Apresentação do Projeto Edifício Garagem

of 31 /31
EDIFÍCIO GARAGEM CAMPINA GRANDE - PB WWW.CSAARQUITETURA.COM.BR

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Apresentação do Projeto Edifício Garagem

  • EDIFCIO GARAGEM

    CAMPINA GRANDE - PB

    W W W . C S A A R Q U I T E T U R A . C O M . B R

  • O projeto do Edifcio-Garagem surgiu do programa da atual administrao da Prefeitura Municipal, de consolidar a vitalidade do Centro Histrico de Campi-

    na Grande, chamado Programa de Renovao Urbana do Centro Comercial que, entre outras iniciativas, determinou:

    incentivar investimentos que favoream o desenvolvi-mento do comrcio local; estimular a criao de novas reas de lazer;

    priorizar o bem-estar do pedestre em detrimento do au-tomvel.

  • Esta nova dinmica nos levou a criar um moderno e dif-erenciado equipamento urbano no intuito de:

    evitar prolongar a permanncia e proliferao de um comrcio decadente (que leva consequente desvalori-zao dos imveis vizinhos);

    oferecer novos estmulos para a regio;

    sanar ou minimizar substancialmente a deficincia de vagas para carro que afasta o cliente e por conseguinte os inquilinos comerciais; garantir o conforto que atrai clientes e comerciantes.

  • A conjugao de estacionamento e lojas comerci-ais, alm de resolver o problema do automvel nos centros urbanos gera movimento, receitas, em-

    pregos, fluxos, modernizando e revitalizando a rea e seu entorno. como se a cidade criasse novas ruas, novas esquinas, enfim, como se a cidade crescesse um pouco mais dentro de si mesma.

  • Um edifcio-garagem com um shopping em sua base satisfaz consumidores, trabalhadores, empresrios e lojistas garantindo-lhes conforto e segurana.

    O Edifcio-Garagem foi projetado para ser construdo no quarteiro da antiga praa Cristiano Lauritzen, atualmente ocupado por um prdio de propriedade da Prefeitura Mu-nicipal e por um centro comercial degradado.

  • Vista area do local dos arredores do local do projeto.

  • O local de fcil acesso, j foi a antiga rodoviria e a esto localizados inmeros pontos comerci-ais que se instalaram sem planejamento mas que

    geram uma freqncia e confluncia de pblico que pre-cisa ser mantida e ampliada pelas facilidades e conforto que o projeto oferece.

  • O projeto objetiva: renovar e melhorar esta quadra do centro de Campina Grande, valorizando a regio;

    promover usos comerciais tradicionais e inovativos;

    facilitar a concentrao de comrcio setorizado, podendo ser temtico (informtica e eletrnicos, por exemplo);

    transformar os pontos finais de nibus em pontos de pas-sagem; atrair novos consumidores para o local.

  • Perspectiva - Esquina das Ruas Cardoso Vieira e Baro de Abia

  • O prdio composto de um setor comercial nos 3 pavimentos de base, de 5 pavimentos de garagem e de um pavimento de cobertura destinado a ali-

    mentao e ao lazer. O setor comercial pode abrigar um shopping de mdio porte, com uma rea total aproximada de 6.750m nos 3 pavimentos. Esta rea comporta ou um comrcio formal com aproximadamente 150 lojas de vari-ados tamanhos, ou 350 boxes para receber um empreendi-mento organizado por cooperativas do comrcio informal.

  • Ser aberto, simples, com mall avarandado e ajardina-do, possibilitando encontros, trocas, em rea protegida e agradvel, porm mantendo o contato com a cidade at-ravs de suas vrias entradas em nvel em todos os seus pavimentos, possibilitadas pela acentuada declividade do terreno. Algumas lojas que tm acesso direto para a Rua Baro de Abia tero tratamento diferenciado por estarem em contado direto com uma via de grande fluxo de pedes-

  • tres. A circulao ampla entre as lojas permite a instalao de quiosques, promoes de eventos, sorteios, entreteni-mento, etc. De qualquer forma ser um shopping enxu-to, econmico e em excelente situao. Sua arquitetura despojada marca o espao urbano da regio, sem agredir a rea circundante. Sua forma reflete claramente seu uso deixando-o facilmente reconhecvel pela populao.

