Risco Químico em Laboratórios - fcm.unicamp.br · Acetileno Cloro, bromo, flúor, cobre, prata e...

of 43 /43
Risco Qu Risco Qu í í mico em mico em Laborat Laborat ó ó rios rios Junho/2012 Junho/2012 Regina Mesquita Micaroni Regina Mesquita Micaroni C C é é lula Operacional de Res lula Operacional de Res í í duos duos CGU CGU - - UNICAMP UNICAMP

Embed Size (px)

Transcript of Risco Químico em Laboratórios - fcm.unicamp.br · Acetileno Cloro, bromo, flúor, cobre, prata e...

Risco QuRisco Qumico em mico em LaboratLaboratriosrios

Junho/2012Junho/2012

Regina Mesquita MicaroniRegina Mesquita Micaroni

CClula Operacional de Reslula Operacional de Resduosduos

CGUCGU-- UNICAMPUNICAMP

VVdeodeo

Primeiro passoPrimeiro passo

HEMOTOHEMOTO\\1passoIndia.wmv1passoIndia.wmv

CHA = Conhecimento + CHA = Conhecimento + Habilidade + AtitudeHabilidade + Atitude

PerigoPerigo

RISCO RISCO Probabilidade de efeitos nocivos ou que algum Probabilidade de efeitos nocivos ou que algum

evento prejudicial venha a ocorrer.evento prejudicial venha a ocorrer.

Risco = Perigo x ExposiRisco = Perigo x Exposioo

RiscoRisco

Risco = Perigo x Exposio

Perigo na FCMPerigo na FCM

A OrganizaA Organizao das Nao das Naes Unidases Unidas-- ONU ONU classifica os Produtos Quclassifica os Produtos Qumicos Perigosos em micos Perigosos em

nove Classes:nove Classes:

Classe 1 Classe 1 -- Substncias explosivasSubstncias explosivas

Classe 2 Classe 2 -- Gases tGases txicos, inflamxicos, inflamveis, oxidantes, no inflamveis, oxidantes, no inflamveis, altamente veis, altamente

refrigerados e comprimidosrefrigerados e comprimidos

Classe 3 Classe 3 -- LLquidos inflamquidos inflamveisveis

Classe 4 Classe 4 -- SSlidos inflamlidos inflamveis, substncias sujeitas veis, substncias sujeitas combusto espontnea e combusto espontnea e

perigosas quando molhadas.perigosas quando molhadas.

Classe 5 Classe 5 -- Substncias oxidantes e perSubstncias oxidantes e perxido orgnicosxido orgnicos

Classe 6 Classe 6 -- Substncias tSubstncias txicas e infectantesxicas e infectantes

Classe 7 Classe 7 -- Substncias radiativasSubstncias radiativas

Classe 8 Classe 8 -- Substncias corrosivasSubstncias corrosivas

Classe 9 Classe 9 -- Substncias perigosas diversasSubstncias perigosas diversas

(Fonte : MMA (Fonte : MMA 4/6/2012)4/6/2012)

InformaInformao sobre Segurano sobre Seguranaade Produtos Qude Produtos Qumicosmicos

Onde encontrar informaOnde encontrar informaes sobre seguranes sobre segurana produtos qua produtos qumicos:micos:

MSDS (Material Safety Data Sheet) eMSDS (Material Safety Data Sheet) e

FISPQ (Ficha de InformaFISPQ (Ficha de Informaes de Seguranes de Segurana de Produtos Qua de Produtos Qumicos).micos).

Estas fichas normalmente apresentam as seguintes informaEstas fichas normalmente apresentam as seguintes informaes: es: identificaidentificao do produto, composio do produto, composio, identificao, identificao de risco, medidas de o de risco, medidas de primeiros socorros, medidas de combate a incndio e tratamento dprimeiros socorros, medidas de combate a incndio e tratamento de e derramamento, manuseio e armazenamento, propriedades fderramamento, manuseio e armazenamento, propriedades fsicosico--ququmicas, informamicas, informaes toxicoles toxicolgicas, consideragicas, consideraes sobre tratamento / es sobre tratamento / disposidisposio final e outras informao final e outras informaes.es.

Norma TNorma Tcnica cnica -- NBR 14725 NBR 14725 -- define o formato e a obrigatoriedade de define o formato e a obrigatoriedade de informainformaes sobre produtos ques sobre produtos qumicos (FISPQ) pelo fornecedor ou micos (FISPQ) pelo fornecedor ou distribuidor. O respaldo distribuidor. O respaldo obrigatoriedade da norma obrigatoriedade da norma o Co Cdigo de digo de Defesa do Consumidor, quando trata dos efeitos Defesa do Consumidor, quando trata dos efeitos sasade decorrentes de decorrentes dos produtos comercializados.dos produtos comercializados.

