Vírus na computação. definição, criação, evolução e prevenção

download Vírus na computação. definição, criação, evolução e prevenção

of 14

  • date post

    28-Nov-2014
  • Category

    Internet

  • view

    75
  • download

    0

Embed Size (px)

description

definição, criação, evolução e prevenção

Transcript of Vírus na computação. definição, criação, evolução e prevenção

  • 1. SENAC SERVIO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL CURSO TCNICO DE INFORMTICA VRUS NA COMPUTAO VRUS E SUA: CRIAO, DEFINIO, EVOLUO E PREVENO RHUAN CHRISTIAN CASTRO GASPAR
  • 2. Taquara RS 2014 RHUAN CHRISTIAN CASTRO GASPAR VRUS NA COMPUTAO VRUS E SUA: CRIAO, DEFINIO, EVOLUO E PREVENO
  • 3. Pesquisa cientfica apresentada ao Curso Tcnico de Informtica do SENAC Servio Nacional de Aprendizagem de Taquara - RS, como requisito parcial para a obteno do grau de Tcnico em Informtica. Mdulo: Metodologia de Projetos TAQUARA, RS 2014
  • 4. SUMRIO 1. INTRODUO 2. OBJETIVO 3. METODOLOGIA 4. VRUS NA REA DA COMPUTAO 5. CRIAO 6. EVOLUO 7. DANOS 8. PREVENO 9. CONSIDERAES FINAIS 10. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS
  • 5. INTRODUO Neste trabalho apresentarei uma pesquisa mais detalhada sobre os vrus na rea da computao, que todos ouvem falar, mas boa parte das pessoas no sabem a sua origem, definio, evoluo, ou at sua preveno.
  • 6. OBJETIVO Mostrar ao leitor at onde um vrus da rea da computao pode danificar sua mquina se no for cuidadoso. Apresentar mtodos de preveno contra esses vrus. Aconselhar sobre quais antivrus usar, para se obter melhor proteo contra vrus e spam.
  • 7. PROBLEMA possvel se prevenir contra a grande massa de vrus presente na internet hoje em dia?
  • 8. JUSTIFICATIVA Pelo fato de, 1a informtica estar presente na vida de 87% dos brasileiros, deve-se apresentar mtodos de preveno contra esses vrus, vrus que boa parte dessa massa de brasileiros no sabem ao certo o que . 1 Segundo pesquisa feita pelo Instituto Federal de tecnologias
  • 9. METODOLOGIA Buscarei encontrar as respostas para meu problema atravs de pesquisas em sites, revistas, livros, vdeos, entrevistas e manuseio do material em questo.
  • 10. Vrus na rea da computao um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vrus biolgico, infecta o sistema, faz cpias de si mesmo e tenta se espalhar pra outros computadores. Criao H 25 anos atrs, mais precisamente em 1982, o hacker Rich Skhrenta, na poca com 15 anos de idade, criou o primeiro vrus de computador. O nome era Elk Cloner e foi introduzido em um computador da Apple, via disquete de games. O Elk Cloner no causava danos ao sistema. A nica coisa que ele fazia era apresentar um poema a cada determinado nmero de inicializaes da mquina infectada. Foi uma criao inocente que no danificava nenhum alvo, mas que abriu portas para a criao de vrus atuais. Evoluo A primeira praga para PCs nasceu em 1986 e se chamava Brain. Pertencia categoria de vrus de boot, isto , danificava o setor de inicializao do disco rgido. Propagava-se da mesma forma que o Elk Cloner. Alguns vrus foram criados com a ajuda de empresas de informtica. Eles criaram programas para acessar um computador atravs de outro computador. Esses programas so conhecidos como Programas de Acesso Remoto os hackers comearam a usar esses programas para pregas peas nos amigos e mais tarde para roubar. Algumas pessoas acreditam que so as prprias empresas de softwares de antivrus que criam os vrus, pois se no houvesse mais vrus, consequentemente ningum mais precisaria ter um antivrus instalado no computador.
  • 11. Danos O vrus possui uma infinidade de ferramentas. Os recursos so escolhidos pelo desenvolvedor dessas pragas de acordo com o que eles desejam. Veja alguns dos efeitos mais comuns do vrus no seu computador: Vrus de Formatao: se o objetivo da praga eliminar os dados que esto no computador, eles so capazes de excluir tudo que est em um disco rgido, sem deixar rastros Vrus que causa lentido: Quando o computador fica repentinamente devagar, sem nenhum motivo aparente, uma causa provvel a contaminao por vrus, que geralmente atacam os arquivos essenciais para o funcionamento do sistema operacional. Vrus que causa vulnerabilidade: Algumas porcarias virtuais possuem a inteno de criar brechas na segurana do sistema, para que ele possa ser acessado remotamente por um hacker. Vrus que captura informaes: Por meio de Keyloggers e outros aplicativos, os vrus so capazes de registrar o que o usurio digita no teclado ao acessar o site de um banco, por exemplo. Vrus para pregar peas: Nem sempre os vrus so to malficos. Muitos deles fazem apenas algumas pequenas modificaes, como alterar o tamanho das letras na tela ou desconfigurar a imagem do monitor.
  • 12. Preveno No execute arquivos ou instale programas de procedncia duvidosa e desconhecida; Evite buscar e utilizar programas obtidos pela internet em sites no reconhecidos. Mantenha sempre um antivrus ativo na mquina (apenas um, para no causar conflito). E se estiver em dvida de qual instalar, lembre-se: os melhores antivrus so os pagos.
  • 13. CONSIDERAES FINAIS Ao fim do meu trabalho concluo que, sim possvel navegar com segurana na internet, com a ajuda de um software de antivrus. E espero que o leitor agora tenha uma noo mais precisa do que so os vrus da computao e os danos que eles podem causar.
  • 14. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/fundamentos/virus-computador- internet-491683.shtml http://pt.wikipedia.org/wiki/V%C3%ADrus_de_computador http://pt.wikipedia.org/wiki/Elk_Cloner