Sabadao do povo 23

download Sabadao do povo 23

If you can't read please download the document

  • date post

    12-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    222
  • download

    5

Embed Size (px)

description

jornal semanal

Transcript of Sabadao do povo 23

  • Foto: Billy Mao

    SBADO, 20 DE JULHO DE 2013 - EDIO N 23 - ANO 1 - DISTRIBUIO GRATUITA LENIS PAULISTA - BOREBI AGUDOS - MACATUBA

    TEMPO ETEMPERATURA

    Mxima: 23CMinina: 15C

    Mxima: 21CMinina: 15C

    HOJE AMANH

    Fonte: Climatempo

    www.farmaciahomeopaticalp.com.br

    Esto abertas, a partir de hoje, as inscries para a II Copa Sanda FPKF, realizada pela Federao Paulista de Kung Fu, com apoio da As-sociao Garra de Tigre, que acontece no dias 24 e 25 de agosto, em Lenis Paulista.

    Segundo Adriano Pitoli, da AGT, que assumiu esse ms a diretoria tcnica da FPKF, o evento desse ano ir repetir o sucesso da primeira edio, com a presena dos principais lutadores da categoria no tatame montado no Tonico. Esto confirmados lutadores de Braslia, So Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, entre os profissionais nas lutas das categorias 65k, 75k e 85k, entre eles, os campees da disputa do Sul-americano, em suas categorias.

    Nos dois dias se repete o formato de lutas profissionais e amadoras, mas com vrias novidades. Uma delas no

    Com Man Frias, Borebi faz economia deR$ 60 mil com combustveis em seis meses

    Confirmados principais lutadores para II Copa Sanda de Lenis

    Site da Cmara de Vereadores j est na rede

    Corregedor Geral do Estado visita Lenis

    nvel profissional, onde a dis-puta ser em forma de Grand Prix e no mais apenas uma luta por categoria. Assim, se-ro quatro lutadores por cha-ve, lutando entre si e os dois vencedores fazem a final, com prmio em dinheiro. Essa a primeira vez que a Federao Paulista implanta essa forma de disputa, mudana que se-gundo Pitoli, dar ainda mais

    emoo ao evento.O evento, com entrada

    gratuita atravs da doao de um quilo de alimento que ser destinado a entidades as-sistenciais do municpio - tem apoio da Prefeitura Municipal de Lenis Paulista, atravs da diretoria de Esportes, Jor-nal Sabado do Povo e da Speed Form Suplementos Alimentares.

    Depois de seis meses de trabalho, a administrao municipal de Borebi, que tem a frente o prefeito Ma-noel Frias e o vice Pastor Adilson Vera, conquistou a economia de quase R$ 60 mil nos gastos com combustveis, usados pela frota de veculos pblicos. A economia foi registrada

    na comparao do primei-ro semestre desse ano com o mesmo perodo do ano passado. O valor gasto com combustveis pela administrao do ex-pre-feito foi de R$ 181.722,70, valor que caiu para R$ 121.813,81 no mesmo perodo de 2013. O menor gasto representa, na avalia-

    o do prefeito Man Frias e de seu vice, Pator Adil-son, importante deciso administrativa para fazer frente a despesas herdadas da administrao anterior, como indenizaes no pagas pelo municpio a servidores da poca e que agora tero que ser hon-radas. Pgina 5

    H cerca de 20 dias est no ar o novo Portal da Cmara de Lenis Paulista, que dis-ponibiliza informaes sobre a administrao da Casa e o desempenho dos vereadores. No endereo eletrnico www.camaralencois.sp.gov.br, com algumas ferramentas ainda em fase de teste, o site atende exi-gncias legais, que estabelecem a disponibilizao do Portal de

    Transparncia do Legislativo. Mas, ainda possibilita maior proximidade entre os verea-dores e a populao, segundo afirmou o diretor da Cmara, Gensio Simes, por apresentar nmeros representativos do trabalho dos vereadores.

    A Cmara deu prioridade para o funcionamento do Portal da Transparncia, que permite ao cidado o acom-

    panhamento da aplicao dos recursos pblicos do Legisla-tivo, ou seja, receitas e gastos efetuados, alm de licitaes em andamento e todos os atos desta Casa de Leis. A ouvidoria municipal, que um canal aberto entre cmara e populao para sugestes e reclamaes, tambm j pode ser utilizada pelos ci-dados, informa. Pgina 3

    ALIANA - Depois de uma semana conturbada, devido a manobras polticas para desestabilizar a aliana entre o prefeito de Borebi, Manoel Frias, e seu vice, Pastor Adilson Vera, a harmonia voltou administrao da cidade. Uma reunio entre os dois e parte do corpo administrativo da atual gesto selou na manh de ontem os rumos do segundo semestre de 2013. Na pauta de trabalho est o que poder ser feito para beneficiar a populao. Man Frias est prestes a assinar com o Estado convnio para construo da ETE e Pastor Adilson espera o repasse de verba no valor de R$100 mil de emenda do deputado Roberto Lucena.

    O desembargador Jos Renato Nalini, esteve nesta sexta-feira no Frum de Len-is onde ministrou a palestra Justia eficiente para uma plateia composta por advoga-dos, membros da OAB, auto-ridades dos poderes Executivo e Legislativo, entre outros convidados. O presidente da Cmara, Humberto Jos Pita participou do evento. O corre-gedor ressaltou a importncia da eficincia no Judicirio e disse que nem tudo deve ser levado para o magistrado.

  • FALE CONOSCO

    CNPJ: 14.647.331./0001-22 IE: 416.050.229.111

    Jornalista Responsvel: Tnia Morbi - Mtb: 52.193Redao e administrao Lenis Paulista

    Av. Jos Antonio Lorenzetti, 537Telefone (14) [email protected] - [email protected]

    CONTATO COMERCIAL: [email protected]

    Sugesto de Pautas: 9104.6460

    Registrado no Cartrio de Registros de Pessoas Jurdicasde Lenis Paulista sob nmero 008 - Folha 15 - Livro B1

    TODOS OS ARTIGOS SO DE RESPONSABILIDADEDE SEUS AUTORES

    Lenis Paulista - Borebi - Agudos - Macatuba

    EDITORIAL

    Sabado online: issuu.com/billymao/docs/

    Reflexo

    OPINIO

    Coluna do Portes

    Ovo podre!!!J dizia o ditado: Quem nada faz, muito

    atrapalha. usando esse ditado que explano minha coluna dessa semana. Acontece que te-nho visto muito a respeito de polticos e gente interessada em dinheiro fcil, atrapalhando a nova leva de polticos que querem e esto trabalhando dentro da lei. Essa corja que vive, se beneficia e enriquece s custas do dinheiro do povo, est em todo lugar. At aqui no stio existem esses usurpadores de quem realmente trabalha. Depois do almoo sentei na varanda e fiquei observando um Joo de Barro que fazia o alicerce de sua nova moradia no galho da mangueira. Ele descia, pegava o barro e levava no bico at o galho. Com habilidade de mestre, ia erguendo seu ninho.

    Isso se repetiu por vrios dias e sempre depois do almoo eu parava um pouco para ver o trabalho daquele bicho. Eu tambm tinha afazeres e no podia ficar ali sentado, sem fazer nada, o dia todo.

    Quando o Joo estava para terminar sua linda casinha, percebi que alguns Chupins comearam a rodear a mangueira. Mas, eu sabia o que queriam aquelas aves, queriam, em um momento de distrao, botar seus ovos ou invadir a recm construda morada de barro. Na poltica, tambm acontece isso. Aqueles candidatos que no sabem fazer outra coisa que no ser poltico profissional, ficam urubuzando quem est no poder, armando armadilhas, espalhando intrigas e boataria. Tudo para que o dono da casa seja prejudicado. Quem acompanha a poltica na nossa microrregio pode ver isso acontecen-do em Pratnia, com o Roque; pode ver isso acontecendo em Borebi, com o Manoel Frias e em Pederneiras. Em Lenis Paulista, os Chupins esto a chilrear pelas bandas do novo prdio da Cmara, onde querem botar seus ovos chocos para serem cuidados por outros, se aproveitando do empenho alheio.

    Norberto Portes construtor

    ADOLF HITLER

    www.sucatanovaquadrinhos.blogspot.com

    LENIS PAULISTA, 20 DE JULHO DE 2013OPINIO2

    Chega dos mesmos!WELLINGTON ANSELMO MARTINS

    Torne a mentira grande, simplifique-a, continue afirmando-a, e eventualmente todos

    acreditaro nela

    No existe democracia sem alternncia de poder. O poder s realmente do povo quando existe uma constante rotatividade de governos. Ou seja, a troca peridica dos polticos essencial para termos uma sociedade mais honesta e eficiente. Diante disso, o grande escritor portugus Ea de Queiroz dizia: os polticos e as fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo. J o povo tem um ditado ainda mais incisivo e verdadeiro, que declara: ningum insubstituvel!.

