P5 planificação aual

of 53 /53
Planificação anual - Língua Portuguesa 5.° ano (2012- 2013) Manual adotado: P5 Português - 5.° ano, Texto Editores Competências específicas - Resultados esperados (no final do 2.° ciclo) Compreensão do oral -> Saber escutar, para organizar e reter informação, discursos razoavelmente longos, com algum grau de formalidade, em português padrão, em presença ou difundidos através dos media. -> Interpretar a informação ouvida, distinguindo o que é facto do que é opinião, o que é objectivo do que é subjectivo, o que é essencial do que é acessório, o que é informação explícita do que é informação implícita, com vista à concretização de diferentes acções. -> Compreender as linhas gerais de uma argumentação, numa exposição clara e explicitamente marcada. Expressão oral ->Tomar a palavra para fazer relatos, descrições e exposições sobre assuntos do quotidiano, de interesse pessoal, social ou escolar, com algum grau de formalidade. -> Apresentar e defender opiniões, justificando com pormenores ou exemplos e terminando com uma conclusão adequada. -> Produzir discursos orais em português padrão, recorrendo a vocabulário adequado, a estruturas gramaticais com alguma complexidade e dando coesão discursiva à sequência de enunciados produzida. Leitura -> Ler textos variados em diferentes suportes, com precisão, rapidez e alguma expressividade. -> Ler para entretenimento, concretização de tarefas, recolha e organização de informação, construção de conhecimento e fruição estética. -> Posicionar-se quanto à pertinência e validade da informação lida e quanto aos efeitos produzidos pelos recursos verbais e não verbais utilizados. -> Fazer apreciações pessoais de textos de diferentes tipos, descobrindo significados implícitos e relacionando intenção, forma e conteúdo. -> Ler textos literários, tomando consciência do modo como os temas, as experiências e os valores são representados. 1

Embed Size (px)

Transcript of P5 planificação aual

Planificao anual - Lngua Portuguesa 5

Planificao anual - Lngua Portuguesa 5. ano (2012- 2013)Manual adotado: P5 Portugus - 5. ano, Texto EditoresCompetncias especficas - Resultados esperados (no final do 2. ciclo)Compreenso do oral-> Saber escutar, para organizar e reter informao, discursos razoavelmente longos, com algum grau de formalidade, em portugus padro,em presena ou difundidos atravs dos media.-> Interpretar a informao ouvida, distinguindo o que facto do que opinio, o que objectivo do que subjectivo, o que essencial doque acessrio, o que informao explcita do que informao implcita, com vista concretizao de diferentes aces.-> Compreender as linhas gerais de uma argumentao, numa exposio clara e explicitamente marcada.Expresso oral->Tomar a palavra para fazer relatos, descries e exposies sobre assuntos do quotidiano, de interesse pessoal, social ou escolar, comalgum grau de formalidade.-> Apresentar e defender opinies, justificando com pormenores ou exemplos e terminando com uma concluso adequada.-> Produzir discursos orais em portugus padro, recorrendo a vocabulrio adequado, a estruturas gramaticais com alguma complexidade edando coeso discursiva sequncia de enunciados produzida.Leitura-> Ler textos variados em diferentes suportes, com preciso, rapidez e alguma expressividade.-> Ler para entretenimento, concretizao de tarefas, recolha e organizao de informao, construo de conhecimento e fruio esttica.-> Posicionar-se quanto pertinncia e validade da informao lida e quanto aos efeitos produzidos pelos recursos verbais e no verbaisutilizados.-> Fazer apreciaes pessoais de textos de diferentes tipos, descobrindo significados implcitos e relacionando inteno, forma e contedo.-> Ler textos literrios, tomando conscincia do modo como os temas, as experincias e os valores so representados.1Escrita-> Escrever para responder a diferentes propostas de trabalho, recorrendo a tcnicas de seleco, registo, organizao e transmisso da informao.-> Utilizar com autonomia processos de planificao, textualizao e reviso, com recurso a instrumentos de apoio e ferramentas informticas.-> Escrever em termos pessoais e criativos, em diferentes suportes e num registo adequado ao leitor visado, adoptando as convenes prprias dotipo de texto.->Produzir textos coerentes e coesos em portugus padro, com tema de abertura e fecho congruente, com uma demarcao clara de pargrafos eperodos e com uso correcto da ortografia e da pontuao.Conhecimento explcito da lngua-> Descobrir regularidades na estrutura e no uso da lngua, com base em prticas de experimentao.-> Identificar e classificar unidades utilizando a terminologia adequada; explicitar regras e treinar procedimentos do uso da lngua nos diferentesplanos.-> Mobilizar os conhecimentos adquiridos para aperfeioar o desempenho pessoal na produo e recepo de enunciados orais e escritos.-> Relacionar diferentes registos de lngua com os contextos em que devem ser usados e distinguir marcas especficas da linguagem oral eescrita.