FISPQFISPQA FISPQ normatizada pela NBR 14.725/2002 contA FISPQ normatizada pela NBR 14.725/2002 contm 16 itens inf. tm 16 itens inf. tcnicas:cnicas:

IdentificaIdentificao do produto e da empresa;o do produto e da empresa;

ComposiComposio e informao e informaes sobre ingredientes;es sobre ingredientes;

IdentificaIdentificao dos perigos;o dos perigos;

Medidas de primeiro socorros;Medidas de primeiro socorros;

Medidas de combate a incndio;Medidas de combate a incndio;

Medidas de controle para derramamento ou vazamento;Medidas de controle para derramamento ou vazamento;

Manuseio e armazenamento;Manuseio e armazenamento;

Controle de exposiControle de exposio e proteo e proteo individual;o individual;

Propriedades fPropriedades fsicosico--ququmicas;micas;

Estabilidade e reatividade;Estabilidade e reatividade;

InformaInformaes toxicoles toxicolgicas;gicas;

InformaInformaes ecoles ecolgicas;gicas;

ConsideraConsideraes sobre o tratamento e disposies sobre o tratamento e disposio;o;

InformaInformaes sobre transporte;es sobre transporte;

RegulamentaRegulamentaes;es;

Outras informaOutras informaes.es.

FISPQ FISPQ -- ExemploExemplo

Nmero ONU

Nome do produto Rtulo de risco

1198 FORMALDEDO

Nmero de risco 38

Classe / Subclasse 8

Sinnimos ALDEDO FRMICO ; METANAL ; FORMALINA ; OXIMETILENO ; FORMALDEDO, SOLUO Aparncia LQUIDO AQUOSO; SEM COLORAO; ODOR IRRITANTE; AFUNDA E MISTURA COM GUA Frmula molecular HCOH / H2O / CH3OH

Famlia qumica ALDEDO

Fabricantes Para informaes atualizadas recomenda-se a consulta s seguintes instituies ou referncias: ABIQUIM - Associao Brasileira da Indstria Qumica: Fone 0800-118270 ANDEF - Associao Nacional de Defesa Vegetal: Fone (11) 3081-5033 Revista Qumica e Derivados - Guia geral de produtos qumicos, Editora QD: Fone (11) 3826-6899 Programa Agrofit - Ministrio da Agricultura

Fonte:

CETESB

FISPQ FISPQ Onde encontrar?Onde encontrar?

PrPrprio fornecedor do produto;prio fornecedor do produto;

PPgina da Internet da CETESB: gina da Internet da CETESB:

http://www.cetesb.sp.gov.br/Emergencia/emerhttp://www.cetesb.sp.gov.br/Emergencia/emer

gencia.aspgencia.asp ;;

PPgina da Internet da Sigma; gina da Internet da Sigma;

http://www.sigmaaldrich.com/Area_of_Intereshttp://www.sigmaaldrich.com/Area_of_Interes

t/The_Americas/United_States/Safety_Informat/The_Americas/United_States/Safety_Informa

tion.htmltion.html ; e,; e,

http://www.saudeetrabalho.com.brhttp://www.saudeetrabalho.com.br ..

Incidentes mais comunsIncidentes mais comuns

DerramamentoDerramamento ReaReaes por es por

incompatibilidadeincompatibilidade

Segurana no Laboratrio FAFAA SEMPREA SEMPRE

use proteo adequada (olhos, mos, etc.- EPIs & EPCs);

conhea os riscos do seu laboratrio e dos produtos com os

quais trabalha FISPQ ou MSDS (fontes confiveis);

lava-se antes de deixar o laboratrio;

lava-se sempre antes de comer, beber ou fumar;

remova as roupas contaminadas imediatamente e no as use

outra vez at que sejam descontaminadas de maneira adequada;

siga sempre as recomendaes exigidas em cada laboratrio.

MANUTENO DA ORDEM A rea de trabalho no laboratrio deve sempre ser mantida limpa e sem obstrues;

Limpe imediatamente qualquer derramamento de produto qumico (leia informaes sobre o produto antes de us-lo);

Use recipientes separados para os resduos do laboratrio;

Descarte imediatamente todos recipientes de resduos qumicos;

SOB NENHUMA HIPTESE BLOQUEIE O ACESSO AO LOCAL .

