Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

of 24 /24
QUARTA-FEIRA MACEIÓ - ALAGOAS 30 DE SETEMBRO DE 2015 N 0 2458 R$ 2,00 tribunahoje.com INDEPENDENTE EXEMPLAR DO ASSINANTE Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas Mínima 22º Máxima 27º TEMPO MARÉS FINANÇAS INQUÉRITO POLICIAL TESTEMUNHAS DA QUEDA DE HELICÓPTERO COMEÇAM A SER OUVIDAS A fase de depoimentos do inquérito policial que investiga as causas do acidente com o helicóptero da Polícia Militar foi inicia- da ontem. Josefa Marcolino da Silva, 46, foi uma das primeiras pessoas a se aproximar da aeronave caída. Ela disse ter visto um dos militares ainda vivo dentro de um carro atingido pelo helicóptero, procurou ajuda, mas as chamas foram mais rápidas. Centenas de pessoas participaram da missa do 7º dia, ontem, em memória dos quatro policiais que morreram. PÁGINA 11 AGÊNCIA ALAGOAS RÍVISON BATISTA AGÊNCIA ALAGOAS CASA DOS SINDICATOS PROJETO DECLARA UTILIDADE PÚBLICA A FUNDAÇÃO PALÁCIO DO TRABALHADOR PÁGINA 12 PROFESSORES DA UFAL GREVE ACABA, MAS AULAS SÓ SERÃO RETOMADAS NA PRÓXIMA SEMANA PÁGINA 11 STF LIVRA DEPUTADO ALAGOANO DA ACUSAÇÃO DE AGRESSÃO À EX-MULHER A Segunda Turma do STF absolveu ontem o depu- tado federal Arthur Lira (PP-AL) do crime de lesão corporal. Lira foi processado por Juliene Lins, sua ex- mulher, sob a acusação de agressão física, que teria ocorrido em 2006. Por unanimidade, os ministros entenderam que, durante o andamento do processo, foram apresentadas diversas versões conflitantes pela autora sobre a suposta agressão. PÁGINA 2 CHOQUE FRONTAL ENTRE DOIS AUTOMÓVEIS DEIXA 9 PESSOAS FERIDAS EM JACARECICA Uma colisão frontal entre dois veículos - um Gol e um Legacy - deixou nove feridos na noite de ontem na Avenida Comen- dador Gustavo Paiva, em Jacarecica. O detalhe é que havia crianças e gestantes nos dois automóveis, porém não houve vítimas fatais, apesar do condutor de um dos veículos ter ficado preso às ferragens, sendo retirado com a ajuda do Corpo de Bombeiros. Um dos condutores estaria levando a esposa à maternidade e teria pego a contramão. PÁGINA 9 DILMA SANCIONA REFORMA ELEITORAL COM VETO À DOAÇÕES DE EMPRESAS PARA ECONOMIZAR, ELA TAMBÉM REJEITOU PROPOSTA DE QUE O VOTO DE CADA ELEITOR FOSSE IMPRESSO PELA URNA ELETRÔNICA. PÁGINA 5 04:53 2.4m 11:08 0.1m 17:15 2.2m 23:28 0.1m SANTORO VAI À ALE TENTAR CONVENCER DEPUTADOS A APROVAREM PACOTAÇO O SECRETÁRIO GEORGE SANTORO, DA FAZENDA, IRÁ À ASSEMBLEIA LEGISLA- TIVA, EM COMPANHIA DO SECRETÁRIO CHRISTIAN TEIXEIRA (PLANEJAMENTO), PARA TENTAR CONVENCER OS DEPU- TADOS A APROVAREM INTEGRALMEN- TE AS MEDIDAS FISCAIS PROPOSTAS PELO GOVERNO, ENTRE ELAS A ELEVA- ÇÃO DE IMPOSTOS. OS TEXTOS FORAM LIDOS NA SESSÃO DE ONTEM. PÁGINA 2 POUPANÇA: 0,6930% DÓLAR COMERCIAL R$ 4,05 R$ 4,05 DÓLAR PARALELO R$ 3,83 R$ 4,26 OURO: R$ 145,50 FEIRA NORDESTINA DE CIÊNCIA ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA FICAM EM 2º E 3º LUGARES Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição, de Lagoa da Canoa, ficou com o 2º e 3º lugares na categoria Ciências Agrárias, na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia, realizada no Recife. O aluno José Jefesson ficou em 2º lugar e José Paulo Barbo- sa obteve a 3ª colocação. PÁGINA 11 EXPERIMENTOS apresentados pelos jovens alagoanos ganharam admiração geral na feira

description

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Transcript of Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Page 1: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

QUARTA-FEIRA

MACEIÓ - ALAGOAS 30 DE SETEMBRO DE 2015

N0 2458R$ 2,00 tribunahoje.comINDEPENDENTE

EXEMPLAR DOASSINANTE

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas

em áreas isoladas

Mínima

22ºMáxima

27ºTEMPO MARÉS FINANÇAS

INQUÉRITO POLICIAL

TESTEMUNHAS DA QUEDA DE HELICÓPTERO COMEÇAM A SER OUVIDASA fase de depoimentos do inquérito policial que investiga as causas do acidente com o helicóptero da Polícia Militar foi inicia-da ontem. Josefa Marcolino da Silva, 46, foi uma das primeiras pessoas a se aproximar da aeronave caída. Ela disse ter visto um dos militares ainda vivo dentro de um carro atingido pelo helicóptero, procurou ajuda, mas as chamas foram mais rápidas.

Centenas de pessoas participaram da missa do 7º dia, ontem, em memória dos quatro policiais que morreram. PÁGINA 11

AGÊNCIA ALAGOAS

RÍVISON BATISTA

AGÊNCIA ALAGOAS

CASA DOS SINDICATOS

PROJETO DECLARA UTILIDADE PÚBLICA A FUNDAÇÃO PALÁCIO DO TRABALHADOR

PÁGINA 12

PROFESSORES DA UFAL

GREVE ACABA, MAS AULAS SÓ SERÃO RETOMADAS NA PRÓXIMA SEMANA

PÁGINA 11

STF LIVRA DEPUTADO ALAGOANO DA ACUSAÇÃO

DE AGRESSÃO À EX-MULHERA Segunda Turma do STF absolveu ontem o depu-tado federal Arthur Lira (PP-AL) do crime de lesão

corporal. Lira foi processado por Juliene Lins, sua ex- mulher, sob a acusação de agressão física, que teria

ocorrido em 2006. Por unanimidade, os ministros entenderam que, durante o andamento do processo,

foram apresentadas diversas versões conflitantes pela autora sobre a suposta agressão. PÁGINA 2CHOQUE FRONTAL ENTRE DOIS AUTOMÓVEIS

DEIXA 9 PESSOAS FERIDAS EM JACARECICAUma colisão frontal entre dois veículos - um Gol e um Legacy - deixou nove feridos na noite de ontem na Avenida Comen-dador Gustavo Paiva, em Jacarecica. O detalhe é que havia crianças e gestantes nos dois automóveis, porém não houve vítimas fatais, apesar do condutor de um dos veículos ter ficado preso às ferragens, sendo retirado com a ajuda do Corpo

de Bombeiros. Um dos condutores estaria levando a esposa à maternidade e teria pego a contramão. PÁGINA 9

DILMA SANCIONA REFORMA ELEITORAL COM VETO À DOAÇÕES DE EMPRESAS PARA ECONOMIZAR, ELA TAMBÉM REJEITOU PROPOSTA DE QUE O VOTO DE CADA ELEITOR FOSSE IMPRESSO PELA URNA ELETRÔNICA. PÁGINA 5

04:53 2.4m11:08 0.1m

17:15 2.2m23:28 0.1m

SANTORO VAI À ALE TENTAR CONVENCERDEPUTADOS A APROVAREM PACOTAÇO

O SECRETÁRIO GEORGE SANTORO, DA FAZENDA, IRÁ À ASSEMBLEIA LEGISLA-TIVA, EM COMPANHIA DO SECRETÁRIO CHRISTIAN TEIXEIRA (PLANEJAMENTO), PARA TENTAR CONVENCER OS DEPU-TADOS A APROVAREM INTEGRALMEN-TE AS MEDIDAS FISCAIS PROPOSTAS

PELO GOVERNO, ENTRE ELAS A ELEVA-ÇÃO DE IMPOSTOS. OS TEXTOS FORAM LIDOS NA SESSÃO DE ONTEM. PÁGINA 2

POUPANÇA: 0,6930%

DÓLAR COMERCIALR$ 4,05 R$ 4,05

DÓLAR PARALELOR$ 3,83 R$ 4,26

OURO:R$ 145,50

FEIRA NORDESTINA DE CIÊNCIA

ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA FICAM EM 2º E 3º LUGARESEscola Estadual Nossa Senhora da Conceição, de

Lagoa da Canoa, ficou com o 2º e 3º lugares na categoria Ciências Agrárias, na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia, realizada no Recife. O aluno

José Jefesson ficou em 2º lugar e José Paulo Barbo-sa obteve a 3ª colocação. PÁGINA 11

EXPERIMENTOS apresentados pelos jovens alagoanos ganharam admiração geral na feira

Page 2: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

PolíticaDeputado levanta preocupação após decisão judicial sobre a CasalO contrato de concessão firmado entre a prefeitura de Maceió e a Com-panhia de Saneamento de Alagoas (Casal) foi alvo de pronunciamento do deputado Inácio Loiola (PSB) No discurso, o parlamentar demonstrou pre-ocupação com uma decisão judicial em caráter liminar determinando que os recursos arrecadados pela estatal na capital sejam direcionados somente para a cidade. Sendo assim, 76 dos 77 municípios alagoanos atendidos pela Casal serão prejudicados com menos recursos para abastecimento.

O deputado Rodrigo Cunha (PSDB) que criticou o as medidas fiscais envia-das pelo governo declarou que será preciso detalhar à população onde vai pesar no bolso da população.

“Todas as informações devem ser passadas de for-ma completa para a popula-ção e não o governo querer ser o paladino da justiça so-cial, dizendo que vai apenas querer buscar os recursos, aumentar a arrecadação através dos ricos. Não é

essa a situação, e a socieda-de precisa ter o conhecimen-to”, declarou Rodigo.

Ontem, o parlamentar usou a tribuna da Casa para fazer um alerta sobre os riscos da aprovação do pacote de impostos enviado pelo governo à Assembleia Legislativa que mexe nos bolsos não só dos ricos, como propõe o governo estadual.

“Buscamos repercutir um pacote que não diz res-peito apenas a coisas su-peréfluas, e nem apenas

aos ricos, mas sim a todo o cidadão alagoano. O pacote aumenta o imposto do com-bustivel e um item que é essencial como a telecomu-nicação, que engloba a TV a cabo, o telefone, a internet, situações que vão afetar o bolso do cidadão”, enfatizou.

Cunha disse ainda que, é preciso um amplo debate com a presença do secretá-rio na Casa, bem como da sociedade civil. “As pessoas precisam saber que essas medidas vão pesar ainda

mais e que o governo de-monstra uma tendência que não é a das mais positivas: o aumento de impostos an-tes de exugar a máquina”, disse.

Quanto a ser minoria na Casa, Rodrigo Cunha lem-brou que todos passam por crise (União, estados, mu-nicípios, empresários e a população), porém, o que se busca, independentemente de partido, é que as pessoas saibam que não é fazer ape-nas o que o governo quer.

DIVULGAÇÃO

Arthur Lira foi denunciado por corrupção na Operação Lava Jato

AGÊNCIA BRASILA Segunda Turma do

Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu ontem o de-putado federal Arthur Lira (PP-AL) do crime de lesão corporal. Lira foi processa-do por Juliene Lins, sua ex--mulher, sob a acusação de agressão física, que teria ocorrido em 2006.

Por unanimidade, os ministros entenderam que, durante o andamento do processo, foram apresenta-das diversas versões con-flitantes sobre a suposta agressão. Além disso, os ma-gistrados levaram em conta o depoimento de Juliene. Segundo o Ministério Públi-co, no início do processo ela alegou que não houve agres-são e que fez a denúncia por vingança.

A absolvição foi definida com base no voto do relator da ação penal, ministro Teo-ri Zavascki, e contou com parecer favorável da Procu-radoria-Geral da República (PGR). De acordo com o mi-

nistro, não foi possível con-cluir que a ex-companheira do parlamentar foi agredi-da.

“Os tipos de lesões ates-tadas no laudo pericial não indicam agressões, mesmo conforme declarações ini-ciais da vítima, o que, agre-gado à mudança de versão nos depoimentos, acarreta dúvidas sobre a veracidade dos fatos narrados na de-núncia”, acrescentou Teori.

Os ministros Celso de Mello, Gilmar Mendes e Carmen Lúcia seguiram o voto de Zavascki.

LAVA JATOApesar de ter sido absol-

vido pelo STF no processo envolvendo o crime de lesão corporal, o deputado fede-ral tem outras acusações. Arthur Lira foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por envolvimento no esque-ma de corrupção na Petro-bras investigado pela Ope-ração Lava Jato pelo crime de lavagem de dinheiro.

