PMA II geral

download PMA II geral

of 34

Embed Size (px)

Transcript of PMA II geral

Universidade Anhanguera Uniderp Centro de Educao a Distncia Curso Superior em Marketing

Mariana Cristina Oliveira Bifano - RA: 213547 Marilene Galdino - RA: 222815 Rogrio de Souza - RA: 194837

PLANO DE MARKETING

Mariana Cristina Oliveira Bifano - RA: 213547 Marilene Galdino - RA: 222815 Rogrio de Souza - RA: 194837

SOROCABA/SP Dezembro/2011

PLANO DE MARKETING

Projeto multidisciplinar de auto-aprendizagem II apresentado como requisito de avaliao no Curso de Tecnologia em Marketing, do Centro de Educao a Distncia da Universidade AnhangueraUniderp, turma do 4 semestre sob a orientao da Prof-Tutor a distncia Fabiana Biazett

Mariana Cristina Oliveira Bifano - RA: 213547 Marilene Galdino - RA: 222815 Rogrio de Souza - RA: 194837

SOROCABA/SP Dezembro/2011

SUMRIO

1 . PLANEJAMENTO.............................................................................................................. 4 1.1 SUMARIO EXECUTIVO............................................................................................... 4 1.2 ANLISE DO AMBIENTE............................................................................................ 5 1.3 DEFINIO DO PBLICO-ALVO ............................................................................. 7 MACROAMBIENTE .................................................................................................................... 7 ANLISE NATURAL ................................................................................................................... 7 ANLISE TECNOLGICA ........................................................................................................... 8 ANLISE SOCIAL ...................................................................................................................... 8 ANLISE ECONMICA .............................................................................................................. 9 ANLISE POLTICA ................................................................................................................... 9 MICROAMBIENTE .............................................................................................................. 10 MERCADO .............................................................................................................................. 10 CONSUMO DE COMBUSTVEIS....................................................................................... 11 CONCORRENTES DIRETO............................................................................................... 11 CONCORRENTES INDIRETO .......................................................................................... 13 ANALISE SWOT ................................................................................................................... 13 AMEAAS E OPORTUNIDADES ...................................................................................... 14 OPORTUNIDADES .................................................................................................................... 14 AMEAAS ............................................................................................................................... 14 PONTOS FRACOS E FORTES............................................................................................ 14 PONTOS FORTES ..................................................................................................................... 14 PONTOS FRACOS .................................................................................................................... 15 1.4 DEFINIO DO POSICIONAMENTO DE MERCADO: COMO O CLIENTE V O SEU NEGCIO ...................................................................................................................... 15 1.5 DEFINIO DA MARCA ............................................................................................. 16 1.6 DEFINIO DE OBJETIVOS E METAS ................................................................... 17 OBJETIVO ............................................................................................................................. 17 METAS .................................................................................................................................... 17 1.7 DEFINIO DAS ESTRATGIAS DE MARKETING ............................................. 18 1.7.1 O COMPOSTO DE MARKETING ....................................................................................... 18 1.7.2 PRODUTO ....................................................................................................................... 18 1.7.4 PREO........................................................................................................................... 20 1.7.5 PRAA .......................................................................................................................... 20 2 IMPLEMENTAO DO PLANO DE MARKETING ................................................. 21 2.1 FORMULAO ESTRATGICA DE MARKETING .......................................... 21

2.2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO. ....................................................................... 22 2.2.1 POSICIONAMENTO ......................................................................................................... 22 2.2.2 LINHA DE PRODUTOS (MANTER O MIX E O NVEL DE DESEMPENHO DOS PRODUTOS) ..... 23 2.2.3 PREO (MENSURAR O VALOR DA EFICCIA DO CONSUMIDOR)....................................... 23 2.2.4 PONTOS DE DISTRIBUIO (DIVERSIFICAO DO CANAL DE MARKETING) ..................... 23 2.2.5 FORA DE VENDAS (ENDOMARKETING) ........................................................................ 24 2.2.6 SERVIOS (DIFERENCIAO ATRAVS DE SERVIOS QUE AGREGAM VALOR A MARCA) 25 2.2.7 PROPAGANDA (DIFERENCIAO ATRAVS DA IMAGEM)................................................ 26 2.2.8 CUSTOS......................................................................................................................... 27 2.2.8.2 Material Grfico Grfica Karoll ..................................................................... 28 2.2.8.3 Coffe Breack ...................................................................................................... 28 2.2.8.4 Brindes ............................................................................................................... 28 CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAO ....................................................................... 29 PLANO FINANCEIRO ......................................................................................................... 30 3. AVALIAO E CONTROLE ......................................................................................... 31 3.1 REPRESENTAO DA VERBA DE MARKETING NO FATURAMENTO ........ 31 3.2 TEMPO DE RECUPERAO DO INVESTIMENTO ............................................ 31 CONCLUSO......................................................................................................................... 32 REFERNCIAS ..................................................................................................................... 33

4

1 . PLANEJAMENTO

Vivemos um momento onde cada dia precisamos de solues para problemas criados pela evoluo, onde planejamento e crescimento so palavras chaves para a sobrevivncia de uma empresa no mercado.

1.1 SUMRIO EXECUTIVO Diante de um mercado dinmico e competitivo, faz-se necessrio que as empresas estejam preparadas para que a concorrncia no venha a suprimir suas potencialidades e capacidades internas ou minar sua competitividade. A estratgia de Marketing desenvolvida para a empresa Nuntec Solues tem como principal objetivo expandir as atividades da empresa para o maior plo econmico do pas, o Estado de So Paulo, onde se encontram as maiores oportunidades de negcios, focando suas estratgias para o produto GTA. Para este planejamento estratgico, foi fundamental definir a organizao, entender a histria da empresa, pesquisar a fundo seus produtos e o mercado ao qual ela est inserida, analisar os concorrentes e seu posicionamento no mercado, para elaborar um plano de execuo. O plano de marketing para 2011 procura gerar um aumento nas vendas e no faturamento da empresa, focando as aes de marketing na divulgao da segurana que o software oferece, na economia de combustvel, e instituir o apelo ambiental a marca. Esse crescimento ser possvel adotando melhorias em propaganda, distribuio e aumentando o share de mercado. O objetivo deste projeto expandir o share de mercado da empresa Nuntec Solues e focar suas aes de marketing no produto GTA e assim aumentar o faturamento da empresa em relao ao ano anterior. A empresa j possui uma imagem forte na regio Sul do pas, e j tem seus produtos voltados para o segmento de controle de abastecimento martimo bem posicionado no mercado. Agora a empresa precisa expandir suas atividades no segmento de controle de frotas terrestres e para isso precisa desenvolver um planejamento voltado ao produto GTA, que o software voltado a esse segmento.