    Historicamente, vemos pessoas ou grupos que, para se manterem no poder, eram capazes de qualquer coisa. Tivemos dcadas de ditadura militar no Brasil (houve centenas de assassinatos daqueles que se opunham aos militares). Tivemos o nazismo europeu que dizia ser um imprio de mil anos (houve milhes de assassinatos daqueles que se opunham aos nazistas). Enfim, so inmeros os exemplos histricos. Mas apenas uma a grande lio que podemos aprender: sempre existiram ditadores; a marca dos ditadores a tentativa de se manter no poder a qualquer custo; o antdoto para tudo isso a obrigatoriedade de alternncia de quem est no poder. E ns precisamos disso no Brasil de hoje.

    Um dos temas quentes da possvel Reforma Poltica ser sobre o fim da reeleio. Ora, se queremos uma maior rotatividade de polticos no poder, como poderamos tolerar a reeleio infinita para legisladores? E a reeleio de chefes do executivo? Por que continuaramos aceitando que uma mesma pessoa possa comandar uma cidade ou o pas inteiro por quase uma dcada?! muito tempo! Mesmo para a pessoa mais competente e honesta. muito poder! Mesmo para a pessoa mais virtuosa.

    Frente a isso, o ministro Joaquim Barbosa foi ainda mais longe: defendeu que o recall seja debatido na Reforma Poltica. Recall (do Ingls) significa chamar de volta. Ou seja, no meio do mandato dos polticos, o povo teria a chance de revogar o seu voto, caso o poltico no tivesse atendidos as expectativas. Por isso, caso o recall seja aprovado, o povo ter ainda mais poder de substituir os polticos, mesmo no meio dos mandatos. Isso, obviamente, contribui e muito para pressionar quem est no poder e, ainda, facilita de tirar do poder aqueles que se esqueceram que esto a servio do povo.

    A nossa regio, centro-oeste paulista, est cheia de exemplos de famlias ou pessoas que esto h muito tempo no poder. Quer trabalhando muito ou simplesmente usando-se de marketing, muitos polticos regionais conseguiram fidelizar seus eleitores. Por

    isso, tivemos vrias reeleies municipais no ano passado. Em Bauru, o prefeito Rodrigo Agostinho foi reeleito com mais de 80% dos votos, mesmo diante de srios problemas nos transportes e no saneamento bsico bauruenses. Em Lenis, a prefeita Izabel Lorenzetti tambm foi mantida no poder com uma votao altssima. Em Agudos, o prefeito Everton Octaviani, alm de reeleito, ainda foi candidato nico; e ainda sobrinho de um ex-prefeito da mesma cidade, Carlos Octaviani. Em Borebi, pelo menos, tivemos alternncia de poder, mas demorou mais de duas dcadas para tirar a famlia Ayub-Vaca do poder borebiense. Ou seja, no precisamos ir longe para vermos que o conceito de rotatividade de governos ainda frgil no Brasil, infelizmente.

    Mas h casos muito mais delicados. famosa a situao monopolista da famlia Sarney no Maranho. Tal como vemos, aqui mesmo em So Paulo, o governo estadual ser revezado sempre por amigos prximos, e do mesmo partido (PSDB), h dcadas. E, pior, o governo nacional est h quase 12 anos sob o mesmo partido, sendo totalmente influenciado por uma nica pessoa, o ex-presidente Lula. Para piorar ainda mais o monoplio de poder, j h rumores de que, com a queda de popularidade da presidente Dilma, seja possvel que o Lula tente concorrer e assumir novamente presidncia. Ora, num Estado democrtico como o Brasil, intolervel tanto centralismo de poder!

    E, para resolver a tudo isso, precisamos que mais pessoas srias entrem para a vida poltica. Precisamos de mais opo nas eleies! Precisamos de um grande grupo popular de polticos, honestos e competentes. E no mais esses pequenos grupinhos, com seus partidos monrquicos e suas famlias tradicionais, que almejam a manuteno do poder a qualquer custo. No! Precisamos que o povo, como um todo, assuma definitivamente a vida poltica. E ocupe o espao de poder que, por direito, pertence somente ao povo. Parafraseando o ex-presidente Lula, dizemos: dentro de cada um de ns, cidados, que est o poltico perfeito que queremos! Ou seja, os cidados no devem se esquivar do seu dever de participar da poltica. Pois, se o fizerem, a ausncia do povo no poder ser certamente ocupada pelos polticos de sempre que, j bem sabemos, so apaixonados pelo poder.

    Wellington Anselmo Martins, professor, mestrando em Filosofia, graduado em Filosofia, e estudante de Jornalismo / [email protected]

    Oh my gosh!ALINE SOUSA

    O SONHO DE ALINEO SONHO DE ALINE

    No pronunciar o nome do Senhor, teu Deus, em vo.(Ex 20:7) Como todos sabem o segundo mandamento das Leis de Deus, e aqui nos Estados Unidos este levado a srio pela crena ou por puro hbito cultural mesmo. Em vez de dizerem Oh my God (Oh meu Deus) eles dizem Oh my gosh para expressar-se dia-a-dia sem violar o mandamento. A primeira impresso que tive quando ouvi isso pela primeira vez de que americanos so bem religiosos, mas em rea-lidade, bem o contrrio.

    Quando mencionei sobre hbito cultural eu quis dizer que uma grande parte dos ame-ricanos no so expostos religio quando criana, e acabam criando certos hbitos vindo dos mais velhos, sem entender o real significado do que dizem ou fazem.

    Em algumas regies as escolas pblicas so proibidas por lei de dar qualquer ensina-mento bblico ou mesmo falar de Deus. Se os pais quiserem expor seus filhos a ensina-mentos bblicos devem matricula-los em uma escola particular, onde parte do currculo religio. Do contrrio, devem ensinar religio seus filhos em casa e como ensinar algo que eles no aprenderam?

    As igrejas so pequenas, e as missas e cultos religiosos so mais comuns no per-odo da manh, nos domingos, para que no compitam com o jogo de futebol americano. Acredite se quiser, mas a nao americana mais vidrada por esportes do que por religio, e um bom exemplo disso so os estdios que esto sempre lotados em todos os jogos, j as igrejas... sem comentrios.

    A parte do sul do pas conservadora, religiosa, simptica e bem mais calma at na hora de falar, pois eles tem um sotaque compassado e bem mais fcil de entender, mas soa como sotaque do interior. Charlotte, no estado da Carolina do Norte, um bom exemplo, j que conhecida como a cidade da bblia, devido ao nmero de igrejas. Certo dia, quando eu voltava para casa, num trajeto de vinte minutos, eu pude contar mais de dez igrejas pelo caminho. Aqui podemos encontrar religies do mundo inteiro, espe-cialmente do Brasil, j que existe uma grande comunidade de brasileiros morando aqui. Em algumas igrejas Catlicas temos missas em portugus, temos uma igreja da Congregao Crist e uma da Assembleia de Deus.

    J na parte norte do pas, bem diferente. Todos os meus amigos e conhecidos de l nunca frequentaram uma igreja quando crian-a, sabem quase nada da bblia, alguns at duvidam de sua veracidade e gaguejam sobre a sua prpria f. Minha famlia americana diz acreditar em Deus, mas no na bblia, e por isso nunca vo igreja.

    Judeus e Mrmons so a minoria em grupos religiosos, e uma grande parte dos americanos se considera ateus e agnsticos. Se voc observar a nota do dlar, vai ver escrito God bless America que significa Deus abenoe a Amrica, mas ser que adianta s pedir pra ser abenoado?

    Aline de Carvalho Sousa lenoense e mora atualmente nos Estados Unidos da Amrica / Perguntas e curiosidades: [email protected]

    Uma pesquisa colocada essa semana na rua ir apontar detalhes da pobreza leno-ense. Um grupo de pesquisadoras contra-tado pela diretoria de Assistncia e Promo-o Social ir visitar cerca de 1700 famlias que foram identificadas como vivendo em extrema pobreza, em Lenis Paulista, pelo governo do Estado e pela prpria Prefeitu-ra. O levantamento faz parte do programa estadual So Paulo Solidrio, que se pro-pe a possibilitar a mobilidade social de famlias nessa situao, em todo o Estado.A idia de que tantas famlias sejam mi-serveis em Lenis, uma das cidades ti-das como entre as mais ricas de So Pau-lo, para alguns, realmente uma viso distoante da realidade.Mas, se considerados os detalhes da pobre-za lenoense, fica mais fcil perceber que as falhas sociais que marcam o Brasil, como uma das piores distribuies de renda do mundo, esto bem claras tambm aqui. Recentemente, o Jornal Sabado do Povo retratou a histria de um menino de 14 anos que assombrava comerciantes do Ncleo com roubos para conseguir dinhei-ro para uso de crack. Os rgos de acom-panhamento social, poca, no confir-maram se sua famlia era acompanhada de perto, apesar da gravidade da situao. Embora o programa estadual possa ter fins eleitoreiros, a oportunidade im-portantssima para que a cidade de Len-is d um passo em direo a quem realmente precisa dela, se no para re-ceber cestas bsicas, mas para matar a fome que vem de uma espcie muito particular de misria que marca o povo brasileiro, e tambm lenoense, h mui-to tempo: a justia social

    Lenis Paulista e sua misria social

    No mundo atual, a busca pela beleza tem sido obsessiva. Muitas vezes paramos dian-te do espelho e ficamos observando a sua reflexo, reparando nossa imagem, nossos defeitos e qualidades. E pensando no que poderamos melhorar. Mas o espelho comum no pode refletir o passado e nem o futuro. Apenas um espelho especial pode fazer isso. Voc sabe que espelho esse?

