VIII CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA … · Com base na Ergonomia, assinale a alternativa na...

of 16/16
INFORMAÇÕES 02/12/2013 - A partir das 15h (horário de Brasília) – Divulgação do Gabarito Preliminar das provas objetivas. Não serão conhecidos os recursos em desacordo com o estabelecido em edital normativo. É permitida a reprodução deste material apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte. A desobediência a qualquer uma das determinações constantes em edital, no presente caderno ou no CARTÃO-RESPOSTA poderá implicar a anulação da sua prova. VIII CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONCESSÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA EM PSICOLOGIA ESPECIALIDADE PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO Para uso do Instituto QUADRIX LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1. Confira se seu CADERNO DE PROVAS corresponde à especialidade escolhida em sua inscrição. Este caderno contém quarenta questões objetivas, corretamente ordenadas de 1 a 40, uma prova discursiva (contendo quatro questões) e quatro folhas de rascunho. 2. Caso esteja incompleto ou contenha algum defeito, solicite ao fiscal de sala que tome as providências cabíveis imediatamente, pois não serão aceitas reclamações posteriores. 3. O CARTÃO-RESPOSTA e as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS, que serão entregues pelo fiscal durante a prova, são os únicos documentos válidos para a correção das questões objetivas e da prova discursiva expostas neste caderno. 4. Quando o CARTÃO-RESPOSTA estiver em suas mãos, confira-o para saber se está em ordem e se corresponde ao seu nome. Em caso de dúvidas, solicite orientação ao fiscal de sala. 5. Ao receber as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS para a elaboração de sua prova discursiva, verifique imediatamente se o número de sequência (canto superior direito) confere com o número de sequência impresso no seu CARTÃO-RESPOSTA. 6. No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondente às suas respostas deve ser feita com caneta esferográfica azul ou preta. O preenchimento é de sua exclusiva responsabilidade. 7. Não danifique o CARTÃO-RESPOSTA ou as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS, pois em hipótese alguma haverá substituição por erro do candidato. 8. Para cada uma das questões objetivas são apresentadas cinco alternativas classificadas com as letras: A, B, C, D e E, havendo apenas uma que responde ao quesito proposto. O candidato deve assinalar uma resposta. Marcação rasurada, emendada, com campo de marcação não preenchido ou com marcação dupla não será considerada. 9. A duração total das provas objetiva e discursiva é de 4 horas e 30 minutos, incluindo o tempo destinado à entrega das provas, identificação - que será feita no decorrer da prova -, à transcrição dos textos para as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS da prova discursiva e ao preenchimento do CARTÃO-RESPOSTA. 10. Reserve, no mínimo, os 30 minutos finais para preencher o CARTÃO-RESPOSTA e as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS. Não será concedido tempo adicional para o preenchimento. 11. Você deverá permanecer obrigatoriamente em sala, no mínimo, por 1 hora após o início das provas e poderá levar este caderno somente no decurso dos últimos 30 minutos anteriores ao horário determinado para o seu término. 12. É terminantemente proibido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no CARTÃO-RESPOSTA da prova objetiva. 13. Não se comunique com outros candidatos nem se levante sem a autorização do fiscal de sala. 14. Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais próximo, devolva-lhe o CARTÃO- RESPOSTA, as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS e deixe o local de prova.
  • date post

    21-Sep-2018
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of VIII CONCURSO DE PROVAS E TÍTULOS PARA … · Com base na Ergonomia, assinale a alternativa na...

  • INFORMAES

    02/12/2013 - A partir das 15h (horrio de Braslia) Divulgao do Gabarito Preliminar das provas objetivas.

    No sero conhecidos os recursos em desacordo com o estabelecido em edital normativo.

    permitida a reproduo deste material apenas para fins didticos, desde que citada a fonte.

    A desobedincia a qualquer uma das determinaes constantes em edital, no presente caderno ou no CARTO-RESPOSTA poder implicar a anulao da sua prova.

    Para uso do Instituto QUADRIX

    LEIA COM ATENO AS INSTRUES

    15. Confira se seu CADERNO DE PROVAS corresponde especialidade escolhida em sua inscrio. Este caderno contm quarenta questes objetivas, corretamente ordenadas de 1 a 40, uma prova discursiva (contendo quatro questes) e quatro folhas de rascunho.

    16. Caso esteja incompleto ou contenha algum defeito, solicite ao fiscal de sala que tome as providncias cabveis imediatamente, pois no sero aceitas reclamaes posteriores.

    17. O CARTO-RESPOSTA e as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS, que sero entregues pelo fiscal durante a prova, so os nicos documentos vlidos para a correo das questes objetivas e da prova discursiva expostas neste caderno.

    18. Quando o CARTO-RESPOSTA estiver em suas mos, confira-o para saber se est em ordem e se corresponde ao seu nome. Em caso de dvidas, solicite orientao ao fiscal de sala.

    19. Ao receber as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS para a elaborao de sua prova discursiva, verifique imediatamente se o nmero de sequncia (canto superior direito) confere com o nmero de sequncia impresso no seu CARTO-RESPOSTA.

    20. No CARTO-RESPOSTA, a marcao das letras correspondente s suas respostas deve ser feita com caneta esferogrfica azul ou preta. O preenchimento de sua exclusiva responsabilidade.

    21. No danifique o CARTO-RESPOSTA ou as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS, pois em hiptese alguma haver substituio por erro do candidato.

    22. Para cada uma das questes objetivas so apresentadas cinco alternativas classificadas com as letras: A, B, C, D e E, havendo apenas uma que responde ao quesito proposto. O candidato deve assinalar uma resposta. Marcao rasurada, emendada, com campo de marcao no preenchido ou com marcao dupla no ser considerada.

    23. A durao total das provas objetiva e discursiva de 4 horas e 30 minutos, incluindo o tempo destinado entrega das provas, identificao - que ser feita no decorrer da prova -, transcrio dos textos para as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS da prova discursiva e ao preenchimento do CARTO-RESPOSTA.

    24. Reserve, no mnimo, os 30 minutos finais para preencher o CARTO-RESPOSTA e as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS. No ser concedido tempo adicional para o preenchimento.

    25. Voc dever permanecer obrigatoriamente em sala, no mnimo, por 1 hora aps o incio das provas e poder levar este caderno somente no decurso dos ltimos 30 minutos anteriores ao horrio determinado para o seu trmino.

    26. terminantemente proibido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no CARTO-RESPOSTA da prova objetiva.

    27. No se comunique com outros candidatos nem se levante sem a autorizao do fiscal de sala.

    28. Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais prximo, devolva-lhe o CARTO-RESPOSTA, as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS e deixe o local de prova.

    INFORMAES

    02/12/2013 - A partir das 15h (horrio de Braslia) Divulgao do Gabarito Preliminar das provas objetivas.

    No sero conhecidos os recursos em desacordo com o estabelecido em edital normativo.

    permitida a reproduo deste material apenas para fins didticos, desde que citada a fonte.