5

Esse crescimento possvel adotando melhorias na rea comercial, propaganda e distribuio e aumentando o share de mercado. 1.2 ANLISE DO AMBIENTE Situada em Santa Catarina, a Nuntec Solues foi formada 2007 por profissionais com mais de 40 anos de experincia na rea de distribuio de combustveis e com profissionais com alta formao na rea de tecnologia, dividida entre software e hardware. A empresa atua no setor de controle de abastecimento de frotas, martima e rodoviria, produzindo sistemas informatizados com alto grau de segurana. A idia foi desenvolver um produto que resolvesse de forma prtica a fiscalizao do abastecimento de diesel martimo em barcos com subveno econmica. O governo federal atravs da SEAP, criou o Programa de Subveno Econmica ao Preo do leo Diesel Martimo para a Pesca Artesanal. Esse programa equaliza o preo do leo diesel martimo para a frota pesqueira nacional ao preo praticado para as embarcaes estrangeiras, aumentando a competitividade do pescado brasileiro no mercado internacional. A subveno proporcionada pelo governo consiste na iseno integral do ICMS e o ressarcimento de at 25% da diferena do valor gasto com combustvel, pelos pescadores. O Programa conta com a participao dos estados: Amazonas, Esprito Santo, Paran, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Piau, So Paulo, Par, Rio Grande do Norte, Cear, Rio de Janeiro e Paraba. O governo Federal em 2006 abriu licitao para obter uma empresa de controle de abastecimento oficial para o programa, pois o controle de abastecimento precisava ser eficaz e seguro. A viso empreendedora de Eduardo Nunes16, fez com que ele buscasse parceiros e desenvolvesse um sistema informatizado de controle de combustvel seguro e eficaz que tivesse condies de ganhar essa licitao do governo, e assim em 2007 foi criada a Nuntec Solues. A empresa inicialmente desenvolveu o produto CONTROLE DO DIESEL MARITIMO COM SUBVENO ECONOMICA (CDMS). Esse sistema registra os dados da embarcao, como o seu registro, horas trabalhadas pelo motor, consumo de combustvel e toda a quantidade de combustvel abastecida. Esses dados so enviados para um posto fixo de abastecimento ou caminho de abastecimento da embarcao. As informaes so processadas pelo CDMS , que faz a checagem da embarcao, e assim libera o abastecimento. Esses dados so enviados para a

6

SEAP que pode fazer o ressarcimento aos pescadores com maior segurana, pois o sistema totalmente informatizado. A Nuntec Solues com sua tica e qualidade de seu produto ganhou a licitao e desde 2007 a empresa oficial do programa de subveno econmica do governo federal. A partir da foram surgindo novas oportunidades de negcios, a empresa que atuava inicialmente no setor de abastecimento de frotas martimas percebeu novas oportunidades no setor de transportes terrestres. As grandes empresas, que utilizavam muito combustvel para o funcionamento de suas mquinas, como tratores, empilhadeiras e empresas de logstica que possuam frotas de caminhes necessitavam de um controle muito grande da quantidade de combustvel utilizada, pois o custo do combustvel representava muito em seu oramento. Essas empresas faziam um controle manual, em planilhas preenchidas por funcionrios que acompanhavam os abastecimentos. Esses sistema manual permitia muitas fraudes e devios. Em um mundo tecnolgico, onde praticamente todas as empresas so controladas atravs da tela do computador, ficou evidente que, para as empresas terem uma gesto eficiente no controle de combustvel, seria necessrio que as empresas tivessem sistemas informatizados para que o trabalho se tornasse cada vez mais eficaz, seguro e econmico. Identificando essa grande oportunidade de mercado e tendo tecnologia disponvel para atender essa demanda a empresa acrescentou em seu portflio de produtos um sistema de controle de abastecimento para frotas terrestres. O produto GESTO TOTAL DO ABASTECIMENTO (GTA), que inibe fraudes, desvios e proporciona maior economia de combustvel para empresas que possuem postos mveis ou fixos de abastecimento de suas frotas. Esse sistema produz relatrios detalhados, com todos os dados referentes aos abastecimentos de todas as mquinas ou equipamentos das frotas. Hoje a Nuntec Solues produz o mais seguro sistema de controle de abastecimento de frotas do mercado, pois seu sistema de acoplamento entre a pistola de abastecimento e o tanque de combustvel faz com que seja impossvel acontecer desvios de combustvel e com isso a empresa ganha cada dia mais credibilidade no mercado. Nesses 4 anos de existncia a empresa atende os estados do Rio de Janeiro e de Santa Catarina no segmento martimo, e pretende crescer no setor de controle de frotas rodovirias. Segundo Stoner (1999, p. 230), estrutura organizacional a forma pelo quais as atividades de uma organizao so divididas, organizadas e coordenadas. A Nuntec trabalha sua estrutura organizacional de forma onde as atividades so divididas, organizadas e coordenadas atravs de um organograma que est dividido em trs nveis:

7

Nvel estratgico: aquele que geralmente executado com uma viso mais mediata, isto , mais em longo prazo representa um impacto mais amplo, profundo e duradouro sobre a organizao e elaborado pelo seu mais alto escalo hierrquico; Nvel ttico: o principal objetivo o de traduzir as decises estratgicas em aes efetivas a serem implementadas pelos mais diversos setores da organizao; Nvel operacional: os esforos so direcionados para cada processo ou projeto da organizao, onde so aplicadas em setores especficos e por serem decises fceis so revistas a todo o momento, quando necessrio.

1.3 DEFINIO DO PBLICO-ALVO

MACROAMBIENTE O estudo consiste na analise natural, tecnolgica, social, econmica, poltica do ambiente onde a empresa est inserida e para analisar que tipo de ameaas e oportunidades o ambiente externo podem oferecer aos negcios da empresa. ANLISE NATURAL A preocupao da preservao do ambiente natural do Brasil, principalmente sobre a escassez de suas matrias prima, e os nveis mais altos de poluio que so lanados na atmosfera so cada dia maiores. Apesar de o Brasil ser um dos maiores produtores de petrleo do mundo, esta fonte de energia pode acabar com facilidade levando em conta que, para a produo natural do petrleo so necessrios milhes de anos e que o consumo da maioria de suas reservas j est sendo utilizadas. Entende-se que se consumimos em sculos em algum dia essa fonte de energia ir se esgotar. Segundo a ANP o petrleo ir se esgotar em 70 anos. O comprometimento e o respeito com normas de preservao do meio ambiente um exerccio de responsabilidade social cada dia mais presente na sociedade brasileira.

