Tutorial Moodle

of 72/72
  • date post

    27-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    674
  • download

    4

Embed Size (px)

Transcript of Tutorial Moodle

1

2 3

4

5

O mdulo Administrao ................................................................................. 5 1.1 Configurar o Curso ....................................................................................... 5 1.2 Editar Perfil.................................................................................................... 6 1.3 Professores ................................................................................................... 6 1.4 Alunos............................................................................................................ 6 1.5 Grupos ........................................................................................................... 7 1.6 Backup ........................................................................................................... 8 1.7 Restore........................................................................................................... 9 1.8 Importar dados do curso.............................................................................. 9 1.9 Escala............................................................................................................. 9 1.10 Notas .............................................................................................................. 9 1.11 Logs ............................................................................................................... 9 1.12 Arquivos ...................................................................................................... 10 1.12.1 Criando Pastas ........................................................................................ 10 1.12.2 Enviando arquivos para o Moodle......................................................... 11 1.12.3 Movendo arquivos soltos para dentro de uma pasta .......................... 13 1.12.4 Excluindo arquivos ................................................................................. 14 1.12.5 Compactando arquivos .......................................................................... 15 1.13 Ajuda ............................................................................................................ 16 1.14 Frum dos tutores ...................................................................................... 16 1.15 Ativar Edio ............................................................................................... 16 Editando a pgina principal do curso........................................................... 18 Mdulos e conceitos bsicos ........................................................................ 19 3.1 Atividades.................................................................................................... 19 3.2 Busca nos fruns........................................................................................ 20 3.3 Participantes ............................................................................................... 20 3.4 ltimas Notcias .......................................................................................... 21 3.5 Prximo Evento........................................................................................... 21 3.6 Calendrio ................................................................................................... 22 Adicionar Materiais......................................................................................... 22 4.1 Criando um Glossrio do Curso................................................................ 22 4.1.1 Inserindo itens no Glossrio.................................................................. 23 4.1.2 Links automticos................................................................................... 24 4.2 Criando uma pgina de texto simples e uma pgina Web...................... 24 4.3 Plugins Multimdia ................................................................................... 25 4.4 Inserir rtulo................................................................................................ 25 Adicionar atividades....................................................................................... 26 5.1 Agenda de atendimento ............................................................................. 26 5.2 Atividade Hot Potatoes............................................................................... 29 5.2.1 Relatrio de atividades Hot Potatoes.................................................... 31 5.3 Atividade de Aviso...................................................................................... 32 5.4 Atividade de Chat........................................................................................ 33 5.5 Atividade de Compromisso ....................................................................... 35 5.6 Atividade de Dilogo .................................................................................. 35 5.6.1 Dilogos Encerrados .............................................................................. 37 5.7 Atividade de Dirio ..................................................................................... 37 5.8 Atividade de Escolha.................................................................................. 38 5.9 Atividade de Exerccio................................................................................ 40 5.9.1 Estratgia de avaliao .......................................................................... 40 5.10 Frum........................................................................................................... 45 5.10.1 Cada usurio inicia apenas Um Novo Tpico ...................................... 45 5.10.2 Frum Geral............................................................................................. 46 5.10.3 Discusso Simples ................................................................................. 46 5.10.4 Novos tpicos e respostas permitidos ................................................. 46 5.10.5 Novos tpicos proibidos e respostas permitidas................................ 46 UPM

2

5.10.6 Novos tpicos e respostas proibidos ................................................... 46 Livro ................................................................................................................. 47 6.1 Nada ............................................................................................................. 47 6.2 Nmero ........................................................................................................ 48 6.3 Bolinha......................................................................................................... 48 6.4 Identao ..................................................................................................... 48 7 Lio................................................................................................................. 49 7.1 Configurao Geral..................................................................................... 49 7.2 Configurao de avaliao ........................................................................ 49 7.3 Configurao do controle de fluxo ........................................................... 50 7.4 Configurao da formatao da lio ....................................................... 50 7.5 Configurao do controle de acesso ........................................................ 50 7.6 Configurao de Outros............................................................................. 50 7.7 Colocando contedo em uma lio .......................................................... 51 7.7.1 Importar questes................................................................................... 51 7.7.2 Inserir pgina com painel de navegao .............................................. 52 7.7.3 Inserir pgina com questes aqui ......................................................... 52 8 Objects............................................................................................................. 52 9 Pesquisa de avaliao.................................................................................... 52 9.1 Tipo de pesquisa - ATTLS .......................................................................... 53 9.2 Tipo de pesquisa Incidentes Crticos..................................................... 53 9.3 Tipo de pesquisa - COLLES ....................................................................... 54 10 Portflio ........................................................................................................... 54 11 Presena .......................................................................................................... 55 12 Questionrio.................................................................................................... 56 12.1 Editando o questionrio ............................................................................. 57 12.2 Adicionando categoria ............................................................................... 58 12.3 Criando questes........................................................................................ 58 12.3.1 Questes de Mltipla Escolha ............................................................... 59 12.3.2 Questes de Verdadeiro/Falso .............................................................. 59 12.3.3 Questes de Resposta Breve ................................................................ 60 12.3.4 Questes de Resposta Numrica .......................................................... 60 12.3.5 Questes de Associao........................................................................ 60 12.3.6 Questes de Descrio .......................................................................... 60 12.3.7 Questes Aleatrias de Associao com respostas Breves.............. 61 12.3.8 Questes de Preenchimento (Cloze)..................................................... 61 12.3.9 Questes de Dissertativa ....................................................................... 61 12.4 Aplicando as questes criadas ................................................................. 62 12.5 Informaes sobre o questionrio criado. ............................................... 63 13 Questionrio (phpESP)................................................................................... 63 14 SCORM............................................................................................................. 64 15 Tarefa ............................................................................................................... 65 15.1.1 Tarefa com envio de arquivo nico....................................................... 65 15.1.2 Tarefa Texto on-line ................................................................................ 66 15.1.3 Tarefa off-line....................................................................................... 66 16 Test of Unconscious Identification ............................................................... 67 17 Trabalho com reviso (Workshop)................................................................ 67 17.1 Estratgia de avaliao .............................................................................. 68 17.2 Editando os elementos da avaliao ........................................................ 68 18 Videoconferncia ............................................................................................ 70 19 Wiki................................................................................................................... 71 6

3

UPM

Moodle uma ferramenta de gesto de cursos distncia. um software desenhado para ajudar educadores a criar com facilidade cursos on-line de qualidade. Ferramentas como o Moodle tambm podem ser chamadas de LMS (Learning Management Systems, que significa Sistemas de Gerenciamento de Aprendizagem) ou Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Um professor pode ter pleno controle sobre todas as configuraes de um curso. Na criao do curso, podem ser escolhidos trs formatos de andamento: 1. Curso controlado por semana o curso organizado por semana, com datas especficas de incio e fim. Cada semana engloba determinadas atividades. 2. Curso controlado por tpicos de estudo similar ao semanal, mas a organizao feita por tpico, sem limite de tempo vinculado. 3. Curso aberto, focado em discusses entre os participantes este formato orientado por um frum principal, o Frum Social. aplicvel para contedos ou situaes que exigem um formato mais livre, aberto, e no necessariamente precisem ser cursos, mas espaos para debates, fechamento de idias etc. Como os demais, podem ser agregadas vrias funcionalidades como chats, boletins, enquetes, pesquisas, workshops, etc. Observaes importantes: As ltimas alteraes dos cursos aparecem na pgina principal de login dos usurios. As interaes (Fruns, Questionrios, Pesquisas de Opinio e Tarefas) podem ser visualizadas num painel nico na pgina principal, ou pode ser baixado como um arquivo de grade de tarefas. Relatrios completos de atividades por aluno com logins e percursos de navegao efetuados (ltimos acessos, nmero de leituras, postagens em fruns e controle das diversas atividades). Integrao via e-mail - cpias de postagens aos fruns, feedback dos professores etc. Escalas de desempenho customizveis os professores podem definir suas prprias escalas para graduao em fruns, por exemplo. Os cursos podem ser compactados em um nico arquivo zip, utilizando a funo backup. Podem ser restaurados em qualquer ambiente Moodle, em qualquer servidor. O Moodle tambm possui um novo formato de mensagens chamado RSS (Really Simple Syndication), que uma das formas de reunir informao de um site por meio de um programa especfico. Ele funciona com um e-mail, pelo qual possvel receber notcias de determinada rea via mensagem eletrnica.

4

UPM

1 O mdulo Administrao1.1 Configurar o Curso

Ao iniciar um curso, o professor precisar configurar o modelo do curso que ministrar. Para isso, basta clicar no menu Configuraes, que fica no painel de administrao.