-> Respeitar e valorizar as diferentes variedades do portugus, reconhecendo o portugus padro como a norma.21 PerodoUnidade 0: Ponto de partidaCompetnciasDescritores de DesempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimento Prestar ateno ao que ouve, de modo atornar possvel:- cumprir instrues dadas;- responder a perguntas acerca do que ouviu;- explicitar o assunto, tema ou tpico. Usar da palavra de modo audvel, com boadico e num dbito regular. Respeitar princpios reguladores da atividadediscursiva:- na justificao de pontos de vista. Produzir textos orais:- exprimir o(s) conhecimento(s).Roteiro de compreenso do oralVdeo informativoO telescpio texto informativo exposio oralAvaliao de diagnsticoExpresso oralFalarparaconstruire expressarconhecimentoLeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variados Localizar a informao a partir de palavra ouexpresso chave e avaliar a sua pertinncia. Antecipar o assunto de um texto, mobilizandoconhecimentos anteriores. Definir uma orientao de leitura e fixar-senela. Fazer uma leitura que possibilite:-explicitar a inteno comunicativa ou funodominante e registo(s) utilizado(s);- distinguir facto de opinio,-captar sentidos implcitos, fazer inferncias,dedues.Expresso oralRoteiro de leituraExcerto narrativoA deusa que esculpiu o HomemJos Jorge Letria texto narrativoVdeo informativoO telescpio3PoemaO Big BangJorge Sousa Braga texto poticoArtigo de enciclopdiaBig BangEnciclopdia moderna Larousse texto informativoEscritaEscreverparaconstruireexpressarconhecimentoEscreveremtermos pessoais ecriativosConhecimentoda LnguaPlano FonolgicoPlano LexicalSemnticoe Redigir o texto:- selecionar o vocabulrio ajustado ao contedo;- dar ao texto a estrutura compositiva e oformato adequados;- respeitar regras de utilizao da pontuao;- adotar as convenes (orto)grficas estabele-cidas.Roteiro de escrita narrativaPlano das Classesde PalavrasPlano MorfolgicoPlano Sinttico Identificar unidades mnimas com valordistintivo nas palavras. Sistematizar paradigmas flexionais regularesdos verbos. Distinguirasfunessintticasdeconstituintes selecionados e no selecionadospelo verbo. Identificar diferentes realizaes da funosinttica de sujeito. Explicitar processos sintticos de articulaoentre frases complexas. Aplicar regras de uso de sinais auxiliares daescrita.Conhecimento da lngua classificao de palavras quanto tuao ordem alfabtica dicionrio famlia de palavras verbo: modo indicativo grupo nominal e grupo verbal funes sintticas: sujeito e predicado conjunes pontuaoacen-4Unidade 1: Dias de escolaCompetnciasDescritores de DesempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirConhecimento Utilizar procedimentos para reter e alargar ainformao recebida:- preencher grelhas de registo;- registar tpicos, tomar notas. Prestar ateno ao que ouve, de modo a tornarpossvel:- cumprir instrues dadas;- responder a perguntas acerca do que ouviu. Usar da palavra de modo audvel, com boadico e num dbito regular. Recontar e sintetizar textos. Fornecer um contributo eficaz para o trabalhocoletivo, na turma ou grupo, em situaes maisformais:-sintetizar o essencial. Relatar o essencial de uma histria ouvida ou deuma ocorrncia. Ler de modo autnomo, em diferentes suportes,as instrues de atividades ou tarefas. Detetar o foco da pergunta ou instruo, demodo a concretizar a tarefa a realizar. Fazer uma leitura que possibilite:- confirmar hipteses previstas;- identificar o contexto a que o texto se reporta;- demarcar diferentes unidades de forma-sentido. Antecipar o assunto de um texto, mobilizandoconhecimentos anteriores. Redigir com correo enunciados para respondera diferentes propostas de trabalho:Roteiro de compreenso do oralExcerto de reportagem televisiva compreenso de texto oral descrio de um espaoautoavaliao;heteroavaliao;Roteiro de expresso oralExpresso oral recontoobservao direta;Expresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimentoLeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variadosLerliterriostextosRoteiros de leituraPercurso 1Excerto narrativoRegresso s aulasAlice Vieira leitura autor texto narrador personagem alfabeto avaliaounidade 1.formativa-5-organizar as respostas de acordo com o foco dapergunta ou pedido. Distinguir, na receo de enunciados, ou utilizarintencionalmente na sua produo, unidades lin-gusticas com diferentes funes na cadeia dis-cursiva:-ordenao. Ler em voz alta com fluncia e expressividadepara partilhar informaes e conhecimentos. Recontar e sintetizar textos. Manifestar-se em relao a aspetos dalinguagem que conferem a um texto qualidadeliterria. Identificar marcas de literariedade nos textos:mundos representados. Detetar traos caractersticos de diferentes tiposde texto ou sequncias textuais. Identificar relaes, formais ou de sentido, emvrios textos, abrindo redes intertextuais.Percurso 2Excerto narrativoO canteiro dos livrosJos Jorge Letria assunto localizao no espao momentos da aoPercursos 3Banda desenhadaCalvin SHobbesBill Watterson prancha tira vinheta