8

ANLISE TECNOLGICA

O Brasil est se tornando uma grande potncia no desenvolvimento de novas tecnologias para a produo de novas fontes de energias. O pas pode ser um grande investidor no mercado mundial de tecnologia em pesquisas para obter outras fontes de combustveis. Um exemplo de pesquisa e investimento em tecnologia que deu certo foi o etanol. A necessidade surgiu no ano de 1975 quando o governo brasileiro comeou a investir na produo de lcool ao invs de utilizar sempre a gasolina e diesel como combustvel puro. Um dos fatores era o preo do acar que estava em baixa no mercado mundial Segundo o Sindicato das Distribuidoras de Combustvel Sindicom, no ano de 2008 o consumo de Etanol em veculos leves superou o de gasolina. A tecnologia para destilar o etanol de cana e mistur-lo gasolina tem um custo baixo e fcil de obter. Praticamente todos automveis podem utilizar o etanol com a tecnologia fexfuel esses automveis funcionam tanto com gasolina ou lcool o que facilita, pois assim pode haver sua mistura em qualquer proporo e j os carros antigos podem ter no Maximo uma mistura de 10 % de etanol. O mercado internacional do etanol tem crescimento elevado e os pases industrializados j adotaram ou esto em fase de estudo para a mistura do etanol-alcool e se isso de fato acontecer irar criar um vasto mercado internacional para o desenvolvimento de tecnologia sobre o etanol e sua distribuio em um futuro prximo teremos uma demanda elevada no controle de distribuio. O grande desenvolvimento da indstria de softwares no Brasil, tem tornado o Brasil como um dos pases que mais se desenvolvem nesse setor. Cada dia mais os brasileiros modernizam suas empresas para se tornarem competitivas no mercado e isso impulsiona cada dia mais o desenvolvimento do setor de desenvolvimento de softwares. ANLISE SOCIAL O ambiente sociocultural brasileiro mostra que a sociedade cada dia tem um interesse maior na preservao e na conservao da natureza. A sociedade entende a necessidade da preservao dos recursos naturais, no controle e manuteno do ecossistema para garantir a qualidade de vida de futuras geraes. As empresas que no possuem um apelo sustentvel esto perdendo mercado para empresas que tem em sua poltica a preservao com o meio ambiente. Em se tratando do produto oferecido pela Nuntec Solues, seu sistema de acoplamento garante que o

9

combustvel nunca entrar em contato com o solo. Essa uma das principais preocupaes da engenharia ambiental em grandes obras dentro de reservas ambientais, o produto tambm oferece uma diminuio de 20% de poluentes lanados na atmosfera, devido economia de combustvel que ele proporciona. Outro fator que pode ser considerado importante para o macroambiente da empresa o aumento do aceso do brasileiro tecnologia, cada dia a sociedade se acostuma e faz mais uso dos computadores. Estamos na era da revoluo digital e a sociedade brasileira utiliza os recursos informatizados para realizao de seus trabalhos e de seus meios de diverso. O acesso a internet est cada dia mais facilitado e nas empresas os sistemas informatizados so cada vez mais comum, criando na sociedade sua adequao s novas tecnologias. Isso facilita a implantao do sistema de controle de abastecimento que a empresa oferece, pois a sociedade cada dia busca novas formas de tecnologia. ANLISE ECONMICA A analise econmica envolve poder de compra das pessoas, fazendo parte dessa anlise de distribuio de renda, poupana, endividamento e disponibilidade de credito. Segundo dado do Banco Central estima - se o crescimento da economia em 2010, com uma projeo para a alta do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e servios produzidos no pas. O crescimento da economia brasileira pode gerar a criao e desenvolvimento de novas empresas e principalmente o aumento da quantidade de combustvel utilizada por elas, criando assim uma grande necessidade de controle. O crescimento econmico tambm vai gerar uma demanda pela infra estrutura brasileira, e isso vai gerar um estimulo na construo civil. ANLISE POLTICA Este ambiente composto por leis, agncias governamentais e grupos de presso que influenciam e limitam as organizaes e indivduos. s vezes, as leis criam novas oportunidades de negocio. O governo entende a necessidade de criar leis para o controle de distribuio dos derivados de petrleo. Pois necessria uma distribuio controlada do petrleo, por se tratar de uma fonte de energia esgotvel. O governo do Brasil tem criado leis e departamentos responsveis que

10

melhore a explorao e distribuio do petrleo para que no haja fraude e um aproveitamento sem desperdcios. O ministrio de minas e energia cria a poltica setorial do petrleo e seus derivados que visam preservar o interesse nacional, promover a concorrncia entre as empresas, conservar a energia, preservar o meio ambiente e a valorizao dos recursos energticos. Um dos principais incentivos do governo que est diretamente ligado empresa Nuntec Solues foi a criao da Secretaria Estadual de Aquicultura e Pesca (SEAP), que regulamenta e faz aes para o desenvolvimento do setor. Uma das aes da SEAP foi criar um incentivo para o setor de pesca brasileiro, atravs da lei n 9.445, de 14 de maro de 1997. Essa lei criou o Programa de Subveno Econmica ao Preo do leo Diesel Martimo para a Pesca Artesanal. Esse programa equaliza o preo do leo diesel martimo para a frota pesqueira nacional ao preo praticado para as embarcaes estrangeiras, aumentando a competitividade do pescado brasileiro no mercado internacional. A subveno proporcionada pelo governo consiste na iseno integral do ICMS e o ressarcimento de at 25% da diferena do valor gasto com combustvel, pelos pescadores. O Programa conta com a participao dos estados: Amazonas, Esprito Santo, Paran, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Piau, So Paulo, Par, Rio Grande do Norte, Cear, Rio de Janeiro e Paraba. MICROAMBIENTE MERCADO No existe um sindicato ou associao que regulamente o mercado de desenvolvimento de software para a automao de abastecimento, por esse motivo muito difcil obter dados concretos sobre o mercado, como: valores de crescimento de mercado e quantidade de empresas que existem nesse segmento. Os que obtemos atravs de pesquisa, foram dados como: o crescimento de consumo de combustveis, o desenvolvimento das empresas que produzem software no Brasil e dados da concorrncia.

