Revista COFI 224

Click here to load reader

  • date post

    29-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    251
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Revista COFI - Correio Filatélico, edição 224

Transcript of Revista COFI 224

  • 3Editor ia lAno 35 Edio 224

    ECT / ISSN 0101 3114Revista produzida,editada e distribuda peloDepartamento de Filatelia eProdutos dos Correios

    Editores ResponsveisMaria de Lourdes Torres de Almeida FonsecaAltemar Henrique de Oliveira

    CoordenaoMaria Clara Marques Fagundes

    Jornalista ResponsvelThales Alves da Silva - MG 069.557 JP

    Assistente de Redao Raquel DominguesNayara Carmo

    RevisoKesya Nayla Lima LopesSlvia Brina

    Projeto Grfico e DiagramaoFazenda Comunicao & Marketing

    ColaboraoEquipe Departamento de Filatelia e Produtos e Diretorias Regionais dos Correios

    Capa desta edio Ldia Marina Hurovich Neiva

    ProduoFazenda Comunicao & Marketing

    CorrespondnciaEquipe Departamento deFilatelia e Produtos

    Edifcio Sede da ECT12 andar [email protected]/revistacofiwww.twitter.com/revistacofihttp://blog.correios.com.br/correiosonlinewww.facebook.com/pages/Revista-COFI/238030072914664

    A reproduo total ou parcial desta revista autorizada, desde que citada a fonte. As opinies emitidas em artigos assinados so de inteira responsabilidade dos seus autores, no refletindo, necessariamente, a posio dos editores.

    Tiragem25.000 exemplares

    Assinatura GratuitaJos Furian Filho

    Vice-presidente de Negcios dos Correios

    Janeiro a Maro de 2012

    A revista COFI comemora, nesta edio, 35 anos da realizao de um so-

    nho: criar uma publicao filatlica abrangente, que fortalecesse o elo entre

    os apaixonados por selos e os Correios. So 224 edies, que testemunham

    grandes momentos da Filatelia e acontecimentos que mudaram o mundo.

    Convidamos voc, leitor, para uma festa de aniversrio que rene todas as

    capas da aniversariante, to querida para a ECT e os filatelistas brasileiros.

    Nesta edio, fazemos um passeio pelo Brasil, mostrando como vrias ci-

    dades festejaram o Dia do Filatelista, celebrado em 5 de maro. A reabertura

    do Museu Nacional dos Correios, em Braslia, um grande presente da ECT

    aos filatelistas brasileiros em 2012.

    No Panorama Internacional, trazemos os mais belos mximos postais do

    mundo, eleitos em concurso da Federao Internacional de Filatelia. Primei-

    ro colocado, o portugus Rui Dias nos fala sobre a paixo pela maximafilia

    e conta como, por meio dos cartes-postais, se apaixonou pelo Brasil e pela

    esposa, natural de Pernambuco.

    A Fora da Lngua Portuguesa o tema da Exposio Filatlica Luso-Bra-

    sileira Lubrapex. Fique por dentro deste evento, que ser realizado de 10 a

    18 de novembro, em So Paulo, no Prdio Histrico dos Correios.

    Saiba mais, tambm, sobre as emisses filatlicas do trimestre. O selo em

    homenagem aos 150 anos da Igreja Presbiteriana do Rio de Janeiro abriu a

    programao filatlica de 2012. A descoberta e explorao do Pr-Sal, fruto

    do sucesso brasileiro na prospeco de petrleo, foi tema do segundo selo

    do ano. Celebrando a incluso, homenageamos, com um bloco de selos em

    braille, a Fundao Dorina Nowill para cegos e a sua fundadora.

    Desejamos a todos uma boa leitura!

  • Su

    m

    rio

    Selo em Movimento 47

    Carimbos Comemorativos 49

    Destaques 5

    Panorama Internacional 15

    Matrias Especiais 18

    Selos do Perodo 34

    Selomania 42

    Fundao Dorina Nowill: 66 anos abrindo caminhos para os deficientes visuais

    38

    4

    Museu Nacional dos Correios reabre as portas

    32 COFI 35 anos:a histria de uma paixo postal

    20

    Dia do Filatelista ganha comemoraes em todo o Pas

    27

    Janeiro a Maro de 2012

  • 55

    DestaquesDestaques

    5

    Am

    azon

    as

    Janeiro a Maro de 2012

    Suframa: desenvolvimentopara o Amazonas

    Construir um modelo de desenvolvimento regional que utilize de forma sustentvel os recursos naturais, melho-rando a qualidade de vida das populaes locais. Essa a filosofia da Superintendncia da Zona Franca de Manaus SUFRAMA que h 45 anos desenvolve parcerias e financia projetos para o desenvolvimento regional.

    Para comemorar o aniversrio, foi lanado selo personali-zado, durante a 225 reunio do Conselho de Administrao. O evento, em 28/2/12, homenageou os servios desenvolvi-dos pela Superintendncia e reforou a parceria com os Cor-reios enquanto promotores de desenvolvimento regional.

    Diretora dos Correios, Luquesia Lemos, e o superin-tendente da Zona Franca, Thomaz Nogueira.

    Bahi

    a

    Os registros contbeis so fundamen-tais para monitorar a sade financeira das instituies. A contabilidade nasceu como uma resposta prtica s necessidades de controle mercantil, e sua histria se con-funde com a do prprio comrcio.

    No Estado da Bahia, o Conselho Re-gional de Contabilidade comemorou 65

    anos de defesa da profisso. Em reco-nhecimento aos esforos dos contabi-listas e importncia da profisso para a sociedade, foi lanado, em 19/3, no Othon Palace hotel, carimbo comemora-tivo e selo personalizado. A solenidade contou com a presena de mais de 500 convidados.