Caixas de Sesso. Caixas diversas. Cada caixa tem uma particularidade diferente, a primeira permite exibir uma notcia e segunda permite fazer uma

Caixas de Administrao. Alguns itens s sero exibidos ao professor. Esse menu, bem como outras ferramentas, ser habilitado pelo professor ou pelos tutores/coordenadores de curso. Na pgina de configurao do curso, possvel mudar as seguintes caractersticas: Nome do curso. Criao de um cdigo para o curso. Uma apresentao breve. Formatos de como o curso ser trabalhado (semanalmente, por tpicos, social e simples). Definio da data de incio do curso. Validade da inscrio dos participantes. Quantidade de semanas que ser usada no curso ou tpicos. Criao de grupos (usado para separar a turma). Acesso reservado (permite bloquear quem ver o curso). Cdigo de inscrio (esse cdigo usado como uma chave para que somente alunos com a chave possam acessar o curso, impedindo que os demais vejam o mesmo). Acesso aos visitantes (qualquer pessoa no cadastrada no ambiente Moodle pode acessar como visitante. Nesse item, pode-se definir que a pessoa visitante no tenha permisso de acessar o curso ou que precise de senha para visualizar); Criao de sesso escondida (nesse item, pode-se definir o que o aluno ver, onde ele consegue visualizar o calendrio, mas o contedo precisa ser ativado); 5 UPM

Notcias (definio de quantos itens sero exibidos nesse quadro); Mostrar nota (habilitar ou desabilitar a opo de visualizao das notas atribudas ao aluno); Mostrar relatrio de atividades (permite que o aluno tenha acesso a seu desempenho e quais reas foram acessadas por ele durante o curso); Tamanho mximo para upload (refere-se ao tamanho limite do arquivo a ser enviado);

Outro item deste menu de configurao o uso de temas pr-prontos para o layout do curso.

1.2 Editar Perfil

Esse item permite ao professor editar o seu perfil de usurio, bem como algumas configuraes de mensagens do curso. Nesse item, ele pode definir qual e-mail receber as mensagens do frum, alm de fazer uma descrio pessoal, trocar foto e adicionar dados de mensageiros instantneos. Tem controle do que novo no frum e acesso ao relatrio de atividades.

1.3 Professores

No menu administrativo, o professor pode definir, por meio de uma busca, os professores auxiliares, agregando-lhes ordem de importncia, papel e permisso de edio, alm de remoo.

Resultado da Busca.

Busca por nome.

1.4 Alunos

6

UPM

Em Alunos, o professor pode fazer uma busca dentro dos cadastros realizados no ambiente Moodle e buscar seus alunos da disciplina. Normalmente, no usado, uma vez que os mesmos podem realizar seus prprios cadastros, incluindo a mediao por senha. Nesse item, o Moodle tambm permite exibir os alunos inscritos no curso e os participantes que existem com um nome especfico.

Alunos atualmente participantes do curso.

Resultado da busca por participantes no Moodle.

1.5 Grupos

O professor tem a possibilidade de dividir a turma em grupos. Para isso, ele precisar criar as equipes para, em seguida, importar os participantes. Alm de criar os grupos, o professor poder obter informaes sobre os dados dos alunos cadastrados. Os professores e auxiliares so exibidos na lista de participantes, mas com um smbolo de destaque para diferenci-los dos alunos.

7

UPM

Listagem de grupos.

Lista de participantes do curso. Basta selecionar um dos nomes e clicar no boto Adicionar grupo selecionado.

Boto para criao dos grupos.

Ao clicar em um grupo j criado, possvel ver a listagem de membros do grupo.

1.6 Backup

O Backup uma ferramenta administrativa que permite ao professor guardar a cpia de todas as informaes, tarefas e alunos do curso. Essa ferramenta gerar um arquivo compactado com um relatrio com informaes sobre o que est sendo armazenado. O professor poder selecionar quais informaes sero includas no backup. Recomenda-se sempre fazer um backup completo com todos os dados. Ao fazer a cpia, na opo "Metacurso", selecione a opo "No", e na opo "Registros" aconselhvel habilitar a opo "Sim". Essas configuraes permitem que a ferramenta Restore recupere todo o curso. Em uma nova tela, aparecer o nome do arquivo de backup (cujo formato : backupnomecurso-aaaammdd-hhmm.zip) e uma srie de outras informaes da disciplina. No passo seguinte, uma pgina mostrar os arquivos utilizados na gerao do backup e uma mensagem se o processo foi efetuado ou no com sucesso. Ao finalizar, a pasta Arquivos ser exibida contendo uma pasta de nome Backup, com todas as informaes armazenadas.

8

UPM

Arquivo do backup com dados como data e tamanho.

1.7 Restore

A ferramenta Restore encontrada no menu administrativo permite ao professor ou auxiliar a possibilidade de restaurar a ltima cpia do backup do curso. Por exemplo, no caso de algum item muito importante for excludo, ele pode ser recuperado uma vez que se tenha feito o backup. Por isso, recomenda-se realizar o backup semanalmente.

1.8 Importar dados do curso

A ferramenta permite ao professor importar dados de outros cursos para o seu.

1.9 Escalas

Em Escalas, o professor pode definir critrios de avaliao a serem utilizados durante o curso, sendo ordenado do menos negativo para o mais positivo, separados por vrgulas, podendo ou no incluir uma descrio dos critrios de como deve ser utilizada. Pode-se associar a escala s notas das tarefas.

1.10 Notas

Em Notas, o professor pode definir os critrios de notas adotados, podendo configurar as preferncias, definir as categorias de notas adotadas, configurar o peso das notas, atribuir valores para letras e as excees de avaliao.

1.11 Logs

9

UPM

O item Logs permite ao professor saber os acessos dos alunos em um determinado perodo do curso, podendo separ-los por grupo ou contabilizar o acesso individual em datas definidas pelo professor, bem como acessar tempo e ao feitas no curso.

1.12 Arquivos

O menu Arquivos permite ao professor armazenar todos os arquivos necessrios referentes ao curso, alm de armazenar os backups do curso que podem ser criados. Tambm pode ser usado para exibir determinado contedo de um diretrio para os alunos, ou seja, o professor pode reservar uma rea onde todos os alunos tenham acesso para fazer o download de arquivos, ou mesmo, para postagem de arquivos. O Moodle entende essas pastas como diretrios.

1.12.1

Criando Pastas e Subpastas

Para criar uma pasta, basta clicar no boto Criar um diretrio e dar um nome a ela. Durante a nomenclatura, o Moodle assume o padro de Internet para os nomes de pastas, ou seja, caso um nome contenha espaos ou mesmo caracteres especiais, sero ignorados ou sublinhados. Outro item bem interessante dos arquivos a possibilidade de se trabalhar subpastas. Boto de criao de pastas. Pasta raiz chamada de pasta pai pelo Moodle. Boto de envio de arquivos para o curso.

Menu de opes.

Nome da pasta a ser criada e a exibio do diretrio em que estar armazenada.

10

UPM

A pasta criada, com as informaes de tamanho e a data de criao, alm da possibilidade de renomear a mesma.

Basta clicar sobre a pasta que foi criada e dentro dela pressionar o boto Criar um diretrio novamente para criar outra pasta.

Pasta Subpasta

Ao criar uma pasta dentro de outra pasta, ela ter o mesmo menu existente no diretrio principal. Inclui-se a possibilidade de cancelar a pasta criada, compactar um arquivo ou mover arquivos soltos para dentro da pasta. A ferramenta de mover arquivos soltos permite que o professor adicione um arquivo fora de uma pasta, e mais tarde, possa mov-lo para organizar o material. Para isso, basta selecionar o item que se pretende mover e clicar na opo Mover para outra pasta.

1.12.2

Enviando arquivos para o Moodle

Para adicionar um arquivo do diretrio principal, basta pressionar o boto Enviar um arquivo. Caso queira enviar um arquivo para dentro de uma pasta j existente, clique sobre a pasta e, em seguida, sobre o boto Enviar um arquivo.

Clicando no boto Enviar um arquivo.

11

UPM

Na prxima tela, o professor dever selecionar o arquivo que ser enviado para as pastas. Clique sobre o boto Procurar... e assim que localizar o arquivo desejado, clique em Abrir, e depois, no boto Enviar este arquivo. Clicando no boto Procurar....

Boto de envio do arquivo selecionado. Arquivo selecionado.

Aps enviar o arquivo para um local determinado, clique sobre ele para visualiz-lo e exibir informaes, como a data do envio e o tamanho do arquivo. O tamanho do arquivo aceito para upload depender da configurao inicial selecionada no Moodle. Exibio do arquivo enviado, e de dados como data de envio e tamanho.

Para renomear o arquivo, uma nova janela ser aberta com seu nome atual e sua extenso de programa, como se pode ver abaixo:

Extenso do arquivo no deve ser alterada.

Nome a ser alterado. Lembre-se de renomear apenas o nome antes do ponto, seno o arquivo perder a referncia do programa necessrio para que ele funcione. Para finalizar, clique sobre o boto Renomear para atualizar o nome do arquivo.

12

UPM

1.12.3 Movendo arquivos soltos para dentro de uma pastaUm item interessante do Moodle que o professor tem o domnio de mudar o arquivo de lugar dentro do menu Arquivos. Isso lhe poupa tempo de checar esses links. Outro detalhe interessante que o Moodle tambm permite mover os arquivos por blocos. Para modificar um arquivo de lugar, localize o(s) arquivo(s) que se pretende mover. Aps localiz-lo, clique sobre a caixa de seleo. Em seguida, selecione a opo Mover para outra pasta. Ao selecionar a opo, surgir uma mensagem no topo da tela informando a quantidade de arquivos selecionados e o procedimento que se deve tomar para modificar o arquivo de lugar. Caixa de seleo de arquivos.

Opo Mover para outra pasta.

Arquivos desmarcados aps mover os arquivos.

Mensagem de quantidade de arquivo e ao a ser tomada.

