Roteiros BTT

of 40 /40
Sierra de Gata BTT por roteiros

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Roteiros BTT

  • Sierra de Gata

    BTTpor

    roteiros

  • Editado porADISGATA

    Associao para o Desenvolvimento Integral de Sierra de GataCoordenao tcnica

    S Y LV E S T R I S Consultora Ambiental ADISGATA

    TextosSYLVESTRIS (Roteiros). Guadalupe Morcillo (Natureza).

    ADISGATA (Povoaes e informao de interesse). Angel Barrena (Apresentao)Design, acabamento e pr-impresso

    IMGICO

    Traduo Mara Bravo

    (Para verso digital em ingls e portugus)Fotografia

    SYLVESTRIS. ADISGATA. @nher. Francisco BarrenaImpresso

    EFEZETA. Artes Grficas. Badajoz

    D. L. BA-295-2015

    EXEMPLAR GRATUITO

    Esta publicao cofinanciada a 80% pelo FEADER (Fundo Europeu Agrcola deDesenvolvimento Rural: A Europa investe nas zonas rurais), na abordagemLEADER (Eixo 4) na medida 313, Apoio de atividades tursticas no Eixo 3Qualidade de vida nas zonas rurais e diversificao da economia rural, PDRExtremadura 2007-2013 - Programa Comarcal de Desenvolvimento Rural do Grupode Ao Local ADISGATA.

    ADISGATAC/ Obispo lvarez de Castro, n 2.

    10.850 Hoyos (Cceres)Tfno: 927 51 41 10 - Fax: 927 51 42 13

    [email protected] www.sierradegata.org

  • Apresentao. Para pedalar por Sierra de Gata 2

    Mapa de rotas 4-5

    Rota 1 A Fala 6

    Rota 2 Ruta de las rdenes Militares 8

    Rota 3 Transjlama 10

    Rota 4 Ruta de las Caadas 12

    Rota 5 Ruta de la Fatela 14

    Rota 6 Ruta de las Fuentes 16

    Rota 7 Ruta de la Rivera de Gata 18

    Rota 8 Las Jaonas 20

    Rota 9 Trail del rrago 22

    Rota 10 Trail del Tralgas 24

    A natureza de Sierra de Gata 26

    Diretrio de recursos 30

    Roteiros BTTpor Sierra de Gata

    Os tracks dos percursos esto disponveis em

    www.sierradegata.org

  • 2Para pedalar por Sierra de Gata

    Anoroeste da provncia de Cceres, fazendo fronteira com terras portuguesas(a oeste) e de Salamanca (a norte), estende-se um dos territrios mais belose autnticos da Extremadura, a Sierra de Gata. Esta comarca montanhosaque pertence ao Sistema Central est formada por 20 municpios e 2 freguesias, es-palhados por um territrio de mais de cem mil hectares de extenso e com ncleosde populao que no ultrapassam os mil habitantes por municpio.

    A Sierra de Gata foi abenoada com uma diversidade paisagstica e ambientaldificilmente comparvel a outras zonas geogrficas da regio. Uma variedade deflora e fauna to ampla como exuberante, uns recursos hdricos abundantes e dis-persos por toda a comarca, umas condies atmosfricas amenas favorecidas pelaabundncia de precipitaes que, por sua vez, provocam a manuteno de umamassa vegetal rica e extensa, uma arquitetura tpica de serrania... So fatores que aolongo dos sculos foram esculpindo uma forma de vida sustentvel e respeitosacom o ambiente, baseada no aproveitamento inteligente dos recursos e produtosda zona, principalmente vinhedos, castanheiros e oliveiras, e na preservao de umacultura serrana com identidade prpria. To autntica assim, que algumas das suaspovoaes ainda conservam uma variedade lingustica denominada A Fala que com a sua origem talvez de carter fronteirio- proporciona uma grande riquezacultural comarca e a toda a regio.

    A p re s e n t a o

  • 33

    A paisagem e as gentes da Sierra de Gata so sem dvida duas incontornveisrazes para se adentrar nestas terras, para caminhar e mergulhar na profundidadedos seus vales ou subir aos seus notveis cumes. Aqui, a prtica do pedestrianismoe a bicicleta de montanha um verdadeiro privilgio, tanto para caminhantes quantopara desportistas exigentes. Os recursos e trilhos que oferece hoje esta comarca estoem conformidade com a cada vez maior adeso social a esta prtica desportiva eturstica moderna, saudvel, acessvel e absolutamente respeitosa com o meio naturalque a envolve.

    Este Guia um manual imprescindvel para saber perder-se pela ampla redede trilhos que a Sierra de Gata oferece hoje ao cicloturista atravs dos seus mais va-riados ambientes; um GPS para no ficar desorientado, um apoio para conhecerao certo as possibilidades e os atrativos que iremos encontrar ao longo da nossaaventura de bicicleta. Neste pequeno Guia aparecem descritos um total de 10 roteirosBTT, que percorrem toda a serrania de leste a oeste e de norte a sul. Para alm dasdescries, cada roteiro contm um mapa topogrfico ilustrado bem como indica-dores de distncia, desnveis, dificuldade e perfil do percurso.

    Guia, painis indicativos e em geral todo o processo de sinalizao, descrioe homologao dos roteiros constituem um srio esforo de ADISGATA (Associaopara o Desenvolvimento Integral de Sierra de Gata) para dotar de recursos sinalticosgrande parte da densa rede de trilhos que sulcam a comarca, bem como para prem valor e favorecer esta prtica desportiva ao alcance de todas as idades que setornou numa nova modalidade de turismo plenamente comprometida com a pre-servao do nosso ambiente natural.

    A p re s e n t a o

  • 6E ste percurso circular linear inicia-se na belalocalidade de San Martn de Trevejo, no finalda rua del Puerto, junto escola. Percorrere-mos o mesmo itinerrio que o trilho PR-CC 184 at chegar a Valverde del Fresno.