    Contabilidade baiana65 anos de regulamentao

    Bahi

    aMercado Modelo: o centenrio de um sobrevivente

    Annimos e ilustres j visitaram o local, como o diretor Roberto Rosellini, em 1957, e o casal de filsofos Jean Paul Sartre e Simone Beavouir, em 1958.

    Nenhum turista, porm, causou tanto impacto quanto Elisabeth II em 1968. Os balagands, amuletos da tradi-o afro-brasileira presenteados rainha britnica, tor-naram-se um dos itens mais procurados por visitantes. Os souvenires, os doces e a cachaa, tragada em um s gole pelo prncipe Philipp, tambm fazem sucesso.

    O Mercado Modelo, inaugurado em 1912, ocupa o an-tigo prdio da Alfndega, construo neoclssica do sculo XIX. O prdio original foi destrudo por um incndio, em 1969, mas o Mercado sobreviveu, instalando-se ao lado do antigo endereo. Para comemorar o centenrio, a Cmara Municipal de Salvador lanou, em sesso solene, em 2/2, carimbo comemorativo e selo personalizado.

    O coordenador dos Correios, Santos Neto (E), e o representante da Asso-

    ciao dos Comerciantes do Mercado Modelo, Mrio Csar Coelho.

    O presidente do CRC-BA, contador Welling-ton do Carmo Cruz, e o diretor regional dos Correios na Bahia, Cludio Moras Garcia.

  • 6DestaquesDestaquesD

    istr

    ito F

    eder

    al

    Janeiro a Maro de 2012

    Bahi

    a

    Mediador entre a informao e quem a busca, o bibliotecrio atua em diversas reas onde necess-rio organizar e democratizar o conhecimento.

    Embora o primeiro curso de biblioteconomia do Brasil tenha sido criado em 1911, apenas em 1962 a profisso foi regulamentada. Para celebrar os 50 anos de reconhecimento profissional, foi lanado, em Braslia, no Dia do Bibliotecrio (12/3), selo per-sonalizado e carimbo.

    A data, simblica, foi escolhida tambm para o lanamento, em Salvador, de selo e carimbo come-morativo dos 70 anos da Biblioteconomia na Bahia e no Nordeste. A cerimnia aconteceu no Instituto de Cincia da Informao, no campus da Universi-dade Federal da Bahia.

    Bibliotecrio: elo entre leitor e livro

    Diretor adjunto Marcelo Schwab e diretor do Instituto de Cincia

    da Informao.

    sinnimo de encomenda expressa

    Lanado em 1982, o Sedex virou sin-nimo de encomenda expressa no mercado brasileiro. So mais de 2 bilhes de objetos entregues. O servio o embrio e o prin-cipal integrante da famlia de encomendas expressas, que inclui o e-SEDEX, o SEDEX 10, o SEDEX Hoje e o SEDEX Mundi, criados na ltima dcada.

    Os 30 anos do Sedex foram celebrados em selo personalizado e carimbo comemo-rativo. As peas chegaram por Sedex no lanamento, realizado em 20/03, na Univer-sidade dos Correios, em Braslia. A vinheta comemorativa pode ser encomendada por colecionadores nas agncias dos Correios.

    Durante as comemoraes foi entregue tambm o prmio de Melhor Selo do Ano 2010. O selo do centenrio do Nascimento de Chico Xavier foi eleito pelo voto popular, e o bloco Braslia - Sonho e Realidade: Mo-numentos e XVI Congresso Eucarstico Na-cional venceu na categoria arte filatlica. As peas tem design de Miriam Guimares.Carteiro Ubiratan de Melo faz a entrega do selo lanado.

  • 7Destaques

    Dis

    trito

    Fed

    eral

    D

    istr

    ito F

    eder

    al

    Janeiro a Maro de 2012

    Os funcionrios da Agncia Filatlica.

    Agncia Filatlica de BrasliaOs 35 anos da Agncia Filatlica de Braslia foram

    comemorados no dia do Filatelista (5/3), com um grande lanamento: um carimbo datador personali-zado com a imagem da catedral. O servio de marco-filia personalizada atender demanda de coleciona-dores e estar disponvel, em breve, em todas as 36 Agncias Filatlicas do Brasil.

    Cada agncia filatlica receber um carimbo per-sonalizado, com um smbolo representante do seu Estado. Com a imagem da catedral projetada por Os-car Niemayer, um dos seus mais belos monumentos.

    O cuidado na personalizao filatlica uma re-tribuio fidelidade dos colecionadores. Os filate-listas so mais do que fiis, so apaixonados, afirma o diretor regional de Braslia, Antonio Toms. Diretor regional de Braslia, Antonio Toms, e

    Renata Torres, gerente da Agncia Filatlica.

    H 100 anos, o Brasil adiou o carnaval. A como-o foi causada pela notcia da morte do Baro do Rio Branco, s vsperas da festa, em fevereiro de 1912. Chanceler durante quatro governos (Rodri-gues Alves, Afonso Pena, Nilo Peanha e Hermes da Fonseca), Jos Maria da Silva Paranhos Jnior, o Baro do Rio Branco, foi o principal responsvel pelo reconhecimento das fronteiras do Brasil.

    A demarcao pacfica e definitiva das fron-teiras fez do Brasil a nica Nao de dimenses continentais sem disputas territoriais. Rio Branco consolidou tambm a autonomia do Pas frente ao imper