Sabadao 58

Click here to load reader

  • date post

    26-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    249
  • download

    18

Embed Size (px)

description

Jornal semanal com distribuição gratuita em Lençóis Paulista, Borebi, Agudos e Macatuba. Entendemos que o acesso à informação é direito de todos. Acreditamos na inclusão social através da leitura e informação!

Transcript of Sabadao 58

  • DE 29 DE MARO A 4 DE ABRIL DE 2014 - EDIO N 585 - ANO 2 - LENIS PAULISTA - CIRCULAO REGIONALMxima: 30CMinina: 19C

    Mxima: 27CMinina: 19C

    HOJE AMANH

    Fonte: Climatempo

    A prefeitura de Borebi j conta com mais dois veculos novos em sua frota, desde a quarta-feira, dia 26, entregues pelo PAC 2 (Programa de Ace-lerao do Crescimento), do Governo Federal. O prefeito Manoel Frias Filho esteve em Araatuba para receber uma motoniveladora e um cami-nho caamba, estimados em R$ 800 mil, que foram entre-gues na presena do Ministro do Desenvolvimento Agrrio Miguel Rosseto. O objetivo promover a integrao da comunidade, porque ela se d atravs das estradas, onde passam o caminho e o ni-bus escolar infantil, disse o ministro, que garantiu que no

    ano que vem o Governo Fede-ral deve manter a implantao de projetos semelhantes nesta regio do pas.

    RODOVIRIAO Jornal Sabado do Povo

    teve acesso, esta semana, a documentos que expli-cam os motivos do atraso no incio da construo da rodoviria de Borebi, obra que ganhou destaque regio-nal depois da descoberta de documentos que teriam sido assinados por um morador da cidade, morto 25 anos antes, caso divulgado com exclusividade pelo jornal na edio do ltimo dia 15. Pgina 3

    Man Frias consegue mais benefcios do PAC

    Prdio alugado para CAPS a R$ 300 mil, ter nova ocupao, mas ainda permanece fechado

    Depois de pagar sete meses de aluguel por um prdio fe-chado e sem uso, a prefeitura municipal de Lenis Paulista mudou a destinao inicial da locao e vai implantar outro projeto no imvel onde fun-cionava a Casa Me Piedade, e que havia sido anunciado para receber a segunda unidade do CAPS (Centro de Ateno Psi-cossocial). A locao no consta das informaes disponveis do Portal da Transparncia e uma pesquisa feita pelo jornal Sado do Povo no localizou, entre as previses financeiras e de planejamento da prefeitura, a previso da despesa decor-

    rente da locao especfica para a instalao do CAPS ou outro projeto, nos anos de 2013 e 2014. A prefeita afirma que houve previso. Apesar da mudana, a ocupao continua sem data para acontecer.

    Atualmente, a prefeitura tem alugado 30 prdios em di-versos pontos da cidade, ape-nas quatro deles com prazo de locao at 2018, inclusive o prdio pertencente Parquia Nossa Senhora da Piedade. Ao menos trs do total, ficam em pontos distantes do centro, em trs bairros extremos da cidade e so usados como depsitos. Pgina 3

    Famlia precisa de ajuda depois de incndio em casa no Jardim Ibat

    Operao prende famlia inteira por trfico e associao

    PM prende envolvidos em roubos na regio

    O casal Antnio Carlos Campos e Cristiane Loureno tem sofrido, junto aos dois filhos de trs e 12 anos, que tm necessidades especiais, com a rotina de ter uma casa, mas no ter onde morar, de-pois que o imvel no Jardim Ibat, onde a famlia residia, incendiou na manh do ltimo sbado, consumindo todos os

    mveis e roupas da famlia. Apesar de ningum ter se

    ferido, o fato de ter perdido os imveis e roupas no o maior problema do casal, mas sim, no ter para onde ir, j que desde o incndio o casal passou a dormir a cada noite na casa de um familiar, voltan-do para casa apenas durante o dia. Pgina 4

    Uma equipe da Fora Ttica da Polcia Militar de Lenis Paulista prendeu, na madru-gada de sexta-feira, dia 28, um adolescente de 15 anos e o jovem L.F.L.S., de 22 anos, que haviam participado horas antes de um roubo a um posto de combustveis, em Agudos. Segundo o soldado Joo Soa-res, eles so suspeitos de par-ticipao em outros roubos a postos na regio.O crime ocorreu em um posto na Rua 7 de Setembro, no centro de Agudos. Eram duas motos com quatro ocu-pantes armados. Aps levarem certa quantia do local, a PM de Lenis foi acionada, j que

    havia suspeita de que teriam vindo para c. A equipe do T-tico, comandada pelo Sargento Azevedo, identificou uma moto com as mesmas caractersti-cas de umas das motocicletas usada no roubo, na Avenida dos Imigrantes, no Jardim das Naes. Durante a revista os policiais localizaram dinheiro e um revlver calibre 32. Em Agudos, a vtima identificou os dois, que foram trazidos Delegacia de Lenis, onde foi ratificada a priso em flagrante. O rapaz de 22 anos j havia respondido por latro-cnio e o menor tinha diver-sas passagens por furto de motos e trfico.

    A Prefeitura de Lenis Paulista publica neste final de semana convocao de 82 suplentes para o Programa Minha Casa Minha. Os con-vocados devero comparecer a diretoria de Assistncia e Promoo Social, na Rua Igncio Anselmo, 329, para a apresentao de documentos comprobatrios dos requisitos do programa, entre os dias 31 de maro a 4 de abril de 2014. O atendimento ser realizado

    para a apresentao e rece-bimento de documentos de toda a famlia, para formao do dossi exigido pela Caixa Econmica Federal, entre outras aoes.

