seminario projeto Piscicultura

download seminario projeto Piscicultura

of 41

  • date post

    13-Jan-2016
  • Category

    Documents

  • view

    219
  • download

    0

Embed Size (px)

description

projeto de piscicultura

Transcript of seminario projeto Piscicultura

Slide 1

PROJETO DE PISCICULTURAtambaqui (Colossoma macropomum)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI CAMPUS PROFESSORA CINOBELINA ELVASProf. LEONARDO FOSECA DA ROCHA ALDENISE MONTEIROJOO LUCASM DA VITRIA M. FELIPEMATIAS SANDRA ARAJO VIEIRAPISCICULTURA A NIVEL BRASIL

O nmero estimado de espcies biolgicas de peixes no brasil gira em torno de 2.500, o que representa, aproximadamente, 8% dos peixes de todo o mundo, 30% dos peixes de gua doce e 75% dos peixes de gua doce do Brasil (Cohen, 1970; Geisler et alli, 1975).

A piscicultura no Piau tem um grande potencial econmico. O Estado possui terras frteis e abundantes, propcias para a produo agrcola e criao de animais, alm de uma rica bacia hidrogrfica, o que facilita a criao de peixes, tanto em tanque-rede como em viveiros escavados, ressalta o gerente do Escritrio do Sebrae em Piripiri, Helder Freitas.

J as principais dificuldades do segmento so a inexistncia de uma unidade de beneficiamento de peixe e a falta de informao com relao ao manejo, o que causa aumento nos custos de produo, tornando muitas vezes a atividade invivel economicamente.

DESCRIO DO PRODUTO A SER CRIADO NA PROPRIEDADE

A espcie selecionada para implantao na fazenda o tambaqui (Colossoma macropomum), principalmente pelos aspectos de mercado, infra-estrutura e tecnologia disponvel, que a tornam prefervel dentre aquelas indicadas como aptas piscicultura regional.

O hbito alimentar bem amplo e predominantemente herbvoro, constituindo-se de frutos e sementes. Alimenta-se tambm de insetos, caramujos e raramente de outros peixes. Na fase de ps-larva e alevino se alimenta de plncton. Em cativeiro aceita bem rao, gros e subprodutos agro-industriais

CARACTERIZAO DA PROPRIEDADE

LOCALIZAOO projeto ser implantado na propriedade SO MARTINS, localizado no municpio de Bom Jesus, com rea total de 40 ha (quarenta hectares) a 15 km da cidade de Bom Jesus-PI, sentido Cristino Castro seguindo a BR-135.

CARACTERSTICAS LOCAIS DO MUNICIPIO

O local apresenta topografias relativamente planas (2,5% de declividade) com vegetao de chapadas e baixadas (baixo).

A temperatura mdia da regio de 27 C (temperaturas entre 23 a 35), com perodo de chuvas se estendendo de novembro a maio com pluviosidade mdia de 1100 mm/ano sendo a concentrao nos meses de dezembro a fevereiro, podendo apresentar estiagem (veranico) principalmente no ms de janeiro.

CARACTERISTICA DA REA.

A rea aonde vai ser implantada j possui 2 tanque de piscicultura inativos com dimenses de 20x65m , mas em boas condies . Ser realizado a construo de um tanque de 10x20m , para ser utilizado na recria dos alevinos ao chegar a propriedade.O local possui gua de boa qualidade, livre de agrotxicos e outros poluentes. A gua a ser utilizada e provida de um poo jorrante j instalado na propriedade de 200 m de profundidade que apresenta vazo de 20.000 litros hora ; com temperatura de 25 a 28C; o oxignio dissolvido acima de 5 miligrama por litro; o pH na faixa de 6,5

Tipo de solo presente no local possui 35% de argila, considerado bom para os tanques

IMPLANTAO DO CULTIVO

CONSTRUES E REVITALIZAO DOS TANQUES

Preparao da rea Fazer a limpeza da rea antes de fazer a construo, retirando: galhos, razes e restos de vegetao. A localizao dos tanques feita obedecendo-se a topografia e com auxilio de nvel topogrfico. Deve-se respeitar a rea de preservao permanente, no momento da definio do tamanho e do formato dos tanques.

Dimenses

O tanques a ser construdos ser de forma retangular, acompanhando a curva de nvel. A profundidade deve permitir um nvel de gua de 1,2 a 1,5 metro, na parte mais profunda, e de 0,8 a 1,0 metro, na parte mais rasa. Possuir a dimenso de 10x20 m .

Abastecimento

O sistema de abastecimento ser atravs do poo jorrante ,aonde a gua ser guiada atravs de canais abertos ate os tanques. As coneces entre o canal e os tanques ser feita atravs de canos de 150 mm possudo registros, aonde possa se controlar o fluxo de gua no mesmoEsvaziamento

cada tanque possuira o seu sistema individual de esvaziamento, de tal forma que permita o controle do nvel da gua.

CALAGEM E ADUBAO

A adubao tem como finalidade de produzir plncton, sendo vegetais

Um bom crescimento de fitoplncton ajuda no:- controle da qualidade da gua- produzindo oxignio por meio da fotossntese - E ajuda a absorvendo o excesso de produtos txicos que podem prejudicar os peixes.

Calagem

pH da gua inferior a 6,5 ser necessrio fazer a calagem. Fase de preparo do tanque (correo inicial) = 780 quilos de calcrio ciclo .

Manuteno (correo de manuteno) = 260 quilos ciclo de calcrio nos tanques

Adubao orgnica

Pode ser utilizado esterco de bovinos ( o mais utilizado), seguido do de sunos e aves. Fase de preparo do tanque: usar esterco de bovinos = 780 quilos ciclo ou esterco de sunos, 520 quilos ciclo. Manuteno: esterco de bovinos 390 quilos ciclo ou esterco de sunos 312 quilos por ciclo.