    A resposta certa a nossa mente. Atravs dela podemos fazer uma reflexo sobre nossas atitudes cometidas no passado para melhorar e aperfeioar nossas aes do presente.

    WASHINGTON A. DA SILVA

    ESPELHO, ESPELHO MEU

    Agora pense! Se voc tratou algum mal. E depois se arrependeu, deve pedir perdo. Mas lembre-se de que poder ficar nesta pessoa uma marca da sua ofensa. Por isso, pense antes de agir. Faa uma reflexo!

    Assim podemos concluir que os dois tipos de reflexo so importantes. A do espelho ajuda a melhorar a nossa imagem. Mas a do intelecto nos ajuda a melhorarmos como pessoa.

    Washington A. da Silva (17 anos) estu-dante na escola estadual Rubens Pietraria.

  • POLTICA 3LENIS PAULISTA, 20 DE JULHO DE 2013

    Fotos: Billy Mao

    TRANSPARNCIA

    WWW | Gensio Simes coordena a implan-tao do site e portal da Transparncia

    PEIXE | Destilaria pode se transformar primeiro mercado pblico

    EM FRENTE - Uma postagem do vereador Anderson Prado de Lima, do PV, no Facebook chamou a ateno durante esta semana. Prado postou o seguinte: pouco rele-vante o mal que os maus dizem ao meu respeito. Preocupao teria se fossem os bons que mentissem na tentativa de denegrir a imagem que edifiquei s custas do meu prprio trabalho. De quem ser a lngua preta que anda tentando denegrir a imagem do vereador, hein?CHECK LIST - O vereador Ander-son Prado passou a sexta-feira na Cmara de Bauru fazendo um check in naquela Casa de Leis. Segunda--feira, estar afiado.EU FUI - O vereador Nardeli da Silva visitou a nova administrao da Cmara na manh de segunda--feira. Nardeli passou pelo prdio para rever amigos servidores e conhecer melhor as instalaes da nova sede do Legislativo.

    EU NO - At o incio da tarde de ontem,apenas os vereadores Nardeli da Silva, Anderson Prado de Lima, Gumercindo Ticianelli Jr., Jose Pe-dro de Oliveira, o Coronel Bentinho, e o prprio Humberto Pita, presiden-te da Cmara estiveram no prdio.PASSOU - O deputado Luiz Carlos Gondim esteve, desde domingo, em visita pelas cidades da regio de Lenis Paulista. Gondim, sempre disposto, fez questo de visitar o prefeito de Borebi, Manoel Frias Filho e o presidente do PPS daquela cidade, Fabrcio Rodrigues.SIMPLES - Depois de cumprir seus compromissos o deputado voltou para a casa do prefeito, tomou um banho e foi para a missa, conforme prometera.FORA - Gondim tambm esteve em Lenis Paulista onde reuniu--se com lideranas polticas e com o presidente do partido local, Mrio Silvio Baptistella. O local escolhido foi o escritrio de Mario, na fbrica de estruturas metlicas.A CURA PARA TODO MAL - O presidente da Cmara Municipal de Lenis Paulista, Humberto Pita, re-cebeu o deputado Gondim, na nova sede administrativa do Legislativo, na tera-feira. Gondim conheceu as instalaes do novo prdio e discutiu muito sobre sade, j que Pita e o deputado tem em comum a profisso: ambos so mdicos da especialidade ginecologia. O prefeito Man Frias e o presidente do PPS, Fabricio, estavam com o deputado durante a visita.EXEMPLO 1 - Gondim ficou im-pressionado com a preocupao com a acessibilidade do cidado ao novo prdio administrativo da Casa de Leis.EXEMPLO 2 - O parlamentar elo-giou a estrutura e disse que o novo espao atende as necessidades da populao, no apenas no quesito acessibilidade, como tambm na qualidade no atendimento. Tudo que faz crescer e lhe permite uma administrao correta muito bem vindo. A populao est cobrando isso. No podemos ter gastos suntu-osos, mas precisamos ter condies de trabalho. No se trata de visibili-dade poltica, mas de abertura para que o cidado tenha condies de fiscalizar o poder pblico, no s no mbito municipal, como tambm nas esferas estadual e federal, opinou.MAGOEI - Com excesso de uma visita rpida de outros vereadores, quando da passagem do deputado Milton Monti (PR) nenhum outro

    vereador esteve na nova sede, formalmente. HITCHCOCK - O clima para a prxi-ma sesso do Legislativo lenoense est cheio de surpresas e suspense. Corre pelos bastidores polticos que nenhum dos vereadores do PSDB devera assumir uma posio na Mesa Diretora. Comenta-se ainda que o vereador Chico Naves, ativo na cobrana de ateno para a populao, teria sido interpelado para que tambm no assuma uma posio, contrariando sua vontade. pelo menos o que dizem.MAGOEI 2 - J os vereadores res-tantes estariam magoados com o desenrolar das denncias contra o vereador Manoel dos Santos Silva, que culminou com o pedido tardio de renncia.SEGREDO - Sabe-se que com ou-tros integrantes para compor a Mesa, ou no, os trabalhos devero ter continuidade no segundo semestre do ano, durante o qual o cenrio poder mudar diante do amadurecimento das ideias dos vereadores recm eleitos.UMBIGO DO UNIVERSO - Em con-versas polticas o que se ouve pela cidade que o reflexo desse possvel afastamento da Mesa Diretora, de-monstrar, no futuro, quem so os representantes do povo escolhidos no 7 de outubro. Porm, mesmo nas conversas, se ouve que cada um sabe o que faz, mas tambm, que o povo est de olho em quem est preocupa-do em reprenset-lo ou apenas com seu prprio umbigo.CHIQUITITAS - Uma lambana da oposio a Manoel Frias, de Borebi, colocou o prefeito ainda mais prxi-mo ao governador Geraldo Alckmim. Na semana passada os opositores queriam que o governador visitasse Borebi para assinar o convnio para a construo da ETE.PROTOCOLO - Como ningum havia avisado formalmente o prefeito, Man Frias simplesmente disse que no receberia Alckmin. Diante da posio firme do prefeito, foi um corre corre para tentar ludibri-lo. Foi de aspone at deputado tucano conceituado na regio ligando para o prefeito na tentativa de coloc-lo numa fria.PARA TE VER - Por telefone, o prprio governador se desculpou pelo mal entendido e pessoalmente, em So Paulo, durante esta semana, afirmou que far uma visita exclusiva a Man Frias e Borebi. Dessa vez, sem atravessadores oportunistas.MORDE ASSOPRA - Segundo conversas de rodinhas polticas em Borebi, Man Frias estaria sofrendo com fogo amigo ou oposio velada. Funcionrios pblicos que ele mesmo teria ajudado estariam fazendo o que aprenderam na gesto passada. Aproveitam do cargo para espalhar boatos maldosos contra o prefeito e sua equipe.FECHADO - Depois de desencon-tros na manobra que buscava a separao da atual administrao de Borebi, Man Frias e Pastor Adilson Vera resolveram suas pendncias em uma reunio ocorrida na manh de ontem. Foi por terra a articulao para desestabilizar o governo do PR.

    PARE SEU PNEU AQUI! - Mora-dores da Cecap que utilizam o es-tadio municipal daquele bairro esto revoltados com alguns vereadores. A conversa que vereadores que tinham o bairro como base eleitoral, o abandonaram para defender outros interesses que no daquela popu-lao. Essa a conversa que rola solta por l. E no em barzinho da Cecap, no!!!

    Da redaoH cerca de 20 dias est no

    ar o novo Portal da Cmara de Lenis Paulista, que dis-ponibiliza informaes sobre a administrao da Casa e o desempenho dos vereadores. No endereo eletrnico www.camaralencois.sp.gov.br, com algumas ferramentas ainda em fase de teste, o site atende exigncias legais, que esta-belecem a disponibilizao do Portal de Transparncia do Legislativo. Mas, ainda possibilita maior proximi-dade entre os vereadores e a populao, segundo afirmou o diretor da Cmara, Gen-sio Simes, por apresentar nmeros representativos do trabalho dos vereadores.

