Regras do Acordo Ortográfico Regras do Acordo Ortográfico.

of 46/46
Regras do Acordo Ortográfico
  • date post

    18-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    155
  • download

    1

Embed Size (px)

Transcript of Regras do Acordo Ortográfico Regras do Acordo Ortográfico.

  • Slide 1
  • Regras do Acordo Ortogrfico Regras do Acordo Ortogrfico
  • Slide 2
  • Glossrio: Acordo Ortogrfico da Lngua Portuguesa > um conjunto de normas oficiais que rege a lngua portuguesa. Antropnimo > nome prprio de pessoa ou de ser personificado. Dgrafos > duas letras representando o um nico fonema, por exemplo, ch, lh, nh, rr, ss, sc, xc etc. Formas vernculas > linguagem correta, sem estrangeirismo Grafemas > unidade da escrita (letras, sinais de pontuao, hfen etc.) Sinais diacrticos > acentos grficos, cedilha, trema, til etc.grficos Topnimo > nome prprio de lugar, regio, cidades, vilas povoao, rios etc
  • Slide 3
  • INCLUSO DE NOVAS LETRAS No alfabeto incluem-se as letras K,W e Y. Estas letras usam-se em nomes prprios, em nomes de pases, de lugares, em siglas, smbolos e unidades de medida e em palavras de origem estrangeira. Exemplos: Kleider, Kely, Wagner, Kosovo, Washington, Kg (quilograma), Km (quilmetro), windsurf, yoga
  • Slide 4
  • O valor de vogal ou consoante na lngua portuguesa depende do valor que essa letra tinha na lngua de origem. Assim: a) O k (pronunciado c antes das vogais) sempre uma consoante: kung-fu. b) O y, equivalente a i, sempre vogal: yuppie. c) O w um caso interessante, pois pode ser vogal ou consoante: - vogal (pronncia u) em palavras como whisky, watt, windsurf e webcam (do ingls);att - consoante (pronncia v) em Volkswagen e wagneriano (do alemo). K, w e y so vogais ou consoantes?
  • Slide 5
  • O Novo Acordo Ortogrfico (O alfabeto) Exerccios: Complete o seguinte texto, de modo a criar um resumo acerca da matria estudada. O ________da lngua portuguesa formado por __ letras, cada uma delas com uma forma minscula e outra ________. As letras k, w e ___usam-se nos seguintes casos especiais: a) Em _______originrios de outras lnguas e seus derivados: Franklin, frankliniano; b) Em topnimos originrios de outras lnguas e seus derivados:__________, malawiano; c) Em siglas, __________e mesmo em palavras adotadas como unidades de medida de curso internacional: TWA, KLM; K-potssio (de kalium) W-oeste (West); kg-__________, km-________, kW- kilowatt, yd-jarda (yard); watt.
  • Slide 6
  • Correo: Complete o seguinte texto, de modo a criar um resumo acerca da matria estudada. O alfabeto da lngua portuguesa formado por 26 letras, cada uma delas com uma forma minscula e outra maiscula. As letras k, w e y usam-se nos seguintes casos especiais: a) Em antropnimos originrios de outras lnguas e seus derivados: Franklin, frankliniano; b) Em topnimos originrios de outras lnguas e seus derivados: Malawi, malawiano; c) Em siglas, smbolos e mesmo em palavras adotadas como unidades de medida de curso internacional: TWA, KLM; K-potssio (de kalium) W-oeste (West); kg-quilograma, km-quilmetro, kW-kilowatt, yd-jarda (yard); watt.