11

CONSUMO DE COMBUSTVEIS Segundo Allan Kardec Duailibe, o mercado de combustveis no Brasil ter um forte crescimento no ano de 2011, aumento que pode chegar a 9%, o mesmo percentual observado em 2008, que passou de 97,8 bilhes de litros consumidos para os 105,9 bilhes de litros. Em 2009 o consumo cresceu 2,7%, passando de 105,9 bilhes de litros em 2008 para 108,8 bilhes. O maior crescimento foi registrado no etanol hidratado, cujo consumo passou de 13,2 bilhes de litros em 2008 para 16,4 bilhes em 2009, um aumento de 23,9%. A mistura do biodiesel no diesel, que em 2009 subiu de 3% para 4%, alavancou o consumo do combustvel em 1,1 bilhes de litros, para 1,5 bilhes, um aumento de 39%. Com o desempenho do etanol e do biodiesel, os combustveis renovveis aumentaram em 14% a participao na matriz de consumo veicular do Brasil, passando de 19,5% para 22,3%. O consumo de gasolina aumentou 0,19% para 25,4 bilhes de litros, e o de QAV cresceu de 5,2 bilhes para 5,4 bilhes, ou 3,8%. CONCORRENTES DIRETO Os concorrentes mais diretos de uma empresa so aqueles que perseguem os mesmo mercados alvo e adotam estratgias semelhantes. Grupo estratgico o conjunto de empresas que segue a mesma estratgia em determinado mercado-alvo. Qualquer empresa precisa identificar o grupo estratgico em que est concorrendo. Os principais concorrentes da Nuntec no mercado de controle de combustveis so a empresa Ionics e a Excell BR cada um deles tem uma estratgia e nicho especfico no mercado. Dados da concorrncia - Ionics O pensamento IONICS nasceu de uma idia inovadora em meados de 1974, em uma viagem de seu fundador, Plnio Sombrio, Alemanha. Desde ento, essa idia foi sendo aprimorada, at que em 1987, instalada na Incubadora Empresarial Tecnolgica (IET), em Florianpolis no estado de Santa Catarina, nasceu definitivamente a IONICS. So mais de 20 anos no segmento de controle de abastecimento, com atuao no ramo de automao com canais de distribuio em lojas de convenincia, alm de novos nichos como o mercado de frotas. Possuem agentes tcnicos e representantes comerciais que atuam em todo o pas com treinamentos e programas de qualificao tcnica capazes de atender as necessidades do cliente, tais como atualizaes de verses e suporte em relao s solues desenvolvidas pela empresa. A linha de Software de controle de combustveis para frotas, so desenvolvidos pela prpria empresa e possuem elevado grau de tecnologia. Utilizam linguagem acessvel e didtica,

12

o que aperfeioa o tempo de adaptao ao produto e permite que seus usurios obtenham uma grande quantidade de relatrios gerenciais, que certamente auxiliaro na gesto de seu negcio nas automaes para postos e os servios. Segue abaixo a linha de Software que a Ionics oferece aos seus clientes. A Soluo SAAF registra e controla automaticamente os abastecimentos dos veculos, mquinas e caminhes, com segurana e confiabilidade, a partir de postos fixos de abastecimento. Com o sistema, a empresa ter mais segurana em relao ao consumo de combustvel, eliminando possveis desperdcios e fraudes. SAAF Light Destinado s usinas com frotas de menor porte, que primam por um controle efetivo sobre os abastecimentos de combustveis realizados. Elimina o uso de planilhas manuais e auxilia na obteno de informaes gerenciais precisas, em tempo real, seja dos abastecimentos realizados em planta fixa, ou em campo atravs de caminhes comboio. SAAF Comboio Mdulo especfico que controla os abastecimentos realizados em campo, atravs de caminhes comboios. Alm de gerar informaes como a identificao automtica dos veculos a serem abastecidos e travamento ou liberao da bomba, os dados das operaes so exportados para a base do sistema atravs de memria removvel ou via wireless. IN-net O IN-net uma soluo voltada para clientes que possuem negcios em vrias plantas. Responsvel pela integrao de dados e aplicaes, utiliza a tecnologia de troca de mensagens que suporta uma ampla gama de protocolos de comunicao. Eles possuem uma linha de automao para frotas que so elas: Concentradores de Bombas que so equipamento microprocessado, de fabricao prpria, que concentra as informaes enviadas pela(s) bomba(s) de combustveis e realiza o envio, em tempo real, destas informaes para um Microterminal. Dados da concorrncia - Excell Br A Excell BR utiliza experincia adquirida em 15 anos de atuao no mercado para desenvolver novos e eficientes equipamentos, softwares, processos e procedimentos que levam a um controle expressivo para a frota das empresas, alm de melhorar a segurana, proteo e produtividade dos motoristas.

13

O sistema de automao de abastecimento oferecido pela empresa o Sistema de Automao de Abastecimento (GTFrota), ele ajuda as empresas e gerentes de frota a aumentar a rentabilidade do negcio, cortar gastos com manuteno e gerenciar o suprimento de combustvel. Para dar suporte rede de cliente, a Excell br possui uma rede de assistncia tcnica presente em todo territrio Nacional. A Excell br fornece uma soluo que integra software, hardware para postos, tanques e veculos de forma a facilitar o gerenciamento da frota e o suprimento de combustvel da garagem do cliente atravs de relatrios e recursos de integrao de informaes com os sistemas de gesto (ERP) existentes no cliente. A empresa possui em seu web site uma loja virtual com valores de alguns produtos e peas para reposio, qualquer tipo de consumidor tem acesso aos preos, possui uma publicidade muito forte por possuir o Calibrador de Pneus, ela abusa das propagandas em diversos postos de gasolina com a sua marca e promoes que so diariamente divulgadas por sua loja virtual, a GT Frota tambm possui um slogan de economia diretamente no site chamando ateno dos clientes que navegam nele um slogan de economize 15% no consumo de combustveis. CONCORRENTES INDIRETO Concorrncia Indireta a concorrncia entre duas empresas que comercializam produtos ou servios diferentes, mas que podem produzir alguma ameaa ao produto futuramente. O software de controle de combustvel da Nuntec exclusivo mais existem empresas similares no mercado que podem atender as necessidades dos consumidores. Podemos citar como concorrente indireto as empresas: Korth Rfid e Tag Automao. Essas empresas atuam no mercado de desenvolvimento de software de controle, mas atuam em outros segmentos. Elas podem futuramente oferecer uma ameaa por ter tecnologia para produo de produtos semelhantes aos da Nuntec Solues. ANALISE SWOT De acordo com as analises do macroambiente e microambiente da empresa contida neste trabalho, identificaremos a seguir a anlise swot, que demonstrar as ameaas e oportunidades e as foras e fraquezas da empresa em relao ao mercado.

14

AMEAAS E OPORTUNIDADES OPORTUNIDADES Economia em crescimento gerando maior quantidade de combustvel utilizada pelas empresas; Aumento da demanda pelo controle de combustvel; Cultura de sustentabilidade; Necessidade de economia de combustvel; Aumento no preo do combustvel; Escassez do petrleo no mbito mundial; Programas de incentivos do governo no setor de aqicultura e pesca; Crescimento da economia nacional e projetado para 2010; Maior produo de combustvel; Setor de logstica em grande desenvolvimento no pas. AMEAAS Velocidade com que novas tecnologias so desenvolvidas. (Criao de novos sistemas de controle, mais eficazes e seguros); Programa de incentivo do governo de subveno ao leo diesel para estimular a pesca. (pode acabar).