recontoNarrativa na ntegraO acento agudo que queria ser tilJos Fanha personagensPercurso 4Excerto descritoAs sombrasAntnio Mota espao interior e exterior texto descritivo comparaoCartazConcurso casa imaginada regulamento cartazEscritaEscreverconstruir epara Aplicar regras de configurao grfica dos textos. Escrever textos para expressar conhecimentos,experincias, sensibilidade e imaginrio.Roteiro de escrita narrativa6 descrio de um espaoexpressarconhecimentoEscreveremtermos pessoais ecriativosEscrevertextos,experimentandonovasconfiguraes textuais. Fazer um plano, esboo prvio ou guio dotexto:-estabelecer objetivos;-selecionar contedos. Redigir o texto:- articular as diferentes partes planificadas;- selecionar o vocabulrio ajustado ao contedo;- dar ao texto a estrutura compositiva e o formatoadequados;- respeitar regras de utilizao da pontuao. Rever o texto, aplicando procedimentos de refor-mulao:-acrescentar, apagar, substituir. Sistematizar as propriedades na base das quaisse pode distribuir o lxico do portugus em dezclasses gramaticais. Distinguir ditongos de sequncias de duas vogaisque no pertencem mesma slaba. Utilizar o pronome pessoal tono (reflexo e noreflexo) em adjacncia verbal. Explicitar propriedades distintivas de classes esubclasses de palavras. Identificar em enunciados orais e escritos a va-riao em vrios planos (fonolgico, lexical). Explicitar categorias relevantes para a flexo dasclasses de palavras variveis. Sistematizar as propriedades de distino entrepalavras variveis e invariveis. Explicitar regras:-ortogrficas;-de acentuao grfica;-de translineao.Conhecimento da lngua determinante nome pronome sons slabas - translineao e slaba tnica acentuao adjetivoConhecimentoda LnguaPlano FonolgicoPlano MorfolgicoPlano das Classesde Palavras7Unidade 2: lbum de famliaCompetnciasDescritores de desempenhoPrestar ateno ao que ouve, de modo atornar possvel:- reformular o enunciado ouvido;- cumprir instrues dadas;- responder a perguntas acerca do que ouviu;- explicitar o assunto, tema ou tpico;- fazer inferncias e dedues. Distinguir traos caractersticos especficos dooral.ContedosRoteiro de compreenso do oralExcerto de reportagem televisiva compreenso de texto oralActividadesAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimentoautoavaliao;heteroavaliao;Expresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimentoParticiparemsituaesdeinterao verbalLeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variadosLertextosliterrios Explicitar princpios bsicos reguladores da in-terao discursiva, aplicando-os eficazmente nosenunciados que produz. Respeitar princpios reguladores da atividade dis-cursiva:- na produo de enunciados de resposta;- na colocao de perguntas;- na formulao de pedidos;- na justificao de pontos de vista. Ler em pblico, individualmente. Identificar duas funes bsicas da linguagemverbal que do origem ao significado das frases edos enunciados:-referir entidades, localizaes temporais e espa-ciais;-descrever situaes e relaes entre as entida-des.Roteiros de expresso oralExpresso oral exposio oral descrio relato oral troca de ideias argumentao leitura dramatizadaRoteiros de leituraPercurso 1Excerto narrativoA famliaAlice Vieira caracterizao fsica caracterizao psicolgicaPercurso 2observao direta;avaliao formativaunidade 2;-avaliao de um exer-ccio de expresso oral;Teste 1.8 Antecipar o assunto de um texto, mobilizandoconhecimentos anteriores. Utilizar tcnicas adequadas ao tratamento dainformao:-preencher grelhas de registo. Fazer apreciaes crticas sobre um texto, inci-dindo sobre o contedo e sobre a linguagem. Ler de modo autnomo, em diferentes suportes,as instrues de atividades ou tarefas. Fazer uma leitura que possibilite:- detetar informao essencial e acessria;- explicitar o sentido global de um texto. Detetar traos caractersticos de diferentes tiposde texto ou sequncias textuais. Distinguir modos e gneros de textos literrios apartir de critrios dados.EscritaEscreverparaconstruireexpressarconhecimentoEscreveremtermos pessoais ecriativos Fazer um plano, esboo prvio ou guio dotexto:-estabelecer objetivos;-selecionar contedos. Redigir o texto:-articular as diferentes partes planificadas. Produzir textos que obrigam a uma organizaodiscursiva bem planificada e estruturada, com ainteno de descrever.Excerto narrativoOlha o passarinhoAntnio Motacaractersticas e comportamentos daspersonagensPercurso 3Excerto narrativoUm homem no choraAlves Redol personagens principais personagens secundriasExcerto informativoReportagem televisivaPercurso 4Excerto narrativoQuero ser tanta coisaJos Jorge Letria caractersticas e comportamentospersonagensPoema Cantiga de meAlice Vieira comportamentosRoteiro de escritaFotografia Robert Doisneau retratodasConhecimentoda LnguaPlano das Classesde Palavras Aplicar regras de configurao grfica dos textos,das unidades textuais ou das palavras. Distinguir classes abertas e fechadas depalavras. Distinguir as funes sintticas de constituintesConhecimento da