Revista Insider nº 19

of 7/7
Notícias e tendências da Internet no Brasil e no mundo Número 16 - Setembro - Outubro / 2008 PLATAFORMA ABERTA FORTALECE DIÁLOGO COM CONSUMIDOR MURAL Página 11 Guilherme Mortesen, Elizabeth Lemos e Paula Lopes, da Unilever: campanhas criaram engajamento do usuário com produtos da marca CAMPANHA FIAT VIA MOBILE INDICA TENDÊNCIA TENDÊNCIAS E ATUALIDADES Páginas 6 e 7 JURADOS DO BIG IDEA CHAIR APONTAM CAMINHOS DA REDE BATE-PAPO Páginas 3 a 5
  • date post

    01-Nov-2014
  • Category

    Travel

  • view

    855
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Yahoo Insider nº 19 - Web vira palco da Fórmula Truck. Ricardo Barion, da Volkswagen Caminhões e Ônibus, e Isabelle Fernandes, da Almap BBDO, falam da parceria com o Yahoo! na cobertura da competição de caminhões.

Transcript of Revista Insider nº 19

  • 1. Notcias e tendncias da Internet no Brasil e no mundo Nmero 16 - Setembro - Outubro / 2008 BATE-PAPO JURADOS DO BIG IDEA CHAIR APONTAM CAMINHOS DA REDE Pginas 3 a 5 TENDNCIAS E ATUALIDADES CAMPANHA FIAT VIA MOBILE INDICA TENDNCIA Pginas 6 e 7 MURAL PLATAFORMA ABERTA FORTALECE DILOGO COM CONSUMIDOR Pgina 11 Guilherme Mortesen, Elizabeth Lemos e Paula Lopes, da Unilever: campanhas criaram engajamento do usurio com produtos da marca
  • 2. Editorial Mensagens instantneas >> Novidades e curiosidades Bate-Papo Prezados leitores, >> Yahoo! inaugura nova Home Page O mundo virtual roxo no Yahoo!. Acompanhando o posicionamento da marca no mercado, a home page do portal adotou o roxo como cor oficial em sua nova verso, no ar desde agosto deste ano. O layout da rea principal de notcias foi remodelado, permitin- do ao usurio o acesso a vdeos do Yahoo! e de outros canais sem precisar sair da home. As notcias minuto a minuto continuam no alto da tela, logo abaixo das principais man- O ms de setembro registrou mais chetes ilustradas com fotos. O Media Center Remodelada, nova home permite acesso a de 25 milhes de internautas residen- vdeos do Yahoo! e de outros canais ciais conectados Internet, com mdia apresenta fotos geradas tanto por agncia de de 23,5 horas de navegao por pessoa. notcias internacionais quanto imagens do Fli- Os dados, divulgados pelo Ibope//Net ckr e vdeos do Yahoo!. Diariamente, a home que rene desde o ms de agosto os principais Ratings em outubro, revelam ainda que o nmero de usurios foi 25% superior ao apresenta um item do Y!Post, projeto do Yahoo! posts dos blogs mais criativos da Internet. mesmo perodo do ano passado, quando chegou a 20 milhes de conectados. No muito difcil observar que o pblico jovem predominante na Inter- net. Dados da consultoria TGI Brasil re- gistram que, entre os jovens, a web fica >> Novo canal de futebol estria no Yahoo! atrs apenas da TV Aberta em termos de penetrao dos entrevistados, 61% acessam a web semanalmente, contra Uma arquibancada virtual. Este o for- Presente e futuro da web na mesa com jurados do Big Idea Chair 2008 50% que sintonizam emissoras de FM e mato do canal de futebol do Yahoo!, (www. 29% que lem jornais dirios. Como no poderia deixar de ser, yahoo.com.br/futebol) lanado no final do este pblico est na mira das aes do ms de setembro. Alm do acesso a notcias, mercado publicitrio devido sua capa- fotos e vdeos do Brasileiro, nele o inter- cidade de interao com novos meios e seu j solidificado poder de compra. As nauta tem voz. Como em uma rede social, o Profissionais do mercado discutem as possibilidades da aes desenvolvidas pelas agncias para produtos destinados ao jovem digital torcedor digital comenta os principais lances da rodada e o que de mais interessante acon- publicidade digital em tempos de tecnologia 3G e Web 3.0 voc confere em reportagem de capa teceu com seu time. Dinmico e de navega- A desta edio. A publicidade para mobile j traa o intuitiva, o novo modelo apresenta dados publicidade digital est novamente zo, VP de mdia da McCann Ericsson, e para replicar ou amplificar uma idia central, seus caminhos rumo a um modelo de completos sobre todas as equipes da srie A, diante de um novo momento. Marcio Salem, presidente e diretor de cria- a Big Idea. O futuro media agnostic, ou Canal fomenta a participao do usurio dilogo mais intenso com o consumidor. sob o conceito de rede social Em matria das pginas 6 e 7, saiba quais desde a tabela de classificao, ltimas not- Agora que os celulares com tecno- o da Salem, todos jurados do Big Idea seja: a idia ser a questo mais importante so os formatos j trabalhados por mar- cias dos