Parte II.I-Doencas associadas

Click here to load reader

  • date post

    07-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Material didático da aula do Prof. Me. Guilherme Borges Pereira. Aborda a Fisiopatologia e Doenças Associadas, Histórico da Prevalência e Etiologia da Obesidade, Balanço Energético, Índice de Massa Corporal, Medida da cintura e Relação cintura/quadril, Obesidade: Prescrição do Exercício Físico, Tratamento da Obesidade, Prescrição do Exercício Físico (Parte III)

Transcript of Parte II.I-Doencas associadas

  • ObesidadeFisiopatologia e

    Doenas Associadas Parte II

  • Contedo ProgramticoObesidade: Prescrio do Exerccio Fsico

    Prof. Me. Guilherme Borges Pereira

    - Definio (Parte I)- Histrico da Prevalncia e Etiologia da Obesidade- Balano Energtico- ndice de Massa Corporal, Medida da cintura e Relao cintura/quadril- Fisiologia do Tecido Adiposo (Parte II)- Fisiopatologia das Doenas Associadas

    - Sndrome Metablica, Resistncia insulina, Dislipidemias, Ateroesclerose, hipertenso, Insuficincia Cardaca, Sndrome metablica

    - Tratamento da Obesidade- Prescrio do Exerccio Fsico (Parte III)

  • OBESIDADE E CORAO

    Aumento do peso cardaco

    Hipertrofia Cardaca

    Aumento da gordura epicrdica

  • ARTRIA NORMAL

    ARTRIA ATEROSCLERTICA

  • HIPERTENSO Alta correlao entre obesidade e valores

    pressricos

    50% dos obesos (hipertenso)

    Medidas de relao cintura/quadril ou cintura mostra uma

    correlao positiva entre a obesidade central e elevao

    dos valores pressricos

    Perda de peso - queda nos valores pressricos

    (0,3 a 1 mmhg)

  • INSUFICINCIA CARDACA CONGESTIVA

    a incapacidade do corao em bombear sangue suficiente para que os tecidos possam atender a

    demanda

    decorrente de uma sobrecarga com dispnia de esforo ou postural e menor

    tolerncia ao exerccio

    A obesidade leva ao aumento da trabalho cardaco proporcional ao aumento do peso

    corpreo.

  • HIPERTROFIA VENTRICULAR CONCNTRICA

  • Acidente Vascular Cerebral

    Reduo ou suspenso potencialmente fatal do suprimento

    sanguneo para uma parte do crebro que resulta em dano de suas

    clulas

  • (fortemente associada a resistncia insulinica e obesidade)

    ESTEATOSE-HEPATICA NO ALCOLICA

  • FGADO NORMAL

    FGADO COM ESTEATOSE HEPTICA NO ALCLICA

  • SINDROME METABLICA

  • RESISTNCIA A INSULINA

    INFLAMAO

    SINDROME METABLICA

    OBESIDADE ABDOMINAL

    DIABETES

    HIPERTENSO

    DISLIPIDEMIA

    CARDIOPATIA

    ATEROSCLEROSE

  • ObesidadeVisceral

    ResistnciainsulinaSNDROME

    METABLICA

    Estadoinamatrio

    PCR

    DMII

    PAI1TNF IL6

    LepKnaResisKna

    DOENASCARDIOVASCULARES

    InamaoVascular

    EstresseOxidaKvo

    DMASO,2009

  • Adiposidade normal

    Ausncia de Atividade Fsica/Exerccio

    Aumento do consumo de gordura

    e acar

    Balano Energtico POSITIVO

    Fumo Predisposio Gentica Resposta inadequada ao estresse

  • Obesidade Subcutnea Obesidade Visceral

    Metabolismo de AGLs alterado

    Liberao alterada de

    ADIPOCINAS

    Pouca gordura muscular

    Pouca gordura no Epicrdio

    Pouca gordura e Funo Normal

    Aumento da gordura muscular

    (Lipdio intracelular)

    Aumento da gordura do Epicrdio

    Aumento da gordura e funo

    alterada

    Perfil metablico NORMAL

    Perfil metablico ALTERADO

    Ausncia de critrios clnicos para sindrome metablica

    Presena de critrios clnicos

    para sindrome metablica

  • Contedo ProgramticoObesidade: Prescrio do Exerccio Fsico

    Prof. Me. Guilherme Borges Pereira

    - Definio (Parte I)- Histrico da Prevalncia e Etiologia da Obesidade- Balano Energtico- ndice de Massa Corporal, Medida da cintura e Relao cintura/quadril- Fisiologia do Tecido Adiposo (Parte II)- Fisiopatologia das Doenas Associadas

