Vinhos e Uvas Enoteca Cursino

Click here to load reader

  • date post

    06-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    1

Embed Size (px)

description

informativo sobre vinhos e Uvas de Enoteca Cursino São JOsé do Rio Preto

Transcript of Vinhos e Uvas Enoteca Cursino

  • Principais Uvas Tintas e Brancas

    Segundo estudiosos h 24.000 nomes para as mais de 3.000 variedades de uvas vinferas. Destas 150 so plantadas comercialmente em quantidades mais significativas. Enquanto a Frana o berrio das cepas mais conhecidas, como cabernet sauvignon, pinot noir e chardonnay, a Itlia e Portugal se diferenciam pelas chamadas uvas autctones que praticamente s so cultivas nestes pases. A lista abaixo apresenta as cepas mais conhecidas e aquelas encontrados em vinhos brancos e tintos produzidos e importados para o Brasil.

    A Uva Malbec

    Malbec uma das uvas mais famosas da atualidade, mas j existe h muito tempo e tem uma histria interessante.

    Esta cepa tem sua origem no sudoeste da Frana, numa regio conhecida como Cahors e era chamada de "Cot" ou "Auxerrois". Aps sua enorme fama na Argentina, os franceses passaram a cham-la de Malbec.

    Fala-se que o nome Malbec teve origem a partir de um produtor hngaro chamado Malbeck, que levava as uvas e plantas desta cepa para vend-las em Bordeaux.

    Nessa poca o vinho originado da uva Malbec era chamado de "Vinho preto de Cahors", isso graas a cor intensa que a uva d aos seus vinhos. Fatos histricos dizem, que durante o reinado de Napolon, Pedro o Grande curou-se de uma lcera de estmago bebendo o tal "Vinho preto de Cahors". Muito

  • contente com isso, ele ordenou que essa uva fosse levada e plantada na pennsula de Crimea, junto com outras variedades como Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc. Essa uma das inmeras histrias relacionadas a essa cepa.

    Como as caractersticas dessa uva mudam bastante dependendo do clima e do solo em que plantada, a Malbec adaptou-se melhor na Argentina (tornou-se a uva emblemtica do pas) e a sua produo vem aumentando, principalmente na regio de Mendoza. Na Argentina, que produz vinhos de bastante personalidade, so produzidos um dos melhores vinhos do mundo, o Malbec argentino vinhos de uma textura aveludada, duradoura e agradvel sabor. Normalmente a Malbec origina um tinto mais delicioso quando feito na Argentina do que na sua terra de origem, Cahors.

    Sua colorao intensa, seu aroma de amora, ameixas e mel, e possui grande habilidade para amadurecer com perfeio. Quando os vinhos so envelhecidos em barris de carvalho, a fragrncia de baunilha e o suave tanino so perfeitos acompanhantes para uma bela carne vermelha.

    A Malbec tambm est presente: no Chile, na frica do Sul, na Austrlia, no Canad, nos Estados Unidos, na Itlia, na Espanha, no Marrocos e na Sua.

    A Uva Cabernet Sauvignon A Cabernet Sauvignon a casta vinfera de maior prestgio no mundo, cultivada em todas as regies produtoras e degustada por todos. Muitas pessoas se referem a ela como sendo a "rainha das uvas tintas". Sua origem est associada regio de Bordeaux (Mdoc) e resultado do cruzamento entre as castas: Cabernet Franc e Sauvignon Blanc. Seu nome j aparece em registros do final do sculo XVIII. Qualquer regio ou produtor que esteja comeando a colocar seus produtos no mercado escolhe essa casta para mostrar ao mundo do que capaz. Podemos dizer que, hoje em dia, a Cabernet Sauvignon a casta internacional para se avaliar vinhos, produtores ou regies. Ela se infiltrou por todas as regies, do Chile a Austrlia, da Califrnia a Grcia. Todo esse sucesso se deve, em parte, pela capacidade que essa casta tem de manter suas caractersticas, aromas e sabores independentemente da regio

  • onde cultivada. Isso mostrou ser um forte apelo aos novos consumidores que logo elegeram a Cabernet Sauvignon como padro de vinho tinto.

    A Cabernet Sauvignon de fcil cultivo, se adaptando muito bem aos mais diferentes solos e climas, a exceo dos extremos (quente e frio) que no so bem vindos a nenhuma casta. Apresenta bagos escuros e pequenos (preto e violeta profundo), com pele muito grossa e pouca poupa. Tem maturao tardia o que ajuda na concentrao de aromas e resistente podrido pelo excesso de chuvas. Podemos dizer que os aromas e sabores da Cabernet Sauvignon so marcantes, diretos e fceis de reconhecer. Os aromas primrios mais encontrados so: frutas vermelhas (cereja, cassis, amora, morango), frutas pretas (groselha preta, ameixa, mirtilo), especiarias (pimentas em p, cravo), amadeirados resinosos (cedro, lpis e caixa de charuto), amadeirados queimados (tostado, defumado, caf, torrefao), herbceos (menta, hortel). Dependendo do estilo e da regio, ainda podemos encontrar: alcauz, anis e pimento.

    Na Boca, podemos dizer que ela tem uma "pegada" mais masculina, forte. Os bons vinhos apresentam acidez levemente destacada com o lcool bem integrado, taninos potentes que ainda podem estar jovens, mas so sempre elegantes. A textura envolvente e potente, com corpo mdio para maior. Os aromas de boca dependem muito da idade do vinho, mas podemos encontrar: frutas vermelhas, especiarias, sumo de carne, couro, caramelo e baunilha. Quando o vinho ainda jovem, a acidez e os taninos esto destacados, com o tempo, o vinho se mostra mais redondo, ganhando em complexidade.