Para finalizar, selecione a pasta na qual ser salvo o arquivo e clique no boto Mover os arquivos para c. Os arquivos sero transferidos para o novo diretrio. Caminho exibido dos arquivos.

Boto que move os arquivos para a pasta selecionada.

13

UPM

Caminho exibido dos arquivos.

Arquivos movidos.

Aps serem movidos, os arquivos so exibidos novamente na pgina de destino. importante que o professor saiba onde o arquivo estava anexado para evitar erros de anexo de arquivos. No caso de um erro no anexo, basta o professor clicar no boto Atualizar Material e uma tela ser aberta, permitindo a edio do mesmo.

Boto para corrigir o problema. Mensagem do problema.

1.12.4

Excluindo arquivos

Como o material de um curso pode ser alterado constantemente, o professor pode ter a necessidade de remover um arquivo desnecessrio. Para isso, selecione o arquivo e clique no item Cancelar completamente. O professor ir para uma nova tela na qual existir uma caixa de confirmao dos arquivos que sero excludos. Arquivo a ser deletado.

Seleo da ferramenta de excluso.

Opo de excluso definitivamente.

Caminho e nome do arquivo a ser excludo.

14

UPM

1.12.5

Compactando arquivos

Outra ferramenta presente dentro do menu Arquivos a ferramenta de compactao. Permite que o professor comprima um arquivo ou vrios arquivos, facilitando o download para os usurios. Para compactar um arquivo, basta selecionar o mesmo, e depois, clicar no item Criar um arquivo zip.

Arquivo a ser selecionado.

Seleo da ferramenta de compactao. Tamanho dos arquivos.

Surgir, em seguida, uma nova tela que mostrar todos os arquivos a serem compactados. Lembre-se de que no devemos apagar a extenso do arquivo compactado. Aps isso, basta clicar no boto Criar um arquivo zip.

Confirmao dos arquivos que sero compactados. O nome do arquivo pode ser qualquer um que o professor deseje.

Extenso do arquivo que no deve ser alterada.

Apesar de o Moodle compactar o arquivo, ele no exclui os arquivos que foram usados para criar esse arquivo, cabe ao professor a escolha de exclu-los ou no. Esses arquivos podem ser descompactados, bastando para isso, clicar na palavra Descompactar. Clique no boto OK, e os arquivos sero descompactados. Caso o professor deseje recordar os arquivos que fazem parte do pacote, basta clicar na palavra Lista.

15

UPM

Arquivo compactado, caso tenha caracteres especiais, o Moodle converte para um nome padro de Internet.

Tamanho do arquivo, antes e depois da compactao.

Arquivo usado na compactao ainda mantido na pasta.

1.13 Ajuda

Esse item serve como um manual rpido para o professor, caso ele tenha dvida.

1.14 Frum dos tutores

Esse item um frum particular para troca de informaes entre professores, no caso do curso possuir mais de um professor ou tutor. A visualizao no permitida aos alunos. Um grupo de tutores pode ou no receber cpia de todas as mensagens de um frum via e-mail. Isso depender da configurao que foi atribuda a essa funo, bastando clicar na palavra Todos podem fazer assinatura. Caso o professor no configure essa funo, os demais tero de configur-la manualmente, entrando no Frum e clicando no item Receber as mensagens via email.

1.15 Ativar Edio

Este modo permite acrescentar, esconder e modificar recursos ou atividades. Ao clicar no item Ativar Edio, na linha ttulo do curso, a tela habilitar vrias funes. Para sair do modo de edio, basta clicar em Desativar edio.

16

UPM

Quando estiver em modo de edio, aparecero os seguintes cones: - edio, permite modificar o que estiver ao lado dele. - ajuda, abrir uma nova janela com informaes. - olho aberto, indica que a respectiva atividade ou recurso est visvel aos alunos. Para modific-lo, basta clicar sobre ele. - olho fechado, indica que a respectiva atividade ou recurso est oculto aos alunos. Para modifica-lo, basta clicar sobre ele. - seta (para esquerda, para direita, para cima ou para baixo), usa-se para alinhar elementos do curso dentro da pgina. Dependendo da posio, pode ou no aparecer uma dessas opes. - deslocamento, permite movimentar um elemento para qualquer local na pgina da disciplina. - "mover aqui", permite ao professor definir onde pretende deslocar o recurso/atividade. - eliminao, apagar definitivamente o recurso/atividade. - marcao, permite tornar uma seo mais atual. - sinal de negativo (-), esconder todas as outras sees. - sinal de positvo (+), far com que as sees que estiverem ocultas voltem a ser exibidas.

17

UPM

2

Editando a pgina principal do curso

Quando o modo de edio estiver ativado, toda as atividades do Moodle podem ser modificadas. Surgem novos itens que ficam ativos somente mediante a solicitao do professor/tutor, itens que podem ser modificados quanto a posio, serem excludos, adicionados, contrados ou, at mesmo, no serem exibidos no modo curso. Isso permite ao professor deixar um item oculto, e exibi-lo em uma determinada data, ou mesmo, remov-lo. Contraia o item quando quiser deixar a tela mais limpa e evitar confundir os alunos.

Sinal de positivo (+) na caixinha do mdulo significa que ela ser exibida compactada. Sinal de negativo (-) ser exibida expandida na visualizao.

Adio de mdulos que no estavam ativos.

Mdulo. Para que o professor adicione um mdulo, clique no boto Ativar edio e selecione o mdulo a ser ativado.

Adio de mdulos que no estavam ativos. Basta clicar em um dos itens e o Moodle atualizar a pgina.

18

UPM

3 Mdulos e conceitos bsicos3.1 AtividadesO mdulo Atividades tem como funo principal organizar todos as atividades postadas pelo professor, agrupando-as por itens. Muitos recursos a seguir esto dentro deste menu de Atividades. Quando no h materiais/artigos postados no curso, o mdulo de Atividades apresentar os Fruns, que uma atividade padro.

Juno de materiais por semelhana. Materiais adicionados no curso.

Para ativar esse mdulo, selecione o item Atividades.

importante lembrar que a atividade s ser exibida se o cone do olho estiver aberto.

Se o olho da sesso no estiver aberto, a atividade no ser exibida.

19

UPM

Sesso na qual se encontra a atividade.

Nome da atividade.

Breve descrio do que se encontra na atividade.

3.2 Busca nos frunsO mdulo de Busca serve para procurar por uma palavra-chave j postada em algum dos forns que esto em aberto. Para ativar esse mdulo, necessrio clicar no boto Ativar edio, e ao abrir o mdulo Box, selecionar o item Busca nos fruns.

Foto do usurio.

Quantidade de resultados encontrados.

Local onde est o resultado.

3.3 ParticipantesO mdulo de Participantes uma ferramenta que traz a quantidade de pessoas cadastradas no curso, contendo informaes como o nome, os dados e tambm o ltimo acesso do mesmo. O mdulo permite a organizao por ordem de alfabtica, cidade/municpio, pas e ltimo acesso. Para configurar a ordem de visualizao, basta que o professor clique em um dos itens e o Moodle ir refazer a ordem os cadastros do curso. Para saber mais sobre um determinado aluno, basta clicar sobre sobre o nome do aluno. O professor pode ainda fazer a visualizao por grupo, ou mesmo trocar o modo de visualizao por um modo avanado, que mostra uma foto um pouco maior do aluno. Para ativar esse mdulo, selecione o item Participantes.

20

UPM

Membros por grupo.

Lista de visualizao. Os dados do professor podem ou no ficar visveis aos alunos.

3.4 ltimas NotciasOutro mdulo que pode ser adicionado pgina principal ltimas Notcias, que funciona como um frum e serve para publicao de avisos. O professor tem uma hora para fazer correes, pois o aviso enviado aps esse prazo. Ao clicar no link Acrescentar um novo tpico..., que se localiza logo abaixo do nome do mdulo, aberta uma nova tela para digitao do tpico.

Nesse item, o professor tambm pode postar um arquivo em anexo, lembrando que o mesmo no pode ultrapassar 2Mb. Aps a digitao dos dados, clique no boto Enviar mensagem ao frum. Como todos os fruns, esse mdulo tambm possui o formato de RSS de envio de mensagens. Para ativ-lo, selecione o item ltimas Nticias.

3.5 Prximo EventoO mdulo de Prximo Evento funciona como um calendrio. Ao clicar no link Calendrio..., o professor levado a uma nova tela que possui do lado direito trs calendrios, sendo um do ms atual, um do ms anterior e outro do ms posterior. No centro da tela, sero exibidos os itens que existem no dia. No caso do professor possuir mais de um curso, possvel que ele veja todos os eventos em uma nica pgina.

21

UPM

Caso o professor queira fazer alguma nova configurao no item de calendrio, basta clicar no boto Preferncias... e os seguintes itens podero ser alterados: - Formato de visualizao da hora. - Primeiro dia da semana. - Nmero mximo de prximos eventos. - Previso de prximos eventos. - Lembrar configurao dos filtros. Para ativar esse mdulo, selecione o item Prximo Evento. Caso o professor queira postar um novo evento, basta clicar no boto Novo evento. O professor deve publicar o nome, sua descrio, a data de publicao, a durao e sua repetio. Funcionar como a agenda do professor, a qual os alunos no tero acesso. Para finalizar, selecione o Tipo de evento para destinar a um usurio, a um grupo ou ao curso.