    Em direo norte avanamos parao passo de Santa Clara na calada depedra que seguiremos na sua totalidadeneste primeiro troo. Ao incio, devemosenfrentar uma curta mas acentuada subidaentre oliveiras e vinhedos que testar as nos-

    sas foras na bicicleta. Entramos no imenso Castaar de los Ojestos

    para passar junto de dois majestosos castanhos, conheci-dos como Os Avs. Mais frente, a travessia cruza a torrente da Vega por uma antigaponte de pedra. Neste parte devemos enfrentar curtos troos de grande declive e atingi-remos logo o ponto mais alto do percurso no passo de Santa Clara.

    Neste ponto viramos esquerda direo oeste para progredir por um trilho con-hecido como Camino del Puerto, que atravessa a ladeira do Cancho Peaflor, um es-petacular conjunto de penedos granticos que no deixa ningum indiferente. Para almdisto, desta ladeira obteremos umas fabulosas vistas sobre o Castaar de los Ojestos emprimeiro plano e o Monte Jlama (1492 m) em segundo plano. Tambm nesta zonatemos o Cancho del Cuervo e as chamadas Torres de Hernn Centeno, uma zonatima para a prtica da escalada esportiva.

    Depois de entrar num carvalhal e descer por um ziguezagueante caminho, chega-mos pitoresca aldeia de Eljas e o seu denso e labirntico tecido de ruas. Passamos frente da igreja e descemos fonte do lamo. Cruzamos o rio Eljas por um vau juntodas runas de um velho moinho.

    Atravs de um mosaico de campos cultivados chegamos ao ribeiro do Castao,que cruzaremos por umas pedras. O caminho passa para pista de terra, pela qual, equase sem aperceber, chegamos a Valverde del Fresno. Para finalizar este intenso percurso,de troos muito tcnicos, regressamos a San Martn de Trevejo pela estrada local alca-troada que comunica ambas povoaes.

    R o t a BT T- 1

  • 7A Fa l a

  • 8E ste percurso comea na povoao de San Martn de Trevejo (620 m), declarada de InteresseHistrico Artstico. Em primeiro lugar, subiremos at estrada, para o qual, depois decruzar a ponte situada ao lado da fonte dos Tres Caos, devemos subir esquerda pela empedradaAvenida Chafaril. Neste ponto, o percurso chega a um caminho que, entre hortas e olivais, cruzaa estrada que desce do passo de Santa Clara e pela qual vem tambm o GR 10.

    Tomando por duas vezes os caminhos esquerda, menos marcados, vamos encontrartroos muito inclinados. Atravs de um belo castanhal descemos at chegar na altura da estradaque comunica Villamiel com San Martn de Trevejo. Neste troo poderemos observar algumacastanheira centenria. O percurso desce pelo caminho que sai direita e, passada uma cruz depedra, entra-se em Villamiel.

    Atravessamos a povoao pela rua Soledad e descemos para a estrada. Cruzamo-la e segui-mos esquerda por uns metros, para a deixar agora e seguir um caminho direita que passaentre duas casas.

    Iniciamos a acentuada descida por um antigo trilho empedrado que passa entre os murosde pedra de hortos, vinhedos, oliveiras e castanhos, que com certeza ser um verdadeiro regalopara o ciclista. Cruzado o ribeiro dos Lagares, comeamos uma empinada subida que cruza a es-trada novamente. O percurso rodeia por um trilho a ladeira esquerda de um outeiro e leva-nos esplanada de entrada a Trevejo.

    O itinerrio, seguindo o GR 10, atravessa o centro medieval de Trevejo, primeiro em direoao castelo e depois virando esquerda. Aps uma ziguezagueante descida pelas suas ruas, samospor um trilho de pedra que passa frente da Ermida do Cristo para nos dirigir a Cilleros.

    Oliveiras, castanheiras, carvalhos e mesmo alguma figueira acompanham o caminho, coma permanente silhueta do castelo de Trevejo direita. O caminho muda para pista de terra e porduas vezes cruza o ribeiro Montalvo. Depois de ter entrado numa zona grantica com belos pe-nedos entre carvalhos, e prestando ateno s marcas nos cruzamentos, chega-se estrada EX-205.

    Cruzamos a estrada e tomamos uma pista de terra. Entre contnuas subidas e descidasatravs de dehesas e exploraes de gado e aps percorrer 4.5 km, chegamos a um troo alcatroadoagora em desuso. O percurso vira esquerda e, chegando estrada, devemos cruz-la e seguirum caminho que passa a trilho quando girarmos esquerda.

    Depois de uma descida entre selvtica vegetao e cruzando o ribeiro do Tejar por umazona frequentemente alagada, acedemos a uma pista. Esta avana em acentuada subida esquerdae mais tarde atinge de novo a estrada que cruzramos h bocado. Depois, passa pela base deuma antena de telefonia e comea aqui uma forte descida at povoao de Cilleros.

    R o t a BT T- 2

  • 9R o t a d a s O rd e n s M i l i t a re s

  • 10

    E ste percurso comea na povoao de San Martn de Trevejo (620 m), declaradade Interesse Histrico Artstico. Em primeiro lugar, subiremos at estrada,para o qual, depois de cruzar a ponte situada ao lado da fonte de los Tres Caos, de-vemos subir esquerda pela empedrada Avenida Chafaril. Neste ponto, o percursochega a um caminho que, entre hortas e olivais, cruza a estrada que desce do passode Santa Clara e pela qual vem tambm o GR 10.

    Depois de percorrer um quilmetro na berma da estrada, o GR 10 chega a umcruzamento com um caminho de terra que sai direita. Entre gado bovino atraves-samos um denso carvalhal que em acentuada descida atinge a base da solitria antenalocalizada no outeiro da Parrera (1000 m), tambm chamado das Dehesas. Tomamosa pista direita e descemos nela por 6 km em grande inclinao at uma bifurcao:se tomarmos a pista da esquerda, desceremos a Acebo; se tomarmos a da direita, di-rigimo-nos povoao de Hoyos rodeando a lomba.