  • Slide 7
  • Complete as seguintes frases, tendo em conta os sinnimos que lhe so apresentados: a) Amanh vou fazer um _______(1) para ficar mais descansada. b) No jornal informaram que dois jovens foram incomodados por um indivduo que pertencia a um grupo de _________(2). c) Tenho que chegar ao aeroporto duas horas mais cedo para fazer o _________(3). d) A loja de discos tem pouco _______(4). e) Ontem fomos almoar ao ________(5) perto da biblioteca, qual no foi o nosso espanto, quando nos cobraram pelo __________(6). (1) Exame de sade; (2) Pessoa totalmente careca que pertence a um grupo; (3) Receo de passageiros; (4) Artigos em armazm; (5) Restaurante de comida rpida; (6)Tipo de molho;
  • Slide 8
  • CORREO: Complete as seguintes frases, tendo em conta os sinnimos que lhe so apresentados: a) Amanh vou fazer um Check- up (1) para ficar mais descansada. b) No jornal informaram que dois jovens foram incomodados por um indivduo que pertencia a um grupo de skinhead (2). c) Tenho que chegar ao aeroporto duas horas mais cedo para fazer o check- in (3). d) A loja de discos tem pouco stock (4). e) Ontem fomos almoar ao snack- bar (5) perto da biblioteca, qual no foi o nosso espanto, quando nos cobraram pelo Ketchup(6).
  • Slide 9
  • 2. Preencha o crucigrama com as respectivas palavras: 15 4 2 2 1 3 4 5 3 Vertical: 1.Conjunto de normas oficiais que rege a lngua portuguesa. 2. Moeda de frica. 3. Nome prprio de lugar, regio, cidades, vilas povoao, rios etc. 4. Antropnimo derivado de Kant. 5. Sigla da medida de peso. Horizontal: 1.Uma das novas letras introduzidas no alfabeto. 2.Ato de roubar um automvel usando meios violentos. 3.Mtodo indiano de treino do corpo e da mente atravs de exerccios. 4.Duas letras que representam um nico fonema, por exemplo, ch, lh. 5.Escrita.
  • Slide 10
  • 2. Preencha o crucigrama com as respectivas palavras: 15 A4K 2CARJACKING 2OA KRN UDT 1CAPAOI NA ZO3N ARTO TO UP 4DIGRFS RN I 5GRAFIAM IO CS 3YOGA Vertical: 1.Conjunto de normas oficiais que rege a lngua portuguesa. 2. Moeda de frica. 3. Nome prprio de lugar, regio, cidades, vilas povoao, rios, etc. 4. Antropnimo derivado de Kant. 5. Sigla da medida de peso. Horizontal: 1.Uma das novas letras introduzidas no alfabeto. 2.Ato de roubar um automvel usando meios violentos. 3.Mtodo indiano de treino do corpo e da mente atravs de exerccios. 4.Duas letras que representam um nico fonema, por exemplo, ch, lh. 5.Escrita.
  • Slide 11
  • Supresso das consoantes mudas Eliminam-se as consoantes que no se leem em palavras com : CC coleccion ador; accionar; confeccio nar; direccion ar; fracciona r; leccionar; seleccion ar; MAS ATENO, a consoante mantm-se sempre que articulada. Exemplos: friccionar, perfeccionismo... C colecionad or; acionar; confeciona r; direcionar; fracionar; lecionar; selecionar
  • Slide 12
  • Supresso das consoantes mudas Eliminam-se as consoantes que no se leem em palavras com: C aco; coleco ; correc o; direco ; distrac o; seleco ; reaco; objec o MAS ATENO, a consoante mantm- se sempre que articulada. Exemplos: convico, fico, frico, suco... ao; coleo; correo ; direo; distra o; seleo; reao; objeo
  • Slide 13
  • Supresso das consoantes mudas Eliminam-se as consoantes que no se leem em palavras com: CT activar; director; actor; exacto; adjectivo; lectivo; objectivo; objecto; afectivo; projecto; acto; tecto; colectivo; correcto; arquitectura T ativar; diretor; ator; exato; adjetivo; letivo; objetivo; objeto; afetivo; projeto; ato; teto; coletivo; correto; arquitetura MAS ATENO, a consoante mantm-se sempre que articulada. Exemplos: bactria, facto, nctar, octgono, pacto...
  • Slide 14
  • Supresso das consoantes mudas Eliminam-se as consoantes que no se leem em palavras com: PC anticoncepc ional; decepcionan te; excepcional; recepcionist a C anticonceci onal; dececionan te; excecional; rececionist a MAS ATENO, a consoante mantm- se sempre que articulada. Exemplos: egpcio, npcias, opcional...