3.6 CalendrioO mdulo Calendrio serve para a conduo do curso uma vez que o mesmo tenha vrias atividades com datas. Existem quatro tipos de eventos: - Eventos globais: so eventos postados pelo Administrador de sistema para todos os usurios do Moodle. - Eventos do curso: so eventos agendados pelo professor do curso para os seus participantes. Melhor visualizado quando o professor habilita o mdulo Calendrio - Eventos do grupo: so eventos agendados pelo professor ao grupo j criado, sendo possvel existirem eventos para grupos individualizados. - Eventos do usurio: o professor ou os alunos do curso podem usar esse evento para criar sua prpria agenda, que pode ser vista em qualquer lugar do Moodle.

4 Adicionar Materiais4.1 Criando um Glossrio do Curso

22

UPM

Ao iniciar o curso, interessante que o professor crie um dicionrio de palavras mais tcnicas que o aluno pode vir a encontrar no curso. Para criar um glossrio, o professor deve primeiramente ativar o modo Ativar Edio, escolher uma das sesses de aula, e, no menu de "Adicionar atividade..., escolher a categoria Glossrio.

Aps a seleo da categoria, uma tela abrir, na qual se deve definir o nome desse dicionrio, com uma breve descrio. Ainda dentro desse item, o professor pode configurar o nmero de vezes que a mesma palavra receber a referncia por pgina. Muito til quando os alunos tm permisso de adicionar vocbulos a esse dicionrio, tornando-o mais rico.

4.1.1 Inserindo itens no GlossrioAps a criao de um glossrio, preciso definir as palavras e as devidas explicaes que faro parte. Caso o professor j tenha ministrado outros cursos, possvel usar uma ferramenta contida dentro do prprio glossrio, que Exportar e Importar itens, criando, desta forma, um dicionrio de termos mais comuns j produzidos. No caso de o professor ainda no ter produzido nenhum dicionrio, basta entrar no glossrio criado e clicar em Inserir novo item. Ao introduzir um novo conceito, o Moodle tambm permite ao professor adicionar uma imagem ou arquivo relacionado, fazendo com que a explicao fique rica em detalhes.

23

UPM

Nome do conceito a ser adicionado.

Nomes alternativos para o conceito.

Permisso para criao de link.

Definio do conceito. Anexo para complementar a descrio do curso.

4.1.2 Links automticosQuando o professor cria o Glossrio, os contedos que forem escritos posteriormente criaro vnculos com os verbetes/explicaes/conceitos contidos nos dicionrios, fazendo que com vrios mdulos, sesses e contedos criem relaes entre si, sendo gerados automaticamente. Contudo, se desejar que em um lugar especfico o link no aparea, basta escrever a palavra entre as tags . Desta forma, essa palavra no criar a relao com o glossrio.

Comando ignorando o link em um texto.

4.2 Criando uma pgina de texto simples e uma pgina WebPor ser um ambiente baseado em Web, o Moodle possui caractersticas de um editor HTML, no qual se pode escrever um texto simples ou, ento, algo mais sofisticado com link para imagens, arquivos, sites. Outro detalhe interessante do Moodle que ele trabalha com smilies ( ), o que permite que, tanto os alunos quanto os professores possam expressar emoes por meio de imagens predefinidas no ambiente. 24 UPM

Para criar um texto simples, basta escolher uma das sesses de aula, e no menu de Adicionar Material... escolher a categoria Criar uma pgina de texto simples. Agora, se preferir uma pgina Web, basta seguir o mesmo processo s que a categoria deve ser Criar uma pgina web. Opes no menu Adicionar material.

Um facilitador muito til na criao de uma pgina de texto simples o fato de o professor poder digitar apenas o endereo de um site. O Moodle far o link para pgina referenciada que ser aberta em outra janela. Para isso, selecione o link e clique sobre o boto Inserir link web , contido na barra de ferramentas web.

No final, quando o professor clicar em salvar, ser exibido o arquivo conforme foi criado. Caso queira alterar algum item, basta clicar no boto Atualizar Material.

4.3 Plugins MultimdiaO Moodle permite o uso de mdias como MP3, Flash, filmes (QuickTime) etc. para maior interao na apresentao.

4.4 Inserir rtuloEsse recurso serve para que o professor crie um descritivo do que o aluno poder encontrar na sesso (Aula), ou apenas exibir uma imagem.

Opes no menu Adicionar material.

Sesso de aula 1. Rtulo com texto e imagem. Arquivos de aula. Sesso de aula 2. Rtulo com texto e imagem. 25 UPM

5 Adicionar atividades...No menu Adicionar Atividades..., o professor comea a interagir com os alunos do curso por meio da criao de atividades, fruns, agendas, lista de presena, exerccios, glossrios, calendrios etc. Para iniciar qualquer mdulo, clique nesse menu.

5.1 Agenda de AtendimentoA Agenda de Atendimento permite ao professor disponibilizar um horrio determinado em que possa atender aos alunos.

Opes no menu Adicionar atividade.

Aps acessar o item, ser aberta a tela para descrio da agenda. Digite um nome para o atendimento e uma descrio. Essa tela permite a edio Web, bem com a criao de links, tabelas, imagens etc.

26

UPM

Tela de descrio da Agenda de Atendimento. Aps definir esse passo, na tela seguinte, deve-se definir os horrios de atendimento, o dia, a hora inicial, a hora final, e se quer que o programa se encarregue de dividir o horrio em perodos. Nessa tela ainda, o professor pode ver quantos alunos possuem cadastros no curso. O aluno no consegue desmarcar o horrio, mas consegue alter-lo mediante a listagem de horrios disponveis. Outro recurso da agenda a possibilidade de envio de mensagem aos membros do curso, por meio do qual aberto o e-mail configurado na mquina para o envio de uma mensagem a todos os alunos. Por isso, importante que o cadastro do aluno tenha um e-mail vlido e que ele acesse-o com freqncia. Definindo os horrios disponveis para o atendimento.

Listagem de alunos contidos no curso. Envio de mensagem aos membros.

27

UPM

Aluno definido como atendido pelo professor.

Horrio de atendimento agendado.

Cada aluno s pode agendar um horrio. Ao passar da data definida pelo professor, apenas poder visualizar as informaes.

Tela do aluno com as informaes para agendamento. 28 UPM

5.2 Atividade Hot PotatoesO Hot Potatoes um programa que permite criar seis tipos de exerccios interativos (Mltipla escolha, resposta curta, sopa de palavras, palavras cruzadas, correspondncia e preencher espaos). Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades..., como visto na pgina 25. Ao trabalhar com as atividades do Hot Potatoes, preciso j ter os arquivos criados no programa, uma vez que o Moodle apenas as manipula. Primeiro, deve-se definir o nome da atividade e sua descrio, logo aps esse passo, o professor deve escolher a data e a hora de incio da atividade. Caso seja escolhida uma data futura, a atividade s ficar disponvel nessa data. obrigatria a escolha da data de trmino da atividade. Passada a escolha da data e hora, o professor deve escolher o arquivo que ele j tem criado no Hot Potatoes, clicando no boto Escolher ou enviar arquivo.... Em seguida, selecione os arquivos e clique no link Escolher. Pasta criada dentro da pasta raiz para armazenar os arquivos do Hot Potatoes.

Atividade a ser selecionada, criada no Hot Potatoes.

Com o arquivo carregado e o tipo de navegao escolhido, deve-se selecionar o formato de publicao. Esse formato referente a qual tipo de navegador de Internet consegue ver a atividade. Definido o formato de publicao, o professor pode configurar o prximo item que ser Forar plugins para multimdia. Esse item faz com que os arquivos executem ou no em um software especfico. Caso a opo seja Sim, o Moodle, far a converso automaticamente. Configurado o uso de plugins, necessrio que o professor configure o item Mostrar a prxima atividade. Essa opo permite que o Moodle faa a exibio das atividades subseqentes, ou em caso de no-existncia, retorne pgina principal do curso. Se a opo definida for No, ao encerrar a atividade ser exibida a tela de resultados e, logo em seguida, a tela principal do curso.

29

UPM

O prximo item a ser configurado Permitir a reviso faz com que o aluno tenha acesso s suas respostas somente aps a data de encerramento da atividade. O professor pode ainda definir se usar ou no critrios de notas para essa avaliao, definindo assim a nota mxima que um aluno pode conseguir com a atividade. No menu Mtodos de Avaliao, o professor pode configurar como ser feita a avaliao, no caso da mesma permitir mais de um acesso. Esses mtodos esto divididos por Nota mais alta (nota mais alta obtida nas tentativas), Mdia dos resultados ( a mdia das notas obtidas durantes as tentativas), Primeira Nota (no importa a quantidade de vezes que o aluno acesse o Moodle s validar a primeira nota) e ltima Nota (vale a ltima nota conseguida na atividade). Aps configurar o mtodo de avaliao, o professor deve informar para a atividade o nmero de tentativas que um aluno pode ter naquela atividade. No final da pgina de criao de atividade do Hot Potatoes, possvel definir dois itens como acesso com senha e endereamento de rede. O primeiro permite que o professor crie uma avaliao fechada dentro do seu curso, podendo permitir que apenas alguns alunos realizem a mesma. J o item de endereamento de rede usado para atividades que tenham acesso restrito a um determinado endereo na Internet. Depois de definido todos os parmetros, basta clicar no boto Salvar mudanas e ser exibida a tela da atividade, informando o tempo que a mesma ficar disponvel para o acesso dos alunos. Caso o professor tenha selecionado um tempo e deseje alter-lo, basta clicar no boto Atualizar atividade Hot Potatoes. Tempo que a atividade ficar disponvel.

