Poupar No Supermercado

download Poupar No Supermercado

of 7

  • date post

    24-Oct-2015
  • Category

    Documents

  • view

    23
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Dicas sobre como poupar nas idas ao supermercado.

Transcript of Poupar No Supermercado

  • GUIA PRTICO Como poupar numa ida s compras.

    GUIA PRTICO DO CONSUMIDOR | DEZEMBRO

    GUIA PRTICO DO CONSUMIDOR | DEZEMBRO Pag. 1

    1

    INTRODUO

    A ida s compras j no uma opo, mas sim uma necessidade.

    O nosso estilo de vida assim o dita.

    Por isso, deve ser um acto pensado para que no se seja leva-do a trazer para casa mais do que aquilo que necessita.

    A diferena entre as necessidades e aquilo que se compra pode representar uma despesa elevada no oramento familiar.

    importante estar atento aos apelos de compra que levam ao consumo exagerado

    Neste manual sero referidas as principais tcnicas de venda que as grandes superfcies utilizam para estimular a compra ajudando a defender a sua carteira nas prximas idas s compras.

    Seja um consumidor informado e faa as suas compras descansado.

  • Organizao de um supermercado

    GUIA PRTICO DO CONSUMIDOR | DEZEMBRO Pag. 2

    A organizao da loja e a distribuio dos produtos no supermercado feita tendo em conta as caractersticas do seu consumidor tipo. Adultos e crianas so levados a percorrer um espao onde os apelos compra no planeada so constantes. importante ter em ateno que existem estratgias prprias para as crianas que acompanham os adultos e que tm cada vez mais capacidade de condicionar a compra.

    5

    1Armadilha 1A entrada do supermercado uma rea nobre e nesse local que se encontram promoes temticas associadas poca do ano (Natal, pscoa, vero, Hellowen, regresso s aulas e so valentim, entre outras) habitualmente com preos aparen-temente baixos que seduzem de imediato o consumidor a comprar produtos que pos-sivelmente no faziam parte da sua lista de compras.

    Armadilha 5Uma estratgia de venda muito utilizada mudar regularmente o local de exposio de determina-dos produtos.

    O Consumidor obrigado a per-correr vrios corredores pro-cura do produto que se encontra fora do seu local habitual.

    3

    4 Armadilha 3Os consumidores so convidados a provar determinados produtos que lhe so oferecidos, o que cons-titui mais um apelo compra no programada.

    Armadilha 4Ao fundo do supermercado esto arrumados os bens de primeira ne-cessidade (po, leite, carne, peixe,...) levando o consumidor a percorrer mais corredores do que necessita se s pretender comprar esses bens.

    Seja um consumidor informado e faa as suas compras descansado.

    2 Armadilha 2Existe sempre nos supermerca-dos um corredor central largo e espaoso com corredores trans-versais mais estreitos que ficam congestionados com facilidade.

    Este congestionamento leva a que os consumidores percam mais tempo a observar outros produtos no previstos na sua lista de com-pras. Tambm d oportunidade de prestar ateno aos produtos que se encontram nos topos de gon-dola (rea de topo do corredor vi-rada para o corredor central)

  • Pag. 3

    6

    7

    Com todas estas armadilhas elaboradas pelos tcnicos de marketing para o levarem a consumir cada vez mais, faz com que tenha de ir s compras sempre precavido para no se deixar cair em tentaes.

    Quanto mais tempo fica no supermercado mais compras faz. Faa voc mesmo o teste e no final das suas compras compare a sua lista de compras com o que realmente comprou.

    Armadilha 7Nos supermercados no existem janelas nem re-logios para que o consumidor no tenha noo do tempo que passa no seu interior.

    A msica de fundo e a temperatura so sempre agradaveis para que o consumidor se sinta confort-vel no espao e no sinta vontade de sair.

    At os aromas so trabalhados no sentido de criar impulsos de compra e sensaes de bem estar que motivem o consumidor a permanecer mais tempo e a voltar.

    GUIA PRTICO DO CONSUMIDOR | DEZEMBRO

    Seja um consumidor informado e faa as suas compras descansado.

    Armadilha 6No local de pagamento onde o consumidor vai ter algum tempo de espera ainda possvel sugerir mais algumas compras para incluir no seu carrinho.

    As bancadas ao lado das caixas oferecem guloseimas, pastilhas, olhas, revistas, etc.

    Estes produtos so de baixo preo e do a sensao ao consumidor de no estar a aumentar excessiva-mente a sua despesa.

  • Arrumao dos produtos nas Gndolas

    Pag. 4

    altura da cabeaProdutos mais baratos e de menor interesse para o consumidor.

    altura dos olhosProdutos com preos mais elevados que visam provocar a compra por impulso.

    altura das mosProdutos de grande procura

    Abaixo da cinturaProdutos de compra obrigatria. Hoje em dia esta rea utilizada para colocar produtos mais baratos da mesma gama dos produtos que se encontram nas prateleiras superiores. Em determinadas reas so colocados produtos que apelam s crianas,pois ficam altura dos olhos dos mais pequenos.

