Sde estacio-manual do participante (2)

Click here to load reader

  • date post

    08-Aug-2015
  • Category

    Education

  • view

    129
  • download

    35

Embed Size (px)

Transcript of Sde estacio-manual do participante (2)

  1. 1. Manual do Participante Fevereiro/2014
  2. 2. Manual do Participante - SDE 2 SDE - Simulao de Estratgia - Manual do Participante Introduo Nas sociedades complexas e sofisticadas, a dinmica ambiental, cada vez mais turbulenta, obriga que as empresas desenvolvam uma viso estratgica de seus negcios. Para atuarem com efetividade nesse ambiente, as empresas dependem da capacidade de seus dirigentes diagnosticarem a influncia das mudanas ambientais nos resultados e escolher alternativas estratgicas mais apropriadas para manter a empresa ajustada s demandas do meio onde atua. A simulao no SDE poder contribuir para desenvolver algumas dessas habilidades. Porm, para participar de maneira adequada da simulao no SDE, necessrio conhecer o simulador e compreender o modelo do negcio, as variveis de deciso envolvidas e os critrios de avaliao de desempenho utilizados. 1 - Apresentao Nesta apresentao, adquira uma viso geral sobre o simulador SDE e sua dinmica. Conhea os recursos iniciais da empresa simulada, o que importante para vencer e os principais benefcios que a simulao poder proporcionar. 1.1 O jogo de empresas SDE O SDE simula um oligoplio. So 5 a 7 empresas (verifique quantas empresas na sua edio) que competem entre si por aproximadamente 2 anos (8 trimestres), explorando 3 regies com um produto inovador, o RPB - Refrigerador Porttil de Bebidas. Voc e os participantes de sua equipe assumem a direo de uma das empresas na indstria do SDE e iro competir tomando decises estratgicas e tticas tpicas das empresas. No incio, as empresas definem objetivos econmicos e de mercado, para o longo prazo (viso de futuro da empresa), sendo vencedora a que mais se aproximar dos objetivos estabelecidos. No incio, aps diagnstico do ambiente de negcios, as empresas definem objetivos econmicos e de mercado, para o longo prazo (viso de futuro da empresa), sendo vencedora a que mais se aproximar dos objetivos estabelecidos.
  3. 3. Manual do Participante - SDE 3 Com dinmica caracterstica, o SDE, atravs dos relatrios gerenciais projetados, permite a anlise de sensibilidade dos resultados econmicos e financeiros aos diferentes planos de decises. Aps o trmino dos ciclos trimestrais possvel verificar os resultados reais da empresa em seus relatrios confidenciais e avaliar como est evoluindo a estratgia em direo aos objetivos de longo prazo. Portanto, ao vivenciarem o processo de anlise e formulao de um plano estratgico para um novo empreendimento e porem em ao a estratgia, atravs de ciclos sequenciais de decises e resultados, os participantes ganham crescente compreenso sobre os fenmenos organizacionais, sobre suas inter-relaes internas e, sobretudo, na perspectiva da eficcia organizacional, sobre as relaes da organizao com o ambiente de negcios em suas mltiplas interfaces. 1.2 Dinmica do jogo Com as empresas iniciando em condies idnticas em termos de capital e de projeto do nico produto que iro produzir e vender, o jogo evolui atravs de 4 etapas: Preparao Apresentao do jogo e do modelo do negcio. Planejamento Elaborao do planejamento em trs fases: diagnstico, macro estratgia e estratgias funcionais. Projeta a empresa para 2 anos de operao, avaliando o retorno potencial da estratgia frente s expectativas dos fundo investidores. Implementao Implementao da estratgia planejada, em ciclos sucessivos de decises e resultados que representam trimestres, considerando os relatrios de resultados, as notcias disponveis no SDENEWS e promovendo os ajustes necessrios. Avaliao Ao final da simulao, a avaliao qualitativa do desempenho permite compreender os conceitos envolvidos, os acertos e os erros da estratgia. A avaliao quantitativa dos resultados apresenta a pontuao e ranking das empresas.
  4. 4. Manual do Participante - SDE 4 1.3 Recursos disponveis Todas as empresas iniciam em condies idnticas e recebem dos investidores o projeto do RPB - Refrigerador Porttil de Bebidas e um capital inicial. Projeto do RPB O RPB foi desenvolvido por um cientista que, aps pesquisar o mercado com um prottipo, concedeu a investidores o direito de explorao. O produto uma inovao com caractersticas de bem de consumo durvel e ser o nico produzido pelas empresas. O projeto do RPB, na verso original, nvel 1, est disponvel nas reas de produo. Capital inicial Capital Inicial Fundos de investimentos capitalizaram as empresas igualmente, com $ 2.500.000,00, investimento mnimo estabelecido pelo cientista concedente do direito de explorao. 1.4 Como vencer o jogo A equipe assume a direo de uma empresa no oligoplio SDE. Como executivos, vivenciam a formulao e implementao da estratgia, tomando decises tpicas das empresas. Para vencer, voc ou sua equipe deve tomar decises consistentes, em ciclos trimestrais, que conduzam a empresa para os objetivos estratgicos estabelecidos na viso de futuro da empresa, no incio da simulao. Detalhes sobre a construo da viso de futuro so apresentados na prxima sesso. A ideia central maximizar o desempenho da empresa, relativamente aos concorrentes, especialmente nos objetivos prioritrios. 1.5. Decises So 21 decises empresariais, de curto, mdio e longo prazo, distribudas em 5 reas: Estratgia; Produo; Marketing; Pessoas e Finanas. Algumas decises so tomadas uma nica vez, no incio da simulao, e outras podem ser tomadas em todos os perodos. Seguem, agrupadas por rea funcional, as descries da natureza de cada deciso. Exceto a viso, na rea de estratgia, os detalhes de cada rea de deciso sero apresentados no Modelo do Negcio.