    A Uva Merlot A Merlot uma das castas vinferas mais cultivadas no mundo e detm enorme prestgio. Mas nem sempre foi assim. Durante muito tempo era conhecida apenas como "a outra tinta de Bordeaux"; a Cabernet Sauvignon

  • reinava absoluta. Essa percepo mudou a partir de 1980 quando comearam a surgir os vinhos do Novo Mundo. Originria da regio de Bordeaux, a Merlot descendente da Cabernet Franc e meia irm da Carmenre e da Cabernet Sauvignon. Essa extrema semelhana com a Carmenre foi responsvel pela confuso entorno dos vinhedos chilenos nos anos 1980. A Merlot uma uva misteriosa, os primeiros registros oficiais so muito recentes, apenas de 1784 em Bordeaux (Cotes de Libournais). Na Itlia (Vneto) ela mencionada apenas em 1855 com o nome de "Bord". Segundo alguns estudiosos, seu nome "Merlot" ou "Merlau" provem de uma pssaro chamado "Merle" que costumava se deliciar com seus doces cachos. A Merlot a uva mais cultivada em Bordeaux (56%) e a terceira na Frana (atrs da Carignan e da Grenache). Na margem direita de Bordeaux (St. milion e Pomerol) ela domina amplamente, enquanto na margem oposta, ela corresponde no mximo a 25%, com maior destaque na sub-regio de St-Estephe.

    A Merlot uma uva com cor azul-negra-violcea menos intensa, resultando num vinho rubi-violceo quando jovem, evoluindo para um rubi-atijolado. Seus bagos possuem pele mais fina com menos pigmento, tanino e menor acidez. Em contrapartida, apresenta mais aucares consequentemente, mais lcool. tambm mais suave, carnuda e aromtica. uma casta de maturao rpida. Em Bordeaux, por exemplo, amadurece em mdia 02 semanas antes das Cabernets. Isso lhe garante fama de "colheita segura", escapando das perigosas chuvas durante o perodo de colheita. Ela se adapta bem a climas mais frios (em comparao com a Cabernet Sauvignon) com solos mais rochosos, ridos, argilosos e ferrosos. Os aromas primrios mais encontrados so: frutas pretas (ameixa, jabuticaba e groselha negra), herbceos (ch, organo, alecrim, azeitonas e hmus), especiarias (canela, cravo e noz-moscada), outros (tabaco, cogumelos e couro). Quando o vinho estagia em madeira, surgem novos aromas: caramelo, baunilha, coco, bala toffe, chocolate, caf, torrefao, tostado, cedro, esfumaado, nozes e figo seco. Na boca, a principal caracterstica a textura macia, sedosa e aveludada; com acidez e lcool equilibrados em corpo mdio; e taninos redondos. Os aromas de boca mais presentes so os de frutas pretas, herbceos e algum sumo de carne. O uso de madeira pode ser benfico. Porm muitos produtores no utilizam carvalho novo para no perder ("matar") a elegncia da uva.

    A Uva Pinot Noir

  • Para muitos, a casta mais sublime e elegante que existe. A Pinot Noir uma casta tinta, originria da Frana. No existe mistrio quanto a sua origem, sua terra natal a espetacular Borgonha h mais de 02 mil anos. Os primeiros registros de seu cultivo remetem aos Gauleses em torno de 150AC. Sua importncia e reconhecimento so antigos. Em 1395, o ento Duque da Borgonha, Felipe, probe o plantio e cultivo da casta Gamay na Cte DOr por consider-la de qualidade inferior, privilegiando a Pinot Noir. Por ser to antiga, a Pinot Noir originou toda uma famlia de uvas: Pinot Gris e Pinot Blanc. Alm disso, segundo recentes estudos de DNA, 16 castas distintas tm a Pinot Noir na sua origem, dentre elas: Chardonnay, Gamay, Melon de Bourgogne (Muscadet) e Auxerrois (Malbec). O cultivo em outras partes do mundo s comeou na dcada de 1990 (Nova Zelndia, Califrnia, Oregon, Austrlia). No sculo XV, a Pinot Noir comea a ser plantada na regio que hoje conhecemos como Champagne, mais precisamente na sub-regio de Epernay. Segundo a lenda, Dom Prignon utilizava apenas Pinot Noir, alegando que as uvas brancas tinham uma tendncia latente re-fermentao. Acontece que mesmo assim o vinho produzido possua uma instabilidade enorme, tendendo a interromper a fermentao com o incio do frio (Outono) e voltando a fermentar no calor (Primavera). Dom Prignon acreditava que guardar os vinhos em barris de carvalho fazia com que eles perdessem os aromas, portanto, ele os guardava j nas garrafas. Quando a segunda fermentao ocorria, o gs (dixido de carbono) ficava retido na garrafa. E assim, segundo a lenda, nascia o Champagne. Champagne feito somente de Pinot Noir. Voltando para a Borgonha... Foi a partir de 1631, com a venda do La Romane em Vosne pela abadia de St.Vivant, que os burgueses de Dijon comearam a investir na regio. Rapidamente, o reconhecimento surgiu e os vinhos de Vosne, Chambertin, Clos de Bze, Fixin, Volnay ocuparam lugar de destaque para os franceses. A primeira classificao oficial data de 1861 e deve-se ao Dr. Jules Lavalle, do Comit dAgriculture de Beaune, que a elaborou para a Exposio Universal do ano seguinte. Como podemos explicar que uma regio to pequena, produza vinhos to diferentes? Como podemos e