ARRECADAÇÃO

Rodrigo Cunha cobra maiores informações

LESÃO CORPORAL

STF absolve deputado federal Arthur Lira

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015POLÍTICA2

Secretários irão explicar medidasPacote econômico foi encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado para aumentar a arrecadação do governo

ASSESSORIA/ALE

Ronaldo Medeiros declarou que o governo irá explicar detalhes sobre o pacote para aumentar impostos

ANDREZZA TAVARESREPÓRTER

O projeto de origem g o v e r n a m e n t a l relativo ao pacote

econômico para aumentar a arrecadação do Executivo em 2016 chegou à Assem-bleia Legislativa do Estado (ALE) dividindo opiniões. E para explicar todos os detalhes, os secretários da Fazenda e do Planejamento, George Santoro e Christian Teixeira, respectivamente, deverão se reunir com todos os deputados estaduais na próxima segunda-feira (5). Todos os projetos foram li-dos no expediente da sessão ordinária de ontem, mas não foi pedida a urgência na tramitação das matérias.

“O governo está agindo de uma forma bem democrá-tica. Já ouviu alguns setores da sociedade e o parlamen-to é onde acontece o debate. Isso vai acontecer e tenho certeza de que a Casa vai aprovar o mais rápido pos-sível esse pacote econômico porque não existe nenhum motivo para a não aprova-ção”, esclareceu o vice-pre-sidente da ALE e líder do governo, Ronaldo Medeiros

(PT). Segundo ele, não foi pedido regime de urgência, porém outro parlamentar poderá requisitar.

Medeiros, que defende o pacote de impostos, disse que há uma queda acentua-da de receita dos repasses

constitucionais e os estados não têm como reduzir.

“O governador Renan Filho fez seu dever. Vamos fazer a justiça social, quem tem carros mais caros, vai pagar por impostos mais ca-ros”, frisou. O petista disse

O desmonte da fiscalização no Governo

Os delegados federais estão preocupados. A reforma administrati-va tocada pela presidente Dilma vai oficializar o desmonte de um dos mais sérios órgãos da República, a Controladoria Geral da

União (CGU) – de onde surge boa parte das grandes operações contra a corrupção, em especial em órgãos federais. Uma reunião ontem entre servidores deu o mapa do enterro: uma parte da CGU ficará sob tutela da Casa Civil do Planalto (isso mesmo), e a outra sob o comando do Ministério da Justiça.

Fala o delegado‘Os delegados receiam que o que acontece com a CGU possa ser pre-cedente negativo para os demais órgãos fiscalizadores’, diz o presidente da ADPF, Marcos Leôncio.

Fim da CGUO óbvio pode acontecer, e a burocracia do Governo ainda não enxergou – ou faz de propósito: o fatiamento da CGU para dois órgãos políticos enfraquece as operações.

Oi e tchau!A demissão por telefone do ministro da Saúde é apenas uma palhinha da atual relação da presidente Dilma com o grupo de Lula no Governo. Chioro é da cota do Barba.

Cunha x RenanUma velada batalha movimenta o Legislativo desde ontem, quando a presidente Dilma sancionou a lei da reforma política. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, faz pressão para o do Senado, Renan Calhei-ros, colocar em pauta na sessão do Congresso o veto ao financiamento privado de campanhas. Cunha tem votos para derrubar o veto.

PL vem aíAo sancionar sem veto a ‘janela’ de seis meses para a troca de partido sem perda de mandato, a presidente Dilma deu o pontapé para a recria-ção do Partido Liberal (PL), na pauta do TSE, sob comando do ministro das Cidades, Gilberto Kassab.

O substitutoUma vez criado, o PL deve receber muitos parlamentares de outros partidos. Não é segredo em Brasília que o plano de Kassab é fundir o PL com o PSD e criar um superpartido tão forte quanto o PMDB, para ajudar o PT. O PMDB já pula fora do barco

Desliguei Cotado para o Ministério da Saúde, o deputado Manoel Junior (PB) desconversava ontem a quem o perguntava sobre a pasta: ‘Tô desliga-do de tudo’.

Fui! Eduardo Cunha viaja na sexta para a Itália. Visitará a ExpoMilão e discursará em evento com a presença do premiê Matteo Renzi e de parlamentares de vários países.

Quando já decidia..O deputado Weliton Prado (MG) está em litígio com o PT no TSE. Diz não ter ideia para onde vai, mas quer deixar o partido, a quem acusa de abandonar seus paradigmas. Tudo se decidiria esta semana, mas o relator do processo se aposenta hoje.

Ferro gu$aPresidente do Sindicato da Indústria do Ferro Gusa do Maranhão, Cláudio Azevedo comemora nova planta em Açailândia, mas reclama do mercado. Em janeiro deste ano, o mercado pagava US$ 308 a tonelada, e hoje o preço está em US$ 210. Apesar da moeda em alta, a volatilida-de prejudica o setor, porque estima-se que a cotação vá cair.

Nióbio explicaA briga entre a bancada federal do Amapá e o Incra pelo destino legal das terras transferidas da União para o Estado tem o peso de um minério raro, o nióbio. O Estado é rico no mineral usado na indústria de tecnologia de smartphones e aeroespacial.

Mistério de TeixeiraSumido do mapa do futebol – recolhido no seu apartamento no Rio de Janeiro – o ex-presidente da CBF e dirigente da FIFA Ricardo Teixeira figurava ontem como ‘preso acusado’ na lista da CNN , que investiga a fundo o escândalo alvo do FBI.

Voz do PlanaltoO jornalista e cientista político Rodrigo de Almeida, ex-assessor de Jo-aquim Levy, assumiu oficialmente a Secretaria de Imprensa do Planalto no lugar de Nelson Breve.

Ponto FinalReparem no discurso de Eduardo Cunha. Pelos dois ministérios para sua bancada, começou a recuar sobre os pedidos de impeachment da presidente.

que o governo ainda não fez os cálculos de quanto espera arrecadar com o aumento do bloco de impostos como IPVA, ICMS e ITCD.

“Acho que vai depender do comportamento do mer-cado”, analisou.

TRIBUNAINDEPENDENTE

ESPLANADALEANDRO MAZZINI - [email protected]

Com Equipe DF, SP e Nordestewww.colunaesplanada.com.brcontato@colunaesplanada.com.brTwitter @leandromazzini

Page 3: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Julgamento de deputado é adiado pela terceira vezProcesso pode retornar ao Pleno do Tribunal de Justiça na próxima semana

MONTEIRÓPOLISGestor deve regularizar repasses ao IprevO prefeito de Monteirópolis, Elmo Antônio Medeiros (PMDB), e do gestor anterior, Mailson de Mendonça Lima, tiveram seus bens indisponíveis após decisão liminar do juízo daquela comarca determinou que, dentro de 30 dias, a prefeitura promova a regularização do desconto e o repasse das contribuições patronais e dos servidores ao Instituto de Aposentadoria, Pre-vidência e Pensões do Municí-pio de Monteirópolis (IAPREM). O débito do atual prefeito é de R$ R$ 2.390.501,04.

Financiamento de campanha

Do jurista Walter Maierovitch: “... A decisão do Supremo de proi-bir doação de pessoa jurídica vai fazer com que os partidos tenham que procurar e encontrar caminhos para baratear as

campanhas. Isso pode levar os políticos de volta às ruas, subindo em palanques, conversando com eleitores, mecanismos que já fo-ram muito usados em outros momentos. Em relação à comunicação, é provável que invistam mais em internet, que tem custo mais baixo. E tudo isso pode fortalecer o debate, fazendo com o que marketing perca espaço, e ainda aumentar o contato com o eleitor. E também permitir que pessoas que gostariam de concorrer e nunca tentaram por conta dos custos se sintam incentivadas. Por outro lado, como agora os partidos vão contar muito com o Fundo Partidário, o Con-gresso pode tentar aumentar o valor e até criar uma nova lei elei-toral que, por exemplo, incentive a doação de pessoa física. Mas, em tempos de crise, como justificar o aumento do Fundo? E como fazer a sociedade, que já não se vê representada pelos partidos, doar?... Agora, a proibição decidida pelo STF melhora a qualidade da política, já que a competição eleitoral deve ter paridade de força. Nós temos visto muita promiscuidade, com empresas investindo em todos os partidos para estar perto do que ganhar. É abuso de poder econômico, elas não doam com o argumento da ideologia...”

O principalO governo promoveu “post mortem” os militares mortos na queda do helicóptero da Defesa Social: major Milton Carnaúba a tenente-coronel, capitão Mário Assunção a major e soldados Diogo Melo e Marcos de Moura a cabos. Falta apurar as informações, de amigos e familiares, de que o aparelho costumava apresentar problemas.

OpçãoHá poucos dias o deputado federal Givaldo Carimbão disse que tinha convites para ser candidato a prefeito de vários municípios. Citou Delmiro Gouveia, Palmeira dos Índios e São Miguel dos Campos. Optou por estabelecer domicílio eleitoral em Delmiro, onde deve concorrer com apoio do atual prefeito, Lula Cabeleira.

TerceirizaçãoO senador Paulo Paim (PT/RS) estará em Maceió, no dia 9 de outubro, para uma audiência pública na Assembleia Legislativa. Ele vai falar sobre o Projeto de Lei nº 4330, que trata sobre as terceiriza-ções nas relações trabalhistas. Paulo Paim vez por outra ensaia sair do PT para fundar nova legenda, mas continua filiado.

AgendaComemora-se hoje, 30 de setembro, o Dia do Procurador de Estado, instituído no ano passado. Por conta disso o Centro de Estudos da Procuradoria Geral do Estado promove hoje, às 15 horas, no auditó-rio da instituição, evento com Tárek Moysés Moussallem, da UFES, um dos maiores estudiosos do Direito Tributário no país.

Nós na fitaOcorre hoje, no Rio de Janeiro, a festa do Prêmio Estácio de Jorna-lismo - Edição 2015. Alagoas está na disputa, concorrendo com a reportagem “Uma década: a conta das cotas nas universidades de Alagoas”, dos jornalistas Carlos Madeiro e Giuliano Porto, da Rádio Difusora. Eles disputam o prêmio na categoria Rádio Regional.

AfinidadeDe leitor desta Conjuntura: “FHC diz que a presidente Dilma é capaz de vender a alma ao Diabo pelo poder. FHC deu de mão beijada o Ministério da Justiça ao grande jurista Renan Calheiros e os Ministérios da Previdência social e de Minas e Energia ao grande democrata Antônio Carlos Magalhães. Qual a diferença entre uma e o outro?”

OpiniãoDe Luiz Gonzaga Belluzzo, economista ligado à Fundação Perseu Abramo, mantida pelo PT: “O ajuste está produzindo os resulta-dos contrários ao que pretendia. O governo tomou como dele um programa que não era dele. Estamos tentando criar um clima social adequado para se possa fazer a mudança (da política econômica).”

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 POLÍTICA 3 TRIBUNAINDEPENDENTE

DICOM-TJ

Desembargadores julgariam ontem o processo envolvendo o deputado estadual Dudu Hollanda

AFASTAMENTO

Processo de Eraldo Pedro não é julgado por desembargadores

JUSTIÇA FEDERAL

Prefeito, ex-gestor e ex-secretária de Educação são condenados

O prefeito de São Luiz do Quitunde, Eraldo Pedro (PMDB) que também seria julgado ontem, teve o seu processo retirado de pauta no pleno do Tribunal de Jus-tiça de Alagoas.

No caso do gestor, o pro-cesso não pode ser julgado porque o desembargador Klever Loureiro, que emi-tiria o voto-vista na sessão, está de licença médica.

O Ministério Público pede o recebimento da de-núncia e o afastamento do prefeito. No início do julga-mento, em 18 de agosto, o

desembargador João Luiz Azevedo Lessa, relator, vo-tou a favor do recebimento e pelo imediato afastamento do acusado.

Eraldo Pedro está sendo denunciado pelo crime de apropriação indébita previ-denciária, ou seja, ele des-contava as verbas previden-ciárias e não fazia o repasse.

Na época, o desembarga-dor João Luiz Azevedo Les-sa, relator do processo, vo-tou pelo afastamento e pela condenação do gestor.

Por enquanto, a votação está empatada: dois votos

pelo recebimento da ação penal e pelo afastamento e dois votos pela aceitação da denúncia, mas mantendo o prefeito na função.

DENÚNCIADesde que assumiu a

prefeitura no ano de 2013, o prefeito de São Luiz do Quitunde, Eraldo Pedro não repassava os valores des-contados dos salários dos servidores ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de São Luiz do Qui-tunde. A dívida com o Insti-tuto ultrapassa os R$ 12,5 milhões.

A 11ª Vara Federal da Justiça Federal em Alagoas localizada em Santana do Ipanema condenou o pre-feito do município de Poço das Trincheiras, José Gildo Rodrigues Silva, e o empre-sário José Aloísio Maurício Lira, pela prática de impro-bidade administrativa, por desvio de recursos públicos destinado à merenda escolar nas escolas municipais. Poço das Trincheiras, no Alto Sertão de Alagoas, distante 221 km de Maceió, é um mu-nicípio com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), sobretudo em relação à educação.