    A Cmara deu priori-dade para o funcionamento do Portal da Transparncia, que permite ao cidado o acompanhamento da aplica-o dos recursos pblicos do Legislativo, ou seja, receitas e gastos efetuados, alm de licitaes em andamento e

    Site traz contas pblicas e desempenho da CmaraCom novo formato, site passa a publicar dados da administrao do Legislativo lenoense e da atuao de vereadores

    todos os atos desta Casa de Leis. A ouvidoria municipal, que um canal aberto entre cmara e populao para sugestes e reclamaes, tambm j pode ser utilizada pelos cidados, informa.

    Simes lembra que o Le-gislativo, apesar da obriga-toriedade e de pagar por este servio, em pocas passadas nunca teve um portal que disponibilizasse os dados e o acesso ao cidado.

    Sob o comando do pre-sidente Humberto Pita (PR), ser a primeira vez que o

    Poder Legislativo lenoense presta contas, de forma on line, para a sociedade. A prestao de contas pblicas um direito do cidado e uma importante ferramenta para o exerccio da demo-cracia, disse Gensio.

    Alm de saber como a direo da Cmara destina o dinheiro pblico, o cidado tem no site acesso a parte importante do trabalho dos vereadores, atravs da che-cagem de seu desempenho na apresentao das propo-sies. No link detalhes

    possvel saber a quantidade e o teor de cada propositura do vereador: se indicao, moo ou requerimento.

    As indicaes so uma sugesto do vereador ao Executivo de algo que esteja fora do alcance da Cmara realizar; as moes, geral-mente, so um protesto ou congratulao destinados a uma pessoa ou grupo, e os requerimentos so instru-mentos pelo qual o vereador se relaciona com a socie-dade, pleiteando benefcios e solues do interesse da comunidade, e tambm ma-nifestando a postura poltica em relao a fatos ou aconte-cimentos de relevncia.

    Com foto e informaes pessoais, cada vereador tem um perfil exibido que mos-tra seu partido e ocupao nas comisses permanentes da Casa. Depois de seis me-ses de atuao, h vereador com mais de 200 requeri-mentos e 380 indicaes, enquanto outros somam 90 indicaes e outros ainda no chegam a 50 o total de proposituras juntas.

    O endereo da nova pgina da Cmara www.camaralen-cois.sp.gov.br.

    Um dos locais mais mar-cantes da histria de Len-is Paulista, por seu valor histrico, mas tambm pelo estado de abandono que se encontrava, o prdio da antiga Destilaria Central comea a ganhar uma realidade mais condizente. A prefeita de Lenis Paulista Izabel Lo-renzetti (PSDB) assinou na tera-feira, dia 16, termo de cesso gratuita do imvel jun-to a Superintendncia de Pa-trimnio da Unio. Com isso, a Prefeitura poder intervir e ocupar o espao histrico. Um dos projetos a instalao no local do mercado municipal lenoense, mas, inicialmente, apenas o Centro Municipal de Formao Profissional ser instalado no espao.

    A utilizao do imvel, inicialmente com cesso de 10 anos, poder ser prorrogada, conforme o interesse do mu-nicpio. A rea total de cerca de 22 mil metros quadrados. Segundo a arquiteta Simone Diegoli Dalben, a ideia pre-servar prdios antigos e at mesmo runas, e manter, alm do CMFP, um espao de uso comum para a populao e es-paos para prtica de esportes.

    Esse um espao nobre, muito prximo do centro da

    Alm de CMFP, antiga destilariadever abrigar mercado municipal

    cidade, que est desvalorizado devido ao estado de abandono, mas que depois dos investi-mentos deve valorizar toda a regio, avaliou a arquiteta.

    Atualmente, as runas da antiga destilaria abrigam mo-radores de ruas e usurios de drogas, como vem mostrando o Jornal Sabado do Povo, mas o local j foi sede do Museu Alexandre Chitto e j serviu de moradia para diver-sas famlias carentes.

    As famlias que moram em casas da colnia da destila-ria sero removidas, quando iniciarem as obras, ainda sem previso, com acompanha-mento da Assistncia Social.

    R$ 2,1 milhes para infra-estrutura

    Na quarta-feira, dia 17, no Palcio dos Bandeirantes, a prefeita Izabel assinou trs convnios que totalizam R$ 2,1 milhes, que sero desti-nados a obras de infraestrutu-ra. De acordo com os conv-nios, o Governo do Estado vai liberar R$ 1,5 milho para a construo do novo terminal rodovirio, que ser constru-do em um terreno adquirido pela Prefeitura em uma troca com uma empresa da cidade, localizado na Avenida Prefeito Jcomo Nicolau Paccola. O Distrito Empresarial vai rece-ber R$ 500 mil para execuo

    de obras de pavimentao, recursos que foram viabili-zados pela prefeita junto ao Governo, em maro desse ano. E R$ 100 mil sero destinados para recape das ruas do Jardim Bela Vista I e II, dinheiro viabilizado por emenda do de-putado estadual Pedro Tobias. Vamos melhorar a infraestru-tura do Distrito, voltamos a dar ateno ao Bela Vista, um dos bairros mais antigos de Lenis Paulista, e daremos prosseguimento ao projeto da nova rodoviria, comemorou a prefeita.

    O processo de licitao do novo termina deve comear na prxima semana.

    Da redaoO prefeito Everton Oc-

    taviani (PMDB) conseguiu com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), nesta semana, a autorizao para a criao de um Centro Tecnolgico no espao da antiga Itetresp (Instituto Tcnico e Educacional para Trabalhadores Ru-rais), mais de R$ 1 milho para a construo de um ginsio de esportes e ainda a liberao de mais de R$ 6 milhes em investimentos.

    O Centro de Tecnologia ir reunir cursos da Etec e

    Agudos conquista Centro Tecnolgico, ginsio e mais de R$ 6 milhes em investimentosFatec para atender a deman-da por capacitao de mo de obra. Ser uma obra muito importante para a cidade, especialmente porque tor-nar Agudos referncia na capacitao de trabalhadores, inclusive dos municpios vizinhos, disse o prefeito.

    J a obra do novo ginsio, na vila Professor Simes, custar R$ 1,5 milho, com contrapartida da Prefeitura de R$ 500 mil. O objetivo de Everton preparar a cidade para sediar os Jogos Regionais at 2016. Alm disso, a populao ganhar

    mais um espao para prati-car esporte, acrescentou.

    Agudos ir receber R$ 2,7 milhes pelo Plano Especial de Parcelamento para em-presas devedoras do ICMS, que d ao devedores inscri-tos na dvida ativa do Estado a oportunidade de regulari-zarem sua situao. Parte deste recurso ser utilizada para custeio na rea da sa-de, comemorou o prefeito.

    Durante o encontro com o governador, o prefeito assinou cinco convnios, para a construo de uma creche no Jardim Cruzeiro

    (R$ 1,7 milho); um polo de moda no Fundo Social de Solidariedade; uma praa do idoso na Cohab 4; R$ 90 mil da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer para o Programa Esporte Social, alm de uma academia para deficientes fsicos. A cidade receber, ainda, um trator de esteiras no valor de R$ 400 mil, equipamento libe-rado pelo Fundo Estadual de Combate Poluio, da Secretaria de Meio Am-biente, por ter melhorado a pontuao no programa Municpio Verde e Azul.

    SP | Everton, Pedro Tobias, Alckmin, ex-prefeito Carlos Octaviani e vereadores

  • LENIS PAULISTA, 20 DE JULHO DE 2013GERAL4

    Desde ontem e at o dia 19 de agosto, um grupo de pesquisadoras ir visitar 1.700 famlias lenoenses, dentro do Programa So Paulo Soli-drio, do Governo do Estado, que atende famlias em estado de extrema pobreza. O obje-tivo detalhar as carncias dessas famlias, localizadas pelo municpio e pelo Estado em todas as regies da cidade.

    O programa do governo estadual se caracteriza por no apenas repassar recursos financeiros a famlias carentes, mas identificar qual o tipo de carncia enfrentada, nas reas de Sade, Educao, Emprego e Moradia, entre outras, se-gundo explicou a diretoria de Assistncia e Promoo Social

    Pesquisadoras vo levantar detalhes de famlias carentes de Lenis

    Elizabeth Orthado Athansio. Por ser um programa recente, a diretora no adiantou quais sero as prximas etapas re-ferentes ao do Estado. Se vai trazer benefcios (para as famlias), timo. Mas, vamos ter um diagnstico das vulnera-bilidades da cidade, afirmou.

    Um dos principais objeti-vos do So Paulo Solidrio possibilitar, com a ao direta dos municpios, a mobilidade social das famlias atendidas. A assistente social do Cras (Centro de Referncia em Assistncia Social) do centro da cidade, Silvana dos Santos Pimenta, garante que aps a coleta de informaes, as famlias que ainda no forem atendidas pelos servios locais

    passaro a ser acompanha-das. As famlias passam a ter acesso a seus direitos em Sade, Educao, Assistncia e outros setores.