times, estatsticas detalhadas tanto logia 3G j so uma realidade no pas, um Chair, para um bate-papo sobre o momento da estratgia de comunicao e a escolha das cas e criativos. dos times quanto dos jogadores, at narraes a pgina dar incio tambm ao acompanha- novo universo de possibilidades se abre para atual e a nova maneira de dialogar com o mdias ser uma mera conseqncia do que a O bate-papo rene integrantes do jri do prmio Big Idea Chair. Na pauta, ao vivo das partidas. mento dos rbitros dos campeonatos regio- criativos, agncias e marcas. Uma maneira consumidor. Os melhores momentos voc idia demandar para ganhar fora. os novos caminhos da publicidade digi- At o final deste ano, os mesmos re- nais. Assim, o torcedor vai saber quem so os diferente de dialogar com o consumidor se confere a seguir. ngelo Franzo, McCann Ericsson: Acho tal e, claro, os conceitos que sustentam cursos estaro disponveis para os amantes campees de distribuio de cartes ou ainda apresenta recheado de novos caminhos. que o i + e com certeza comandar, cada uma grande idia. do futebol europeu. O Campeonato Ingls quais administram as partidas marcando o To importante quanto este novo Quando j se discute as inovaes tra- vez mais, o relacionamento publicitrio com Boa leitura! inaugura a temporada internacional. Para o maior nmero de faltas. O canal futebol do momento o interesse pela interao demons- zidas pela web 3.0, o que o mercado pode a WEB. O que i + e ? Interao e Inedi- Guilherme Ribenboim comeo do prximo ano, a partir de janeiro, Yahoo! vai tremer. trado pelo consumidor, atento s inovaes vislumbrar como tendncia a ser utilizada tismo + Envolvimento Eficaz. Gerente Geral do Yahoo! Brasil tecnolgicas e aberto a novos modelos de di- em campanhas? Marcio Salem, Salem: As agncias modernas logo com produtos de seu interesse. Isso fica Suzana Apelbaum, Hello,: Os anunciantes tm departamentos de tendncias e inovao claro nos resultados obtidos por campanhas devem estar prontos para entregar a mensa- que identificam potenciais usos de novas tec- YAHOO! BRASIL Jornalista Responsvel Claudia Reis (MTB 15693) EM TEMPO: o que mais temos hoje online, que registram ndices expressivos de gem que o consumidor desejar, no momento nologias na comunicao. A Salem uma de- Gerente geral Guilherme Ribenboim Textos Filipe Albuquerque so spams. Portanto, se no quiser re- Foto da Capa Srgio Zacchi impacto e engajamento. que ele quiser. a era da mobilidade, em que las. Geralmente as agncias pioneiras fazem ceber esta newsletter, basta enviar um Y! INSIDER Em nenhum outro tempo a criati- a tecnologia corre para entregar dispositivos projetos experimentais para testar o potencial Diagramao e Produo Grfica Luiz Gerardi e-mail para [email protected] Conselho editorial Agenor Castro, Alan Pires, Y! Insider uma publicao do Yahoo! Brasil. vidade encontrou tantas possibilidades e que permitam identificar o contedo ideal e das novas tecnologias. E usando o conceito Agora, se voc gostou tanto que Andr Izay, Cristiana SantAnna, Eduardo Muniz, no quer dividi-la com ningum, indi- Yahoo! do Brasil Internet Ltda. Todos os direitos reservados ausncia quase que completa de limitaes. entregar a mensagem assim que o usurio so- da Cauda Longa, podem ser usadas vrias Fbio Boucinhas, Gisele Perasolo Alves, Guilherme que um amigo pelo mesmo endereo Nenhuma informao poder ser reproduzida sem o Insider reuniu Suzana Apelbaum, scia- licitar. No existir mais a comunicao 360 tecnologias para alcanar o consumidor em Ribenboim, Katsura Eguti, Marcello Alvarenga, eletrnico. Marcelo Miranda, Olavo Ferreira e Sandra Moraes prvio consentimento por escrito do Yahoo! Brasil diretora de criao da Hello,, ngelo Fran- como hoje, com os meios sendo usados vrias mdias. Rua Fidncio Ramos, 195, 12 andar CEP 04551-010 So Paulo SP Produo editorial Press Porter Gesto de Imagem [email protected] www.yahoo.com.br 2 3