PONTOS FRACOS E FORTES PONTOS FORTES Equipe de ps venda eficaz, preparada para atender qualquer necessidade dos clientes; Produtos elaborados com tecnologia de ponta; Equipe motivada; Eficcia no desenvolvimento de projetos; nico produto com sistema de acoplamento do mercado; Produto de alta qualidade em relao a concorrncia; Exclusividade no programa da SEAP de subveno econmica feito pelo governo federal;

15

Poucos concorrentes diretos; Carteira de clientes conceituados no mercado; Produto apresenta uma boa imagem no mercado; Produto aprovado pelo IMETRO. PONTOS FRACOS Empresa no possui departamento de marketing (Marketing feito pelo dono da empresa); Comunicao interna fraca; Sede da empresa fora de So Paulo; Falta de integrao entre os departamentos; Falta de polticas e procedimentos internos; Falta de uma poltica de plano de carreira; Menor participao no mercado em relao aos concorrentes; Inexistncia de um departamento comercial; Forma de distribuio ineficiente; Ausncia de estratgias de captao de novos clientes; Ausncia de estratgias para a manuteno dos clientes; Falta de maturao dos produtos; Ausncia de planejamento estratgico; Ausncia de plano de comunicao; Site da empresa desatualizado; Carteira de clientes muito pequena; Queda da venda de produtos no ltimo ano; Queda no faturamento nos ltimos anos.

1.4 DEFINIO DO POSICIONAMENTO DE MERCADO: COMO O CLIENTE V O SEU NEGCIO A Nuntec Solues procura desenvolver e fornecer produtos e servios na rea de abastecimentos e frotas com qualidade e inovao, sendo referncia na tecnologia, orientada para

16

o produto, pois ela est sempre preocupada em inovar seus produtos, para atender as necessidades de seus clientes. Seus objetivos principais so: a) atender as necessidades dos clientes com qualidade e novas tecnologias. b) avaliao e melhoria contnua dos seus processos; c) cumprir os requisitos regulamentares, num processo de melhoria continua para a eficcia do sistema de gesto; d) desenvolvimento pessoal e profissional; e) busca contnua por desenvolvimento de novas tecnologias; g) inovao de produtos e servios A empresa conta com mais de quatro estaes de trabalho interligadas em rede local, utilizadas nas funes de desenvolvimento de sistemas, interligao com computadores de grande porte, alm das tarefas operacionais e administrativas. 1.5 DEFINIO DA MARCA Imagem do produto no mercado O sistema GTA um dos mais eficientes do mercado, mas como esta na fase de introduo ainda pouco conhecido. O sistema de acoplamento do produto exclusivo e torna ele o software mais seguro do mercado. O sucesso de evoluo dos produtos da Nuntec, esta ligada com o comprometimento que a empresa tem com os seus clientes, focando nas necessidades do mercado, desenvolvendo novas tecnologias e inovando com seus produtos e servios.

17

Podemos acrescentar tambm outros atributos imagem da empresa: O produto proporciona maior economia de combustvel; O produto o nico do mercado que no permite fraudes e desvios de combustvel; Produto com alta tecnologia; O produto com apelo sustentvel.

1.6 DEFINIO DE OBJETIVOS E METAS OBJETIVO O objetivo expandir o share de mercado da empresa Nuntec Solues e focar suas aes de marketing no produto GTA e assim aumentar o faturamento da empresa. A empresa j possui uma imagem forte na regio Sul do pas, e j tem seus produtos voltados para o segmento de controle de abastecimento martimo bem posicionado no mercado. Agora a empresa precisa expandir suas atividades no segmento de controle de frotas terrestres e para isso precisa desenvolver um planejamento voltado ao produto GTA, que o software voltado a esse segmento. Esse crescimento possvel adotando melhorias na rea comercial, propaganda e de distribuio.

METAS A meta da Nuntec Solues para 2012 gerar um aumento das vendas, dando maior foco no produto GTA, e assim aumentar o faturamento da empresa em relao ao ano anterior. O alvo de faturamento para 2012 R$ 1.673.467,40 milhes, o que vai representar um aumento de 10% no faturamento anual da empresa. Esses nmeros foram definidos levando-se em considerao a taxa de crescimento dos concorrentes, nesse segmento, que est em torno de 10% ao ano e a anlise do mercado alvo, que permite esse crescimento. Esses 10% de aumento no faturamento, corresponde R$ 152.133,00 mil reais, que ser dividido entre R$ 106.493,00 de aumento no faturamento com vendas e isso ir gerar R$ 45.639,90 de aumento no faturamento com mensalidades. A tabela a seguir demonstra a meta de vendas dos produtos para o ano de 2012.

18

CDMSJANEIRO FEVEREIRO MARO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO TOTAL R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 5.952,00 R$ 71.424,00

SPAR$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 1.382,00 R$ 16.584,00

GTAR$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 49.457,00 R$ 593.484,00

1.7 DEFINIO DAS ESTRATGIAS DE MARKETING 1.7.1 O COMPOSTO DE MARKETING O composto de Marketing um dos principais conceitos do Marketing moderno, podendo ser definido como um grupo de variveis que a empresa utiliza para produzir a resposta que deseja no mercado-alvo. Segundo COBRA, (1992:41), "a interao de uma organizao com seus meios ambientes internos e externos se realiza atravs do composto de Marketing". s diversas possibilidades podem ser reunidas em quatro grupos de variveis: produto, preo, praa e promoo.

1.7.2 PRODUTO O produto da Nuntec Solues consiste em um software que gerencia o abastecimento de embarcaes martimas e veculos terrestres. Esse software, primeiramente faz o reconhecimento do veculo para liberar o abastecimento, depois ele coleta todas as informaes referentes ao abastecimento, sendo elas: quantidade abastecida, horrio do abastecimento e horas de funcionamento do veculo. O software manda todas essas informaes para um banco de dados, que atualiza e gera relatrios precisos e confiveis para a anlise das empresas. Esses relatrios so gerados automaticamente agilizando

19

o processo de analise de informaes, como: gastos com combustvel, consumo de combustvel e se houve algum desvio. Esse sistema substitui o sistema manual que ainda muito utilizado pelas empresas. No sistema manual as informaes podem ser fraudadas ou perdidas, pois o controle feito por uma pessoa que anota todos os dados referentes ao abastecimento em uma tabela. Depois essas informaes precisam ser digitadas para assim gerar relatrios que sero analisados pela empresa. Esse processo mais demorado e deixa muitas oportunidades de desvio de combustvel. O software da Nuntec solues para o gerenciamento de abastecimento seguro e eficaz, pois ele possui um sistema de acoplamento entre a pistola de abastecimento e o tanque de armazenamento de combustvel, o sistema s funciona quando existe esse acoplamento e o abastecimento automaticamente interrompido se a pistola e o tanque forem desacoplados. Portanto impossvel ocorrer o abastecimento em algum veculo que no pertence frota. Esse software utilizado em trs produtos do mix da empresa. Sendo ele: CDMS e SPA que so produtos voltados ao controle de abastecimento de embarcaes e o GTA que gerencia o abastecimento de veculos terrestres. O GTA o nico produto no mercado que possui um sistema de acoplamento entre boca de tanque do veculo, com a pistola de abastecimento, essa tecnologia patenteada pela empresa, inibe que no haja o deslocamento da pistola a algum recipiente, a no ser a boca do tanque de combustvel, sendo ali instalado um sensor boca de tanque, com um sistema de abraadeira com lacre inviolvel, onde somente ser liberado o abastecimento depois de acoplado no leitor de boca de tanque, que ser adaptado na pistola do posto de abastecimento fixo ou mvel O foco fornecer um produto que permita que as empresas possam controlar seu gasto e economia de combustvel de sua frota. O sistema GTA um equipamento, que colabora para o controle e gerenciamento da frota. Os dados registrados pelo computador que fica a bordo do posto mvel ou fixo, no podem ser lidos em tempo real pelos operadores, somente tero acesso na identificao da mquina e quantidade abastecimento. Esses dados so armazenados no programa fornecido juntamente com o produto, somente no final do expediente, esses dados so transmitidos via wireless, do concentrador (Concentrador: um computador que armazenam dados, e aps dar um comando especfico, envia os dados ao servidor) para o servidor (Servidor: um computador de uma rede responsvel por administrar e fornecer programas e informaes para outros computadores conectados), que dessa forma o departamento de controle ter acesso. Outro fator importante a ser ressaltado a confiabilidade do GTA, esse produto no permite fraudes, ou seja, os dados so registrados de fato.