    - Sndrome Metablica, Resistncia insulina, Dislipidemias, Ateroesclerose, hipertenso, Insuficincia Cardaca, Sndrome metablica

    - Tratamento da Obesidade- Prescrio do Exerccio Fsico (Parte III)

  • TRATAMENTO DA

    OBESIDADE

  • TRATAMENTO Objetivo: Reduo ponderal

    5-10% do peso inicial Melhora da comorbidades Velocidade de perda ponderal

    recomendada 2-4Kg/ms ( perda de massa magra)

    Comportamental Dieta Atividade fsica / Exerccio Fsico Modificao comportamental

    Medicamentoso Cirrgico

  • Dietas baseadas em princpios alimentares saudveis e que incluem u m p e q u e n o d f i c i t c a l r i c o apresentam melhor prognstico em longo prazo, pp/ se associadas a outras estratgias de tratamento

    0,5 a 1,0 kg/sem - 500-1000Kcal/dia. Eficaz, bem tolerada e manuteno

    da perda ponderal superior dietas muitos restritivas.

    DIETA

  • Calorias Valor calrico total Carboidrato 55-60% Protenas 15% Gorduras < 30%

    -AG saturados

  • TRATAMENTO FARMACOLGICO Indicao

    IMC > 30 kg/m2 IMC > 27 kg/m2 + comorbidades

    Antes da indicao teraputica Investigar

    Hbitos alimentares Padro de atividade fsica Sintomas depressivos Comorbidades Tratamentos prvios

  • TRATAMENTO FARMACOLGICO

    Modulao do Apetite Sibutramina

    10-20 mg/dia

    Dietilpropiona 25-75 mg/dia

    Femproporex 25-50mg/dia

    Mazindol 1-3 mg/dia

    Disabsortivos Orlistat

    120mg X 3

  • TRATAMENTO FARMACOLGICO

    DADOS Perodo

    Mdia de perda pondera (Subtrada do

    placebo)

    Sibutramina Metanlise 24 estudos

    52 sem -4,45 Kg

    Orlistat Metanlise 23 estudos

    52 sem -2,78Kg

    Dietilpropiona Metanlise 13 estudos

    6-52 sem -3 Kg

    Rimonabanto Reviso sist.

    4 estudos 52 sem -4,9 Kg

  • TRATAMENTO CIRRGICO

  • Indicaes Diversas tentativas de tto convencional sem

    sucesso INSUCESSO = reduo peso no-satisfatria e/ou no-

    sustentada - 5% ou + por 5 anos

    IMC 40, mesmo na ausncia de comorbidades

    IMC entre 35-40 kg/m2 + comorbidades IMC entre 30-35 + comorbidade GRAVE

    Faixa etria indicada:18-60 anos IMC + comorbidades de risco h pelo menos dois

    anos + ttos convencionais (mnimo de 3 meses com insucesso ou recidiva)

    exceto: IMC > 50

    TRATAMENTO CIRRGICO

  • TRATAMENTO CIRRGICO

    Excluso Adio drogas/lcool (exceto:

    abstinncia h + de 2 anos) Doena mental Doena clnica grave (angina

    instvel, IAM recente, etc) Cncer (exceto: remisso

    mnima de 3 anos)

  • TRATAMENTO CIRRGICO

  • Contedo ProgramticoObesidade: Prescrio do Exerccio Fsico

    Prof. Me. Guilherme Borges Pereira

    - Definio (Parte I)- Histrico da Prevalncia e Etiologia da Obesidade- Balano Energtico- ndice de Massa Corporal, Medida da cintura e Relao cintura/quadril- Fisiologia do Tecido Adiposo (Parte II)- Fisiopatologia das Doenas Associadas

    - Sndrome Metablica, Resistncia insulina, Dislipidemias, Ateroesclerose, hipertenso, Insuficincia Cardaca, Sndrome metablica

    - Tratamento da Obesidade- Prescrio do Exerccio Fsico (Parte III)

  • ObesidadeFisiopatologia e

    Doenas Associadas Parte II