  • 3. Bate-Papo Bate-Papo J est completamente absorvido pelas espontaneamente contedos que julgue in- Como jurados do Big Idea Chair, qual ou agncias a busca por gerar identificao en- teressantes, inclusive aqueles relacionados quais os conceitos formam uma Grande tre a marca e o consumidor, tornando-o um a aes publicitrias. Se tem algo que no Idia na internet? ser ativo e relacionando-o a seus pares, com muda a fora mobilizadora dos contedos Suzana Apelbaum: O que forma uma gran- gostos e comportamentos semelhantes. De relevantes. de idia na Internet a conscincia dos po- que maneira isso altera o modo de elaborar Cada vez mais a opinio de ngelo Franzo: Na verdade, o modelo no tenciais desse meio e o uso inteligente e inu- estratgias de comunicao? poucas pessoas influencia a nenhuma grande novidade. Ele apenas sitado deles. Marcio Salem: Muda o sentido da comunica- ganha a maior ateno porque est sendo Marcio Salem: A melhor idia aquela, que de muitas. Trata-se do pblico o. No mais da marca para o consumidor, exaustivamente explorado nos novos canais. independentemente da execuo, j chama como foi feito por muito tempo, mas sim da influenciador da era digital Mas, quantos exemplos a TV (aberta) j re- a ateno dos jurados no primeiro impacto. marca com o consumidor. Um consumidor produziu nessa linha? Quantos exemplos Uma idia divertida, que prende a ateno e na Internet tem o poder de transformar todo foram materializados nos outros meios de que far com que o jri dedique um tempo o trabalho de comunicao de uma empresa, Marcio Salem, Salem comunicao? O fato que as tcnicas e o para essa grande idia, que comente sobre ela. para o bem ou para o mal. modismo (no bom sentido, claro, no senti- ngelo Franzo: A grande idia aquela que ngelo Franzo: As estratgias de comunica- do da maior eficcia) da comunicao s fa- mobiliza, que atrai, que surpreende, que ven- o devem e j fazem isso estar inseridas zem mesmo sentido se reproduzir os valores, de! E geralmente encontram-se esses ingre- exatamente nesse contexto da participao, comportamento, atitudes da sociedade, da dientes nas coisas mais simples, mais singula- interao e claro, do entretenimento. Perce- no se adequar a outro, especialmente pelo ngelo Franzo: O dinamismo, as facili- mais controle. Mesmo marcas que no esto comunidade. E a comunidade, especialmen- res. Fico feliz em participar deste movimento be-se que, quanto maior for o sentido cola- momento, tanto da utilizao do canal como dades conectadas sofisticao tecnolgica na internet, ou no tm um site, so comen- te essa que administra os novos canais, sugere impulsionado pelo Yahoo! porque alm de borativo do usurio e maior o entretenimen- pela forma (e momento) de transmisso da permitiro tambm, a meu ver, a sofisticao tadas na web. Para a publicidade, quanto os virais conhecidos. Acho apenas que, pas- consagrar a Big Idea, ir revelar cases, divul- to, a comunicao em si acaba sendo mais mensagem. Imagine um comercial planejado das mtricas. No tenho dvidas que muito mais maneiras de conversar com o consumi- sado o conceito de emergncia dos canais, gar modelos, e acima de tudo, impor um rit- potencializada. e criado para a TV aberta sendo transmitido em breve conheceremos no s o perfil exa- dor, melhor. quando esses adquirirem a maior quantidade mo sadio e criativo na utilizao da Internet. Suzana Apelbaum: As estratgias sero mais na telinha do celular? Certamente a marca to de quem recebeu a mensagem, mas a sua Suzana Apelbaum: Com as campanhas (conceitualmente) de mobilizao de pbli- Est a um exemplo de Big Idia: o prmio pensadas para a comunicao um-a-um com desaparecer, o contedo editorial nada re- reao, suas atitudes em relao mensagem multiplataforma, ganha-se mais segurana co, quando, enfim, estiverem conectados institudo pelo Yahoo! o consumidor, por meio de aes interativas tratar o ambiente e o momento do usurio. e claro, o seu endosso (ou no) transforma- no que diz respeito a conseguir alcanar o utilizao regular e necessria por todos, tais que possibilitem a eles escolherem o que que- Ser um desperdcio enquanto deveria poten- do em vendas. As mtricas j caractersticas consumidor, j que ele tem um consumo possibilidades no sero mais viveis. rem, tanto na comunicao como na concep- cializar a comunicao. Acho que muito deve dos canais derivados da plataforma digital de mdias muito fragmentado e variado. Marcio Salem: Sim. Cada vez mais a opi- o dos produtos e servios que consomem. ser discutido ainda nessa linha. O Grupo de causam inveja aos demais meios de O cuidado a ser tomado no deixar que a nio de poucas pessoas influencia a de mui- Mdia recentemente elaborou um evento so- comunicao. Logo, se a constru- campanha ganhe contornos incoerentes em tas. Trata-se do pblico influenciador da era Celulares e palms j esto no foco das bre mobilidade e fantstica a transformao o de medidas mais auditveis cada mdia. Ser fundamental cuidar para digital, que multiplica suas experincias e aes de empresas e agncias. Com a efeti- proposta por esses canais. para os demais meios for morosa, que cada meio contribua para construir a sua percepo alm do seu ciclo de