lngua grupo nominal e grupo verbal sujeitopredicado-complementodiretocomplemento indireto verbo principal - transitivo e intransitivoe9Plano SintticoPlano Discursivo eTextualPlano daRepresentaoGrficae Ortogrficaselecionados e no selecionados pelo verbo. Utilizar o pronome pessoal tono (reflexo e noreflexo) em adjacncia verbal. Identificar diferentes realizaes da funosinttica de sujeito. Explicitar as convenes do uso do vocativo emenunciados orais ou escritos. Explicitar a relao entre constituintes principaisde frases e as funes sintticas por eles desem-penhadas. Sistematizar processos sintticos. interjeio vocativoUnidade 3: NataisCompetnciasDescritores de desempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimento Enunciar, por comparao, as principaisdiferenas entre texto realizado no modo oral etexto realizado no modo escrito, no que se referea...- utilizao de recursos extraverbais e verbais. Prestar ateno ao que ouve, de modo a tornarpossvel:- responder a perguntas acerca do que ouviu;- explicitar o assunto, tema ou tpico;- fazer inferncias e dedues;- relatar o essencial de uma histria ouvida. Explicitar princpios bsicos reguladores dainterao discursiva, aplicando-os eficazmente nosenunciados que produz. Distinguir, na receo de enunciados, ou utilizarintencionalmente na sua produo, unidades lin-Roteiro de compreenso do oralExcerto flmicoO estranho mundo de JackTim Burton compreenso de texto oralautoavaliao;heteroavaliao;observao direta;avaliao formativaunidade 3;-avaliao de um exer-ccio de expresso oral;Roteiros de expresso oralExpresso oral exposio oral troca de ideias leitura dramatizadaTeste 2.Expresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimento10gusticas com diferentes funes na cadeia discur-siva:-ordenao. Ler em voz alta com fluncia e expressividadepara partilhar informaes e conhecimentos, Ler em pblico, em coro ou individualmente.LeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variadosLerliterriostextos Ler de modo autnomo, em diferentes suportes,as instrues de atividades ou tarefas. Detetar o foco da pergunta ou instruo, demodo a concretizar a tarefa a realizar. Localizar a informao a partir de palavra ouexpresso chave e avaliar a sua pertinncia. Antecipar o assunto de um texto, mobilizandoconhecimentos anteriores. Utilizar tcnicas adequadas ao tratamento dainformao:-esquematizar. Antecipar o assunto de um texto, mobilizandoconhecimentos anteriores. Fazer uma leitura que possibilite:- identificar pelo contexto ou pela estrutura inter-na o sentido de palavras, expresses ou fraseolo-gias desconhecidas;- detetar informao essencial e acessria. Ler em voz alta com fluncia e expressividadepara partilhar informaes e conhecimentos. Fazer a leitura integral de textos literrios repre-sentativos dos trs modos literrios. Expressar ideias e sentimentos provocados pelaleitura de um texto literrio. Utilizar tcnicas especficas para selecionar, re-gistar, organizar ou transmitir informao.Roteiros de leituraPercurso 1Excerto de poema narrativoO estranho mundo de JackTim Burton campo lexical espao personagens momentos da aoPercurso 2Natal africanoCabral do Nascimento comparao de culturasTexto informativoAs ajudantes do pai natalViso Jnior informao unidades de sentidoPercurso 3Excerto narrativoNoite de NatalSophia de Mello Breyner Andresen momentos da ao espao personagens dilogoPercurso 411PoemaO peru da consoadaJos Jorge Letria contexto personagemNarrativa na ntegraO bolo-reiAntnio Torrado sentido personagensReceita de culinriaUm pudim de NatalLeonardo Da Vinci informaes essenciais e acessrias texto instrucionalEscritaEscreverparaconstruireexpressarconhecimento Aplicar regras de configurao grfica dos textos,das unidades textuais ou das palavras. Definir a temtica, a inteno, o tipo de texto,o(s) destinatrio(s) e o suporte em que o texto vaiser lido. Fazer um plano, esboo prvio ou guio dotexto:-estabelecer objetivos;-selecionar contedos. Redigir o texto:- articular as diferentes partes planificadas;- selecionar o vocabulrio ajustado ao contedo;-construir os dispositivos de encadeamento(crono)lgico, de retoma e de substituio queassegurem a coeso e a continuidade de sentido;- dar ao texto a estrutura compositiva e o formatoadequados;- respeitar regras de utilizao da pontuao;- adotarasconvenes(orto)grficasestabelecidas. Rever o texto, aplicando procedimentos de refor-Roteiros de escrita reflexo crtica resumo narrativa a partir de mapa de ideias receita de culinriaEscreveremtermospessoaiscriativos12mulao:-acrescentar, apagar, substituir.Conhecimentoda LnguaPlano das Classesde PalavrasPlano LexicalSemnticoPlano Sintticoe Utilizar diferentes processos de negao emenunciados e frases. Explicitar regras de uso de sinais de pontuaopara:- delimitar constituintes da frase;- representar tipos de frase. Sistematizar paradigmas flexionais regulares dosverbos. Identificar paradigmas flexionais irregulares emverbos de uso muito frequente. Explicitar propriedades distintivas de classes