SENGE INFORMA Nº 200 - 30/SETEMBRO/ · PDF file está se propagando e esten-dendo...

Click here to load reader

  • date post

    29-Mar-2020
  • Category

    Documents

  • view

    0
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of SENGE INFORMA Nº 200 - 30/SETEMBRO/ · PDF file está se propagando e esten-dendo...

  • 1 SENGE INFORMA Nº 200 - 30/SETEMBRO/2012

  • 2 SENGE INFORMA Nº 200 - 30/SETEMBRO/2012

    OPINIÃO

    Sindicato de engenheiroS no eStado de MinaS geraiS - Rua Araguari, 658 - Barro Preto - CEP 30190-110 - Belo Horizonte-MG - Tel.: (31) 3271.7355 - Fax: (31) 3546.5151 e-mail: [email protected] - site: www.sengemg.org.br - geStÃo 2010/2013 - diretoria eXecUtiVa • Presidente: Raul Otávio da Silva Pereira; 1º Vice-Presidente: Krisdany Vinícius

    Santos de Magalhães Cavalcante; 2º Vice-presidente: Nilo Sérgio Gomes; 1º Tesoureiro: Antônio Iatesta; 2ª Tesoureira: Glauci Any Gon- çalves Macedo; Secretário Geral: Rubens Martins Moreira; 1º Secretário: Fátima Regina Rêlo Costa diretoriaS dePartaMentaiS: Diretor de Aposentados: Wanderley Acosta Rodrigues; Diretor de Ciência e Tecnologia: Anderson Silva de Aguilar; Diretor de Assuntos Comunitários: Anderson Luiz de Figueiredo; Diretor de Imprensa: Tércio de Sales Morais (licenciado); Diretor Administrativo: Cláudio Neto Fonseca; Diretora de Assuntos Jurídicos: Gabriele Rodrigues Cabral; Diretor Saúde e Segurança do Trabalhador: Gilmar Cortês Sálvio Santana; Diretor de Relações Intersindicais: José Flávio Gomes; Diretor Negociações Coletivas: Júlio César de Lima; Diretor de Interiorização: Pedrinho da Mata; Diretor Sócio-econômico: Sérgio Teixeira Soares; Diretor de Promoções Culturais: Antonio José Betel Ribeiro Gomes diretoria regionaL norte nordeSte: Diretor Administrativo: Antônio Carlos Souza; Diretores Regionais: Anildes Lopes Evangelista, Guilherme Augusto Guimarães Oliveira, Jessé Joel de Lima, João Gilberto de Souza Ribeiro, Rômulo Buldrini Filo- gônio diretoria regionaL SUL: Diretor Administrativo: Fernando de Barros Magalhães; Diretores Regionais: Antônio Azevedo, Ar- naldo Rezende de Assis, Carlos José Rosa, Gladyston Rodrigues Carvalho, Nelson Gonçalves Filho, Nelson Benedito Franco, Ney Lopes Procópio, Robson Monte Raso Braga diretoria regionaL Zona da Mata: Diretor Administrativo: João Vieira de Queiroz Neto; Diretores Regionais: Silvio Rogério Fernandes, Carlos Alberto de Oliveira Joppert, Eduardo Barbosa Monteiro de Castro, Francisco de

    Paula Lima Netto, Maria Angélica Arantes de Aguiar Abreu, Paulo César de Lima diretoria regionaL triÂngULo: Diretor Admi- nistrativo: Élcio Barreto Borges; Diretores Regionais: Ismael Figueiredo Dias da Costa Cunha, Antônio Borges Resende, Jean Marcus Ribeiro, João Carlos Moreira Gomes, Marco Túlio Marques Machado, Luciano Lopes Veludo, Clóvis Scherner, Wilton Freitas Mendes diretoria regionaL VaLe do aÇo: Diretor Administrativo: José Couto Filho Diretores Regionais: Alberto Carlos da Silva Junior, Daniel Linhares Carlesso, Ildon José Pinto, Cláudio Luiz Maciel Junqueira diretoria regionaL caMPo daS VertenteS: Diretor Administrativo: Wilson Antônio Siqueira; Diretores Regionais: Nélson Henrique Nunes de Sousa, Domingos Palmeira Neto diretoria regionaL centro: Diretor Administrativo: Dorivaldo Damacena Diretores Regionais: Carlos Henrique Amaral Rossi, Cláudio Lúcio Fonseca, Francisco de Paula Mariano, Élder Gomes dos Reis, Éderson Bustamante, Evaldo de Souza Lima, Iocanan Pinheiro de Araújo Moreira, Jairo Ferreira Fraga Barrioni, José Maurício Andrade Ferreira, Júnia Márcia Bueno Neves, Antônio Lombardo, Antônio Cury, Luiz Antônio Lobo de Abreu, Marcelo dos Reis Lopes, Marcelo de Camargos Pereira, Marcelo Fernandes da Costa, Maria José Maciel Ribeiro, Mário Evaristo Borges, Maurício Fernandes da Costa, Orlando José Garcia Dangla, Paulo Roberto Magalhães, Teodomiro Ma- tos Bicalho, Vicente de Paulo Alves Lopes Trindade, Adevaldo Rodrigues de Souza, Alfredo Marques Diniz, Arnaldo Alves de Oliveira, Clóvis Geraldo Barroso, Abelardo Ribeiro de Novaes Filho, Fernando Augusto Villaça Gomes, Hamilton Silva, Luiz Carlos Sperandio Nogueira, Waldyr Paulino Ribeiro Lima conSeLho FiScaL: Augusto Cesar Santiago e Silva Pirassinunga, Getúlio Soares de Almeida, Ruy Lopes Teixeira Filho, José Tarcísio Caixeta (licenciado), Lúcio Fernando Borges. Senge inForMa• ediÇÃo: Miguel Ângelo Teixeira redaÇÃo: Miguel Ângelo Teixeira, Luiza Nunes e Caroline Diamante arte FinaL: Viveiros Editoração iMPreSSÃo: Editora Impresso Ltda.