Descarte de vidro quebrado embalagem adequada

19

ESTOCAGEM SEGURADE PRODUTOS QUMICOS

Alguns exemplos comuns de estocagem inadequada:Alguns exemplos comuns de estocagem inadequada:

produtos qumicos estocados por nome ou por ordem alfabtica. melhor estoc-los pela classe de risco; produtos qumicos estocados dentro da capela; produtos qumicos estocados em prateleiras muito altas; as prateleiras superlotadas e no muito fixas; e, produtos qumicos deixados no laboratrio por longos perodos.

Segurana no Laboratrio QumicoNO FANO FAA NUNCAA NUNCA

comer, beber e fumar no laboratrio;

manter alimentos, embalagens para alimentos ou copos de gua em ambientes que tenham produtos qumicos;

beber gua de qualquer fonte dentro do laboratrio;

manter alimentos em geladeiras usadas para produtos;

cheirar ou experimentar produtos qumicos;

pipetar com a boca;

usar lentes de contato no laboratrio.

21

VAZAMENTOS DE PRODUTOS QUMICOSDICAS IMPORTANTES

Limpe imediatamente qualquer derramamento de substncia qumica.

Preste ateno no seguinte:

procure conhecer as informaes toxicolgicas sobre a substncia;

mantenha as pessoas que no estejam autorizadas a realizar essaoperao afastadas;

use equipamentos de proteo (mscaras,luvas grossas, culos de segurana, avental ou roupas adequadas);

tente evitar que a substncia derramada entre em contato com osdutos de sada de gua;

caso necessrio, coloque o contedo do vazamento em um frasco adequado; e,

use absorventes adequados.

Por que fazer o gerenciamento de resduos qumicos?

Grande quantidade de Grande quantidade de resresduos sem nenhuma duos sem nenhuma

rastreabilidaderastreabilidade

Por que fazer o gerenciamento de resduos qumicos?

PARA CONVENCERPARA CONVENCER MESMOMESMO

Perigo de Exploses/AcidentesPerigo de Exploses/Acidentes

Acmulo de resduos nos laboratriosGrande variedade de misturasReagentes de natureza variada(oxidantes, redutores, cidos, bases -todos misturados)

Imagem institucionalImagem institucional

Programa de Gerenciamento de Programa de Gerenciamento de ResResduos da UNICAMPduos da UNICAMP

Contemplar as diferentes vertentes da universidade: Contemplar as diferentes vertentes da universidade: composicomposio constante com grande volume e grande o constante com grande volume e grande diversidade com pequena quantidade;diversidade com pequena quantidade;

Gerador Gerador coco--responsresponsvel;vel; Gerador tem conhecimento do manejo dos resGerador tem conhecimento do manejo dos resduos duos perigosos;perigosos;

Custeio do resCusteio do resduo passivo pela universidade e do ativo duo passivo pela universidade e do ativo pela unidade geradora;pela unidade geradora;

PriorizaPriorizao de ao de aes visando es visando minimizaminimizao; e,o; e, Assessoria tAssessoria tcnica aos geradores.cnica aos geradores.

FacilitadorFacilitador FuncionFuncionrio da Unidade indicado por sua prrio da Unidade indicado por sua prpria pria diretoria;diretoria;

98 facilitadores para 47 Unidades geradoras; e,98 facilitadores para 47 Unidades geradoras; e,

AtribuiAtribuies: participaes: participao nos cursos de treinamento o nos cursos de treinamento especespecficos para manejo de resficos para manejo de resduo perigoso, obtenduo perigoso, obteno o das orientadas orientaes necesses necessrias para o encaminhamento rias para o encaminhamento adequado desse resadequado desse resduo, repasse dessas informaduo, repasse dessas informaes es intraintra--unidade e realizaunidade e realizao das ao das aes do PGR na es do PGR na Unidade. Unidade.

CClula Operacional de Reslula Operacional de Resduosduos

AtribuiAtribuies: assessorar tecnicamente es: assessorar tecnicamente s Unidades no s Unidades no manejo do resmanejo do resduo perigoso, disseminar o duo perigoso, disseminar o conhecimento da legislaconhecimento da legislao especo especfica, treinar os fica, treinar os facilitadores, divulgar e operacionalizar as afacilitadores, divulgar e operacionalizar as aes do es do GGR; e,GGR; e,

ConstituiConstituio: uma enfermeira especialista em reso: uma enfermeira especialista em resduo duo biolbiolgico; dois engenheiros civis com experincia em gico; dois engenheiros civis com experincia em seguransegurana do trabalho e gesto ambiental, uma qua do trabalho e gesto ambiental, uma qumica mica especialista em resespecialista em resduo quduo qumico e um tecnmico e um tecnlogo em logo em gesto ambiental.gesto ambiental.