esubclasses de palavras.Conhecimento da lngua tipos de frase - frase afirmativa e frasenegativa pontuao - sinais de pontuao e sinaisauxiliares de escrita verbo - modo imperativo quantificador numeralPlano Discursivo eTextual132 PerodoUnidade 4: Dois dedos de conversaCompetnciasDescritores de DesempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimento Manifestar a reao pessoal ao texto ouvido. Prestar ateno ao que ouve, de modo atornar possvel:- reformular o enunciado ouvido;- cumprir instrues dadas;- responder a perguntas acerca do que ouviu;- explicitar o assunto, tema ou tpico;- fazer inferncias e dedues;- distinguir facto de opinio;- relatar o essencial de uma histria ouvida oude uma ocorrncia. Interagir com espontaneidade e vontade emsituaes informais de comunicao:- iniciar, manter e terminar conversas simplescom diversos tipos de interlocutores;- respeitarosprincpiosadequadossconvenes que regulam a interao verbal eno verbal. Usar da palavra de modo audvel, com boadico e num dbito regular. Fornecer um contributo eficaz para o trabalhocoletivo, na turma ou grupo, em situaes maisformais:-sintetizar o essencial. Ler em voz alta com fluncia e expressividadepara partilhar informao e conhecimentos.Roteiros de compreenso do oral texto oral interlocutor discurso direto comunicao texto conversacional cooperaoautoavaliao;heteroavaliao;observao direta;avaliao formativaunidade 4;-Expresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimentoParticiparemsituaesdeinterao verbalRoteiros de expresso oral exposio oral troca de ideiasavaliao de um exer-ccio de expresso oral.14LeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variadosLertextosliterrios Expor o sentido global de um texto narrativoou de partes especficas do mesmo. Redigir com correo enunciados pararesponder a diferentes propostas de trabalho:-organizar as respostas de acordo com o focoda pergunta ou pedido;-combinar os enunciados numa organizaotextual com coeso e coerncia. Utilizar tcnicas especficas para selecionar,registar, organizar ou transmitir informao. Definir a temtica, a inteno, o tipo de texto,o(s) destinatrio(s) e o suporte em que o textovai ser lido. Distinguir modos e gneros de textosliterrios a partir de critrios dados. Distinguir modos de reproduo do discursono discurso, quer no modo oral quer no modoescrito. Explicitar relaes pertinentes entre asequncia dos enunciados que constituem umdiscurso e...-...quem o produz;-...a quem se destina;-... a inteno e o efeito conseguido;-... a situao particular em que ocorre;-... o tema ou assunto;-...o registo (in)formal. Caracterizar modalidades discursivas e suafuncionalidade. Detetar, nas formas de realizao de umenunciado, o objetivo do locutor, tendo emconta o contexto em que a interao ocorre. Fazer uma leitura que possibilite:- identificar pelo contexto ou pela estrutura in-terna o sentido de palavras, expresses oufraseologias desconhecidas;- detetar informao essencial e acessria.Roteiros de leituraPercurso lExcerto narrativoA contradio humanaAfonso Cruz comportamentos das personagens destaque e ilustraoPercurso 2Excerto narrativoMacaco solta na minha ruaAntnio Torrado ordem dos acontecimentos formas de tratamento cortesiaPercurso 3Excerto narrativoNo, senhor TorresAltino do Tojal discurso direto interlocutorPercurso 4Narrativa na ntegraO des-pas15 Manifestar-se em relao a aspetos dalinguagem que conferem a um texto qualidadeliterria.Gianni Rodari comunicaoExcerto flmico/texto humorstico Sketch televisivo cooperaoBanda desenhadaCalvin & HobbesBill Watterson personagens interlocutores cortesia cooperaoEscritaEscreverparaconstruireexpressarconhecimentoConhecimentoda LnguaPlano MorfolgicoPlano das Classesde PalavrasPlano LexicalSemnticoe Produzirorganizaoestruturada. Escreverconfiguraestextos que obrigam a umadiscursiva bem planificada etextos, experimentandotextuais.novasRoteiros de escrita relato dilogo Sistematizar paradigmas flexionais regularesdos verbos. Identificar paradigmas flexionais irregularesem verbos de uso muito frequente. Explicitar padres de formao de palavrascomplexas. Identificar diferentes significados de umamesma palavra ou expresso em distintoscontextos de ocorrncia. Distinguir regras de formao de palavras porcomposio de duas ou mais formas de base. Consultar regularmente obras lexicogrficas,mobilizando a informao na anlise da receoe da produo no modo oral e escrito. verbo - verbo regular e verbo irregularverbo-modoindicativo(tempossimples) dicionrioformaodepalavras-derivaoe composio16Unidade 5: Histrias em viagemCompetnciasDescritores de desempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimento Prestar ateno ao que ouve, de modo a tornarpossvel:- relatar o essencial de uma histria ouvida ou deuma ocorrncia. Identificar nos enunciados recebidos ouproduzidosasunidadeslingusticasquereferenciam a sua enunciao. Utilizar procedimentos para reter e alargar ainformao recebida:- registar tpicos, tomar notas;- preencher grelhas de registo;-pedir informaes e explicaes complementares. Enunciar, por comparao, as principaisdiferenas entre texto realizado no modo oral etexto realizado no modo escrito, no que se referea...