Aula 5 - Miologia - anatomia humana I

of 52/52
MIOLOGIA Profa. Marília Gomes
  • date post

    22-Jan-2018
  • Category

    Education

  • view

    357
  • download

    6

Embed Size (px)

Transcript of Aula 5 - Miologia - anatomia humana I

  • MIOLOGIA

    Profa. Marlia Gomes

  • Estudo descritivo do msculo

    e estruturas acessrias

    que funcionam para movimentar

    os ossos e as articulaes

    contraes

  • Introduo

    Em latim mio significa msculo e logia significa estudo

    Msculos: rgos constitudos por tecido muscular

    especializado em contrair e relaxar

    movimentam em resposta a estmulos nervosos

  • Tecidos musculares - caractersticas:

    o Excitabilidade capacidade de receber e responder estmulos

    o Contratilidade capacidade de encurtar e espessar (contrao)

    o Extensibilidade capacidade de distender (extenso)

    o Elasticidade capacidade de retornar a forma original aps contrao ouextenso

  • Derivam do folheto embrionrio mesoderme (ris ectoderme)

    Sob o controle do sistema nervoso

    Cada msculo possui um nervo que se ramifica internamente

  • Classificao morfolgica e funcional

    1. Tecido Muscular Liso (Msculo liso)

    2. Tecido Muscular Estriado

    2.1. Cardaco (Msculo cardaco)

    2.2. Esqueltico (Msculo esqueltico)

  • Msculo Liso

    Micitos fusiformes e mononucleados

    Sem estrias transversais ou poucas desorganizadas

    Movimento involuntrio

    Contrao lenta e rtmica

    Localizao: rgos ocos (esfago, estmago, intestino,uretra, ureter, tero), glndulas salivares e lacrimais,folculos pilosos, bao, bulbo ocular e vasos sanguneos

  • Msculo Cardaco

    Micitos alongados

    Estrias transversais com ramificaes (alto nmero)

    Podem apresentar um ou dois ncleos centrais

    Movimento involuntrio

    Contrao vigorosa, rpida e contnua

    Localizao: corao (miocrdio)

  • Msculo Esqueltico

    Micitos cilndricos e longos

    Alto nmero de estrias transversais (organizadas)

    Nucleao mltipla perifrica

    Movimento voluntrio

    Contrao vigorosa e rpida

    Localizao: esqueleto

    esfncter

    superficiais - cutneos

  • Movimento esqueltico:

    1. Elementos ativos:

    o Msculos

    o Articulaes

    2. Elementos passivos:

    o Tendes

    o Ossos

    o Cartilagens

    Corresponde a cerca de 40% do peso corporal

    75% gua + 18% protena + 7% carboidrato, gorduras e sais

  • Funes:

    o Produo de movimentos corporais

    o Esttica corporal - estabilidade articular

    o Regulao do volume e continncia dos rgos

    o Produo de calor - manter temperatura

  • Aps o nascimento no se formam novas fibras musculares

    Leses com perdas de tecido muscular so substitudas por tecidocicatricial

    Aumento da massa muscular: hipertrofia

    Diminuio do volume de clulas musculares: atrofia

    Aumento do volume de clulas musculares: hiperplasia

  • RESUMO CLASSIFICAO MORFOFUNCIONAL

  • Msculo estriado esqueltico

  • Morfologia

    Poro mdia:

    o Ventre

    Extremidades:

    o Tendes

    o Aponeuroses

    Fscias:

    o Epimsio

    o Perimsio

    o Endomsio

    Estruturas acessrias:

    o Bainha tendneas

    o Bolsas sinoviais

  • Poro mdia

    Ventre muscular

    Cor vermelha

    Aspecto carnoso

    Parte ativa do msculo

    Realiza contrao e relaxamento

  • Extremidades

    Tendes:

    o Forma de fita ou corda

    o Rico em fibras colgenas

    Aponeuroses:

    o Forma de lmina (plana ou achatada)

    o Membrana fibrosa que reveste os grupos musculares

    Conectam msculos aos ossos

    Pouco aporte sanguneo

    Difcil cicatrizao

  • Fscias

    Tecido conjuntivo fibroso que envolve cada msculo

    Tamanho e espessura variveis conforme a funo muscular

    Bainha de conteno muscular - contrao eficiente

    Facilita o deslizamento dos msculos entre si

    Evita o deslocamento brusco

    Emitem septos intermusculares separando os msculos em grupos

  • 3 camadas de envoltrios:

    1. Epimsio: envolve o ventre

    2. Perimsio: envolve o fascculo

    3. Endomsio: envolve a fibra

  • Estruturas acessrias

    Bainhas tendneas:

    o Tneis ou pontes entre as superfcies sseassobre as quais deslizam os tendes

    Bolsas sinoviais:

    o Entre os msculos e entre ossos e msculos

    Facilitam o deslizamento muscular

  • RESUMO MORFOLOGIA

  • Aponeurose

    Aponeurose

    Tendo

    Tendo

  • Estrutura do msculo - microscopia

    Sarcmero:

    Menor conjunto de miofilamentos queconsegue realizar o movimento decontrao/relaxamento

    Miofilamentos (protenas):

    Grosso: miosina

    Finos: actina, troponina e tropomiosina

  • Classificaes Quanto a forma

    Quanto ao ventre

    Quanto a situao

    Quanto a disposio das fibras

    Quanto a disposio oblqua das fibra

    Quanto a sua origem

    Quanto a sua insero

    Quanto a topografia

    Quanto a funo

    Quanto a ao

    Quanto a nomenclatura

    Quanto ao tipo de contrao

  • Quanto a forma:

    1. Fusiformes: normalmente encontrados nos membros, podem passar pormais de uma articulao, quanto mais superficiais mais longos

    2. Longos: estrutura alongada

    3. Curtos: em articulaes com movimentos limitados

    4. Largos: largura predomina sobre o comprimento

    5. Leque: msculo largo com fibras convergentes para uma extremidade

  • Quanto ao ventre:

    1. Monogstrico: um vente e tendes nas extremidades

    2. Digstrico: dois ventres com um tendo intermedirio

    3. Poligstrico: mais de dois ventres com vrios tendes intermedirios

  • Quanto a situao:

    1. Superficiais ou cutneos: logo abaixo da pele, no mnimo uma de suasinseres est na camada profunda da derme (crnio, face, pescoo emos)

    2. Profundos: se inserem em ossos

  • Quanto a disposio das fibras:

    1. Reto: paralelo a linha mediana

    2. Transverso: perpendicular a linhamediana

    3. Oblquo ou serrilhado: diagonala linha mediana

  • Quanto a disposio oblqua da fibra:

    1. Unipenado ou semipeniforme: se osfeixes musculares se prendem em umas borda do tendo

    2. Bipenado ou peniforme: se os feixes seprendem nas duas bordas do tendo

  • Quanto a origem extremidade muscular presa ao osso que no sedesloca (ponto fixo):

    1. Bceps: quando se originam de dois tendes

    2. Trceps: quando se originam de trs tendes

    3. Quadrceps: quando se originam de quatro tendes

  • Quanto a insero extremidade muscular presa ao osso que sedesloca (ponto mvel):

    1. Monocaudado: quando se insere em um tendo

    2. Bicaudados: quando se inserem em dois tendes

    3. Policaudados: quando se inserem em mais de dois tendes

  • Quanto a funo:

    1. Agonista: msculo principal ativadordo movimento, se contrai ativamente

    2. Antagonista: se ope a ao doagonista, relaxa produzindo ummovimento suave

    3. Sinergista: estabilizam as articulaesdurante o movimento principal

    4. Fixador: estabilizam a origem doagonista de modo que ele exeraeficientemente a ao

  • Quanto a topografia:

    1. Axial: esqueleto axial

    2. Apendicular: esqueleto apendicular

  • Quanto a ao:

    1. Flexor: diminui o ngulo da articulao

    2. Extensor: aumenta o ngulo da articulao

    3. Adutor: aproxima da linha mediana

    4. Abdutor: afasta da linha mediana

    5. Pronador: gira posteriormente

    6. Supinador: gira anteriormente

    7. Tensor: torna rgido

    8. Esfncter: diminui a luz de uma abertura

  • Quanto a nomenclatura - o nome dado ao msculo deriva dacombinao de fatores, entre eles o fisiolgico e o topogrfico:

    1. Ao

    2. Ao associada a forma

    3. Ao associada a localizao

    4. Forma

    5. Localizao

    6. Nmero de origem

  • Quanto ao tipo de contrao:

    1. Concntrica: o msculo encurta e traciona outra estrutura, como otendo, diminuindo o ngulo da articulao

    2. Excntrica: aumento do comprimento total do msculo durante acontrao

    3. Isomtrica: estabilizam as articulaes enquanto outras se movem, geratenso muscular sem realizar movimento

  • Importncia clnica

    Enfermidades:

    o Distrofias musculares

    o Cardiomiopatias

    o Neoplasias rabdomioma/rabdomiossarcoma

    o Megaesfago

    Aplicaes de injees

  • OBRIGADA