Caso o professor tenha definido que o aluno s ter apenas uma tentativa, o mesmo receber a seguinte mensagem:

30

UPM

Mensagem dada ao aluno.

5.2.1 Relatrio de atividades Hot PotatoesCom o fim da atividade, o professor pode querer um relatrio de acessos e notas da atividade. Para isso, volte pgina principal do curso e clique no item Atividade Hot Potatoes.

Dentro do item, sero exibidas todas as atividades criadas, com as informaes de qual tpico se encontra a atividade, o nome dado, data de encerramento, melhor nota e o relatrio de tentativas. Ao clicar no link Mostrar relatrio contido dentro de cada atividade, sero exibidas mais informaes sobre os acessos realizados.

Link do relatrio da atividade.

31

UPM

Filtros dos relatrios.

As formas de relatrio Estatstica simples e Estatstica detalhada exibem o resultado das atividades concludas. As em andamento ou abandonadas no so informadas no relatrio. O relatrio ainda tem a possibilidade de ser extrado em dois formatos: arquivo xls (MicrosoftExcel) ou txt.

5.3 Atividade de AvisoO quadro de avisos serve para que o professor publique e envie uma informao do curso. Essa informao exibida na tela principal do curso como um item de um determinado tpico. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades.

Opes no menu Adicionar atividade.

32

UPM

5.4 Atividade de ChatA atividade Chat permite ao professor criar uma sala de discusso entre os participantes do curso. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades.

Opes no menu Adicionar atividade.

33

UPM

Divide em grupo o bate-papo.

Quando o evento de chat definido, o mesmo exibido com uma cor na agenda de evento. Um recurso interessante que o professor pode separar dentro da sala os integrantes por grupo.

Nome da sala. Abre a sala para conversa. Descrio da sala. Quando um usurio deixa a sala, exibida uma mensagem para todos os participantes ou somente para o grupo, informando que determinado participante acaba de deixar a sala. Aps a conversa, caso queira ver o histrico do bate-papo, clique no link Ver sesses encerradas. Histrico de conversa.

34

UPM

Desta forma, os usurios podero saber o que se passou durante a conversa.

5.5 Atividade de CompromissoA atividade no est ativa no Mackenzie.

5.6 Atividade de DilogoA atividade Dilogo permite ao professor interagir separadamente com um grupo ou com todos os participantes do curso. Funciona de forma semelhante ao chat, mas no h a obrigatoriedade do aluno acessar em determinado horrio para a conversao. Ela pode ocorrer de forma assncrona. O dilogo funciona at que o aluno ou professor encerre a atividade.

35

UPM

Configuraes de grupos e tempo de exibio.

Com as configuraes feitas e salvas, o Moodle abrir uma nova tela, mostrando quem participar do dilogo. No caso de grupo, sero exibidos os componentes relativos a esse grupo. Definida essa primeira parte, basta iniciar o assunto e a conversa com todos os itens preenchidos, clicando em Iniciar Dilogo.

Status de situao da mensagem.

Escolha de grupo ou aluno.

Inicia o dilogo. Aps a mensagem ser enviada, exibido um status avisando a todos que o dilogo est aguardando a resposta de outra pessoa. Para recomear um dilogo, basta clicar no boto Iniciar um dilogo, e realizar novamente o processo de escolha de usurio, assunto e pergunta. At que seja pressionado o boto Encerrar, o dilogo continua a funcionar.

36

UPM

5.6.1 Dilogos EncerradosAo clicar no item de Dilogos Encerrados, so exibidas todas as conversas feitas. Caso o aluno ou professor tenha interesse em reler, basta clicar sobre o nome do usurio. Boto de dilogos encerrados.

Listagem de dilogos encerrados.

5.7 Atividade de DirioA atividade Dirio permite que o professor converse separadamente com o aluno e que o mesmo relate suas experincias progressivamente, podendo contar com as respostas do professor. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades..., como visto na pgina 25. Cada estudante tem um dirio, e o contedo s pode ser visto por ele e pelo professor. Podem-se criar tantos quanto desejados: um por semana, um por tpico, um por captulo etc. Assim, possvel observar a evoluo do processo de aprendizagem e habilidade de redao de cada estudante, podendo-se atribuir uma nota durante a resposta da avaliao para o professor. Alm disso, o dirio pode ficar disponvel por alguns dias ou no. Caso o dirio seja somente do professor, ele pode definir como visvel ou no aos alunos. Aps a configurao, aberta uma tela na qual o usurio, seja professor ou aluno, poder escrever seus dirios separadamente, sem a visualizao dos demais participantes. Para iniciar o processo de escrita, basta clicar no boto Iniciar ou editar minha anotao no dirio.

Ao clicar no boto iniciar ou editar, os usurios do curso comeam a editar seus dirios separadamente.

Ver todas as anotaes no dirio permite ao professor ler todos os textos dos alunos do curso e avali-los.

37

UPM

Quando o professor clica sobre o item Ver todas as anotaes no dirio, aparece a seguinte tela:

Anotao feita pelo aluno. Nota atribuda pelo professor. Campo de resposta do professor.

O professor pode tambm pedir para ver o dirio de um grupo, sendo assim no abrir na tela todos os alunos, mas sim somente os alunos daquele determinado grupo. Nota atribuda pelo professor para o dirio do aluno.

Mensagem de retorno do professor.

Quando o aluno acessar o seu dirio, ele ver a mensagem de retorno (feedback) do professor, bem como uma nota (caso o professor tenha interesse em atribu-la) em seu dirio.

5.8 Atividade de EscolhaA Atividade de Escolha funciona como uma enquete. O professor pode elaborar uma pergunta com diversas opes de resposta. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades..., como visto na pgina 25. Ao entrar na opo de escolha, o professor deve, inicialmente, definir um ttulo e o texto de apresentao da atividade. Ao terminar os campos padro, surgiro os campos de escolha. Neles, o professor deve definir as respostas, podendo usar dez

38

UPM

campos definidos pelo Moodle ou quantos achar necessrio. Os espaos em branco no so considerados usados.

Opes disponveis para escolha.

Escolha do limite de votos.

Na frente de cada Escolha, existe uma lacuna chamada Limite. Esse limite pode ser definido no final das perguntas como ativo ou no, e serve para que o professor diga at quantos votos pode ter cada opo. Quando esse contador atingir o nmero limite definido pelo professor, essa opo ficar indisponvel para os demais participantes do curso. Apesar do limite, cada aluno s pode votar apenas uma vez na enquete. O professor pode tambm definir uma data em que ficar disponvel essa enquete, como o dia em que ser aberto, seu horrio e a sua data de trmino. possvel tambm configurar o tipo de visualizao das questes, se elas sero exibidas abaixo ou ao lado da pergunta, bem como a visualizao do resultado pelos estudantes durante o processo ou final da mesma.

Visualizar respostas.

Opes usadas.

Limite de votos e votos dados.

39

UPM

Opo de escolha.

Caso o professor necessite de um relatrio em Excel ou bloco de notas, clique no link Ver respostas. Em seguida, o professor visualizar os votos at o momento e h a possibilidade de relatrios.

5.9 Atividade de ExerccioA Atividade de Exerccio auxilia o professor a publicar uma proposta em Word ou formato HTML, e os grupos a fazer anlises e avaliaes. Ao final, gera relatrios e os publica para que outros integrantes possam realizar a avaliao tambm. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades. Primeiramente, o professor deve configurar os itens de ttulo, notas e critrios de avaliao; quantos elementos sero usados para gerar essa avaliao; os critrios usados; se o exerccio ter senha ou no; o tamanho de arquivo que o aluno pode enviar para o curso, e o prazo final de entrega dos arquivos.

5.9.1 Estratgia de avaliaoO sistema de avaliao bastante flexvel. Podem-se escolher as alternativas descritas a seguir: Sem nota: nesse item, o professor no atribui nenhuma nota aos trabalhos enviados, e os alunos podem fazer comentrios sobre os seus trabalhos e os dos colegas. Assim, permitido dar notas aos comentrios.

40

UPM

Avaliao Acumulativa: o elemento de avaliao acumulativa permite ao professor atribuir um elemento. Ao elemento, permitido se atribuir uma escala que pode variar de um simples Sim/No at porcentagem de 0 a 100%. Aps definir essa escala, ainda atribudo um peso aos elementos. A alterao dos pesos no altera a nota final.

Critrio: uma nota que atribuda por uma srie de critrios, ou seja, o aluno atribuir sua nota de acordo com os critrios que o professor definir.

Rubrica: uma nota que composta de um critrio, um peso e mais quatro comentrios.

41

UPM

Aps realizar as configuraes bsicas e de critrios, aberta uma nova tela na qual o professor postar o primeiro arquivo.

Modificar o exerccio.

Modificar critrios de avaliao.

A Administrao permite visualizar o arquivo enviado.

