Rosa Filipa Ferreira de Mendonça - Universidade do Minho ... ?· - Às minhas colegas de grupo do...

download
  • date post

    06-Jan-2019
  • Category

    Documents
  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

transcript

Rosa Filipa Ferreira de Mendona

Identificao de alunos em risco de apresentarem Dificuldadesde Aprendizagem Especficas: Um estudo quantitativo sobre autilizao da monitorizao da fluncia de leitura num contextoescolar

Rosa

Filip

a Fe

rreira

de

Men

don

a

Outubro de 2013UMin

ho |

201

3Id

entif

ica

o d

e al

unos

em

ris

co d

e ap

rese

ntar

em D

ificu

ldad

es d

eAp

rend

izag

em E

spec

fica

s: U

m e

stud

o qu

antit

ativ

o so

bre

a ut

iliza

o

dam

onito

riza

o

da fl

unc

ia d

e le

itura

num

con

text

o es

cola

r

Universidade do MinhoInstituto de Educao

Outubro de 2013

Tese de MestradoMestrado em Educao Especialrea de Especializao em Dificuldades de AprendizagemEspecficas

Trabalho efectuado sob a orientao daProfessora Doutora Ana Paula Louo Martins

Rosa Filipa Ferreira de Mendona

Identificao de alunos em risco de apresentarem Dificuldadesde Aprendizagem Especficas: Um estudo quantitativo sobre autilizao da monitorizao da fluncia de leitura num contextoescolar

Universidade do MinhoInstituto de Educao

ii

DECLARAO

Nome: Rosa Filipa Ferreira de Mendona

Endereo eletrnico: rosamendonca@ymail.com Telefone: 919267644

Nmero do Carto de Cidado: 11324121

Ttulo da Tese de Mestrado: Identificao de alunos em risco de apresentarem Dificuldades

de Aprendizagem Especficas: Um estudo quantitativo sobre a utilizao da monitorizao da

fluncia de leitura num contexto escolar

Orientadora: Professora Doutora Ana Paula Louo Martins

Ano de concluso: 2013

Designao do Mestrado: Mestrado em Educao Especial Especializao em

Dificuldades de Aprendizagem Especficas

DE ACORDO COM A LEGISLAO EM VIGOR, NO PERMITIDA A

REPRODUO DE QUALQUER PARTE DESTA TESE/TRABALHO

Universidade do Minho, 30/10/2013

Assinatura: _____________________________________

mailto:rosamendonca@ymail.com

iii

AGRADECIMENTOS

A concretizao deste projeto foi o culminar dum objetivo traado a alguns anos e uma

viragem na minha carreira profissional, o que me deixa muito realizada.

Quero agradecer:

- direo do agrupamento de escolas, aos coordenadores das escolas e

principalmente aos professores e alunos, bem como os seus encarregados de educao, por

terem participado nesta investigao e por toda a disponibilidade, interesse e colaborao

demostrados.

- professora Ana Paula Louo Martins por todo o sua disponibilidade, empenho e

entusiasmo.

- Berta pela sua amizade, colaborao e apoio ao longo do projeto.

- Carla por me ter ajudado na recolha de dados e nos contactos com as escolas.

- s minhas colegas de grupo do Mestrado em Educao Especial Especializao em

Dificuldades de Aprendizagem Especficas e do Curso de Especializao em Educao

Especial - Domnio Cognitivo e Motor, Anabela, Berta, Isabel e Cidlia. O vosso apoio, troca

de ideias e de experincias foi muito importante ao longo da minha formao.

- A todos os colegas e professores do Mestrado em Educao Especial

Especializao em Dificuldades de Aprendizagem Especficas, em especial professora Paula

Martins e professora Anabela Santos, por me terem transmitido todo o seu entusiasmo pela

rea da Educao Especial.

- minha famlia e em especial minha irm, Sara, pelo seu apoio incondicional.

iv

RESUMO

Este estudo teve como finalidade descrever o uso da monitorizao com base no

currculo (MBC) - leitura oral de textos (Deno, 1985), na identificao de alunos em risco de

apresentarem Dificuldades de Aprendizagem Especficas (DAE) na leitura. Os participantes

do estudo foram 146 alunos do 3 ano do 1 Ciclo do Ensino Bsico dum agrupamento de

escolas do concelho de Braga, que foram monitorizados em dois momentos ao longo do ano

letivo. Foram considerados alunos em risco, aqueles cujo resultado se encontrava abaixo ou

no percentil 20, tal como proposto por Deno (2003).