  • Quadro de reasrea Total do PavimentoN de Lojas no Pavimentorea Total das Lojas no Pavimentorea de Circulao (mall)rea de Adm / Servios

    1.367,57m230 un.475,30m2770,47m2121,80m2

    Planta 1 pavimento shopping (nvel +3.50)

  • Quadro de reasrea Total do PavimentoN de Lojas no Pavimentorea Total das Lojas no Pavimentorea de Circulao (mall)rea de Varandarea de Adm / Servios

    2.746,37m249 un.758,29m21.464,29m2158,50m2143,00m2

    Planta 2 pavimento shopping (nvel 0.00)

  • Planta 3 pavimento shopping (nvel +7.50)

    Quadro de reasrea Total do PavimentoN de Lojas no Pavimentorea Total de Lojas (Shopping)rea de Circulao (Shopping)rea Total de Lojas (Portaria Ed. Garagem)rea de Circulao (Ed. Garagem)rea de Varandasrea de Adm / Servios

    3.385,62m265 un.927,44m21.618,55m2174,06m2408,99m2409,36m2143,00m2

  • Quadro de reasN Total de Vagasrea Total dos Pav. Garagem

    496 vagas16.161,00m2

    Planta do pavimento-tipo Garagem

  • Planta Pavimento Gastronmico (nvel +25.50)

    Quadro de reasrea Total do Pavimentorea de Restaurantesrea de Servios e Apoiorea de Circulao

    3.233,47m21.056,13m2397,74m2408,99m2

  • Planta Plano Geral Edifcio Garagem

    Quadro de reasrea do Terrenorea Total de ConstruoN Total de LojasN Total de Lojas (alimentao)rea Total de Lojasrea Total do Shoppingrea Total de Garagemrea do Pavimento GastronmicoTotal de Vagas

    3.385,62m226.894,00m2132 un.22 un.2.009,94m26.743,92m216.916,00m23.233,47m2496 vagas

  • Perspectiva - Esquina Rua Tavares Cavalcanti e Cardoso Vieira

  • Como caractersticas principais do Edifcio-Garagem na praa Cristiano Lauritzen, podemos relacionar:

    construo de acabamento simples e ecnomico, visan-do atender ao programa proposto com todos os requisitos necessrios para sua funcionalidade e conforto;

    o conjunto se amolda no terreno trapeziforme e se adapta acompanhando, de forma escalonada, o caimento natural das ruas que delimitam sua rea, tendo por este motivo 7 andares de um lado e 9 do outro (ver plantas e corte );

  • foram dispensados em todos os pavimen-tos o fechamento por meio de esquadria, ex-plorando as possibilidades oferecidas pelo clima local, adotando o saudvel e vantajo-so sistema de aerao natural, dispensan-do condicionadores de ar, que proporciona menor consumo de energia e baixos custos de manuteno; nas torres estaro concentradas todas as tubulaes eltrica e hidro-sanitrias que daro grande praticidade e economia na construo e na manuteno.

  • Perspectiva - Vista da Rua Cardoso Vieira

  • Estruturalmente o edifcio se traduz:

    o edifcio ser todo em concreto armado aparente que bem concebido e executado, uma soluo inigualvel em elegncia, custo e prazo;

    contrastando com as linhas horizontais da estrutura central, as duas torres laterais se destacam com marcante verticali-dade e so coroadas com o destaque das caixas dgua.

  • as torres nas laterais fazem o contraventamento da edifi-cao, permitindo vos maiores e pilares mais esbeltos com custo mais baixo. a concepo do sistema estrutural das lajes foi determi-nado pelo mdulo que possibilita o maior nmero de vagas para carros que apoiam-se nas torres de circulao vertical situadas nas duas laterais.

  • Vista - Rua Tavares Cavalcanti

  • Acima do shopping est a rea destinada ao estacio-namento composta por cinco pavimentos. O projeto contempla 500 vagas para comercializao e uso do

    shopping, com vrias possibilidades:

    rampas independentes por onde os carros sobem e descem (sem utilizar o recurso de equipamentos mecnicos com-plementares) nas duas torres situadas nas extremidades do prdio, que abrigam tambm as circulaes verticais para os pedestres;

  • flexibilidade de uso no estacionamento: -Garagem cativa; -Garagem vip; -Estacionamento rotativo; -Estacionamento expresso; -Estacionamento de motos e bicicletas;possibilidade de se reservar uma rea de prestao de servios especficos para autos como venda e colocao de acessrios, limpezas e polimentos, etc.

  • Edifcio Garagem - Mapa do Local

  • O impacto da afluncia de automveis de di-menses assimilveis pela estrutura viria cir-cundante. Levando-se em considerao que

    cada carro ocupa aproximadamente 6 metros, esta ga-ragem vai aliviar, em termos comparativos, 3 quilmet-ros de ruas circunvizinhas (ver mapa e detalhe anexo na pgina anterior).

  • o terrao est o pavimento gastronmico, evi-denciado externamente pelas aberturas irregu-lares destacando o coroamento do edifcio. Com

    reas ajardinadas, propiciando ambientes agradveis, ventilados, com prgolas, ambincias diferenciadas, o terrao valorizado pela vista panormica que o edifcio ir proporcinar. So 10 lojas e ainda quiosques extras para atender a restaurantes, lanchonetes, sorveterias, cafs, etc., ou seja, um ponto de atrao para o turismo local ou regional, podendo gerar um movimento vesper-tino ou noturno, importante contribuio para a revital-izao do centro de Campina Grande.