PAÍSES EM FOCO PANORAMA COLÔMBIA - FIEMS · 2015-11-24 · PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELO...

of 46/46
PAÍSES EM FOCO PANORAMA COLÔMBIA
  • date post

    11-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of PAÍSES EM FOCO PANORAMA COLÔMBIA - FIEMS · 2015-11-24 · PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELO...

  • PASES EM FOCO

    PANORAMA

    COLMBIA

  • OBJETIVO DO ESTUDO ............................................................................................................................ 3

    SUMRIO EXECUTIVO ............................................................................................................................... 3

    PANORAMA PAS: COLMBIA .................................................................................................................. 5

    INFORMAES GERAIS ............................................................................................................................. 5

    DADOS GERAIS ............................................................................................................................................ 7

    PRODUES POR DEPARTAMENTO ..................................................................................................... 8

    PRINCIPAIS ATIVIDADES ECONMICAS- COLMBIA ....................................................................... 9

    DEPARTAMENTO PRINCIPAL .................................................................................................................... 10

    DESTAQUES .................................................................................................................................................. 10

    PRODUES POR DEPARTAMENTO ..................................................................................................... 11

    PANORAMA ECONMICO ........................................................................................................................ 14

    PANORAMA POLTICO ............................................................................................................................... 14

    DESTAQUES .................................................................................................................................................. 16

    DADOS COMPARATIVOS COLMBIA- BRASIL .................................................................................... 16

    COMRCIO EXTERIOR DA COLMBIA .................................................................................................................. 17

    A EXPORTAO COLOMBIANA ...........................................................................................................................................17

    PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PELA COLMBIA (2014) .................................................... 18

    PRINCIPAIS PASES DE DESTINO DAS EXPORTAES COLOMBIANAS (2014) ............................ 19

    A IMPORTAO COLOMBIANA ............................................................................................................... 19

    PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELA COLMBIA (2014) .................................................... 20

    PRINCIPAIS PASES FORNECEDORES NA COLMBIA (2014) ........................................................... 21

    O COMRCIO BILATERAL: BRASIL X COLMBIA ................................................................................ 21

    FLUXO DE COMRCIO BRASIL-COLMBIA ......................................................................................... 21

    PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PELO BRASIL PARA A COLMBIA (2014) ...................... 22

    PRINCIPAIS PORTOS PARA A EXPORTAO ........................................................................................ 24

    PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELO BRASIL DA COLMBIA (2014) .............................. 25

    PRINCIPAIS PORTOS PARA A IMPORTAO ........................................................................................ 26

    O COMRCIO BILATERAL: MATO GROSSO DO SUL X COLMBIA ................................................ 26

    PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PARA A COLMBIA DE MATO GROSSO DO SUL EM 2014 ........ 27

    PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS POR MATO GROSSO DO SUL DA COLMBIA EM 2014 ............. 29

    INFRAESTRUTURA E LOGSTICA ............................................................................................................. 30

    EXPORTAES POR PORTOS PBLICOS-COLMBIA ...................................................................... 31

    IMPORTAES POR PORTOS PBLICOS-COLMBIA ...................................................................... 31

    TIPOS DE CARGA POR PORTO ................................................................................................................ 32

    AEROPORTOS NA COLMBIA ................................................................................................................. 34

    QUADRO COMPARATIVO ......................................................................................................................... 36

    PRINCIPAIS AEROPORTOS E PORTOS ................................................................................................... 37

    FEIRAS NA COLMBIA ............................................................................................................................... 37

    DESCRIO DA FEIRA INTERNACIONAL DE BOGOT ...................................................................... 38

    INFORMAES TEIS PARA VIAGEM ..................................................................................................... 39

    VACINA .......................................................................................................................................................... 40

    ADEQUAES GERAIS PARA TRANSPORTE DE MERCADORIA ....................................................... 40

    INFORMAES PARA VIAGEM DE AVIO .............................................................................................. 41

    OUTRAS INFORMAES ........................................................................................................................... 41

    HORRIO COMERCIAL .............................................................................................................................. 42

    FERIADOS ..................................................................................................................................................... 42

    REFERNCIAS ............................................................................................................................................... 43

    SUMRIO

  • PANORAMA

    COLMBIA

    3

    OBJETIVO DO ESTUDO

    Este estudo tem como objetivo oferecer um panorama geral de informaes sobre a Colmbia e a relao comercial do pas com o Brasil e o estado de Mato Grosso do Sul. Para informaes sobre potencial de mercado para seu produto neste pas ou em outros, o CIN possui a rea de Inteligncia Comercial, que alm de anlises de mercado oferece tambm estudos para verificar os mercados mais interessantes e o encontro de clientes no exterior para seu produto em especfico.

    Para mais informaes, entre em contato com o Centro Internacional de Negcios (CIN-MS) por meio do e-mail: [email protected] ou pelo telefone

    (67) 3389-9151.

    SUMRIO EXECUTIVO

    A Colmbia, pas localizado ao noroeste da regio sul-americana conta com privilegiada presena geogrfica tendo em vista possuir sada para o Oceano Pacfico e para o Oceano Atlntico, atravs do Mar do Caribe. Alm disso, o pas faz fronteira com o Panam, o Brasil, o Peru, a Venezuela e o Equador.

    Nos ltimos anos, o pas tem mantido crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) constantes, apresentando resultados superiores aos seus vizinhos na Amrica do Sul. No ano de 2013, segundo dados do FMI (Fundo Monetrio Internacional), a Colmbia cresceu 4,9%. Em 2014, o pas apresentou crescimento de 4,6% e para este ano a projeo que o pas apresente crescimento em torno de 3% do seu PIB. A crescente expanso da classe mdia e o fato de ser o segundo mais populoso da Amrica do Sul so fatores que merecem destaque. Em setembro deste ano o governo assinou acordo de paz com a guerrilha FARC (Foras Armadas Revolucionrias da Colmbia) no intuito de que a paz seja estabelecida dentro de 6 meses no pas. Esse acontecimento proporciona maior estabilidade e confiana para empresrios que estejam interessados em investir na Colmbia.

    A Colmbia possui uma economia liberal e ao longo da ltima dcada estabeleceu diversos acordos com pases de vrias partes do mundo visando com isso facilitar o comrcio exterior do pas. Diferente do Brasil, a Colmbia possui acordos com a Unio Europeia, os Estados Unidos, o Canad, a EFTA (Associao Europeia de Livre Comrcio), Caricom (Comunidade do Caribe), Costa Rica, Nicargua e seu vizinho Panam.

    As importaes colombianas cresceram no ano de 2014 e no ltimo ano apresentaram a melhor performance dos ltimos cinco anos, tendo importado 64 bilhes de dlares. As exportaes da Colmbia, por sua vez, apresentaram retrao de 7% em relao ao ano de 2013. A pauta de parceiros comerciais da Colmbia bem diversificada, tanto na importao quanto na exportao, tendo como principais parceiros comerciais, em ambos os casos, os Estados Unidos e a China.

    Atualmente, a Colmbia o segundo principal pas na Amrica do Sul que mais

  • PANORAMA

    COLMBIA

    4

    importa produtos e, segundo a CNI, o Brasil poderia aproveitar essa oportunidade para vender ainda mais ao pas vizinho j que atualmente a participao do Brasil na pauta importadora colombiana de apenas de 3,85%, aparecendo em quinto lugar dentre os fornecedores de produtos para o pas. Segundo o diretor do escritrio da Comisso Econmica para Amrica Latina e o Caribe (Cepal), Carlos Mussi, em entrevista, o pas pode ser um parceiro importante para o Brasil em termos de possveis complementariedades em cadeias de produo semelhantes. O palcio do planalto reconhece que o relacionamento entre os pases nos ltimos anos aumentou, porm, ainda est aqum do seu potencial.

