Observando o Tietê

download Observando o Tietê

of 112

  • date post

    07-Jan-2017
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of Observando o Tietê

  • bbbbbssssseeeeerrrrrvvvvvananananandddddoooooo o o o o TTTTTiiiiieeeeettttt

    OOOOO

    livro_sos.p65 15/03/04, 19:021

  • Impresso em Reciclato 90 g/m2 da Cia. Suzano, o primeiro papel offsetbrasileiro 100% reciclado produzido em escala industrial.

    Ficha TcnicaPrPrPrPrPresidente: esidente: esidente: esidente: esidente: Roberto Luiz Leme KlabinVVVVVice-Price-Price-Price-Price-Presidente: esidente: esidente: esidente: esidente: Paulo Nogueira NetoDiretoriaExExExExExecutivecutivecutivecutivecutiva e Marka e Marka e Marka e Marka e Marketinetinetinetineting: g: g: g: g: Plnio BocchinoRRRRRelaes Institucionais: elaes Institucionais: elaes Institucionais: elaes Institucionais: elaes Institucionais: Mrio Cesar MantovaniAAAAAdministrdministrdministrdministrdministrativativativativativa/Fa/Fa/Fa/Fa/Financeirinanceirinanceirinanceirinanceira: a: a: a: a: Adauto Tadeu BaslioTcnica/PrTcnica/PrTcnica/PrTcnica/PrTcnica/Projetos: ojetos: ojetos: ojetos: ojetos: Mrcia Makiko Hirota

    OrOrOrOrOrganizganizganizganizganizao :ao :ao :ao :ao :Maria Luisa T. Borges RibeiroCoordenadora do Ncleo Unio Pr-Tiet

    Superviso:Superviso:Superviso:Superviso:Superviso:Mrio Csar MantovaniDiretor de Relaes Institucionais Fundao SOS Mata Atlntica

    TTTTTeeeeextos : xtos : xtos : xtos : xtos : Aristides Almeida Rocha, Fabrizio G. Violini, Mrio Mantovani, Maria Luisa Ribeiro, SamuelMurgel Branco

    FFFFFotos: otos: otos: otos: otos: Eduardo Castanho, Malu Ribeiro, acervo Fundao SOS Mata Atlntica

    RRRRReeeeeviso:viso:viso:viso:viso: Irene Incao

    PrPrPrPrProjeto Grfico: ojeto Grfico: ojeto Grfico: ojeto Grfico: ojeto Grfico: Beth Kok Estdio Girassol

    DiaDiaDiaDiaDiagrgrgrgrgramao e Famao e Famao e Famao e Famao e Fechamento de Arechamento de Arechamento de Arechamento de Arechamento de Arquivquivquivquivquivo: o: o: o: o: Fernando Teston Estdio Girassol

    Observando o Tiet/ Ribeiro, Maria Luisa Borges; organizadora - So Paulo - SP, Fundao SOSMata Atlntica, Ncleo Unio Pr-Tiet.Vrios autores.Impressos 20.000 exemplares para distribuio gratuita componente do Programa de Educao Ambientaldesenvolvido pela Fundao SOS Mata Atlntica para a segunda etapa do Projeto de Despoluio do RioTiet, a cargo da Sabesp com recursos do BID Banco Interamericano de Desenvolvimento.Equipe Tcnica:Equipe Tcnica:Equipe Tcnica:Equipe Tcnica:Equipe Tcnica:Fabrizo G. Violini Coordenador de Educao AmbientalCelly Kelly Neiva dos Santos,Csar Pergoraro,Fernando ProttaGustavo Veronesi eVirgilio Farias - Monitores Ambientais

    livro_sos.p65 15/03/04, 19:022

  • livro_sos.p65 15/03/04, 19:023

  • APRESENTAOUma enchente mudou So Paulo.

    Tudo comeou com as ondas da Rdio Eldorado, que lanaramno ar um programa produzido em conjunto com a BBC de Londres,realizado simultaneamente em dois pases, por dois reprteres. Um, naInglaterra, navegava no despoludo Rio Tmisa e o outro, aqui nodegradado Rio Tiet. Trocaram impresses ao vivo e, certamente sem saber,mexeram fundo com um sentimento adormecido no interior de milharesde ouvintes que acompanhavam atentamente a matria.

    A reao foi impressionante. Uma enxurrada de telefonemas, telegramase cartas inundou a emissora com idias, projetos, manifestaes de apoio e ofertasde todo o tipo, demonstrando que o sonho de ressuscitar o Tiet estava mais vivodo que nunca e que muita gente estava disposta a trabalhar por isso.

    Diante dessa receptividade, a Eldorado no deixou a gua parar.Abriu seus microfones para todos os que tivessem algo a dizer para salvaro Tiet, e o resultado foi uma mar crescente de entusiasmo e mobilizao.

    Para canalizar essa energia social de transformao, a Fundao SOSMata Atlntica criou o Ncleo Unio Pr-Tiet, com patrocnio do UnibancoEcologia. Sua meta inicial: tornar concreta a vontade da populao por meioda coleta de um milho de assinaturas. O maior abaixo-assinado j realizadono pas.