    Eleições e engenharia

    SEMINÁRIO REGIONAL

    Juiz de Fora debate mobilidade e importância social da engenharia

    Em 7 de outubro próximo os eleitores brasileiros vão escolher aqueles que vão administrar as suas cidades e os seus representantes nas câmaras municipais. De uma escolha criteriosa e bem feita depende o futuro de nossas cidades. O Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais entra neste processo trazendo uma reflexão sobre a importância destas eleições e da participação dos profissionais de engenharia, não só na escolha de seus representantes, mas se apresentando como candidatos aos cargos eletivos. Apresenta, também os candidatos engenheiros que são associados ao Sindicato. Veja as informações nas páginas 4 e 5.

    Dando continuidade à celebração de seus 65 anos, completados no dia 25 de agosto, o Sindicato promoveu uma solenidade no auditório do Crea-MG que contou com a participação de associados, autoridades e diretores de sindicatos co-irmãos. O momento foi de relembrar e reafirmar a trajetória de lutas da instituição. Os detalhes desta solenidade estão na página 3 e podem ser vistos, também, no Senge TV, acessado pelo site www.sengemg.org.br.

    O Senge Jovem, uma iniciativa do Sindicato que congrega estudantes de engenharia das diversas regiões do Estado, realizou um importante Fórum de Debates, no dia 17 de agosto, no auditório do Crea- MG. As informações sobre o evento, que teve como tema Engenharia, Sustentabilidade e Mercado de Trabalho, estão na página 6.

    E dando prosseguimento ao projeto Senge Memória, foram registrados os depoimentos dos diretores que integraram as gestões 1984/87, comandada pelo engº Augusto Drummond, e 1987/90, que teve à frente o engº José Marcius de Carvalho. O momento foi de grande emoção e rico para a reconstituição da história do Sindicato. Os detalhes do evento estão na página 7.

    Por fim, na página 8, o tema são as negociações coletivas em andamento. Além de apresentar o balanço do Dieese sobre os resultados das negociações realizadas no País no primeiro semestre deste ano, são abordados o andamento das negociações na Cemig, setor metalúrgico e SLU, Construção Civil e Construção Pesada, entre outras.

    A necessidade de uma boa estruturação do sistema de transporte das cidades e a falta de políticas por parte do Estado relacionadas ao setor da engenharia foram os assuntos abor- dados pelos palestrantes do seminário Enge- nharia, Mobilidade Urbana e Sociedade, reali- zado pelo Senge-MG Diretoria Regional Zona da Mata. Sediado em Juiz de Fora, o evento foi realizado no anfiteatro da Faculdade de Engenharia da UFJF e contou com a presença de cerca de 200 pessoas entre autoridades, representantes do Senge-MG, profissionais e estudantes.

    O coordenador regional da Associação Na- cional de Transporte Público (ANTP), Willian Alberto de Aquino Pereira, ministrou a pales- tra “Mobilidade Urbana”. Ele defendeu a ideia de que as cidades necessitam de transportes públicos rápidos, eficientes, integrados, de qualidade e com baixo custo para o usuário. “As cidades com qualidade de vida trabalham com o transporte humano e esta é a mensa- gem que nós queremos transmitir. Mobilidade não é uma questão de transporte urbano, é uma questão de transporte humano e as cida- des tem que ter qualidade de vida.”

    Willian Alberto se mostrou confiante com a Lei de Mobilidade Urbana, que entrou em vigor neste ano e determina que as cidades acima de 20 mil habitantes tenham um plano de mobilidade urbana que garanta o direito de ir e vir em condições adequadas. “Logo a

    lei vai cair na boca do povo e todos vão cobrar das prefeituras o cumprimento dela”, disse. Para ele, um sistema de transporte ideal tem o foco na redução de gastos, aumento da igualdade e justiça social e proteção ao meio ambiente. Um dos exemplos que ele citou de transporte que apresentam essas condições é o sistema BRT no Rio de Janeiro, que ofere- ce aos cidadãos ar condicionado, facilidades para embarque e desembarque, com pisos ni- velados entre os ônibus e os pontos, rapidez, entre outras características.

    O presidente do Crea-MG, Jobson Noguei- ra de Andrade, ministrou a palestra “A enge- nharia e a sociedade”. Através de fatos histó- ricos como as revoluções Industrial e Francesa e citando filósofos consagrados, ele mostrou que a engenharia sempre esteve presente ao longo da história da sociedade e o acúmulo de conhecimentos adquiridos ao longo da his- tória foi de fundamental importância para o desenvolvimento da engenharia atual.

    Jobson Andrade fez uma crítica ao Estado dizendo que faltam políticas no Brasil que va- lorizem a engenharia. “O Estado tem que ter políticas de informação, de apoio à formação do profissional e, principalmente, política de carreira para o engenheiro e desburocratiza- ção da atividade das empresas de engenharia, para que a categoria tenha condições de de- senvolver melhor essa arte de saber acumula- do em benefício da sociedade”, afirmou.

    Mesa de abertura do Seminário Regional que teve como temas a mobilidade urbana, a engenharia e a sociedade

    http://www.sengemg.org.br

  • 3 SENGE INFORMA Nº 200 - 30/SETEMBRO/2012

    SENGE 65 ANOS

    Solenidade celebra trajetória de lutas dos engenheiros de Minas Gerais

    O Sindicato