Produção do Diagnóstico de Leitura da Paisagem

Click here to load reader

  • date post

    18-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    118
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Produção do Diagnóstico de Leitura da Paisagem

dos Autores 1a edio: 2009 Direitos reservados desta edio: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Capa e projeto grfico: Carla M. Luzzatto Reviso: Ignacio Antonio Neis, Sabrina Pereira de Abreu e Rosany Schwarz Rodrigues Editorao eletrnica: Luciane Delani

Universidade Aberta do Brasil UAB/UFRGS Coordenador: Luis Alberto Segovia Gonzalez Curso de Graduao Tecnolgica Planejamento e Gesto para o Desenvolvimento Rural Coordenao Acadmica: Lovois de Andrade Miguel Coordenao Operacional: Eliane Sanguin

V487t

Verdum, Roberto Temticas rurais: do local ao regional / Roberto Verdum e Luiz Fernando Mazzini Fontoura ; coordenado pela Universidade Aberta do Brasil UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduao Tecnolgica Planejamento e Gesto para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. 48 p. : il. ; 17,5x25cm (Srie Educao a Distncia) Inclui figuras e glossrio. Inclui bibliografia. 1. Desenvolvimento rural. 2. Desenvolvimento rural Realidade agrria local e regional. 3. Propriedades rurais Leitura de paisagem Fotografias Diversidades regionais. 4. Desenvolvimento rural Potencialidades Limitaes. 5. Sociologia rural Bases geogrficas. 6. Conexo espacial local e regional. 7. Agricultura Diferenciao regional Implementao Modernizao. I. Fontoura, Luiz Fernando. II. Universidade Aberta do Brasil. III. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Secretaria de Educao a Distncia. Graduao Tecnolgica Planejamento e Gesto para o Desenvolvimento Rural. IV. Ttulo. CDU 338.43.01(81)

CIP-Brasil. Dados Internacionais de Catalogao na Publicao. (Jaqueline Trombin Bibliotecria responsvel CRB10/979) ISBN 978-85-386-0070-1

SUMRIO

Introduo ................................................................................................................... 7 Unidade 1 Produo do diagnstico de leitura da paisagem ............................. 9 1.1 Perceber e conceber a paisagem .......................................................................... 9 1.2 Roteiro metodolgico para realizar a leitura da paisagem ................................... 12 1.3 Objetos de aprendizagem.................................................................................. 15 1.4 Diversidades regionais identificadas atravs da leitura da paisagem ..................... 18 Unidade 2 Anlise dos limitantes e das potencialidades diagnosticadas..................... 23 2.1 As bases geogrficas da Sociologia Rural ............................................................ 23 Unidade 3 A conexo espacial: entre o local e o regional ................................. 27 3.1 A regio como um conceito-base de diferenciao ............................................. 27 3.2 A diferenciao regional e a implementao da modernizao da agricultura ...... 32 Glossrio .................................................................................................................... 39 Bibliografia ................................................................................................................ 41

Neste material didtico, voc vai encontrar um suporte para desenvolver os trabalhos propostos para a disciplina Temticas Rurais: do Local ao Regional. Esta disciplina objetiva problematizar as questes relacionadas ao desenvolvimento rural e realidade agrria em duas escalas espaciais: a local e a regional. Nesse sentido, voc vai poder realizar uma primeira abordagem de temas relevantes de sua realidade local e regional, assim como compreender as abordagens terico-metodolgicas de interesse compartilhado. Como fundamentos, podem-se destacar o estudo da problemtica do desenvolvimento rural, a caracterizao da realidade agrria e a identificao dos fatores limitantes e das potencialidades locais e regionais. Para voc ter em mente os conceitos-chave da disciplina, podem-se salientar entre eles: o desenvolvimento rural, as diferenciaes de escala, as homogeneidades e as heterogeneidades locais e regionais, os fatores limitantes e as potencialidades locais e regionais, as tipologias e os sistemas de produo e as unidades de paisagem. Os estudos propostos neste material e o desenvolvimento da disciplina apoiam-se no uso de textos cientficos de referncia para a temtica, a elaborao de resenhas, a interpretao de documentos fotogrficos, a produo de representaes cartogrficas bsicas, a elaborao de instrumentos de enquete e a participao dos estudantes, tutores e professores nos fruns de debates coletivos sobre os temas propostos.

EAD

INTRODUO

7 ......