    A diretora conclamou a po-pulao para que atenda as agentes. Elas estaro identifi-cadas e prestar as informaes vai contribuir para que possa-mos conhecer melhor as carn-cias das nossas famlias, disse.

    Nmero de famlias em situao de misria assustou Assistncia Social; levantamento mostrar realidade social

    RUA | Elizabeth Atha-nzio estar a frente dos trabalhos de pes-quisa. As famlias precisam ter acesso aos seus direitos, disse

    VEM AI UM NOVO VECULO PARA A POPULAO

    OPES DE COMPRA, ENTRETENIMENTO, OFERTAS DIVERSAS, DICAS E MUITO MAIS. TUDO EM UM JORNALZINHO COMPLETO, ENTREGUE NA SUA CASA. AGUARDE!!!

    reserve j seu espao: 3263.1740

    A diretoria de Cultura de-finiu a programao para a quarta edio do Lenis Mostra Sua Dana, evento que este ano ser realizado entre os dias 31 de julho e 4 de agosto. A mostra tem a par-ticipao de grupos indepen-dentes e da Casa da Cultura, academias, entidades sociais e ministrios religiosos.

    O objetivo fomentar e divulgar junto comunidade e artistas o panorama da dan-a em Lenis Paulista. As apresentaes sero feitas na Praa Comendador Jos Zillo, a Concha Acstica.

    Na quarta-feira, dia 31, se apresentam os grupos Ballet e Companhia da Casa da Cultu-ra e Dancing Live da Casa da Cultura. Na quinta-feira, dia 1 de agosto, se apresentam os grupos Aire Flamenco da Casa da Cultura e Street Star. Na sexta-feira, dia 2, a vez do Estdio Corpus e Academia Passo a Passo. Nos trs dias as apresentaes comeam s 19h30.

    No sbado, dia 3, a partir das 18h se apresentam alu-nos dos Centros de Convi-vncia Therezinha de Jesus R ibe i ro Ramos , Sy lv io

    Capoani , Melhor Idade, Jovem e Adolescente, Iza-bel Zillo e de Ginstica Rtmica das EMEF Idalina Canova de Barros e Lina Bosi Canova. Na mesma noite, s 19h30, sobem ao palco alunos do Clube Es-portivo Marimbondo e da Academia In Pulsus.

    Na ltima noite da mostra, no domingo, dia 4, a partir das 19h30, se apresentam Academia Tablado, Minis-trios de Artes de Lenis Paulista e os grupos das es-colas Maria Zlia Prandini e zio Paccola.

    A diretoria de Esportes e Recreao definiu o ca-lendrio das quatro ltimas etapas do Campeonato de Truco. A 11 etapa ser dis-putada no dia 4 de agosto, no Grmio Recreativo do Grupo Lwart, aps a partici-pao lenoenses nos Jogos Regionais.

    Na sequncia sero disputa-das mais trs etapas. Um tor-neio com as melhores duplas vai definir os representantes de Lenis Paulista no torneio promovido pela Delegacia Regional de Esportes. Seis du-

    Definida fase final doCampeonato de Truco

    Cultura define programao da Mostra de Dana

    plas representam o municpio na competio.

    As trs etapas seguintes sero realizadas no dia 18 de agosto, no Bar do Henrique, na Vila Cruzeiro; no dia 1 de setembro, no Grmio Associa-o dos Servidores Pblicos (Alfredo Guedes), e no dia 15

    de setembro, no Estdio Muni-cipal Archangelo Brega.

    A 10 etapa disputada no Posto Cajuzinho reuniu 26 du-plas. Joo e Serginho levaram o ttulo. Jlio e Noel conquis-taram o vice-campeonato, IM e Paran conquistaram o 3 lugar e Cleiton e Silvio em 4 lugar.

  • BOREBI 5LENIS PAULISTA, 20 DE JULHO DE 2013

    TAPETE | O grande fluxo de transporte pesado o principal ponto para a conser-vao da estrada, que permaneceu por muito tempo abandonada pelo municpio

    Billy MaoAs estradas rurais espa-

    lhadas pelos municpios de Lenis Paulista, Macatuba, Borebi e Agudos nem sempre so a melhor opo para rea-lizar um trajeto, porm, para queles que trabalham nestas reas, no h sada. A obriga-o de encarar estradas esbu-racadas, mal conservadas e em alguns casos, intransitveis, fora cidados e funcionrios de empresas a colocar seus veculos em locais perigosos e em risco de terem seus bens danificados.

    A estrada que liga Borebi Iaras, Assentamentos e SP 261, a conhecida estrada da Fazen-da Globo, est passando por uma verdadeira reconstruo. Uma parceria entre a Prefei-tura de Borebi e um grupo de parceiros est aterrando e ele-vando o nvel da estrada para evitar a formao de atoleiros e facilitar o flxo pela via.

    O prefeito Manoel Frias Fi-lho esteve na estrada junto com a reportagem do Sabado do Povo e apontou os locais que careciam de ateno urgente.

    Existem locais em que a es-trada precisou ser elevada em quase um metro, com pedras e terra, para que o servio ficasse da forma necessria. Manoel Frias disse que uma equipe trabalha j h algumas semanas na estrada. Quem passou por aqui no perodo

    da chuva viu o sofrimento que era. Em vrios pontos haviam atoleiros e muitos carros ficavam pelo caminho. Quando houve a ocupao da fazenda Santo Henrique, onde a Cutrale planta laranjas, todas as equipes de reportagem que cobriram a ocupao sentiram

    Tnia MorbiEm meio s dificuldades

    financeiras do comeo do ano, enfrentadas por diversos municpios de pequeno porte, que dependem de repasses do Governo Federal e que apresentaram perdas de arre-cadao, as despesas deixadas por administraes anteriores prejudicam ainda mais o equi-lbrio financeiro das cidades.

    Indenizaes no pagas por administrao Vaca afetam oramento de Borebi

    Estrada da Globo recebe melhorias com parcerias

    Caso pagamentos tivessem sido efetuados em tempo hbil, indeni-zaes seriam justas para servidor e no prejudicariam atual admin-istrao, assegura financeiro da Prefeitura de Borebi

    Em Borebi, indenizaes no pagas em processos instaurados durante as ad-ministraes passadas so um problema a mais diante das dificuldades atuais. Se-gundo o setor de Finanas da Prefeitura, em apenas dois processos decorrentes das gestes do ex-prefeito An-tnio Carlos Vaca (PSDB), o prejuzo para os cofres p-

    blicos ultrapassa R$ 800 mil.No caso mais grave, uma

    deciso de carter definitivo da Justia, ordenou o paga-mento de mais de R$ 702 mil a um servidor pblico munici-pal. O servidor sofreu acidente de trabalho no ano de 2009 e no teve o atendimento legal prestado pela ento administra-o do municpio, o que gerou prejuzo sade do trabalhador e onerou excessivamente as finanas atuais da prefeitura de Borebi. O setor de Finanas ex-plicou que de uma indenizao inicial de cerca de R$ 250 mil que deveria ter sido paga ao servidor na poca, o valor tri-plicou devido a multas e juros pelo no pagamento do valor devido ao servidor. Chegando agora ao valor de mais de R$ 702 mil que devero ser pagos

    Termo de Homologao de Licitao

    O municpio de Borebi, Estado de So Paulo, atravs da Comis-so de Licitao, designada pela Portaria 01/2013, torna pblico o resultado do seguinte processo:

    Convite: 25/2013Objeto: Transporte de Pessoas p/ Lenis a fim TrabalhistaVencedor: H.D.R. TRANSPORTES E TURISMO LTDA.Valor: R$ 200,00 / DiaData: 06/06/13

    Fica HOMOLOGADO o resultado proferido pela Comisso de Licitao, no processo acima mencionado.

    MANOEL FRIAS FILHOPrefeito Municipal

    Termo de Homologao de Licitao

    O municpio de Borebi, Estado de So Paulo, atravs da Comis-so de Licitao, designada pela Portaria 01/2013, torna pblico o resultado do seguinte processo:

    Convite: 26/2013Objeto:Contratao Monitora de ArtesanatoVencedor: LUCIANE DE CARVALHO OLIVEIRAValor: R$ 1.543,00 / MsData: 06/06/13Fica HOMOLOGADO o resultado proferido pela Comisso de

    Licitao, no processo acima mencionado.

    MANOEL FRIAS FILHOPrefeito Municipal

    Termo de Homologao de Licitao

    O municpio de Borebi, Estado de So Paulo, atravs da Comis-so de Licitao, designada pela Portaria 01/2013, torna pblico o resultado do seguinte processo:

    Convite: 27/2013Objeto: Servio de Assessoria PedaggicaVencedor: TRIANI ASSESSORIA E TREINAMENTO EDU-

    CACIONAL LTDA.Valor: R$ 78.225,00Data: 13/06/13

    Fica HOMOLOGADO o resultado proferido pela Comisso de Licitao, no processo acima mencionado.