José Gildo Rodrigues Silva foi condenado à sus-pensão dos direitos políticos por um período de 10 anos, perda da função pública,

proibição de contratar com os poderes públicos pelo pra-zo de 10 anos e pagamento de multa civil fixada em R$ 85.000,00.

IMPROBIDADEA 11ª Vara Federal jul-

gou ainda como improceden-te pedidos formulados em Ação Civil Pública por ato improbidade administrativa proposta pelo Ministério Pú-blico Federal (MPF) contra José Gualberto Pereira por suposta ausência de presta-ção de contas na aplicação de recursos públicos repas-sados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Edu-cação - FNDE, ao município de Olho d’Água do Casado por meio do Programa do Governo Federal Caminho da Escola no ano de 2008.

Segundo sentença profe-

rida pelo juiz federal subs-tituto auxiliar da 11ª Vara Federal, Flávio Marcondes Soares Rodrigues, embora tenha demonstrado o dever jurídico do réu de prestar contas dos valores recebidos através do convênio firma-do com o FNDE, ao final da instrução, “não ficou com-provado que o réu, tendo condições de fazê-lo, deixou voluntária e conscientemen-te de prestar contas do refe-rido convênio”.

EDUCAÇÃOPor fim, a 11ª Vara con-

denou condenou a ex-secre-tária da Educação de Sena-dor Rui Palmeira, Rejane de Oliveira Silva Nascimento, a 14 anos e 10 meses de re-clusão pelos crimes de for-mação de quadrilha, pecula-to e corrupção.

LUCIANA MARTINSREPÓRTER

Pela terceira vez, a ação penal que ju-lgaria o deputado

estadual Dudu Hollanda (PSD) pelo crime de lesão corporal gravíssima con-tra o ex-vereador Pau-lo Corintho, foi adiada.

De acordo com a asses-soria de comunicação do Tribunal de Justiça de Ala-goas, o processo foi retirado de pauta a pedido da defesa-do parlamentar. O advoga-do Welton Roberto alegou que não estaria em Maceió e comprovou sua ausência por meio de documentos. O pedi-do foi aceito pelo desembar-gador e relator, Sebastião Costa Filho.

O deputado é acusado de ter arracando um pedaço da orelha do ex-vereador Paulo Corintho durante uma bri-ga, ocorrida em 2009, numa festa de Natal em uma casa de shows, no bairro de Jara-guá.

O motivo da briga foi o desentendimento político entre os envolvidos – na épo-ca, ambos eram vereadores – que resultou na destituição de Paulo Corintho do cargo de 2º secretário da Direção da Câmara de Vereadores.

O voto do relator do pro-cesso, o desembargador Se-bastião Costa Filho, proferi-do em 28 de outubro de 2014 (data do primeiro julgamen-to), foi pela condenação do réu a três anos e seis meses de reclusão, em regime aber-to. Vale ressaltar que o de-putado tem a seu favor um Decreto Legislativo, apro-vado por unanimidade pela Assembleia Legislativa, em novembro de 2014, em que susta o julgamento do pro-cesso até o término do man-dato do parlamentar.

Na época, o Ministério Público Estadual pediu a impugnação da juntada do decreto aos autos do proces-so, por isso a ação, estava parada.

O pleno do Tribunal de Justiça julgaria primeiro se a norma legislativa aprova-da pela Assembleia Lesgis-lativa Estadual, poderia, de fato, suspender o andamen-to do processo. Se o Pleno do TJ-AL entendesse que o decreto poderia suspender a ação, a denúncia permane-ceria parada. Do contrário, entendendo que a suspensão não é válida, a ação penal voltaria a ter seguimento.

A assessoria de comuni-cação do Tribunal de Justiça informou que a previsão é de que o processo volte para jul-gamento na próxima sessão.

Uma eventual condena-ção pode levar Dudu Hollan-da à perda do mandato de deputado, mas essa decisão cabe à Assembleia Legislati-va do Estado.

* Será celebrada hoje, às 18 horas, na Igreja de São Pedro, Ponta Verde, a missa do 7º dia da morte do capitão PM Mário Henrique de Assunção, uma das vítimas fatais do acidente com um helicóptero da Defesa Social, na semana passada.

* O álbum “Gravidade”, de Felipe Vas, será lançado hoje, pela progra-mação do projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato”, às 19h30. Antes tem exposição de Pedro Lucena, exibição do curta “Farpa”, de Henrique Oliveira, e show de YoSoyToño.

* Será aberta hoje, 20 horas, na Pinacoteca Universitária, na Praça Si-nimbu, a exposição “Passagem”, da artista Renata Voss. A mostra reúne um conjunto de fotografias sobre trajetos realizados em movimentações na cidade de Maceió.

* Encerra-se hoje, na praça central do Maceió Shopping, a exposição “O Brasil Antártica e Amazônia Azul”, abordando a riqueza do mar e a exploração científica, por brasileiros, na Antártica. A mostra é de acesso livre para o público.

* A Fundação Municipal de Ação Cultural encerra hoje as inscrições de projetos do Edital das Artes - Prêmio Eris Maximiniano e do Edital do Audiovisual - Prêmio Guilherme Rogato. Detalhes: www.maceio.al.gov.br/cultura / 3221. 2090.

* Hoje é o último dia de inscrições para o I Concurso de Poesia Jorge de Lima, lançado pela secretaria estadual da Cultura. O certame destina-se a estudantes do ensino médio das redes pública e privada. O tema é livre. Informações: www.cultura.al.gov.br.

* A Seleção Brasileira de voleibol masculino estreia hoje, contra o Peru, no Campeonato Sulamericano, que irá até domingo, aqui em Maceió. O jogo começa às 18h45, no Ginásio do Sesi, no Trapiche da Barra.

Vocês têm dúvida de que Lula será preso na opera-ção Lava Jato?JARBAS VASCONCELOSDeputado federal do PMDB/Pernambuco

FLAVIO GOMES DE BARROS - [email protected]

Conjuntura

Page 4: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

A obra da Escola de En-sino Fundamental Pompeu Sarmento quando concluída, beneficiará inicialmente 950 estudantes do fundamen-tal e Jovem e Adultos, mas como se trata de reforma e ampliação, a expectativa é que, pelo menos mais 100 novas vagas sejam abertas.

Quando a escola ficar pronta, os estudantes con-tarão com um prédio dotado dos padrões estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC), que garantem estru-tura, higiene, acessibilidade e espaços adequados de sa-las, banheiros, cozinha refei-tório, biblioteca. Além disso, os alunos ganharão um gi-násio coberto, estrutura que não existia.

O secretário João Carlos Barbirato também pontuou que as obras vão adequar melhor as instalações para outros projetos. A gestão quer estruturar as unidades para, além das aulas, rea-lizar atividades no contra-turno escolar, como reforço de artes e esportes. “Tudo isso está sendo contemplado nessas reformas como forma de implementar a educação em tempo integral”, disse Barbirato durante a visita as obras que acontecem no Barro Duro, parte alta de Maceió.

REFORMASAs cinco maiores esco-

las - Jayme de Altavila, Rui Plameira, Maria José Car-rascosa, Nosso Lar I e Ha-roldo da Costa - estão com as reformas praticamente concluídas. A Pompeu Sar-mento está com mais de 50% das obras concluídas, enquanto as escolas Edécio Lopes, Zumbi dos Palmares e Corintho da Paz estão, em média, com 45% das obras executadas.

Reforma em escola está avançada, diz prefeitoMunicípio tem investido na recuperação das escolas para o ano letivo

HONRARIACâmara entrega hoje acomenda Ismar GattoA Câmara de Maceió entrega hoje da comenda Ismar Gatto. A honraria será conferida a pessoas e instituições que se destacam na proteção aos ani-mais. Serão homenageados o Conselho Regional de Medicina Veterinária, o Núcleo Ambiental Francisco de Assis, Fabíola Marinho, Lueceli Vergalhas, Monique Taciana, Naíne Teles, Terezinha do Nascimento, Almir Tavares, Cícero Moreira da Silva, Geraldo Basílio, José La-erson de Lira e Paulo Bezerra.

Conselhos tutelares

Sob pressão dos vereadores, grandes interessados no pleito, acon-tece neste Domingo, em todo o Brasil, as eleições para novos conselheiros tutelares, responsáveis, oficialmente, pela proteção

de crianças e adolescentes de qualquer tipo de violência. Ao todo, serão eleitos 30 mil conselheiros tutelares, que terão mandato de quatro anos a partir de Janeiro, e com remuneração estabelecida pelas Prefeituras. A eleição dos conselheiros é preconizada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) com a responsabilidade do enfrentamento à negligência, à violência física e psicológica, à exploração sexual e a qualquer forma de violação de crianças e jovens. Qualquer pessoa com mais de 16 anos pode votar, bastando apresentar um documento de identidade com foto e comprovante de residência. Para conhecer o local da votação e os candidatos ao cargo, o cidadão precisa procurar o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de sua cidade ou de seu bairro ou comunidade. O ECA estabelece que para cada grupo de 100 mil habitantes deve existir uma unidade com cinco conselheiros. O Brasil tem hoje 5.956 conselhos tutelares instalados em 5.559 municí-pios, e existe uma defasagem ainda de 600 conselhos. A Associação Nacional dos Conselheiros Tutelares se queixa das precárias condições de funcionamento da maior parte das unidades. A Secretaria de Direitos Humanos já repassou às Prefeituras 2.212 kits para auxiliar os conse-lhos. Cada kit tem um automóvel, cinco computadores, uma impressora, um bebedouro e um refrigerador. Outros 1.500 kits estão em licitação.

Aumento de empregoO mês de Agosto representou um saldo positivo em termos de empregos formais em Alagoas, claro que graças ao inicio das atividades no setor sucroalcooleiro. De qualquer forma é um reflexo positivo para o segmento econômico, pois mostra um princípio de recuperação da economia, avalia o Secretário de Trabalho e Emprego, Rafael Brito. Foram 11.215 trabalha-dores admitidos, contra 8.719 desempregados. Os dados são do Cadastro Geral de Emprega-

dos e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Os setores responsáveis pela boa “performance” foram o da indústria da transformação (3.273 admitidos), a agropecuária (176 admissões) e o de serviços com 98 contratações.

Aumento do emprego 2Um paradoxo na questão do emprego e que reflete a importância do segmento do açúcar e do álcool, vem do município de São Luiz do Qui-tunde, cujo prefeito Eraldo Pedro, esta afastado por corrupção. Saúde, educação, coleta do lixo, motoristas e funcionários da prefeitura em geral estão em greve, e nada funciona na cidade. Contudo o município lidera o ranking das dez cidades brasileiras que mais geraram postos de trabalho no mês de Agosto. Foram 1.992 contratações na indústria da transformação, graças à entrada em funcionamento da Usina Santo Antonio, uma das maiores do Estado.

Na ONU, Raul apoia DilmaEm seu discurso na Assembleia-Geral da ONU, em Washington, o Presi-dente de Cuba, Raúl Castro, prestou solidariedade à presidente Dilma Rousseff e ao povo brasileiro “na defesa das suas conquistas sociais e pela estabilidade do país”. Castro também criticou as “tentativas de desestabilização da ordem constitucional” na Venezuela, defendeu o presidente do Equador, Rafael Correa e a independência do território norte-americano de Porto Rico, além do direito da Argentina às Ilhas Malvinas. De elogios, somente para o processo de reaproximação entre Havana e Washington, mesmo assim cobrou o fim do embargo econômi-co contra Cuba.

O Brasil na AlemanhaUma das maiores feiras empresariais do mundo, que acontece na cidade de Colônia na Alemanha, entre os dias 10 a 14, contará com a participação de 83 empresas brasileiras. É a principal feira de alimentos e bebidas do planeta, e a Agência Brasileira de Promoção de Exporta-ção e Investimentos (Apex) estima que os brasileiros devam fechar US$ 1,4 bilhão em negócios durante o evento e nos 12 meses seguintes. Na edição anterior da feira, 73 empresas brasileiras geraram US$ 1,1 bilhão em vendas. Essa última edição aconteceu em 2013.

O Brasil na Alemanha 2A feira busca sempre as novas tendências de mercado. Na edição pas-sada os países com maior representação foram Itália, Espanha, China, França e Turquia, mas há compradores de todo o mundo. O Brasil se destaca pela diversidade dos produtos ofertados, que vão desde o pão de queijo até uma variedade de carnes. Mesmo com a crise brasileira e a desaceleração da economia chinesa, o desempenho do setor de alimentos e bebidas não será afetado, pelo contrário, poderá ser ainda beneficiado pela alta do dólar e pelo câmbio favorável á exportação.