    A relao com os nomes dos suplentes convocados tambm pode ser acessada no site www.lencoispaulista.sp.gov.br (clique no banner Programa Minha Casa Minha Vida e em seguida no item resoluo).

    Minha Casa Minha Vida convoca 82 suplentesLenis sob risco de epidemia de dengue

    MANIFESTO - Durante a semana, familiares e amigos de Maryssol dos Santos Fernandes, de 22 anos, que morreu depois de ser atropelada por um motoqueiro, na noite de sbado, dia 22, na principal avenida do Jardim Primavera, fizeram manifesta-es pacficas em protesto contra a morte da jovem, que estava grvida de nove meses. O beb, um menino, tambm morreu aps o acidente. A primeira manifestao foi na Cmara, na segunda-feira, dia 24, durante a sesso legislativa. Cerca de 50 pessoas levaram faixas e cartazes com pedidos de justia. Na quinta-feira, o protesto foi da Delegacia ao Frum Pgina 5

    ALGEMA - Detidos pela operao da Polcia Civil aguardavam transferncia para o CDP de Bauru e cadeias da regio, no ptio interno da delegacia. Pgina 4

    A medio de maro do ndi-ce de Breteau, que mede a proli-ferao do mosquito transmissor da dengue colocou o municpio de Lenis Paulista em risco de ter uma epidemia da doena. O ndice foi de 2.2, bem mais alto que a ltima medio (0.3) em dezembro. De acordo com a OMS (Organizao Mundial de Sade) ndices acima de 1 j representam risco de epidemias. A diretoria tambm aguarda

    o resultado do que pode ser o primeiro caso autctone do ano.

    O levantamento foi feito em 637 imveis, espalhados em 48 quadras. Foram detectados 20 recipientes com larva. Destes, 14 eram do mosquito Aedes aegypti. Os criadouros estavam em pratos de plantas, vasilhas de animais, baldes, latas e frascos descartados irregularmente. Ainda foram localizados mais de 350 reci-pientes com gua parada.

    Fotos: Billy Mao

  • FALE CONOSCO

    CNPJ: 14.647.331./0001-22 IE: 416.050.229.111

    Jornalista Responsvel: Tnia Morbi - Mtb: 52.193Redao e administrao Lenis Paulista

    Av. Jos Antonio Lorenzetti, 537Telefone (14) [email protected]

    CONTATO COMERCIAL: (14) [email protected]

    Sugesto de Pautas: (14) 3263-1740

    Registrado no Cartrio de Registros de Pessoas Jurdicasde Lenis Paulista sob nmero 008 - Folha 15 - Livro B1

    TODOS OS ARTIGOS SO DE RESPONSABILIDADEDE SEUS AUTORES

    Tiragem: 3.000 exemplaresCaderno DeCasaEmCasa: 20.000 exemplaresLenis Paulista - Borebi - Agudos - Macatuba

    EDITORIAL

    De intenes e remendos

    Sabado online: issuu.com/billymao/docs/

    Reflexo

    NILTON LIMA

    O fundo do poo dos tucanos

    WELLINGTON ANSELMO MARTINS

    Democracia e educao

    O ser humano egosta. Mas o ser hu-mano um ser gregrio. Por isso, apesar de egostas, os homens querem viver em sociedade uns com os outros. Mas, por-que so egostas, querem se aproveitar uns dos outros. E, para evitar tal injus-tia e violncia, ento os homens criam entre si e para si algo forte o suficiente para mediar e regular as suas relaes: o Estado.

    O Estado deve pacificar as relaes entre os homens, de modo a benefici--los individualmente quando possvel ao mesmo tempo em que busca controlar o natural egosmo/violncia dos homens. O Estado, claro, no teria poder nenhum se no pudesse usar de violncia contra os homens a fim de control-los. Por isso, o Estado, criado pelos prprios homens, cria soldados tambm de seus prprios homens.

    A misso de tais soldados (a servio do Estado, este que est a servio da sociedade) no outro seno buscar beneficiar os homens individualmente enquanto procura reprimir os seus ex-

    cessos egostas e criminosos, conforme a lei vigente no momento.

    Todavia, se esses soldados violentarem a sociedade, perdem a sua razo bsica de existir. E o Estado que existe justamente para a promoo da paz entre os homens se torna, paradoxalmente, a causa da vio-lncia contra eles. Este , infelizmente, um processo histrico muito comum.

    Porm, nada de concreto foi feito para regular a sociedade melhor do que o Estado, especialmente se for um Estado democr-tico. No existem grandes sociedades sem Estado que as regule politicamente. Ou seja, por isso, a sociedade no tem alternativas concretas.

    Ento, cabe somente a ela prpria, a sociedade, regular o seu rgo regulador! Cabe somente ao prprio povo perceber, refletir, criticar e modelar a forma e a ao do seu prprio Estado. Mas este povo no ter competncia para tanto se, acaso, no possuir educao para a poltica.

    Isto , h um ciclo social necessrio entre: homem, homens, sociedade, Estado, leis, soldados, represso, abusos, crtica popular

    Um ano atrs consegui, junto com os familiares do fotgrafo e amigo Henrique Mucci - morto devido uma enorme irresponsabilidade de um mo-torista embriagado - juntar cerca de 400 pessoas para pedir justia. Um ato simples que fez um buzinao em vrias ruas da cidade. Foi a nica coisa que encontramos para chamar ateno das autoridades, j que em determinados momentos, parecem estar to longe da realidade que vivemos em nosso dia a dia que preciso f