    Entramos no municpio de Hoyos, junto de um casaro com uma palmeira aolado direito da estrada regional EX-205. Progredimos esquerda nesta estrada por290 metros e descemos pela Avenida de Extremadura.

    R o t a BT T- 3

  • 11Tra n s j l a m a

  • 12

    E ste percurso segue o traado da canhadareal e o PR-CC 183 atravessando as pai-sagens de mdia montanha que alter-nam zonas florestais com olivaistpicos da comarca, terminandonas zonas mais baixas regadaspelos cursos dos rios que descemda serra e que formam grandesextenses de culturas de regadio.

    O ponto de incio da per-curso localizado em Perales delPuerto, junto do tanque de guaque existe na sada do municpio

    direo Cilleros. O troo principalpassa entre hortas com oliveiras, e mais

    tarde a rota vai dar estrada de Cilleros, se-guindo nela por 500 m. Neste ponto e esquerda

    tem o seu incio uma larga pista de terra que coincide coma canhada, pela qual vamos percorrer aproximadamente 6 km.

    Pouco depois, a travessia cruza a estrada de Moraleja a Cilleros para seguir pelacanhada, asfaltada neste troo, e continuar mais tarde por trilho, at chegar a Vega-viana. Este municpio representa um bom exemplo das zonas de colonizao: casasuniformes, canais, caminhos auxiliares, secadores e logicamente campos de cultivopredominam nos arredores.

    Dirigimo-nos para o sul na Canhada Real de Gata, passando da zona baixacom culturas de regadio a zonas mais altas de dehesa. O percurso leva-nos ao Casariode Malladas, o qual um bom exemplo das construes rurais prximas a canhadasreais. Passado o casario, chegamos estrada EX-108, incorporamo-nos esquerda epercorremos 4 km nela.

    Tomaremos agora uma pista que sai junto uma casa na berma esquerda da es-trada. Sempre na pista, chegamos at Moraleja, ponto final do nosso percurso entrea serra e as veigas.

    R o t a BT T- 4

  • 13R o t a d a s Ca n h a d a s

  • 14

    E ste percurso inicia-se junto da escola de Acebo.Progredimos 260 metros pela estrada e viramosno primeiro caminho que sai nossa direita.Por ruelas empedradas entre densos carval-hais e pinhais, descemos at ao curso daRivera de Acebo.

    Cruzamos o rio e encaminhamo-nos para o Parador de la Fatela, cruza-mos a estrada EX-109 e junto darotunda sai um caminho que se adentrapor um corta-fogos. Dirigimo-nos parao ribeiro de Robledillo, que devemos ro-dear pela sua margem direita, sem cruzar,

    em direo sul, at chegar estrada EX-105. Atravessamos a estrada e entre densos pin-

    hais por pista florestal (que passa muito perto e emparalelo estrada EX-205) percorremos 3 km e chegamos

    ao municpio de Villasbuenas de Gata.

    R o t a BT T- 5

  • 15R o t a d a Fa te l a

  • 16

    A Rota das Fontes deve o seu nomes inmeras fontes que existem nazona da Sierra de las Jaonas. Co-mea ao incio da rua Humilla-dero, junto ermida domesmo nome. Descendo poresta rua, chegamos junto aocemitrio municipal, ondeviramos direita para se-guir pelo caminho empe-drado que vai para o Puertode la Cruz de Piedra. At esteponto, teremos compartilhado

    itinerrio com o GR 10.Atravessamos a estrada CC-6.2

    que comunica as povoaes de Torre deDon Miguel e Gata e seguimos pela nova

    pista florestal que sobe para a Sierra de las Jaonas,deixando nossa direita o Castelo da Almenara. Nesta zona atravessaremos um belopinhal que abre passo entre as rochas de granito to caratersticas desta serra.

    Sempre pela pista florestal e sem sair dela, chegamos a Puerto Castilla, ondepodemos fazer a ligao com o trilho PR-CC-185 e descer novamente ao municpiode Gata. Neste troo existem muitas fontes e nascentes que do nome ao percurso,entre elas a conhecida como a Fuente de las Pilas. Muito perto desta fonte temoso recentemente descoberto stio arqueolgico de Puerto Castilla, onde devemos sa-lientar aproximadamente oito estruturas circulares de gesso, de incerta funcionali-dade.

    Encaminhamo-nos agora para a zona de El Hoyo, onde ficam as runas doConvento del Hoyo. Atravessaremos extensos pinhais e 500 metros antes de chegarao final do percurso, faremos a ligao com o trilho SL-CC-213 Camino de la Jarda.

    R o t a BT T- 6

  • 17R o t a d a s Fo n te s

  • 18

    E ste percurso percorre o GR 10quando atravessa a Sierra del Salidoem direo a Villasbuenas de Gata.A partir deste ponto, subimos orio Rivera de Gata em direoao parque de campismo Sie-rra de Gata e chegamos denovo ao municpio de Gatapelo caminho da Jarda.

    O percurso inicia-se nainterseco da rua San Sebas-tin com a rua Pizarro, pelaqual desceremos. No final da

    rua, tomamos uma pista de betoque passa sob a estrada CC-6. Des-

    ceremos entre hortas e olivais at cruzara Rivera de Gata.

    Seguimos direita por um belo caminho entreantigas edificaes para subir pouco a pouco pela ladeira norte da Sierra del Salido.Atingimos o passo da Cumbre de Arriba, do qual temos um amplo visual da encostasul da serra. Ao fundo esquerda, vemos a barragem do Borbolln e mais direitaa povoao de Villasbuenas de Gata.