O infarto nosso de cada diaDados estatísticos do Hospital Geral do Estado (HGE) mostram que cerca de 30 pacientes são atendidos diariamente por apresentarem do-enças cardiovasculares, especialmente o infarto do miocárdio, atendidos pela equipe médica da Unidade de Dor Torácica (UDT). Como fatores de risco podem ser relacionados a hipertensão, diabetes, tabagismo, sedentarismo, obesidade, consumo excessivo de álcool e alto teor de colesterol. E ainda a doença das artérias coronárias (DAC), ataque cardíaco, angina, síndrome coronariana aguda, aneurisma e doença cardíaca reumática. Todas relacionadas a maus hábitos da população para a prevenção e falta ou descuido do tratamento médico.

• O Disque 100 recebeu, no primeiro semestre deste ano, 66.518 de-núncias de violações dos direitos humanos, sendo 42.114 referentes à prática da violência contra crianças e adolescentes.

• Em segundo lugar ficou a violência contra idosos, com 24,2% do total. Depois as pessoas com algum tipo de deficiência (7,3%), em restrição de liberdade (2,6%), contra a população LGBT (0,8%) e em situação de rua (0,5%).

• Quilombolas, indígenas, ciganos, comunicadores, religiosos e vitimas de conflitos agrários e fundiários, somados, equivalem a 1,4% das liga-ções para o disque 100.

• No caso das crianças e adolescentes a principal violação é a negli-gência dos responsáveis, presente em mais de 76% das denúncias. A violência psicológica foi reportada em 42,6% das denúncias, seguida da agressão física (42%), e abuso sexual (21,9%).

• Mais da metade dos casos registrados pelo disque 100 foram encami-nhados diretamente ao Ministério Público, sendo que outros 36% foram repassados aos Conselhos Tutelares.

BARTOLOMEU DRESCH [email protected]

PLANEJAMENTO

Obra beneficia 950 jovens e adultos

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015POLÍTICA4 TRIBUNAINDEPENDENTE

ASSESSORIA

Rui Palmeira vistoriou ontem as obras na Escola Pompeu Sarmento, localizada no Barro Duro

INVESTIMENTO

Jequiá inicia segunda etapa de pavimentação da região lagunar

A prefeitura de Jequiá da Praia iniciou a segunda etapa das obras de pavimen-tação da Região Lagunar, no trecho que vai do povoado Paturais ao povoado Roça-dinho. Na primeira etapa, já finalizada, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras pavimentou 6,5 km, do povoado Ponta de Pedra ao povoado Roçadinho.

Ao todo, são 15 km de pa-vimentação que irão melho-rar o acesso a todos os po-voados da Região Lagunar. De acordo com o secretário de Infraestrutura e Obras, Isaque Rodrigues, na segun-da etapa, será pavimentado um trecho de cinco quilôme-tros, que sai do Paturais, passando por Alagoinhas,

França, até chegar em Roça-dinho.

“Esta é uma grande obra da gestão do prefeito Marce-lo Beltrão e sonhada pelos moradores da região Lagu-nar. Um trecho que, duran-te o inverno, se transforma-va em um atoleiro e agora já está com a primeira parte completamente pavimenta-da, e a segunda, com obras iniciadas”, disse o secretário Isaque Rodrigues.

O prefeito de Jequiá da Praia, Marcelo Beltrão (PTB), ressalta que a estra-da, além de ser importante para o desenvolvimento do município, é um sonho das famílias que residem nos po-voados. “Essa estrada é um sonho para todos nós. As fa-

mílias que moram na região, quando chovia, muitas vezes ficavam sem acesso à saú-de, serviços de assistência social, entre outras coisas. Além de melhorar o trânsi-to das pessoas, vai ajudar na economia do município, com o escoamento do pesca-do e da produção de coco, na assistência à saúde, educa-ção, assistência social, além de garantir o direito de ir e vir das pessoas”, ressaltou o prefeito que tem acompa-nhado o avanço da obra.

Quando a segunda etapa estiver finalizada, a estrada vai ligar a rodovia AL-101 Sul, em Jequiá da Praia, até a BR-101, trazendo desen-volvimento à região e movi-mentando também turismo.

Com mais de 50% já concluída, a obra de reforma da Es-

cola de Ensino Fundamen-tal Pompeu Sarmento, no Barro Duro, recebeu on-tem a visita do prefeito Rui Palmeira (PSDB) e do secre-tário-adjunto de Educação, João Carlos Barbirato.

Ao caminhar pela esco-la, provisoriamente trans-formada em um dinâmico canteiro de obras, o prefeito pode constatar o ritmo in-tenso de trabalho, que en-volve mais de 30 homens empenhados em deixar a es-cola pronta para o ano letivo de 2016. A prefeitura inves-te cerca de R$ 2 milhões em

recursos próprios na obra.“A reforma vai mudar a

cara da escola, que ficará de acordo com o que queremos para a Educação, ou seja, tudo com alta qualidade para que estudantes, profes-sores e servidores possam ter acesso a escola com me-lhor estrutura”, disse Rui.

O prefeito reforçou o com-promisso com a educação, trazendo à memória outras obras em andamento. “A Escola Pompeu Sarmento é uma das nove unidades com obras de reforma em anda-mento. Estamos investindo R$ 50 milhões em recursos próprios para a reestrutura-ção das escolas”, informou.

Até agora, a prefeitura, por meio da Secretaria Munici-pal de Educação de Maceió (Semed), já investiu R$ 34 milhões em reformas, cons-trução e manutenção das es-colas municipais”.

O prefeito foi acompa-nhado pelo secretário-adjun-to, João Carlos Barbirato, que destacou, o envolvimen-to do gestor maior do execu-tivo municipal com as ações da pasta. “Estas reformas estão sendo tocadas com o apoio do prefeito Rui Pal-meira. Todas as nossa re-formas têm um padrão que foi também validado por ele e consideramos que obras como as das Escolas Pom-

peu Samento, Rui Palmeira e Nosso Lar, por exemplo, não são simples reformas, mas a reestruturação de um espaço educacional”.

Ainda de acordo com Bar-birato, o ritmo das obras da educação segue conforme o planejado. “Além das obras de reforma, outras quatro creches estão em fase de conclusão”.

A diretora da Escola de Ensino Fundamental Pom-peu Sarmento, Maria San-tos, reconheceu o investi-mento e envolvimento da prefeitura e agradeceu ao prefeito pela obra, que era aguardada há mais de 30 anos.

Page 5: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 POLÍTICA 5 TRIBUNAINDEPENDENTE

Dilma veta doações de empresasEntendimento da presidente da República segue o que foi aprovado no Supremo Tribunal Federal e no Senado

A presidente Dilma Rousseff sancionou ontem a proposta

de reforma eleitoral. A decisão estaria para ser publicada em edição ex-tra do Diário Oficial da União ainda na terça-feira.

O líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), con-firmou o veto da presidente ao financiamento privado de campanhas eleitorais, decisão que segue o entendi-mento do Supremo Tribunal Federal e do Senado.

Segundo a assessoria de comunicação de Guimarães, a equipe do governo tam-bém tem como certo o veto de Dilma à proposta de exi-gir que o voto de cada eleitor seja impresso pela urna ele-trônica.

O veto se deve ao custo que essa ação geraria. De acordo com o Tribunal Su-perior Eleitoral (TSE), a me-dida teria impacto de R$ 1,8 bilhão nos cofres públicos.

O prazo para a presiden-te da República sancionar ou vetar a proposta se en-cerraria hoje. O texto apro-vado pelo Congresso Na-cional inclui, entre outros pontos, a redução do custo das campanhas e do tempo

das corridas eleitorais (de 90 para 45 dias).

Ontem, já com a informa-ção de que os vetos seriam publicados, integrantes da Câmara dos Deputados alia-dos ao presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB), reuniram-se para articular o processo de análise aos ve-tos presidenciais. A expecta-tiva é de que o assunto seja levado ao Plenário da Casa ainda esta semana.

PARA 2016O ministro do STF Luiz

Fachin defendeu que a proi-bição de doações empresa-riais a partidos políticos valerá para as eleições de 2016. O fim das doações pri-vadas foi definida em vota-ção no dia 17 de setembro.

“Eu estou subscrevendo o entendimento de colegas mi-nistros daqui da Corte que, na sua composição majoritá-ria, pelo menos até o presen-te momento, entendem que essa decisão já é aplicável para as próximas eleições”, declarou o ministro.

Fachin acrescentou que a decisão já foi publicada e “está surtindo seus efeitos”. De acordo com Fachin, TSE vai regulamentar a aplica-ção e mecanismos de fiscali-zação e controle.

DIVULGAÇÃO

Presidente Dilma aprovou a proposta de reforma política e seguiu as aprovações no STF e Senado

AUDIÊNCIAS

CPI do BNDES não temembalado na Câmara

Uma das últimas a fazer questionamentos para o di-retor de infraestrutura e in-sumos básicos do Banco Na-cional de Desenvolvimento Econômico e Social, Roberto Zurli Machado, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) perdeu a paciência. Não foi a primeira vez que um parlamentar expressou sua contrariedade com a presen-ça de convocados na CPI do BNDES que pouco ou nada tiveram a acrescentar sobre supostas irregularidades en-volvendo o banco. Enquanto outras comissões avançam, a CPI do BNDES parece patinar sem um rumo de-terminado. Instalada em 6 de agosto, a CPI pouco produziu ao longo das 15 sessões que realizou. Tanto que na última quinta-feira (24), muitos parlamentares comemoraram a audiência realizada com Roberto Gra-ziano Russo, ex-presidente do frigorífico Independência. “A CPI começou hoje”, sinte-tizou Arnaldo Jordy (PPS--PA).

A sessão de ontem era aguardada com ansiedade já que estava programada audiência pública com o ex--ministro da Fazenda, Gui-

do Mantega, que presidiu o BNDES no período que vai de novembro de 2004 a março de 2006. A presen-ça de Mantega, entretanto, teve de ser adiada a pedido do ex-ministro que alegou questões de saúde.

“Há essa comparação com as outras CPI. As informa-ções estão chegando. Acho que com o tempo a CPI vai encorpar e seguir sua traje-tória, encontrar seu norte. Vivemos um momento de curso natural das coisas. Não há um único fato de-terminado na mira da CPI, há vários fatos. Estamos vencendo etapas. Ouvimos os técnicos do banco e agora entramos na fase de ouvir as empresas que se beneficia-ram de créditos”, pondera o presidente da CPI, deputado Marcos Rotta (PMDB-AM).

Cristiane questionava Machado sobre a existên-cia de um suposto tráfico de influências pautando os investimentos do BNDES no estrangeiro. O diretor do banco disse acreditar que não. “Fico feliz que tenha terminado a agenda do re-lator porque acredito que temos de fazer uma reunião urgente”, disse a deputada.

O ministro da Secretaria de Direitos Humanos, Pepe Vargas, voltou atrás e deci-diu aguardar o anúncio da reforma ministerial para dei-xar seu cargo na pasta, que deverá ser extinta como mi-nistério. Na semana passa-da, Pepe já cogitava entregar o cargo à presidente e chegou a declarar que esse seria “um problema a menos” para Dil-ma com a reforma. Na terça--feira (29), o jornal “O Estado de S. Paulo” chegou a publi-car o anúncio de sua saída.

Após deixar a pasta, Var-gas reassumirá seu mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Sul na Câma-ra, onde está desde 2007. O ainda ministro já ocupou, no mandato anterior de Dilma, o Ministério de Desenvolvi-mento Agrário, e passou, de janeiro a julho deste ano, pela Secretaria das Relações Institucionais, já extinta.

Apesar do pouco tempo em que permaneceu no car-go, Vargas teve de deixar ra-pidamente a Secretaria das Relações Institucionais devi-do uma exigência do PMDB, em julho. Logo, recebeu da presidente, como prêmio de consolação, a pasta de Di-

DIVULGAÇÃO

Pepe Vargas segue à frente da pasta de Direitos Humanos

ADMINISTRATIVO

Ministro aguarda reforma e pode retornar ao mandato na Câmara

TRIBUTÁRIA

Reforma tem novo adiamento em Comissão

Cancelada mais uma vez, a apresentação do parecer da reforma tributária ficou para a próxima semana. O adiamento de ontem decorreu da falta de quórum mínimo de deputados na comissão especial que ana-lisa a matéria. Enquanto não há votação, o relator, deputado Andre Moura (PSC-SE), conti-nua em negociações com o go-verno. Ele diz que está aberto a fazer alterações no parecer, ao citar a principal preocupa-ção dos órgãos que estão sendo ouvidos, como a Receita Fede-ral: a previsão constitucional de percentuais tributários.

O deputado confirmou que incluiu no parecer a necessi-dade de a Constituição prever um percentual máximo so-bre o Produto Interno Bruto (PIB) para a carga tributária no país. Moura disse, porém, que não vai seguir à risca a sugestão do presidente da Câ-mara dos Deputados, Eduardo Cunha, que no final da última semana defendeu o limite em lei, indicando que o percen-tual já possa valer em 2016 ou 2017.

“O que eu imagino é que tenha o percentual. Não como foi dito de ter 30% a partir de 2016, mas em médio pra-zo para ter adaptação a todas as novas regras exatamente por conta do momento que atravessa o país”, afirmou. De acordo com ele, o percentual praticado atualmente é apro-ximadamente 28%, sem previ-são em lei.

