[PPT]BIOMAS - .Web viewA fauna apresenta diversas espécies de aves, mamíferos, anfíbios e...

download [PPT]BIOMAS - .Web viewA fauna apresenta diversas espécies de aves, mamíferos, anfíbios e répteis,

of 30

  • date post

    10-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of [PPT]BIOMAS - .Web viewA fauna apresenta diversas espécies de aves, mamíferos, anfíbios e...

  • Biomas

  • Mapa dos Biomas

  • O Brasil, quinto pas do mundo em extenso territorial, ocupa 5,7% das terras emersas do planeta.

    Foi o primeiro signatrio da Conveno sobre a Diversidade Biolgica (CDB), e considerado um pas megabiodiverso pela Conservation International (CI), pois rene ao menos 70% das espcies vegetais e animais do Planeta.

    A biodiversidade pode ser qualificada pela diversidade em ecossistemas, em espcies biolgicas, em endemismos e em patrimnio gentico.

    No sculo passado, muito antes do uso de satlites, os exploradores comearam a notar que grandes regies da Terra possuam vegetao semelhante, e que eram determinadas pelo clima (em especial temperatura e pluviosidade), mesmo em continentes diferentes.

    Comearam ento a surgir classificaes das grandes formaes vegetais ou biomas da terra.

    Histrico

  • Conceito

    Devido a sua dimenso continental e grande variao geomorfolgica e climtica, o Brasil abriga 7 biomas, 49 ecorregies, j classificadas, e incalculveis ecossistemas.

    Biomas so grandes estruturas ecolgicas com fisionomias distintas encontradas nos diferentes continentes, caracterizados principalmente pelos fatores climticos (temperatura e umidade) e formaes vegetais relacionados latitude. Assim, podemos dizer que bioma um conjunto de vida (vegetal e animal) em escala regional de condies geoclimticas similares e histria compartilhada de mudanas, o que resulta em uma diversidade biolgica prpria.

    Entende-se por ecorregio um conjunto de comunidades naturais, geograficamente distintas, que compartilham a maioria das suas espcies, dinmicas e processos ecolgicos, e condies ambientais similares, que so fatores crticos para a manuteno de sua viabilidade a longo prazo (Dinnerstein,1995).

  • Classificao antiga dos Biomas Brasileiros.

    Fonte: http://www.ibge.com.br

    Classificao antiga dos Biomas Brasileiros

  • Classificao recente dos Biomas Brasileiros.

    AMAZNIA

    PANTANAL

    MATA ATLNTICA

    PAMPA (CAMPOS)

    ZONA COSTEIRA E MARINHA

    CAATINGA

    CERRADO

    http://www.mma.gov.br/port/sbf/dap/apbconc.html

    Classificao recente dos Biomas Brasileiros

  • http://www.mma.gov.br/port/sbf/dap/apbconc.html

    ECOSSISTEMA

    Ecossistema designa o conjunto formado por todos os fatores biticos e abiticos que atuam simultaneamente sobre determinada regio. Caracterizam-se pelo fato de serem sistemas altamente complexos e dinmicos, com tendncia para a auto-organizao e auto-renovao. Os ecossistemas so, no fundo, o objeto de estudo da Ecologia.

    Os ecossistemas fazem parte de um bioma e so definidos formalmente como: unidade funcional de base em ecologia, porque inclui, ao mesmo tempo, os seres vivos e o meio onde vivem, com todas as interaes recprocas entre o meio e os organismos

    (Dajoz, 1973).

    Ecossistema

  • Localizao dos principais Ecossistemas Brasileiros.

    Fonte: http://educar.sc.usp.br/ciencias/ecologia/ecologia.html

  • NO CONFUNDA

    Muitas vezes, o termo bioma utilizado como sinnimo de ecossistema, no entanto, ao contrrio do segundo que implica nas inter-relaes entre fatores biticos e abiticos, o primeiro significa uma grande rea de vida formada por um complexo de habitats e comunidades.

    No Confunda

  • FATORES BITICOS E ABITICOS

    Fatores Biticos

    Ocasionados pela presena de seres vivos ou suas relaes. Os fatores biticos so todos os seres vivos da biosfera.

    Fatores Abiticos

    Tambm chamados de no vivos, so os fatores ambientais como a gua, o solo, a temperatura, a luminosidade e as propriedades fsicas e qumicas da biosfera. So ausentes da presena de seres vivos.

    Fatores Biticos e Abiticos

  • Biosfera

    Conjunto de todos os ecossistemas da terra incluindo as regies da hidrosfera (as guas) da litosfera (o solo) e da atmosfera (camada gasosa onde existe alguma forma de vida).

    Os ecossistemas que compem a biosfera so condicionados por sua posio geogrfica, sua histria geolgica e pela evoluo biolgica do planeta.

    Os grandes ecossistemas contm comunidade clmax que chamamos de biomas, em equilbrio dinmico com as condies ambientais.

  • Amaznia.Cerrado.Caatinga.Mata Atlntica.Pantanal.Pampa (campos sulinos).Zona Costeira e Marinha.

    BIOMAS BRASILEIROS E SUAS TRANSIES

    Fonte: http://cienciahoje.uol.com.br/controlPanel/materia/view/2470

    Biomas Brasileiros e Suas Transies

  • Amaznia

    A grande maioria das florestas tropicais brasileiras est concentrada neste bioma que fica localizada a norte do continente sul-americano.