-utilizao de recursos extraverbais e verbais. Produzir textos orais:- combinar com coerncia uma sequncia de enun-ciados;- distinguir com clareza uma introduo e umfecho;- exprimir o(s) conhecimento(s), emitir opinies. Expor o sentido global de um texto narrativo oude partes especficas do mesmo.Roteiro de compreenso do oralReportagemradiofnica/excertoinformativo facto e opinioConto tradicionalFrei Joo Sem Cuidadosconto tradicional estrutura do conto tradicionalautoavaliao;heteroavaliao;observao direta;avaliao formativaunidade 5;-Expresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimentoParticiparemsituaesdeinterao verbalRoteiro de expresso oral descrio de um quadro descrio de uma fotografia troca de ideiasavaliaodeumexerccio de expressooral;Teste 3.LeituraLer para construirRoteiros de leituraPercurso l17conhecimentoLer para apreciartextos variadosLertextosliterrios Detetar, em sequncias de enunciados orais ouescritos, caractersticas inerentes textualidade:- autonomia (sequncia de enunciados com umprincpio e um fim delimitados);- autoria (sequncia de enunciados produzida porum ou mais autores). Identificar marcas de literariedade nos textos:mundos representados; utilizao esttica dosrecursosverbais. Distinguir modos e gneros de textos literrios apartir de critrios dados. Manifestar-se em relao a aspetos dalinguagem que conferem a um texto qualidadeliterria.Narrativa na ntegra/pinturaRapaz sentado num sofMnica Baldaque descrio e narrao tempo (anterior, posterior e simultneo: snteseExcerto informativoMscaras da siaMuseu do Oriente facto e opinioPercurso 2Excerto narrativo - lendaO romance das ilhas encantadasJaime Corteso assunto lenda localizao no tempo enumeraoExcerto informativo/fotografiaOs bons selvagens de Sebastio Salgado relao entre texto e imagem descrio de uma fotografiaPercurso 3Excerto narrativo - mitoA Rainha das SombrasJos Fanha artigo de dicionrio reconto caractersticas do mitoPercurso 4Conto tradicionalJorinda e JoringuelIrmos Grimm conto tradicional estrutura da ao18 sentimentos de personagens narrador onomatopeiaEscritaEscreverparaconstruireexpressarconhecimento Fazer um plano, esboo prvio ou guio dotexto: estabelecer objetivos; selecionar contedos; Redigir o texto:- articular as diferentes partes planificadas;- selecionar o vocabulrio ajustado ao contedo;-construir os dispositivos de encadeamento(crono)lgico, de retoma e de substituio queassegurem a coeso e a continuidade de sentido;-dar ao texto a estrutura compositiva e o formatoadequados;-respeitar regras de utilizao da pontuao;-adotarasconvenes(orto)grficasestabelecidas. Rever o texto, aplicando procedimentos dereformulao: acrescentar, apagar, substituir. Aplicar regras de configurao grfica dos textos,das unidades textuais ou das palavras. Detetar processos irregulares de formao depalavras e de inovao lexical. Distinguir classes abertas e fechadas depalavras. Sistematizar as propriedades de distino entrepalavras variveis e invariveis. Explicitar categorias relevantes para a flexo dasclasses de palavras variveis. Distinguir as funes sintticas de constituintesselecionados e no selecionados pelo verbo.Roteiros de escrita descrio continuao de uma narrativa cartaEscreveremtermospessoaiscriativosConhecimentoda LnguaPlano das Classesde PalavrasPlano SintticoPlano LexicalSemnticoeConhecimento da lngua preposio grupo preposicional advrbio grupo adverbial19Unidade 6: Quem me avisaCompetnciasDescritores de DesempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimento Prestar ateno ao que ouve, de modo atornar possvel:- reformular o enunciado ouvido;- cumprir instrues dadas;- responder a perguntas acerca do que ouviu;- explicitar o assunto, tema ou tpico;- fazer inferncias e dedues;- distinguir facto de opinio,- relatar o essencial de uma histria ouvida oude uma ocorrncia. Fornecer um contributo eficaz para o trabalhocoletivo, na turma ou grupo, em situaes maisformais:-pedir oportunamente a palavra e esperar pelasua vez;-apresentar os seus pontos de vista e fund-losem argumentos vlidos;-facilitar o entendimento entre os participantes. Ler em pblico, em coro ou individualmente. Identificar nos enunciados recebidos ouproduzidos as unidades lingusticas quereferenciam a sua enunciao. Identificar marcas de literariedade nos textos:mundos representados; utilizao esttica dosrecursos verbais. Selecionar, por sua iniciativa e de acordo como seu gosto pessoal, obras de extenso eRoteirosdecompreensoReportagem televisiva reportagemdooralautoavaliao;heteroavaliao;avaliao formativaunidade 6;-Expresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimentoParticiparemsituaesdeinterao verbalLeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variadosLerliterriostextosRoteiro de expresso oral troca de ideias recitao troca de ideias a partir de provrbios