APLICAÇÃOO relator ainda explicou

que tudo que está sendo pre-visto no texto tem aplicação gradativa. A finalidade é dar tempo para que estados, mu-nicípios e a União consigam se adaptar às novas regras sem prejuízos. No caso da limita-ção à carga tributária, a ideia, de acordo com Moura, é definir o escalonamento “em médio prazo”. O assunto está em de-bate com a Receita e o Minis-tério da Fazenda que tiveram reuniões com o deputado na semana passada e tem outros encontros esta semana.

“Meu relatório tem muita coisa para tornar lei, constitu-cionalizar. Estou constitucio-nalizando muita coisa, porque isso veda possibilidade de mu-darem [os limites no futuro]”, explicou. No parecer, ainda está a sugestão do chamado Imposto sobre Valor Agrega-do (IVA), que substituiria, no prazo de oito anos, tributos federais como o Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financia-mento da Seguridade Social (Cofins).

reitos Humanos – mas sua posse no cargo não mereceu nem cerimônia no Palácio do Planalto. A presidente Dilma comunicou, além de Pepe, da saída da ministra de Igual-dade Racial, Nilma Lino Go-mes, e da ministra da Secre-taria de Mulheres, Eleonora Menicucci de Oliveira, em

reunião realizada no Palácio da Alvorada, na semana pas-sada.

Na ocasião, Dilma anun-ciou sua intenção de fundir as secretarias responsáveis pelas políticas afirmativas do governo em uma única pasta, chamada Ministério da Cidadania.

Page 6: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Opinião

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió AlagoasEndereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria

Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

PRESIDENTEAntonio Pereira Filho

DIRETOR ADMINISTRATIVOFINANCEIRO:

José Paulo Gabriel dos SantosEditor geral:

Ricardo [email protected]

DIRETORA COMERCIAL:Marilene Canuto

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e Agência Nordeste

PABX: 82.3311.1338COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331

REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 [email protected]çã[email protected]

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.

VENDA AVULSALOCALIDADE DIAS ÚTES DOMINGO

ALAGOAS R$ 2,00 R$ 3,00OUTROS ESTADOS R$ 3,00 R$ 5,00

ASSINATURASLOCALIDADE SEMESTRAL ANUALALAGOAS R$ 350,00 R$ 700,00OUTROS ESTADOS R$ 500,00 R$ 1.000,00

UM PRODUTO:

JorgrafCooperativa de Produção e Trabalho dos

jornalistas e gráficos do Estado de Alagoas

LAURENTINO VEIGA JAIR PIMENTEL

NATHALI MACEDO

Presidente da Associação Alagoana de ImprensaJornalista, professor e [email protected]

Atriz e escritora

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015OPINIAO6 TRIBUNAINDEPENDENTE

Atenção a epilepsiaHoje, no Brasil, existem quase qua-

tro milhões de portadores de epi-lepsia, uma doença neurológica

crônica grave e que pode ser controlada. O problema é que mais da metade não re-cebe nenhum tratamento ou recebe tra-tamento inadequado. Falta uma política pública específica e eficiente. Além disso, há muita desinformação e junto com ela, o preconceito contra quem tem a doença. O tema foi objeto do 1º Fórum Nacional de Epilepsia – “Epilepsia Fora das Som-bras”, realizado no auditório Nereu Ra-mos da Câmara dos Deputados.

O deputado Darcísio Perondi (PMDB--RS), vice-presidente da Comissão de Se-guridade e que presidiu a abertura do Fó-rum, destacou que a pessoa com epilepsia tem problemas no trabalho e geralmente é demitida após a primeira crise; e tem problemas psicológicos, emocionais e afe-tivos, por conta da vergonha e do precon-

ceito. “O Fórum vai ajudar o Parlamento a avançar na definição de uma política eficiente”, disse.

O governo cortou R$ 13 bilhões do setor este ano e o Ministério da Saúde não con-seguirá pagar suas contas já no mês de outubro. Para 2016, denunciou a situação será ainda mais dramática: “para média e alta complexidade, ou seja, para inter-nações, UTIs, ambulatórios, urgência e emergência, medicamentos e consultas especializadas, por exemplo, serão ape-nas R$ 37,3 bilhões. O valor é menor que os R$ 43,4 bilhões autorizados de 2015 e dos R$ 39,1 bilhões de 2014”.

Existe tratamento para a epilepsia, que é feito essencialmente com medicação para o controle das crises – 70% dos casos de epilepsia podem ser tratados e contro-lados com medicamentos de baixo custo, que são distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

Alagoas, penúltima unidade fe-derativa, tem marcado a sua his-tória com vultos inolvidáveis. E, por isso, teve ilustres coestadua-nos a serviço da Pátria igualando-se a outros estados desenvolvidos.

A propósito, trago à tona o his-toriador Aureliano Cândido Ta-vares Bastos cuja vida e obra foi escrita por vinte e cinco trabalhos de fôlego e, portanto, o livro Ta-vares Bastos visto por alagoanos sintetiza a grandeza do inesquecí-vel historiador sob a organização do Professor Moacir Medeiros de Sant’Ana.

No Sumário, observa-se os títu-los e seus colaboradores a seguir: Tavares Bastos e o Problema Abo-licionista (Abelardo Duarte); O realista Tavares Bastos (Arnoldo Jambo); Tavares Bastos (Carlos Pontes); Tavares Bastos e o Uru-guai (Carlos Pontes); Tavares Bastos (Cassiano Tavares Bas-tos); Tavares Bastos, O Solitário (Cassiano Tavares Bastos; A Abo-lição (Costa Rego); Centenário a Comemorar (Costa Rego); Tavares Bastos (Costa Rego); O Primeiro Jornalista (Costa Rego); Aurelia-no Cândido Tavares Bastos (Cra-veiro Costa); Discurso sobre Tava-res Bastos (Guedes de Miranda); Atualidade de Tavares Bastos (Guedes de Miranda); A Realida-

de Brasileira em Tavares Bastos (Manuel Diégues Júnior); Regime Unitário e Federalização (Mário Marroquim); Tavares Bastos: Es-boço de Análise Crítica Ideológica (Otávio Brandão); Tavares Bastos, Jurista e político (Paulo de Albu-querque); O Sentido Nacionalista da Obra de Tavares Bastos (Pedro Barreto Falcão); Perfil de Tavares Bastos (Povina Cavalcanti); Tava-res Bastos (Raul Lima); Algumas Palavras (Tibúrcio Valeriano da Rocha Lins; Tavares Bastos e o Nosso Tempo (Ulysses Braga); Ta-vares Bastos (Bibliografia).

Por outro lado, deve-se regis-trar o que escreveram escritores nacionais sobre o ilustre alagoano, a saber: “O vale do Amazonas, que é um reflexo virtual da Hiléia por-tentosa e é ainda hoje o programa mais avantejado do nosso desen-volvimento (Euclides da Cunha – Contrastes e conforto, 6ª Ed.Porto, Lello, 1923.

“Nas cartas do Solitário, Ta-vares Bastos soltou um grito de protesto contra os erros da nacio-nalidade, querendo que o Brasil deixasse de ser o país do Acaso e do Absurdo. Segui-se um notá-vel estudo modelado no real, de perfeita objetivação sociológica e econômica, a proposto do Vale do Amazonas. Rompendo com a crí-

tica romântica e antecipando-se a uma época de estudos experi-mentais, insurgiu-se contra uma política de apriorismos nefastos, de contrafações livrescas. Tavares é um espírito sadio e livre. Com-bateu a centralização excessiva e falou alto e claro sem faccionismos estéreis, diferindo dos sectários fantasiados de liberais e conser-vadores. Liberais sem liberalismo e conservadores que não conser-vam nada. Seus livros valem por um inquérito dos mais atentos às nossas fontes de vida. “Agripino Grieco. Evolução da prosa brasi-leira, 2ª Ed., Rio de Janeiro. J.Oly-pio, 1947.

Segundo o Professor Moacyr, “Esta homenagem, prestada à fi-gura do grande publicista alago-ano pela Assembleia Legislativa de Alagoas, por iniciativa de sua Mesa Diretora, exprime uma es-pécie de reparação, de resgate de uma dívida para com seu ilustre filho, de certo modo esquecido em sua própria terra.”

Diga-se, de passagem, a Casa de Tavares Bastos nos dias de hoje, seus inquilinos não honram à memória do vulto alagoano. A Assembleia não tem mais a gran-deza quando abrigou deputados da estirpe do Dr. Oséas Cardoso/Melo Mota.

O ano de 2015 nos devolveu a esperança de um cinema nacio-nal de qualidade e comprometido com questões sociais que pre-cisam ser discutidas. Estamos falando do filme “Que Horas Ela Volta”, de Anna Muylaert, nar-ra a história de uma empregada doméstica pernambucana vivida por Regina Casé e de sua filha, interpretada por Camila Már-dila, e sua relação com seus pa-trões – uma família paulista de classe média alta.

A dupla, retratada com veros-similhança e naturalidade – sem a costumeira roupagem carica-tural que se tem visto no cinema brasileiro em se tratando de re-presentação do povo nordestino – é um retrato da história de mães de classe baixa que se veem obri-gadas a abandonar os próprios filhos para cuidarem dos filhos de seus patrões.

Val – interpretada por Regi-na Casé – deixa sua filha Jéssi-ca (Camila Nárdila) em Recife e passa a trabalhar como babá na casa de seus patrões, onde permanece por longos anos até reencontrar a menina, já adul-ta, que vai a São Paulo prestar vestibular – o mesmo vestibular que o filho de seus patrões, não por acaso.

Estamos tratando de uma obra-prima – que sem dúvida entrará para a história do cine-ma nacional – rica em questões contemporâneas que urgem em serem discutidas. Apesar disso, o Fantástico do último domingo – desprezando qualquer resquício de inteligência e senso crítico de seus telespectadores – preferiu classificar o filme como um retra-to da relação de “amor, carinho e respeito” entre empregados e patrões.

Todo esse amor e respeito pode ser visto já nas primeiras cenas, quando Val se reporta a sua pa-troa para lhe fazer um pedido: “Você sabe que é como se fosse da família, querida. A lasanha está no forno?”

E recoloca seus fones de ouvi-do sem escutar aquela que criou o seu filho e é claro que é quase parte da família, desde que se li-mite a pôr a lasanha no forno e se calar. Os pobres são adoráveis e queridos desde que não se atre-vam a saírem do lugar que lhes foi socialmente imposto.

A personagem interpretada – brilhantemente, diga-se de passagem – por Camila Nárdila, é um retrato de um pobre que não se contenta com esse lugar: senta-se à mesa dos patrões, re-fresca-se na piscina dos patrões e é aprovada num vestibular em que o filho dos patrões é repro-vado. E é a partir daí que todo amor, carinho e respeito que só o Fantástico enxergou nessa his-tória começa a se revelar tal qual ele é: uma exploração impiedosa travestida de bondade.

O filme é, antes de tudo, uma amostra do preconceito de clas-ses velado e do lugar que está e sempre esteve reservado às clas-ses sociais desfavorecidas – e do qual a elite resiste em abrir mão: um lugar de inferioridade e sub-serviência.

O amor de migalhas oferecido pelos patrões aos empregados que se dedicam a eles por uma vida inteira começa a se revelar quando a filha da empregada passa a ocupar os espaços reser-vados aos patrões – desde a pisci-na da casa grande à vaga na Uni-versidade – exatamente como a face medonha da elite brasileira passa a ser desenhada quando

parcelas pobres da população atrevem-se a ascender social-mente e passam a não precisar se submeter a relações de traba-lho abusivas e às desigualdades socialmente construídas.

Como todo bom filme, este conta com uma cena marcante, arrematadora, daquelas que fa-zem com que caia a nossa ficha e compreendamos com clareza solar toda a lógica da história: Val, depois de notar a postura combativa de sua filha ao não se contentar com um lugar de in-ferioridade na presença dos pa-trões, usa a piscina da casa pela primeira vez em todos os anos de trabalho. A emocionante ex-pressão de Regina Casé nos diz silenciosamente: “Eu cuidei do filho deles, da casa deles, da vida deles. Eu também mereço isso.”

O recado que só quem não deu ouvidos à Fantástica revista se-manal global pôde captar é que as classes desfavorecidas estão, pouco a pouco, apossando-se da-quilo que sempre lhes pertenceu e ocupando lugares que nunca antes se atreveram – e é a isso que se pode chamar de um tími-do esboço da igualdade social que passa a se desenhar no Brasil.

“Cuide para que sua filha fique da cozinha para fora” é a frase--chave do filme: empregados são quase da família, desde que da cozinha para fora. É triste admi-tir, mas esta é também a terrível lógica do pensamento burguês: pessoas de classe baixa merecem uma vida digna, desde que da cozinha para fora. É exatamente isto que tem incomodado às eli-tes nos tempos modernos (e que o Fantástico se recusou a enxer-gar): o pobre está passando dos limites da cozinha – e é este o país que nós queremos.