    Uma larga pista desce entre pinhais para o passo da Cumbre de Abajo, concre-tamente at ao cruzamento com outra pista perpendicular. O percurso segue emfrente por um caminho que se estreita, rodeia uns olivais e sobe suavemente at umcorta-fogos, onde se ergue um belo castanho. Entre olivais chegamos a uma pista al-catroada que cruza a estrada EX-205 e entra no municpio de Villasbuenas de Gata.

    Desde Villasbuenas remontamos o curso do rio Rivera de Gata e aps 5 kmchegamos estrada que sobe aldeia de Gata. Cruzamo-la e fazemos a ligao como caminho da Jarda junto ao parque de campismo. Depois de percorrer 5 km, entra-mos no permetro urbano de Gata pela rua Virgen del Puerto.

    R o t a BT T- 7

  • 19R o t a d o R i ve ra d e G a t a

  • 20

    Opercurso inicia-se ao ladodo posto de turismo domunicpio de Gata. Deixamos apovoao pela rua Humilladero,junto da ermida do mesmonome. Descendo por esta rua,chegamos ao cemitrio munici-pal, onde viramos direita paraseguir o caminho empedradoque vai para o Puerto de la Cruzde Piedra. At aqui, teremoscompartilhado itinerrio com oGR 10 e o PR-CC 189.

    Atravessamos a estrada CC-6.2 que comunica os municpiosde Torre de Don Miguel e Gatae tomamos a nova pista florestalque sobe para a Sierra de las Ja-onas. Passada a poa de abaste-cimento de gua, a pistabifurca-se. Ns devemos seguir ocaminho direita e, percorridos272 metros, passar para um es-

    treito trilho que sai entre os muros de pedra que separam umas hortas. Este lindo e tcnico trilho apaixonar os bikers mais experimentados. Seguire-

    mos nele por 2.1 km at o trilho mudar para caminho. Sempre por esse caminho,iremos em contnua descida at localidade de Torre de Don Miguel.

    Atravessamos esta bela povoao pelas ruas Virgen de Bienvenida e General Va-rela. Cruzamos a estrada CC-6.2 e continuamos a subir pelo GR 10 at ao Puerto dela Cruz de Piedra. Daqui regressamos a Gata pela pista que subimos ao incio dopercurso.

    R o t a BT T- 8

  • 21La s J a o n a s

  • 22

    Opercurso inicia-se junto estrada de acesso povoao de Torre de Don Miguel,exatamente no ponto de unio com o GR 10. A partir daqui, subiremos o valemais estreito de toda a Sierra de Gata: o formado pelo rio rrago. O percurso coincidecom o itinerrio do GR 10 desde Descargamara. Neste primeiro troo atravessamosas paragens de La Hoya e Garcisnchez at chegar a Cadalso.

    Atravessamos o centro urbano de Cadalso pela rua Cao at chegar Plaza deEspaa e a partir da seguimos pela rua Sequera at estrada CCV-5.1, que devemoscruzar. Remontamos o vale do rrago e cruzamos vrios cursos afluentes dele, comoo ribeiro do Puerto e o rio Nobleas. Este ltimo ser atravessado por uma ponte si-tuada junto colnia de frias San Francisco de Ass. Chegamos a Descargamarapela Ermida do Humilladero e mesmo a seguir, a Piedra Hinc.

    Atravessamos Descargamara pela rua Real e junto zona de piqueniques dapiscina natural tomamos uma pista que, assim que cruza o rio rrago, enfrenta umagrande subida por pista florestal. medida que ganharmos altura poderemos des-frutar de umas assombrosas vistas sobre o vale. Quando coroamos o alto voltamosa coincidir com o GR 10, que sobe desde Ovejuela.

    Seguimos esquerda sobre a diviso de gua por um quilmetro. Aps chegar cota dos mil metros de altitude, um trilho sai nossa esquerda para comear umaexcitante descida em ziguezague at s primeiras casas de Robledillo de Gata. Nestebreve troo iremos salvar 550 metros de desnvel.

    R o t a BT T- 9

  • 23Tra i l d o r ra g o

  • 24

    E ste percurso recorre grande parte doVale do Tralgas e tambm uma pe-quena parte do Vale do rrago,entre os municpios de Santib-ez el Alto e Torre de Don Mi-guel, onde acaba. Tambmpassa por Villanueva de laSierra, onde tem o seu pontode incio, Torrecilla de losngeles e Hernn Prez.

    Em Villanueva de la Sie-rra (542 m), o percurso inicia-

    se na confluncia da rua CalvoSotelo com a estrada EX-205.

    Daqui encaminhamo-nos para o cru-zamento da mencionada estrada com a

    EX-204 que vai para Salamanca, na qual con-tinuamos por 400 metros. Mais tarde, fazemos um des-

    vio por uma pista que sai esquerda.Na primeira parte do percurso entre Villanueva e Torrecilla atravessamos a zona

    mais baixa do Vale do Tralgas, entre as extensas culturas de oliveiras to tpicas nestaparte da comarca de Sierra de Gata.

    O troo que vai entre Torrecilla de los ngeles e Hernn Prez passa por pistasflorestais da encosta sul da Sierra de los ngeles, conformando uma excelente varanda,de privilegiadas vistas, ao Vale do Tralgas.

    No troo entre Hernn Prez e Santibez el Alto descemos para a parte maisbaixa do vale, onde cruzaremos o rio Tralgas e o rio rrago, pouco antes de se unira ele. A partir daqui devemos enfrentar uns 300 metros de desnvel acumulado posi-tivo para chegar a Santibez el Alto, onde podemos ter um descanso e desfrutar doseu castelo rabe e as suas insuperveis vistas. Deste ponto, j no Vale do rrago,descemos por um belo trilho direo Torre de Don Miguel, atravessando uma florestamista de conferas e folhosas que formam um mosaico com as culturas de oliveiras.