dilogoavaliao de um exer-ccio de expresso oral.Roteiros de LeituraPercurso 1Excerto narrativoEra uma vezKate DiCamillo personificao texto narrativo20complexidade crescente. Identificar informao no explicitada nosenunciados,recorrendoaprocessosinterpretativos inferenciais. Distinguir modos e gneros de textosliterrios a partir de critrios dados. Manifestar-se em relao a aspetos dalinguagem que conferem a um texto qualidadeliterria. Identificar marcas de literariedade nos textos:mundos representados; utilizao esttica dosrecursos verbais. Fazer a leitura integral de textos literriosrepresentativos dos trs modos literrios. Expressar ideias e sentimentos provocadospela leitura de um texto literrio. Identificar relaes, formais ou de sentido, emvrios textos, abrindo redes intertextuais.FbulasO co e a presaJoo de DeusO corvo e a raposaBocage fbula relao entre textosPercurso 2Reportagem televisiva reportagemPoema A sereiaJos Jorge Letriatipologias textuais caractersticasgens metforapsicolgicasdepersona-Percurso 3Narrativa na ntegraO oiroGuerra Junqueira caractersticas psicolgicasgensNarrativa na ntegraO tesouro do gigantePinto &Chinto momentos da aoPercurso 4Narrativa na ntegraBruxa com rabo de cavaloAlice Vieira momentos da ao caracterizao de personagens dilogodepersona-21ConviteMonstra relao entre textos texto formal e texto informal troca de ideiasGuio de leitura Narrativa na ntegraA menina do marSophia de Mello Breyner AndresenRoteiro de escrita coletiva narrativa a partir de um mapa de ideiasRoteiros de escrita comentrio convite Escrever textos, por sua iniciativa, paraexpressarconhecimentos,experincias,sensibilidade e imaginrio. Intervir em rede, utilizando dispositivostecnolgicos adequados:- participar em projetos de escrita colaborativa,em grupo ou em rede alargada. Escrever textos, experimentando novasconfiguraes textuais, com marcas intencionaisde literariedade.Conhecimentoda LnguaPlano MorfolgicoPlano das Classesde PalavrasPlano LexicalSemnticoPlano daRepresentaoGrficae Ortogrficae Produzir textos que obrigam a umaorganizao discursiva bem planificada eestruturada. Distinguir modos de reproduo do discursono discurso, quer no modo oral quer no modoescrito. Explicitar princpios bsicos reguladores dainterao discursiva, aplicando-os eficazmentenos enunciados que produz. Aplicar regras de configurao grfica dostextos, das unidades textuais ou das palavras. Deduzir o significado de palavras complexas apartir do valor de prefixos e sufixos nominais,adjetivaiseverbaisdoportuguscontemporneo. Sistematizar paradigmas flexionais regularesdos verbos.Conhecimento da lngua famlia de palavras verbo - modo condicional223 PerodoUnidade 7: Apanha-me um poetaCompetnciasDescritores de DesempenhoContedosAvaliaoCompreenso dooralEscutarparaaprendereconstruirconhecimento Utilizar procedimentos para reter e alargar ainformao recebida:- registar tpicos, tomar notas;- preencher grelhas de registo;- pedir informaes e explicaes complementa-res. Manifestar a reao pessoal ao texto ouvido. Identificar em enunciados orais e escritos avariao em vrios planos (fonolgico, lexical,sinttico, semntico e pragmtico). Detetar, nas formas de realizao de umenunciado, o objetivo do locutor, tendo emconta o contexto em que a interao ocorre. Ler em pblico, em coro ou individualmente. Usar da palavra de modo audvel, com boadico e num dbito regular. Identificar nos enunciados recebidos ouproduzidos as unidades lingusticas quereferenciam a sua enunciao.Leremvozaltacomflunciaeexpressividade. Identificar informao no explicitada nosenunciados,recorrendoaprocessosinterpretativos inferenciais. Fazer apreciaes crticas sobre um texto,Roteiros de compreenso do oral ritmo repetio repetio de sons cano pronncia de vogais recolha de adivinhas troca de informaesautoavaliao;heteroavaliao;observao direta;Roteiros de expresso oral discusso de ideias formulao de hipteses trava-lnguas recitao leitura em voz alta ritmo leitura dramatizada troca de informaesExpresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimentoavaliao formativaunidade 7;-avaliao de um exer-ccio de expresso oral;Teste 5.LeituraLer para construirconhecimentoRoteiros de LeituraPercurso lExcerto narrativoA fada Oriana23Ler para apreciartextos variadosLerliterriostextosincidindo sobre o contedo e sobre alinguagem.Explicitarostemasdominantesecaractersticas formais de poemas. Identificar marcas de literariedade nos textos:mundos representados; utilizao esttica dosrecursos verbais. Distinguir modos e gneros de textosliterrios a partir de critrios dados. Manifestar-se em relao a aspetos dalinguagem que conferem a um texto qualidadeliterria. Expressar ideias e sentimentos provocadospela leitura de um texto literrio.Sophia de Mello Breyner Andresen comportamentos e caractersticaspersonagens comparaoPoemaAs fadasAntero de Quental texto potico verso estrofe rimaPoemaApanha-me tambm um poetaMatilde Rosa Arajo metfora jogo de palavrasPoemaAnncioAntnio Torrado rima quadra artigo de dicionrio