Vibrei com a assinatura da ordem de serviços, pelo prefeito Rui Palmeira, para a recons-trução da Praça Afrânio Jorge, conhecida como “Praça da Facul-dade”, no Prado. Uma luta anti-ga dos moradores e da população em geral, que não aceitava o fato de tamanho abandono. Minha luta na Imprensa, valeu a pena! O espaço enorme, será total-mente aproveitado para se ter uma verdadeira praça do povo: esportes, lazer, tranquilidade, reaproveitamento do panteão central, que nunca teve utilida-de, e outras benfeitorias. Depois será a vez da Praça Sinimbu, que espero restaure o que foi feito há mais de 60 anos, pelo então pre-feito Sandoval Caju, inclusive “o mijãozinho”.

Vivi minha segunda infância (a primeira foi em Viçosa), fre-quentando a Praça da Faculda-de, passagem obrigatória para quem morava na parte do Prado, próximo a praia do Sobral, como era meu caso. Foi sempre meu caminho para ir todos os dias es-tudar no Externato João Pessoa, na própria praça e depois, para o Grupo Escolar Pedro II, na Pra-ça Deodoro e ainda passar nas

residências de meus tios: Alípio/Eunice Barbosa e João Duda/Isaura Barbosa Calado, em dias de festas de Natal e Ano Novo, onde tudo se concentrava na pra-ça. A meninada gostava de ob-servar as aulas de anatomia, das janelas da faculdade, com os es-tudantes cortando os “defuntos”. Também ficar à noite olhando a chegada dos formandos em Me-dicina e seu convidados, para a solenidade de colação de grau. Participei como convidado, me-nino ainda, acompanhado de meus pais, mas de terno (tinha o da minha Primeira Comunhão) a formatura de dois primos mé-dicos: Hélio e Oswaldo Barbosa Calado. Um deslumbramento, com o auditório lotado, o jura-mento, o recebimento do diploma e os discursos.

O nome Praça da Faculdade, começou mesmo na década de 1950, quando foi fundada a Fa-culdade de Medicina de Alago-as, ocupando o prédio que era o Quartel do Exército. Ao lado funcionava o Asilo Santa Leo-poldina, para doentes mentais, com muros altíssimos, que era um terror para a garotada, ima-ginando a fuga de algum interno

louco, de tanto “choque elétrico” que recebia. Todas as casas da praça eram residências, verda-deiros bangalôs, e ainda casa-rões como os das famílias Cala-do, Melo e Athayde. Mas tinha a Sorveteria Pif-Paf, que funcio-nava ainda como bar, reduto da juventude. Hoje, restam apenas quatro residências. Virou um comércio intenso, inclusive no espaço da praça, que claro, vai sumir com a reforma.

A praça da minha infância, também servia para os grandes circos que chegavam à Maceió. Mas o forte mesmo eram as fes-tas de Natal e Ano Novo, que na verdade começavam duas sema-nas antes, com armação do par-que de diversões, já funcionando para o deleite da garotada. Ti-nham os palcos para apresen-tação dos folguedos populares: pastoril, guerreiro, reisado, che-gança, fandango, coco de roda e outros. Também para cantores da terra, e a meía noite dos dias 24 e 31, as missas celebradas geralmente pelo arcebispo. Não existiam os espetáculos pirotéc-nicos de hoje, mas sim foguetes e muita concentração na hora da cerimônia.

Tavares Bastos

Além dos limites da cozinha

Agora sim, a praça é nossa!

INDEPENDENTE

Page 7: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, foi demitido ontem,

por telefone, pela presi-dente Dilma Rousseff. A conversa, que ocorreu pela manhã, foi telegráfica. A presidente apenas in-formou ao ministro que precisava do cargo.

Em entrevista dada ao jornal O Estado de S.Paulo na segunda (28/9), Chioro havia afirmado que, qual-quer pessoa que ficar à fren-te da pasta enfrentará, no próximo ano, uma situação difícil caso a proposta de Or-çamento seja aprovada no Congresso da maneira que foi enviada. De acordo com ele, os recursos reservados para a área de média e alta complexidade pagam as des-

pesas somente até setembro. O cargo de Chioro deverá ser ocupado por um integrante do PMDB. A mudança é um arranjo para o governo obter maior apoio no Congresso.

Menos de 12 horas depois de desembarcar em Brasília, Dilma tivera um primeiro en-contro com seu vice, Michel Temer, na manhã de ontem.

Os dois tiveram uma rá-pida reunião no Palácio do Planalto para conversar so-bre a reforma ministerial.

Para superar o impasse com o PMDB, a presidente si-nalizou que estaria disposta a dar sete ministérios à sigla.

Até agora, ela trabalha-va com o número de seis pastas. Assim, ficaria mais fácil atender à demanda dos deputados peemede-

bistas, que exigem coman-dar dois ministérios, além da bancada do partido no Senado e do grupo do vice.

O nome mais cotado para assumir a Saúde é do deputado federal Mar-celo Castro (PMDB-PI).

O parlamentar é for-mado em medicina e espe-cializado em psiquiatria.

Chioro não é o primeiro ministro dos governos pe-tistas demitido por telefone. Em 2004, o então presiden-te Luiz Inácio Lula da Silva exonerou da mesma forma o então ministro da Educação, Cristovam Buarque, que passava férias em Portugal.

Chateado, Cristovam avaliou como uma “des-consideração” ter sido demitido pelo telefone.

7 TRIBUNAINDEPENDENTE POLÍTICAMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015

DIREITISTAMBL lançará candidatos a prefeito

Depois de rejeitar a presen-ça de políticos nos protestos de rua, o Movimento Brasil Livre, um dos grupos mais atuantes nas manifestações pró-impeachment da presi-dente Dilma Rousseff, passou aos poucos a estreitar relação com parlamentares e agora decidiu entrar formalmente no sistema político-partidá-rio.

O grupo pretende lançar candidatos a prefeito e a ve-reador em centenas de cida-des brasileiras nas eleições de 2016. A principal aposta do grupo é o estudante Fer-nando Holiday, de 18 anos, que concorrerá a uma vaga na Câmara de São Paulo, pro-vavelmente pelo DEM.

O grupo, que tem núcleos municipais em 173 cidades, está incentivando a filiação de suas lideranças locais em partidos - e já criou um ma-nual para a criação de novas filiais. A estimativa dos coor-denadores nacionais do movi-mento é lançar de cinco a dez candidatos a prefeito e vice, e de 150 a 200 postulantes a vereadores.

As conversas mais adianta-das são com ao menos quatro legendas: PSDB, DEM, PPS e PSC. O Partido Novo entrou no rol depois de conseguir re-gistro junto ao Tribunal Su-perior Eleitoral (TSE), mas o diálogo está apenas no início, afirma o empresário Renan Santos, um dos coordenado-res nacionais do MBL.

DOAÇÕES PRIVADAS

Ministro afirma que decisão já vale para eleição de 2016

NOVO PARTIDO

Marina diz que Rede busca qualidade, e não quantidade

O ministro do Supremo Tri-bunal Federal (STF) Luiz Fa-chin defendeu em entrevista ao programa Brasilianas.org, da TV Brasil, que a proibição da doação de empresas a par-tidos políticos já está valendo para as próximas eleições, em 2016, conforme a decisão to-mada pelo STF no dia 17 de setembro último. O ministro Gilmar Mendes defende que a Corte retome o debate e defina a vigência da decisão.

“Eu estou subscrevendo o entendimento de colegas mi-nistros daqui da corte que, na sua composição majoritária, pelo menos até o presente momento, entendem que essa

decisão já é aplicável para as próximas eleições. A decisão tomada aqui é uma decisão já publicada e que está já sur-tindo os seus efeitos”, disse Fachin.

O ministro explicou que agora caberá ao Tribunal Su-perior Eleitoral (TSE) regula-mentar a decisão, decidindo como será aplicada e quais serão os mecanismos de fisca-lização e controle para o seu cumprimento.

A decisão foi consequência de uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que questionou artigos da lei dos Partidos Políticos e da lei das Eleições.

Ao assinar a ficha de fi-liação do senador Randolfe Rodrigues (ex-PSOL-AP) à Rede Sustentabilidade, a ex--senadora Marina Silva afir-mou que está em busca de qualidade, e não quantidade, na formação do novo partido. Para ela, PT e PSDB estão “estagnados”. Apesar de ata-car o governo Dilma Rousse-ff, principalmente por causa da crise econômica, ela clas-sificou como “oportunismo político” defender impeach-ment neste momento.

— Nós não temos feito abor-dagem pensando em quan-tidade, estamos buscando

compatibilizar a quantidade e a qualidade. O importante é que esse é um momento de reafirmarmos nosso objeti-vo de dar contribuição para melhorar a qualidade da po-litica — disse Marina, que disputou a presidência da República no ano passado.

Além de Randolfe, já mi-graram para a Rede os de-putados federais Alessandro Molon (ex-PT-RJ), Miro Tei-xeira (ex-PSOL-RJ) e Aliel Machado (ex-PcdoB-PR). Fundadora do PSOL, a ve-readora por Maceió Heloísa Helena também se filiou ao novo partido

Ministro da Saúde é demitido por Dilma via telefoneA presidente informou a Arthur Chioro que precisava do cargo que pode ser dado ao deputado Marcelo Castro

A assessoria do Instituto Lula classificou de atuação “lícita, ética e patriótica” do ex-presidente Lula quan-do defende os interesses de empresas brasileiras no ex-terior. E-mails apreendidos pela Polícia Federal (PF) nas buscas realizadas na sede da Odebrecht em junho deste ano, em São Paulo, mostram uma relação de influência e intimidade da empresa junto ao Palácio do Planalto, duran-te os governos Dilma e Lula.

Nas mensagens, o presi-dente da empresa, Marcelo Odebrecht, tenta influenciar

diretamente o que o será dito pelos presidentes a chefes de estados de outros países em agendas oficiais, sugerindo a postura presidencial nos en-contros. A pressão surte efeito.

Em mensagem para exe-cutivos da construtora, o en-tão ministro do Desenvolvi-mento, Indústria e Comércio, Miguel Jorge, escreveu que Lula fez lobby pela empresa em um dos encontros com lí-deres estrangeiros, em 2007.

Ao comentar o caso, segun-do o Estadão, Miguel Jorge foi tranquilo e defendeu que fazer lobby para as empresas

do país é papel dos chefes de Estado e ministros. “A primei-ra visita da rainha da Ingla-terra ao Brasil nos anos 70 foi especificamente para vender aviões ingleses, de uma em-presa que depois foi uma das que formaram a Airbus. Acho que esse é o papel dos gover-nantes, de realmente se esfor-çarem para ter um comércio exterior maior para os seus pa-íses”, lembrou o ex-ministro.

Questionado especifi-camente sobe o episódio envolvendo Lula e o presi-dente da Namíbia, o ex-mi-nistro disse não se recordar.

MARCELO CAMARGO

Durante uma ligação telefônica de 2 minutos, ministro da Saúde Arthur Chioro soube que foi demitido

LOBBY

Instituto Lula responde acusação

ABUSO DE PODERLuizianne Lins é inocentada pelo TRE

SÃO PAULOHaddad celebra queda de mortes no trânsito

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, foi inocentada da acusação de abuso de poder político, em decisão unânime doTribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE).O resultado foi divulgado na segundafeira(28).Luizianne avia sido condenada emfevereiro de 2014, em ação de investigação judicial eleitoral, pelo juiz da 114ª Zona Eleitoral, Josias Menescal Lima de Oliveira,após denúncia do Ministério Público. A sentença tornava a ex-prefeita in-elegível por oito anos.A acusação era de que Luizianne teria autori-zado demissão de trabalhadores-terceirizados, funcionários da ad-ministração municipal, por terem se recusado a fazer campanha .

O prefeito que passou a ser alvo de chacota e duras críticas depois que anunciou a redução do limite de velocidade nas principais vias de São Paulo, especialmente as marginais dos rios Pinheiros e Tietê, Fernando Haddad (PT) comemorou ontem a queda de 18,5% em mortes no trânsito no primeiro semestre na capital paulista.“Mortes no trânsito caem 18,5% no 1º semestre na cidade de SP. 118 vidas salvas. Mortes de ciclistas caíram 46%”, postou Haddad em sua conta no Twitter. Segundo balanço divulgado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) nesta terça-feira 29, o número de mortes no trânsito caiu de 637 para 519 no período.

OSTENTAÇÃO

Ex-prefeita diz que estava em uma aldeia indígena

Foragida por 39 dias, a ex--prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva (sem partido), disse em depoi-mento na tarde de segunda--feira (28) à Polícia Federal, que estava escondida em uma aldeia indígena na cidade que governava.

Em entrevista ontem, Lajes defendeu que a declaração do advogado Sérgio Muniz sobre o paradeiro da ex-prefeita é uma ‘manobra’ da defesa. “Isso de ela estar lá na cidade não existe. Isso foi manobra do advogado para querer dizer que ela não estava em fuga”, disse.