    Ro ta BT T-10

  • 25Tra i l d o Tra l g a s

  • A natureza de Sierra de Gata

  • 27

    S e tivssemos de escolher apenas um dos muitos cantinhos da Extremadura, dessescheios de singularidades, de influncias, de mistura de culturas, de tradio, depatrimnio... seria, sem dvida, a Sierra de Gata. Situada no extremo mais aonoroeste da provncia de Cceres, a Sierra de Gata um prtico natural que coneta duasprovncias, duas regies, dois pases. Um ponto de encontro entre planaltos.

    Sierra de Gata no simplesmente uma terra de passagem. No um simplesdegrau de vales e pregas, de picos e encostas. No uma simples comarca de imensariqueza ornitolgica, faunstica, botnica, paisagstica e cultural, prpria de umlugar com charme. No , no. Sierra de Gata muito mais do que isso. So cantoscheios de histria. um reencontro com as tradies do meio rural. um lugar dear e luz, de generosas guas lmpidas que percorrem ruas e que enchem o espritodo caminhante com sensaes nicas.

    A comarca de Sierra de Gata acaricia o cucom os seus altos cumes Jlama, Bollas,Gomara, Espinazo, Mezas... -, essas fir-mes colunas que, como alicerces, sus-tentam uma terra acolhedora. Eentre estes pilares, aos seus ps, 22ncleos de populao ricos num in-estimvel patrimnio cultural e po-pular. O passado foi deixando umsedimento de tradio e cultura, de ar-tesanato popular e de costumes. Mas,com certeza, foi a poca da Reconquista queimprimiu a sua marca na estrutura atual dohomem e no seu afazer na comarca.

    A passagem do homem pela Sierra de Gata, atravs da sua histria, atravs dosseus atos, deixou os rastos suficientes para animar todos aqueles que gostem de vire ficar a conhecer as humidades atlnticas, o sol do meio-dia, os ventos bregos(ventos hmidos do sudoeste), as sibilantes correntes de ar que sopram no aman-hecer e no ocaso, as noites lmpidas e estreladas ou bem as tempestades mais re-tumbantes de sempre.

    Um dos aspetos mais significativos da zona serragatina que se vem preservandodesde os tempos da Reconquista e o repovoamento A Fala, um tesouro lingus-tico de San Martn de Trevejo, Eljas e Valverde del Fresno que proporciona umagrande riqueza cultural comarca e a toda a regio. Uma fala de transio entre oportugus, o asturleons e o galego.

    27A n a t u re z a d e S i e r ra d e G a t a

  • FLORA E FAUNA. Mais de 1175 esp-cies diferentes formam a vegetaoda Sierra de Gata: plantas natu-rais, cultivadas e silvestrespodem ser encontradas a vi-giar os caminhos e trilhos.

    O clima mediterrnicosub-hmido, mais alguns en-claves atlnticos, o respons-vel por uma paisagem cheia de

    extensas parcelas de carvalho-ne-gral, enriquecida com outras espcies

    como a castanheira ou o carvalho-roble,que se misturam com as tpicas formaes de flo-

    resta mediterrnica: sobreiros, azinheiras, pinheiros, medronhos... E o musgo o reidas zonas mais umbrosas na maior parte das suas ladeiras, quando outonos e invernosso muito hmidos e as chuvas se estendem at bem adiantada a primavera.

    Falar em Sierra de Gata falar em btulas, azevinhos, zimbros, azinheiras ecarvalhos que contrastam com as ladeiras de pinhais e sobreiros. Falar em Sierrade Gata falar, principalmente, em oliveiras e azeites, a sua base econmica fun-damental. A cultura do olival, as podas, a moagem... enchem as pginas da vidada Sierra. As oliveiras, com a sua cor verde desbotada mas constante que mantmainda no outono, quando a floresta de folha caduca se torna amarela, ocre, aver-melhada.

    O pas do azeite de ouro, como qualificava Daniel Berjano, sabedor e con-hecedor da forte vocao da zona para o azeite, tanto na sua cultura quanto nasua indstria e comercializao. Azeites para candeias e lanternas, para crios,mas tambm para cozinhados e frites, para torradas e para sopas lagareiras ousaladas de limo ou laranja de Acebo. Estas iguarias deviam ser acompanhadas,claro, de um bom vinho. Terra mui famosa e de muitos vinhos, descreveu Nunolvares na sua Crnica.

    Oliveiras, vinhedos... e, naturalmente, a castanheira, que abundante nasencostas, e cujo fruto ainda protagonista de costumes profundamente enraizadosna cultura da Sierra. Castanheiras com histrias enxertadas na vida serragatina.

    Uma enorme variedade de paisagens e flora fazem desta zona um local debeleza incomparvel e de elevado valor ambiental. Contam-se mais de 200 espcies

    28 A n a t u re z a d e S i e r ra d e G a t a

  • de vertebrados, inventariadas e cata-logadas, concentradas principal-mente nas reas de florestamediterrnica autctone queainda sobrevivem intactasem algumas zonas da Sie-rra. Refgio do lobo-ib-rico, do lince em perigode extino-, um cenrioperfeito para espcies em di-minuio e extino. A lontra,o sacarrabos ou o gato-bravo tmaqui o seu habitat natural.

    Dos altos miradouros da Sierra, vislum-bram-se os escassos ninhos de guia-real e os territrios do abutre-preto. No si-lncio da natureza percebe-se o intenso bater de asas de uma das aves mais belase esquivas, que precisa de muito sossego para o seu completo desenvolvimentovital: a cegonha-preta.

    Coelhos, lebres, javalis, coras, perdiz-vermelha, pombo-torcaz, rola-comum;pato-real, guias, falces, milhafre-preto, mochos, corujas; ourios-terrestres, ra-posas, doninhas-ans, genetas, osga-moura, cobra-cega, cobra-ferradura, sapo-de-unha-negra, r-ibrica, salamandra-de-fogo, etc.; barbos, tencas, trutas... formamum sistema natural de grande importncia, por fazer parte da paisagem e contri-buir criao de espaos naturais de alto valor ambiental.