anncioPercurso 2Poema Rola a chuvaCeclia Meireles leitura silenciosa leitura em voz alta repetio de sons e de palavrasPoemaA ondaManuel Bandeira forma grficaTrava-lnguasNum ninho de nafagafosLusa Costa Gomesdas24 trava-lnguasPoemaTrepadeirasJorge Sousa Braga anforaPoemaO relgioVincius de Moraes texto potico ritmoPoema e canoAquarelaVinicius de Moraes e Toquinho letra de canoPercurso 3PoemaA lmpadaMrio CastrimPoemaBreveAlexandre 0'Neill comparao de textos ritmoPoemaAs meninasCeclia Meireles pronncia das vogaisPoemaAquela nuvemEugnio de Andrade estrofePoemaCantiga ao desafioAlice Vieira quadras populares25Percurso 4PoemaAdivinhaEugnio de Andrade caractersticas formais adivinhaPoemaA bisFernando PessoaPoemaBoa noiteSidnio MuralhaPoemaPulgaAlexandre 0'Neill comparao de textos aspeto grficoProsa poticaBicharocosTeresa Guedes expresso de sentimentosPoema Noite (III)Francisco Duarte MangasMsseder vocabulrio sentido das palavrasEscritaEscreverparaconstruireexpressarconhecimentoEscreveremtermos pessoais e Escrever textos, por sua iniciativa, paraexpressarconhecimentos,experincias,sensibilidade e imaginrio. Intervir em rede, utilizando dispositivostecnolgicos adequados:- participar em projetos de escrita colaborativa,em grupo ou em rede alargada. Escrever textos, experimentando novasconfiguraes textuais, com marcas intencionaisRoteiros de escrita definio anncio texto potico por imitao versos soltos adivinha texto poticoeJooPedro26criativosde literariedade. Produzir textos que obrigam a umaorganizao discursiva bem planificada eestruturada. Desambiguar sentidos que decorrem derelaes entre a grafia e a fonia de palavras. Sistematizar paradigmas flexionais regularesdos verbos. Identificar paradigmas flexionais irregularesem verbos de uso muito frequente. Explicitar relaes semnticas de: semelhanae oposio.Conhecimento da lngua relaes entre palavras - forma escrita eoralverbo-modosimples) relaes semnticasconjuntivo(temposConhecimentoda LnguaPlano MorfolgicoPlano das Classesde PalavrasPlano LexicalSemnticoePlano Discursivo eTextualPlano daRepresentaoGrficae OrtogrficaUnidade 8: Em cenaCompetnciasDescritores de desempenhoContedosAvaliaoExpresso oralFalarparaconstruireexpressarconhecimento Ler em pblico, em coro ou individualmente. Usar da palavra de modo audvel, com boadico e num dbito regular. Identificar nos enunciados recebidos ouproduzidosasunidadeslingusticasquereferenciam a sua enunciao. Ler em voz alta com fluncia e expressividadepara partilhar informaes e conhecimentos.Roteiros de expresso oral texto dramtico leitura dramatizada jogo de simulaoautoavaliao;heteroavaliao;observao direta;27 Caracterizarfuncionalidade.LeituraLer para construirconhecimentoLer para apreciartextos variadosLerliterriostextosmodalidadesdiscursivasesuaavaliao formativaunidade 8;Roteiros de LeituraPercurso lExcerto dramtico/texto informativoDaqui v-se melhorIsabel Minhs seleo de informaes texto dramtico falas indicaes cnicasPercurso 2Excerto dramticoA verdadeira histria da Batalha de S.MamedeIncio Nuno Pignatelli espao e tempo da aocaracterizaoecomportamentosde personagens indicaes cnicasBanda desenhadaMafaldaQuino alusoPercurso 3Excerto dramticoEnquanto a cidade dormelvaro de Magalhes indicaes cnicas caracterizao de personagens- Identificar nos enunciados recebidos ouproduzidosasunidadeslingusticasquereferenciam a sua enunciao. Identificar marcas de literariedade nos textos;mundos representados; utilizao esttica dosrecursos verbais. Selecionar, por sua iniciativa e de acordo com oseu gosto pessoal, obras de extenso ecomplexidade crescente. Identificar informao no explicitada nos enun-ciados, recorrendo a processos interpretativosinferenciais. Distinguir modos e gneros de textos literrios apartir de critrios dados. Manifestar-se em relao a aspetos dalinguagem que conferem a um texto qualidadeliterria. Fazer a leitura integral de textos literrios repre-sentativos dos trs modos literrios.avaliao de um exer-ccio de expresso oral;Teste 6.EscritaEscreverconstruirexpressarpara e Escrever textos, por sua iniciativa, paraexpressarconhecimentos,experincias,sensibilidade e imaginrio. Intervir em rede, utilizando dispositivosRoteiros de escrita guio para dramatizao recado28conhecimentoEscreveremtermos pessoais ecriativostecnolgicos adequados:-participar em projetos de escrita colaborativa, emgrupo ou em rede alargada.Escrevertextos,experimentandonovasconfiguraes textuais, com marcas intencionaisde literariedade. Produzir textos que obrigam a uma organizaodiscursiva bem planificada e estruturada. Explicitar propriedades distintivas de classes esubclasses de palavras. Explicitar a relao entre constituintes principaisde frases e as funes sintticas por elesdesempenhadas. Explicitar processos sintticos de articulaoentre frases complexas.Conhecimento da lngua conjunes coordenativas oraes coordenadas conjunes subordinativas oraes subordinadasConhecimentoda LnguaPlano SintticoPlano Discursivo eTextualPlano daRepresentaoGrficae Ortogrfica29