Na entrevista coletiva du-rante a tarde de ontem, o de-legado Ronildo Lajes, respon-sável pelo inquérito, havia confirmado que Lidiane esta-va foragida e descartou que ela estivesse escondida todo esse tempo no município de Bom Jardim. “As diligências foram feitas sim na cidade e no interior de Bom Jardim, mas é claro que o advogado está no papel dele de tentar amenizar as coisas para a investigada. De fato ela estava foragida e não tem como alguém afirmar que ela estava governando em Bom Jardim”, disse

“Foram feitas diversas dili-gências lá no município. “Ele chegou a dizer que ela não es-tava lá e que ela estava gover-nando lá. Isso não existe. Ela sabia que era procurada. Todo mundo estava atrás, fazendo

ASCOM PF

Ex-prefeita Lidiane Leite ao se entregar à Polícia Federal na 2ª feira

diligências. Não existe a possibi-lidade de ela estar lá. Ele, sim-plesmente, quis negar que ela estivesse foragida”, completa.

A polícia acredita que ela estaria em uma fazenda ou propriedade rural em outra cidade. A ‘manobra’ da defesa, segundo o delegado, seria para encobrir a participação de

amigos ou parentes no sumiço da prefeita. “Ela disse que es-tava numa aldeia indígena de Bom Jardim, mas essa possi-bilidade a gente acredita que é remota e a gente acredita que ela possa estar tentando esconder uma pessoa que pu-desse estar ajudando”, declara Lajes.

Page 8: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

8 TRIBUNAINDEPENDENTEBRASIL/MUNDO

ANTI-GRAVIDEZGrife admite que contratará somente gays

CUBA E EUAObama e Castro voltam a se encontrar

Na última semana, a marca de roupas femininas Maria Filó se envolveu em uma po-lêmica após seu proprietário, Alberto Osório, ter dirigido comentário machista a uma funcionária grávida. Em vi-sita a uma das lojas da rede, no Rio de Janeiro, o empre-sário teria dito que em breve mandaria todas as mulheres embora e contrataria somente gays, “porque eles não engra-vidam”. O caso veio a público por meio de um post no Face-book, divulgado pelo compa-nheiro da vendedora.

O episódio viralizou nas re-des sociais e causou revolta entre osinternautas – alguns chegaram a organizar um boicote à grife. Na fanpage da Maria Filó, é possível ler di-versos comentários críticos à postura de Osório.

Por meio de nota, a marca se manifestou sobre o ocorrido. “Na intenção de descontrair sua visita e no tom brincalhão pelo qual é conhecido na em-presa, nosso diretor Alberto Osório fez um comentário con-siderado inadequado”, infor-ma o texto.

A empresa diz sentir mui-to pela funcionária ter ficado ofendida com o comentário, pois essa não foi a intenção do empresário.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tro-cou um aperto de mãos com o presidente cubano, Raúl Castro, ontem na Organi-zação das Nações Unidas, em um raro encontro bila-teral entre os líderes dos ex--rivais da Guerra Fria que trabalham para melhorar as relações após décadas de hostilidade.

A Casa Branca informou que os dois discutiram os próximos passos que cada governo pode adotar para aprofundar a cooperação.

Obama “saudou o progres-so feito no estabelecimento de relações diplomáticas, e ressaltou que as reformas contínuas em Cuba podem aumentar o impacto de mudanças regulatórias nos EUA”, disse a Casa Branca em comunicado sobre o en-contro.

Raúl Castro, no primeiro discurso de um presidente cubano na ONU desde que seu irmão, Fidel, participou da Cúpula do Milênio, em 2000, disse na segunda-feira que os dois países só podem normalizar laços após Wa-shington encerrar o embar-go comercial e devolver a base naval norte-americana de Guantánamo para o con-trole cubano.

O chanceler cubano, Bru-no Rodríguez, disse que Raúl enfatizou os dois pon-tos no encontro com Obama, que ele chamou de “respeito-so e construtivo”.

Os dois presidentes tro-caram aperto de mão pela primeira vez no funeral de Nelson Mandela, em dezem-bro de 2013.

Raúl Castro e Obama sur-preenderam o mundo em dezembro ao anunciarem a distensão nas relações após três décadas de animosida-de.

A perfuração do ter-ceiro poço na área de Carcará (Bloco BM-

S-8), localizado em águas ultraprofundas da Bacia de Santos, confirmou a desc-oberta de petróleo leve e de boa qualidade (31º API) nos reservatórios do pré-sal. O poço 3-SPS-104DA (no-menclatura Petrobras), informalmente conhecido como Carcará Noroeste, está situado na área do Plano de Avaliação da Descoberta do poço descobridor 4-SPS-86B (Carcará) e se localiza a 5,5 km a noroeste do poço desco-bridor, em profundidade de água de 2.024 metros, a cerca de 226 km do lito-ral do estado de São Paulo.

Dados de pressão compro-vam tratar-se da mesma acumulação dos outros dois poços anteriormente perfu-rados na área, confirmando a extensão para oeste da descoberta do poço 4-SPS--86B.

O poço está situado em reservatórios carbonáticos

com excelentes característi-cas, situados logo abaixo da camada de sal, a partir de 5.870 metros de profundida-de, e constatou uma expres-siva coluna de 318 metros de óleo, não tendo atingido o contato óleo/água dessa acu-mulação.

Nos próximos dias serão iniciadas operações previs-tas no Plano de Avaliação de Descoberta (PAD) para a avaliação da produtividade dos reservatórios do pré-sal por meio de testes de forma-ção no poço 3-SPS-105, cuja perfuração foi recentemente concluída.

O Plano de Avaliação da descoberta de Carcará apro-vado pela Agencia Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) tem término previsto para março de 2018.

Operamos (66%) o consórcio em parceria com a Petrogal Brasil (14%), Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás (10%) e Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A. (10%).

DIVULGAÇÃO

Na bacia de Santos, novas jazidas de petroléo foram encontradas pela Petrobras na área de pré-sal

Brasil Mundo

Depois do ‘pau de selfie’, empresa americana cria ‘colher de selfie’As selfies realmente viraram moda e diversas empresas estão tentando lucrar ao máximo criando objetos que ajudem a tirar fotos perfeitas. Após o ‘pau de selfie’, uma empresa norte-americana resolveu criar a ‘colher de selfie’. A ideia surgiu da empresa Great Mills, responsável por produzir os cereais Cinnamon Toast Crun-ch, como uma ação promocional para promover seus produtos. O objetivo é ter uma colher que permita fotografar e compartilhar o café-da-manhã com seus amigos. Apesar da crítica, a Great Mills irá enviar quase gratuitamente a ‘colher de selfie’ para os interessados.

Perfuração confirma potencial de petróleo de boa qualidadeNovas jazidas de pré-sal foram achadas em Carcará, na bacia de Santos a 2 mil metros

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015

TRANSEXUALExército vai identificar autores de vazamentoO Exército Brasileiro informou que vai responsabilizar os envolvidos no vaza-mento de fotos e documentos de uma transexual em um quartel em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. A estudante de Administração e transexual Mariana Lively, de 18 anos, havia denunciado na segunda-feira (28/9) ter sido fotografada enquanto entregava os documentos de alistamento militar no quartel do Complexo Militar de Quitauna, no bairro de mesmo nome. Imagens dela ao lado de documentos pessoais entregues no local, com o nome masculino de nascimento e telefone, foram publicados na internet em tom de piada por servidores. Não foram divulgados quem seriam os servidores responsáveis. Em nota, o Exército afirmou que “não discrimina qualquer pessoa, em razão da raça, credo, orientação sexual ou outro parâmetro”. “O respeito ao indivíduo e à dignidade da pessoa humana, em todos os níveis, é condição imprescindível ao bom relacionamento de seus integrantes com a sociedade.”

Page 9: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Ressocialização utiliza tecnologia para elevar segurança nos presídiosAlagoas se prepara para receber modernos equipamentos de inspeção eletrônica que serão usados no sistema prisional. Esteiras de raio X, detectores de metal portal, manual e banqueta já foram licitados e contratados pelo Governo do Estado por meio de uma par-ceria com o Ministério da Justiça e chegarão nos próximos dias. Os instrumentos elevarão a segurança nas unidades penitenciárias. Entretanto, não basta receber os equipamentos. Faz-se necessário qualificar os operadores para garantir a eficiência no manuseio. Ciente dessa necessidade, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) por meio de parceria com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão do Ministério da Justiça, ofertou o Curso de Inspeção para o Acesso de Pessoas, Objetos e Materiais.

CidadesMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 CIDADES 9 TRIBUNAINDEPENDENTE

Colisão em Jacarecica deixa 9 feridosAcidente com batida frontal entre dois veículos vitimou nove pessoas, entre elas, duas gestantes e três crianças RÍVISON BATISTATRIBUNA HOJE

Um grave acidente aconteceu na noi-te de ontem (29)

na Avenida Comendador Gustavo Paiva, no bairro de Jacarecica, em Maceió. Dois carros colidiram de frente no meio da via. O de-talhe importante é que ha-via crianças e gestantes nos dois automóveis. Não hou-ve vítimas fatais, porém, o condutor de um dos veículos ficou preso às ferragens e foi retirado com a ajuda do Cor-po de Bombeiros. O trânsito ficou totalmente interrom-pido durante o resgate das vítimas.

De acordo com testemu-nhas, o Gol de cor branca e placa MUT-6123, de Alago-as, entrou na contramão da pista nas proximidades do Parque Shopping Maceió, e colidiu de frente com um veículo Legacy Subaru de cor cinza e placa MUT-7698, também de Alagoas.

“O meu cunhado estava

indo levar a mulher para ter a criança, estava apressado, pois não tinham aceito em uma outra maternidade”, disse um senhor que estava na cena do acidente e é pa-rente de uma das vítimas. A mulher em questão está grávida de nove meses e estava no Gol branco. Além da grávida, outras cinco pes-soas estavam no Gol, sendo dois homens, outra mulher e duas crianças, uma de cinco e outra de três anos de ida-de.

No Subaru, encontrava-se o casal identificado pelos no-mes de Adison Cordeiro e Me-lina Barros, que também está grávida, só que de sete meses, além de uma criança de um ano e sete meses, que estava no banco de trás, na cadeiri-nha do veículo.

Várias ambulâncias do Serviço de Atendimento Mó-vel de Urgência (Samu), in-cluindo Unidades de Suporte Avançado (USA), para pacien-tes mais graves, e do Corpo de Bombeiros estavam no local.

O condutor do Gol branco

preso às ferragens do veículo, só foi retirado após os mili-tares do Corpo de Bombeiros retirarem a porta do carro. O homem se queixava de fortes dores nos pés no momento que os bombeiros o puseram na maca.

No total, foram nove feri-dos no acidente. Todos eles, incluindo as duas gestantes e as três crianças, foram encaminhados ao Hospital Geral do Estado (HGE), no bairro do Trapiche. Após o resgate das vítimas, milita-res do Corpo de Bombeiros começaram a retirada dos veículos da avenida.

“Vamos precisar jogar pó de serra, pois houve va-zamento de óleo na pista”, disse um bombeiro à repor-tagem do Tribuna Hoje.

O trânsito foi liberado no sentido Jacarecica – Centro por volta das 19h55, logo após a saída das ambulân-cias. Já no sentido Centro – Jacarecica demorou um pou-co para ser liberada, já que os automóveis ficaram ainda na avenida. Todas as vítimas da colisão frontal entre um Gol e um Legacy foram levadas para o Hospital Geral

Estudantes da Facima bloquearam a Avenida Durval de Góes Monteiro em protesto por justiça

RÍVISON BATISTA

RÍVISON BATISTA

HGE

Estudante baleado duranteassalto segue em estado grave

O estudante de Direito Felipe Carlos dos Santos Araújo, de 21 anos, con-tinua em estado grave, porém estável, segundo informou a assessoria do Hospital Geral do Estado (HGE) em boletim divulga-do no início da noite de on-tem (29). O jovem foi bale-ado no tórax quando estava no ponto de ônibus situado próximo a uma faculdade particular localizada na Avenida Durval de Góes Monteiro, no bairro do Ta-buleiro do Martins, em Ma-ceió, na noite de segunda-feira (28).

Segundo as informações, Felipe Carlos está em ven-tilação mecânica e entuba-do na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Durante a noite de segunda e a ma-

drugada de ontem, o jovem já passou por três proce-dimentos cirúrgicos: uma laparotomia exploradora, uma drenagem de tórax e uma exploração vascular. Seu estado de saúde é con-siderado grave, apesar do quadro estável.

Testemunhas disseram que o estudante teria sido baleado depois de ter sido abordado por dois crimino-sos armados e reagir ao as-salto. Os criminosos teriam pedido o celular da vítima e antes de fugir, dispararam contra o estudante.

Um grupo de estudan-tes fechou a pista depois do crime e protestou contra a violência na região.

O CASOO assaltante seria, apa-

rentemente, um menor de

idade. O tiro acertou o tórax do estudante do 2º perío-do de Direito da Faculda-de Facima, que estava no ponto de ônibus nas proxi-midades da faculdade na própria avenida, no sentido Tabuleiro. O estudante foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao HGE.