amiza- vao dos mveis disponveis para a veicu- acho que o crescimento, tanto da mesma histria. Vale lembrar que, para uma des. E faz isso de onde estiver, atravs de um lao de anncios, ser necessrio produzir Especialistas afirmam que a web 3.0 ser utilizao como da adequao campanha multiplataforma ganhar fora, a meio digital e a qualquer momento. Esses ajustes atual linguagem publicitria? caracterizada por aplicaes multiplatafor- aos objetivos mercadolgicos convergncia no deve ser das mdias, mas comunicadores se interconectam com mais Suzana Apelbaum: As interfaces so muito ma, convergentes, relativamente pequenas dos anunciantes em geral, sim dos contedos expostos em cada meio. pessoas, formam comunidades cujos in- diferentes, portanto ser necessrio no s e que rodaro em qualquer dispositivo. De iro surpreender a muitos. E quem faz essa juno no so as mdias, teresses, valores e comportamentos so os produzir ajustes, mas tambm criar novos que modo este formato jogar a favor da Marcio Salem: Hoje em mas sim o consumidor. grandes elos. fomatos e desenvolver uma linguagem nova publicidade e quais os cuidados para que dia o viral o maior exem- que seja capaz de aproveitar ao mximo os ele no fuja ao controle? plo de que no existe O modelo viral de troca de informaes potenciais de cada meio. continuar presente na web ngelo Franzo: Sem dvida alguma. As 3.0? um modelo que veio plataformas mveis merecem ateno espe- definitivamente para ficar? cial no somente na forma, mas acima de Suzana Apelbaum: Sim, tudo, no contedo publicitrio. Fico, s ve- um modelo que veio para zes, um pouco preocupado com o baixo grau ficar. Talvez no acontea de envolvimento de alguns profissionais, nostic, mais na mesma intensidade Em breve conhecer O futuro media ag no s o perfil exat emos notadamente da criao, em conhecer, do- a questo que temos hoje - at porque ou seja: a idia ser recebeu a mensagem o de quem minar, aculturar-se em relao s dinmicas estratgia na web 3.0 as mensagens possibilidades de conexo com os usurios mais importante da tendem a atingir um pbli- reao, atitudes em , mas sua desses canais. Uma mensagem comercial de comunicao co mais preciso e, portan- mensagem e seu en relao dosso (ou publicitria que foi originalmente concebida to, menos volumoso. Mas no) transformado para um determinado canal, invariavelmente acredito que a sociedade em vendas Hello, ngelo Franzo, MC Suzana Apelbaum, que convive online j criou Cann Ericsson o hbito de compartilhar informaes e divulgar 4 5
  • 4. Tendncias e atualidades >> Assuntos que voc no pode deixar de saber Campanha Fiat em mobile sinaliza tendncia de mercado Primeiro lanamento para celular do setor automobilstico no pas, Hot site de mobile do Punto: trabalho do Punto via Yahoo! Mobile aponta futuro de aes online em tecnologia 3D, pgina ofereceu test drive virtual Srgio Zacchi Divulgao J so 138,4 milhes de linhas de celular aplicativo transforma o celular na ferra- habilitadas em todo o territrio nacio- menta chamada Nvel, utilizada na constru- nal. Os dados, divulgados pela Agn- o civil para acertar o ngulo da parede em cia Nacional de Telecomunicaes (Anatel) relao ao solo. H um universo gigantesco referentes ao ms de setembro, apontam cres- de experincias a ser explorado. Para Ciaco, cimento de 2,28% - ou 3,08 milhes sobre um dos principais atrativos das campanhas agosto deste ano. O levantamento no deixa online reside na resposta imediata vinda do dvidas quanto penetrao do aparelho consumidor. Com a mobilidade oferecida junto populao. Cenrio tentador para a pelas aes via celular, este dilogo fica ainda expanso do mobile marketing no pas. mais gil. Cada vez mais a Internet estar O Brasil o pas com maior tempo de em diferentes acessrios e no s no compu- navegao na web; 5% ocorre via celular, tador de mesa. O iPhone tornar isso ainda destaca Ana Maria Nubi, vice-presidente de mais acessvel. atendimento da Agncia Click, responsvel A Jaguar utilizou o Mobile do Yahoo! pela campanha Fiat. Em agosto do ano pas- nos Estados Unidos para o pr-lanamento sado, a agncia colocou no ar a primeira cam- do novo Sedan 2009XF da marca. Os objeti- panha de lanamento de um carro via mobile. vos da campanha foram construir awareness Joo Batista Ciaco, da Fiat: objetivo Ao de pr-lanamento do Jaguar O Fiat Punto chegou antes pelo celular do que Ana Maria Nubi, vice-presidente de atendimento da Agncia Click: site WAP do Punto da campanha foi tornar a tecnologia para o modelo em paralelo ao lanamento, Sedan 2009XF para mobile: campanha por qualquer outra mdia, incluindo o modelo recebeu 250 mil visitantes nicos em apenas 15 dias do Punto tangvel realizado na L.A Auto Show, e direcionar impactou 56 mil usurios browser. Como resultado, o site wap recebeu 250 mil visitantes nicos em apenas 15 dias. Este modelo de contato com o consumi- marketing de relacionamento da Fiat. De- entende que ainda h muito pouco conte- sucesso. O Yahoo! Mobile ofereceu um cami- O principal ser menos Segundo a executiva, esta foi a maior campa- dor precisa ser milimetricamente planejado. senvolvido em parceria com a Microsoft, o do em portais WAP destinado ao pblico intrusivo possvel e mais na nho valioso pelo qual fomos capazes de che- nha lanada pela Fiat at o momento. O tra- Para Ana, fundamental que o usurio no se Blue&Me oferece sistema de comando de que tem acesso a aparelhos celulares capazes linha do pedir licena . gar a uma base emergente de consumidores balho foi vencedor do Big Idea Chair 2007. sinta invadido por um anncio. A explora- voz que faz ligao, consulta agenda tele- de uma boa navegao. Isso faz com que as usurios de mobile, devidamente alinhados Toda a idia da campanha foi estrutu- o via mobile tem de ser feita com bastante fnica e escolha de msicas do MP3 Player. companhias que adotam o modelo para a aos ideais da marca, comemora Marti Eul- Ana Maria Nubi, Agncia Click rada para o sistema mobile. Pelo site www. cuidado. O principal ser menos intrusivo A conexo feita diretamente no carro, por divulgao de produtos registrem desempe- berg, VP de vendas e marketing da Jaguar fiatpunto.mobi, em 3D, o usurio de qual- possvel e mais na linha do pedir licena. meio de uma entrada de USB instalada no nhos satisfatrios. como o incio da web, North America. quer celular com tecnologia WAP teve acesso No faa aquilo que voc no foi convidado porta-luvas. relembra a executiva. O que a gente procu- audincia qualificada para o site de mobile Definitivamente uma tendncia, Ana a um test drive virtual, a imagens detalhadas a fazer, salienta. Com esta premissa, a cam- A companhia, que h cerca de seis anos ra, neste momento, que o 1.0 do mobile do veculo a fim de engajar os consumido- acredita que questo de tempo para que o di- das partes interna e externa do carro e ainda panha convidava, via banners em portais de investe em Internet, entende que a rede no Brasil, fazer o mais simples, at porque res. Para isso, a marca lanou mo de mdias logo entre marcas e consumidores via mdias possibilidade de montar um modelo segundo companhias telefnicas e nos veculos que hoje o canal no qual o consumidor busca as os aparelhos que esto na mo da mdia da no site de mobile do Yahoo! e desenvolveu mveis se solidifique. Hoje, 138 milhes de sua preferncia. Alm de informaes sobre possuem canais prprios de mobile, como o primeiras informaes do veculo que deseja populao so mais simples. uma pgina prpria de wap, com imagens e brasileiros j usam celular. Se [os aparelhos] o carro, o site ofereceu fotos, vdeos curtos, Yahoo!, para uma visita ao wap do Punto. O comprar. A web garante ao usurio possibili- Com o advento da tecnologia 3G, a vdeos do carro. forem trocados com a velocidade que so atu- banners, msica, kit mobile e mensagens em consumidor acessou o site porque tinha inte- dades de simulao de cores do carro, acess- consolidao da cultura do mobile no pas A ao veiculada na ferramenta de mo- almente e se tornarem celulares que acessam SMS. O roteiro do test drive virtual foi de- resse, complementa Ana. rios e opcionais. Em muito mais do que os questo de tempo. Os novos aparelhos esto bile do Yahoo! gerou awareness instantneo a Internet, a audincia vai explodir, celebra. senvolvido pela O2 Filmes, apresentando di- O objetivo da campanha foi tornar a 30 segundos do comercial de tev, podemos aptos a oferecer experincias mais amplas de para a marca. Foram 56 mil usurios im- muito importante que anunciantes desen- versas situaes de trfego ao usurio. A ao tecnologia do Punto tangvel, permitindo passar detalhes sobre o automvel, propiciar navegao, com espao para aumento dos pactados, mais de 11 mil acessos aos vdeos volvam suas experincias mobile, porque isso foi responsvel pelo primeiro hot site para que o consumidor tivesse uma experincia interao criando uma ligao com o consu- aplicativos. Ana cita o exemplo de um apli- e 2.400 oportunidades de negcios conta- [a exploso] deve acontecer rapidamente, em celular no Brasil. enriquecedora a partir dos diferenciais que midor, explica Ciaco. cativo da Chanel acessvel via iPhone que bilizadas. A primeira aventura do Jaguar na no mximo dois anos, finaliza. o carro oferece, como o Blue&Me, explica Ana enxerga no mobile terreno frtil permite visualizar vdeos e fotos dos desfiles publicidade via mobile com o Yahoo! para a Joo Batista Ciaco, diretor de publicidade e a ser explorado por marcas e agncias. Ela das colees mais recentes da grife. Outro promoo do novo XF Sedan 2009 foi um 6 7