Os resultados permitiram concluir que: 1) As provas de MBC-leitura oral de textos

mostraram ser provas econmicas, fceis e rpidas de aplicar, de cotar e bem aceites pelos

professores e alunos; 2) Em mdia, a prestao dos alunos na primeira aplicao foi de 85,21

(DP = 28,41) palavras corretas por minuto (pcpm), na segunda aplicao foi de 97,46 (DP =

30,07) pcpm, a diferena entre as duas aplicaes foi de 12,25 (DP=9,57) pcpm e o

crescimento semanal foi de 0,49 (DP=0,38) pcpm; 3) De acordo com as normas para a

fluncia oral de Hasbrouck e Tindal (2006) metade dos alunos alcanou o objetivo para o

final do 3 ano; 4) A taxa de crescimento semanal relativa ao nmero de palavras corretas por

minuto (0,49 pcpm) foi inferior s apresentadas pela investigao internacional; 5) Dos 146

alunos da amostra, encontram-se em risco de apresentarem DAE na leitura, aps a segunda

aplicao, 29 alunos (11 rapazes e 18 raparigas); 6) Os alunos que deixaram de estar em risco

na segunda aplicao tiveram um crescimento semanal superior mdia do obtido pela

amostra; 7) No existem diferenas estatisticamente significativas entre rapazes e raparigas no

que respeita mdia dos resultados obtidos nas duas aplicaes assim como no crescimento

semanal; 8) Mais raparigas esto em risco de apresentarem DAE na leitura, tendo em conta o

valor do risco do total da amostra; 9) A diferena de resultados entre turmas estatisticamente

significativa; 10) Em duas turmas mais de 30% dos alunos esto em risco de apresentarem

DAE na leitura, tendo em conta o valor do risco da amostra; 11) Dos 146 participantes no

estudo, 103 (70,55%) no atingiram o objetivo das 110 pcpm; 12) O valor do Alfa de

Cronbach para a primeira aplicao foi de 0,981 e para a segunda aplicao foi de 0,978.

Palavras-chave: Fluncia, Leitura, Dificuldades de Aprendizagem Especficas na leitura,

Monitorizao com base no currculo-leitura oral de textos, Alunos em risco, Metas

Curriculares

v

ABSTRACT

The purpose of this study was to describe the use of curriculum-based measurement

(CBM)-oral reading fluency (Deno, 1985), in the identification of students at risk of

presenting Specific Learning Disabilities (SLD) in reading. The participants of the study, 146

students of the third grade of a group of schools in the municipality of Braga were monitored

at two points during the year. Those students whose result was below or in the 20th percentile

were considered at risk such as proposed by Deno (2003).

The results show that: 1) CBM-oral reading fluency probes revealed to be economic,

quick and easy to apply, quoting and well accepted by teachers and students; 2) On average,

the results of students in the first application was 85.21 (SD=28.41) words correct per minute

(wcpm), in the second application was 97.46 (SD=30.07) wcpm , the difference between the

two applications was 12.25 (SD=9.57) wcpm and weekly growth was 0.49 (SD=0.38) wcpm ;

3) In accordance with the standards for fluency of Hasbrouck and Tindal (2006) half of the

students reached the goal for the end of the third grade; 4) the weekly rate of growth relative

to the number of correct words per minute (0.49 wcpm ) was inferior to those of international

research; 5) Of the 146 students in the sample, are at risk to develop SLD in reading, after the

second application, 29 students (11 boys and 18 girls); 6) Students who are no longer at risk

in the second application had a weekly growth higher than average obtained by the sample; 7)

There are no statistically significant differences between boys and girls regarding the average

of the results obtained in both applications as well as in weekly growth; 8) Most girls are at

risk of presenting SLD in reading, in account the value of the risk of the total sample; 9) The

difference in results between classes are statistically significant; 10) In two classes more than

30% of students are at risk of presenting SLD in reading, taking into account the value of risk

sample; 11) Of the 146 study participants, 103 (70.55 %) did not reach the goal of 110 wcpm;

12) The value of Cronbach's Alpha for the first application was 0.981 and for the second

application was 0.978.

Keywords: Fluency, Reading, Specific Learning Disabilities in reading, Curriculum-based

measurement-oral reading fluency, Students at risk, Curricular Goals

vi

NDICE

AGRADECIMENTOS ............................................................................................................ iii

RESUMO ................................................................................................................................. iv

ABSTRACT .............................................................................................................................. v

INTRODUO .......................................................................