    A desobedincia a qualquer uma das determinaes constantes em edital, no presente caderno ou no CARTO-RESPOSTA poder implicar a anulao da sua prova.

    VIII CONCURSO DE PROVAS E TTULOS PARA CONCESSO DO TTULO DE ESPECIALISTA EM PSICOLOGIA

    ESPECIALIDADE

    PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO

    Para uso do Instituto QUADRIX

    LEIA COM ATENO AS INSTRUES

    1. Confira se seu CADERNO DE PROVAS corresponde especialidade escolhida em sua inscrio. Este caderno contm quarenta questes objetivas, corretamente ordenadas de 1 a 40, uma prova discursiva (contendo quatro questes) e quatro folhas de rascunho.

    2. Caso esteja incompleto ou contenha algum defeito, solicite ao fiscal de sala que tome as providncias cabveis imediatamente, pois no sero aceitas reclamaes posteriores.

    3. O CARTO-RESPOSTA e as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS, que sero entregues pelo fiscal durante a prova, so os nicos documentos vlidos para a correo das questes objetivas e da prova discursiva expostas neste caderno.

    4. Quando o CARTO-RESPOSTA estiver em suas mos, confira-o para saber se est em ordem e se corresponde ao seu nome. Em caso de dvidas, solicite orientao ao fiscal de sala.

    5. Ao receber as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS para a elaborao de sua prova discursiva, verifique imediatamente se o nmero de sequncia (canto superior direito) confere com o nmero de sequncia impresso no seu CARTO-RESPOSTA.

    6. No CARTO-RESPOSTA, a marcao das letras correspondente s suas respostas deve ser feita com caneta esferogrfica azul ou preta. O preenchimento de sua exclusiva responsabilidade.

    7. No danifique o CARTO-RESPOSTA ou as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS, pois em hiptese alguma haver substituio por erro do candidato.

    8. Para cada uma das questes objetivas so apresentadas cinco alternativas classificadas com as letras: A, B, C, D e E, havendo apenas uma que responde ao quesito proposto. O candidato deve assinalar uma resposta. Marcao rasurada, emendada, com campo de marcao no preenchido ou com marcao dupla no ser considerada.

    9. A durao total das provas objetiva e discursiva de 4 horas e 30 minutos, incluindo o tempo destinado entrega das provas, identificao - que ser feita no decorrer da prova -, transcrio dos textos para as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS da prova discursiva e ao preenchimento do CARTO-RESPOSTA.

    10. Reserve, no mnimo, os 30 minutos finais para preencher o CARTO-RESPOSTA e as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS. No ser concedido tempo adicional para o preenchimento.

    11. Voc dever permanecer obrigatoriamente em sala, no mnimo, por 1 hora aps o incio das provas e poder levar este caderno somente no decurso dos ltimos 30 minutos anteriores ao horrio determinado para o seu trmino.

    12. terminantemente proibido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no CARTO-RESPOSTA da prova objetiva.

    13. No se comunique com outros candidatos nem se levante sem a autorizao do fiscal de sala.

    14. Ao terminar a prova, chame o fiscal de sala mais prximo, devolva-lhe o CARTO-RESPOSTA, as FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS e deixe o local de prova.

  • QUESTO 1 A literatura especializada da rea de estudos do trabalho e das organizaes tem apontado intensas e complexas transformaes no mundo do trabalho. Com relao aos vnculos atuais estabelecidos entre trabalhadores e o mundo do trabalho, incorreto afirmar que: (A) o trabalho permanece sendo uma prtica

    potencialmente transformadora da realidade que viabiliza a sobrevivncia e a realizao do ser humano.

    (B) um dos grandes desafios do trabalhador contemporneo o enfrentamento cotidiano das descontinuidades geradas pela relao com o mundo do trabalho e a necessidade de ajustamento contnuo.

    (C) os vnculos de trabalho atuais so marcados pela diversidade e pela volatilidade.

    (D) a substantividade dos cargos no sofreu alteraes importantes com as transformaes do mundo do trabalho.

    (E) a virtualizao das relaes teve impactos significativos nas relaes e vnculos atuais estabelecidos entre trabalhadores e o mundo do trabalho.

    QUESTO 2 Assinale a alternativa que justifique o papel da Psicologia Organizacional e do Trabalho para a anlise e desenvolvimento organizacional. (A) O desenvolvimento organizacional acontece de forma

    natural e no requer a interveno do psiclogo organizacional e do trabalho.

    (B) A questo da anlise e do desenvolvimento organizacional no uma questo da competncia do psiclogo organizacional e do trabalho.

    (C) Sendo a meta principal do desenvolvimento organizacional a melhoria do desempenho organizacional e da condio humana nas organizaes, a interveno do psiclogo organizacional e do trabalho fundamental.

    (D) Apesar de possuir estratgias e tcnicas que poderiam contribuir para o desenvolvimento organizacional, a Psicologia Organizacional e do Trabalho no deve intervir nesse processo organizacional.

    (E) Sendo a meta principal do desenvolvimento organizacional a manuteno do status quo organizacional, a interveno do psiclogo organizacional e do trabalho no recomendada.

    QUESTO 3 Leia as afirmaes seguintes. I. A cultura organizacional indica o padro de referncia

    (sistema de normas e valores) criado pelo grupo de trabalhadores que influencia seu modo de perceber, pensar e sentir, dando origem s polticas e s atividades da organizao e seus modos de ao, comunicao e deciso.

    II. A qualidade de vida no trabalho no guarda relaes com a cultura organizacional.

    III. A satisfao no trabalho indica o julgamento avaliativo

    individualizado (positivo ou negativo) que o trabalhador faz de seu trabalho ou ambiente e situao de trabalho.

    IV. O clima organizacional indica as influncias do

    ambiente interno de trabalho sobre o comportamento humano, refletindo a dinmica da vida organizacional.

    Est correto o que se afirma em: (A) I, II e IV, somente. (B) II e III, somente. (C) I, III e IV, somente. (D) I e III, somente. (E) todas.

    QUESTO 4 No que diz respeito s relaes de poder nas variadas formas de organizaes de trabalho, pode-se afirmar que: (A) o modelo da empresa mercantil pautado na

    heteronomia das relaes de poder e na autonomia dos processos de trabalho.

    (B) o modelo das cooperativas pautado na autonomia das relaes de poder e na heteronomia dos processos de trabalho.

    (C) o modelo das cooperativas pautado na equidade das relaes de poder e na autonomia nos processos de trabalho.

    (D) o modelo da empresa mercantil pautado na autonomia das relaes de poder e dos processos de trabalho.

    (E) todos os modelos de organizao do trabalho so fortemente heternomos.

  • QUESTO 5 Leia as afirmaes seguintes, acerca do processo de liderana nas organizaes. I. A cultura organizacional no interfere nas modalidades

    de liderana existentes em dada organizao. II. O trao de personalidade o nico elemento relevante

    para a anlise do estilo de liderana existente em dada organizao.