InventInventriorio

Nmero Tambor

Capacidade Mxima Litros

Quantidade Kg

Classe do Resduo Descrio do Contedo Peso Kg Depart amento

79 200 186,1 Organoalogenados Endosulfan 3% + Atrazina +gua + Detergente 186,1 Histologia e Embriologia

Etanol + Xilol + c. Ltico + Formol + Glutaraldedo + Fenol + gua 92,5 Botnica

Acetona + Paraformaldedo + Glutaraldedo + Acetato etila + Poli -lctico-co-gliclico + 25,0 Bioqumica

Acetona + Parafina + Etanol + Xilol + Hexano + gua 22,5 Biologia Celular

gua + Xilol + Acetona + Etanol + c. saliclico + Acetato etila + Hexano + Butanol + c 36,6 Fisiologia Vegetal

Endosulfan + Atrazina +gua + Detergente 25,6 Histologia e Embriologia

Endosulfan + Atrazina + Clorofrmio 2,5 Zoologia

Clorofrmio + Cloramina T + Brometo etdeo + Hidrato cloral + gua 12,5 Biologia Celular

Clorofmio + Fenol + lcool isoamlico + gua 34,6 Gentica e Evoluo

Cloreto de metileno + Clorofrmio + Fenol + Anidrido actico + Fludo de belalona 20,0 Fisiologia Vegetal

Soluo aquosa de brometo de etdeo 1,0 Microbiologia e Imunologia

Thiazolyl blue tetrazolium bromide + gua + 23,7 Bioqumica

Facilitador: Jos Raimundo Ribeiro dos Reis Data: 12 / 02 / 2010Unidade: Instituto Biologia

80 200 176,6 Hidrocarbonetos

81 200 119,9 Organoalogenados

Manejo de ResManejo de Resduo Quduo Qumicomico

Manejo Manejo gerenciamento do resgerenciamento do resduo intra e extra duo intra e extra estabelecimento, desde a geraestabelecimento, desde a gerao ato at a disposia disposio final. o final. Etapas envolvidas:Etapas envolvidas:

SegregaSegregao;o;

Acondicionamento;Acondicionamento;

IdentificaIdentificao;o;

Armazenamento;Armazenamento;

Tratamento;Tratamento;

Transporte; e,Transporte; e,

DisposiDisposio final. o final.

AcondicionamentoAcondicionamento

Respeitar a ocupaRespeitar a ocupao mo mxima de 75% da xima de 75% da

capacidade nominal do recipiente;capacidade nominal do recipiente;

Verificar a compatibilidade do material da Verificar a compatibilidade do material da

embalagem com o resembalagem com o resduos;duos;

Limpeza externa das embalagens;Limpeza externa das embalagens;

AcondicionamentoAcondicionamento

Recipientes devem estar separados e devidamente etiquetados (segregao);

Tenha uma relao atualizada de seus resduos;

Mantenha um sistema de etiquetagem adequada e padronizada;

No estoque grandes quantidades de resduos dentro do laboratrio; e,

FaFaa tentativas de diminuir a escala dos a tentativas de diminuir a escala dos experimentos, sempre que possexperimentos, sempre que possvel.vel.

EmbalagensEmbalagens

Recipientes de tipo e tamanho Recipientes de tipo e tamanho adequados;adequados;

Alta vedaAlta vedao;o; Material estMaterial estvel;vel; Em alguns casos devem ser Em alguns casos devem ser combustcombustveis.veis.

Solventes devem ser mantidos em locais Solventes devem ser mantidos em locais ventilados.ventilados.

Embalagem Embalagem -- BombonaBombona

50 L

5 L

IdentificaIdentificaoo Deve ser colocada em todos os tipos de recipientes;Deve ser colocada em todos os tipos de recipientes; Dever ser de fDever ser de fcil visualizacil visualizao;o; Deve conter a discriminaDeve conter a discriminao de substncia quo de substncia qumica e mica e

frase de risco;frase de risco; A etiqueta deve conter todas as informaA etiqueta deve conter todas as informaes es

importantes sobre o resimportantes sobre o resduo (estado fduo (estado fsico, principais sico, principais componentes), laboratcomponentes), laboratrio gerador e responsrio gerador e responsvel pela vel pela geragerao (rastreabilidade);o (rastreabilidade);

Atender aos parmetros da NBR 7500 (ABNT, com o Atender aos parmetros da NBR 7500 (ABNT, com o ssmbolo de risco associado;mbolo de risco associado;

PoderPoder ser feita por adesivos, desde que seja ser feita por adesivos, desde que seja garantida a resistncia destes aos processos normais de garantida a resistncia destes aos processos normais de manuseio de sacos e recipientes.manuseio de sacos e recipientes. (RDC 306)(RDC 306)

IdentificaIdentificaoo Necessidade de identificaNecessidade de identificao no momento da o no momento da geragerao;o;

Responsabilidade do gerador;Responsabilidade do gerador;

Rastreabilidade;Rastreabilidade;

Etiqueta padro da UNICAMP.Etiqueta padro da UNICAMP.