    No choProdutos de grande volume ou pesados.

    As gndolas so as prateleiras que esto nos corredores e so locais que se destinam apresentao dos produtos. Normalmente, nos topos (juno do corredor central com os transversais) so colocados muitos produtos iguais que chamam a ateno do consumidor para o produto e preo.Fora do contexto das promoes os produtos so colocados nas prateleiras do seguinte modo:

    Nas prateleiras so colocados tambm produtos complementares lado a lado, por exemplo, batatas fritas com sumos, ou detergente para a roupa e amaciador, para despertar a compra por impulso.

    Seja um consumidor informado e faa as suas compras descansado.

    GUIA PRTICO DO CONSUMIDOR | DEZEMBRO

  • Preos

    O preo para alm da qualidade do produto, essencial no acto de compra. Tal como na arrumao dos produtos no supermercado, aqui tambm existem armadilhas que tem de ter em conta:

    Normalmente os preos terminam em 9, pois con-ferem-lhe uma sensao de vantagem, ou seja, se o Consumidor tiver de escolher entre um produto de 4,99 ou 5,00, acaba em muitos dos casos, por levar o produto de 4,99 convencido que est a levar por 4.

    A compra de produtos em embalagens de conjunto funciona como barreira a uma comparao fcil de preos. Pois complicado para o consumidor comparar preos de forma objectiva com embalagens de 5 e de 4 unidades lado a lado com valores semelhantes.

    Folhetos que recebe em casa so muito utilizados para a divulgao de preos de determinados produtos. Os descontos anunciados nos folhetos levam-no ao supermercado e fazem com que compre os profutos

    da promoo mas tambm outros que no planeados, no necessrios e que no estavam em promoo.

    As superfcies comerciais elaboram muitas vezes cartazes com as promoes mas escritos mo, o que d credibilidade informao, bem como uma maior sensao de oportunidade nica que no voltar a encontrar,

    o que s vezes nem sempre corresponde realidade.

    Pag. 5

    Seja um consumidor informado e faa as suas compras descansado.

    GUIA PRTICO DO CONSUMIDOR | DEZEMBRO

  • Dicas para saber comprar no supermercado

    Se planear a sua ida s compras e adoptar as medidas que se propem no chegar a casa tendo gasto mais do que o necessrio e comprando produtos no planeados.

    1- Faa Sempre uma lista de compras para no comprar mais do que necessita;

    2- Nunca v s compras com fome para que no seja aliciado a comprar mais;

    3- O ideal seria regulamermente visitar mais do que um supermercado e escolher aquele que lhe oferece a melhor relao qualidade/preo;

    4- No faa as compras com pressa pois pode ser induzido a no comparar preos;

    5- Leve consigo uma mquina de calcular e v somando o que est a colocar no seu carrinho de compras;

    6- Compare os preos dos produtos entre as vrias marcas;

    7- Tenha cuidado com as embalagens chamadas econmicas, que por norma so embalagens grandes. Veja se compensa levar essa dosagem, pois quanto mais tem mais gasta;

    8- Evite levar as crianas s compras pois elas influenciam-no a comprar produtos que no necessita ou basear a sua escolha em critrios subjectivos de uma criana.

    9- No se deixe influenciar pelas promoes. Verifique se o preo realmente compensa;

    10- Leia sempre os rtulos e no deixe de comparar o preo por quilo ou litro;

    11- Compre sempre em ltimo lugar os produtos congelados para no descongelarem. Leve consigo sempre sacos isotrmicos, assim no ter de os comprar;

    12- Pode repartir as compras por vrias superfcies. Algumas cadeias de lojas praticam preos mais baixos podem compensar;

    13- No deixe passar muito tempo entre uma ida ao supermercado e outra pois aumenta a possibilidade de comprar produtos desnecessrios;

    14- Guarde sempre o talo da caixa para o caso de necessitar trocar algum produto ou reclamar por qualquer motivo;

    15- Confirme sempre a sua conta;

    16- Devolva os produtos estragados no prprio local onde comprou e tente sempre resolver o conflito da melhor maneira dialogando com o responsavel de loja. Caso no consiga aceda ao site www.consumidor.pt e preencha o formulrio de reclamao.

    Faa a sua lista de compras antes de ir ao supermercado!! Seja um consumidor informado

    e faa as suas compras descansado.

  • Percurso

    Tal como um sistema de navegao GPS, vamos dar-lhe a rota mais indicada para fazer todas as compras que necessita, da maneira mais eficaz, rpida e econmica. Est pronto?

    Pag. 7MANUAL de SOBREVIVNCIA DO CONSUMIDOR | Outubro

    Vesturio

    Atendimento ao cliente

    Higiene pessoal

    Brin

    qued

    os

    Loia + casa

    Higi

    ene

    pess

    oal

    Cong

    elad

    os

    Enlatados e temperos Co

    nser

    vas

    e m

    olho

    s

    Cereais

    Caf

    s, c

    hs

    e in

    fus

    es

    Produtos biolgicos e dietticos

    Vegetais e Legumes

    LEGENDA

    Lactcinios Frescos Diversos Higi