    67% esto em territrio brasileiro, sendo o restante distribudo entre a Venezuela, Suriname, Guianas, Bolvia, Colmbia, Peru e Equador.

    A existncia de uma expressiva diversidade biolgica determinada por fatores como a grande heterogeneidade ambiental e a sua dimenso.

  • Amaznia

    Existem de 5 a 30 milhes de plantas diferentes, a maioria no identificada.

    30 mil espcies vegetais reconhecidas, ou 10% das plantas do mundo, espalhadas em 3,7 milhes de Km2 (parte brasileira).

    A Floresta Amaznica est distribuda em diversos tipos de ecossistemas associados como:

    Florestas fechadas de terra firme; Vrzeas ribeirinhas; Campos;

    Campinas; Igaps; Campinaranas.

  • Amaznia

    As matas alagadas possuem vrias espcies arbreas de importncia econmica e esto ao alcance das enchentes anuais.

    As flutuaes do nvel da gua podem chegar a 10 metros ou mais.

    As rvores das florestas alagadas tm vrias adaptaes morfolgicas e fisiolgicas para viverem submersas, como razes respiratrias e sapopemas*, razes laterais situadas na base da rvore.

    Plantas e animais da floresta alagada vivem em funo das suas diversas adaptaes especiais para sobreviver durante as enchentes.

    *Sapopemas:

    Razes que formam divises tabulares em torno da base do tronco de certas rvores.

  • Amaznia

    A vegetao das florestas de vrzea mais rica do que as da floresta de igap devido fertilidade oriunda dos sedimentos.

    As vrzeas so especialmente ricas e produtivas.

    Concentrava grandes comunidades indgenas.

    Atualmente so desenvolvidos vrios projetos agropecurios e industriais.

  • Amaznia

    A regio da bacia amaznica ostenta a maior variedade de aves, primatas, roedores, jacars, sapos, insetos, lagartos e peixes de gua doce de todo o planeta.

    Por ali circulam 324 espcies de mamferos, como a ona-pintada, a ariranha, a preguia e o macaco-uacari.

    Vivem cerca de 25% da populao de primatas do globo e 70 das 334 espcies de papagaios existentes.

    Com relao a peixe de gua doce, concentra de 2500 a 3000 espcies diferentes. S no Rio Negro podem ser encontradas 450 espcies enquanto que na Europa no se contam mais de 200.

  • o nome regional dado s savanas Brasileiras.

    Estende-se pela regio central do Pas, compreendendo os estados de Gois, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, o oeste da Bahia, o sul do Maranho e parte de Piau, chegando a Rondnia e Par.

    Cerca de 85% do grande plat que ocupa o Brasil central era originalmente dominado pela paisagem do cerrado, representando cerca de 1,5 a 2 milhes de km2, ou aproximadamente 20% da superfcie do Pas.

    CERRADO

    Cerrado

  • Cerrado

    O clima tpico quente, semi-mido, com vero chuvoso e inverno seco. A pluviosidade anual fica em torno de 800 a 1600 mm.

    A paisagem do cerrado caracterizada por extensas formaes de savana, com matas ciliares ao longo dos rios, no fundo de vale.

    Outras vegetaes podem aparecer na regio dos cerrados, como os campos midos e as veredas de buritis.

    Nas maiores altitudes podem ocorrer os campos rupestres.

    CERRADO

  • Cerrado

    As rvores do cerrado so muitos peculiares, com troncos tortos, cobertos por uma cortia grossa, e de folhas geralmente grandes e rgidas. Muitas plantas herbceas tm rgos subterrneos para armazenar gua e nutrientes.

    Cortia grossa e estruturas subterrneas podem ser interpretadas como algumas das muitas adaptaes desta vegetao s queimadas peridicas.

    Acredita-se que, como em muitas savanas do mundo, os ecossistemas de cerrado vm co-existindo com o fogo desde tempos remotos, inicialmente como incndios naturais causados por relmpagos ou atividades vulcnicas e, posteriormente, causados pelo homem.

    CERRADO

  • Cerrado

    Mais de 1.600 espcies de mamferos, aves e rpteis j foram identificados nos ecossistemas de cerrado (Fauna do Cerrado, Costa et al., 1981).

    Entre a diversidade de invertebrados, os mais notveis so os trmitas (cupins) e as formigas cortadeiras (savas). So eles os principais herbvoros do cerrado, tendo uma grande importncia no consumo e na decomposio da matria orgnica, constituindo uma importante fonte alimentar para outras espcies animais.

    Considerado at recentemente como um ambiente pobre, o cerrado hoje reconhecido como a savana mais rica mundo com a presena de alta diversidade vegetal e animal.

    A fauna apresenta diversas espcies de aves, mamferos, anfbios e rpteis, sendo muitas delas endmicas.

    CERRADO

  • Cerrado

    Estima-se que existam no bioma 10.000 espcies plantas, sendo 4.400 endmicas.

    O cerrado se constitui ainda, num verdadeiro pomar natural, em que frutos se destacam pela variedade de formas, cores, sabores e aromas.

    Centena de espcies vegetais dessa regio fornecem ao homem frutas saborosas e nutritivas, e um nmero incalculvel utilizado pela fauna silvestre.

    Destacam-se a mangaba, cagaita, marmelada-de-cachorro, o batiput ou bacupari, o baru, marolo, pequi, guabiroba, ara, araticum, caju, jatob e o murici.

    Estudos recentes estimam o nmero de plantas vasculares em torno de 5 mil.

    CERRADO

  • C