Sumário Executivo - FDC

download Sumário Executivo - FDC

of 16

  • date post

    19-Oct-2014
  • Category

    Business

  • view

    1.117
  • download

    0

Embed Size (px)

description

Processos, Indicadores Analíticos e Impactos Sobre o Desempenho Competitivo: Um Estudo em Médias e Grandes Empresas Produtoras de Bens e Serviços.Estudo com o objetivo de descrever a natureza do relacionamento entre as variáveis de Orientação para processos de negócio (Business Process Oriented- BPO), Indicadores Analíticos e Desempenho Competitivo de uma amostra de 368 empresas, com operações em todo o Brasil, e também diversificada em relação ao porte e à participação nos segmentos da indústria e de serviços.

Transcript of Sumário Executivo - FDC

Microsoft Word - SUMARIO EXECUTIVO_1

Sumrio Executivo

2

PROCESSOS, INDICADORES ANALTICOS E IMPACTOS SOBRE O DESEMPENHO COMPETITIVO: UM ESTUDO EM MDIAS E GRANDES

EMPRESAS PRODUTORAS DE BENS E SERVIOS

Sumrio Executivo

Coordenadores do Projeto de Pesquisa Marcelo Bronzo Ladeira, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Paulo Resende, Fundao Dom Cabral - FDC

Sub-Coordenadores do Projeto Marcos Paulo Valadares de Oliveira, Universidade Federal do Esprito Santo

Paulo Renato de Sousa, Fundao Dom Cabral Reinaldo Lopes Ferreira, Fundao Dom Cabral

Bolsistas Amanda Ceclia Rodrigues Silva

Joo Victor Rodrigues Silva Luiz Carlos Macedo de Oliveira Monteiro

Vincius Chagas Brasil

Abril 2011

RESUMO

3

O objetivo deste estudo foi o de descrever a natureza do relacionamento entre as variveis

de Orientao para processos de negcio (Business Process Oriented- BPO), Indicadores

Analticos e Desempenho Competitivo de uma amostra de 368 empresas, com operaes em

todo o Brasil, e tambm diversificada em relao ao porte e participao nos segmentos da

indstria e de servios. Por meio de um estudo quantitativo, as hipteses testadas neste

trabalho foram as de que (i) quanto maior a orientao para processos, maior a utilizao de

indicadores analticos pelas empresas; (ii) a orientao para processos possui uma

correlao positiva e estatisticamente significativa para com o desempenho organizacional;

(iii) a utilizao de indicadores analticos est positivamente associada melhoria do

desempenho organizacional; (iv) quanto maior a orientao para os processos tanto maior a

utilizao de indicadores analticos e tambm melhores os resultados de desempenho

organizacional. O tratamento dos dados e teste das hipteses envolveram tcnicas de

estatstica descritiva univariada, bivariada e multivariada. Foram tambm realizados testes

para se mensurar a consistncia interna das escalas do instrumento de pesquisa, bem como

para avaliar a composio estrutural do modelo, por meio da modelagem de equaes

estruturais. As escalas e o modelo foram validados. Os resultados apontam a importncia

estratgica dos fatores de BPO e de Indicadores Analticos como preditores do desempenho

competitivo das empresas pesquisadas. E por meio da equao estrutural do modelo esses

fatores preditores foram capazes de explicar 66,3% das variaes do desempenho das

empresas da amostra, sendo igualmente significativos os efeitos diretos (coeficientes de

caminho) verificados nos testes realizados. Tais achados descortinam questes relevantes do

ponto de vista prtico e da ao gerencial das empresas, no sentido de reforar a

importncia da BPO e do uso intensivo de indicadores analticos na estratgia de incremento

de desempenho competitivo.

