OS FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO OS FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO.

of 14 /14
OS FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO

Embed Size (px)

Transcript of OS FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO OS FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO.

  • Slide 1
  • Slide 2
  • OS FRUTOS DO ESPRITO SANTO OS FRUTOS DO ESPRITO SANTO
  • Slide 3
  • Quando a alma dcil ao Esprito Santo converte-se em rvore boa que se d a conhecer por seus frutos. Quando a alma dcil ao Esprito Santo converte-se em rvore boa que se d a conhecer por seus frutos. CARIDADE PACINCIA LONGANIMIDADE ALEGRIA PAZ BENIGNIDADE BONDADE MANSIDO FIDELIDADE CONTINNCIA CASTIDADE MODSTIA
  • Slide 4
  • CARIDADE : o fruto que nos d o prprio Deus CARIDADE : o fruto que nos d o prprio Deus O Amor vem de Deus, faz Deus presente, Deus-connosco. O Amor vem de Deus, faz Deus presente, Deus-connosco.
  • Slide 5
  • ALEGRIA : a primeira manifestao do amor ALEGRIA : a primeira manifestao do amor A alegria espiritual saborear a presena amorosa de Deus. A alegria espiritual saborear a presena amorosa de Deus. Esprito Santo, enche-nos com a tua alegria! Esprito Santo, enche-nos com a tua alegria!
  • Slide 6
  • A alegria plena, repousada, serena, profunda, uma alegria total, alcana- se com a tranquilidade de esprito, quando recebemos a paz. PAZ : um presente de Cristo Ressuscitado PAZ : um presente de Cristo Ressuscitado O dom da sabedoria, que nos faz saborear as coisas de Deus, como o degrau que conduz paz.
  • Slide 7
  • PACINCIA : saber que Deus no se atrasa PACINCIA : saber que Deus no se atrasa As almas dceis ao Esprto produzem este fruto diante dos obstculos. No perdem a paz perante a doena, a contradio, os defeitos alheios, as calnias, e perante os prprios fracassos espirituais. Na sua hora, no tempo oportuno, quando as chuvas tempors e tardias regarem a nossa vida, o milagre acontece e o deserto converte-se em osis. Na sua hora, no tempo oportuno, quando as chuvas tempors e tardias regarem a nossa vida, o milagre acontece e o deserto converte-se em osis.
  • Slide 8
  • LONGANIMIDADE : presena de esprito LONGANIMIDADE : presena de esprito Ajuda-nos a esperar todo o tempo necessrio, antes de alcanar as metas ascticas ou apostlicas que nos propomos, pensando que os atrasos so queridos ou permitidos por Deus. o fruto do Esprito que nos d nimo para tender ao bem, ainda que tenhamos de esperar, e muito, para alcan-lo.
  • Slide 9
  • BONDADE : procurando sempre o bem dos outros BONDADE : procurando sempre o bem dos outros Fazemos o bem sem procurar agradecimentos ou dependncias dos favorecidos Fazemos o bem com simplicidade, sem vanglria, procurando apenas a aprovao de Deus. Partilhamos os bens espirituais e materiais em comunidade de f e de amor. Partilhamos os bens espirituais e materiais em comunidade de f e de amor. No nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo colheremos, se no tivermos esmorecido Pratiquemos o bem para com todos. (Gl 6,9-10) No nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo colheremos, se no tivermos esmorecido Pratiquemos o bem para com todos. (Gl 6,9-10)
  • Slide 10
  • BENIGNIDADE: sentir a doura do Esprito BENIGNIDADE: sentir a doura do Esprito Transforma as nossas relaes humanas em bnos divinas. Vivemos uma doce participao da suavidade de Deus, encarnada em Cristo. Manifesta-se com amabilidade nas palavras, com suavidade no convvio e no trato, e com atitude servial.
  • Slide 11
  • MANSIDO: tudo suportar em paz MANSIDO: tudo suportar em paz Expulsa toda a ira, porque o Esprito de Deus repousa no homem manso e humilde. D fortaleza para suportar ms palavras, mau comportamento, gestos e actos ameaadores e toda a espcie de injustias contra si prprio ou contra os amigos.
  • Slide 12
  • F : ver com os olhos de Deus F : ver com os olhos de Deus A f fundamenta e dirige a obedincia, a confiana, o abandono. Deixa-te guiar pelo vento e pelo fogo do Esprito, pois a f estimulante, fermentadora. Deixa-te guiar pelo vento e pelo fogo do Esprito, pois a f estimulante, fermentadora. entregar-se nas mos de Deus e aceitar a sua palavra.
  • Slide 13
  • MODSTIA : a coragem dos humildes MODSTIA : a coragem dos humildes Por este fruto, o crente sabe que os seus talentos so presente de Deus e coloca-os ao servio dos outros. Deixa que Deus entre na tua vida: Deixa-te amar por Deus. Deixa que Ele te transforme, te mude, te guie, te forme. Isso, sim, humildade. Deixa que Deus entre na tua vida: Deixa-te amar por Deus. Deixa que Ele te transforme, te mude, te guie, te forme. Isso, sim, humildade.
  • Slide 14
  • CONTINNCIA e CASTIDADE : testemunhas da fidelidade e ternura de Deus CONTINNCIA e CASTIDADE : testemunhas da fidelidade e ternura de Deus Por estes frutos a alma est vigilante para evitar o que possa ferir a pureza interior e exterior. Leva-nos a viver a sexualidade como servio vida, para fazer do nosso corpo um louvor total.
  • Slide 15
  • No apagueis o Esprito. (I Tes 5,19) No apagueis o Esprito. (I Tes 5,19) No ofendais o Esprito Santo de Deus, selo com o qual fostes marcados para o dia da redeno (Ef 4, 30) No ofendais o Esprito Santo de Deus, selo com o qual fostes marcados para o dia da redeno (Ef 4, 30) Deixai-vos encher do Esprito. (Ef 5, 18)