No primeiro boto Configurar exerccio, clique em Administrao para ter acesso s informaes que foram definidas pelo professor, como a nota, prazo de entrega, podendo fazer alterao dos mesmos por meio do boto Atualizar Exerccio. Caso a modificao seja no critrio de avaliao, basta clicar no boto Alterar elementos da Avaliao. Em seguida, o professor precisa enviar a descrio do exerccio para somente depois liberar o envio de atividades por parte dos alunos. Para isso, ele deve clicar sobre o link Enviar descrio do exerccio. Com o envio da descrio de exerccio, o professor deve permitir que o aluno tambm possa realizar o envio do arquivo. Para isso, deve clicar no item Permitir Aluno envios e avaliaes. Nele, o professor, primeiro, permitir que os alunos possam postar, e tambm ter acesso ao envio das avaliaes dos estudantes.

42

UPM

Liberar o envio do arquivo.

Quando o aluno entrar para fazer o exerccio, ele ter de fazer uma avaliao do documento enviado pelo professor.

Arquivo para leitura e avaliao.

Critrios de avaliao.

O professor ter o material avaliado igual ao do aluno. O aluno, quando clicar no link Avaliar, abrir uma nova tela por meio da qual ter acesso ao arquivo, e poder avaliar o material. Ao finalizar, o aluno no pode enviar um arquivo maior que o permitido. Para que o professor possa avaliar, clique no item Permitir Aluno envio e avaliaes. Na primeira parte, o professor ter acesso s notas que os alunos deram ao seu projeto.

43

UPM

Na segunda parte da tela, o professor ter acesso ao material dos alunos do curso. L, ele poder fazer o mesmo processo de avaliao feito pelo aluno, clicando no link Avaliar. Permite ao professor avaliar a tarefa do aluno.

O professor tem todas as permisses sobre o arquivo do aluno, desde modificar o ttulo at exclu-lo. Durante o processo de avaliao, o professor pode aplicar os conceitos e fazer comentrios sobre os itens que foram determinados na avaliao. possvel deixar um comentrio geral sobre o trabalho para o aluno. Aps deixar esse comentrio, o professor pode ou no permitir que o aluno faa o envio de um novo arquivo com as correes solicitadas.

44

UPM

Elemento que est sendo avaliado.

Comentrio sobre o arquivo de modo geral.

Comentrio sobre o item.

Professor permite ou no o envio de outro arquivo para avaliao.

5.10 FrumO Frum um espao de discusso no qual, geralmente, colocada uma questo ou uma opinio, permitindo a troca de informaes entre aluno e professor, professor e professor e aluno e aluno. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades.

Tipos de fruns que podem ser abertos.

5.10.1

Cada usurio inicia apenas um novo tpico

O Frum pode ser configurado para que cada aluno abra um tpico, mas que possam responder inmeras vezes a qualquer um. Esse mdulo pode ser usado para que cada aluno se torne um professor de sua atividade, ou seja, no caso de uma 45 UPM

apresentao, o aluno pode assumir a explicao de um determinado frum, ocupando o papel do professor.

5.10.2

Frum Geral

Nesse tipo de Frum, os alunos podem abrir quantos tpicos julgarem necessrios. um mdulo aberto para que todos possam responder e criar novos itens.

5.10.3

Discusso Simples

Nesse item, o professor abre um debate em que todos podem intervir ora como aluno, ora como professor, mas sobre um nico tema. Pode-se tambm configurar as permisses que o aluno ter na atividade do frum. Elas permitem ou no o envio de mensagens pelos participantes.

Permisses no frum.

5.10.4

Novos tpicos e respostas permitidos

Esta opo permite que tanto o aluno quanto o professor crie fruns, e responda s mensagens em tpicos criados. No existe restrio quanto ao nmero de mensagens enviadas.

5.10.5 Novos tpicos proibidos e respostas permitidasEsta opo permite que somente o professor tenha a permisso de criar tpicos para que os alunos debatam entre si.

5.10.6

Novos tpicos e respostas proibidos

Essa opo permite que o professor utilize o frum como um quadro de avisos ou uma agenda de notcias. Somente o professor pode criar novos tpicos e mensagens. Assim como nos Exerccios, o Frum permite o envio de arquivos, sendo limitados em at 2Mb.

46

UPM

Avisos de mensagens.

O professor pode usar o Frum tambm como um instrumento de avaliao. Pode permitir que todos possam avaliar as mensagens, ou ento, somente ele pode avalilas. Nesse item de avaliao, pode-se permitir se o aluno ter ou no acesso informao de nota dada para essa mensagem e qual ser o critrio de nota utilizado.

6 LivroO Livro um material de estudo com vrias pginas. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades..

Nome: nome do livro, como ser visto pelos alunos. Sumrio: descrio do contedo do livro. Numerao de sees: Refere-se maneira de enumerar captulos, e divide-se em quatro nveis.

6.1 NadaNesse item, a numerao de sesso no formata os ttulos de captulos e subcaptulos. usado para definir um estilo especial de numerao. Por exemplo, letras: no ttulo do captulo escreva "A Primeiro captulo", "A.1 Algum sub-captulo",... 47 UPM

6.2 NmeroNesse item, a numerao de sesso captulos e sub-captulos so enumeradas (1, 1.1, 1.2, 2, ...)

6.3 BolinhaFaz com que os sub-captulos fiquem identados, tendo uma bolinha na frente.

6.4 IdentaoFaz com que os sub-captulos fiquem identados. O Livro ainda permite ao professor liberar ou no a impresso, alm de configurar se os ttulos sero ou no personalizados. Ao terminar a configurao, o Moodle enviar o professor para uma prxima tela na qual ele comear a escrever o livro, podendo importar artigos de arquivos j prontos, dando preferncia para pginas em HTML.

Importa pginas prontas.

Aps a publicao, o livro ficar disponvel para os alunos. Clique no cone adicionar mais captulos.

para

Captulos.

48

UPM

7 LioO mdulo Lio permite ao professor inserir um contedo flexvel no curso. O estudo pode, desta forma, ser linear, ou se o professor preferir, pode ser algo mais interativo, dependendo somente da construo do contedo. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades..., como visto na pgina 25.

7.1 Configurao GeralCom o nome da lio definido, o prximo item determinar o tempo em que esta lio ser realizada. Caso o tempo seja definido como sim, ser preciso determinar os minutos e o nmero de respostas possveis como alternativas.

7.2 Configurao de avaliaoEsta segunda parte da configurao da lio refere-se aos instrumentos de avaliao. Aqui ser configurado se o exerccio ser ou no uma prtica (no caso de sim, a nota no entrar na grade do aluno), podendo tambm criar um pontuao personalizada que permita dar pontos quando a questo acertada. Em nota mxima, define-se o valor de porcentagem que o aluno pode atingir na atividade. E como opes finais da configurao, o professor pode definir o mtodo que ser usado para o clculo do resultado e se o aluno ter acesso pontuao durante a atividade.

49

UPM

7.3 Configurao do controle de fluxoNesta etapa, o professor configurar o controle de fluxo que se refere ao que o aluno poder fazer durante a atividade ou aps respond-la. O professor pode permitir ou no que o aluno tenha acesso resposta correta da reviso.

7.4 Configurao da formatao da lioEssa configurao permite ao professor formatar a visualizao da lio. Se for definido como slides, o professor pode configurar largura e altura, cor de fundo da apresentao (essa cor definida em hexadecimal) e barra de navegao.

7.5 Configurao do controle de acessoA configurao de controle de acesso permite que essa atividade tenha ou no uma senha de acesso, podendo ser distribuda apenas a uma pessoa ou a um grupo. H tambm a configurao do prazo de utilizao.

7.6 Configurao de OutrosComo ltimo parmetro de configurao da lio, tem-se o item Outros. A Vista em forma de ramos mostrar uma lista das pginas em azul e as perguntas da lio, em vermelho.

50

UPM

Caso o professor deseje fazer um comparativo da turma, ele pode exibir as notas mais altas obtidas no decorrer da lio, bem como a quantidade de notas mais altas visualizadas.

7.7 Colocando contedo em uma lio7.7.1 Importar questesEssa funo permite que o professor carregue um arquivo externo para dentro do Moodle e que o mesmo vire questes. S sero aceitos alguns formatos predefinidos pelo prprio Moodle. Alguns desses formatos so:

7.7.1.1 Formato GIFTFormato de mais fcil utilizao para se importar questes para o ambiente Moodle. Este formato foi projetado para representar um mtodo fcil de escrever questes em um arquivo texto. Suporta questes do tipo mltipla escolha, verdadeiro/falso, resposta curta e questes numricas, alm de questes do tipo completar lacunas. Questes dos diversos tipos descritos podem ser colocadas em um mesmo arquivo texto. possvel ainda colocar comentrios, nomes das questes, feedback e valor da questo. Alguns exemplos so apresentados a seguir. Pel {=brasileiro ~argentino ~boliviano} Tiradentes foi {~queimado =enforcado ~eleito}. O Brasil uma monarquia.{FALSE} Em que ano foi descoberto o Brasil?{#1500}

7.7.1.2 Formato AikenO formato Aiken uma maneira simples de criar questes de mltipla escolha. Abaixo, um exemplo: Qual o objetivo dos primeiros socorros? A. Salvar vidas evitando maiores danos. B. Providenciar uma consulta mdica. C. Marcar uma cirurgia. D. Ajudar pessoas com dificuldades financeiras. ANSWER: A

51

UPM

7.7.2 Inserir pgina com painel de navegaoServe para criar uma pgina de abertura da lio. Cria-se, desta forma, um ndice da lio. O nmero de links deve ser definido no item de configurao. Esses links funcionaro como um boto de navegao para as atividades ou questes.