    MANOEL FRIAS FILHOPrefeito Municipal

    Termo de Homologao de Licitao

    O municpio de Borebi, Estado de So Paulo, atravs da Comis-so de Licitao, designada pela Portaria 01/2013, torna pblico o resultado do seguinte processo:

    Convite: 28/2013Objeto: Transporte de Pessoas p/ Lenis a fim TrabalhistaVencedor: OSCAR WALDOMIRO DE VASCONCELLOS

    JUNIOR MEValor: R$ 17.250,00Data: 17/06/13

    Fica HOMOLOGADO o resultado proferido pela Comisso de Licitao, no processo acima mencionado.

    MANOEL FRIAS FILHOPrefeito Municipal

    pela administrao de Man Frias (PR).

    Em outro caso, uma ao civil movida por uma mora-dora da cidade, em 2008, na qual ela exigia do municpio o fornecimento de medica-mentos e transportes para tratamento de sade, pedido que foi acatado de imediato pela Justia, gerou custas pela defesa do processo que no foram pagas anteriormente pela administrao do ex--prefeito Antnio Carlos Vaca e que por isso resultaram em mais de R$ 100 mil de danos a atual administrao municipal.

    Agora, o municpio preten-de fechar um acordo para o pagamento das indenizaes e assim minimizar o impacto no oramento desse ano.

    o drama de enfrentar uma es-trada at pouco tempo, aban-donada. Com essa frente de trabalho estamos cascalhando a estrada de Borebi at aqui na Fazenda Globo. Apesar da poeira, o trnsito na estrada, agora est muito melhor, resumiu o prefeito.

    Tnia MorbiA Prefeitura de Borebi

    economizou quase R$ 60 mil nos gastos com com-bustveis, na comparao do primeiro semestre des-se ano com o mesmo pe-rodo do ano passado. O valor gasto com combus-tveis pela administrao do ex-prefeito Antnio Carlos Vaca (PSDB) foi de R$ 181.722,70, va-lor que caiu para R$

    Prefeitura de Borebi economizouR$ 60 mil com combustveis este anoEconomia foi de quase R$ 10 mil por ms, desde que Manoel Frias Filho assumiu Prefeitura, segundo ele, por respeito pelo dinheiro pblico

    121.813,81 no mesmo perodo desse ano.

    Os nmeros do se-tor de Finanas da ad-ministrao municipal mostram que, sob a co-ordenao do prefeito Manoel Frias Filho (PR), uma negociao com os fornecedores reduziu em quase 33% os gastos com o abastecimento da frota.

    Na administrao an-terior, do ex-prefeito

    Vaca, a Prefeitura gasta-va, em mdia, todo ms, mais de R$ 30 mil com os combustveis gasolina, lcool e diesel. Na ad-ministrao Man Frias, o gasto mdio mensal passou a ser de R$ 20 mil.

    A diferena positiva para os cofres da Prefei-tura proporcionou que os gastos com fornecedores de combustveis cassem de R$ 181.722,70 , du-rante os meses de janeiro a junho de 2012, para R$ 121.813,81, no mesmo perodo desse ano, o que representa uma economia de R$ 59.908,89.

    Apenas nos meses de

    maio e junho, a diferena entre os gastos foi de qua-se R$ 8 mil. Em 2012, nos dois meses foram gastos R$ 58.558,24, enquanto que no mesmo perodo da administrao de Man Frias, o gasto foi de R$ 50.651,18.

    Isso s mostra que temos respeito pelo di-nheiro pblico e nossa administrao est preo-cupada em gastar o me-nos possvel para manter ainda mais servios populao de Borebi, s que sem desperdcios e mau uso do dinheiro p-blico, afirmou o prefeito Man Frias.

    PREFEITURA MUNICIPAL DE BOREBI/SP

    AVISOS DE ABERTURA DE LICITAES

    PREGO N 001/2013 OBJETO: Contratao de empresa para prestao de servios de transporte escolar. Entrega dos envelopes de documentos, propostas e do credenciamento: Dia 02 de agosto de 2013, s 8:30 horas, no Setor de Com-

    pras da Prefeitura.

    PREGO N 002/2013 OBJETO: Registro de preos de medicamentos. Entrega dos

    envelopes de documentos, propostas e do credenciamento: Dia 05 de agosto de 2013, s 8:30

    horas, no Setor de Compras da Prefeitura.Os editais na ntegra encontram-se disposio

    dos interessados no Setor de Compras da Prefeitura, loca-lizado na rua 12 de Outubro, n 429, Centro, Borebi/SP,

    no horrio das 8:00 s 11:30 e das 13:00 s 16:00 horas ou solicitando

    atravs do e-mail [email protected] Esclare-cimentos no local citado, ou por email.

    Borebi, 18 de julho de 2013.

    MANOEL FRIAS FILHOPrefeito Municipal

  • PRAIA | No lugar de areia para o campinho, terra batida dificulta diverso em tempo de frias

    DIFCIL | Famlia dorme em meio sujeira na antiga destilaria. Um local seguro.

    LENIS PAULISTA, 20 DE JULHO DE 2013GERAL6

    RPIDASFotos: Billy Mao

    BAIRROS

    Da reportagemMoradores da Cecap entra-

    ram em contato com a redao do Sabado do Povo para apontar o estado de abandono em que se encontra o estdio municipal Eugnio Pacco-la. Para os moradores que utilizam o local, as melhorias pararam na arquibancada e na iluminao, ainda segundo eles, precria. Uma senhora que utiliza a pista de atletis-mo do estdio e pediu para no ter seu nome divulgado, disse que no precisa muito para perceber o abandono, as cercas arrebentadas e a falta de segurana do local. Aqui moram muitas pessoas de bem e o nico local para fazer caminhadas, porm, o piso irregular e os arames da cerca ficam todos a mostra, colo-cando em risco quem utiliza a pista, disse a moradora.

    Um esportista que fre-quenta o lugar apontou as pssimas condies do campo de areia e do cam-po principal. Colocaram

    Cecap procura apoio e ateno para estdio

    um pouco de areia no gol para disfarar, mas olha onde era para ser o campi-nho de areia, est completa-mente abandonado. Nem as criana brincam direito no local. No tem condies,

    disse o morador.A assessoria da Prefeitura

    no soube informar quando seria retomada a frente de manuteno e reforma do estdio. Uma nota afirma que vrias frentes de traba-

    lho esto atuando na cidade, seguindo uma linha de prio-ridades, porm, informou ainda que a diretoria de Esportes e Recreao realiza frequentemente reparos nos espaos pblicos.

    Da redaoDois eventos organiza-

    dos por grupos religiosos vo abordar temas liga-dos sociedade neste e no prximo fim de semana. A Ao Social, organizada pela igreja Casa de Orao, que acontece hoje, voltada para o debate em torno da dependncia de drogas. No prximo domingo, a Igreja Presbiteriana do Brasil pro-move o Misses Urbanas, evento de amparo a mora-dores de rua.

    A Ao Social ser reali-zada hoje, na Praa Arman-do Orsi, entre os bairros Jardim Itapu e Cecap, e ter diversas atraes, a partir das 10h. Segun-do um dos organizadores, pastor Ricardo dos Santos, o objetivo debater o uso e a preveno das drogas, principalmente entre crian-as e adolescentes. Ns entendemos o esforo dos pais, mas, s vezes, em uma situao descontrada, conseguimos trazer a reali-dade para os jovens, de que a vida muito boa sem o uso de drogas. O pastor coordenador da Casa Apoio Projeto Esperana (CAPE), que atende dependentes qumicos.

    Eventos pblicos renem aes sociais

    No evento de hoje, alm de palestras haver a oferta de servios sociais, como corte de cabelo, aferio de presso arterial e diabe-tes, e a realizao de testes rpidos de HIV, realizados pela diretoria municipal da Sade.

    Na praa, haver ain-da a exposio de mveis rsticos fabricados pelo residentes da CAPE e para as crianas a presena do Projeto Criana Feliz e de brinquedos como a cama elstica, piscina de bolinha e pula-pula inflvel, alm da distribuio de pipoca e sacolinha de doce.

    Segundo a programao do evento, s 16h30 est prevista uma caminhada

    nos bairros Cecap, Itapu e Jardim Prncipe. Das 18h s 21h haver louvores com vrios colaboradores.

    Agasalhos e sopaNo prximo domingo,

    dia 27, a partir das 18h o evento voltado para o apoio a pessoas carentes da cidade, especialmente moradores de rua. O grupo Misses Urbanas pertence Igreja Presbiteriana do Bra-sil e o evento ser realizado na Praa Comendador Jos Zillo, a Concha Acstica.

    Entre as aes haver distribuio de agasalhos e sopa, alm de palestras e apresentaes teatrais e de bandas musicais de Len-is, Bauru e Presidente

    Prudente. O evento no sem fins lucrativos.