  • 5. Negcios e Empresas >> O making of das melhores campanhas online Negcios e Empresas Daniel Wainstein Na web, campanhas conquistam pblico jovem pelo impacto Exigente e multitarefa, consumidor de 12 a 30 anos pede aes que envolvam seu universo e falem sua lngua U m dia com 66 horas. Este seria um toda a tela do computador. Ao clicar no dia tpico ideal para um jovem de banner, a convite do personagem, o usurio 12 a 24 anos, capaz de desenvol- se v diante de uma ao que inclui tubos do ver diversas aes de maneira simultnea. desodorante que caem do alto da pgina, se- Eis uma das concluses encontradas por pes- guido por um grupo frentico de mulheres quisa realizada pela consultoria TGI Brasil. que invadem a cena e at um helicptero, O estudo, que traou um perfil do jovem como em um game. Tudo para descrever o internauta, revela que 59% dos entrevista- novo efeito Axe em um formato sedutor e dos entendem ser importante realizar vrias conectado com os desejos do pblico-alvo. tarefas de uma s vez. Os jovens possuem grande influncia na Em uma simulao, somando-se a mdia deciso de compra e por isso acreditamos de horas separadas para cada tipo de atividade que preciso, mais que criar campanhas desenvolvida sono, trabalho, estudo, uso da direcionadas, que sejam desenvolvidos Internet, TV, leitura e compras, entre outras produtos com conceitos que falem direta- Stanley Bellan, da 10 Minutos: campanha seriam necessrias 66,35 horas para que este mente ao jovem, explica. E a web hoje de Duro de Matar 4 jovem pudesse satisfazer-se integralmente. canal obrigatrio para marcas e produtos gerou mais de dois Como falar com este jovem, atento a que buscam intensificar o dilogo com este milhes de impactos tudo o que acontece e pronto para desenvolver pblico. Sempre desenvolvemos um plano diversas atividades ao mesmo tempo? Para de comunicao inovador e totalmente di- que isso seja possvel, fundamental entender recionado para o nosso pblico, com aes jogo) e ganhar a ateno de um nmero con- A campanha ofereceu a possibilidade de a campanha atingiu diversos sites. Estamos o que o jovem espera de um produto, expli- criadas exclusivamente para a Internet, meio sidervel de mulheres. Mais exigente, jovem tem subir vdeos para o site, participar de um con- buscando o usurio onde ele no nos procu- acesso a informaes que ca Elizabeth Lemos, gerente de marketing de que atinge esse garoto de forma mais direta e curso e assistir vdeos postados por outras par- ra, trazendo grande visibilidade para a marca o ajudam a definir o que Axe, da Unilever. Sabemos, por exemplo, que falando sua linguagem, entende Elizabeth. Web teen ticipantes, tudo sob o conceito Dance com com anncios, informa Paula Lopes, gerente consumir. entre 15 e 24 anos, idade dos consumidores O blog Visionando inclui elementos do Rexona e Seda Teens, duas marcas Uni- Tudo. Em quatro meses de campanha, o hot de marketing de Seda. A web nos possibilita de Axe, os jovens esto preocupados em obter estilo de vida do jovem contemporneo co- lever, tambm intensificaram dilogo com o Stanley Bellan, 10 Minutos site recebeu mais de 430 mil usurias. Foram abrangncia e interatividade na comunicao sucesso no jogo da conquista. Por isso, ofere- nectados marca. Por meio do blog, o usu- jovem via Internet. Os sites de ambas as cam- 5.500 vdeos gravados e quase 1 milho de com este pblico, complementa. O foco da cemos um produto que pode auxili-lo nesta rio chega ao Billions, the game, concurso panhas foram construdos como um portal Guilherme Mortesen, gerente de marketing visualizaes. campanha de Seda estreitar ainda mais o tarefa, dando mais confiana para que eles ex- cultural realizado por meio de um jogo, que sobre msica, baladas e demais assuntos de de Rexona. Este pblico vido por novida- Conectada s tendncias do mercado vnculo com a mulher brasileira. Paula enten- plorem este momento, analisa a executiva. tem como um dos cenrios a ponte Otvio interesse do pblico-alvo. No caso do Rexona des, por isso sempre trazemos novos produtos de consumo, a marca Seda atraiu a ateno de o lanamento