4

1. INTRODUO No campo da gesto de operaes, o conceito de orientao para processos de negcio (business process oriented /BPO) est associado a melhores resultados em certos indicadores-chave do desempenho competitivo de empresas e cadeias de suprimento. As primeiras contribuies para o tema do gerenciamento de processos podem ser identificadas no desenvolvimento conceitual e metodolgico do gerenciamento da Qualidade Total (Total Quality Management-TQM). O TQM enfatiza o uso de tcnicas e ferramentas para o mapeamento, a anlise e a melhoria contnua dos processos organizacionais, como na implementao de planos de ao, em formas de controle e em aes subseqentes para a melhoria ou a padronizao dos processos organizacionais. Tambm o desenvolvimento do conceito e das prticas da produo enxuta (lean manufacturing), com nfase na aplicao do princpio kaizen de melhoria incremental dos processos organizacionais, aportou contribuies relevantes para princpios de gesto orientada para processos. A melhoria incremental dos processos requer, em um sentido contnuo no tempo, a reduo de todas as formas de desperdcio de recursos pelas empresas, procurando-se eliminar ou redesenhar aqueles processos ou aquelas atividades que geram custos sem a contrapartida de valor efetiva para seus clientes. Como extenso da abordagem da qualidade total, tem-se o recente desenvolvimento da metodologia Seis Sigma, que tambm converge gesto orientada para processos por sua nfase em reduzir a variabilidade e em aumentar a capabilidade dos processos organizacionais, de forma a minimizar ou extinguir defeitos e taxas de no-conformidade de produtos e servios. Mais recentemente, duas relevantes linhas de pesquisa tambm esto orientadas para o campo do conhecimento da gesto de processos, com abordagens e propostas complementares. A primeira corrente investiga o relacionamento entre a gesto orientada para processos e os nveis de maturidade de processos organizacionais, notadamente da maturidade de processos nos contextos da logstica integrada e do gerenciamento de cadeias de suprimento. A segunda corrente investiga o impacto da utilizao de indicadores analticos como vetores do desempenho de processos organizacionais, e de vantagens competitivas duradouras para as empresas. Ao contrrio das inconsistncias que caracterizam os modelos de deciso das organizaes, o conceito de BA (business analytics) permite idealizar um sistema de modelos de previso e de simulao de cenrios quantitativos e qualitativos. Ele exige dos donos do processo e de sua equipe um foco sistmico, inmeras anlises de trade-offs e grande ateno aos resultados financeiros e no financeiros. Um dos objetivos da BA, assim, o de fornecer informao til, tanto para monitorar o desempenho de processos existentes e dar suporte aos objetivos de melhoria desses processos, quanto para projetar e modelar processos inteiramente novos. Um dos pontos fundamentais dessa nova abordagem que encontra na gesto orientada para processos a infraestrutura ideal para sua aplicao a sua influncia potencial em diferentes reas da gesto. especialmente relevante a aplicao de inteligncia analtica em quatro reas de processos: relacionamento com clientes/mercado (marketing, vendas e servios), produo (cadeias de suprimentos e operaes), gesto de pessoas e gerenciamento do desempenho.

5

A abordagem analtica, integrada ao esforo da gesto orientada dos processos organizacionais, representa uma viso particular e necessria sobre como, efetivamente, as organizaes alocam seus recursos e gerenciam seus processos de forma a alcanarem vantagens competitivas sustentveis no tempo. So essas vantagens que permitem s empresas a posio de liderana nos seus respectivos mercados de atuao e o desenvolvimento de prticas mais eficientes de operaes em suas cadeias de suprimentos. Colocadas essas questes iniciais, tem-se que o problema central desta pesquisa esteve nucleado no interesse em investigar as associaes entre os conceitos de orientao para processos de negcio, indicadores analticos e desempenho competitivo. 1.1. Problema de Pesquisa O nvel de orientao para processos e a utilizao de indicadores analticos esto associados aos resultados de desempenho competitivo de empresas do ramo industrial e de servios, independentemente do porte e do segmento de atuao dessas organizaes? Deste problema de pesquisa tem-se ento o desdobramento do seguinte objetivo geral da pesquisa: Descrever a natureza do relacionamento entre os construtos de Orientao para processos de negcio (BPO), Indicadores Analticos e Desempenho Competitivo de uma amostra de empresas diversificada em relao ao porte e ramo de atuao, nos segmentos de indstria e servios, com operaes no Estado de Minas Gerais e em outros Estados do Brasil.

2. MODELO CONCEITUAL, HIPTESES DE PESQUISA E DEFINIO

OPERACIONAL DE VARIVEIS O modelo hipottico da pesquisa est apresentado na Figura 1, a seguir, e contempla domnios conceituais relacionados aos temas de orientao para processos de negcio (BPO), atributos de desempenho competitivo seguindo-se o enquadramento do Balanced Scorecard (BSC) e um conjunto de indicadores analticos extrados do modelo de maturidade para cadeias de suprimentos (Supply chain management maturity model SCMMM). Este modelo de pesquisa constitui-se, portanto, de trs variveis latentes (construtos) principais:

I. Orientao para os processos de negcio (BPO)

II. Fatores de desempenho do Balanced Scorecard (BSC)

III. Indicadores analticos (Business analytics BA)

6

FIGURA 1: Modelo hipottico-conceitual da pesquisa Fonte: Elaborado pelos pesquisadores Nesta investigao, o modelo terico conceitual apresenta BPO e Indicadores Analticos como preditores do desempenho competitivo. BPO, Indicadores Analticos e Desempenho competitivo so variveis latentes no modelo, isto , fenmenos que no podem ser observados diretamente, sendo constitudos ou por outras variveis latentes (como o caso das variveis BPO e Desempenho) ou diretamente por variveis manifestas (no caso da varivel Indicadores Analticos). BPO uma varivel exgena, de segunda ordem, composta por 9 dimenses ou variveis (aqui chamadas de construtos) de primeira ordem (Liderana e estratgia; Documentao de processos; Medio do desempenho de processos; Estrutura organizacional; Gesto de pessoas; Cultura e valores da organizao; Orientao para o cliente; Orientao para fornecedores; Sistemas e tecnologia da informao). Estes construtos de primeira ordem do BPO podem ser tomados como reflexivos, ou como recebedores do impacto referente aos nveis de orientao para processos, por parte das empresas. O construto Indicadores Analticos , por sua vez, um construto exgeno de primeira ordem, composto diretamente por variveis manifestas. Por fim, tem-se o construto Desempenho Competitivo, que de tipo endgeno e de segunda ordem, e vem composto por 4 di