Etiqueta para FrascoEtiqueta para Frasco RESDUO QUMICO

Substitua est frase com o nome da sua Unidade por extenso

Departamento:

Laboratrio:

Responsvel pelas informaes:

Data ou perodo

Resduo gerado na anlise de:

pH =

PREENCHIMENTO OBRIGATRIO O RESIDUO CONTEM (preencha SIM OU NO para cada ite m)

HALOGENADOS PRESENA DE ENXOFRE OU SUBSTNCIAS SULFURADAS ACETONITRILA GERADOR DE CIANETOS METAIS PESADOS AMINAS

COMPOSTOS (Inclusive gua) PORCENTAGEM NO RESDUO

ATENO: Utilize apenas 75% do volume do frasco

ArmazenamentoArmazenamento No poder ser feito armazenamento temporrio com disposio direta dos sacos sobre o piso, sendo obrigatria a conservao de sacos em recipientes de acondicionamento.(RDC 306);

Deve obedecer a normas de segurana especficas do Corpo de Bombeiros e do rgo Ambiental;

No estado de SP, o abrigo de resduos qumicos deve ser licenciado no rgo ambiental (CETESB); e,

Deve atender a norma NBR 12235 (ABNT).

CompatibilidadeCompatibilidade

Incompatibilidade de produtos qumicos para fins de armazenagem.

ReagenteIncompatvel com:

Acetileno Cloro, bromo, flor, cobre, prata e Mercrio.

Acetonitrila cido sulfrico, oxidantes fortes (percloratos e nitratos) e redutores (Na e Mg (metlicos)).

cido actico cido ntrico concentrado, cido crmico, perxidos, permanganatos.

cido fosfrico Bases fortes, cloratos, nitratos e carbeto de clcio.

cido ntrico concentradoBases fortes, anilinas, compostos nitro-aromticos, sulfeto de hidrognio, cido actico, ter etlico, lquidos e gases inflamveis.

Fonte: http://www.cena.usp.br/residuos/gerenciamento/incompatibilidade.htm

Acesso: 12/03/2010

TratamentoTratamento

Assessoria da COR e tratamento pelo gerador;Assessoria da COR e tratamento pelo gerador;

NeutralizaNeutralizao de reso de resduo duo cido e bcido e bsico;sico;

PrecipitaPrecipitao de metais em soluo de metais em soluo;o;

Tratamento de resTratamento de resduo oxidante e redutores;duo oxidante e redutores;

Procedimento Operacionais Padro Procedimento Operacionais Padro POPs.POPs.

POP POP -- NeutralizaNeutralizaoo

Universidade Estadual de Campinas

Coordenadoria Geral da Universidade Clula Operacional de Resduos

Cidade Universitria Zeferino Vaz, 14 de abril de 2007.

Procedimento Tcnico Padro N1

1. Escopo: Tratamento de resduo de cidos clordrico, sulfrico, ntrico e/ou actico para posterior descarte na rede de esgoto.

2. Responsabilidade: Farmacuticos, aprimorandos e estagirios.

3. Equipamentos, materiais e reagentes:

4. EPIs e EPC

5. Cuidados Especiais

6. Caracterizao do resduo

7. Manejo interno

8. Memria de clculo

9. Bibliografia

Aspectos ImportantesAspectos Importantes ResResduo quduo qumico no pode ser enviado junto mico no pode ser enviado junto com com reciclreciclvel, mas pode ser reusado ou vel, mas pode ser reusado ou reciclado por destilareciclado por destilao;o;

Transvase deve ser realizado em capela;Transvase deve ser realizado em capela;

Facilitador faz o gerenciamento do envio de Facilitador faz o gerenciamento do envio de resresduo;duo;

Responsabilidade do gerador vai Responsabilidade do gerador vai do berdo bero ao o ao ttmulomulo;;

Retorno do carregamento por vazamento. Retorno do carregamento por vazamento.

Obrigada !Obrigada !

contato: [email protected]: [email protected]