    III. Toda organizao sempre define a priori um nico estilo de liderana a ser seguido por seus lderes.

    IV. A adaptao de um lder expatriado , em geral, um processo natural e pouco complexo.

    Est incorreto o que se afirma em: (A) somente I, III e IV. (B) somente II e III. (C) somente III e IV. (D) todas. (E) nenhuma.

    QUESTO 6 Uma das prticas que mais requisitada ao psiclogo organizacional e do trabalho a realizao de dinmicas de grupo, principalmente para solues de problemas de conflitos interpessoais, desmotivao e aumento de produtividade. A dinmica de grupo uma tcnica sempre definida a priori

    POR ISSO devem-se aplicar as tcnicas de dinmica de grupo da forma como esto descritas em manuais especficos, independentemente do contexto organizacional. Assinale a resposta correta sobre as duas afirmaes. (A) As duas afirmaes so falsas. (B) As duas afirmaes so verdadeiras. (C) As duas afirmaes so verdadeiras e a segunda

    justifica a primeira. (D) A primeira falsa e a segunda verdadeira. (E) Somente uma delas verdadeira, embora no

    justifique a outra.

    QUESTO 7 A afirmao: Conflitos em organizaes devem sempre ser aplacados e essa seria uma das funes centrais do psiclogo, realizada por meio de tcnicas predefinidas, pressupe: (A) a ideia de que conflitos so problemas para as relaes

    humanas e devem ser prevenidos, evitados e eliminados por meio de tcnicas especficas.

    (B) a ideia de que conflitos so inerentes s relaes humanas e devem ser compreendidos pelo psiclogo, o qual ir elaborar estratgias e realizar intervenes a partir dessa compreenso.

    (C) a ideia de que o principal papel do psiclogo no ajustar o trabalhador organizao e s condies de trabalho vigentes.

    (D) a ideia de que o psiclogo no deve exercer um papel estritamente tcnico, buscando sempre tentar se envolver com as questes estratgicas e polticas da organizao.

    (E) a ideia da passagem de um agir tcnico para um agir estratgico.

    QUESTO 8 Com base na Ergonomia, assinale a alternativa na qual a concepo grifada est definida de forma incorreta. (A) Trabalho prescrito o mesmo que tarefa. (B) Trabalho real a atividade de trabalho propriamente

    dita. (C) A carga de trabalho tem trs dimenses centrais: carga

    fsica, carga mental/cognitiva e carga psquica. (D) Trabalho prescrito a atividade de trabalho

    propriamente dita. (E) Trabalho prescrito o resultado antecipado fixado em

    condies determinadas.

    QUESTO 9 O trabalho essencial para o equilbrio e para a sade psquica, tendo importncia vital na construo da subjetividade; entretanto, em condies adversas torna-se fonte de adoecimento, no somente orgnico, mas tambm mental. No Brasil, trs abordagens que discutem sade mental e trabalho so predominantes: Estresse, Psicodinmica do Trabalho e Epidemiologia. No tocante s relaes entre sade mental e trabalho para as trs abordagens citadas, assinale a alternativa incorreta. (A) A Abordagem do Estresse parte da ideia da doena

    como estado de desequilbrio. (B) Tanto a Abordagem do Estresse quanto a Abordagem

    da Psicodinmica do Trabalho tm o psicossomtico como foco da anlise.

    (C) A principal diferena entre a Abordagem do Estresse e a Abordagem da Psicodinmica do Trabalho est no foco da anlise: a primeira somente est interessada no orgnico e a segunda no psquico.

    (D) A Abordagem da Epidemiologia parte do pressuposto da multicausalidade das doenas e vai em busca de seus determinantes, enquanto que a Abordagem da Psicodinmica do Trabalho tem bases na centralidade psquica do trabalho e nas possveis resultantes da relao entre norma mental e norma organizativa do trabalho.

    (E) A Abordagem do Estresse parte da ideia da doena como estado de desequilbrio, enquanto que a Abordagem da Epidemiologia parte do pressuposto da multicausalidade das doenas e vai em busca de seus determinantes.

  • QUESTO 10 Assinale a alternativa correta com relao s prticas contemporneas do psiclogo organizacional e do trabalho em empresas. (A) A compra de estratgias de interveno em pacotes

    fechados oferecidos pelas consultorias de recursos humanos seria a estratgia mais adequada para atuao do psiclogo organizacional e do trabalho em empresas.

    (B) Continuidade de uma atuao marcada pelo agir tcnico, focada na aplicao de instrumentos especficos da rea.

    (C) No h mudanas significativas nas prticas contemporneas do psiclogo organizacional e do trabalho em empresas.

    (D) Gradativamente, e dentro das possibilidades organizacionais, mudana de uma interveno com foco no indivduo (agir tcnico) para uma interveno sobre as questes organizacionais mais amplas (agir estratgico).

    (E) O nvel estratgico deve ser o nvel exclusivo de interveno dos administradores, no sendo funo do psiclogo organizacional e do trabalho contribuir na formulao de polticas para as aes organizacionais.

    QUESTO 11 Sobre a afirmao a seguir, baseada nos modelos de liderana situacional, assinale a alternativa correta. A atuao do lder contingencial, embora a liderana seja uma prtica universal. Parte 1 - A atuao do lder contingencial Parte 2 - A liderana uma prtica universal (A) A afirmao parcialmente verdadeira, pois a primeira

    parte est correta, mas a segunda no. (B) A afirmao parcialmente verdadeira, pois a primeira

    parte da frase no est correta, mas a segunda frase est.

    (C) A afirmao totalmente incorreta. (D) Se invertermos a frase, ela ficaria totalmente incorreta:

    A atuao do lder uma prtica universal, mas a liderana contingencial.

    (E) A afirmao totalmente verdadeira.

    QUESTO 12 Um dos principais processos que determinaram as transformaes que o mundo do trabalho vem sofrendo nas ltimas dcadas foi o chamado processo de flexibilizao do trabalho, que se constituiu em uma tendncia histrica e em um marco do processo de transio dos modelos de organizao do trabalho. Com relao a esse processo, pode-se afirmar que: (A) somente gerou um campo de oportunidades. (B) somente deixou os trabalhadores numa situao de

    insegurana. (C) somente gerou uma precarizao do trabalho. (D) gerou, de forma ambivalente, tanto a criao de

    oportunidades quanto a precarizao dos trabalhadores.

    (E) no foi um processo importante nas transformaes que o mundo do trabalho vem sofrendo.

    QUESTO 13 Leia as seguintes afirmaes acerca do processo de anlise das tarefas e desenho do trabalho nas organizaes. I. As organizaes modernas so tipicamente entidades

    de mltiplas competncias. II. As competncias estariam relacionadas com a

    capacidade de alcanar resultados em dado contexto por meio da mobilizao de recursos individuais, grupais e organizacionais em situaes de interao, sendo especficas para a organizao e centrais para o alcance de sua misso.

    III. A lgica das competncias desabona os antigos sistemas de classificao fundados em nveis de qualificao.

    IV. As competncias so multidimensionais, desde o individual e o grupal at o organizacional.

    V. A competncia desenvolvida por um indivduo no muda.

    Est incorreto o que se afirma em: (A) somente I, III e IV. (B) somente V. (C) somente III e V. (D) somente I e V. (E) nenhuma.

