNCIA Escrita de si na Histria de Sergipe de Felisbelo Freire, com o Prof. Dr. Samuel Barros de Medeiros Albuquerque (UFS e IHGSE).20h POSSE DA NOVA DIRETORIA DA ANPUH/SE.

O Brasil na Historiografia de Felisbelo Freire e suas Reflexes na Pesquisa e no Ensino

9

SUMRIO

11 001. Cidades, dilogos modernos e prticas culturais

21 003. Da invisibilidade historiogrfica histria indgena: discus-ses acerca do estudo da histria e da cultura indgena

26 004. Histria da educao: sujeitos, prticas e instituies educativas

37 005. Histrias da escravido, resistncia e ps-abolio no Brasil

48 006. Memrias, representaes, prticas e apropriaes: dilogos interdisciplinares sobre trajetrias, impressos e literatura

61 007. Museus, histrias e patrimnios

79 009. O uso de arquivos pessoais e fundos da administrao pbli-ca na construo do conhecimento histrico

86 010. Por um ensino de histria plural: reflexes sobre o saber his-trico escolar e o acadmico

92 011. Relaes tnico-raciais: memria, histria e educao

96 012. Sergipe dEl Rei: poder, sociedade e cultura

102 013. Sergipe no Sculo XIX

114 014. Ensino de Histria: didtica, currculo e linguagens

001. Cidades, Dilogos

Modernose Prticas Culturais

11

001. Cidades, Dilogos Modernos e Prticas Culturais.Coordenao: Jeferson Augusto da Cruz, Marta Regina da Silva Amorim

SESSO DE SIMPSIO TEMTICO - 25/10

A CIDADE SOBE AO PALCO: O GRUPO TEATRAL DE AMADORES CRATENSES (1942-1950)

Marta Regina da Silva Amorim

Resumo: Este trabalho tem o objetivo de analisar, atravs da perspectiva da Histria Cultural, a atuao do Grupo Teatral de Amadores Cratenses (GRU-TAC) entre os anos de 1942 e 1950, na busca de compreender os valores sociais cratenses do perodo estudado. Percebemos que a prtica teatral deste grupo pode nos dizer muito sobre a sociedade cratense, e da hist-ria do teatro amador que se desenvolveu no Brasil das primeiras dcadas do sculo XX. Utilizamos como metodologia para este trabalho a pesquisa bibliogrfi ca, atravs da leitura de livros, artigos cientfi cos, dissertaes e teses que abordam o tema estudado. A pesquisa documental foi feita em jornais de poca, fotografi as, livros de memrias, revistas, programas de pe-as apresentadas pelo grupo e textos teatrais escolhidos para serem ence-nados. Atravs da anlise desta documentao, observamos que o GRUTAC se apropriou da produo teatral nacional para apresentar a moralidade e os costumes presentes na sociedade em que estava inserido.

ECOS DA JOVEM GUARDA NO CENRIOMUSICAL DE ARACAJU: 1965 1970

Wilian Siqueira Santos Gomes

Resumo: Este trabalho de pesquisa apresentado como Monografi a, tem como principal objeti