    A barragem do Borbolln, da qual jorram as guas, a zona de invernadae nidificao de inmeras aves como a gara-vaqueira, a gara-real-europeia e agara-branca-pequena, entre outras espcies. Uma represa rodeada por uma mag-nfica vegetao arbrea e por uns pastos hmidos que acolhem cormores egrous. As suas guas contm esquivas enguias e trutas.

    Sierra de Gata, cheia de motivos e abundante em cantos abrigados, presen-ciou tanta histria e teve tanto tempo para procurar distncias, que no h nelanem fonte, nem castelo, nem paragem ou casaro que no esconda alguma lendaou levante suspeitas de algum tesouro oculto. Os seus vestgios e a sua histriaconseguiro que voltes a percorrer este caminho mil e uma vezes, que voltes aouvir o barulhinho da sua lmpida gua, que voltes a saborear o seu cheiro, oseu sabor e a sua beleza natural paisagstica.

    29A n a t u re z a d e S i e r ra d e G a t a

  • 30 D i re t r i o

    Pousada da Juventude

    Albergue Turstico

    Alojamiento para jovens

    Alojamiento para jovens

    Alojamiento para jovens

    Alojamiento para jovens

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento rural

    Apartamento turstico

    Apartamento turstico

    Apartamento turstico

    Cmping-Bungalow

    Cmping-Bungalow

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Torre de Don Miguel

    Villasbuenas de Gata

    Descargamara

    Hernn-Prez

    Perales del Puerto

    Villamiel

    Cadalso

    Cadalso

    Cilleros

    Cilleros

    Cilleros

    Descargamara

    Gata

    Hoyos

    Perales del Puerto

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    San Martn de Trevejo

    Torre de Don Miguel

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Villamiel

    Villamiel-Trevejo

    Villamiel-Trevejo

    Villamiel-Trevejo

    Gata

    Santibez el Alto

    Santibez el Alto

    Gata

    Valverde del Fresno

    Acebo

    Acebo

    Acebo

    Acebo

    Acebo

    Acebo

    Acebo

    Cadalso

    927 671 063

    927 216 759

    647 028 201

    927 248 739

    927 441 175

    927 675 364

    667 501 985

    927 512 037

    927 093 700

    927 237 916

    927 672 308

    927 671 122

    927 671 118

    927 500 343

    927 677 055

    927 671 090

    927 671 014

    927 671 118

    927 513 164

    927 510 683

    927 510 266

    927 513 070

    927 513 070

    927 672 302

    927 515 934

    927 672 168

    927 141 785

    927 141 724

    927 514 151

    927 141 685

    927 514 121

    927 141 724

    9276 75 364

    Sierra de Gata

    Cabaas en los rboles de Extremadura

    Amigos de S. Fco. de Ass

    La Escuela del Bosque

    Campamento Junior Los Hurones

    Campamento juvenil La Dehesa

    La Canal

    La Flor del Naranjo de Sierra de Gata

    Jama

    La Dehesa

    La Mesonera (El Nido)

    La Boticaria

    La Colmena

    Casa Agueda

    La Fatela

    Barrero

    Casa Manadero

    El Robledal

    La Solana

    Los Balcones

    Luna Menguante

    Valle del Arrago

    A Horta

    El Corral de La Higuera

    La Ramallosa

    La Casa del Telar

    A Casia dus Montejus

    La Noguera

    A fala

    El Corrillo

    La Pastera

    Zocailla

    Navel

    Borbolln

    Sierra de Gata

    Valverde Natural

    Buenos Aires

    Corvina

    El Pajar

    Las Fuentes de Agata

    Las Martas

    Los Robles

    Casa del Cabrero

    La Flor del Naranjo de Sierra de Gata

    605 406 037

    676 485 302

    607 786 858

    657 814 358

    605 453 799

    665 796 306

    638 534 054

    648 103 166

    649 688 058

    670 913 205

    691 305 935

    690 816 329

    669 046 383

    699 080 531

    654 794 293

    610 332 628

    685 870 827

    676 481 225

    656 827 946

    655 807 808

    610 332 628

    619 051 094

    692 688 157

    629 085 007

    619 812 249

    679 477 395

    648 107 182

    653 366 247

    630 791 053

    630 791 053

    646 115 948

    687 822 892

    679 979 773

    670 797 971

    627 903 892

    678 326 657

    618 353 369

    689 400 750

    650 198 741

    620 963 810

    620 227 481

    689 400 750

    638 534 054

    Oferta turstica em Sierra de Gata

    TIPO NOME LOCALIDADE TELEFONE TELEMVEL

  • 31D i re t r i o

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Casa rural

    Pousada

    Estalagem

    Estalagem

    Estalagem

    Estalagem

    Hotel

    Hotel

    Hotel

    Hotel rural

    Hotel rural

    Hotel rural

    Penso

    Penso

    Restaurante

    Oferta turstica em Sierra de Gata

    Cilleros

    Eljas

    Gata

    Gata

    Gata

    Gata

    Hoyos

    Hoyos

    Hoyos

    Perales del Puerto

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    Santibez el Alto

    Valverde del Fresno

    Villamiel

    Villamiel

    Villamiel

    Villamiel

    Villamiel

    Villamiel

    Villasbuenas de Gata

    Villasbuenas de Gata

    Acebo

    San Martn de Trevejo

    Hoyos

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Hernn-Prez

    Moraleja

    Valverde del Fresno

    Cadalso

    San Martn de Trevejo

    Valverde del Fresno

    Cadalso

    Gata

    Acebo

    927 672 250

    927 672 284

    927 672 302

    927 514 504

    927 514 461

    927 514 715

    927 514 651

    927 671 073

    927 671 109

    927 671 048

    927 501 797

    927 510 529

    927 141 724

    927 441 219

    927 510 266

    927 513 039

    927 512 000

    927 193 081

    927 774 215

    927 673 037

    927 673 110

    927 160 684

    927 144 021

    927 514 665

    927 515 425

    927 515 177

    927 147 924

    927 445 131

    927 147 759

    927 510 323

    927 441 414

    927 511 933

    927 441 500

    927 672 093

    927 193 283

    TIPO NOME LOCALIDADE TELEFONE TELEMVEL

    La Mesonera (La Casina)