    A ideia do evento, segun-do os pastores Josemairon Prado Pereira e Clodoaldo M. da Silva Jnior, surgiu da percepo do grande n-mero de moradores de ruas que se aglomera, principal-mente durante o inverno, em locais prximos igreja, a maioria que possui fami-liares na cidade, mas que se mantm morando nas ruas de Lenis, devido depen-dncia de lcool e drogas.

    Os organizadores ressal-tam que quem tiver doaes de agasalhos e cobertores, que sero doados durante o evento, pode levar at a igreja (Rua Bahia, 658, na Vila Cruzeiro), ou SR Auto Peas (Av. Ubirama, em frente ao Cemitrio Mu-nicipal). Pode ainda entrar em contato pelo telefone (14) 3263-0054 (Escritrio Cad Steel), para que os organizadores recolham as doaes.

    Apoiam o evento do pr-ximo domingo a radio Hot FM 107, Grupo Zilor, Mau-mir Estruturas Metlicas, Cadsteel Engenharia, SR Auto Peas, Portoni Estru-turas Metlicas e Prefeitura Municipal.

    A diretoria de Desenvolvi-mento, Gerao de Emprego e Renda est com as inscries abertas para os cursos ofereci-dos pela Escola de Negcios e pela Escola SENAI. As inscries podem ser feitas no Centro do Empreendedor, que fica na Rua Coronel Joa-quim Gabriel, das 8h s 17h. Para se inscrever preciso apresentar original e cpia dos documentos CPF, RG, comprovante de endereo, comprovante de escolaridade e carto cidado. Menores de 18 anos devem apresentar o CPF do responsvel.

    Na Escola Negcios os cursos so de Costureiro Lin-

    gerie e Moda Praia (160 horas, incio no dia 20 de julho e 19 agosto, com turmas aos sba-dos, nos perodos da manh, tarde e noite, idade mnima 16 anos e 6 Srie do Ensino Fundamental), e Padeiro Con-feiteiro (300 horas, incio no dia 29 de julho, com turmas pela manh, tarde e noite, ida-de mnima 16 anos e 6 Srie do Ensino Fundamental).

    Na prxima segunda-feira, dia 22, abrem as inscries para o curso de processamento artesanal de frutas, que ser realizado entre os dias 5 a 7 de agosto. O curso ser o primei-ro oferecido pela parceria com o Senar (Servio Nacional de

    Aprendizagem Rural), atravs do Sindicato Rural de Lenis Paulista. Pode participar qual-quer pessoa alfabetizada, com idade mnima de 16 anos.

    No SENAI so oferecidos cursos de Mecnico de Autos Leves (400h, incio no dia 22 de julho, com turmas pela manh e tarde, idade mnima 16 anos e 6 Srie do ensino fundamental); Auxiliar Fi-nanceiro (160h, incio no dia 12 de agosto, com turmas tarde (idade mnima 16 anos e ensino mdio incompleto); Mecnico Mquinas Industrial (300h, incio no dia 22 de ju-lho, com turmas pela manh e tarde, idade mnima 16 anos

    e ensino fundamental incom-pleto ou completo); Operador de Micro - Informtica Bsica (160h, incio no dia 22 de ju-lho, com turmas pela manh e tarde, idade mnima 16 anos e ensino fundamental incom-pleto); Auxiliar de compras (160h, incio no dia 5 de agos-to, com turmas pela manh e tarde, idade mnima 16 anos e ensino mdio incompleto); Liderana (16h, incio no dia 19 de agosto, noite, idade mnima 18 anos e ensino fundamental), e Mecnico de motores a diesel, (160h, incio no dia 5 de agosto, tarde, idade mnima 16 anos e ensino mdio incompleto)).

    Escola de Negcios e SENAI oferecem cursos gratuitos para vrias reas

    OLHA O BICHINHO - O parque temtico sensorial instalado no Parque do Povo est recebendo visitas diariamente e tambm nos finais de semana. Segundo informaes da diretoria de Meio Ambiente, os bichos sensoriais esto fazendo sucesso, principal-mente entre as crianas. Segundo as informaes, outras melhorias sero feitas no local. A entrada gratuita para todos os visitantes.

    OLHA A DENGUE - Enquanto a revitalizao da antiga destilaria no acontece, j que um ato recente a autorizao de uso para o municpio, possivelmente catadores de reciclados utilizam as dornas na rea para guardar o que coletado na rua. Na foto acima, restos de papelo, plstico e um colcho velho.

    MEDO DO ESCURO 1 - Moradores do Jardim Primavera e Cecap que trafegam sob o viaduto da Rodovia Marechal Rondon pela passarela metlica espera pela concluso da obra que j avana o ms de julho. Alm do calamente e reforma da passarela, a populao que utiliza a passagem aguarda a instalao de ilumi-nao no perodo noturno o local no to seguro devido a falta de postes e luz.

    NA LAMA - Mesmo depois de vrias reivindicaes dos mora-dores do Jardim Athenas, o esgoto ainda continua correndo a cu aberto causando. Transtorno para os moradores - conforme j foi noticiado aqui no Sabado do Povo. Os pedidos de melhorias se espalham pela internet e at vereador j entrou na batalha por solues para o problema. At agora, nada foi resolvido.

    MEDO NO ESCURO 2 - Moradoras da regio dos bairros So Joo, Nelli, Cruzeiro e Parque Elizabeth no se arriscam mais a passar pela Avenida Jos Antnio Lorenzetti no perodo da noite. Depois de vrios casos de roubos, um dos mais recen-tes no incio deste ms, e de ataques contra adolescentes, um grupo que participa de aulas noturnas no Centro de Formao de Condutores prefere voltar para casa de nibus, mesmo o CFC sendo no centro da cidade e prximo de seus endereos. A insegurana maior, segundo apurou o Sabado do Povo, devido iluminao precria da avenida, principalmente na altura da rea da antiga destilaria. Na Prefeitura, a informao que por conta da construo da rotatria Edenilson Belino Grecca, que interliga a Cecap aos bairros da Vila Contente e Cruzeiro, a Prefeitura estuda a realizao de adequaes e me-lhorias neste trecho, incluindo a avenida.

  • GERAL 7LENIS PAULISTA, 20 DE JUNHO DE 2013

    www.sucatanovaquadrinhos.blogspot.com

    HORSCOPO

    ARI

    ES

    TOU

    RO

    LIBR

    A

    ESCO

    RPI

    O

    tima fase para investir em sua carreira. Mostre que voc capaz de superar as expec-tativas e tem muito talento nos negcios. Seus familiares podem tentar interferir em

    sua vida afetiva, no permita! Mas cuidado tambm para no se ver em maus lenis com eles. O amor vai pedir um momento de reflexo.

    A troca de ideias no ambi-ente de trabalho pode ren-der um bom resultado para todos: aposte no trabalho em equipe! Seja mais flexvel em casa para manter o bom

    convvio com todos. No romance, aposte num dilogo aberto para se entender com seu amor. Traga mais cor aos momentos de intimidade com o par.

    Neste momento, no tente ficar apenas no plano das ideias no trabalho, agir ser mais importante do que ex-por suas ideias. Boa fase para os relacionamentos famil-

    iares: aproveite para se aproximar do pes-soal de casa. Seu jeito confiante far bem ao romance, mas fuja de discusses improdu-tivas agora.

    tempo de investir em seus estudos e seu aper-feioamento profissional. Pode ser um bom perodo para retomar alguns proje-tos engavetados. melhor se

    dedicar s questes que fazem parte da sua vida familiar. Na paixo, ter dificuldade para mostrar ao par aquilo que deseja, en-to, seja persistente!

    GEM

    EOS

    CAN

    CR

    SARG

    ITRI

    O

    CAPR

    IC

    RNIO

    tempo de pensar em seus interesses e dar mais n-fase a eles no ambiente de trabalho. Caso precise de ajuda, conte com seus fa-miliares, eles sabero o que

    fazer para contribuir com seu progresso. Na paixo, vena seus receios e preserve a confiana existente na relao: aproveite os momentos a dois.

    No trabalho, voc saber o que fazer para melhorar tudo aquilo que no te agrada. Tarefas feitas em equipe contam com boas energias. Em casa, esquea diferenas

    e valorize bons momentos em famlia. O amor passa por uma fase mais reservada, mas o envolvimento sentimental ser inve-jvel. Sexo quente.

    Que tal expor suas ideias aos colegas e superiores? Apenas no espere um resultado ime-diato para seus argumentos, mas poder colher os frutos mais adiante. Exercite sua

    pacincia com os seus familiares e ver como o clima entre vocs melhora. Na paixo, d mais valor s pequenas coisas do dia a dia.

    Seja mais atencioso(a) no seu trabalho e fique de olho no seu dia a dia, pois boas ideias podem surgir de onde voc menos espera. Em famlia, aprenda a pen-

    sar antes de agir ou poder criar um clima desagradvel para todos os envolvidos. Nos assuntos amorosos, viva intensamente os seus sentimentos.