    A meta foi superada em 200 mil assinaturas e a histria do Tietcomeou a mudar.

    A despoluio, antes considerada impossvel, passou a ser vivel.O dinheiro que no havia comeou a aparecer. O governo, antesdesinteressado, assumiu o desafio como prioridade.

    O resultado foi fantstico. Em tempo recorde a sociedadeorganizada criou condies para o incio da recuperao do Tiet e rompeucom a histria de dcadas de degradao irresponsvel.

    Isso tudo foi apenas o comeo. Era preciso que o estadocontratasse um grande projeto que possibilitasse a implantao de vriasobras. Porm, no podamos permitir que essa fosse mais uma megaobra

    livro_sos.p65 15/03/04, 19:024

  • desconectada de diversas aes sociais, ambientais e polticas, como muitasoutras que no trouxeram resultados positivos.

    Lutamos muito para romper as enormes barreiras que impediamo acesso da sociedade civil organizada s informaes sobre as obras,cronogramas e investimentos do projeto. Persistimos, a fim de vencer odesafio de levar as pessoas a compreender que a despoluio desse riono obra de um governo, uma ao de cidadania, de longo prazo.

    Muitas obras foram concludas, vencemos etapas difceis, mastodo esse percurso ainda pouco diante da dimenso do problema. Muitagua ainda ter de rolar para que o sonho de recuperar o Rio Tiet serealize completamente.

    O Tiet que temos hoje, em diversos quilmetros e sub-bacias,ainda poludo, contaminado, assoreado e com margens desmatadas eimpermeabilizadas, o resultado do distanciamento das pessoas quedeixaram de se relacionar com o rio e fugiram do seu papel de co-responsveis pela sua conservao.

    Para recuperar definitivamente o Tiet necessrio, antes, recuperara capacidade da sociedade de entender o rio, redescobrir seus encantos, suaimportncia, conhecer seus problemas e buscar solues de forma integrada.

    Diante desse desafio, idealizamos e implementamos oObservando o Tiet, um projeto dedicado educao ambiental com oobjetivo de fazer as pessoas voltarem a olhar permanentemente para orio, para que possamos resgatar parte da nossa cultura esvaecida com apoluio. Dessa forma mantemos a sociedade mobilizada, colaboramoscom o aumento do conhecimento sobre o rio e criamos mecanismos paraque a populao faa o acompanhamento direto e permanente e participede forma ativa do processo de recuperao.

    Recuperao essa que no ser obra de um governo. Trata-se deum processo longo, que necessariamente superar o restrito perodo demandatos, entre eleies e sucesses de governadores e gestores polticos.

    A recuperao do Tiet ser obra da sociedade, se todos nsfizermos disso uma prioridade.

    Mrio Csar MantovaniFundao SOS Mata Atlntica

    livro_sos.p65 15/03/04, 19:025

  • livro_sos.p65 15/03/04, 19:026

  • SSSSSuuuuumrmrmrmrmrioioioioioINTRODUO ...................................................................................................................... 9O RIO TIET ..................................................................................................................... 11

    O Rio e a sua histria ........................................................................................ 11O percalo das guas na Bacia Hidrogrfica do Tiet ........................... 25A bacia hidrogrfica do Rio Tiet ................................................................. 35As sub-bacias do Tiet ...................................................................................... 37Cidades ribeirinhas ............................................................................................ 48

    AES PARA O RIO TIET ................................................................................................. 49A poltica de gesto das guas ..................................................................... 50A participao da sociedade civil e o marco legal do terceiro setor56O Tiet e os aspectos socioeconmicos ...................................................... 60O Projeto Tiet .................................................................................................... 63Ncleo Unio Pr-Tiet ................................................................................... 67

    O PROJETO OBSERVANDO O TIET ...................................................................................... 85Mobilizando a comunidade ........................................................................... 86O monitoramento com a participao da comunidade ....................... 89Guia da Avaliao da Qualidade das guas .............................................. 92

    CONSIDERAES FINAIS .................................................................................................. 109Para No Boiar ................................................................................................... 110

    livro_sos.p65 15/03/04, 19:027

  • 8

    Observando o Tiet

    livro_sos.p65 15/03/04, 19:028

  • 9

    Introduo

    INTRODUOO Observando o Tiet uma proposta de educao ambiental

    inovadora que visa envolver a sociedade civil organizada na recuperaoambiental dos rios e dessa forma estimular a participao na gesto dosrecursos hdricos.

    Esse projeto um instrumento estimulador para implantaode uma forma de gesto ambiental participativa, que propicie adescentralizao e a integrao das aes de conservao ambiental.

    O presente volume uma atualizao do primeiro manual deorientao para o monitoramento participativo da qualidade da gua,desenvolvido em 1993, como uma das ferramentas que a Fundao SOSMata Atlntica disponibilizou sociedade, atravs do Ncleo Unio Pr-Tiet, seu setor de recursos hdricos e educao ambiental.

    Resultado da contribuio de ambientalistas, professores epesquisadores, participantes da causa ambiental e sensibilizados por ela,a primeira verso do manual foi concebida para o Rio Tiet, tendo comobase os municpios ribeirinhos, ao longo dos seus 1.100 km.

    Esta nova verso resultado da soma de