  5. 5. Manual do Participante - SDE 5 rea de Estratgia 1 - Misso Razo de existir da empresa e deve ser definida pela equipe no planejamento, podendo ser editada a qualquer tempo. 2 - Viso A abordagem estratgica utilizada na simulao a do planejamento com dois conjuntos de decises: as decises-fins e as decises-meios. Os fins constituem os objetivos de longo prazo e os meios as polticas que conduziro a empresa para os fins estabelecidos. Dentro desta abordagem, a Viso corresponde s decises-fins. So dois conjuntos de objetivos de longo prazo: um compreende 6 objetivos, 3 econmicos e 3 de mercado, em relao aos quais a empresa estabelece prioridades atravs da atribuio de pesos; o outro constitudo de trs indicadores gerais de desempenho que possuem o mesmo peso para todas as empresas. Na tabela a seguir, so apresentados os objetivos, os pesos atribuveis e quais os critrios utilizados na avaliao quantitativa (Ranking) do desempenho das empresas. OBJETIVOS PESO CRITRIO DE AVALIAO DE MERCADO 12 a 18 Liderana de mercado na regio 1 2 a 8 Mdia da parcela de mercado ( ltimos 4 perodos).Liderana de mercado na regio 2 2 a 8 Liderana de mercado na regio 3 2 a 8 ECONMICOS E FINANCEIROS 12 a 18 Liderana em faturamento 2 a 8 Acumulado da receita de vendas de toda simulao. Liderana em lucratividade das vendas 2 a 8 Lucratividade final lucro lquido/receita de vendas. Liderana em crescimento do patrimnio 2 a 8 O valor do patrimnio lquido no final da simulao. SUBTOTAL 30 INDICADORES DE EXCELNCIA 15 (PESOS IGUAIS PARA TODAS AS EMPRESAS) Liderana em liquidez corrente 5 Ativo circulante/passivo circulante, balano final. Liderana em grau de endividamento 5 Percentagem do passivo sobre o ativo total. Liderana em qualidade das previses 5 Diferena acumulada - previses e vendas reais. TOTAL GERAL DE PESOS 45 O total de pesos atribuveis na etapa de planejamento igual a 30 e podero ser alterados sem penalidade nos perodos 1 e 2. Com penalidade (reduzindo o total de pesos de 30 para 28) apenas no perodo 6. Os pesos sero a base de avaliao da empresa no final da simulao.
  6. 6. Manual do Participante - SDE 6 3 - Capacidade Inicial Capacidade da fbrica para produo trimestral. Deve estar entre 2.000 e 30.000 unidades, em mdulos mnimos de 500 unidades. 4 - Localizao Regio de mercado escolhida pela empresa (1, 2 ou 3) para instalao da nica fbrica autorizada pelos investidores. 5 - Expanso de Capacidade Adicional de capacidade que deseja incorporar a partir do trimestre seguinte. Deve respeitar o lote mnimo de 500 unidades e o mximo de 30.000 unidades. rea de Produo 6 - Compra de Matria Prima Pedido de compra de matria prima, em unidades, para ser recebida no perodo seguinte e utilizada na produo. 7 - Programao de Produo Quantidade de RPB que deseja produzir no perodo seguinte. rea de Marketing 8 - Pesquisa & Desenvolvimento Valor investido em P&D no perodo para tentar obter melhoramentos no produto. 9 - Propaganda Gastos opcionais por regio de mercado e por trimestre. 10 - Preo de Venda Preo que a empresa deseja praticar no perodo, podendo ser diferente por regio e por perodo. 11 - Distribuio de Vendedores Distribuio dos vendedores disponveis pelas regies de mercado que a empresa deseja atuar.
  7. 7. Manual do Participante - SDE 7 12 - Previso de Vendas Previso das unidades que a empresa espera vender nas regies de mercado, considerando o estoque disponvel, a demanda projetada para o perodo, o mix de marketing implementado e o provvel marketing da concorrncia. 13 - Ordem de Entrega Estabelece em que ordem os mercados regionais devem ser atendidos quando a disponibilidade de RPB no suficiente para atender, plenamente, a demanda das regies. rea de Pessoas 14 - Contratao de Operrios Nmero de operrios contratados e treinados no perodo. 15 - Contratao de vendedores Nmero de vendedores contratados e treinados no perodo. 16 - Demisso de Operrios Nmero de operrios demitidos pela empresa no perodo. 17 - Demisso de Vendedores Nmero de vendedores demitidos pela empresa no perodo. 18 - Comisso de Vendedores Taxa percentual sobre a receita de vendas que deve ser paga aos vendedores a ttulo de comissionamento. rea de Finanas 19 - Aplicao Financeira Valor investido no banco, ao longo do perodo em curso, que volta acrescido dos juros para o caixa da empresa, automaticamente, no perodo seguinte.
  8. 8. Manual do Participante - SDE 8 20 - Emprstimos Valor tomado junto ao banco, ao longo do perodo em curso, que