Na propriedade ser utilizado esterco de bovinos devido a sua maior facilidade de disponibilidade.

Lembrando q utilizado na propriedade foi de bovino...16

Adubao qumica

Na adubao quimica ser utilizados ou sulfato de amnio ou superfosfato simples. Fase de preparo do tanque = 33,8 quilos ciclo (sulfato de amnio) ou 33,8 quilos ciclo (superfosfato simples).

Manuteno = 19,5 quilos ciclo (sulfato de amnia) ou 19,5 quilos ciclo (superfosfato simples).

As adubaes sero suspensas quando ocorrerem as seguintes condies:

temperatura da gua inferior a 20C;transparncia menos de 20 centmetros;peixes "buscando ar na superfcie da gua, no inicio da manh.

PEIXAMENTO

RecriaO peixamento dos alevinos ( tamanho de 3 a 5 centmetros ) ser realizado em viveiros de terra . Os alevinos sero comprados de um distribuidor fixo que se encontra em Piripiri-PI (Estao de Psicultura no Caldeiro) em embalagens de saco de plstico com gua e oxignio .Os alevinos sero recriados por um perodo de 30 a 60 dias. Recomenda-se uma proporo que varie de 5 a 12 alevinos por metro quadrado.

Engorda

O procedimento para o peixamento do tanque de engorda deve ser o mesmo da recria.

PARMETROS TCNICOS DO CULTIVO

Sero povoados dois viveiros por ciclo (durao 11 meses) , cada um com 2000 alevinos, (ver Cronograma de Produo adiante).

Neste caso, est se considerando que o mdulo de criao compem-se de dois viveiros.Arraoamento/consumo de rao:

a alimentao dos peixes ser feita com rao balanceada (extrusada), a ser fornecida pela manh e tarde, em vrios pontos do viveiro simultaneamente, tambm alimentao natural pelo plncton produzido atravs da adubao realizada. Para cultivo de 2000 alevinos.Mortalidade mxima por ciclo de 15% para todo o perodo de criao;

Produo esperada de tambaquis por ciclo e de 1667 (media), com peso mdio de 1,5 kg, proporcionando boa rentabilidade ao produtor.

CRONOGRAMA DE EXECUO

O perodo de construo a revitalizao dos tanques, ser realizado no ms de dezembro. Logo em seguida a implantao dos alevinos(recria) engorda e terminao de acordo com o cronograma abaixoCRONOGRAMA DE PRODUO

CRONOGRAMA DE PRODUOMSRECRIAENGORDATERMINAOREPAROS E MANU...JANEIROFEVEREIROMAROABRILMAIOJUNHOJULHOAGOSTOSETEMBROOUTUBRONOVEMBRODEZEMBRO

MERCADO

A produo de peixes na regio pode ser bastante lucrativa visto que o mercado consumidor acolhe muito bem esse tipo de alimento em especial a espcie tambaqui (Colossoma macropomum) apresentando-se como uma tima fonte de renda.

CLIENTES

CONCORRNCIA

Como a produo de peixes apresenta custos mdios, o valor de comercializao ser relativamente medio (R$ 12,00 por kg ).

O cultivo do peixe relativamente baixo, portanto haver demanda suficiente para toda produo ofertada, visto que no h grandes produtores na regio.FORNECEDORES DE INSUMOS

PARTICIPAO NO MERCADOOs insumos necessrios para a produo de peixes sero fornecidos pelo comrcio regional e produtos oriundos da prpria propriedade.

O projeto visa incrementar o fornecimento de peixe tambaqui na regio atuando como mais uma fonte alternativa para consumo de alimentos melhorando a dieta alimentar da populao pelo fato de ser um alimento considerado saudvel.

PROJEES DE VENDAS

PLANEJAMENTO

Espera-se que toda a produo seja comercializada, visto que os peixes sero vendidos vivos , tendo em vista, que deve ser comercializada o mais rpido possvel assim que chegar o peso mdio de 1,6 kg peixe.

O presente projeto refere-se instalao do cultivo de peixes em tanques revitalizados, para promover uma melhor renda ao produtor familiar. A seguir encontram-se os coeficientes tcnicos e analise de rentabilidade da produo.

COEFICIENTES TCNICOS E ECONOMICOSTabela 1- Coeficientes tcnicos (insumos) necessrios para a implantao de tanques de piscicultura na propriedade SO MARTINS, localizado no municpio de Bom Jesus, com rea total de 40 ha (quarenta hectares) a 15 km da cidade de Bom Jesus-PI.

PRODUTOS A SER UTILIZADOUnidadeQuantidadeValor unitrioTotalINSUMOS ADUBAO DE INSTALAOESTERCO KG780R$ 0,05R$ 39,00SUPERFOSFATO SIMPLESKG33,801,3R$ 43,94CALCRIO DOLOMITICO PRNT 92 %KG780R$ 0,38R$ 292,50SUB TOTALR$ 375,44 ADUBAO DE MANUNTENOESTERCO KG390R$ 0,05R$ 19,50CALCRIO DOLOMITICO PRNT 92 %KG260R$ 0,38R$ 98,80SUPERFOSFATO SIMPLESKG19,5R$ 1,30R$ 25,35SUB TOTALR$ 143,65 TOTAL DE INSUMOS 519,09Tabela 2- Materiais necessrios para a instalao de tanques de piscicultura na propriedade SO MARTINS, localizado no municpio de Bom Jesus, com rea total de 40 ha (quarenta hectares) a 15 km da cidade de Bom Jesus-PI.

ItemUnidadeQuantidadePreo unitrioValor(R$)(R$)Construo do viveiroTrator de esteira h4,00180,00720,00Retro es