Voc est iniciando um trabalho que procura aproxim-lo das problemticas locais relativas questo do desenvolvimento rural. Nesta primeira Unidade, voc vai poder registrar pela fotografia alguns aspectos das paisagens rurais de sua localidade, vai aprender a realizar a leitura dessa paisagem e iniciar um debate sobre as relaes entre as dinmicas agrrias locais e as regionais. Para que voc possa desenvolver esse aprendizado de leitura da paisagem local, so disponibilizados referenciais terico-metodolgicos que permitam identificar os elementos que compem a paisagem, assim como suas diversas formas, estruturas e funes. Tambm so oferecidos, como suporte pedaggico para a realizao da leitura da paisagem, dois registros fotogrficos de estabelecimentos rurais nos municpios de Dom Pedrito e Pinheiro Machado, no estado do Rio Grande do Sul. Para que voc possa estabelecer as relaes entre as escalas de sua localidade e as da regio onde ela se insere, so propostos textos de referncia sobre as relaes entre o local e o regional, em temas diversos e que caracterizam as formas diferenciadas de conceber os recortes dos espaos regionais. Os objetivos dessa Unidade so instrumentaliz-lo para: (1) conhecer conceitos relativos paisagem local e sua relao com a dimenso regional; (2) realizar um registro fotogrfico e a leitura da paisagem (descrio dos potenciais e das restries do meio, associados a essas diferenciaes espaciais: setorizao e/ou regionalizao) nos moldes dos registros fotogrficos apresentados como exemplos; (3) participar do frum para expor suas ideias e posies sobre os temas tratados, assim como trocar experincias com os colegas no ambiente da plataforma a distncia. Para que voc possa dar incio ao desenvolvimento desses objetivos, propomos a leitura do texto a seguir sobre paisagem. 1.1 PERCEBER E CONCEBER A PAISAGEM Embora a ideia de paisagem esteja presente desde a Antiguidade, principalmente na pintura e na arte, a incorporao deste conceito nos estudos acadmicos uma criao da modernidade. Sendo assim, paisagem ainda um termo pouco usado e impreciso e, por isto mesmo, cmodo, que cada um utiliza a seu bel-prazer, anexando um qualificativo que precisa seu sentido.

EAD

UNIDADE 1 PRODUO DO DIAGNSTICO DE LEITURA DA PAISAGEM

9 ......

EAD

10 ......

Para as pessoas em geral, o termo paisagem sugere duas maneiras distintas de ser entendido: a de viso objetiva e a de representao. A ideia da paisagem como viso objetiva baseada naquilo que a viso alcana; ou seja, a viso possibilita que se construa a noo de paisagem como um mosaico mais ou menos ordenado de formas e cores. O alcance e os limites da viso nos permitem estabelecer a noo de escala espacial da paisagem. Ao nos transferirmos no tempo, notamos que o mesmo recorte espacial dado pela viso se altera, isto , a paisagem dotada de uma dinmica que nos permite estabelecer para a paisagem tambm a noo de escala temporal. Todos os elementos que compem essa dinmica podem ser objetos de estudo, tanto em conjunto como isoladamente. No entanto, essa dinmica sugere uma estrutura e um funcionamento essencialmente nicos, caractersticas que dariam a cada paisagem seu carter especfico. Na cincia, a concepo de paisagem tem se diferenciado, como as associaes que so feitas com as noes de pas, lugar, unidade territorial e poro da superfcie de terra firme. No limiar de sua elaborao como referencial de expresso artstica e de anlise das relaes entre sociedade e natureza, duas construes lgicas so apresentadas na conceituao de paisagem: como a imagem que representa a vista de um recorte espacial, expressa na arte produzida a partir do sculo XVII, com significado pictrico/subjetivo, com a finalidade de expressar elementos associados natureza e vida do cotidiano da(s) sociedade(s) humana(s); nesse sentido, a paisagem seria a soma de muitos olhares, e no s um ponto de vista, como no caso do artista que a produziu; como a poro da superfcie terrestre vista em seu conjunto e como o produto de uma rea modificada pelas foras geolgicas e geomorfolgicas, com significado objetivo, onde buscamos compreender a origem da forma, da estrutura e da funcionalidade associadas a um nmero especfico de elementos da natureza. Na Geografia, especificamente, a paisagem pode ser concebida como o conjunto das formas que caracterizam um determinado setor da superfcie terrestre. Os gegrafos analisam os elementos que compem a paisagem, em funo de sua forma e magnitude, e propem uma classificao das paisagens. Assim sendo, de fundamental importncia, nesse tipo de procedimento, que a paisagem seja considerada como o conjunto dos elementos da natureza que podem ser observados a partir de um ponto de referncia. Alm disso, na leitura da paisagem, possvel definir as formas resultantes da associao do ser humano com os demais elementos da natureza. As dificuldades encontradas pelos gegrafos para conceberem a paisagem dessa maneira so relacionadas definio das heterogeneidades e das homogeneidades em relao escala espacial, assim como complexidade das formas da superfcie terrestre. Nesse sentido, fundamental considerar a natureza como uma mudana contnua de formas e de movimentos cclicos, peridicos e em intervalos desiguais, que conduzem a uma constante renovao de formas e funcionamentos. Para o estudo da paisagem, segundo Humboldt (citado por ROUGERIE & BEROUTCHACHVILI, 1991), devemos considerar d