de Seda Teens como uma A campanha Axe encontrou dispositi- Frias de Oliveira, inaugurada este ano em So Teens, a companhia decidiu utilizar o Yahoo! para o portflio da marca, com conceitos de- do adolescente por meio de uma linguagem forma de aproximar o produto das adoles- vos digitais que falam direto com o univer- Paulo. Vence quem conseguir tomar o Axe do para informar sobre a variante Dance. O p- senvolvidos a partir dos interesses das nossas adequada ao universo da faixa-etria. A par- centes de maneira diferenciada, com objetivo so jovem. A ao na home do Yahoo! toma malandro (segundo a prpria explicao do blico teen no poderia ficar de fora, sinaliza consumidoras, resume. tir da construo de uma rede de contedo, de mostrar a preocupao da marca com as 8 9
  • 6. Negcios e Empresas >> O making of das melhores campanhas online Mural >> Fbio Boucinhas Abertura das plataformas necessidades da consumidora. meio que consiga impact-los com a devida intensifica dilogo As campanhas foram trabalhadas tanto exatido, informa Kau Cury, gerente de na rede de pesquisa quanto nos canais de con- mdia da IDTBWA. com consumidor Reproduo tedos do Yahoo!. preciso entregar o que Para o executivo, a melhor maneira de este pblico quer, define Thas Altschuller, estabelecer dilogo significativo com o jovem Modelo fortalece o conceito Analista Snior de Search da Fbiz, agncia conectado, multitarefa, capaz de fazer diversas de interao entre marcas responsvel pelo desenvolvimento das campa- coisas simultaneamente, com um trabalho e internautas nhas. Para atingir este pblico, que est cada que prenda sua ateno. A ao precisa ser vez mais na web, precisamos estar onde eles impactante o suficiente para fazer com que ele A liberdade oferecida pela Internet esto, ou seja, fazer o mximo para anunciar deixe de buscar informao, esquea o down- ao segmento publicitrio chega a mais em todos os sites que o pblico possa navegar. load aberto e no assista a um programa de uma etapa: a plataforma aberta. Tendncia Isso cria awareness, entende. Mas preciso ir TV para interagir com um banner, assistir um mundial, daquelas que vieram efetivamen- alm, diz Thas, e criar engajamento do usurio vdeo ou acessar o hot site daquele produto te para ficar, a abertura das plataformas Fbio Boucinhas, para com os produtos. Para isso, precisamos que chamou ateno. oferece a desenvolvedores a possibilidade Diretor de Produtos veicular peas interativas que deixem o usurio Quando o alvo destas aes so jovens de inserir contedos prprios, de terceiros do Yahoo! Brasil boquiaberto e criem lembrana da marca. a partir dos 12 anos, a pergunta natural so- ou mesmo aplicaes de entretenimen- bre o poder de compra do consumidor mais to (como games) dentro de outros sites. de sites e portais de empresas parte Cinema Ao de Axe na home novo. Para Cury, uma suposta ausncia de Com a adeso do modelo por parte dos da crescente consolidao do dilogo A campanha promocional do filme do Yahoo!: como em poder de compra relativo, uma vez que al- principais sites sociais do mercado (Orkut, entre marcas e consumidores. Se j vai Duro de Matar 4 no canal Telecine, veicu- um game, pea ocupa guns dos produtos da marca esto dentro do Myspace, Facebook, entre outros), a pos- longe o dia em que o internauta era um toda a pgina de lada no Yahoo!, contou com pgina especial, abertura do portal seu alcance financeiro, sendo contemplados sibilidade de sua disseminao pela web mero expectador com um pouco mais promoo editorial, trailer exclusivo e entre- pela mesada dada pelos pais ou pelo salrio cada vez maior. de poder de interao, hoje ele no ape- vista com Bruce Willis. A idia da ao edito- do estgio. Alm disso, existem iniciativas A plataforma aberta permite ao usu- nas conversa com a companhia que lhe Reproduo rial foi trabalhada em parceria com a equipe de crdito fcil ao universitrio que facilitam rio de uma rede social adicionar ao seu oferece determinado produto ou servio, do portal, informa Stanley Bellan, CEO da ainda mais a vida do jovem para alcanar in- perfil um mdulo ou widget, de game, no- mas tambm interfere no contedo da agncia 10 Minutos. A criao de um hot dependncia financeira. tcias, ou fotos por exemplo. Com o m- mensagem, decidindo at de que ma- site com promoo que oferecia ao ganhador Uma destas iniciativas o Real Universi- dulo pronto, a divulgao pela rede ques- neira quer ser abordado e, a partir disso, um videogame Wii trouxe campanha a pos- trio, do Banco Real, cuja campanha, tambm to de segundos. Ele