REVESTIMENTO CERÂMICO.docx

of 15 /15
MANUAL DE OBRAS REVESTIMENTO CERÂMICO- PAREDES O revestimento cerâmico é usado para revestir tanto pisos quanto as paredes. No Condomínio Essencial esta sendo utilizada nas paredes uma placa cerâmica com dimensões de 33 X 60 na cozinha e banheiro. O uso desse revestimento para esses compartimentos (cozinha e banheiro) tem a vantagem de ter mais facilidade de limpeza, durabilidade e também o valor estético. MATERIAIS Revestimento Cerâmico; Argamassa de assentamento; Rejunte; Serra Mármore; Trena; Linha; Riscadora; Desempenadeira denteada; Colher de pedreiro; Régua de alumínio; Brocha; Masseira; Martelo de borracha; Espaçadores de juntas; Prumo; Nível; Água; Os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) a serem utilizados pelo ceramista servente são luva pigmentada, Rua Bonifácio de Abreu, 3604, Morada do Sol, Teresina, Piauí. www.pentaincorporadora.com.br MANUAL DE OBRAS - PROCEDIMENTOS

Embed Size (px)

Transcript of REVESTIMENTO CERÂMICO.docx

MANUAL DE OBRAS

REVESTIMENTO CERMICO- PAREDES O revestimento cermico usado para revestir tanto pisos quanto as paredes. No Condomnio Essencial esta sendo utilizada nas paredes uma placa cermica com dimenses de 33 X 60 na cozinha e banheiro. O uso desse revestimento para esses compartimentos (cozinha e banheiro) tem a vantagem de ter mais facilidade de limpeza, durabilidade e tambm o valor esttico.

MATERIAIS Revestimento Cermico; Argamassa de assentamento; Rejunte; Serra Mrmore; Trena; Linha; Riscadora; Desempenadeira denteada; Colher de pedreiro; Rgua de alumnio; Brocha; Masseira; Martelo de borracha; Espaadores de juntas; Prumo; Nvel; gua; Os EPIs (Equipamentos de Proteo Individual) a serem utilizados pelo ceramista servente so luva pigmentada, capacete com jugular, culos incolor, bota de couro e fardamento.

CONDIES INICIAIS necessrio que antes de iniciar o servio algumas etapas estejam concludas e devidamente inspecionadas, dentre elas temos: O reboco interno deve estar concludo; O local tem que estar limpo e desimpedido; As caixas das instalaes eltricas e hidrulicas concludas e testadas;

PROCEDIMENTO PASSO 1:Estabelecer previamente um plano que lhe permita calcular o nmero decermicaa cortar, limitar o nmero de desperdcios e prever uma disposio simtrica das mesmas colocar volta de aberturas. Determine a largura da juntaVerificar o esquadro e as dimenses do local a ser revestido para definio da disposio das placas cermicas, buscando reduzir o nmero de recortes e o melhor posicionamento destes;1. Verifique as possveis falhas na execuo na superfcie das estruturas, como ondulaes, falta de pedaos dos blocos e blocos salientes ou aprofundados.

2. Verifique possvel umidade, deve-se constatar que a parede encontra-se sem umidade, limpa e curada.

3. O assentamento das placas deve ser realizado de baixo para cima, uma fiada de cada vez.

4. Deve-se assentar duas placas que serviro de guias. Estas sero assentadas nas extremidades da borda inferior da parede, tomando-se como referncia a cota prevista para o revestimento do piso. Apoiadas sobre calos adequadamente nivelados, utilizando-se, por exemplo, o nvel bolha.

5. Estique uma linha para servir como guia para o posicionamento das demais placas desta fiada, entre as duas placas j assentadas. Pode-se tambm usar rgua de madeira/ metlica ao invs da linha. E temos instrumentos desenvolvidos como nvel a laser e/ou eletrnico.

6. Garanta o prumo das fiadas verticais, assentando uma placa guia em cada extremidade superior da parede, devidamente aprumada e nivelada.

7. Estude os cortes. Verifique os locais onde se encontram janelas, portas, interruptores e etc., pois nestes pontos as placas deveram receber cortes. Evite cortes nas partes visveis.

8. Prepare a argamassa de assentamento.

9. Aguarde reao da argamassa. Para os aditivos iniciarem sua ao, a argamassa colante preparada deve ficar em repouso por um perodo de tempo indicado na embalagem do produto, e a seguir deve ser novamente reamassada.