    Com esta viso, recentemente, no dia 09/10, a presidente Dilma Rousseff esteve em visita Bogot onde foram firmados diversos acordos que visam a promover o comrcio e investimentos entre os pases e especificamente para o setor automobilstico foi firmado acordo que prev isenes de tarifas de importao de automveis em ambos os pases.

    Alm disso, por meio do ACE- 59, a Colmbia concede tarifas preferenciais na importao por seu pas a diversos produtos brasileiros mediante apresentao de certificado de origem. Essa tarifa preferencial de entrada possibilita vantagem comparativa dos produtos brasileiros em relao a produtos de outros pases.

    De acordo com o Planalto, os investimentos do Brasil na Colmbia de 2010 a 2014 foram principalmente nos setores de petrleo, bancrio, construo civil e siderrgico, enquanto que os investimentos do pas vizinho no Brasil foram principalmente no setor de energia.

    Os setores colombianos que merecem destaque em produo so: petrleo, minrios e caf. Cabe destaque tambm para o setor de construo que tem apresentado amplo dinamismo em diversos departamentos do pas.

    Com relao feiras no pas, durante o ms de setembro, ocorre a Feira Internacional de Bogot, que um encontro especializado no macro setor industrial para a regio Andina, Amrica Central e Caribe. Essa feira considerada referncia para a exibio de maquinarias, equipamentos, avanos tecnolgicos, materiais, bens intermedirios e de capital, matrias-primas, componentes e servios para um mercado em desenvolvimento e crescimento industrial

    Para maiores informaes sobre a Colmbia ou outros mercados, entre em contato com o CIN- Centro Internacional de Negcios da Federao das Indstrias do Estado de Mato Grosso do Sul.

    O CIN-MS faz parte da Rede Brasileira dos Centros Internacionais de Negcios (Rede CIN) e, por meio da Confederao Nacional das Indstrias (CNI), est interligado aos demais CINs dos estados brasileiros. Com o objetivo de auxiliar as indstrias a se internacionalizar e conquistar novos mercados e parceiros, o Centro Internacional de Negcios disponibiliza um completo portflio de servios para facilitar, promover e consolidar a insero da indstria no mercado exterior. Conte com o CIN-MS para iniciar seu negcio de importao/exportao.

    Servios: Inteligncia Comercial, Cursos em Comrcio Exterior, Documentos para Exportao, como o certificado de origem, entre outros.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    5

    PANORAMA PAS: COLMBIA

    INFORMAES GERAIS

    INFORMAES GERAIS

    NOME OFICIAL Repblica da Colmbia

    Capital Bogot

    rea 1.038.700 km

    Localizao Norte da Amrica do Sul

    Fronteira Brasil, Peru, Venezuela, Panam, Equador.

    Sada para o mar do Caribe e Oceano Pacfico.

    Forma de Governo Repblica

    Chefe de Estado e de Governo Juan Manuel Santos (Mandato de quatro anos). Prximas eleies: 2018

    Principais cidades Bogot, Medelin, Cali, Barranquilla.

    Cidades mais populosas (2015) Bogot (capital) 9.765 milhes; Medellin 3.911 milhes; Cali 2.646 milhes; Barranquilla 1.991 milhes; Bucaramanga 1.215 milhes; Cartage-na 1.092 milhes.

    Principais recursos naturaisPetrleo, gs natural, carvo, minrio de ferro, nquel, ouro, cobre, esmeraldas, energia hidre-ltrica.

    Divises Administrativas 32 departamentos no total: Amazonas, Antio-quia, Arauca, Atlantico, Bogota, Bolivar, Boya-ca, Caldas, Caqueta, Casanare, Cauca, Cesar, Choco, Cordoba, Cundinamarca, Guainia, Gua-viare, Huila, La Guajira, Magdalena, Meta, Na-rino, Norte de Santander, Putumayo, Quindio, Risaralda, Archipielago de San Andres, Provi-dencia y Santa Catalina (colloquially San An-dres y Providencia), Santander, Sucre, Tolima, Valle del Cauca, Vaupes, Vichada

    Populao (2014) 47.666 milhes de habitantes.

    Idioma oficial Espanhol

  • PANORAMA

    COLMBIA

    6

    Religio (2012) Catlicos- 90%; Outros: 10%

    Taxa de Alfabetizao (Dane, 2013) 94,3%

    IDH (2014) 113

    Expectativa de Vida (2013) 75 anos

    PIB PPC (est 2014) USD 640.12 bilhes

    PIB PPC Per Capita (est 2014) USD 13.430

    Composio do PIB (est 2014) Setor primrio: 17,29%Setor secundrio: 12,84%Setor tercirio: 69,87%

    Crescimento PIB (est 2014). 4,6%

    Moeda Peso

    Inflao (est.2014) 3,3%

    Taxa de desemprego (est.2014) 9,3%

    Participao do Brasil nas Importaes deste merca-do(2014)

    3,85%

    Quantidade de Empresas Brasileiras que exportam para o pas (2014)

    2.977

    Quantidade de Empresas Brasileiras instaladas no Pas (2015)

    25 multinacionais

    Fonte: MRE, Banco Mundial, UNCTAD, PNCE, FDC

  • PANORAMA

    COLMBIA

    7

    DADOS GERAIS

    A Colmbia est localizada em uma zona noroeste da Amrica do Sul e a nica nao no continente sul-americano cuja costa est ligado ao oceano pacfico e o mar do Caribe. Alm disso, o pas faz fronteira com: Venezuela, Equador, Peru, Brasil e Panam. Est dividido em seis regies principais (Caribe, Pacfica, Andina, Orinoquia, Amazonia e Insular), subdividindo-se em 32 departamentos.

    Os departamentos Bodoquena, Bogot, Mdellin, Calli, Barranquilla, Cartagena, Ccuta, Bucaramanga, Ibagu e Paisage Cultural Cafetero (Manizales Pereira e Armenia) apresentam as maiores densidades populacionais do pas com populao superior a 500 mil habitantes. Possuem a segunda maior populao na Amrica do Sul, ficando atrs apenas do Brasil. A maior parte da populao tem entre 25-54 anos de idade e 74,6% da populao urbana, segundo dados do plano de exportaes do Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. tambm o segundo maior pas em lngua espanhola ficando atrs apenas do Mxico.

    Segundo dados do COFACE, o pas apresenta risco pas A4, a mesma do Peru, Uruguai e Brasil, ficando atrs apenas do Chile (A2) na regio sul-americana. Essa classificao garante mais segurana ao exportador brasileiro no momento de negociar com este mercado.

    A estratgica posio logstica da Colmbia e os acordos comerciais com mais de 60 pases no mundo colocam a Colmbia em posio de destaque para se consolidar como plataforma de exportao para novos mercados.

    Nos ltimos anos o pas tem apresentado crescimento de sua fora laboral, em 2013, apresentou uma variao positiva de 2,89%, ficando atrs apenas da Argentina (3,64%) e Mxico (3,62%).