    QUESTO 14 Com relao s LER-DORT, pode-se afirmar que: (A) o fator biomecnico suficiente para a compreenso

    do fenmeno das LER-DORT. (B) as LER-DORT so um fenmeno multifatorial e

    multidimensional. (C) as LER-DORT so uma doena de fcil remisso. (D) as LER-DORT dificilmente provocam danos irreversveis

    aos trabalhadores. (E) a Psicologia Organizacional e do Trabalho tem pouco a

    contribuir com a compreenso e interveno das LER-DORT.

  • QUESTO 15 Por que o trabalho em equipe tem sido to valorizado nas organizaes contemporneas de trabalho? (A) Em funo da enorme quantidade de informaes e

    conhecimentos disponveis, o ritmo de mudanas no trabalho grande e as trocas so fundamentais para a realizao das atividades de trabalho.

    (B) O trabalho em equipe facilita o controle das pessoas, pois elas perdem a independncia e a autonomia de um trabalho realizado de forma individualizada.

    (C) O trabalho em equipe mais uma das muitas modas passageiras das organizaes.

    (D) O trabalho em equipe elimina a competitividade, que fator gerador de problemas no ambiente de trabalho.

    (E) No h uma valorizao das equipes de trabalho no mundo contemporneo.

    QUESTO 16 Assinale a alternativa correta com relao aos campos de compreenso e interveno de segurana e sade nas organizaes de trabalho. (A) A Medicina do Trabalho o nico campo existente

    para lidar com as questes de segurana e sade nas organizaes de trabalho.

    (B) Sade Ocupacional e da Sade do Trabalhador so nomeaes diferentes para um mesmo campo de compreenso e interveno.

    (C) O campo da Sade do Trabalhador enfatiza a importncia da participao dos prprios trabalhadores na concepo e interveno das relaes sade-trabalho.

    (D) Sade do Trabalhador no um campo de compreenso e interveno de segurana e sade nas organizaes de trabalho.

    (E) Sade Ocupacional um campo recentemente institudo de compreenso e interveno de segurana e sade nas organizaes de trabalho.

    QUESTO 17 Sobre a atuao profissional do psiclogo organizacional e do trabalho realizada por meio de consultorias, assinale a alternativa incorreta. (A) Tal modalidade de atuao pode oferecer a

    possibilidade de uma interveno mais estratgica. (B) Tal modalidade de atuao propicia, muitas vezes,

    trabalhos pontuais e sem conhecimento da organizao onde se est intervindo.

    (C) Utiliza, muitas vezes, ferramentas de anlise no validadas e padronizadas para a realidade brasileira.

    (D) Possibilita realizar um trabalho mais abrangente e eficaz em funo de as intervenes serem efetivadas por trabalhadores no vinculados diretamente organizao onde estejam intervindo.

    (E) No h diferenas significativas em relao atuao profissional do psiclogo organizacional e do trabalho como consultor ou como funcionrio de dada empresa.

    QUESTO 18 Leia as afirmativas a seguir. I. O benefcio bsico da comunicao na Era da

    informtica seria a potencialidade de encontrar, criar, organizar, gerenciar e distribuir informaes.

    II. As tecnologias de informao trazem mais problemas do que vantagens comunicao organizacional.

    III. No houve impacto significativo nos processos de comunicao organizacional com o advento das tecnologias de informao.

    Est correto o que se afirma em:

    (A) somente uma das afirmativas. (B) somente duas das afirmativas, incluindo I. (C) somente duas das afirmativas, incluindo II. (D) todas as afirmativas. (E) nenhuma das afirmativas.

    QUESTO 19 Sobre a avaliao de desempenho de funcionrios de uma organizao, incorreto afirmar que: (A) h diferenas entre as percepes dos trabalhadores e

    dos dirigentes de uma organizao sobre a avaliao de desempenho.

    (B) como todas as estratgias de recursos humanos, a avaliao de desempenho meramente instrumental, sem nenhum carter poltico.

    (C) a avaliao de desempenho pode ser, simultaneamente, instrumento de presso para o trabalhador, e base orientadora do desenvolvimento pessoal e profissional dos trabalhadores para os gestores.

    (D) o feedback parte central do processo de avaliao de desempenho.

    (E) a avaliao de desempenho um recurso administrativo e uma estratgia de poder.

    QUESTO 20 Sobre a noo de diversidade, pode-se afirmar que: I. a diferena uma essncia do indivduo. II. a deficincia uma questo meramente orgnica. III. o anormal uma relao: ele s existe na e pela

    relao com o normal. IV. a deficincia no um problema de diferena, mas de

    desigualdade social gerada pela diferena. V. a igualdade um princpio absoluto e uma prtica

    contingente. Est correto o que se afirma em: (A) somente uma das afirmativas. (B) somente duas das afirmativas, incluindo I. (C) somente duas das afirmativas, incluindo III. (D) nenhuma das afirmativas. (E) somente trs das afirmativas, incluindo V.

  • QUESTO 21 French e Raven, em 1959, desenvolveram uma teoria sobre poder social, na qual defendiam que as relaes entre as pessoas eram sustentadas por cinco bases de poder nas quais uma pessoa se apoiava para exercer influncia sobre a outra. Classificaes diferentes foram apresentadas posteriormente, mas a taxonomia proposta por estes autores foi a que mais recebeu ateno dos estudiosos at hoje. As cinco bases de poder propostas por French e Raven so:

    (A) poder de recompensa, poder de carisma, poder coercitivo, poder legal e poder autoritrio.

    (B) poder de referncia, poder de autonomia, poder de influncia, poder de percia ou de experincia, poder de identificao.

    (C) poder de recompensa, poder coercitivo, poder legtimo, poder de percia ou de experincia, poder de referncia.

    (D) poder do conhecimento, poder de referncia, poder de autoridade, poder de percia ou de experincia, e poder de coero.

    (E) poder legtimo, poder de identificao, poder de carisma, poder de recompensa e poder de referncia.

    QUESTO 22 Nem todas as pessoas tm a mesma habilidade para aprender uma determinada tarefa, e o treinamento deve reconhecer tais diferenas. Por isso, preciso saber escolher o(s) mtodo(s) de treinamento a ser adotado(s). Dentre os mtodos de treinamento listados a seguir, escolha qual seria o mais indicado para estimular a aprendizagem de pessoas que no gostam de estudar, demonstram dificuldade de manter a ateno por longos perodos de tempo e no tm o hbito de pensar a respeito do contedo explanado.

    (A) Instruo audiovisual. (B) Conferncia. (C) Palestra. (D) Simulao. (E) Autoinstruo.

    QUESTO 23 Para ser eficaz, uma organizao deve estar guarnecida com pessoas qualificadas e com os atributos ou CHAs (conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes) necessrios para o bom desempenho no trabalho. A contratao dessas pessoas envolve um processo composto de etapas, na seguinte sequncia: (A) Planejar a necessidade de novos funcionrios;

    promover o recrutamento, fazendo com que as pessoas certas se candidatem aos cargos; promover a seleo para decidir quem contratar; e fazer com que as pessoas selecionadas aceitem e se mantenham nos cargos.