10. Espalhe a pasta. A pasta deve ser espalhada em faixas de 60 cm de largura, para facilitar a colocao das placas cermicas. Porm a extenso da faixa de espalhamento da argamassa colante deve ser determinada para cada caso e depende das condies locais. Use o lado liso de desempenadeira de ao dentada, apertando-a de encontro superfcie da estrutura anterior, formando uma camada uniforme de cerca de 3 a 4 mm.

11. Faa os cordes (sulcos). Aplicar o lado dentado da desempenadeira em ngulo de 60 graus, formando cordes que facilitam o nivelamento e a fixao das placas cermicas.

12. Faa o Teste da ponta dos dedos, para verificar se a argamassa ainda est boa para se trabalhar. Deve-se dar ateno especial a locais sujeitos a insolao, vento ou corredor de ar.

13. Aplique as placas cermicas sobre os cordes, de preferncia das extremidades para o centro, sempre pressionando com as mos. Deve-se obedecer a disposio prevista para as placas e largura das juntas de assentamento com o auxlio de espaadores plsticos previamente gabaritados. Estes tambm funcionam como amortecedores.

14. Bata sobre o revestimento com um martelo de borracha, amassando por completo os cordes de argamassa e expulsando o ar retido.

15. Controle o alinhamento das juntas sistematicamente com o auxlio de linha esticada longitudinal e transversalmente.

MATERIAIS Os materiais necessrios na execuo de um revestimento cermicos so: gua; Argamassa colante (sempre procure na embalagem a designao da mesma, prazo de validade, condies de armazenamento, instrues e cuidados necessrios para a aplicao, manuseio, quantidade de gua de amassamento e tempo de maturao ou repouso);

Figura 1. Argamassa colante

Argamassa de rejuntamento (existem vrios tipos de argamassas de rejuntamento, escolha sempre a argamassa de rejuntamento adequada s necessidades da obra); Revestimento cermico . importante que se observe na embalagem a tonalidade, o tamanho, quantidade, a classe de resistncia abraso e o grupo de absoro, para dar uma maior qualidade e padronizao ao servio. Neste caso temos que:

Tonalidade: variao da cor em relao pea padro. Todas as caixas adquiridas devem ter o mesmo nmero ou cdigo no item tonalidade. Tamanho: dimenses de largura e comprimento da pea cermica. O tamanho, indicado na embalagem, deve ser o mesmo em todas as caixas. Quantidade: nmero de cermicas existentes na embalagem. Este valor deve ser conferido cuidadosamente, antes de iniciar os servios de assentamento. Abraso: resistncia ao desgaste da superfcie, causado pelo movimento de pessoas e objetos.

Classificao PEIResistncia Abraso

0 (BAIXISSIMA)Somente para paredes

1 (BAIXA)Banheiros e dormitrios residenciais

2 (MDIA )Residncias sem portas externas e banheiros

3 (MDIA ALTA)Residncias com portas externas, cozinhas, hall, corredores.

4 (ALTA)reas internas de uso comercial, garagens.

5 (ALTISSIMA)Alto trfego, uso pblico interno e externo.

Absoro: quantidade de gua que a placa cermica capaz de absorver. A denominao usual dos revestimentos cermicos est relacionada com as caractersticas de absoro de gua.

Denominao cermicaAbsoro de gua

PorcelanatoBaixa absoro (0 a 0,5%) e resistncia alta

GrsBaixa absoro (0,5 a 3%) e resistncia alta

SemigrsMdia absoro (3 a 6%) e resistncia mdia

Semi-porosoAlta absoro (6 a 10%) e resistncia baixa

PorosoAlta absoro (acima de 10%) e resistncia baixa

No Condomnio Essencial foi utilizado quanto a abraso o PEI 5 e quanto a absoro de agua o empregado foi o porcelanato que possui baixssima absoro e alta resistncia.

FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOSAs ferramentas e equipamentos necessrios execuo do assentamento de revestimento cermico em pisos internos so:

Rguas de alumnio Esquadro de Alumnio; EPIs; Desempenadeira de ao ou PVC lado dentado 6 x 6 mm (para azulejo); Trena metlica; Linha de nylon; Esptula; Detergente neutro; Riscador; Argamassa; Peas Cermicas; Esponja de ao macia; Espaadores;

Nvel de mangueira; Colher de pedreiro; Prumo de face, broxa; Desempenadeira de madeira; Caixote plstico para argamassa; Rodo; Vassoura; Martelo de borracha; Serra eltrica manual com disco de corte; adiamantado; Pano ou espuma.

Figura 2. Equipamentos e ferramentasJUNTASAs juntas so espaos deixados entre duas placas cermicas ou entre dois painis de parede. Juntas de assentamento: conhecidas por rejunte so espaos regulares entre as placas cermicas, preenchidas com material flexvel (argamassa de rejuntamento). Tendo como finalidade melhorar o alinhamento, oferecer acomodao s movimentaes da base e da placa cermica, facilitando as trocas sem correr riscos de quebras.