  • Slide 15
  • P adopo; decepo ; intercep o; recepo ; adoo; deceo; interceo; receo; Supresso das consoantes mudas Eliminam-se as consoantes que no se leem em palavras com: MAS ATENO, a consoante mantm- se sempre que articulada. Exemplos: erupo, interrupo, opo...
  • Slide 16
  • Supresso das consoantes mudas Eliminam-se as consoantes que no se leem em palavras com: PT adoptar ; baptis mo; ptimo; optimis mo; Egipto T adotar; batismo ; timo; otimis mo; Egito MAS ATENO, a consoante mantm- se sempre que articulada. Exemplos: adepto, apto, eucalipto, rapto...
  • Slide 17
  • Acentuao grfica O novo acordo ortogrfico elimina alguns acentos grficos e aceita grafias duplas nos casos de variao de pronncia.
  • Slide 18
  • Supresso do acento As palavras graves com ditongos tnicos oi deixam de ser acentuadas. Exemplos: Asterides Asteroides BiaBoia JiaJoia Espermatozide Espermatozoide Jibia Jiboia
  • Slide 19
  • As formas verbais graves terminadas em em perdem o acento circunflexo. Exemplos: Crem Creem DemDeem Descrem Descreem LemLeem Relem Releem VemVeem RevemReveem
  • Slide 20
  • Nas palavras graves homgrafas de palavras com vogal tnica aberta ou fechada, a distino ser feita a partir do contexto em que se inserem, e perdem tambm o acento grfico. Exemplos: Pra (forma do verbo parar) Para (preposio) Pla(s) (forma do verbo pelar) Pela(s) (contraco) Plo(s) (nome) Pelo(s) (contraco) Plo(s) Polo(s) (por + lo[s]) Pra Pera (preposio) Exemplificao: Ele para o carro. Tu pelas o tomate? Esse gato tem muitos pelos. O Lus foi ao Polo Norte Comi uma pera.
  • Slide 21
  • Excees em que o acento grfico se mantm: Caso 1: Pde / Pode Pde 3. pessoa do singular do pretrito perfeito do indicativo do verbo poder. Pode 3. pessoa do singular do presente do indicativo do verbo poder. Exemplo: Ontem, ele pde fazer o jantar. Hoje, no pode, porque tem que sair. Caso 2: Pr / Por Verbo - Pr e preposio Por Exemplo: Basta pr um pouco de lixvia por cima da ndoa.
  • Slide 22
  • Abdmen Abdmen Acadmico Acadmico Agronmico Agronmico Amaznia Amaznia Anatmico Anatmico Antnio Antnio Barmetro Barmetro Binio Binio Blasfmia Blasfmia BnusBnus CnicoCnico Cmico Cmico Cmodo Cmodo Crnico Crnico Efmero Efmero FmurFmur FnixFnix Fenmeno Fenmeno GmeoGmeo GneroGnero GneseGnese GnioGnio Em Portugal, as palavras esdrxulas e graves cujas vogais tnicas e e o so seguidas das consoantes nasais m e/ou n so abertas. No Brasil, so fechadas. Exemplos: Harmnico Harmnico Homnimo Homnimo Ingnuo Ingnuo Insnia Insnia Matrimnio Matrimnio Milnio Milnio mega mega nusnus Oxignio Oxignio PnisPnis Polmico Polmico PneiPnei SmenSmen Sinfnico Sinfnico TnisTnis TnueTnue TnicoTnico Topnimo Topnimo VnusVnus Vmito Vmito XnonXnon
  • Slide 23
  • As palavras agudas cujas vogais tnicas e e o so seguidas das consoantes nasais m ou n levam acento agudo ou circunflexo, conforme o seu timbre (aberto ou fechado). Exemplos: Belm Porm Tambm Nas palavras agudas e e o tnicos, geralmente provenientes do francs, com oscilao de pronncia, aceita-se a dupla acentuao. Exemplos: BebBeb Bid Bid KaratKarat CocCoc CrochCroch PurPur MatinMatin
  • Slide 24
  • Trema No novo acordo ortogrfico suprime-se por completo o emprego do trema, usado apenas na grafia brasileira. Exemplos: agentaraguentar cinqentacinquenta No entanto, o trema continuar a ser usado em vocbulos de origem estrangeira e seus derivados. Exemplos: Mller e mlleriano Hbner e hbneriano
  • Slide 25
  • A letra maiscula usa-se nos nomes prprios de: pessoas, animais, pases, cidades, instituies, ttulos de jornais e pocas festivas: Maria Bobi (co) Portugal Lisboa Natal Caixa Geral de Aposenta es Dirio de Notcias Maria Bobi (co) Portugal Lisboa Natal Caixa Geral de Aposentaes Dirio de Notcias
  • Slide 26
  • A letra minscula usa-se nos dias da semana, meses, estaes do ano, rios, pontos cardeais: Segunda-feira Janeiro Primavera rio Tejo Norte segunda- feira janeiro primavera rio tejo norte MAS ATENO: Escreve-se com maiscula, se indicar uma regio de um pas. Exemplos: Norte de Portugal, Sul de Espanha...