    (B) Promover o recrutamento, fazendo com que as pessoas certas se candidatem aos cargos; promover a seleo para decidir quem contratar; fazer com que as pessoas selecionadas aceitem ocupar os cargos; promover medidas para manter os selecionados nos cargos.

    (C) Promover sistemas de atrao de candidatos em potencial; conduzir uma anlise de trabalho para identificar as competncias necessrias para o preenchimento do cargo; viabilizar o recrutamento daquelas pessoas que podero trabalhar na organizao; proceder com a seleo, decidindo-se quem ser contratado.

    (D) Planejar a necessidade de novos funcionrios; conduzir uma anlise de trabalho para identificar as competncias necessrias para o preenchimento do cargo; promover sistemas de atrao de candidatos em potencial; promover o recrutamento, fazendo com que as pessoas certas se candidatem aos cargos.

    (E) Promover sistemas de atrao de candidatos em potencial; planejar a necessidade de novos funcionrios; conduzir uma anlise de trabalho para identificar as competncias necessrias para o preenchimento do cargo; proceder com a seleo, decidindo-se quem ser contratado.

    QUESTO 24 Um dos maiores desafios seleo de pessoas nas organizaes de trabalho diz respeito dificuldade de fazer com que os candidatos aceitem as ofertas e se mantenham nos cargos. Segundo Paul Spector, convencer um candidato a aceitar um trabalho envolve muitas estratgias. Com base nesse contexto, analise as estratgias a seguir. I. As ofertas de salrio devem ser compatveis com as de

    outras organizaes, para cargos semelhantes, na mesma rea.

    II. Adequar o salrio e os benefcios de acordo com as exigncias e competncias dos candidatos, principalmente quando a demanda por mo de obra maior que a oferta.

    III. Permitir que um funcionrio em potencial modifique o

    contedo do seu trabalho de acordo com sua preferncia, ou que pelo menos tenha autonomia para negoci-lo.

    IV. Fornecer uma viso positiva sobre as condies de

    trabalho, no decorrer do processo seletivo e no processo de integrao/socializao, para incentivar a motivao e o consequente comprometimento no trabalho que ir realizar.

    V. Proporcionar previses realistas acerca do trabalho

    que o funcionrio potencial ir realizar, abrangendo tanto os aspectos positivos quanto negativos, para evitar falsas expectativas.

    Esto corretas: (A) somente I, II e III. (B) somente II e IV. (C) somente I, II, III e V. (D) somente III e IV. (E) todas.

  • QUESTO 25 A partir da compreenso sobre o desemprego em sua dimenso psicossocial, e sobre as questes de gnero no mundo do trabalho, analise as afirmativas a seguir. I. A reestruturao produtiva da era da acumulao

    flexvel tem fomentado, entre outros problemas, o desemprego estrutural, a degradao na relao metablica entre o homem e a natureza, e um crescente contingente de trabalhadores em condies precrias de trabalho.

    II. Particularmente nas ltimas dcadas, a sociedade contempornea vem presenciando profundas transformaes, tanto nas formas de materialidade quanto na esfera da subjetividade, dadas as complexas relaes entre essas formas de ser e existir da sociabilidade humana, as quais tm acarretado, entre tantas consequncias, profundas mutaes no interior do mundo do trabalho.

    III. um grande equvoco imaginar o fim do trabalho na sociedade produtora de mercadorias. Contudo, no que diz respeito ao mundo do trabalho, pode-se presenciar um conjunto de tendncias que, em seus traos bsicos, configuram um quadro crtico e que tm sido experimentadas em diversas partes do mundo.

    IV. O direito ao trabalho uma reivindicao necessria no porque se preze e se cultue o trabalho assalariado, mas porque estar fora do trabalho, no universo do capitalismo vigente, significa uma desefetivao, ou melhor dizendo, uma inadequao social.

    V. Na diviso sexual do trabalho dentro do espao fabril, geralmente as atividades de concepo ou aquelas baseadas em capital intensivo so preenchidas pelo trabalho masculino, enquanto aquelas dotadas de menor qualificao, mais elementares e muitas vezes fundadas em trabalho intensivo, so destinadas s mulheres.

    Esto corretas: (A) somente I, II e III. (B) somente I, II, IV e V. (C) somente II, III, IV e V. (D) somente I, III, IV e V. (E) todas.

    QUESTO 26 As polticas pblicas dirigidas para reduzir as assimetrias existentes no mercado de trabalho podem ser de dois tipos: as de excluso e as de incluso. As primeiras so aquelas que possibilitam aos indivduos migrarem de uma situao de emprego ou desemprego para a situao de inatividade ou de trabalho autnomo. As polticas de incluso, por sua vez, induziriam ao caminho inverso. Com base nesse contexto, analise as polticas a seguir. I. Qualificao profissional. II. Proibio de contratao de certas categorias de

    pessoas (como, por exemplo, adolescentes e idosos). III. Medidas legais que impedem a demisso de certos

    grupos de trabalhadores.

    IV. Aposentadorias antecipadas. V. Concesso de subsdios criao de empregos. Assinale a alternativa correta. (A) I, II e III referem-se a polticas de incluso. (B) I, III e V referem-se a polticas de incluso. (C) II e IV referem-se a polticas de incluso. (D) I, III e V referem-se a polticas de excluso. (E) II, III e IV referem-se a polticas de excluso.

    QUESTO 27 A partir da compreenso sobre Sade Mental e Trabalho, analise as afirmativas. I. Sade mental a capacidade de construir a si prprio e

    espcie, produzindo e reproduzindo a si prprio e espcie. Distrbio psicolgico, sofrimento psicolgico ou doena mental so o rompimento dessa capacidade.

    II. A Psicologia do Trabalho tem a chance de inserir e compreender o gesto do homem onde ele sempre esteve, no fazer cotidiano da vida, no seu trabalho, como um sujeito possuidor de desejos, e o seu universo de atuao vai na direo da compreenso desse sujeito na sua relao com o trabalho, na perspectiva da sua sade e bem-estar e no na busca direta de maior produtividade ou lucratividade.

    III. Sendo a Psicologia do Trabalho uma rea jovem, ainda

    paira sobre ela a pecha de ser intrinsecamente reacionria, a servio da explorao do trabalhador em nome do lucro. Isso ocorre porque, por muito tempo, estudou-se a respeito de como a psicologia poderia contribuir para o trabalho, mas nada sobre como o trabalho poderia ajudar a compreender o ser humano.

    IV. A Psicologia do Trabalho, atualmente, possui um

    universo de atuao que vai na direo da compreenso do sujeito na sua relao com o trabalho, na perspectiva da sua sade e bem-estar, e na busca direta de maior produtividade ou lucratividade.

