Palestra USP - Biologia do comportamento do consumidor

download Palestra USP - Biologia do comportamento do consumidor

of 38

  • date post

    23-Jun-2015
  • Category

    Business

  • view

    901
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Esta é a palestra que fiz para o curso de pó-graduação da USP sobre os aspectos biológicos que influenciam o comportamento do consumidor.

Transcript of Palestra USP - Biologia do comportamento do consumidor

  • 1. Palestra USP Biologia do Comportamento do Consumidor Pedro Camargo

2. Fatos e vieses cognitivos que a pesquisa tradicional no revela. 3. Somos seres biolgicos, portanto, fazer pesquisa de mercado sem buscar respostas na biologia e como dizer que um vinho bom somente pela embalagem. 3. Fatos 1. A evoluo biolgica muito mais lenta do que a evoluo cultural, por isso agimos ainda como nossos ancestrais. 4. Fato 2. O aprendizado se d em nvel ontogentico e tambm filogentico. Portanto temos hbitos ancestrais. 5. fato Os shoppers tm um repertrio comportamental que resulta da interao entre a filogenia ( a histria evolutiva da espcie) e a ontogenia (a histria evolutiva do indivduo) 6. Fatos 3. Nosso crebro decide milsimos de segundos antes de termos conscincia do ato. 7. Fatos 4. Agimos basicamente em funo da sobrevivncia e da reproduo. 8. Fatos 5. O crebro pode processar 126 informaes por segundo, 7.560 por minuto e quase meio milho por hora. De 80% a 95% das nossas atividades cognitivas acontecem abaixo dos nveis conscientes. 9. fato Nossos sentidos captam aproximadamente 11 milhes de bits de informao por segundo, enquanto a parte consciente do crebro capaz de processar apenas 40 bits de informao por segundo. 10. Fato 8. Ningum fica chateado que h uma diferena inata da capacidade pulmonar ou se existem diferentes habilidades motoras e atlticas. Mas quando se trata do crebro, que um rgo do corpo, como qualquer outro, as pessoas no aceitam que existem diferenas inatas. 11. Fato A racionalidade uma viso antropocntrica do comportamento humano 12. ...Mas o crebro dinmico ( emocional, racional e automtico) A economia busca o comportamento racional puro... 13. Histrias de shoppers Sinto-me um pouco confusa, guio-me pela minha intuio na escolha Se estou muito triste vou a uma loja e compro sapatos, mas, por outro lado se me sinto muito feliz tambm vou a uma loja e compro sapatos 14. Pare e Pense Planejamento e estratgias da loja, so calcados na equao = racional x emocional. Na viso social a escolha racional opositora escolha emocional 15. Sistema automtico (intuitivo, instintivo e com pouca conscincia dos atos) Animal/Irracional Sistema reflexivo ( reflexivo e racional) Humano/Racional 16. Viso tridimensional do Crebro 17. O crebro do Shopper Somos Caador- coletores. 98% do tempo da existncia do homem foi baseada no comportamento de caa e coleta. 18. hbitos Somos criaturas de hbitos, porque uma vantagem evolutiva. Habito a tendncia de seguir uma pratica repetitiva. Tendo habito 1. no temos que engajar o crebro numa nova ao ( gasta energia cerebral) e 2. podemos evitar perigos aderindo ao seguro um caminho comprovado anteriormente. Consumidores tm hbitos e seguem rotinas similares ( e automticas) todos os dias 19. O crebro do Shopper O crebro reptiliano mudou pouco nos ltimos 200.000.000 anos, e uma relquia do nosso passado pr- mamferos. As partes superiores do crebro so adies mais recentes. Parece que todo pensamento deve passar pela parte dos rpteis. 20. Como falar com o caador-coletor e o crebro reptiliano? 21. Ele nunca acha nada ! Memria espao-visual 22. Ela se perde no caminho! Memoria para localizao de objetos 23. Passa mais tempo escolhendo o presente perfeito. 24. O padro masculino de compras de caador Get in, get it, get out 25. Os homens, caadores com habilidades espaos- visuais que lhes permitiram seguir animais por dias e longas distncias, sem um mapa para voltar para casa; e as mulheres, coletoras, com habilidades como memria para localizao de objetos que lhes permitiam lembrar-se de arbustos e rvores com frutos. 26. Meninos bebes olham objetos 27. Bebes do sexo feminino preferem rostos 28. O consultor de vendas 29. Os hormnios produzem um efeito enorme sobre nosso humor. So substncias qumicas muito poderosas que ajudam o organismo a se manter funcionando. A palavra hormnio derivada do termo grego hormo, que significa pr em marcha, portanto, fazer agir. 30. MULHER e a OVULAO. 31. HOMEM e TESTOSTERONA. 32. HOMENS e TESTOSTERONA X MULHERES e OCITOCINA 33. Pense nisso Insanidade fazer a mesma coisa, da mesma maneira e esperar um resultado diferente Muito obrigado Pedro Camargo www.pedrocamargo.co 34. Assista a palestra - http://goo.gl/E90rM