7.7.3 Inserir pgina com questes aquiEssa funo permite ao professor criar o prprio tipo de questo no Moodle.

O ideal que o professor crie, inicialmente, as pginas de navegao, faa os links, e depois, crie as atividades e os links entre elas. Ao definir que a lio no ter mais questes, preciso voltar tela de painel de navegao e definir o fim da sesso, criando assim um item no final da pgina que mostrar ao aluno o final da atividade.

8 ObjectsO mdulo Objects permite ao professor usar objetos e aprendizagem j criados para ilustrar uma determinada atividade. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades. Atualmente, no Mackenzie, s esto instalados os mdulos de matemtica, que so decises matemticas e quebra-cabeas com tringulos. Primeiro, deve-se escolher um dos mdulos, clicando em Browser for an Object.... Depois de escolhido o mdulo, preciso dar um ttulo para a tarefa e sua explicao.

9 Pesquisa de avaliaoO mdulo Pesquisa de Avaliao permite ao professor criar um questionrio de avaliao do curso. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades.

52

UPM

As perguntas j esto armazenadas no prprio ambiente, no permitindo edio, e esto divididas em dois grupos. Primeiro, o professor deve dar um nome para essa pesquisa de avaliao, para somente depois escolher o tipo de pesquisa que ser usado.

9.1 Tipo de pesquisa - ATTLS um tipo de pesquisa para medir o aprendizado on-line e off-line do aluno. So vinte questes referentes aprendizagem e reflexes crticas com relao postura do aluno e atitude.

9.2 Tipo de pesquisa Incidentes CrticosA pesquisa de Incidentes Crticos composta de cinco perguntas que so respondidas por extenso.

53

UPM

9.3 Tipo de pesquisa - COLLESA pesquisa COLLES dividida em trs grupos, cada uma relativa a um tipo de avaliao referente experincia, expectativas, ou ento, um comparativo entre experincia e expectativas: Relevncia: Perguntas referentes aprendizagem do aluno. Reflexo Crtica: Perguntas crticas sobre a forma como se aprende. Interao: Como os alunos interagem com os companheiros do curso. Apoio dos tutores: Perguntas de forma simplificada referentes ao ensino do professor e o nvel de entendimento do aluno. Apoio dos colegas: Parte das perguntas com relao interao dos demais participantes do curso. Compreenso: Perguntas referentes ao nvel de assimilao de contedo obtido pelo aluno.

Por ltimo, o aluno pode fazer uma estimativa de quanto tempo demorou em responder ao questionrio, alm de preencher um breve comentrio.

10 PortflioO mdulo Portflio uma rea na qual o professor cria um ambiente para que os alunos postem diversos contedos, submetendo-os a apreciao da turma. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades. O professor apenas controla o contedo, publicando comentrios referentes aos portflios dos alunos.

54

UPM

Tela de criao do Portflio.

Arquivos postados.

Notificao de comentrios.

11 PresenaO mdulo Presena permite ao professor registrar a presena do aluno em uma atividade on-line ou off-line. Essa marcao pode ser manual ou automtica, feita pelo sistema.

Valor mximo para a avaliao da presena - define a nota mxima para a presena total em um curso. Este o valor de referncia para o clculo das notas em caso de presena parcial. A nota prevista para a ausncia total zero. Ao clicar no boto Adicionar listas de presenas mltiplas, o professor pode definir uma data de incio da lista e trmino da mesma, alm de definir os dias em que sero contabilizados os acessos.

55

UPM

Aps criar a lista, preciso que o professor ative-a, bastando para isso entrar na lista e clicar em Registrar presenas no canto superior direito da tela. Ao fazer essa ativao, o professor pode ainda marcar falta ou presena para qualquer aluno.

12 QuestionrioO mdulo Questionrio permite ao professor criar um banco de questes que pode ser reutilizado em outros questionrios. Os questionrios compreendem, entre outros modos, a definio do perodo de disponibilidade, a apresentao de feedback automtico, diversos sistemas de avaliao e a possibilidade de diversas tentativas. Questes: mltipla escolha, verdadeiro ou falso e respostas rpidas. Para acessar a atividade, clique em Adicionar Atividades. Inicialmente, preciso configurar o nome do questionrio, uma pequena explicao e sua data de incio e trmino.

56

UPM

Os questionrios permitem a definio de um tempo para resposta por questes, o nmero de questes por pgina, configurar que as mesmas tenham uma ordem aleatria, nmero de tentativas, se a tentativa atual depende da anterior, o critrio de notas e as permisses que ele ter.

12.1 Editando o questionrioA tela a seguir explica a montagem do questionrio. Do lado direito, est a regio reservada ao banco de questes (dividido em categorias) e, do lado esquerdo, as questes que fazem parte do questionrio.

Clicando no boto Editar categoria para criar a categoria da questo.

Durante a criao do banco de questes, ideal que se use os ttulos de forma a criar uma categoria, ou ento, captulos para facilitar a localizao. medida que o curso for evoluindo, essas questes podem ser usadas a qualquer momento na elaborao de um novo questionrio. permitido ao professor importar questes vindas de outros cursos on-line e em outras plataformas.

57

UPM

12.2 Adicionando categoriaPara comear a editar uma questo, necessrio primeiro criar uma categoria, bastando clicar no boto Editar categoria. Quando uma categoria possui questes, ela no permite ser apagada antes de suas excluses. Quando uma categoria criada a mesma entra no final da listagem. Caso o professor queira coloc-la em primeiro lugar, preciso usar as setas de ordem. Criao da categoria.

Categorias j criadas.

Criada a categoria, o prximo passo criar as questes. Para isso, basta rolar a pgina e clicar no boto Continuar.

12.3 Criando questesAps criar a categoria, necessrio definir o tipo de questes que ser usado. O Moodle permite criar at dez tipos diferentes de questes, alm de aceitar perguntas j criadas em outros ambientes de Ensino Distncia.

Categorias j criadas.

Tipos de questes possveis.

58

UPM

12.3.1

Questes de Mltipla Escolha

As questes de mltipla escolha podem se dividir em dois modos: resposta nica ou resposta mltipla. Toda questo tem uma mensagem de retorno, o feedback, podendo ser padro ou personalizada para auxiliar o aluno. As questes tambm podem ser criadas em torno de uma imagem j previamente guardada na pasta de arquivos. Ao entrar nessa atividade, ela perguntar qual categoria atrelar essa pergunta. Ao definir a categoria, ser necessrio digitar um nome para que essa questo fique guardada no banco de dados. Esse nome ser a referncia da questo. Ao finalizar o nome e a categoria, pode-se atribuir uma imagem a ela. A atividade de mltipla escolha ainda permite ao professor definir uma penalidade para cada erro cometido na questo.

Resposta nica ou mltipla.

12.3.2

Questes de Verdadeiro/Falso

As questes de verdadeiro ou falso tm caractersticas muito parecidas com as de mltipla escolha. Sua diferena est no processo do professor dar um feedback para o aluno ao errar ou acertar a questo.

59

UPM

Feedback com a resposta correta.

12.3.3

Questes de Resposta Breve

As questes de Resposta Breve tm caractersticas muito parecidas com as de mltipla escolha e verdadeiro/falso. Uma caracterstica da Resposta Breve est no fato dela ser sensvel a letras maisculas e minsculas.

12.3.4

Questes de Resposta Numrica

Como o prprio nome diz, esse tipo de questo tem como valor final um valor numrico. Dentro deste valor numrico, pode ser definida uma margem de erro aceitvel, sendo para um valor maior ou menor quele que foi definido. Por exemplo, o professor resolve desenvolver um exerccio de verificao sobre os votos em uma determinada eleio. Esse tipo de dado permite que se tenha uma margem de erro de at 5% para mais ou para menos do valor obtido. Outro acerto que esse tipo de resposta permite ao professor, parametrizar a unidade que ser utilizada para a resposta. Para permitir unidades alternativas na resposta possvel defini-las nos campos de Unidades Alternativas. Por exemplo, se a resposta for 1 m possvel decidir aceitar tambm 100 cm. Neste caso, o campo Multiplicador vale 100 e o campo unidade cm. Para nmeros no-inteiros, devem-se usar pontos decimais e no vrgulas. possvel entrar em contato com o Administrador de seu ambiente Moodle para que ele permita o uso de vrgulas.

12.3.5

Questes de Associao

A associao permite ao professor elaborar uma questo que ser embaralhada automaticamente. obrigatrio criar ao menos trs questes para que se exista uma associao.

12.3.6

Questes de Descrio

60

UPM

Esse tipo no necessariamente uma questo, e sim apenas um texto explicativo de um questionrio, servindo de referncia para as questes. Assim como nos demais editores de questes, possvel adicionar uma imagem.