    V. O estresse um estado intermedirio entre a sade e a

    doena, apresentando-se como uma reao s demandas sociopsicolgicas, e que passa a ser um possvel indicador das consequncias do trabalho sobre os trabalhadores, os quais podem estar sofrendo em decorrncia das condies e caractersticas de sua atividade.

    Esto corretas:

    (A) somente I, II, IV e V. (B) somente I, II, III e V. (C) somente I, III, IV e V. (D) somente II, III e IV. (E) todas.

  • QUESTO 28 Sobre polticas de trabalho e emprego, e a questo do desemprego em sua dimenso psicossocial, analise as afirmativas a seguir, a assinale a incorreta.

    (A) As polticas de emprego compem o conjunto de polticas e instrumentos que tenham a capacidade de fomentar o investimento produtivo e a ocupao da capacidade produtiva. Em decorrncia disso, influenciam o nvel de emprego total da economia.

    (B) As polticas de mercado de trabalho compem o conjunto de polticas e aes que se dirigem tanto demanda como oferta de mo de obra, tendo como objetivos: melhorar o funcionamento do mercado de trabalho; proteger a renda do trabalhador no momento de desemprego e auxili-lo a encontrar um novo emprego; e facilitar o ajuste entre oferta e demanda de trabalho.

    (C) As polticas de mercado de trabalho contribuem para a reduo do desemprego decorrente da m informao sobre os postos de trabalho vagos e dos trabalhadores disponveis, e tambm de mudanas nos contedos das tarefas realizadas em determinadas ocupaes devido adoo de novas tecnologias de produo.

    (D) Se o pressuposto for manter, prioritariamente, uma economia equilibrada em termos do gasto pblico e do nvel de preos, a ao da poltica de emprego colocar em segundo plano o nvel de emprego, isto , ela estar subordinada s diretrizes gerais de controle do nvel de preos e do equilbrio fiscal. Nesse caso, o nvel de emprego deixa de ser prioridade.

    (E) O seguro-desemprego um dos itens que compem o conjunto de polticas pblicas de trabalho e de emprego, no Brasil, e tem o objetivo precpuo de favorecer a insero dos trabalhadores na atividade produtiva, por meio de investimentos na qualificao profissional do cidado desempregado.

    QUESTO 29 A partir da compreenso sobre vnculo do indivduo com o trabalho e com a organizao, analise as afirmativas a seguir e assinale a incorreta.

    (A) Diante das complexas variaes de natureza fsica, estrutural, funcional, social, poltica e econmica que compem o ambiente organizacional, qualquer pessoa pode desenvolver percepes, sentir afetos ou ainda construir intenes muito particulares sobre o trabalho como um todo ou sobre aspectos especficos relacionados a ele.

    (B) Podem ocorrer diferenciaes entre indivduos ou grupos ocupacionais no modo e na intensidade com que se identificam ou se apegam s suas respectivas atividades laborais, contudo, as organizaes de trabalho no conduzem a sua fora de trabalho a apresentar nveis diversificados de ligao, identificao ou internalizao de normas, valores e princpios adotados pelo sistema.

    (C) O comportamento organizacional um campo terico multidisciplinar em que so analisadas e interligadas aes dos indivduos (nvel de microanlise), de grupos e equipes de trabalho (nvel de mesoanlise) e da organizao como um todo (nvel de macroanlise).

    (D) Alm da controvrsia instalada ao redor da definio de satisfao no trabalho, e de sua essncia psicolgica (afetiva versus cognitiva), existem divergncias entre os estudiosos quanto a suas dimenses, ou seja, sobre os componentes que integram o seu conceito.

    (E) Psiclogos e socilogos concordam com a existncia de estreitos laos entre o indivduo e o trabalho, mas procuram focalizar o fenmeno por ngulos diferentes.

    QUESTO 30 A partir da compreenso sobre pesquisa e interveno nas organizaes, mais especificamente sobre clima organizacional, analise as afirmativas. I. Uma das confuses mais frequentes sobre o conceito

    de clima organizacional refere-se compreenso de clima organizacional como sinnimo de clima psicolgico. Hoje, depois de muitas discusses e investigaes, estudiosos concluram que clima organizacional constitudo por elementos cognitivos, enquanto clima psicolgico constitui-se de elementos afetivos.

    II. Fala-se em clima organizacional para referir-se somente s influncias do ambiente interno de trabalho sobre o comportamento humano. Tal conceito importante visto que permite a compreenso do modo como o contexto do trabalho afeta o comportamento e as atitudes das pessoas, sua qualidade de vida e o desempenho da organizao.

    III. Clima organizacional pode ser definido como o

    conjunto de percepes dos empregados sobre diversos aspectos da organizao que mais frequentemente constam dos estudos sobre este tema: comunicao, envolvimento, coeso, suporte do supervisor, recompensa, autonomia, orientao das tarefas, presso no trabalho, clareza das tarefas, controle, inovao, conforto fsico etc.

    IV. A ECO (Escala de Clima Organizacional) uma escala

    multidimensional construda e validada com o objetivo de avaliar a percepo do trabalhador sobre vrias dimenses do clima organizacional.

    V. O clima organizacional pode influenciar a satisfao e o

    rendimento no trabalho, e funciona como um regulador da produtividade no s dos funcionrios como da empresa como um todo.

    Esto corretas: (A) somente I, III, IV e V. (B) somente I, II, IV e V. (C) somente II, III, IV e V. (D) somente I, II e III. (E) todas.

  • QUESTO 31 Considerando-se os pressupostos bsicos sobre comportamento humano nas organizaes, assinale a alternativa incorreta. (A) Todo ser humano possui em sua personalidade

    atributos independentes do momento histrico e do tipo de sociedade na qual est inserido, sendo possuidor de uma essncia natural que o molda, revelia do ambiente com o qual interage.

    (B) Os valores que emergem da subjetividade de cada ser humano podem vir a contrastar com o de outros seres humanos, fazendo emergir, por exemplo, muitos conflitos no ambiente de trabalho, visto que as exigncias morais e os modelos mentais de cada um podem surgir a partir de uma estrutura social diferenciada.

    (C) O comportamento humano nas organizaes de trabalho um complexo resultado de interaes sociais, que envolvem desde a peculiar percepo humana sobre a situao imediata, at os valores e crenas a respeito das pessoas que compem o ambiente de trabalho.

    (D) Os pressupostos bsicos que regem o comportamento humano nas organizaes e seu intrincado universo de fenmenos psicolgicos so numerosos e complexos, e ainda esto sendo analisados, uma vez que os estudos sobre essa temtica no se esgotaram, at o momento.

    (E) Para compreender o comportamento humano nas organizaes, preciso considerar, dentre outros fenmenos psicolgicos, as emoes humanas, pois elas contribuem para a expresso da subjetividade e individualidade humana.

