ULTRASSONOGRAFIA GERAL - cbr.org.br · PDF file CONCESSÃO DO TÍTULO DE...

Click here to load reader

  • date post

    18-Jan-2019
  • Category

    Documents

  • view

    224
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of ULTRASSONOGRAFIA GERAL - cbr.org.br · PDF file CONCESSÃO DO TÍTULO DE...

EXAME DE SUFICINCIA PARA CONCESSO DO TTULO DE

ESPECIALISTA

ULTRASSONOGRAFIA GERAL

LEIA COM ATENO AS SEGUINTES INSTRUES1. Este caderno constitui-se das questes da Prova Objetiva, de natureza eliminatria, e composto por

60 questes.2. Use o rascunho da Folha de Respostas reproduzido ao final deste caderno.3. Ao receber a Folha de Respostas da Prova Objetiva:

Confira seus dados e o cargo / curso. Assine, A TINTA, no espao prprio indicado.

4. ATENO: transcreva no espao apropriado da sua FOLHA DE RESPOSTAS da Prova Objetiva, com sua caligrafia usual, mantendo as letras maisculas e minsculas, desconsiderando aspas e autoria, a seguinte frase:

Se querer poder, querer vencer. Rui Barbosa

ATENO:FOLHA DE RESPOSTAS SEM ASSINATURA NO TEM VALIDADE.

5. Ao transferir as respostas para a Folha de Respostas da Prova Objetiva: use apenas caneta esferogrfica azul ou preta; preencha, sem forar o papel, toda a rea reservada letra correspondente

resposta solicitada em cada questo; assinale somente uma alternativa em cada questo.Sua resposta NO ser computada se houver marcao de mais de uma alternativa, questes no assinaladas ou rasuras.

No dever ser feita nenhuma marca fora do campo reservado s respostas ou assinatura, pois qualquer marca poder ser lida pelas leitoras pticas, prejudicando o desempenho do candidato, sob sua inteira responsabilidade.

NO DEIXE NENHUMA QUESTO SEM RESPOSTA.A Folha de Respostas no deve ser dobrada, amassada ou rasurada.

Conforme Edital, o candidato s poder se retirar definitivamente do local de realizao da prova aps 1 hora e 30 minutos, contada do seu incio. Durante a aplicao do exame, o candidato no poder, sob pena de eliminao: 1) realizar qualquer espcie de consulta ou comunicar-se com outros candidatos durante o perodo das provas; 2) portar caneta de material no transparente, lapiseira, borrachas, livros, manuais, impressos, anotaes e quaisquer dispositivos eletrnicos, tais como: mquinas calculadoras, agendas eletrnicas, telefones celulares, smartphones, tablets, gravadores, alarmes de qualquer espcie, fones de ouvido ou transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vdeos e mensagens; 3) utilizar culos escuros e artigos de chapelaria, tais como: bons, chapu, viseira, gorro ou similares; 4) portar armas de qualquer espcie, ainda que detenha autorizao para o respectivo porte. Os ltimos trs candidatos da sala onde est sendo realizada a prova devero sair juntos, obrigatoriamente. Em hiptese alguma, haver substituio da Folha de Respostas por erro do(a) candidato.

Os Cadernos de Questes e os gabaritos da Prova Objetiva sero divulgados no endereo eletrnico , no dia 21 de maio de 2018, a partir de 12h.

DURAO MXIMA DA PROVA: 3 (trs) horas

3

ULTRASSONOGRAFIA GERAL

PROVA TERICA

QUESTO 1

Quanto aos princpios bsicos da imagem modo B, pode-se afirmar:

A) O som uma energia oscilatria com frequncias de repetio maiores que 20 mil ciclos por segundo.

B) A onda ultrassonogrfica criada eletronicamente pelo transdutor, que transforma a energia mecnica em energia eltrica.

C) A atenuao do sinal ultrassonogrfico dependente da frequncia do sinal: quanto menor a frequncia, maior a atenuao.

D) O sinal refletido otimizado quando se coloca o eixo longitudinal do vaso paralelo parede do transdutor.

E) A resoluo axial no depende da frequncia de insonao.

QUESTO 2

Assinale a alternativa que apresenta o parmetro que se pode adequar no equipamento para reduzir ou eliminar o aliasing.

A) Diminuir a frequncia de repetio de pulso.

B) Diminuir o ngulo do Doppler.

C) Mudar a linha de base.

D) Usar uma frequncia mais alta.

E) Usar transdutor de frequncia alternada.

QUESTO 3

Quanto a tcnica adequada para avaliar uma artria ao Doppler, assinale a alternativa CORRETA.

A) Quando as velocidades so muito elevadas angular o box de modo que faa um ngulo inferior a 60 em relao artria, deve-se diminuir a PRF / escala e aumentar o ganho.

B) Quando as velocidades so baixas angular o box de modo que faa um ngulo inferior a 60 em relao artria, deve-se diminuir a PRF / escala e diminuir o ganho.

C) Quando as velocidades so altas angular o box de modo que faa um ngulo superior a 60 em relao artria, deve-se aumentar a PRF / escala e diminuir o ganho.

D) Quando as velocidades so baixas angular o box de modo que faa um ngulo superior a 60 em relao artria, deve-se diminuir a PRF / escala e aumentar o ganho.

