Sabadao 91

Click here to load reader

  • date post

    06-Apr-2016
  • Category

    Documents

  • view

    227
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Jornal semanal com distribuição gratuita

Transcript of Sabadao 91

  • Mxima: 29CMinina: 15C

    Mxima: 29CMinina: 18C

    HOJE AMANH

    Fonte: Climatempo

    15 DE NOVEMBRO DE 2014 - EDIO N 91 - ANO 3 - LENIS PAULISTA - CIRCULAO REGIONAL

    T

    Fotos: Billy Mao

    DOE 1 LITRO DE LEITE INTEGRAL E

    GANHE 1 SQUEEZE!O LEITE ARREcADADO SER DOADO cASA AmORADA DE LENIS PAULISTA.

    A TROcA OcORRER APENAS NAFARmcIA HOmEOPTIcA

    DA AvENIDA PADRE SALSTIO.

    MatrizRua Anita Garibaldi, 650

    Centro - Lenis Paulista/SP(14) 3264-3340

    3263-3985

    FilialAv. Pe. Saltio R. Machado, 563

    Centro - Ao lado do Frum(14) 3264-8248

    DE OLHO - Invasores preferem casas onde no h a figura masculina presente e constante

    No Jardim Carolina moradores esto aterrorizados por furtos e invases

    A gente pensa em fa-zer alguma coisa com as prprias mos, de tanto desespero. A frase de uma moradora do Jardim Carolina, mas o pavor de ter a casa invadida e seus bens furtados, ou mesmo de ser roubada quando se est dentro de sua residncia de quase todos os ocupantes do novo bairro da cidade, que vivem em clima de deses-pero desde que ocuparam as moradias do programa Minha Casa Minha Vida, no ms de setembro deste ano. Especialmente mulheres que moram apenas com os filhos, alvo principal das tentativas e das invases dos imveis, segundo contaram os moradores.

    O nmero de furtos, ten-tativas e invases em resi-

    dncias vem aterrorizando as famlias que passaram a morar no novo bairro. Os furtos ocorrem a qualquer hora do dia ou da noite, e vo desde pequenas peas de roupa deixadas para se-car no varal at mudanas quase inteiras, relataram Aline e Cristina, as duas que j sofreram com tentativas de invaso durante a noite quando estavam em casa com os filhos. Algum forava a porta e eu ficava perguntando quem , quem . At que chamei o rapaz que faz a ronda e a pessoa que estava forando a porta foi embora, contou Aline. Muitos moradores pagam para que vigilantes faam a ronda durante a noite, como forma de se prevenirem. Pgina 4

    Apreensivas, moradoras dizem que casas so invadida quando oproprietrio est fora, seja duranteo dia ou no perodo da noite

    Terreno mau conservado tem moitas de capim napi; moradores ficaram revoltados com corte de plantas_ Pg. 5

    Prefeitura planeja cobrarCIP com nico valor

    Proprietrio de terreno corta Pau Brasil na Prata

    Acidentes movimentamservio de Resgate

    A Prefeitura pretende elevar para um teto igualitrio o valor da CIP (Contribuio de Ilumi-nao Pblica), caso a Cmara rejeite o projeto que aumenta a cobrana. A possibilidade foi apontada pelo diretor de Tecnologia da Informao Eder Santa Brbara, antes do incio da sesso de segunda-feira, dia 10. Com a deciso, todos passariam a pagar o mesmo valor pela CIP, independente do consumo da energia.

    Com o adiamento por mais 15 dias do projeto que reajusta a

    CIP e do que permite que a Pre-feitura financie R$ 2.1 milhes para investimento e custeio de parte da rede de distribuio de energia, a Prefeitura deve tam-bm terceirizar o servio durante os primeiros meses de 2015. As duas decises devem ser tomadas atravs de decreto do Executivo, para que no tenham que ser submetidas Cmara.

    Embora a sesso de segun-da-feira, dia 10, do Legislativo lenoense tenha sido a mais longa do ano, sendo prorro-gada para alm da meia noite,

    os vereadores no chegaram a um consenso sobre os projetos, que foram adiados a pedido do vereador Jos Santana (PSDB), o Dod. Ao menos quatro ve-readores se pronunciaram con-tra as propostas, que deveriam ser rejeitadas se colocadas em votao. Por isso, Dod disse que temeu que, caso o projeto fosse rejeitado em plenrio, o custo extra da implantao do servio fosse distribudo igualmente entre todos os con-sumidores, independentemente da faixa de consumo. Pgina 3

    Polcia MilitarEsta semana foi movimen-

    tada para o servio de resgate da cidade de Lenis Paulista. SAMU, Resgate Integrado e Corpo de Bombeiros aten-deram ocorrncias como o acidente na avenida Jcomo Nicolau Paccola (foto). Na quinta-feira, outros aciden-tes aconteceram envolvendo motociclistas e, noite, um nibus bateu em um Gol, na avenida Pe. Salstio R. Ma-chado. O trnsito de Lenis continua catico e desgover-nado. Veja na pgina 4

    Novas exigncias tc-nicas da Anatel (Agn-cia Nacional de Teleco-municaes) tirou do ar na sexta-feira, dia 14, em Lenis Paulista, o sinal de duas emissoras

    de televiso, a TV Pre-ve e a Record Paulista, ambas de Bauru.

    O sinal permanece fora do ar tambm nas cidades de Pederneiras e Duarti-na, no caso da TV Preve,

    enquanto a Record tam-bm est fora do ar em Pederneiras.