    QUESTO 32 Assinale a alternativa que corresponde a uma vantagem de se promover o Recrutamento Interno no processo de provimento de pessoas nas organizaes. (A) Incentiva a interao da organizao com o mercado

    de trabalho. (B) Amplia e enriquece o capital intelectual com a incluso

    de variados conhecimentos e destrezas. (C) Promove mudanas na cultura organizacional vigente,

    com diferentes expectativas e aspiraes. (D) Encoraja o desenvolvimento profissional e o

    planejamento de carreira. (E) Enriquece o patrimnio humano com a introduo de

    novos talentos, habilidades e expectativas na organizao.

    QUESTO 33 De acordo com Goldstein (1993, apud Spector, 2006, p. 174), a avaliao das necessidades deve considerar trs nveis: a organizao, o trabalho, e a pessoa. A partir dessa premissa, analise as afirmativas a seguir.

    I. O nvel do trabalho se refere s competncias

    organizacionais e como elas so apresentadas de acordo com o desempenho de seus funcionrios.

    II. O nvel do trabalho diz respeito natureza das tarefas envolvidas em cada atividade. Com base em uma lista de competncias funcionais, vrias necessidades de treinamento podem ser especificadas.

    III. O nvel da organizao permite determinar os

    benefcios de um fator de previso na contratao de funcionrios, antevendo as necessidades de treinamento, de um modo geral.

    IV. O nvel da pessoa refere-se a como os funcionrios so

    capazes de desempenhar uma tarefa. Em outras palavras, ele avalia os nveis de competncias das pessoas ao invs do trabalho.

    V. O nvel da organizao se refere aos objetivos da

    empresa e como eles so cumpridos em relao ao desempenho de seus funcionrios.

    Esto corretas: (A) somente I, IV e V. (B) somente I, II, IV e V. (C) somente II, IV e V. (D) somente I, III e IV. (E) todas.

    QUESTO 34 Esse tipo de observao d-se quando o observador se integra ao grupo com o objetivo de realizar a investigao. O observador assume, pelo menos at certo ponto, o papel de membro do grupo, mas sem ser, de fato, parte do grupo. A que tipo de observao estamos nos referindo? (A) Observao simples. (B) Observao aleatria. (C) Observao participante. (D) Observao assistemtica. (E) Observao mensurada.

  • QUESTO 35 O comprometimento diz respeito a um estado de lealdade do indivduo relativamente duradouro, e que pode ser evidenciado por meio de intenes, sentimentos e desejos. Refere-se a uma forte crena e aceitao dos valores e objetivos da organizao, de modo que o indivduo esteja disposto a exercer um esforo considervel em benefcio da organizao, com um forte desejo de se manter como membro desta. possvel, inclusive, dimensionar o tipo de comprometimento organizacional, por meio de instrumentos de avaliao, como as escalas propostas por Bastos e colaboradores (1993, apud Siqueira, 2008, p.55). Conforme esses autores, o comprometimento afetivo (ou atitudinal) de um funcionrio refere-se : (A) necessidade de permanecer no atual emprego porque

    percebe a legitimidade da relao de autoridade e de subordinao, ou lealdade ao grupo ao qual pertence.

    (B) capacidade de se identificar com a organizao e com os objetivos dela, aquele associado ideia de lealdade, desejo de contribuir, sentimento de orgulho em permanecer na organizao.

    (C) necessidade de permanecer na organizao porque o funcionrio precisa, ou seja, o custo de sair dela seria muito alto. um comprometimento como funo das recompensas e dos custos pessoais, em aspectos como salrio, status e liberdade.

    (D) necessidade de permanecer na organizao devido escolha feita pelo indivduo, tornando-o comprometido a partir de suas prprias aes e comportamentos. baseado na aceitao dos objetivos da organizao.

    (E) necessidade de permanecer na organizao devido a uma obrigao moral. Seria um estado psicolgico desencadeado por presses esperadas de comportamento.

    QUESTO 36 A cooperativa um tipo de organizao que tem sido muito pouco estudada do ponto de vista da psicologia, e que, por possuir caractersticas prprias, no deve ser confundida com uma organizao tradicional ou com uma associao. A seguir esto listados os princpios do cooperativismo, com uma nica exceo. Assinale a alternativa que corresponde a essa exceo, ou seja, a alternativa que no se caracteriza como um princpio do cooperativismo.

    (A) O livre acesso e adeso voluntria independentemente

    de motivos polticos, religiosos ou de qualquer outra ordem que no a tcnica.

    (B) A cada scio, corresponde um voto. (C) Supresso do lucro. (D) Os benefcios so proporcionais ao trabalho ou

    quantidade de produto aportado, e no ao capital investido.

    (E) Manuteno de uma atividade econmica competitiva, que deve ser necessariamente lucrativa para justificar os investimentos realizados.

    QUESTO 37 A entrevista um encontro face-a-face entre um ou mais entrevistadores, que esto recolhendo informaes ou tomando decises para contratao, e um entrevistado. H dois tipos de entrevistas usadas no ambiente organizacional: estruturada e no estruturada. Na seleo de pessoas, so fatores que contribuem para a validade da entrevista estruturada e que podem melhorar a sua confiabilidade, exceto: (A) o entrevistador deve fazer a classificao geral de

    adequao funo, e no fazer classificao dos valores individuais e das competncias do entrevistado.

    (B) o entrevistador deve fazer perguntas padronizadas. (C) o entrevistador deve ter informaes detalhadas sobre

    o trabalho em questo, e sobre as competncias esperadas.

    (D) as avaliaes sobre o entrevistado no devem ser feitas antes de a entrevista ser concluda.

    (E) o entrevistador deve receber treinamento quanto ao modo de conduzir uma entrevista.

    QUESTO 38 Sobre grupos e equipes de trabalho, analise as afirmativas e assinale a nica que falsa. (A) Um grupo de trabalho a unio de duas ou mais

    pessoas que interagem umas com as outras e dividem algumas tarefas, visando a objetivos inter-relacionados.

    (B) Na equipe de trabalho, as aes dos indivduos devem ser interdependentes e coordenadas.

    (C) A equipe de trabalho constituda por um grupo de pessoas que no podem realizar seu trabalho, pelo menos no eficientemente, sem os outros membros de sua equipe.

    (D) Todas as equipes de trabalho so grupos, assim como todos os grupos de trabalho so equipes.

    (E) Os papis, num grupo ou equipe de trabalho, determinam as funes ou propsitos de cada membro, pois os encargos e responsabilidades dos membros de um mesmo grupo ou equipe podem ser diferentes.

  • QUESTO 39 A partir da compreenso sobre o papel do psiclogo e implicaes ticas, analise as afirmativas a seguir. I. A tica contemporaneamente deixou de ser uma

    questo estritamente do indivduo que enfrenta dilemas morais em sua vida, adquirindo uma dimenso maior, a organizacional, que impacta o pblico interno, especificamente os empregados, e a sociedade como um todo, passando a ser objeto de estudo do comportamento organizacional.

    II. O comportamento tico nas e das organizaes tem sido visto como um tema controverso, tanto pelo relativismo cultural associado ao conceito, quanto pelo tratamento dado pelos cientistas das organizaes e outros profissionais que atuam com o tema.

    III. H uma confuso na literatura entre tica empresarial

    e responsabilidade social que, embora sejam conceitos intimamente relacionados, no podem ser adotados como sinnimos.

