Tente outra vez

Click here to load reader

  • date post

    23-Jun-2015
  • Category

    Travel

  • view

    923
  • download

    3

Embed Size (px)

description

tente outra vez

Transcript of Tente outra vez

  • 1. TENTEOUTRA VEZ! Formatao: Celinha Neme

2. Quem caminha pode cair,mas no precisa ficar nocho. Quem est trabalhandopode tomar uma deciso equivocada, mas isso no motivo para desistir. 3. Toda ao tem seurisco calculado. Somente quem no realiza nenhuma atividade no corre riscos. Mas tambm no d um passo frente. 4. Fica estacionado no mesmo lugar. O fato de uma ao no trazer o resultado esperado, No quer dizer quetenha sido umfracasso. 5. Pode ser , sim, mais um aprendizado. Mais uma experincia que se soma s demais. 6. Quem anda pode tropear, mas no necessita ficar lamentando o ocorrido. Desistir...Jamais! 7. Quando tentamos resolver um problema de uma forma e no logramos xito... ...no temos um motivo para desistir ou nos sentir derrotados. 8. Os insucessos no sofracassos, mas experincias que... ...se considerados como lies, podem nos ajudara aprender mais depressa. 9. Essas lies de vida nos do ensejo de refletir... ...sobre nossa prpria maneira de encarar os fatos. 10. Cada tentativa, vitoriosa ou no... ...ser sempre umaexperincia a maisno arquivo do seu aprendizado. 11. Por todas essas razes... Voc no deve sedeixar derrotar pelas tentativas, que no tiveram o xito esperado. 12. Pense nisso! Se voc tentou vrias vezes e no deu certo... Tente outra vez! 13. Texto: Tente Outra Vez, (da Equipe de Redao do Momento Esprita). Msica: Tente Outra Vez (Raul Seixas) Imagens: Web Formatao: Celinha Neme Ao repassar no retire os crditos de quem elaborou esse trabalho. Luz e Paz! 14. Oua novamente, com calma, a msicaTente Outra Vez! 15. Tente Outra Vez! Veja! No diga que a cano est perdida. Tenha f em Deus. Tenha f na vida. Tente outra vez!... Beba! (Beba!) Pois a gua viva ainda t na fonte. (tente outra vez!) Voc tem dois ps para cruzar a ponte. Nada acabou! No! No! No!... Oh! Oh! Oh! Oh! Tente! Levante sua mo sedenta e recomece a andar. No pense que a cabea aguenta se voc parar. No! No! No! H uma voz que canta, uma voz que dana, uma voz que gira. (Gira!) Bailando no ar. Uh! Uh! Uh!... Queira! (Queira!) Basta ser sincero e desejar profundo. Voc ser capaz de sacudir o mundo. Vai! Tente outra vez! Humrum!... Tente! (Tente!) E no diga que avitria est perdida. Se de batalhas que se vive a vida. Han! Tente outra vez!... Composio: Paulo Coelho/ Raul Seixas / Marcelo Motta.