20

Como esse sistema totalmente eletrnico, no colhe os dados da parte mecnica, mas sim da parte eltrica, onde fica quase impossvel a fraude dos dados. Por estas razes o GTA pode ser considerado uma das mais importantes ferramentas para administrar uma frota com segurana. O GTA obtm trs opes: GTA M1 Light Posto, GTA M2 Card, GTA M3. Analisaremos como principal produto desta pesquisa o GTA M2 Card. GTA M2 - GTA CARTO POSTO (GTA CARD) O GTA M2 um sistema de controle com gerao de relatrios de consumo e liberao da bomba atravs de cartes de rdio freqncia. Nessa opo no instalado nada nos veculos da frota, mas cada veculo obtm um GTA CARD, e no posto de abastecimento implantada a placa eletrnica do GTA CARD. O operador do posto vai inserir manualmente os valores do hodmetro e hormetro, ao passar o carto no leitor e automaticamente a bomba de abastecimento ser liberada. Posteriormente, os valores so enviados para o sistema que vai gerar os relatrios de consumo. Com essa opo, alm de ter o total controle da quantidade de sada do posto, vai indicar em qual veculo ser lanado tal consumo.

1.7.4 PREO PREO DE VENDA GTA M2. GTA M2 POSTO FIXO GTA M2 POSTO FIXO DE ABASTECIMENTO (UMA BOMBA) PARA MAIS BOMBAS NO MESMO POSTOGTA CARD GTA M2 MENSALIDADE GTA M2 POSTO FIXO DE ABASTECIMENTO (UMA BOMBA)

PREO R$ 18.625,00 + R$ 1.000,00 POR BOMBA R$ 70,00 POR VECULO DA FROTA PREO R$ 500,00

1.7.5 PRAA A Nuntec Solues disponibiliza seus produtos no mercado atravs do departamento comercial. O canal de distribuio de nvel zero, pois a empresa vende seus produtos diretamente ao consumidor. O cliente entra em contato com a empresa, por indicao, pelo telefone informado no site ou pela captao feita pelo setor comercial.

21

A busca feita atravs de novos mercados cujas necessidades podem ser atendidas por seus produtos. Os principais clientes alvo sero: Empresas de logsticas de mdio e grande porte, que possuem postos prprios de abastecimento; Construtoras civis de grande porte; Usinas de produo do Etanol no Estado de So Paulo; Pequenas distribuidoras de combustveis; Terminais do Porto deSantos.

2 IMPLEMENTAO DO PLANO DE MARKETING 2.1 FORMULAO ESTRATGICA DE MARKETING A estratgia de marketing proposta para a Nuntec Solues ser a estratgia de diferenciao. Propomos a concentrao dos esforos em valorizar o desempenho do produto que superior aos concorrentes e melhorar continuamente o produto para obter um maior lucro e uma participao de mercado maior. Segundo Kotler (1998, p. 254), diferenciao o ato de desenvolver um conjunto de diferenas significativas para distinguir a oferta da empresa da oferta dos concorrentes. As estratgias de marketing propostas em relao ao mix de marketing so: Estratgia de desenvolvimento de mercado Penetrao no mercado de So Paulo. Posicionamento por atributo Desenvolver ao publicitria voltada ao novo posicionamento da empresa. Manter o mix e o nvel de desempenho dos produtos Mensurar o valor da eficcia do produto para o consumidor Desenvolver um preo um pouco acima da mdia dos concorrentes. Diversificao do canal de marketing Abertura de uma filial em So Paulo; Contratao de representantes comerciais. Endomarketing Adequao do departamento comercial; Conveno de vendas; Implantao de premiao para o departamento comercial.

22

Diferenciao atravs de servios que agregam valor a marca Facilidade de pedido, entrega e instalao; Treinamento para usurios dos produtos; Assistncia tcnica rpida e eficaz; Estoque de peas So Paulo; Acompanhamento de metas de economia proposta para cada cliente. Diferenciao atravs da imagem Desenvolver nova campanha de publicidade; Anncios em revistas do segmento de logstica; E Marketing; Desenvolvimento de um selo da empresa. Promoo de Vendas Criao de um DVD para a apresentao do produto aos clientes; Criao de folders e catlogos; Distribuio de brindes aos clientes; Criao do plano piloto para a experimentao do produto pelos clientes; Marketing de relacionamento; Novo layout da embalagem. Pesquisas de marketing Adotar pesquisas de satisfao dos clientes; Adotar pesquisa para a anlise e movimentao dos concorrentes; Pesquisa e desenvolvimento dos produtos.

2.2 DESENVOLVIMENTO DO PLANO. A empresa ir buscar novos mercados cujas necessidades podem ser atendidas por seus produtos. Propomos a penetrao no mercado de So Paulo, que hoje o maior plo econmico do Brasil e est em grande expanso nas reas de logstica, construo civil e agronegcio.

2.2.1 POSICIONAMENTO

Iremos desenvolver toda a ao de publicidade da empresa focando no novo posicionamento e na sustentabilidade.

23

O software da Nuntec Solues o mais seguro do mercado para a gesto do abastecimento.

2.2.2 LINHA DE PRODUTOS (MANTER O MIX E O NVEL DE DESEMPENHO DOS PRODUTOS) CDMS; SPA; GTA (foco deste planejamento).

2.2.3 PREO (MENSURAR O VALOR DA EFICCIA DO CONSUMIDOR) Propomos como estratgia de preo, um valor um pouco acima da linha dos concorrentes para valorizar a diferena de alto desempenho em segurana que ele oferece.