  • Slide 27
  • Pode usar-se maiscula ou minscula (dupla grafia) nos nomes de disciplinas, de ruas, de templos, de edifcios e nas expresses de reverncia: Lngua Portuguesa Avenida das Flores Torre dos Clrigos Palcio de Queluz Excelentssimo Senhor Pedro Pinto lngua portuguesa avenida das flores torre dos Clrigos palcio de Queluz excelentssi mo senhor Pedro Pinto MAS ATENO: obrigatrio iniciar a frase com letra maiscula.
  • Slide 28
  • Pode usar-se maiscula ou minscula (dupla grafia)... nos ttulos dos livros, aps o primeiro elemento, que com maiscula, as outras palavras podem ser escritas com minscula, salvo nos nomes prprios: Os Lusadas Guerra e Paz A Ilustre Casa de Ramires Os lusadas Guerra e paz A ilustre casa de Ramires
  • Slide 29
  • HFENHFEN
  • Slide 30
  • Mantm-se o hfen. nas palavras compostas por justaposio que no contm formas de ligao: Mantm-se o hfen. nas palavras compostas por justaposio que no contm formas de ligao: amor-perfeito ano-luz arco-ris azul-escuro conta-gotas segunda-feira amor- perfeito ano-luz arco-ris azul- escuro conta- gotas segunda- feira
  • Slide 31
  • Mantm-se o hfen nos topnimos compostos Gr- Bretanha GroPar Gr- Bretanha GroPar iniciados por forma verbal Passa- Quatro Quebra- Costas Passa- Quatro Quebra- Costas cujos elementos estejam ligados por artigo Albergaria-a- Velha Trs-os- Montes Albergaria-a- Velha Trs-os- Montes iniciados pelos adjetivos gr ou gro
  • Slide 32
  • Mantm-se o hfen nas palavras compostas que designam espcies botnicas e zoolgicas: abbora- menina couve-flor erva-doce bem-me- quer feijo-verde cobra- capelo formiga- branca andorinha- do-mar abbora- menina couve-flor erva-doce bem-me- quer feijo-verde cobra- capelo formiga- branca andorinha- do-mar
  • Slide 33
  • Mantm-se o hfen nos compostos com os advrbios bem e mal: bem- aventurado bem-estar bem- humorado mal- afortunado mal-estar mal- humorado bem- aventurado bem-estar bem- humorado mal- afortunado mal-estar mal- humorado
  • Slide 34
  • Mantm-se o hfen nos compostos com os elementos alm, aqum, recm e sem: alm- Atlntico alm- fronteiras aqum-mar recm- casado recm- nascido sem-nmero sem- vergonha alm- Atlntico alm- fronteiras aqum-mar recm- casado recm- nascido sem-nmero sem- vergonha
  • Slide 35
  • Suprime-se o hfen nas locues: co-de- guarda fim-de- semana cor-de-vinho cor-de-caf- com-leite co de guarda fim de semana cor de vinho cor de caf com leite MAS ATENO: Mantm-se o hfen nas seguintes palavras. Exemplos: cor-de-rosa, gua-de- colnia, p-de-meia, arco-da-velha, mais-que-perfeito, ao deus-dar, queima-roupa...