    Atualmente, a Colmbia conta com mais de 100 zonas francas, entre zonas francas permanentes e zonas francas permanentes especiais. Essas zonas francas tornam-se competitivas porque:

  • PANORAMA

    COLMBIA

    8

    Beneficiam-se dos acordos comerciais;

    O imposto de renda de 15%;

    No existem restries para venda no mercado nacional;

    No pagam impostos e tributos aduaneiros (IVA, taxas);

    PRODUES POR DEPARTAMENTO

    Dentre os 32 departamentos colombianos, a regio de Antioquia destaca-se por ser o distrito da Colmbia que recebeu ao longo dos anos as maiores indstrias que investiram no pas. tambm a regio onde est localizado o Distrito de Inovao para instalao de empresas que buscam adaptar seus produtos, processos e servios. O departamento de Valle del Cauca tem o porto mais importante da Colmbia - Porto de Boaventura. J o departamento de Santander o primeiro em qualidade de vida e caracteriza-se por ser a regio mais segura do pas, segundo dados de 2013.

    Abaixo possvel verificar um panorama geral sobre os principais departamentos e as principais fontes de recursos do pas.

    No ano de 2013, segundo estatsticas do DANE (Departamento Administrativo Nacional de Estadstica) da Colmbia, em boletim tcnico divulgado no ltimo dia 29 de abril de 2015, os departamentos neste perodo que mais se destacaram pelo seu crescimento foram: Puntamayo (24%), Cauca (12,2%), Meta (10,7%), Bolvar (9,9%) e Risaralda (8,0%), dentre os 32 departamentos e a capital do pas, Bogot.

    Bogot segue sendo a economia com a maior participao em gerao do PIB Nacional com 24,7% em 2013, seguido por Antioquia (13,1%), Valle del Cauca (9,2%), Santander (7,5%), Meta (5,8%) e Cundinamarca (4,9%), estes seis departamentos concentraram 65,1%1 do PIB nacional. No ano de 2013, Meta e Bolvar tiveram as maiores participaes, devido ao crescimento da atividade extrativa e refinadora de petrleo. Cesar, Arauca e Choc tiveram menores participaes devido diminuio da exportao de minrios como: carvo, petrleo e ouro. Os demais departamentos no tiveram presena significativa em relao economia nacional.

    Com relao s atividades que mais cresceram em 2013, merecem destaque: construo (11,6%), agricultura, pecuria, caa, silvicultura e pesca (6,7%) e o setor de servios (6,0%). No ano de 2013, Puntamayo (24,0%) e Meta (10,7%) registraram as maiores taxas de crescimento devido a atividade de extrao do petrleo. Meta destaca-se tambm pelo crescimento da atividade de construo civil.

    1 As informaes de estatstica do PIB referente ao ano de 2013 so previ-ses do DANE(Departamento Administrativo Nacional de Estadstica) da Colm-bia.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    9

    PRINCIPAIS ATIVIDADES ECONMICAS- COLMBIA

    Nos dois anos analisados (2012 e 2013), dos 32 departamentos da Colmbia apenas 06 apresentaram performance maior que a mdia nacional, os outros 27 apresentaram participao abaixo desta mdia. Os altos nveis registrados por esses departamentos so decorrentes das atividades econmicas desenvolvidas nos mesmos, destacando-se Casanara, Meta e Arauca, onde o maior valor de produo gira em torno da extrao do petrleo.

    Santander destaca-se maior PIB per capita devido construo de obras civis e edificaes, assim como a recuperao da indstria manufatureira. Bogot destacou-se pelos servios financeiros, seguros, atividades imobilirias e servios s empresas e comrcio, os quais foram responsveis pelo crescimento e desenvolvimento da cidade.

    As atividades econmicas que apresentaram maior dinamismo, de forma geral, durante o ano de 2013, foram: Cultivo de Caf, que registrou uma variao de 36%, seguido pelas atividades de Construo e Minrio.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    10

    DEPARTAMENTO PRINCIPAL:

    1) Antioquia tem a maior participao dentro dessa atividade. um dos principais produtores de ouro.

    2) Cordob segundo departamento com a maior participao. nico produtor de ferronquel.

    DESTAQUES

    Os departamentos com maior participao nas atividades de obras civis so: Santander, Antioquia, Bogot e Valle del Cauca.

    Em 2013, o departamento de Antioquia registrou crescimento principalmente de edifcios residenciais.

    O departamento de Valle destaca-se pela construo de edificaes residenciais e no residenciais. O departamento de Santander tem maior destaque nas construes de edifcios residenciais e Bogot pela construo de edifcios no residenciais.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    11

    PRODUES POR DEPARTAMENTO

    Participao por setor de atividade econmica- Departamento de Meta em 2013

    Fonte: DANE

    Participao por setor de atividade econmica- Departamento de Putumayo em 2013

    Fonte: DANE

  • PANORAMA

    COLMBIA

    12

    Participao por setor de atividade econmica- Departamento de Cauca em 2013.

    Fonte: DANE

    Participao por setor de atividade econmica- Departamento de Choc em 2013.

    Fonte: DANE

  • PANORAMA

    COLMBIA

    13

    Participao por setor de atividade econmica- Departamento de Arauca em 2013.

    Fonte: DANE

    Participao por setor de atividade econmica- Departamento de Cesar em 2013.

    Fonte: DANE

  • PANORAMA

    COLMBIA

    14

    PANORAMA ECONMICO

    Nos ltimos anos, o pas tem sofrido com a queda nas receitas de exportao de petrleo, que em 2013 representavam 20% das receitas fiscais do pas e no prximo ano, devido queda dos preos, representaro apenas 2,6%.

    Apesar da ligeira desacelerao do crescimento econmico do pas devido essa queda de preos, em 2014 a Colmbia apresentou um crescimento de 4,6% no ano e para o ano de 2015 esperado um crescimento em torno de 3,3%, enquanto que o Brasil deve cair 1,5%. Desta forma, conforme declarao do governador do Banco da Colmbia, o crescimento econmico esperado similar previso mundial e acima das projees feitas para o crescimento da Amrica Latina.

    Referente ainda dados de 2014, o crescimento do PIB segundo informaes do COFACE, foi disparado principalmente pelo investimento privado (25% do PIB) e pelo consumo das famlias (65% do PIB). O desemprego diminuiu para uma mdia de 9% durante o ano. A propriedade agrcola (com participao significativa do cultivo de caf) e o setor automotivo (recorde de vendas em 2014) agiram de forma significativa para o crescimento do PIB, enquanto que a indstria manufatureira diminuiu sua presena sob a presso da concorrncia proveniente de importaes chinesas e aps a queda no comrcio com a Venezuela (parceiro comercial agora responsvel por apenas 3% das exportaes, em comparao com uma mdia de 12% h dez anos atrs). No primeiro semestre do ano de 2015, a Colmbia cresceu a uma taxa de 2,9% em uma regio que tinha projees de crescimento somente de 0,5% este ano. A dvida pblica manteve-se baixa.

    Conforme declarao do governador do Banco da Colmbia, o pas manteve-se lder em crescimento econmico na Amrica Latina e um exemplo de polticas macroeconmicas slidas para mercados emergentes.

    PANORAMA POLTICO

    A Colmbia um estado social de direito organizada em forma de Repblica Unitria com centralizao poltica e descentralizao administrativa. Assim como no Brasil, o poder pblico est dividido em Legislativo, Executivo e Judicirio. O atual presidente, Juan Santos, governa o pas desde 2010, tendo sido reeleito em 2014 para um prximo mandato de mais quatro anos.