E) Quando as velocidades so baixas angular o box de modo que faa um ngulo inferior a 60 em relao artria, deve-se diminuir a PRF / escala e aumentar o ganho.

QUESTO 4

Em relao frequncia das sondas / transdutores de ultrassonografia, correto afirmar:

A) Uma frequncia Doppler menor permite maior penetrao, porm com menor resoluo de imagem.

B) Frequncias muito altas sofrem severas limitaes para o exame de pequenos vasos e microcirculao.

C) Para detectar vasos muito pequenos / arterolas, recomenda-se usar Doppler com a frequncia mais baixa possvel para essa profundidade.

D) Uma frequncia Doppler maior permite mais penetrao, com maior resoluo de imagem.

E) Uma frequncia Doppler menor permite mais penetrao, com maior resoluo de imagem.

QUESTO 5

Qual das alteraes de parmetro listadas a seguir pode ser efetiva para evitar o artefato de aliasing no Doppler?

A) Elevar o filtro de parede de 50 Hz para 100 Hz.

B) Reduzir a frequncia de repetio de pulso (PRF) para obter o dobro da amostragem, de acordo com a equao de Nyquist.

C) Reduzir o ngulo de insonao.

D) Aumentar a frequncia do transdutor de 7,5 MHz para 11 MHz.

E) Inverter o mapa de cores.

QUESTO 6

Um cisto ovariano grande (15 cm), localizado pelo ultrassom no ligamento largo, provavelmente:

A) cisto lutenico.

B) cisto adenoma seroso.

C) cisto adenocarcinoma seroso.

D) cisto paraovariano.

E) cisto de reteno.

QUESTO 7

Em relao aos fetos portadores de hrnia diafragmtica, pode-se afirmar:

A) um defeito isolado na maioria das vezes, sendo infrequente a associao com outras malformaes.

B) Por ser um defeito relacionado com a rotao intestinal, o diagnstico estabelecido com certeza aps o segundo trimestre.

C) A herniao do lado esquerdo mais frequente e com pior prognstico.

D) frequente a associao com oligoidrmnio.

E) O prognstico (sobrevida fetal) avaliado por meio da relao circunferncia torcica / circunferncia abdominal.

4

QUESTO 8

Em relao s anomalias mullerianas, assinale a alternativa CORRETA.

A) A associao com as anomalias ovarianas frequente devido proximidade das estruturas.

B) Os ductos de Muller participam da formao da bexiga urinria; por isso, a associao com anomalias renais frequente.

C) O diagnstico das anomalias mullerianas somente feito aps a puberdade.

D) A no fuso dos ductos de Muller causa da agenesia uterina.

E) A septao uterina a anomalia mulleriana mais frequente.

QUESTO 9

Em relao s gestaes gemelares, correto afirmar:

A) O sinal do lambda ou do pico so patognomnicos das gestaes dicorinicas.

B) A sndrome da transfuso feto-fetal pode ocorrer nas gestaes dicorinicas.

C) A identificao de duas vesculas vitelinas indicativo de gestao dicorinica.

D) A identificao de duas massas placentrias distintas diagnstico de gestao dizigtica.

E) A identificao de apenas uma vescula vitelina condio necessria para diagnstico de gestao monocorinica.

QUESTO 10

Considere que uma mulher de 25 anos de idade, sem uso de contracepo hormonal, previamente assintomtica, apresentando quadro de sangramento vaginal abundante, de incio sbito sem outras queixas. A ultrassonografia mostrou-se normal, com endomtrio com espessura de 4,9 mm.

A esse respeito, assinale o diagnstico mais provvel.

A) Neoplasia de endomtrio.

B) Sangramento uterino disfuncional.

C) Atrofia endometrial com sangramento por sppoting.

D) Hiperplasia endometrial.

E) Hipoestrogenismo com necrose endometrial superficial por assincronia hormonal.

QUESTO 11

Com relao avaliao do lquido amnitico (LA) pela ultrassonografia, assinale a alternativa CORRETA.

A) A medida do ILA (ndice de LA) mais precisa do que a avaliao subjetiva.

B) As anomalias renais tm associao frequente com polidrmnio.

C) As malformaes do SNC fetal so as principais causas de polidrmnio.

D) A urina fetal o principal componente do LA a partir do segundo trimestre da gestao.

E) Existe associao entre os defeitos abertos do SNC fetal e a polidrmnio.

QUESTO 12

Em relao aos defeitos de parede abdominal fetal, assinale a alternativa CORRETA.

A) A gastrosquise um defeito de formao na linha mdia com associao frequente a cromossomopatias.

B) A extrofia vesical evolui com oligoidrmnio devido a comprometimento da funo renal no final da gestao.

C) A sndrome da banda amnitica causa de defeitos da parede abdominal fetal semelhantes a gastrosquise.

D) A onfalocele um defeito no peritonizado da linha mdia da parede abdominal fetal.

E) A anomalia de body-stalk (agenesia de cordo) est associada a defeitos na parede abdominal inferior e tem bom prognstico.

QUESTO 13

Considere que em uma mulher de 52 anos de idade, menopausada h trs anos, detectado cisto simples em exame ultrassonogrfico de rotina, com dimetro mximo de 5 cm, em regio anexial.

A esse respeito, assinale a alternativa CORRETA.

A) A possibi