    IV. A tica organizacional contm elementos formais e

    informais: cdigos de tica, polticas, comunicao, treinamentos, monitoramentos do sistema, sanes e recompensas do lado formal, e ateno a climas ticos e cultura organizacional do lado informal. Em particular, iniciativas ticas organizacionais no variam em termos do tipo de controle que elas incorporam tornando-se, de fato, parte da cultura da organizao.

    V. Achados da literatura sobre a relao entre tomada de

    deciso tica e variveis organizacionais sugerem que h uma relao positiva entre a existncia de cdigos de tica, cultura, clima tico e tomada de deciso tica.

    Esto corretas: (A) somente I, III, IV e V. (B) somente I, II, IV e V. (C) somente II, III e IV. (D) somente I, II, III e V. (E) todas.

    QUESTO 40 Para compreender o estresse no trabalho, deve-se primeiro entender as diferentes concepes envolvidas no processo que leva at ele. O desgaste no trabalho uma provvel reao negativa do funcionrio a um fator estressante, e pode provocar acidentes, cuja preveno tem sido uma das principais preocupaes das organizaes nos dias de hoje. Os acidentes de trabalho so provocados por fatores individuais (por parte do funcionrio) e fatores organizacionais. Diante desse contexto, dentre as alternativas a seguir, assinale aquela que corresponde a um fator organizacional. (A) Uso de lcool e drogas no trabalho. (B) Exposio a incidentes pessoais estressantes (divrcio,

    por exemplo). (C) Falta de manuteno em mquinas e equipamentos. (D) Caractersticas da personalidade, tais como

    agressividade e impulsividade. (E) Fumo e desateno.

  • 1. Ao receber as suas FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS para a elaborao de suas respostas, verifique imediatamente se o nmero de sequncia (canto superior direito) de cada folha confere com o nmero impresso no seu CARTO-RESPOSTA.

    2. A prova discursiva dever ser manuscrita, em letra legvel, com caneta esferogrfica de tinta azul ou preta; no sero permitidas interferncias e/ou participao de outras pessoas.

    3. As FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS da prova discursiva no podero ser assinadas, rubricadas ou conter, em outro local, que no o apropriado, qualquer palavra ou marca que possibilite a identificao do candidato. Portanto, a deteco de qualquer marca identificadora, no espao destinado transcrio dos textos definitivos, acarretar a anulao da prova.

    4. As FOLHAS DE TEXTOS DEFINITIVOS sero os nicos documentos vlidos para avaliao da prova. As folhas de rascunho presentes neste caderno de provas so de preenchimento facultativo e no valero para tal finalidade.

    5. A resposta de cada questo dever ter extenso mxima de 30 linhas. No ultrapasse as linhas e no utilize o verso.

    6. CADA QUESTO DEVER SER RESPONDIDA EM SUA RESPECTIVA FOLHA DE TEXTO DEFINITIVO. QUESTES RESPONDIDAS EM FOLHAS INVERTIDAS NO SERO CONSIDERADAS.

    QUESTO 1 O processo de flexibilizao do trabalho vem se constituindo em uma tendncia histrica e em um marco do processo de transio dos modelos de organizao do trabalho, sendo responsvel pela gerao de vrias novas situaes e questes para as organizaes de trabalho. Uma dessas questes se reflete na diversidade de contratos e modalidades de vnculos com o trabalho em um mesmo setor organizacional, fazendo com que, por exemplo, haja nesse setor funcionrios contratados pela empresa, trabalhadores terceirizados, prestadores de servios e trabalhadores temporrios, realizando, muitas vezes, tarefas semelhantes e participando de um mesmo projeto. Um desafio particular que afeta a atuao do psiclogo organizacional e do trabalho a gesto de pessoas com vnculos, situaes, questes e demandas muito diversas realizando o mesmo tipo de trabalho. Diante dessa conjuntura contempornea especfica colocada ao setor de recursos humanos das empresas, procure indicar e discutir: a. Quais seriam os principais desafios que tal situao especfica coloca para o processo de gesto de pessoas? b. Quais as principais estratgias que o Psiclogo Organizacional e do Trabalho pode desenvolver para enfrentar os desafios

    que voc elencou e discutiu no item a?

    QUESTO 2 Moretto (2010) faz uma discusso sobre as polticas de emprego e sua contribuio reduo da informalidade, enfatizando a ao do Estado nessa questo especfica. A Psicologia Organizacional e do Trabalho, tradicionalmente, tem se dedicado a estudar mais o trabalho formal do que o trabalho informal que, no Brasil, ocupa uma parte expressiva do mundo do trabalho. Tendo como base a Psicologia Organizacional e do Trabalho como rea de compreenso da realidade e de atuao profissional: a. Defina o que seria informalidade. b. Apresente e discuta as potencialidades e as impossibilidades para atuao profissional nesse setor do mundo do trabalho.

    QUESTO 3 Em conformidade com o art. 1 da Lei n 5.766/71, cabe ao CFP (Conselho Federal de Psicologia) orientar, disciplinar e fiscalizar o exerccio da profisso de psiclogo, bem como zelar pela fiel observncia dos princpios de tica e disciplina da classe. Dessa forma, o CFP detm legitimidade para exigir que os psiclogos utilizem instrumentos eficazes, no exerccio da profisso. Dentre os esforos do CFP para cumprir esse papel, foi criado o sistema SATEPSI. Diante disso, explique o que significa SATEPSI, e comente sobre a relao entre esse sistema e a possibilidade de disciplinar o exerccio profissional do psiclogo.

    QUESTO 4 Voc, enquanto psiclogo organizacional de uma grande empresa, com cerca de 500 funcionrios, precisa orientar o diretor de recursos humanos sobre a forma de comunicar equipe que, em dois meses, todos sero transferidos para outro prdio, distante 15km do centro da cidade. A empresa no ir oferecer conduo para transportar os funcionrios, tampouco h fcil acesso a lanchonetes ou restaurantes. Mas o novo imvel foi adquirido pela empresa e, por isso, esta no precisar mais pagar aluguel. Como voc conduziria esta situao, sabendo-se que alguns funcionrios certamente iro manifestar profunda resistncia mudana, e criar conflitos?

  • 13

    RASCUNHO QUESTO 1 Em hiptese alguma ser considerado o texto escrito neste espao.

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    25

    26

    27

    28

    29

    30

  • 14

    RASCUNHO QUESTO 2 Em hiptese alguma ser considerado o texto escrito neste espao.

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    25

    26

    27

    28

    29

    30

  • 15

    RASCUNHO QUESTO 3 Em hiptese alguma ser considerado o texto escrito neste espao.

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    25

    26

    27

    28

    29

    30

  • 16

    RASCUNHO QUESTO 4 Em hiptese alguma ser considerado o texto escrito neste espao.

    1

    2

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    9

    10

    11

    12

    13

    14

    15

    16

    17

    18

    19

    20

    21

    22

    23

    24

    25

    26

    27

    28

    29

    30