    A estratgia econmica colombiana tem assegurado uma crescente classe mdia. Nos ltimos 5 anos, 4.5 milhes de colombianos, saram da pobreza. Os nmeros de empregos so robustos e o mercado domstico a principal fonte de crescimento econmico do pas. Nos ltimos dois anos o governo cortou drasticamente os gastos e aumentou as receitas.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    15

    A Colmbia um pas de rendimento mdio superior, porm com altas taxas de pobrezas e desigualdades. Conta com uma economia slida e estvel, com um grande mercado interno e com diversos recursos naturais. Ao mesmo tempo, a Colmbia especialmente vulnervel a fenmenos naturais e ao longo de sua histria enfrenta problemas importantes de consolidao da paz, porm, houve notvel avano nas negociaes com a guerrilha FARC desde que o atual presidente Juan Santos assumiu. Em setembro deste ano foi firmado um acordo para em seis meses finalizar esse conflito armado que j perdura por 50 anos e considerado o maior conflito interno no continente. Segundo o governador do Banco da Colmbia, vises mais conservadoras afirmam que o estabelecimento dessa paz no pas pode impulsionar o crescimento da Colmbia em um ponto percentual ao ano

    A Colmbia tem acordos de livre comrcio com mais de 60 pases, possuindo acordos com quase todas as economias da Amrica, incluindo Estados Unidos e Canad, alm de possuir acordo com a Unio Europeia. Assim o pas defende uma economia aberta como viso econmica.

    Alm disso, um programa ambicioso de infraestrutura, com investimento em construo/revitalizao de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos em todo o pas est marcado para comear a partir desse ano. O programa prev investimento de 33 bilhes de dlares e tem como objetivo incrementar at 2035 a infraestrutura do pas. esperado que esse plano contribua com o crescimento extra de 1% do PIB nacional, alm de gerar em torno de 200.000 empregos ao longo de sua execuo.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    16

    DESTAQUES

    DESTAQUES

    Pontos Fortes Pontos FracosEstabilidade institucional Desemprego estrutural, pobreza e desigualda-

    deConsidervel potencial turstico Carncia na educao e sade

    Recursos naturais abundantes Situao problemtica na segurana ligada ao trfico de drogas

    Sistema bancrio slido Deficincias de infraestruturas rodovirias e porturias

    Acesso a dois oceanos

    Fonte: COFACE

    OBS: A Colmbia concede tarifas preferenciais aos produtos brasileiros, em razo do Acordo de Complementao Econmica CAN-Mercosul, ACE 59, no mbito da Associao Latino-Americana de Integrao, ALADI. A tarifa preferencial dos produtos brasileiros pode representar uma importante vantagem comparativa em relao s exportaes de outros pases.

    DADOS COMPARATIVOS COLMBIA- BRASIL

    Indicadores Econmicos- Dados Comparativos

    Crescimento PIB 2014 (Est)3

    Brasil 0,1%Colmbia 4,6%

    Inflao 2014 (Est)Brasil 6,3%

    Colmbia 3,3%

  • PANORAMA

    COLMBIA

    17

    Desemprego 2014 (Est)Brasil 5,5%

    Colmbia 9,3%

    Fonte: FMI.

    COMRCIO EXTERIOR DA COLMBIA

    Fluxo de Comrcio Colmbia

    Em 2014, as exportaes colombianas para o mundo apresentaram retrao de 6,85% em relao ao exportado no ano anterior. Enquanto que as importaes apresentaram comportamento diferente, tendo crescido em 7,82% em relao a 2013. O ano de 2014 foi ano recorde das importaes colombianas durante o perodo analisado. O pas importou 64 bilhes de dlares. Segundo informaes da CNI (Confederao Nacional da Indstria) a Colmbia o segundo principal pas importador da regio sul-americana. Por sua vez, as exportaes apresentaram melhor performance no ano de 2012 quando a Colmbia exportou 60 bilhes de dlares.

    ANO EXPORTAO(US$ bilhes)

    VARIAO (%)

    IMPORTAO(US$ bilhes)

    VARIAO (%)

    2014 55 -6,85% 64 7,82%2013 59 -2,41% 59 2,23%2012 60 5,83% 58 6,24%2011 57 43,03% 55 34,39%2010 40 - 41 -

    Fonte utilizada: Trade Map International Trade Center. Valores em USD CIF bilhes

    A EXPORTAO COLOMBIANA

    O principal produto exportado pela Colmbia est relacionado ao grupo de petrleo que representou no ltimo ano mais de 45% da pauta exportadora do pas. O caf, produto amplamente cultivado na Colmbia e conhecido no mundo pelo seu sabor, correspondeu em 2014 a 4,60% do total exportado pelo

  • PANORAMA

    COLMBIA

    18

    pas. Outro ponto de destaque a exportao de ouro que foi de mais de 1 bilho em 2014 e como visto anteriormente uma das riquezas do pas. O grupo de plantas vivas e produtos de floricultura tambm merece ateno, j que a Colmbia atualmente o segundo maior fornecedor mundial de produtos que compe esse grupo.

    A composio de parceiros comerciais da Colmbia na exportao caracteriza-se principalmente por seus principais parceiros serem de fora da regio sul-americana, sendo Estados Unidos e China responsveis pela compra de 37% de tudo o que a Colmbia exportou em 2014. O Panam, por sua vez, o nico pas na Amrica Latina que est entre os cinco principais compradores da Colmbia. Venezuela, Equador, Brasil e Peru, juntos, somaram 12% da pauta exportadora colombiana, enquanto que Espanha, ndia e Holanda totalizaram 14% de compra dos produtos colombianos. O Brasil, sozinho, participa com 2,97% na pauta exportadora do pas.

    PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PELA COLMBIA (2014)

    SH 4 DESCRIOVALORES(US$ mil-

    hes)

    PARTICIPAO (%)

    2709 leos brutos de petrleo ou de minerais betuminosos.

    25.698 46,98%

    2701 Hulhas, briquetes, bolas e combustveis sli-dos semelhantes obtidos da hulha.

    6.427 11,75%

    2710 leos de petrleo ou de mineirais betumi-nosos.

    2.829 5,17%

    0901 Caf, casca, pelcula e sucedneos do caf. 2.517 4,60%

    7108 Ouro em bruto, semimanufaturado ou em p.

    1.582 2,89%

    0603 Flores ou botes. 1.374 2,51%

    0803 Bananas ou pacovas frescas ou secas. 836 1,53%

    7202 Ferroligas. 642 1,17%

    3004 Medicamentos apresentados na forma de doses.

    480 0,88%

    3902 Polmeros de propileno ou de outras olefi-nas.

    450 0,82%

    Fonte: Direccon de Impuestos y Aduanas Nacionales de Colombia. Valores em USD FOB milhes.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    19

    PRINCIPAIS PASES DE DESTINO DAS EXPORTAES COLOMBIANAS (2014)

    VALORES(US$ mil-

    hes)

    PARTICIPAO (%)

    Estados Unidos 14.023 26,63%China 5.619 10,27%Panam 3.567 6,52%Espanha 3.080 5,63%ndia 2.556 4,67%Holanda 2.117 3,87%Venezuela 1.987 3,63%Equador 1.884 3,44%Brasil 1.622 2,97%No Declarado 1.493 2,73%Peru 1.186 2,17%Total Colmbia 54.706 100%

    Fonte: Direccon de Impuestos y Aduanas Nacionales de Colombia. Valores em USD FOB milhes.

    A IMPORTAO COLOMBIANA

    A pauta importadora colombiana caracteriza-se principalmente por apresentar vrios produtos industrializados, ou seja, de maior valor agregado. Recentemente (09/10) em visita feita pela presidente Dilma Rousseff Bogot foram firmados diversos acordos para promover o comrcio e investimentos entre os pases, dentre eles, um acordo para o setor automobilstico que visa permitir iseno de impostos de importao em ambos os pases para esses produtos.

    No primeiro ano, a cota de unidades isenta tarifas de importao de 12 mil veculos. Em 2017 essa parcela aumenta para 20 mil unidades e a partir de 2018, para 50 mil unidades. O acordo tem validade de oito anos. Apesar do comrcio entre Brasil e Colmbia ter aumentado em 165% de 2005 a 2014, ambas as partes acreditam que o relacionamento entre eles est abaixo do potencial.