JUNTAS DE ASSENTAMENTO

Juntas estruturais: espaos previstos no projeto estrutural, com o objetivo de garantir a segurana da edificao frente s cargas mecnicas previstas no projeto. Estas juntas atravessam todo o piso e tem sua largura especificada no projeto estrutural.

CONDIO INICIAL

necessrio que antes de iniciar o servio algumas etapas estejam concludas e devidamente inspecionadas, dentre elas temos: O revestimento argamassado e o contrapiso devem estar concludos pelo menos h 05 dias; O marcos das esquadrias deve estar instalado, porm sem a colocao de alisares; As caixas das instalaes eltricas e hidrulicas concludas e testadas; A impermeabilizao de piso em reas midas deve estar executada e testada; Os ralos devem estar protegidos para evitar entupimentos.

PROCEDIMENTOS

PASSO 1:Estudar a paginao e verificar desnvel entre ambientes e os caimentos.

PASSO 2:Antes de iniciar o assentamento do piso deve-se verificar se existem diferenas de nveis no contrapiso, caso ocorra devam ser corrigidas. Aps essa verificao e necessrio a limpeza da base, varrendo e lavando-a, para que tenha uma maior adeso.

PASSO 3:Preparao da argamassa seguindo os seguintes passos:1. Coloque a argamassa em uma masseira;2. Adicione gua seguindo as recomendaes do fabricante;3. Mistura-se a argamassa deixando numa consistncia homognea e consistente; Aps o seu preparo, deixada para descansar por 15 minutos para atingir seu ponto ideal. E o seu emprego deve ocorrer no mximo ate 2 horas aps o seu preparo.

Figura 5. Preparao da argamassa PASSO 4:Deve-se marcar a linha perpendicular para definir o alinhamento e esquadro das peas no ponto de sada, definidas de acordo com o Projeto de Paginao. Assenta-se uma cermica, de acordo com o projeto de paginao, posteriormente coloque sobre o piso outra placa, sem assentar na outra extremidade que ser utilizada como referencia. Fixe um prego no vrtice da placa que foi assentada e tambm no vrtice da placa que no foi assentada. Em seguida prenda uma linha nos pregos fixados, utilizada para evitar a movimentao das placas. Fazendo assim linhas horizontais e verticais. PASSO 5:Depois de feito o esquadro comea-se a assentar o piso. Antes de fazer a distribuio de argamassa no piso e recomendado que molhe a superfcie para dar uma melhor adeso. A argamassa deve se distribuda primeiramente ao lado da placa assentada no passo anterior. Para as placas intermediarias basta seguir as linhas esticadas. importante que se aplique tambm a argamassa na face posterior da cermica e assente na superfcie, e em seguida d marteladas para fixar de forma adequada e perfeita a placa. Neste processo no se pode deixar as pessoas transitarem sobre o piso, para no ocorrer deslocamentos. Caso as peas tenha a necessidade de corte se faz a marcao e corta-se com auxilio de Serra Mrmore. PASSO 6:Logo aps o assentamento das placas faz-se o uso de espaadores (5 mm)entre elas. Depois se deve aguardar 72 horas para aplicao do rejunte.

Figura 9. Espaadores

PASSO 7:Prepara-se o rejunte seguido instrues do fabricante lembrando que ele tambm deve ter um descanso de 15 minutos. Depois o aplique com o auxilio de uma desempenadeira de borracha e limpe o excesso de rejunte com uma esponja macia e umedecida. PASSO 8:Depois do piso pronto assenta-se os rodaps, seguindo o alinhamento cermico e seguindo os mesmos passos do piso cermico. O rodap colocado no Condmino Essencial possui uma espessura de 15 mm.

PASSO 9: Aps o termino do servio faz-se a limpeza e recolhimento dos equipamentos e ferramentas.

OBSERVAES: No Condomnio Essencial fez-se uso de porcelanato com dimenses 61x61 para o piso e de 32x52 nas paredes. A argamassa utilizada foi do tipo ACII (externo) e ACIII (Possui caracterstica de adesividade, flexibilidade e leveza, permitindo o assentamento de peas de cermica e porcelanatos); Na compra das placas cermicas foi acrescentado 10% a mais do total comprado para os possveis cortes.

Rua Bonifcio de Abreu, 3604, Morada do Sol, Teresina, Piau.www.pentaincorporadora.com.brMANUAL DE OBRAS - PROCEDIMENTOS