Categorias da narrativa - · PDF filetempo da história na narrativa, ou seja, é...

Click here to load reader

  • date post

    24-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Categorias da narrativa - · PDF filetempo da história na narrativa, ou seja, é...

  • Categorias da narrativa

  • Ao Conjunto de acontecimentos que constituem uma narrativa e que so relatados, mas h que distinguir a importncia de cada um deles para a histria.

    Ao principal: constituda pelo ou pelos acontecimentos principais.

    Ao secundria: constituda pelo ou pelos acontecimentos menos importantes que valorizam a ao central.

  • Ao Numa narrativa, as vrias aes relacionam-se entre si de diferentes maneiras.

    Por encadeamento: quando as aes sucedem por ordem temporal e em que o final de uma ao se encadeia com o incio da seguinte.

    Por alternncia: quando as aes se desenrolam separada e alternadamente, podendo fundir-se em determinado ponto da histria.

    Por encaixe, isto , quando se introduz uma ao na outra.

  • Narrador

    Entidade imaginria criada pelo autor, que

    tem como funo contar a histria. No

    deve, por isso, ser confundido com o autor,

    que o responsvel pela criao da

    histria.

    Presena: narrador heterodiegtico (no

    participante); homodiegtico e

    autodiegtico (participante)

  • Narrador

    Posio: objetivo mantm uma posio

    imparcial em relao aos acontecimentos,

    narrando os factos com objetividade.

    subjetivo narra os

    acontecimentos com parcialidade, emitindo

    a sua opinio, emitindo juzos de valor,

    tornando a narrao subjetiva.

  • Narrador

    Focalizao: omnisciente o narrador detm um conhecimento total e ilimitado da narrativa. Controla os acontecimentos, o tempo e as personagens que ultrapassam a mera observao.

    externa o narrador apenas refere o que observvel.

    interna o narrador refere o que observvel do ponto de vista de uma personagem.

  • Personagem

    Relevo: protagonista personagem que

    desempenha o papel de maior importncia

    para o desenrolar da ao.

    secundria personagem que

    desempenha um papel com menos relevo, mas

    ainda assim essencial para o

    desenvolvimento da ao.

    figurante personagem que ,

    normalmente, irrelevante para o desenrolar

    da ao, mas pode ser muito importante para

    ajudar a ilustrar um ambiente.

  • Personagem Composio: plana personagem sem

    complexidade e que no evolui para alm da sua

    caracterizao inicial mantm as mesmas ideias,

    as mesmas aes, as mesmas palavras, as mesmas

    qualidades e defeitos.

    redonda personagem complexa,

    apresentando uma personalidade forte. A

    caracterizao deste tipo de personagens est

    sempre em aberto, pois os seus medos, os seus

    objetivos, as suas obsesses vo sendo revelados

    pouco a pouco.

  • Tempo

    O tempo uma categoria que estabelece a durao da ao e marca a sucesso cronolgica dos acontecimentos. No entanto, necessrio distinguir o tempo da histria do tempo do discurso.

    A B C D E F G

    O tempo da histria a sucesso cronolgica dos acontecimentos, a ordem real.

  • Tempo

    B C A D G E F

    O tempo do discurso a representao do

    tempo da histria na narrativa, ou seja, a

    ordem textual dos acontecimentos. O tempo

    do discurso nem sempre respeita o tempo da

    histria, ou seja, os acontecimentos nem

    sempre so relatados pela ordem de

    sucesso.

    Tempo psicolgico forma como sentimos

    o tempo.

  • Tempo Recursos para a organizao do tempo do discurso:

    - analepse recuo no tempo para relatar acontecimentos anteriores ao presente da ao.

    - prolepse avano no tempo para antecipar acontecimentos futuros.

    - resumo sumrio da histria que provoca uma reduo do tempo do discurso. Este fica reduzido a um intervalo de tempo menor do que aquele que demoraria a ocorrer.

    - elipse supresso de intervalos temporais relativamente alargados.

  • Espao Refere-se no s ao lugar fsico onde decorre a ao, mas tambm ao ambiente social e cultural onde se inserem as personagens.

    - Espao fsico e geogrfico lugar ou lugares onde decorre a ao. Pode definir-se como um espao aberto/fechado, interior/exterior, pblico/privado.

    - Espao social e cultural meio, situao econmica, cultural ou social das personagens. Podem ser definidos grupos sociais, conjuntos de valores e crenas desses grupos, posio que ocupam na sociedade, referncia s tradies e costumes culturais de um povo.

    - Espao psicolgico lugar imaginrio onde gostaramos de estar.