    Atualmente, o Brasil o quinto principal fornecedor de produtos na Colmbia. Tambm na importao, os Estados Unidos e a China so os dois principais parceiros comerciais. importante destacar que o Brasil e o Peru so os nicos pases da Amrica do Sul que compem a pauta dos 10 principais parceiros da Colmbia na Importao.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    20

    PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELA COLMBIA (2014)

    SH 4 DESCRIOVALOR (US$

    milhes) PARTICIPAO (%)

    2710 leos de petrleo ou de minerais betu-minosos.

    7.492 11,70%

    8703 Automveis de turismo e outros vecu-los automveis para transporte de pes-soas.

    3.119 4,87%

    8517 Aparelhos eltricos para telefonia ou telegrafia, por fio e corrente portadora.

    2.613 4,08%

    8802 Aeronaves, helicpteros, avies, vecu-los espaciais satlites.

    1.963 3,06%

    8471 Mquinas automticas e suas partes, para o tratamento e o processamento de dados.

    1.958 3,06%

    3004 Medicamentos apresentados na forma de doses.

    1.445 2,26%

    8704 Veculos automveis para transporte de mercadorias.

    1.218 1,90%

    1005 Milho 938 1,47%8528 Aparelhos receptores de televiso, v-

    deo-monitores e vdeo-projetores.917 1,43%

    4011 Pneumticos novos de borracha. 756 1,18%

    Fonte: Direccon de Impuestos y Aduanas Nacionales de Colombia. Valores em USD CIF milhes.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    21

    PRINCIPAIS PASES FORNECEDORES NA COLMBIA (2014)

    VALORES (US$ milhes) PARTICIPAO (%)

    Estados Unidos 18.223 28,45%China 11.790 18,41%Mxico 5.273 8,23%Alemanha 2.526 3,94%Brasil 2.466 3,85%Frana 1.840 2,87%Japo 1.525 2,38%Coria do Sul 1.500 2,34%ndia 1.369 2,14%Peru 1.205 1,88%Total Colmbia 64.085 100%

    Fonte: Direccon de Impuestos y Aduanas Nacionales de Colombia. Valores em USD CIF milhes.

    O COMRCIO BILATERAL: BRASIL X COLMBIA

    FLUXO DE COMRCIO BRASIL-COLMBIA

    O Brasil exporta muito mais que importa da Colmbia, como possvel notar atravs da tabela abaixo, porm, nos ltimos dois anos, o Brasil tem retrado sua participao em relao ao total exportado para o pas, enquanto que as importaes esto aumentando. Em 2013, o Brasil cresceu em 15% as importaes de produtos colombianos e em 2014 o crescimento foi de 17%.

    O setor automobilstico compe a pauta exportadora do Brasil para Colmbia com vrios itens de sua cadeia de produtos. Na importao da Colmbia em 2014, o Brasil importa vrios produtos para o setor de plstico, destaque tambm para o principal item importado que hulha betuminosa, um tipo de carvo mineral largamente utilizado na construo de pontes e edifcios.

    O principal porto utilizado pelo Brasil para exportaes Colmbia o porto de Santos-SP, que no ltimo ano foi responsvel pela movimentao de mais da metade do total de produtos brasileiros exportados para o pas sul-americano.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    22

    Na importao, os principais portos utilizados para entrada de produtos colombianos no ltimo ano foram bem variados, sendo que os computados em outros representaram mais de 40%. Isoladamente, Santos-SP representou mais de 20% de entrada de cargas colombianas no Brasil.

    ANOEXPORTAO

    DO BRASIL PARA PAS-AL-

    VO (US$milhes)

    VARIAO (%)IMPORTAO

    DO BRASIL DO PAS-AL-

    VO (US$milhes)

    VARIAO (%)

    2014 2.384 -6,79% 1.716 17,28%2013 2.558 -9,75% 1.463 15,42%2012 2.835 9,98% 1.267 -8,42%2011 2.577 17,36% 1.384 28,23%2010 2.196 - 1.079 -

    Fonte utilizada: MDIC, Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. Valores em

    USD FOB milhes.

    PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PELO BRASIL PARA A COLMBIA (2014)

    NCM DESCRIO VALORES (US$milhes)

    PARTICIPAO (%)

    2901.22.00 Propeno (propileno) no sa-turado

    127 5,31%

    8703.23.10 Automveis com motor ex-ploso, 1500 < cm3 = 10

    91 3,83%

    4011.20.90 Outros pneumticos novos, de borracha, dos tipos utiliza-dos em nibus ou caminhes

    62 2,61%

  • PANORAMA

    COLMBIA

    23

    7207.20.00 Produtos semimanufaturados de ferro ou ao no ligado, que contenham, em peso, 0,25 % ou mais de carbono

    58 2,43%

    8407.34.90 Outros motores de exploso, para veculos do captulo 87, de cilindrada superior a 1.000 cm3

    42 1,78%

    2106.90.10 Outras preparaes para ela-borao de bebidas

    33 1,39%

    7225.30.00 Laminados de outras ligas de aos, simplesmente lami-nados a quente, em rolos, de largura igual ou superior a 600 mm

    31 1,31%

    7225.50.90 Outros laminados planos, simplesmente laminados a frio, de largura igual ou supe-rior a 600 mm

    28 1,18%

    8414.30.11 Motocompressores hermti-cos, com capacidade inferior a 4.700 frigorias/hora,

    23 0,98%

    Fonte utilizada: MDIC, Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. Valores em USD FOB milhes.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    24

    PRINCIPAIS PORTOS PARA A EXPORTAO

    Brasil- Colmbia

  • PANORAMA

    COLMBIA

    25

    PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS PELO BRASIL DA COLMBIA (2014)

    NCM DESCRIO VALORES (US$milhes)

    PARTICIPAO (%)

    2701.12.00 Hulha betuminosa, no aglomerada 395 23,03%

    2709.00.10 leos brutos de petrleo 313 18,23%

    3904.10.10 Poli(cloreto de vinila), no mistura-do com outras substncias, obtido por processo de suspenso

    212 12,36%

    2704.00.10 Coques de hulha, de linhita ou de turfa

    143 8,35%

    3902.10.20 Polipropileno sem carga, em forma primria

    39 2,30%

    7010.90.90 Outros garrafes, garrafas, frascos, etc, de vidro

    37 2,17%

    3903.19.00 Outros poliestirenos em formas pri-mrias

    34 1,98%

    7404.00.00 Desperdcios e resduos, de cobre 32 1,85%

    3902.30.00 Copolmeros de propileno, em for-mas primrias

    28 1,64%

    4011.20.90 Outros pneumticos novos, de bor-racha, dos tipos utilizados em ni-bus ou caminhes

    23 1,31%

    Fonte utilizada: MDIC, Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. Valores em USD FOB milhes.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    26

    PRINCIPAIS PORTOS PARA A IMPORTAO

    Brasil- Colmbia

    O COMRCIO BILATERAL: MATO GROSSO DO SUL X COLMBIA

    Fluxo de Comrcio Mato Grosso do Sul x Colmbia

    No ltimo ano, a relao comercial do estado de Mato Grosso do Sul, tanto na Importao quanto na Exportao reduziu sua participao em comparao com o ano de 2013. O melhor ano da relao comercial entre o estado e a Colmbia na exportao foi no ano de 2010, quando foram exportados mais de 40 milhes para o pas. Na importao, por sua vez, o melhor ano da relao comercial foi no ano de 2013, quando Mato Grosso do Sul importou mais de 3 milhes de dlares. Percebe-se, desta forma, que o estado muito mais exporta do que importa da Colmbia.