    Almazara de San Pedro

    Casa Maire

    El Fortn

    Las Jaonas

    Zocailla

    El Cuarto Valle

    El Madroal

    El Jardn de la Sierra de Gata

    Don Julio

    Azabal

    Cazapolen

    Cosmopolita

    El Pontn

    El Mirador de Robledillo

    Casa Antolina

    La Huerta de Valdomingo

    La Posada Maega

    Estrela

    El Tio Benito

    Los Montejos

    Boada

    El Cabezo

    El Hornillo

    Fuente Arcada

    El Salto

    El Sosiego

    Casa Donatila

    SieteVillas

    El Pilar

    Hospedera Conventual Sierra de Gata

    El Redoble

    Delphos

    El Volante

    La Pizarra

    Cuatro Vientos

    La Encomienda

    La Palmera

    Tres Azules

    El Duende de Chafaril

    A Velha Fabrica

    Los Pilares-Casa Piris

    Las Ruedas

    Buenos Aires

    670 913 205

    659 434 803

    646 115 948

    689 729 480

    676 655 379

    646 115 948

    620 931 221

    653 323 165

    639 333 009

    651 330 692

    651 010 802

    665 551 337

    652 927 026

    692 688 157

    630 605 371

    689 400 750

    678 616 444

    630 802 493

    620 821 123

    679 477 395

    649 836 435

    689 405 628

    609 772 956

    656 921 518

    699 839 290

    646 955 463

    670 816 272

    696 367 222

    629 948 712

    629 457 073

    620 429 226

    655 446 053

    927 510 365

    690 111 827

    676 301 254

    628 413 763

    619 728 176

  • 32 D i re t r i o

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Restaurante

    Salo de banquetes

    Acebo

    Cadalso

    Cadalso

    Cilleros

    Descargamara

    Gata

    Gata

    Gata

    Hernn-Prez

    Hoyos

    Hoyos

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Perales del Puerto

    Robledillo de Gata

    Robledillo de Gata

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    San Martn de Trevejo

    Santibez el Alto

    Torrecilla de los ngeles

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Valverde del Fresno

    Villamiel

    Villamiel

    Villasbuenas de Gata

    San Martn de Trevejo

    927 141 705

    927 441 175

    927 441 500

    927 512 037

    927 672 168

    927 672 093

    927 672 193

    927 445132

    927 514 665

    927 515 214

    927 515 425

    927 515 177

    927 664 016

    927 147 942

    927 515 806

    927 516 211

    927 147 102

    927 514 150

    927 671 118

    927 671 122

    927 513 134

    927 513 248

    927 513 105

    927 513 204

    927 144 021

    927 441 296

    927 677 035

    927 511 933

    927 510 441

    927 510 323

    927 510 535

    927 510 637

    927 144 294

    927 513109

    927 673 104

    927 144 021

    El Candil

    La Canal

    Los Pilares-Casa Piris

    La Piscina

    Mesn Molino de Animas

    Sierra de Gata

    Las Ruedas

    El Lagar

    Cuatro Vientos

    El Redoble

    El Patio de las Nias

    Area Descanso Restaurante Mallorca II

    Delphos

    El Volante

    Jalama

    La Pizarra

    Montecarlo

    Rincn de Manolo

    Virgen de La Vega

    Pizzera Soraya

    El paso

    Casa Manadero

    Meson Barrero

    O Vellu Fornu

    Los Cazadores

    O Ballitu

    Os Arcus

    Uliveiras

    El Duende de Chafaril

    Venta Pea El Fraile

    La Herradura

    A Velha Fabrica

    Casa Laura

    La Palmera

    U Abanicu

    Valverde Natural

    Residencia. Pisos Tutelados

    La Azuela

    El Capricho

    Estilo

    Saln de Banquetes Uliveira

    629 918 553

    665 796 306

    628 413 763

    695 920 165

    670 797 971

    610 406 384

    629 457 073

    67 3279 139

    620 429 226

    620 583 052

    927 515 761

    655 446 053

    927 515 806

    605 879 912

    679 389 711

    645 654 019

    610 332 628

    654 794 293

    660 587 988

    696 618 072

    620 699 284

    605 047 006

    690 111 827

    616 326 758

    663 364 818

    676 301 254

    646 602 219

    927 510 365

    615 171 908

    627 903 892

    606 204 711

    609 008 443

    Oferta turstica em Sierra de Gata

    TIPO NOME LOCALIDADE TELEFONE TELEMVEL

  • 33D i re t r i o

    AceboCadalsoCillerosDescargamaraEljasGataHrnan PrezHoyosMoralejaPerales PuertoRobledillo GataSan Martn TrevejoSantibaez AltoTorre de Don MiguelTorrecilla de los ngelesValverde del FresnoVegavianaVillamielVillanueva SierraVillasbuenas GataMancomunidad Sierra de Gata