    LE

    O

    VIRG

    EM

    AQU

    RIO

    PEIX

    ES

    Neste perodo, agir com sutileza e discrio ser uma boa para as questes profissionais. Um familiar autoritrio pode abalar o convvio em casa, mas seja

    paciente e tudo vai fluir melhor. Aproxi-me-se mais daquela pessoa que tanto ama e mostre seus sentimentos: no espere que ela perceba tudo sozinha.

    Os astros enviam energias positivas para sua carreira: faa a sua parte e tudo vai se sair bem! Aproveite a semana ao lado de pessoas que sejam importantes em

    sua vida, principalmente seus familiares. No campo afetivo, escute a voz do seu corao. Apenas evite fazer cobranas ao seu companheiro(a).

    Exponha suas opinies no ambiente profissional e, com diplomacia, con-seguir ganhar aliados para as suas propostas. A famlia pede um pouco mais de at-

    eno neste perodo, dedique-se um pou-co mais a eles. No amor, seus sentimentos estaro evidentes. Aproveite o momento para se entender com o seu par.

    Bons ventos sopram em direo sua vida profissio-nal, mas ser preciso mais ateno de sua parte para que seus lucros aumentem. O astral dos melhores em

    famlia: aproveite para colocar a conversa em dia com seus pais. Paixo repleta de entusiasmo e sensualidade: curta bons momentos com quem ama.

    CHEIO | Crianas observam cheia do Rio Lenis no final do ms de maro

    R$ 1,00

    PREVISO PREVISO

    INICIAL ATUALIZADA No Trimestre At o Trimestre

    (a) (b)

    512.000,00 512.000,00 85.984,64 85.984,64 16,79

    42.000,00 42.000,00 24.650,63 24.650,63 58,691.1.1-IPTU 42.000,00 42.000,00 27.225,93 27.225,93 64,821.1.5-(-) Dedues da Receita do IPTU - - 2.575,30 2.575,30

    20.000,00 20.000,00 740,48 740,48 3,701.2.1-ITBI 20.000,00 20.000,00 740,48 740,48 3,70

    210.000,00 210.000,00 26.008,65 26.008,65 12,391.3.1-ISS 210.000,00 210.000,00 26.082,36 26.082,36 12,421.3.5-(-) Dedues da Receita do ISS - - 73,71 73,71

    240.000,00 240.000,00 34.584,88 34.584,88 14,411.4.1-IRRF 240.000,00 240.000,00 34.584,88 34.584,88 14,41

    1.4-Receita Resultante do Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF

    RECEITAS DO ENSINO

    RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituio)

    RECEITAS REALIZADAS

    %

    (c)=(b/a)x100

    1-RECEITAS DE IMPOSTOS

    Prefeitura Municipal de Borebi - SPRelatrio Resumido da Execuo Oramentria

    Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manuteno e Desenvolvimento do Ensino - MDEOramentos Fiscal e da Seguridade Social

    Janeiro a Maro 2013/Timestre Janeiro-Maro

    RREO - ANEXO VIII(LDB, art. 72)

    1.1-Receita Resultante do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana - IPTU

    1.2-Receita Resultante do Imposto sobre Transmisso Inter Vivos - ITBI

    1.3-Receita Resultante do Imposto sobre Servios de Qualquer Natureza - ISS

    Mentiras de prefeita tambm tem perna curta

    ALCIMIR DO CARMO

    A deciso da 7 Cma-ra de Direito Privado do Tribunal de Justia de So Paulo de manter a sentena do juzo monocrtico sobre ao movida pela prefeita Izabel Cristina Campanari Lorenzetti contra jornal e jornalistas, (inclusive contra este profissional que escreve e assina o artigo), s porque esses ousaram dizer que ela mentia naquela poca e, parece, continua a mentir, haja vista no admitir - vem reforar que aqui mandam os senhores de engenho e, assim, escravos diretos ou indiretos tem que se calar, exceto nas raras vezes nas quais prevale-ce Justia na Boca do Serto.

    O resultado da apelao foi negativo sua inteno de no apenas tripudiar os pro-fissionais de imprensa, como faturar um dinheiro extra aos seus parcos recursos, afinal, conforme declarara oficial-mente, seu patrimnio igual ou menor que de professora de interior e da rede pblica municipal de ensino. Seria trgico, no fosse cmico, pois, todo o mundo sabe que seu patrimnio de fazendei-ra, usineira...

    E no h nenhum mal em ser milionria, se foi aben-oada materialmente. E h muitos exemplos de polticos ricos, que cumprem com a lei e declaram seu patrimnio. Exemplo disso o Eduardo Matarazzo Suplicy, senador da Repblica, milionrio que leva uma vida simples, de socialista. Nunca precisou renegar a origem ou o seu patrimnio de aristocrata!

    E o que os jornalistas fize-ram? Um trabalho muito sim-ples. Duvidaram da honesti-dade dos dados declarados e apenas checaram nos cart-rios propriedades em nome da ento candidata, humilde professora, que acumulara apenas pouco mais que 66 mil reais (entre dinheiro e um carro j usado), resultado de uma vida inteira de trabalho!

    E tambm os jornalistas foram checar outra negativa da ento diretora de educa-o, a de que, como tal, tinha participado da deciso de dispensar da obrigao de licitao a prorrogao de contrato de um sistema de ensino privado (Futurekids), o qual, coincidentemente, tambm tinha sido adquirido por vrios prefeitos do PSDB, especialmente os paulistas, inclusive o seu chefe o ento prefeito Jos Antonio Marise atual vice-prefeito e diretor da autarquia de gua e esgoto.

    Na oportunidade da reda-o dessas e outras matrias que colocaram em causa as mazelas da administrao tucana, a equipe de asses-soria de comunicao da ento candidata, consultada a apresentar argumentos em sua defesa, preferiu no res-ponder, ou melhor, mandou dizer que iria Justia, como de fato foi, por vrias vezes, inclusive para impedir, com apoio do Judicirio, que o jornal circulasse. E olha que conseguiu impedir algumas das edies.

    Como mesmo aos pode-rosos nem sempre possvel manter mentiras por mui-to tempo, especialmente, quando alguns dignos jor-nalistas se recusam trocar sua dignidade por dinheiro, a prefeita, em sua prpria ao, na qual esperava fazer prevalecer suas verdades e ainda fazer os incautos literalmente, pagarem para ampliar seu patrim-nio, foi desmascarada pela Justia, que, ainda, e de vez em quando, faz jus ao ideal humano de justia!

    Alcimir Antonio do Car-

    mo, jornalista graduado pela Unesp e ps-graduado pela ESJ Portugal, diretor de relaes internacionais da Federao Nacional dos Jornalistas e presidente da Federao dos Jornalistas de Lngua Portuguesa FJLP

    OPINIO

  • LENIS PAULISTA, 20 DE JULHO DE 2013Sua Imagem8

    AvilapanAvilapanPRODUTOS DE PADARIAS E CONFEITARIASFERMENTO FRESCO LEVASAF

    Elson Avila

    (14) 9643.4517

    Rua Otaviano Brizola, 168 - Vila Mamedina _ Lenis Paulista - SPFone: 14-3263.7300 - e-mail: [email protected]

    ACEITA-SE CARTES DE CRDITO

    As sesses da Cmara Municipal de Lenis Paulista so

    realizadas todas as segundas-feiras, com incio s 19 horas, na

    Sala de Reunies Mrio Trecenti, localizada no edifcio da Praa

    das Palmeiras, 55, anexo Prefeitura.

    Obs: Nesses dias o pblico ter acesso ao plenrio a partir

    das 18 horas.

    EXPEDIENTE ATENDIMENTO AO PBLICO

    SESSES

    CMARA MUNICIPAL

    DE LENIS PAULISTA

    COMUNICADO A Cmara Municipal comunica que, com a mudana de sua sede

    administrativa para novo prdio, o atendimento pblico ocorrer da

    seguinte forma:

    Horrio:

    08h00 s 12h00

    e

    13h30 s 17h00,

    Local :

    Setor Administrativo,

    Rua Pedro Natlio

    Lorenzetti, 970.

    Telefone (14) 3269-6000.

    Obs: No haver mais

    atendimento ao pblico

    no prdio do Plenrio.

    E-mail: [email protected] - Site: www.camaralencois.sp.gov.br

    O 6 Arraial da Sol, no ltimo fim de semana, garan-tiu alegria, diverso e amizade no melhor estilo. A famlia Lopes recebeu amigos na barraca da Prefeitura e tudo tava pr l de especiar. Ano

    que vem tem mais!

    PIEDADE - Os vereadores Bentinho, Pita, o prefeito Man Frias, Tinho, Juliano e, a frente, Luiz C. Gondim conversam no hospital

    CURSO - Os funcionrios da Cmara Municipal, Sandro Maciel e Eduardo Silva, participaram nos dias 16 e 17 do curso de Noes Sobre Administrao, promovido pelo CEPAM, em So Paulo.