    Na exportao, o principal produto fornecido por Mato Grosso do Sul para a Colmbia foi sementes de pastagem, sendo responsvel no ano de 2014 por mais de 75% do total exportado pelo estado ao pas. Na importao, o principal item importado pelo estado de Mato Grosso do Sul em 2014 foi sulfato de cromo, que correspondeu a 88% do total importado da Colmbia.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    27

    ANO

    EXPORTAO DE MS PARA PAS- ALVO

    (US$mil)

    VARIAO (%)

    IMPORTAO DE MS DO PAS-

    -ALVO (US$mil)

    VARIAO (%)

    2014 2.098 88,50% 1.734 -44,96%

    2013 18.243 16,02% 3.151 1115,07%2012 15.724 57,07% 259 163,06%2011 10.011 -76,34% 99 -80,39%2010 42.314 - 503 -

    Fonte utilizada: MDIC, Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. Valores em USD FOB mil.

    PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS PARA A COLMBIA DE MATO GROSSO DO SUL EM 2014

    EXPORTAONCM DESCRIO VALOR (US$) PARTICIPAO

    (%)

    1209.29.00 Outras sementes forragei-ras, para semeadura

    1.552.514 75,58%

    4703.29.00 Pastas qumicas de ma-deira, soda ou ao sul-fato, exceto pastas para dissoluo, semibran-queadas ou branqueadas, de no conferas

    501.621 24,42%

    8430.61.00 Mquinas de comprimir ou de compactar terra, ex-ceto autopropulsadas

    25.801 1,26%

  • PANORAMA

    COLMBIA

    28

    3923.29.90 Outros sacos, bolsas e cartuchos, de outros pls-ticos

    10.327 0,50%

    8474.39.00 Outras mquinas e apare-lhos para misturar/amas-sar substncias minerais slidas

    4.180 0,20%

    8474.10.00 Mquinas e aparelhos para selecionar, peneirar, separar ou lavar substn-cias minerais slidas

    2.998 0,15%

    8533.40.91 Potencimetro de carvo, do tipo dos utilizados para determinar o ngulo de abertura da borboleta, em sistemas de injeo de combustvel controlados eletronicamente

    634 0,03%

    9026.20.90 Outros instrumentos e aparelhos para medida/controle da presso

    242 0,01%

    8543.20.00 Geradores de sinais 181 0,01%

    Fonte utilizada: MDIC, Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. Valores em USD FOB..

  • PANORAMA

    COLMBIA

    29

    PRINCIPAIS PRODUTOS IMPORTADOS POR MATO GROSSO DO SUL DA COLMBIA EM 2014

    IMPORTAONCM DESCRIO VALOR (US$) PARTICIPAO

    (%)2833.29.60 Sulfatos de cromo 1.531.007 88,29%

    5402.31.19 Outros fios texturiza-dos, de nilon, de ttulo igual ou inferior a 50 tex por fio simples

    77.024 4,44%

    3206.19.90 Outros pigmentos e pre-pars. base de dixido de titnio

    68.947 3,98%

    5503.20.90 Outras fibras de polis-teres, descontnuas, no cardadas, no penteadas nem transformadas de outro modo para fiao

    35.298 2,04%

    7217.10.19 Outros fios de ferro ou ao no ligado, no re-vestidos, mesmo po-lidos, com um teor de carbono superior ou igual a 0,6 %, em peso

    21.868 1,26%

    Fonte utilizada: MDIC, Ministrio do Desenvolvimento Indstria e Comrcio Exterior. Valores em USD FOB..

  • PANORAMA

    COLMBIA

    30

    INFRAESTRUTURA E LOGSTICA

    Fonte: Procolombia

    A Colmbia, segundo dados da CIA, de 2010, possui aproximadamente 141.374 km de estradas. A malha rodoviria est concentrada principalmente ao noroeste do pas e na costa oeste. Essas estradas fazem ligao principalmente com o Equador e a Venezuela.

    No que se refere a malha ferroviria, segundo o Instituto Nacional de Vias (Invas), existem atualmente 3.338 km de linhas frreas, das quais, 1.725 esto sob responsabilidade da Invas. Os 1.613 km restantes esto sob a responsabilidade da ANI (Agncia Nacional de Infraestructura). Para alguns especialistas, este o segundo meio de transporte de carga na Colmbia. No caso do carvo, apresenta-se como o primeiro. Outro fato que merece destaque que pelo corredor do pacfico so transportados principalmente os produtos importados que chegam atravs do porto de Boaventura.

    A Colmbia tem sada para o mar atravs do oceano Pacfico e do mar do Caribe. Segundo dados da CIA de 2012, a Colmbia possui 24.725 km, dos quais, 18.300 KM so navegveis. A hidrovia mais importante, o rio Magdalena, possui 1.448 KM de extenso navegvel, alm disso, so dragados regularmente para assegurar a passagem segura de navios cargueiros. Em 2014, a Colmbia mobilizou por via martima atravs de seus portos cerca de 184 milhes de toneladas. A exportao martima o principal modal utilizado nas exportaes colombianas, correspondendo em 2014 a 98,2% do total de cargas exportados pelo pas. O principal porto utilizado tanto na importao como na exportao em 2014, quando comparado em valores movimentados, foi o porto de Boaventura (de uso pblico), conforme demonstrado no grfico abaixo:

  • PANORAMA

    COLMBIA

    31

    EXPORTAES POR PORTOS PBLICOS-COLMBIA

    IMPORTAES POR PORTOS PBLICOS- COLMBIA

    Os principais portos colombianos so: Porto de Cartagena, Porto de Buenaventura, Porto de Barranquilla e Porto de Santa Marta.

    O porto de Cartagena fica s margens do norte da baa de Cartagena, s margens do Caribe, norte da Colmbia, na Amrica do Sul. O porto de Cartagena est a cerca de 640 quilmetros a noroeste da capital do pas, Bogot, e 950 KM a oeste do Porto de La Guaria em Caracas, na Vezenuela. Segundo anlise do Worldportsource o porto classificado como de grande porte.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    32

    O Porto de Boaventura o principal porto da Colmbia com sada para o oceano pacfico e segundo Worldportsource classificado como porto de mdio porte. O porto fica a cerca de 506 quilmetros da capital do pas.

    O porto de Barranquilla, por sua vez, est localizado s margens do rio de Magdalena e possui classificao como porto de mdio porte segundo o WorldPortSource. O ltimo porto pblico analisado, o porto de Santa Marta, classificado como porto de mdio porte tambm.