    927 141 677

    927 44 1002

    927 512 037

    927 671 021

    927 142 159

    927 672 054

    927 445 127

    927 514 002

    927 515 075

    927 514 164

    927 671 107

    927 513 002

    927 441 116

    927 441 032

    927 677 071

    927 510 013

    927 141 014

    927 513 055

    927 445 002

    927 673 078

    927 514 583

    Plaza Mayor, 1. C. P. 10865

    Plaza de Espaa, 1. C. P. 10857

    Plaza de San Blas, 1. C. P. 10895

    Plaza Mayor, 1. C. P. 10866

    Plaza de la Constitucin, 1. C.P. 10891

    Plaza de la Constitucin, 1. C.P. 10860

    Calle Hereras, 7. C.P. 10868

    Plaza Mayor, 1. C. P. 10850

    Plaza de Espaa, 1. C. P. 10840

    Avda. Sierra de Gata, 12. C.P. 10896

    Plaza Francisco Pizarro, 6. C. P. 10867

    Plaza Mayor, 1. C. P. 10892

    CalleFrancisco Pizarro, 1. C. P. 10859

    Plaza Mayor, 1. C. P. 10864

    Plaza de Espaa, 1. C. P. 10869

    Plaza de la Constitucin, 5. C.P. 10890

    Plaza Jos Luis Fernndez del Amo, 1. C.P. 10848

    Plaza de Espaa, s/n. C. P. 10893

    Plaza de Espaa, 1. C. P. 10812

    Plaza Palacio, 1. C. P. 10858

    Calle Mayor, 3. C.P. 10850. HOYOS

    Torre de Don MiguelValverde del FresnoHoyosMoralejaCilleros (Punto de Atencin Contin.)

    927 441 377 - 927 441 415

    927 510 170 - 927 510 727

    927 514 345 - 927 514 346

    927 147 300 - 927 147 343

    927 512 231

    C/ Claveras, 3

    Avda. Doctor Casto Prieto Carrasco, S/N

    C/ Jlama, S/N

    C/ Cilleros, 6

    Avda. Virgen Navelonga, 68

    Posto de turismoPosto municipal de turismoPosto de turismoPosto de turismo

    927 147 088

    927 672 054

    927 514 583

    927 514 585

    MoralejaGataHoyosSan Martn de Trevejo

    Cmaras Municipais

    MUNICPIO MORADA TELEFONE

    Centros de Sade Locais

    MUNICPIO MORADA TELEFONE

    Postos de Turismo

    POSTO MORADA TELEFONE

  • 34 D i re t r i o

    AceboCadalsoCilleros

    Eljas

    GataHernn PrezHoyosMoraleja

    Perales del PuertoSan Martn de TrevejoTorre de Don MiguelTorrecilla de Los AngelesValverde del Fresno

    VillamielVillanueva de la Sierra

    927 141 617

    927 441 015

    927 512 024

    927 512 054

    927 142 165

    927 142 171

    927 67 2073

    927 445 130

    927 514 014

    927 516 365

    927 149 310

    927 515 375

    927 515 363

    927 514 189

    927 513 020

    927 441 146

    927 677 077

    927 510 038

    927 510 052

    927 510 073

    927 513 068

    927 445 157

    Liberbank

    Liberbank

    Liberbank

    Caixa Geral de Depsito

    Liberbank

    Santander

    Liberbank

    Liberbank

    Liberbank

    Caja Rural de Extremadura

    La Caixa

    Caja Espaa-Duero

    Liberbank

    Liberbank

    Liberbank

    Liberbank

    Liberbank

    Liberbank

    Banco Santander

    Caixa Geral de Depsito

    Liberbank

    Liberbank

    Aula da NaturezaCentro de Interpretao do Azeite e do VinhoCentro de Interpretao da ComarcaCentro Ambiental Abutre-PretoCentro Receo VisitantesMuseu EtnogrficoMuseu do Azeite. Molino del MedioMuseu Moinho de Azeite de Los BlancosCasa tradicional serragatina

    924 930 106927 445 127927 441 032927 671 021927 147 088927 512 037652 160 692927 441 032927 514 002

    CadalsoHernn PrezTorre de Don MiguelDescargamaraMoralejaCillerosRobledillo de GataTorre de Don MiguelHoyos

    Multibanco

    MUNICPIO INSTITUIO TELEFONE

    Outros centros e atividades

    NOME LOCALIDADE TELEFONE

  • 35D i re t r i o

    Acebo Jevero Carretera CCV 32.3Acebo Carreci Carretera CCV 32.3Cadalso Los Cachones Carretera CCV 5.1Descargamara Las Heras Carretera CCV-7Eljas Us Muus C/ CurrieiraGata Puente La Huerta Carretera CCV 6.1Gata El Negrn Avda. AlmenaraHernn Prez Ro Arrago Carretera Ex -205Hoyos Charco de la Hoya Carretera Ex -205Moraleja La Chopera Parque Fluvial Feliciano VegasPerales del Puerto Rivera de Acebo Carretera Ex 109San Martn de Trevejo Valdomingo Avda. ChafarilRobledillo de Gata El Machio C/ RaSantibez el Alto Puente la Reina Carretera CC 115Torre de Don Miguel Los Molinos Carretera CCV 6.3Torrecilla de los Angeles Ro Tralgas Carretera CC 83Valverde del Fresno U Pretil Carretera CCV 65Villasbuenas de Gata Rivera de Gata Carretera Ex -205

    Medicinal waters

    Villasbuenas de Gata Baos de la Cochina Carretera CC-347

    Local sports pools

    Cilleros, Eljas , Gata, Moheda de Gata, Moraleja, San Martn de Trevejo, Torrecilla de los ngeles, Valverde del Fresno,Vegaviana, Villamiel, Villanueva de la Sierra.

    Bathing Areas

    Natural swimming pool

    VILLAGE NAME ACCESS

    Ferretera Garca

    Autoferr

    Motos Alberto

    Motorecambios Siso

    Bella Car

    Talleres Otero

    Talleres Carrio

    Ayuntamiento Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Moraleja

    Eljas

    Torre de Don Miguel

    Valverde del Freno

    Moraleja

    927 51 51 30

    927 66 40 06

    927 14 75 97

    927 51 63 23

    927 14 20 28

    927 44 14 97

    927 51 07 43

    927 14 70 88

    Sale and repair

    Sale and repair

    Sale and repair

    Sale and repair

    Bike painting

    Bike repair

    Bike repair

    BTT wash

    Sale and repair of bikesBUSINESS SERVICE VILLAGE PHONE NUMBER

  • contra.pdfPage 2