  • Slide 36
  • Mantm-se o hfen para ligar duas ou mais palavras que ocasionalmente se combinam. Liberdade-Igualdade- Fraternidade Percurso Lisboa-Coimbra- Porto Angola-Moambique Liberdade-Igualdade- Fraternidade Percurso Lisboa- Coimbra-Porto Angola-Moambique
  • Slide 37
  • Mantm-se o hfen quando o segundo elemento da palavra comea por h: anti-higinico circum- hospitalar co-herdeiro extra-humano pr-histria super-homem MAS ATENO: No se usa o hfen nas palavras em que a primeira parte comea por des- e in- e nas quais a segunda parte perdeu o h inicial. Exemplos: desumano, desumidificar, inumano... anti-higinico circum- hospitalar co-herdeiro extra-humano pr-histria super-homem
  • Slide 38
  • Mantm-se o hfen quando a primeira parte da palavra termina em vogal e a segunda comea pela mesma vogal: Mantm-se o hfen quando a primeira parte da palavra termina em vogal e a segunda comea pela mesma vogal: anti- inflamatrio auto- observao contra- almirante contra-ataque micro-ondas semi-interno MAS ATENO: quando a primeira parte da palavra comea por co e a segunda inicia por uma vogal, mesmo que esta seja o o, juntam-se as duas partes. Exemplos: coobrigao, coordenar, cooperao... anti- inflamatrio auto- observao contra- almirante contra-ataque micro-ondas semi-interno
  • Slide 39
  • Mantm-se o hfen nas formaes com os prefixos circum e panquando a segunda palavra comea por vogal, m ou n. circum-escolar circum- navegao circum- ambiente pan-africano circum-escolar circum- navegao circum- ambiente pan-africano
  • Slide 40
  • Mantm-se o hfen nas palavras comeadas por hiper-, inter- e super- e em que o segundo elemento comea por r: hiper- requintado inter- resistente super-revista hiper-requintado inter-resistente super-revista
  • Slide 41
  • Mantm-se o hfen nas palavras comeadas por ex- e vice-: ex-director ex-presidente ex-primeiro ministro vice-director vice-presidente ex-diretor ex-presidente ex-primeiro- ministro vice-diretor vice-presidente
  • Slide 42
  • Mantm-se o hfen nas palavras comeadas por ps-, pr- e pr e nas quais o segundo elemento uma palavra que pode ser escrita sozinha: ps- gradua o pr-escolar pr-natal pr-europeu ps- graduao pr-escolar pr-natal pr- europeu
  • Slide 43
  • Suprime-se o hfen quando o primeiro elemento termina em vogal e o segundo comea por r ou s.s.s.s. Nestes casos, a consoante inicial do segundo elemento dobra: anti-racismo anti-religioso anti-rugas micro- radiografia anti-social ultra-som contra-senso micro-sistema mini-saia semi-recta antirracismo antirreligios o antirrugas microrradiog rafia antissocial ultrassom contrassenso microssiste ma minissaia semirreta
  • Slide 44
  • Suprime-se o hfen quando o primeiro elemento termina em vogal e o segundo comea por uma vogal diferente: Suprime-se o hfen quando o primeiro elemento termina em vogal e o segundo comea por uma vogal diferente: agro- industrial auto-estrada extra-escolar infra- estrutura agroindustri al autoestrada extraescolar infraestrutur a
  • Slide 45
  • Suprime-se o hfen no presente do verbo haver: Eu hei-de Tu hs-de Ele h-de Ns havemos Vs haveis Eles ho-de MAS ATENO: Continua a empregar-se o hfen nos pronomes pessoais a seguir ao verbo. Exemplos: am-lo, d-se, deixa-o, partir-lhe, envi-lo- emos... Eu hei de Tu hs de Ele h de Ns havemos Vs haveis Eles ho de
  • Slide 46
  • O fim do princpio da transformao...