    Com relao aos rios, o pas est dividido em quatro bacias hidrogrficas: Magdalena, Atrato, Orinoco e Amazonas, sendo que o principal rio o Magdalena

    TIPOS DE CARGA POR PORTO

  • PANORAMA

    COLMBIA

    33

  • PANORAMA

    COLMBIA

    34

    AEROPORTOS NA COLMBIA

    Segundo dados da Aeronutica Civil da Colmbia em 2013, o aeroporto de El Dorado foi o aeroporto que mais movimentou em toneladas durante o ano de 2013 entre aeroportos da regio latino-americana:

  • PANORAMA

    COLMBIA

    35

    O aeroporto Eldorado tambm o aeroporto que mais recebe voos internacionais na Colmbia, seguido pelo aeroporto de Cordov, Aerocali e Ernesto. Em extenso, o maior aeroporto do pas, com 700 hectares, possui duas pistas e uma plataforma. Possui infraestrutura para carga refrigerada.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    36

    QUADRO COMPARATIVO

    Aeroporto de Eldorado

    Extenso 700 hectaresPistas 2Terminal de carga SimLinhas Intermacionais 20Linhas Nacionais 20Carga 20

    Aeroporto de Cordov

    Extenso 600 hectaresPistas 2 pistasTerminal de carga SimLinhas Intermacionais 8Linhas Nacionais 5Carga 13

    Aeroporto de Aerocali

    Extenso 370 hectaresPistas 1 pistaTerminal de carga SimLinhas Intermacionais 4Linhas Nacionais 6Carga 6

    Aeroporto de Ernesto

    Extenso 317 hectaresPistas 1 pistaTerminal de carga SimLinhas Intermacionais 4Linhas Nacionais 6

  • PANORAMA

    COLMBIA

    37

    Carga 6

    PRINCIPAIS AEROPORTOS E PORTOS

    Aeroportos Portos

    Aeroporto Internacional Ernesto Cortissoz, Barranquilla, Colmbia

    Porto de Barranquilla

    Aeroporto Alfonso B. Aragon, Cali, Co-lmbia

    Porto de Cartagena

    Aeroporto Internacional Jose Maria Cordo-va, Medelln, Colmbia

    Porto de Santa Marta

    Aeroporto Internacional El Dorado, Bogo-ta, Colmbia

    Porto de Buenaventura

    FEIRAS NA COLMBIA

    A participao em feiras setoriais constitui excelente oportunidade, no apenas para a promoo de vendas e prospeco de parcerias, mas tambm para a obteno de informaes in loco de inteligncia comercial referente aos competidores, tais como tecnologia de fabricao, apresentao do produto, embalagem, nvel de preo e estratgias de promoo. Abaixo so apresentadas feiras colombianas:

    COLMBIA- FEIRASNome: Colmbia ModaFrequncia: AnualPerodo estimado: 26/07/2016 a 28/07/2016Site: www.colombiamoda.comNome: Feira Internacional Agropecuria e de Indstrias Afins-AgroExpoFrequncia: AnualPerodo estimado: 09/07/2015 a 20/07/2015Site: www.agroexpo.comNome: Expoconstruo & ExpodesenhoFrequncia: AnualPerodo estimado: 19/05/2015 a 24/05/2015Site: www.expoconstruccionyexpodiseno.com

  • PANORAMA

    COLMBIA

    38

    Nome: AndigrficaFrequncia: AnualPerodo estimado: 02/06/2015 a 05/06/2015Site: www.feiraandigrafica.comNome: AndinapackFrequncia: AnualPerodo estimado: 10/11/2015 a 13/11/2015Site: http://www.andinapack.comNome: Circuito da ModaFrequncia: AnualPerodo estimado: 28/07/2015 a 31/07/2015Site: www.ifls.com.coNome: Colombiatex das AmricasFrequncia: AnualPerodo estimado: 26/01/2016 a 28/01/2015Site: http://colombiatex.inexmoda.org.co/

    DESCRIO DA FEIRA INTERNACIONAL DE BOGOT

    A Feira Internacional de Bogot o encontro especializado no macro setor industrial mais representativo da Regio Andina, Amrica Central e Caribe.

    considerada referncia para a exibio de maquinarias, equipamentos, avanos tecnolgicos, materiais, bens intermedirios e de capital, matrias-primas, componentes e servios para um mercado vido em desenvolvimento e crescimento industrial.

    Empresrios, investidores, especialistas, autoridades, so parte do pblico visitante.

    A feira em nmeros: mais de 100 milhes de dlares em expectativas de negcios. Com 35 pases participantes, sendo 50.000 compradores nacionais e 1.254 compradores internacionais.

    Segmentos participantes da feira: metalomecnica, construo, e confeces, agroindstria e informtica, energia, plsticos, refrigerao e ventilao.

    Para mais informaes, favor consultar o Centro Internacional de Negcios da Federao das Indstrias do Estado de Mato Grosso do Sul. O CIN realiza diversas aes que propiciam a participao dos empresrios em feiras internacionais, fornecendo todo o suporte tcnico para a empresa, contando sempre com o know-how e experincia da CNI em promover essas aes.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    39

    INFORMAES TEIS PARA VIAGEM

    Os cidados brasileiros que desejem entrar na Colmbia como visitante temporrio, s para fazer contatos de negcios, no necessitam de visto (TP-12), apenas de uma permisso (PIP-6) outorgada pela autoridade migratria no seu ingresso na Colmbia.

    Para fazer a solicitao da permisso no aeroporto o viajante, deve apresentar:

    - Passaporte com validade superior a 180 dias ou documento de identidade vlido, vigente e com foto.

    - Informao do evento/reunio/convite.

    - Cpia ou informao eletrnica das respectivas passagens de sada do pas.

    Porm, dependendo da nacionalidade ou atividade, necessrio fazer a solicitao do visto.

    As informaes sobre os vistos podem ser consultadas atravs da internet, no site: http://www.cancilleria.gov.co/tramites_servicios/visas

    As solicitaes dos vistos devem ser feitas atravs da internet, no site: https://tramitesmre.cancilleria.gov.co/tramites/enlinea/solicitarVisa.xhtml

    Instrues :http://www.cancilleria.gov.co/sites/default/files/tramites_servicios/visas/archivos/visa_guia_en_linea.pdf

    A informao sobre os Consulados da Colmbia no Brasil est disponvel no site: http://brasil.embajada.gov.co

    .

  • PANORAMA

    COLMBIA

    40

    VACINA

    No h necessidade de apresentao de certificado internacional de vacinas. Contudo, se o visitante pretende visitar a selva colombiana, aconselha-se a imunizao contra a febre amarela.

    ADEQUAES GERAIS PARA TRANSPORTE DE MERCADORIA

    TRIC - Transporte Rodovirio Internacional de Cargas

    O Brasil, em virtude de sua posio geogrfica, mantm historicamente acordos de transporte internacional terrestre, principalmente rodovirio, com quase todos os pases da Amrica do Sul. Com a Colmbia, Equador, Suriname e Guiana Francesa o acordo est em negociao.

    Tais acordos buscam facilitar o incremento do comrcio, turismo e cultura entre os pases, no transporte de bens e pessoas, permitindo que veculos e condutores de um pas circulem com segurana e trmites fronteirios simplificados nos territrios dos demais.

    Assim, o mercado de movimentao dos fluxos internacionais de bens e pessoas torna-se cada vez mais dinmico, competitivo e seguro para as empresas nacionais dos diferentes pases. Ressalte-se que o transporte terrestre domstico de cada pas no pode ser executado por empresas estrangeiras.

    Com a implantao da Agncia Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, em fevereiro de 2002, as competncias para negociao e aplicao dos acordos e seus desdobramentos passaram para seu mbito de atuao.

    Os atos legais e regulamentares, os procedimentos operacionais e as informaes estatsticas sobre o Transporte Internacional Terrestre podem ser encontrados na pgina da ANTT.

    Website da pgina: http://www.antt.gov.br/index.php/content/view/4966/TRIC___Transporte_Rodoviario_Internacional_de_Cargas.html

    Os procedimentos para uma empresa de Transporte Rodovirio do Carga obter autorizao para o transporte internacional esto regulamentados no Brasil por meio da Resoluo ANTT n 1.474 de 31 de maio de 2006.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    41

    Esclarecimentos sobre os procedimentos podero ser obtidos por meio de correspondncia para a ANTT (Agncia Nacional de Transporte Terrestre- Superintendncia de Servios de Transporte Rodoviario e Multimodal de Cargas- SUROC.

    Telefone: 061 3410-1226/3410-1227

    Email: [email protected]; [email protected]

    INFORMAES PARA VIAGEM DE AVIO

    Aeroporto Internacional El Nuevo Dorado

    Companhias que fazem os voos: TAM e LAN.