2.2.4 PONTOS DE DISTRIBUIO (DIVERSIFICAO DO CANAL DE MARKETING) Abertura de uma filial em So Paulo Propomos a abertura de uma filial na cidade de So Paulo, que ir facilitar a dinmica de captao de novos clientes e ir diminuir os custos de logstica, instalao e tempo de assistncia tcnica dos produtos. Custo operacional de R$ 35.000,00 mil reais, com despesas de aluguel e infra estrutura. Contratao de representantes comerciais Para diversificar o canal de marketing propomos que nos Estados do Amazonas, Esprito Santo, Paran, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Piau, Par, Rio Grande do Norte, Cear, Rio de Janeiro e Paraba, que so Estados que participam do programa de subveno do leo diesel, sejam contratados representantes comerciais para a captao de clientes. Os representantes comerciais ganhariam 3% do valor da venda.

24

2.2.5 FORA DE VENDAS (ENDOMARKETING) Adequao do departamento comercial O departamento comercial deve ser modificado, propomos a contratao de um gerente de vendas que atuar na gesto da equipe de vendas e no desenvolvimento, implantao e controle das estratgias e metas de vendas da empresa. Para compor a equipe de vendas propomos a contratao de um vendedor interno, que atuar na sede da empresa fazendo o atendimento aos clientes que entram em contato com a empresa atravs do telefone. Esse vendedor far a captao do cliente e encaminhar para o representante ou vendedor da empresa. Para complementar a equipe de vendas ser contratado um vendedor externo para atender a regio Sul e em So Paulo sero contratados dois vendedores externos, que faro a captao dos clientes atravs de visitas para apresentao do produto. A adequao do departamento comercial ser demonstrada segundo organograma abaixo:

Organograma

Conveno de vendas Propomos a implantao de uma conveno de vendas, no incio do ano para a divulgao de metas de vendas e estratgias para o ano de 2012. Essa conveno ser feita em um hotel, na cidade da sede da empresa durante um dia e contar com a participao de todos os funcionrios e representantes de vendas da empresa.

25

Implantao de premiao para vendedores Alm dessas estratgias propomos a implantao de uma premiao para o gerente de vendas e os vendedores que atingirem suas metas. A verba destinada a essa ao R$ 10.000,00 reais anual. As metas sero avaliadas trimestralmente e para o gerente de vendas a premiao ser de R$ 1.000,00 e para os vendedores sero distribudos prmios no valor de R$ 350,00 reais. Esses prmios podem ser eletrodomsticos, viagens, etc.

2.2.6 SERVIOS (DIFERENCIAO ATRAVS DE SERVIOS QUE AGREGAM VALOR A MARCA) Facilidade de pedido, entrega e instalao Com a abertura da filial de So Paulo, ir facilitar a logstica da empresa sugerimos que o prazo de entrega e instalao seja menor que os concorrentes. Diminua de 60 para 45 dias. Treinamento para usurios dos produtos Com a implantao do produto na frota do cliente a Nuntec far um treinamento para os usurios que iro operar o sistema. Esse treinamento ser feito pelo coordenador de hardware, dentro das empresas, com durao de 45 minutos. A apresentao ser feita por Power Point e ser servido um coffee breack para esses funcionrios. Haver a distribuio de brindes ao final do treinamento. Assistncia tcnica rpida e eficaz A equipe de assistncia tcnica continuar a mesma, haver o coordenador de hardware que fica encarregado de supervisionar as empresas e fazer a assistncia, e se houver necessidade, um analista de sistema em cada obra para dar suporte, dependendo do tamanho da frota da empresa. A mudana estratgica sugerida o apoio 24h nas obras que necessitam desse servio diferenciado. Estoque de peas So Paulo Nessa filial de So Paulo propomos a criao de um estoque das principais peas de reposio utilizadas pela equipe de assistncia tcnica, para facilitar a logstica e diminuir os custos de transportes de materiais.

26

Acompanhamento de metas de economia proposta para cada cliente

Propomos a criao de um plano de metas para a economia de combustvel para cada cliente. Essas metas sero acompanhadas pelo coordenador de hardware que far a analise dos resultados. Para os clientes que conseguirem atingir suas metas de reduo de consumo sero entregues um trofu de sustentabilidade, por reduzir a emisso de poluentes na atmosfera.

2.2.7 PROPAGANDA (DIFERENCIAO ATRAVS DA IMAGEM) Desenvolver nova campanha de publicidade Propomos a elaborao de uma campanha de publicidade feita por nossa agncia, que far a campanha de acordo com o novo posicionamento da empresa e principalmente a imagem de sustentabilidade que o produto oferece e que nenhum dos concorrentes usa esse apelo sustentvel. Anncios em revistas do segmento de logstica Propomos a divulgao do produto GTA nas principais revistas de logstica de So Paulo. Os anncios sero feitos mensalmente e um tero de uma pgina vertical. Propomos 06 anncios anuais. Com tiragem de 15 mil exemplares, a revista INTRALOGSTICA tem alcance de 60 mil leitores em todos os estados brasileiros e pases do MERCOSUL. E Marketing Propomos a elaborao de um novo site, com informaes sobre o histrico da empresa, viso, misso, formas de contato comercial e que d foco no posicionamento da empresa, valorizando o sistema de acoplamento e a segurana que ele oferece. Anncios nas primeiras paginas do Google, Pop up nas revistas de logsticas on line e nos sites que falam sobre combustveis. Criao de um selo da empresa Para ser colocado nas mquinas e caminhes que tem o produto instalado. Esse selo divulgar a marca da empresa. O selo ser colado em lugar visvel, onde todos possam ver.

27

Criao de folders e catlogos Desenvolvimento desses materiais para a distribuio e para o uso dos vendedores e representantes. Esses folders e catlogos tambm devem fazer parte da nova campanha publicitria da empresa e acompanhar o novo posicionamento da marca. Criao de um plano piloto para a experimentao do produto pelos clientes. Essa ser a principal ferramenta de promoo de vendas da Nuntec Solues, pois nenhum dos concorrentes oferece essa opo para os clientes. A empresa ir oferecer um perodo de experimentao por 30 dias para o cliente perceber a economia e a segurana que o produto oferece. Sero instalados um GTA Posto Fixo e dois GTA Veculo para que o cliente possa experimentar e observar os resultados. Esse plano piloto vai ter um custo pequeno sendo que a empresa se fechar o negcio pagar pelo software e pela instalao. Marketing de relacionamento Elaborao de coffee breack para a apresentao de resultados obtidos pelos clientes, a fim de demonstrar a qualidade e funcionalidade do produto durante a obra, ou durante um perodo de tempo de utilizao do produto. O custo desta ao est embutido no preo de manuteno paga pelo cliente. Adotar pesquisas de satisfao dos clientes A equipe de assistncia tcnica ir fazer uma pesquisa de satisfao com os clientes. Ser elaborado um questionrio para a anlise da funcionalidade do produto e sua qualidade. Adotar pesquisa para a anlise e movimentao dos concorrentes Monitorar os concorrentes atualizando as informaes da empresa quanto s estratgias, preo e cada ao de marketing desenvolvida por eles. Pesquisa e desenvolvimento dos produtos Manter os investimentos em pesquisa e desenvolvimento para buscar melhorar e aperfeioar o software. 2.2.8 CUSTOS 2.2.8.1 PUBLICIDADE E PROPAGANDA

28

Agncia de publicidade e propaganda MRM Propagandas e Publicidades,

far a nova

campanha de publicidade da empresa, focando no novo posicionamento. Ela ser responsvel pelo desenvolvimento de folders, catlogos, diagramao da nova embalagem, anncio da revista e a elaborao do novo site. Valor total da campanha de consultoria e desenvolvimento da nova campanha de marketing R$ 27.200,00 mil reais. 2.2.8.2 MATERIAL GRFICO GRFICA KAROLL Especialista em impresses grficas, editoriais e comerciais. Possui preo acessvel e respeita prazos de entrega. Ela ser responsvel pela impresso dos folders, catlogos e selos. 2.500 folders 2.500 catlogos 2.000 selos Valor Total R$ 1.300,00 2.2.8.3 COFFE BREACK Buffet Diamante ser responsvel pelo fornecimento do coffe breack dos treinamentos nas empresas de So Paulo, com o valor estimado de R$ 5.000,00.