fica disponvel no atuando como divulgador daquilo que sibilidade de cumprir os objetivos traados: o desenvolvida pela IDTBWA, contou com apenas para seu criador, mas para todos lhe apetece. envolvimento do pblico-alvo com a ao de veiculao no Yahoo!. O trabalho teve como aqueles que fazem parte de sua network e Trata-se de um usurio que est lanamento do filme. objetivo mostrar os benefcios da obteno aos demais usurios do site atravs de uma muito mais atento ao que acontece ao de crdito pr-aprovado, oferecido pelo ban- galeria. A abertura torna o perfil do usurio seu redor. Seu senso crtico, cada vez Precisamos de peas co. Os modelos adotados para veiculao via ainda mais personalizado e a disseminao mais apurado, vai exigir das agncias so- interativas que deixem o web atingem o jovem consumidor sem en- da informao via rede de amigos e grupos lues inovadoras para que sua ateno usurio boquiaberto e criem rolao, explica o executivo. Este usurio de interesse questo de (pouco) tempo. A seja atrada. A relevncia do que se cria lembrana da marca muito dinmico e quanto mais rpido ele re- inovao oferecida pela plataforma deve se fundamental, pois da mesma maneira Site de contedo Rexona ceber a informao que queremos comunicar, transformar em ferramenta definitiva para que coisas boas se espalham rpido, re- Thas Altschuller, Fbiz Teens: campanha utilizou elementos de rede social melhor ser para o banco e tambm para o o segmento publicitrio no incremento do percusses negativas so ainda mais velo- Dentro do canal de cinema do Yahoo!, para falar sobre o universo entendimento daquele consumidor, revela. dilogo entre marcas e consumidores. zes. E, neste sentido, as plataformas aber- a campanha criou uma pgina especial com da consumidora Em parceria com o usurio, a campanha Os modelos para a utilizao das pla- tas esto em harmonia com o esprito do informaes sobre o filme, que registrou atua no sentido de desvendar tudo o que um taformas abertas por parte de agncias e tempo por fomentar no consumidor o mais de 16 mil pageviews. As peas geraram banco pode oferecer ao seu cliente com rela- criativos ainda esto sendo definidos. Mas desejo de intervir na mensagem a ele des- mais de dois milhes de impactos. Com a de gerar segmentao de servios e produtos camente para este pblico, aponta. o a servios ainda desconhecidos e, portan- por sua natureza, eles encontram na vira- tinada. As ferramentas esto disposio campanha, pretendamos levar ao pblico co- dirigidos a este pblico. deste modo que A Adidas escolheu o Yahoo! para traba- to, no utilizados pelo jovem. Deste modo, lizao caminho interessante para ampliar do setor. A ampliao dos limites da web nhecimento sobre o lanamento do filme no o mercado fomenta a busca por itens que lhar a campanha For Motion. Com aes na entende Cury, mais simples fazer com que seu alcance em curto espao de tempo. est, mais uma vez, diante da tela. Telecine incrementando a audincia, garantir se adqem aos diversos perfis que formam pgina de emails, o trabalho desenvolvido ele interaja com as aes e, simultaneamen- possvel imaginar trabalhos inovadores a navegao no hot site e participao da pro- este universo de consumidores. O jovem pela IDTBWA na web d agncia a ex- te, torne-se um divulgador do produto em sendo desenvolvidos para redes sociais, por Nota: Durante os dias 8 e 9 de novem- moo, aumentando o nmero de cadastros agora muito mais exigente. Ele tem acesso pectativa de ampliao da marca a diversos sua network. Muito mais do que diverso, exemplo, e sendo distribudos para milha- bro, acontece o Yahoo! Brasil Open na base Telecine, argumenta Bellan. a diversos tipos de informao que o aju- pblicos, uma vez que a Internet j se tornou quando tocamos no assunto financeiro, o jo- res quem sabe milhes de usurios des- Hack Day, evento promovido para o A adeso em massa do jovem In- dam a escolher melhor o que consumir. Da veculo de massa. Por possuir linhas de pro- vem quer conseguir entender o que est sendo tas redes em poucas horas. desenvolvimento de aplicaes nas pla- ternet faz com que agncias e anunciantes a importncia de se oferecer servios cada dutos voltadas a diferentes perfis de consumi- falado. E quando isso acontece, passar aquele O desenvolvimento de mdulos com taformas abertas do Yahoo!. Mais infor- assumam cada vez mais estratgias capazes vez mais segmentados, desenhados especifi- dores, nada melhor que do que [utilizar] um contedo adiante conseqncia. objetivo de divulgao de marcas dentro maes: www.hackday.org 10 11