Senac 1ª aula

download Senac   1ª aula

of 30

Embed Size (px)

description

Primeira aula da Professora Silvia - Tecnicas e Formatos

Transcript of Senac 1ª aula

  • 1. Tcnicas de Linguagem dos Formatos Multimdia Silvia Fantinatti

2. Pintura rupestre na Caverna de Altamira, Espanha 12.000 AC 3. IMAGEM: A busca por reproduzir o MOVIMENTO Data da pr-histria 4. Sumrios 6.000 AC produo de bebida alcolica 5. Assrios e a narrativa linear 6. China 5000 a.C. Marionetes de sombra: precursoras do cinema 7. Teatro de sombras Javans: histrias tradicionais com narrao e orquestra 8. Imagem artesanal: Viso do artista Imagem tcnica: Resultado do aparelho 9. ROMA: 1646. A CAMERA OBSCURA EXPLICADA EM DOCUMENTO 10. ARISTTELES: 350 a.C. Observao do reflexo do sol atravs da folhagem durante um eclipse parcial 11. DA VINCE: 1558. IMAGEM INVERTIDA ATRAVS DO ORIFCIO 12. Girolano Cardano: 1550 Lente biconvexa permite mais luz sem perder nitidez 13. Camera obscura: Criao do diafragma e utilizao pelos artistas 14. VERMEER: Vista de Delft Camera obscura Como recurso para pintar 15. VERMEER: Garota com uma Flauta Camera obscura desfoca cabea do leo 16. JOSEPH NICPHORE NIEPCE, 1826: Primeira foto impressa em asfalto teve 8 horas de exposio 17. NIEPCE Primeiro laboratrio fotogrfico intacto: de 1855 a 2007 18. LOUIS-JACQUES DAGUERRE: Daguerretipo feito com iodeto de prata reduz o tempo de exposio 19. TALBOT: a primeira fotografia em papel 20. Vilm Flusser: a imagem tcnica no corresponde a uma duplicao do mundo O carter aparentemente no simblico, objetivo, das imagens tcnicas faz com que seu observador as olhe como se fossem janelas, e no imagens. ... O que vemos ao contemplar as imagens tcnicas no o mundo, mas determinados conceitos relativos ao mundo, a despeito da autenticidade da impresso do mundo sobre a superfcie da imagem. (FLUSSER, 2002:14/15) 21. NEW YORK: 1903 1917 Revista Camera Work, de Alfred Stieglitz, define os critrios da fotografia artstica. Cria a tcnica do flou, o embaamento da imagem para diluir contornos. 22. Alemanha 1948 1963 FOTOGRAFIA SUBJETIVA FOTOFORM: Wolfgang Reisewitz, Otto Steinert, Peter Keetmann e Siegfried Lauterwasser, entre outros. 23. PEIRCIANA filosofia da linguagem cincia do estudo do sentido CULTURA formalistas russos foco na literatura ESTRUTURAL projeto em construo de uma cincia do sentido SEMITICA LINHAS GERAIS 24. SEMITICA DISCURSIVA Plano da Expresso Plano do Contedo abstrato Nvel Fundamental circulao dos valores Nvel Narrativo relao sujeito/objeto percurso da manipulao concreto Nvel Discursivo realizao Tempo Tema Figuratividade Espao (abstrao) (concretude) Ator 25. Gisele por Caetano: Percurso narrativo da manipulao 26. CONTRATO FIDUCIRIO 1) Valor do objeto 2) Credibilidade do enunciador EXEMPLOS DE MANIPULAO POR Tentao recompensa Seduo elogio Intimidao ameaa Provocao imagem negativa 27. Ironia no catlogo Diesel: inverso de valores