    Fonte: Decolar.COM

    OUTRAS INFORMAES

    Cdigo do pas +57

    Fuso horrio: UTC-5

    Temperatura

    A Colmbia, apesar de situar-se em uma regio de clima quente, no possui clima estritamente tropical, mas apresenta diversidade de temperaturas, determinadas principalmente pelo sistema montanhoso dos Andes.

    Assim, o clima colombiano quente na costa e nas plancies orientais e frio nas zonas montanhosas. O ponto mais baixo fica na costa do Oceano Pacfico e o mais alto o Pico de Huila com 5.750 metros acima do nvel do mar.

    Corrente Eltrica

    110/120 volts, 60 ciclos, 1 e 3 fases.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    42

    HORRIO COMERCIAL

    A atividade de escritrios em geral desenvolve-se normalmente no horrio de 08h s 12h e das 13h s 18h

    Comrcio: 09h:00 s 19h:00 com abertura aos sbados.

    rgos do governo: 8h s 17h

    Bancos: 9h s 15h:30

    FERIADOS

    Na Colmbia, a maioria dos feriados transferida para as segundas feiras. Recomenda-se consultar o calendrio de cada ano para se conhecer o dia preciso da festividade.

    FERIADOS

    1 de janeiro Ano Novo12 de janeiro Reis Magos13 de maro So Jos9 de abril Quinta feira santa10 de abril Sexta feira santa1 de maio Dia do Trabalhador25 de maio Asceno do Senhor15 de junho Corpus Christi22 de junho Sagrado Corao 29 de junho So Pedro e So Paulo20 de julho Independncia Nacional7 de agosto Batalha de Boyac17 de agosto Assuno de Nossa Senhora12 de outubro Dia das Raas2 de novembro Dia de Todos os Santos16 de novembro Independncia de Cartagena8 de dezembro Imaculada Conceio25 de dezembro Natal

  • PANORAMA

    COLMBIA

    43

    REFERNCIAS

    MRE, Ministrio das Relaes Exteriores. Material: Como exportar Colmbia, Braslia, 2012.

    APEX, Agncia Brasileira de Promoo s Exportaes. Material: Colmbia- Perfil e Oportunidades Comerciais. 2012.

    PROEXPORT. Material: Colombia: Aliado estratgico para empresarios brasileiros, Setembro, 2013.

    PROCOLOMBIA. Material: Crescimiento, confianza y oportunidades para invertir, 2014.

    PROCOLOMBIA. Material: Infraestructura logstica, transporte de carga en Colombia, 2015.

    DANE, Departamentos Administrativo Nacional de Estadstica. Material: Cuentas anuales Departamentales-Colombia Producto Interno Bruto (PIB) 2012 definitivo y 2013 provisional, Bogot, 29 de abril de 2015.

    DANE. Departamentos Administrativo Nacional de Estadstica. Material: Comunicado Prensa, Abril, 2015.

    MDIC, Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior. Material: Plano Nacional de Exportaes 2015-2018, 2015.

    FMI, Fundo Monetrio Internacional. Material: 2015 Lima- Annual Meeting- WorldBank Group-International Monetary Fund- Statement by the Hon.Mauricio Cardenas Santamaria.Governor of the Bank for Colombia, 09 de outubro de 2015.

    ICEX Espaa Exportacon e Inversiones. Disponvel em: . Acesso em 15 de outubro de 2015.

    MDIC, Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior. Disponvel m

    FMI, Fundo Monetrio Internacional. Disponvel em: < http://www.imf.org>

    COFACE, A Compagnie Franaise dAssurance pour le Commerce Extrieur. Disponvel em

    TRADEMAP, Trademap International. Disponvel em

  • PANORAMA

    COLMBIA

    44

    BM, Banco Mundial. Disponvel em

    EMBAIXADA DA COLMBIA NO BRASIL. Disponvel em< http://brasil.embajada.gov.co>.

    ANTT, Agncia Nacional de Transporte Terrestre. Disponvel em < www.antt.gov.br> . Acesso em 20 de outubro de 2015.

    CIA, Tbe World Fact Book. Disponvel em < https://www.cia.gov>. Acesso em 14 de outubro de 2015.

    WORLDPORTSOURCE. Disponvel em < http://www.worldportsource.com/>. Acesso em 22 de outubro de 2015.

    COLMBIA MODA. Disponvel em < www.colombiamoda.com> . Acesso em 09 de outubro de 2015.

    AGROEXPO. Feira Internacional Agropecuria e de Indstrias Afins. Disponvel em < www.agroexpo.com> Acesso em 09 de outubro de 2015.

    EXPOCONSTRUO E EXPODESENHO. Disponvel em < www.expoconstruccionyexpodiseno.com> Acesso em 09 de outubro de 2015.

    ANDIGRAFICA. Disponvel em < www.feiraandigrafica.com> Acesso em 09 de outubro de 2015.

    ANDINAPACK. Disponvel em < www.andinapack.com> Acesso em 09 de outubro de 2015.

    CIRCUITO MODA. Disponvel em < www.ifls.com.co> Acesso em 09 de outubro de 2015.

    COLOMBIATEX DAS AMRICAS. Disponvel em < http://colombiatex.inexmoda.org.co> Acesso em 09 de outubro de 2015.

    DECOLAR.COM. Disponvel em < http://www.decolar.com/> . Acesso em 09 de outubro de 2015.

    FOLHA DE SO PAULO. Matria: Brasil e Colmbia assinam acordo automotivo, meta o acordo de livre-comrcio. Disponvel em < http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/10/1692321-brasil-e-colombia-assinam-acordo-para-negociar-area-de-livre-comercio.shtml> . Acesso em 19 de outubro de 2015.

  • PANORAMA

    COLMBIA

    45

    EBC.AGENCIA BRASIL.Matria: Relao econmica Brasil-Colmbia est quem do potencial, dizem especialistas. Disponvel em < http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2015-10/relacao-comercial-brasil-colombia-esta-aquem-do-potencial-dizem>. Acesso em 10 de outubro de 2015.

    G1, GLOBO. Matria: Brasil e Colmbia fecham acordo no setor automotivo. Disponvel em < http://g1.globo.com/carros/noticia/2015/10/brasil-e-colombia-fecham-acordo-no-setor-automotivo.html> .Acesso em 27 de outubro de 2015.

    CNI, Confederao Nacional da Indstria. Portal da Indstria. Matria: Conhea alguns motivos que tornam a Colmbia importante para o mercado brasileiro. Disponvel em < http://www.portaldaindustria.com.br/cni/imprensa/2015/10/1,73963/conheca-alguns-dos-motivos-que-tornam-a-colombia-importante-para-o-mercado-brasileiro.htm> Acesso em 19 de outubro de 2015.

    EL TIEMPO. Matria: Listo primer gran corredor frreo de 554,3 KM para revivir tren. Disponvel em: http://www.eltiempo.com/economia/sectores/infraestructura-en-colombia/16412922 . Acesso em 26 de outubro de 2015.

    MRE, Ministrio das Relaes Exteriores. Disponvel em < http://www.itamaraty.gov.br/>

    PROCOLOMBIA. Disponvel em < http://www.procolombia.co/en>

  • ENTRE EM CONTATO COM O CIN/MS:AV. AFONSO PENA, 1206 1 ANDAR AMAMBA

    CAMPO GRANDE MATO GROSSO DO SULE-MAIL: [email protected]: WWW.FIEMS.COM.BR

    TEL: 67 3389-9150

    PASES EM FOCO

    PANORAMA

    COLMBIA