12.3.7 Questes Aleatrias de Associao com respostas BrevesAs Questes Aleatrias apresentam questes subordinadas e diversas respostas. Cada questo corresponde a apenas uma resposta correta. As questes tm pesos iguais para o clculo da nota. As questes e as respostas so escolhidas aleatoriamente entre as Questes com Resposta Breve de uma categoria. Cada tentativa de resposta de um questionrio ter um conjunto de perguntas e respostas diverso. O banco de questes (na categoria) deve ter pelo menos duas questes com respostas breves. Essas questes no precisam ser colocadas no questionrio.

Introduo. Questes que sero usadas.

12.3.8

Questes de Preenchimento (Cloze)

As questes de preenchimento funcionam muito parecidas com o JCloze do Hot Potatoes. A diferena que no Moodle no existe um editor visual para elaborar esse tipo de questo, fazendo com que o professor conhea um pouco de programao para que o mesmo funcione corretamente.

12.3.9

Questes Dissertativas

Como o prprio nome j informa, permite ao aluno dar uma resposta por meio de dissertao.

61

UPM

12.4 Aplicando as questes criadasAps o professor criar o seu banco de questes, ele deve selecionar quais destas faro parte do seu questionrio.

Aes que podem ser tomadas sobre as questes que j esto no banco.

Nota por questo.

Nota mxima.

62

UPM

12.5 Informaes sobre o questionrio criado.Com um questionrio j criado e as perguntas definidas, o professor pode obter algumas informaes e manipular por meio da barra de navegao. Essa barra permite ter a informao sobre o questionrio que est sendo aplicado.

13 Questionrio (phpESP)Esse tipo de tarefa permite a criao de um questionrio de pesquisa complexa com resultados em tempo real.

Primeiro, defina o nome do questionrio com uma breve explicao. Por ltimo, defina a data em que o questionrio ficar disponvel. Esse modelo de questionrio permite que seja definido se a pessoa deve ou no ser identificada ao responder as questes. Nesse campo, ainda possvel eleger quem sero essas pessoas a responderem. No item Questionnarie Type, deve-se definir se esse modelo de questionrio ficar aberto a todos os professores, donos de cursos no Moodle, ou somente a esse professor.

63

UPM

No quadro acima existem alguns modelos que podem ser usados por outros cursos.

Definido os traos padro do questionrio, na prxima tela, sero definidos os dados visuais do questionrio, como ttulo e subttulo (se houver), e informaes adicionais. Caso esses dados necessitem ser enviados para uma pgina de banco de dados, o professor pode informar o endereo da pgina (URL), um e-mail para o qual sero enviados os dados respondidos e pode-se definir um tema com base nos modelos existentes.

14 ScormEsse item no Moodle permite ao professor pegar arquivos de Scorm prontos e apliclos aos alunos. Os Scorm nada mais so do que objetos de aprendizagem que podem ser transportados de um curso para outro sem perder suas caractersticas. 64 UPM

Para criar os pacotes de Scorm so necessrios programas como Reload Editor e o Reload Player, ambos encontrados no endereo http://www.reload.ac.uk/editor.html e http://www.reload.ac.uk/scormplayer.html ou pelo http://lia.dc.ufscar.br/cognitor/

15 TarefaA Tarefa permite ao professor gerar uma avaliao do aluno por meio do envio de um arquivo, um texto on-line ou mesmo off-line, no qual o professor coloca a explicao de um exerccio feito pela turma. A criao da tarefa permite ao professor estabelecer um limite para entrega do arquivo.

15.1.1

Tarefa com envio de arquivo nico

Esse tipo de tarefa permite que o aluno efetue o envio de um arquivo. A partir do arquivo postado, o professor pode realizar uma avaliao e escrever uma mensagem de resposta (feedback), alm de atribuir nota a essa tarefa. Quando o professor atribuir mensagem, o aluno receber uma notificao via e-mail. Um detalhe importante que o material enviado exibe a data do recebimento, o que permite ao professor saber se o aluno enviou a tempo o material solicitado. Esta tarefa tambm permite ao professor definir o tamanho do arquivo para postagem. O professor tambm pode usar um recurso localizado na coluna status para ter acesso avaliao de todos os alunos em uma nica tela (Avaliao Veloz), ou responder um a um.

Antes de ativar Permitir avaliao veloz

65

UPM

Com o Permitir avaliao veloz ativado

15.1.2

Tarefa Texto on-line

A Tarefa de Texto on-line permite ao aluno digitar a tarefa diretamente no Moodle, utilizando o mesmo editor do professor. possvel configurar para permitir ou no o reenvio e comentrios do professor no prprio texto. Essa tarefa tambm pode ser configurada para ficar disponvel a um aluno em uma determinada data e estabelecer limite para entrega da tarefa. Assim como na tarefa com envio de arquivo, o professor aqui tambm pode publicar algo para os alunos.

15.1.3

Tarefa Off-line

A tarefa Off-line permite ao professor disponibilizar os resultados de uma avaliao realizada em sala com os seus comentrios. A tarefa off-line, na verdade, apenas

66

UPM

uma rea na qual o professor pode postar a resoluo de um problema para os alunos sem a interveno dos mesmos. Eles so apenas espectadores.

16 Test of Unconscious IdentificationEssa funo permite ao professor elaborar um teste psicolgico de forma interativa, em Flash, para os alunos.

Para a criao deste tipo de atividade, necessrio que o professar tenha uma noo de programao em XML.

17 Trabalho com reviso (Workshop)Esse mdulo tambm chamado de workshop, pois permite que seja criado um sistema de avaliao os participantes avaliam as atividades dos demais integrantes do curso, permitindo que realizem comentrios sobre a atividade e o envio de anexos.

67

UPM

17.1 Estratgia de avaliaoNenhuma avaliao: O professor no ter o resultado das avaliaes. Os alunos podem fazer comentrios sobre os trabalhos, mas no possvel atribuir nota para os comentrios. Essas notas dos comentrios sero como a nota final de cada aluno. Avaliao acumulativa: Faz com que o trabalho seja dividido em partes avaliadas uma a uma. A nota final a soma das avaliaes parciais. Erro relacionado: Esse tipo de avaliao permite apenas atribuir sim ou no para as partes do trabalho. Conta-se ponto para sim e no se conta ponto para no. Critrio: Para este tipo de avaliao, o professor estabelece um tipo de escala de notas para que os alunos faam suas escolhas. Os alunos escolhem um critrio que, em sua opinio, mais se aproxima do trabalho em avaliao. Rubrica: Semelhante ao critrio, mas, nesse caso, o professor cria comentrios sobre cada uma das partes do trabalho e o aluno escolhe o comentrio que considera mais adequado para cada parte. Ento, o professor faz a avaliao final com base nas escolhas feitas pelos alunos.

17.2 Editando os elementos da avaliaoA tela a seguir permite ao professor realizar a configurao dos instrumentos de avaliao que foram determinados anteriormente.

Aps salvar as mudanas nos elementos da avaliao, o professor levado a uma nova tela na qual tem acesso s informaes que j foram postadas.

68

UPM

Nessa tela, o professor tem acesso ao que j foi postado e avaliado pelos demais alunos do curso, podendo realizar sua prpria avaliao e atribuio de nota. O aluno, por sua vez, s pode postar alguma atividade se a mesma foi feita em modo de texto, a no ser que sejam textos hipermiditicos retirados de pgina da Internet.

Tela de postagem do aluno. Aps o aluno realizar sua postagem, o professor pode identificar quem postou a atividade e avali-la. Basta clicar no link Avaliar.

Avaliao da atividade postada pelo aluno.

Ao entrar nessa tela, o professor poder avaliar o trabalho do aluno.

69

UPM

As notas no so divulgadas antes do trmino da avaliao.

18 VideoconfernciaComo o prprio nome j informa, permite-se criar uma sala de bate-papo por meio do Moodle e o NetMeeting (Microsoft). A primeira tela que se abre quando se entra no mdulo de videoconferncia serve para configurar o assunto e a data da reunio. Ao finalizar este passo, salve as mudanas. A seguir, o Moodle localizar o NetMeeting e a lista de usurios para permitir a chamada.

Quando o usurio est logado, ele pode ver a lista de pessoas e clicar para interagir com quem estiver on-line.

70

UPM

Lista de participantes. Fazer chamada.

Barra de ferramentas do NetMeeting.

19 WikiA atividade Wiki cria uma forma de interao colaborativa entre alunos e professor, permitindo a construo coletiva de uma determinada informao, criando, desta forma, uma verdadeira enciclopdia colaborativa.

Durante o processo de criao, o professor ainda pode limitar a interao somente a um determinado grupo, definir se o formato utilizado para escrever ser HTML ou somente texto sem links, e se sero aceitos arquivos de foto ou no.

71

UPM

Caso o professor tenha um modelo HTML de como ele deseja, ele j pode digitar o material e clicar em salvar mudanas, pois, em seguida, aberta uma nova tela na qual poder ver o resultado do comentrio.

Para comear a escrever, ideal que o professor selecione em outros Wikis o que ele escrever. Para que uma das palavras vire link (conexo para uma prxima pgina), preciso escrev-la na forma Camel Case. Para isso, escreva uma palavra com a primeira e a ltima letra em maiscula. Ento, aparecer uma interrogao prxima palavra escrita como Camel Case. Clique na interrogao e aparecer uma nova pgina que poder ser editada, contendo ou no os novos links. Quando o aluno acessar o curso, ele precisar clicar em editar para escrever o que deseja. Ou ento, deve clicar sobre o cone de ? para escrever sobre aquele determinado link.

72

UPM