    A exigncias tcnica, segundo apurou a reporta-gem, tambm afetou emis-soras em outras regies do

    Estado de So Paulo e de outros pontos do pas. No litoral paulista cerca de 100 emissoras teriam tido o sinal retirado do ar, alm de outras 600 que teriam sido afetadas em todo Es-

    tado de Minas Gerais.Samuel Ferro, apresen-

    tador da TV Prev em Bauru confirmou por tele-fone que a emissora deve voltar ao ar entre a tera e quarta-feira da prxima

    semana. A TV Prev contratada para exibir s teras-feiras as sesses da Cmara de Vereadores de Lenis Paulista, que acontecem semanalmente, s segundas-feiras.

    TV Preve e Record saem do ar por exigncias da Anatel

  • OPINIO2LENIS PAULISTA, 15 DE NOVEMBRO DE 2014

    FALE CONOSCO CNPJ: 14.647.331./0001-22

    IE: 416.050.229.111

    Jornalista Responsvel: Tnia Morbi - Mtb: 52.193Redao e administrao Lenis Paulista

    Rua Andr Bacili, 45 Telefone (14) [email protected]

    CONTATO COMERCIAL: (14) 99658-9731Sugesto de Pautas: (14) 3263-1740

    Registrado no Cartrio de Registros de Pessoas Jurdicasde Lenis Paulista sob nmero 008 - Folha 15 - Livro B1

    TODOS OS ARTIGOS SO DE RESPONSABILIDADEDE SEUS AUTORES

    Tiragem: 3.000 exemplaresNa internet: http://issuu.com/billymao/docsCaderno DeCasaEmCasa: 20.000 exemplaresLenis Paulista - Borebi - Agudos - Macatuba

    Coisas de Pai pr. antonio carlos cabral

    wellington anselmo martins

    Que tal pararmos de vender as eleies?!

    railson rodrigues

    Onde voc quer chegar?

    Violncia e silncio

    Sabado online: issuu.com/billymao/docs/

    Reflexo

    Charges do Junio

    Marquinhos era um menino muito es-tudioso, mas tambm gostava de jogar futebol com os amigos do bairro. Aquele dia era feriado. Marquinhos acordou cedo, calou suas chuteiras e meias, vestiu o calo e a camiseta. Quando preparava-se para sair, seu pai lhe perguntou com voz branda e amorosa. Ento, voc j fez os deveres da escola? Mas pai, o pessoal j est no campinho, alm disso hoje feriado, respondeu Marquinhos, sem tirar os olhos do pai. Filho, praticar esportes muito bom, mas amanh voc tem prova. Se voc no estudar, (um gesto com o polegar voltado para baixo), enquanto exi-bia um sorriso de pai amigo. Marquinhos tirou o uniforme, pegou sua mochila e foi para seu quarto estudar.

    Renunciou ao futebol em obedincia ao pai. A manh inteira no foi suficiente para pr a matria em dia e foi preciso usar a tarde tambm. No dia seguinte foi para a escola cheio de confiana para a prova de matemtica. Seu pai, estava na sala con-versando com sua me quando Marquinhos chegou pulando e gritando de alegria com a prova na mo: Dez, dez, tirei dez! O pai pegou a prova, verificou se no havia correo e bem no alto em vermelho a nota: Dez. Abraou-se ao filho, beijou-o na face e lhe disse: Eu sabia que voc ia tirar uma boa nota, mas voc foi mais longe e fez por merecer essa nota. Estou orgulhoso de voc,

    meu filho. Continue estudando, que um belo futuro espera por voc.

    Algumas vezes, coisas que nos dariam prazer, embora legtimos, nosso bondoso Pai do Cu, precisa nos privar desses prazeres passageiros, para que alcancemos bnos e vitrias maiores e mais importantes. So aes do Pai, que embora no entendendo, nos reservam agradveis surpresas. Foi o que Jesus quis nos ensinar com a orao do Pai Nosso: ... seja feita a Tua vontade assim na terra como no cu (Mat. 6.10). No raro que a vontade do Pai Celestial, seja diferente da nossa vontade na terra.

    A Palavra de Deus, nos mostra que a von-tade do Pai no cu, torna-se boa, agradvel e perfeita quando feita por seus filhos na terra. Quando deixamos de fazer na terra

    Sua vontade, mais cedo ou mais tarde, nos encontraremos com a decepo ou o fracas-so na jornada e somos reprovados na escola da vida. Felizes so os filhos que tm pais que os tratam como Deus nos trata. Sem gritos, sem ameaas, sem violncia, mas com um sorriso, numa demonstrao de amor e justia, o que lhes d autoridade para falarem e serem atendidos, se alegrando com a alegria de seus filhos.

    Filhos obedeam a seus pais no Senhor, pois isso justo. Honra a teu pai e tua me, para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra. Pais no irritem seus filhos, antes criem-nos de acordo com a instruo e conselho do Senhor (Ef. 6.1-4). Deus tem prazer nos seus filhos quando v que Sua vontade lhes causa prazer. O prazer de Deus o prazer que a obedincia causa nos seus filhos. Mesmo que por vezes tenhamos que nos despir do uniforme do prazer e seguir por outro caminho diferente daquele que renuncia-mos. Diferente, porm melhor. Diferente, mas correto, jamais nos arrependeremos. assim que a graa do Pai nos trata, de sucesso em sucesso, sempre vencendo na vida. Coisas de Pai que nossos caprichos dificultam seu entendimento.

    Antnio Carlos Cabral Bacharel em Teologia pela Faculdade Teolgica Batista Grande ABC.

    Confesso, as elei-es foram demasia-damente desgastan-tes. Todos perdemos. Tivemos que esco-lher entre a ruim e o pior. E depois do sufoco eleitoral com brigas entre amigos e entre desconheci-dos, estamos aqui, no mesmo pas, lutando sabe-se l pelo que.

    Voc j definiu pelo que luta? Penso que a resposta dessa pergunta seja simples para muitos, afinal, gra