2.2.8.4 BRINDES Empresa especializada na confeco de brindes com material ecolgico. Essa empresa ser responsvel pela elaborao dos chaveiros, calendrios, cadernos e brindes Vips, Valor estimado de R$ 3.500,00.

29

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAO2011 2012

Mar

Abr

Out Nov Dez

Ago

NovX X X X X X X X X X

Mai

Out

Jun

Jan

Fev

Jul

Filial So Paulo Contratao de representantes comerciais Adequao do departamento comercial Conveno de vendas Premiao para vendedores Facilidade de pedido, entrega e instalao Treinamento para usurios dos produtos Estoque de peas So Paulo ACOMPANHAMENTO DE METAS DE ECONOMIA NOVA CAMPANHA DE PUBLICIDADE Anncios em revistas do segmento de logstica E Marketing Criao de um selo da empresa Criao de folders e catlogos Criao de um plano piloto Pesquisa e desenvolvimento dos produtos Marketing de relacionamento

X X

X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X

X X X X X X X X X X X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

Set

AES

X X X

X X X

X X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

X X X

DezX X X X X X X

30

PLANO FINANCEIRODETALHAMENTO DAS DESPESAS DO PROJETO

Itens

Custo

Investimentos

Parcerias

Filial So Paulo Representantes Comerciais Adequao do departamento comercial Conveno de vendas Premiao para vendedores Treinamento para usurios dos produtos Estoque de peas So Paulo Acompanhamento de metas de economia Nova campanha de publicidade / MRM E Marketing/ MRM Impresso de selo da empresa Anncios em revista do segmento de logstica Impresso de folder e catlogos Brindes Criao de um plano piloto Coffee Breack Planejamento Estratgico/ MRM Gastos Operacionais do Projeto Verba Disponvel para o Projeto Investimentos Patrocnio de Fornecedores 12.000,00 73.800,00 76.066,00 1.000,00 4.000,00 15.000,00 2.000,00 300,00 15.000,00 1.000,00 3.500,00 5.000,00 5.000,00 10.000,00

350.000,00 3% 120.000,00

10.000,00 50.000,00

5.000,00

470.000,00

65.000,00

470.000,00 65.000,00

31

3. AVALIAO E CONTROLE

3.1 REPRESENTAO DA VERBA DE MARKETING NO FATURAMENTO O plano de marketing realizado para a empresa Nuntec Solues procura desenvolver estratgias que viabilizem o crescimento da empresa. Para que esse plano se viabilize a empresa ir contar com a parceria com fornecedores e a verba de marketing que 5% do faturamento do ano de 2011, cerca de R$ 76.066,00 mil reais. Foram elaboradas algumas estratgias de marketing que necessitam parcerias com fornecedores para serem viabilizadas. A verba para os planos de treinamento para usurios dos produtos, que sero feitos nos clientes sero pagos por eles, pois esse valor est embutido no valor total da venda. Sugerimos uma parceria com a empresa Solutrom, para que as peas em estoque de So Paulo sejam vendidas em consignao. A Nuntec Solues arcar somente com a despesa logstica de transporte das peas para So Paulo. Para a abertura da filial de So Paulo e a contratao da equipe de vendas a empresa ter que fazer um investimento. A contratao de representantes em outros estados no ter custo, pois os representantes so remunerados somente com comisses sobre as vendas.

3.2 TEMPO DE RECUPERAO DO INVESTIMENTO Estima - se um aumento de faturamento de 10% no faturamento da empresa. Esse aumento representar um faturamento para 2012 de R$ 1.673.467,40 milhes. Isso ir representar um aumento de R$ 152.133,00 mil reais no faturamento da empresa. O projeto de marketing proposto para 2012 deve ter seu retorno dentro de um ano, mas o retorno do investimento proposto para a abertura da filial So Paulo deve ocorrer dentro de trs anos.

32

CONCLUSO Podemos concluir depois do trmino deste planejamento estratgico, que durante o processo de execuo as informaes precisas e confiveis so a parte que causa maior dificuldade para a sua elaborao. Principalmente dados de faturamento e balano patrimonial que so elementos muito importantes, mas que as empresas se mostram muito incomodadas a revelar esses valores. Durante o desenvolvimento do projeto ns aprendemos muito e sobre assuntos que nunca teramos a oportunidade de conhecer, se no atravs desse trabalho. Outra lio muito importante foi pesquisar sobre assuntos que no dominamos, pois para desenvolver estratgias precisamos conhecer muito bem o mercado que a empresa est inserida e esse processo de pesquisa foi muito enriquecedor para todos ns. A melhor parte de todo o processo de desenvolvimento desse projeto foi aprender a exercitar a criatividade, para desenvolver novas estratgias de negcios e gerar crescimento e rentabilidade empresa. Enxergar novas oportunidades de negcios, novos mercados, novos consumidores foram aspectos muito importantes que destacamos neste projeto. Orientar a empresa a valorizar seus atributos que a diferenciem do mercado e que agregam valor a sua marca tambm foi muito importante para ns e para a Nuntec Solues.

33

REFERNCIASEXCELBR: Dados da Empresa. Disponvel em: . Acessado em: 27/10/2011 HISTRIA dos combustveis. Brasil Escola. Disponvel em: . Acessado em: 27/11/2011 IONICS: Dados da Empresa. Disponvel em: Acesso em: Acessado em: 28/10/2011 KOTLER, Philip. Administrao de Marketing. 5.ed. Prentice Hall Brasil, 1998. MINUANO, Carlos. Linha do Tempo do Combustvel. Aventuras na Histria. Disponvel em:. Acessado em: 30/10/2011 NUNTEC: Dados da Empresa. Disponvel em: < www.nuntec.com.br >. Acesso em 27/10/2011 STONER, James A.; FREEMAN, R. Edward. Administrao: construindo vantagem competitiva. 5.ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999. SOBRE biocombustvel: Definio. Disponvel em: . Acessado em: 10/11/2011.