“Queremos justiça”. Esta foi a frase que muitos estu-dantes da Facima estavam gritando em coro no meio da Avenida Durval de Góes Monteiro, depois do atenta-do. Os jovens bloquearam a avenida com pneus e entu-lhos e depois puseram fogo nos objetos em frente à fa-culdade. O trânsito ficou parado na avenida no senti-do Centro – Tabuleiro.

TESTEMUNHAS

Jovem não teria reagido,mesmo assim bandido atirouRÍVISON BATISTATRIBUNA HOJE

Segundo a estudante Luana Tenório, todos os dias acontecem assaltos nas pro-ximidades da Facima. “Já teve cerca de sete carros de alunos roubados aqui. Além de muitos celulares”, relata a aluna da Facima. “Quere-mos segurança”, completa a jovem.

Segundo testemunhas do assalto, o estudante, iden-tificado como Felipe Carlos dos Santos, de 21 anos, não reagiu ao assalto. “Foram dois meliantes, dois garotos. Aparentavam ser menores de idade. Felipe entregou o ce-lular e não reagiu ao assalto. O ponto de ônibus não tinha muitas pessoas no momento. Depois que ele entregou o ce-

lular, o bandido atirou con-tra ele”, disse uma estudan-te que se identificou apenas como Jéssica.

De acordo com as teste-munhas, após o assalto e a tentativa de homicídio, os meliantes roubaram uma moto e fugiram pela Avenida Durval de Góes Monteiro.

Alguns motoristas que fi-caram parados no trânsito se exaltaram e tentaram retirar os entulhos da pista, porém foram controlados pela Polí-cia Militar, que acompanha-va o protesto dos estudantes. Segundo os estudantes, uma viatura do Batalhão de Polí-cia Escolar (BPEsc) fazia a segurança dos alunos até uns meses atrás, porém, segundo eles, não há mais policiamen-to na região há um tempo.

Segundo a Polícia Mili-

tar, uma operação está sen-do realizada para capturar a dupla criminosa que viti-mou o estudante de Direito. “A moto roubada já foi recu-perada, agora estamos atrás dos meliantes”, informou um policial à reportagem do Tri-buna Hoje.

Um amigo de sala de Feli-pe falou à reportagem e disse que o jovem é muito tranqui-lo. “Ele é muito na dele, não reagiria a um assalto. Hoje foi um estudante da minha sala, amanhã pode ser ou-tro”, falou Willames de Melo, que também cursa o segundo período de Direito na facul-dade.

Segundo funcionários do HGE, Felipe chegou com um ferimento muito grave e foi levado para o centro cirúrgi-co.

Page 10: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015CIDADES10 TRIBUNAINDEPENDENTE

Depoimentos sobre queda de aeronave da PM são iniciadosOntem uma testemunha foi ouvida pelo delegado Manoel Acácio Júnior, da Deic, que comanda o inquérito policial

Teve início ontem (29) a fase de depoimento do inquérito policial

que investiga as causas do acidente com o helicópte-ro da Polícia Militar de Alagoas ocorrido no último dia 24. Quem comanda a investigação é o delegado Manoel Acácio Júnior, da Divisão Especial de Inves-tigação e Capturas (Deic) e já no período da manhã uma testemunha foi ouvida.

Trata-se de Josefa Mar-colino da Silva, de 46 anos de idade. Segundo seu rela-to, ela foi uma das primei-ras pessoas a se aproximar da aeronave caída e, ao ver

um dos militares ainda vivo dentro de um carro que foi atingido pelo helicóptero, procurou ajuda. Porém, de acordo com o seu testemu-nho, quando voltou ao local, o corpo desse militar já esta-va em chamas.

Além de Josefa Marcoli-no, o delegado Manoel Acá-cio Júnior também convocou mais quatro moradores da região, representantes do Grupamento Aéreo da Polí-cia Militar e o mecânico que trabalhava com a aeronave. O inquérito deve ser conclu-ído em trinta dias, mas pode ser prorrogado a depender do andamento das investi-

gações.Em declarações à impren-

sa, o delegado afirmou que o laudo do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Se-ripa II) vai auxiliar bastante as investigações que coman-da. Entretanto, não há pra-zo para a conclusão do laudo do Seripa II.

O Seripa II é uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Ae-ronáuticos (Cenipa) – vin-culado à Força Aérea Bra-sileira (FAB) e quando tudo estiver concluído, o relatório será divulgado no site www.cenipa.aer.mil.br. Inquérito da Polícia Civil sobre acidente com helicóptero da PM deve ser concluído no prazo de 30 dias

Celebração em homenagem aos quatro militares reuniu centenas de pessoas na Catedral Metropolitana de Maceió

Movimento na agência de Jatiúca foi tranquilo na tarde de ontem, mas segundo servidor pela manhã foi bem agitado

SANDRO LIMA

AGÊNCIA ALAGOAS

ADAILSON CALHEIROS

HOMENAGEM PÓSTUMA

Emoção marca missa em memória de militares de acidente aéreo

Centenas de pessoas, en-tre familiares, amigos, com-panheiros de trabalho da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Alagoas parti-ciparam das homenagens e missa do 7º dia ontem (29), em memória dos quatro poli-ciais vitimados pelo aciden-te aéreo ocorrido na semana passada, em Maceió.

A missa - celebrada pelo arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz -, foi reali-zada na Catedral Metropoli-tana de Maceió e emocionou a todos pelas homenagens e depoimentos dos familiares, além dos louvores entoados pelo grupo Coro de Cristo, da Igreja Divino Espírito Santo, do qual uma das ví-timas, o soldado Diogo Melo, era integrante e acalantou os corações dos presentes.

O governador Renan Filho foi representado pelo secre-tário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendon-ça. A cúpula da Segurança

alagoana, o alto comando da Polícia Militar, os secretá-rios de Gabinete Civil, Fábio Farias, e de Comunicação, Enio Lins, além de integran-tes das Forças Armadas, prestaram solidariedade aos familiares dos militares.

HOMENAGENSA emoção tomou conta

de todos quando o sermão do arcebispo deu lugar às homenagens às quatro víti-mas, em qual os familiares do major Bombeiro Militar, capitão PM Assunção e sol-dados De Moura e Diogo Melo receberam um quadro constando as honras mili-tares prestadas pelos gru-pamentos aéreos de todo o Brasil.

Visivelmente emocionado, o secretário Alfredo Gaspar de Mendonça fez referência ao profissionalismo dos ho-menageados. “Eles cumpri-ram suas missões, partiram para o infinito com a glória de verdadeiros heróis. A so-

ciedade precisa reconhecer os valores dos bons profis-sionais da Segurança Públi-ca, que todos os dias deixam seus lares para nos prote-ger”, destacou o secretário.

O comandante geral da PM, coronel Lima Júnior, enalteceu que a fé é a for-taleza para a superação de momentos dolorosos como este vivido pela corporação. “A PM vai continuar lutan-do para a construção de uma cultura de paz. Nossos poli-ciais morreram no cumpri-mento do dever, que Deus nos ampare e nos conforte com sua infinita bondade”.

Já o coronel Adriano Ama-ral, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, também reverenciou a força da fé cristã como o verda-deiro alimento para vida. “A presença de Cristo é trans-formadora e leal. Através dela teremos o conforto ne-cessário para superarmos a dor da separação”.

DEPOIS DA GREVE

Atendimento ao público no INSS retorna, mas com precariedade OLÍVIA DE CÁSSIA

Repórter

Depois de 78 dias de gre-ve, o atendimento nas agên-cias do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltou a ser feito, ontem (29), com alguns problemas, devido a superlotação das unidades e a quantidade insuficiente de funcionários para dar conta da demanda.

A movimentação nas agên-cias foi intensa em todo o país e alguns usuários recla-maram da falta de informa-ção quanto aos procedimen-tos. Segundo os servidores, o serviço de perícia ainda não está funcionando total-mente, porque os médicos peritos continuam em greve por tempo indeterminado, apesar de o serviço essencial ter sido mantido durante a greve.

Segundo Alex Brito, que é servidor da Agência Jatiúca, na manhã de ontem, o INSS funcionou com agências lo-tadas, não tendo cadeiras suficientes para acomodar os usuários no local, mas no ho-rário da tarde a situação era outra e a agência já estava esvaziada.

“O movimento da agência

é no horário da manhã; nes-se período pós-greve a carga maior está sendo dada para atender as demandas no bal-cão. Durante a paralisação dos servidores, os serviços essenciais como pagamento de aposentados pensionis-tas e a perícia médica foram mantidos”, segundo Alex, apesar da reclamação de al-guns usuários nesse período.

A greve do pessoal da área administrativa encerrou de-pois de assembleias realiza-das em todo o país e usuários que estavam aguardando atendimento na tarde de ontem, quando da visita da reportagem, na agência Jati-úca, eram todos para reno-vação de procurações, para recebimento de benefícios de parentes.

Foi o caso de Márcia Pai-xão da Cunha: ela foi fazer o agendamento para renovar a procuração do recebimento do benefício da mãe.

“Eu vim durante a greve procurar atendimento: teve agência que funcionou, pre-cariamente, mas funcionou. O vencimento da procuração da minha mãe era no mês de julho; passou para o dia 30 de setembro”, comenta.

A situação da dona de

casa Maria do Carmo de Oli-veira Santos também foi a mesma, da mesma forma de seu Edberto. Ele disse que não procurou o serviço antes e preferiu esperar o fim da greve para procurar o ser-viço e renovar o documento (procuração).

SINDPREVA presidente do Sindicato

dos Servidores da Previdên-cia Social (Sindprev-AL), Lúcia Maria dos Santos fez uma avaliação ontem à noite da greve da categoria e disse que apesar de não ter sido dado o percentual proposto de 27,5% referente à perdas, o percentual de 10,8% que foi dado, dividido em duas vezes foi aceito pela categoria.

“O governo tinha apre-sentado uma proposta de 21%, mas divido em quatro anos. A categoria aceitou os 10,8% em duas vezes: 5,5% em agosto de 2016 e o res-tante no mesmo período de 2017. Quando chegar per-to desse período, nós vamos construir uma nova propos-ta para repor a perda que se acumula”, explicou.

Segundo Lúcia Maria dos Santos, Além desse percen-tual econômico, a categoria conseguiu alguns ganhos

sociais como o aumento da gratificação de produtivi-dade, que reduz durante a aposentadoria pela metade, fazendo com que muitos ser-vidores retardem esse perío-do de descanso.

Os previdenciários também tiveram ganhos no auxílio-creche e alimentação. Com

relação aos concursos públi-cos conseguiram manter os que estavam programados, já que a partir de 2017 estão suspensos, segundo o pacote do governo federal.

ACORDOPela proposta acordada

entre a Confederação, os sin-dicatos e o governo, prevista

para ser assinada ontem à noite, os servidores recebe-rão auxílio-alimentação (R$ 458), assistência à saúde (o valor atual per capita médio passa de R$ 117,78 para R$ 145) e assistência pré-esco-lar para R$ 321, a partir de janeiro de 2016, entre outros ganhos sociais.

Page 11: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

AÍLTON VILLANOVA [email protected]

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 CIDADES 11 TRIBUNAINDEPENDENTE

A canela do “de cujus”

Manhã de verão, sol tinindo, desses de derreter o juízo de qualquer cristão, o ambiente na delegacia de polícia de plantão (Deplan) era abrasivo, ir-respirável. Sentado atrás de um birô de pernas bambas “tomara-que-caia”,

o delegado Osvanilton Adelino de Oliveira bebia um copo atrás do outro de água gelada, misturada com pedrinhas congeladas. Em dado momento, ele gritou para um dos auxiliares: - Ô Pedrão, por favor, me traga a geladeira aqui para a sala e a coloque do meu lado, com a porta aberta... - Tá querendo pegar uma pneumonia, doutor? – indagou o auxiliar, tirando uma onda com o chefe. - Não, Pedrão. Eu quero é evitar morrer derretido por esse calor da bubônica da peste. Vá, pegue um colega e arraste a geladeira pra cá. Enquanto o tira-auxiliar se mandava para cumprir a determinação superior, ingressava no ambiente um velhote baixinho, carregando um embrulho gorduroso e fedorento, festejado por uma enorme quantidade de moscas. - O delegado está, moço? – indagou o recém-chegado, a poucos passos do delegado. E o Osvanilton, tapando o nariz com a mão: - Está falando com ele, meu velho... Mas, se mal lhe pergunto, que troço fedorento o senhor traz nesse embrulho? - Ah, seu doutor, é sobre isso que eu vim falar com o senhor... - Do que se trata, afinal? Aí, o velho abriu o embrulho. No que abriu, um mau cheiro insuportável tomou conta do ambiente. Juntou-se o calor com o fedor e a sala do delegado se transfor-mou numa autêntica fossa de dejetos os mais pútridos... - Meio engasgado, o delegado voltou a perguntar ao velhote: - Mas o que diabo é isso, meu velho? Inocentemente, ele respondeu: - É uma canelinha de gente, doutor... - Canela de gente?! Onde o senhor arrumou essa sujeira? - Bom, essa canela... - Vire essa peste pra lá! - ...pertenceu ao meu primo Laurindo, num sabe? Eu tive que serrá-la com o meu serrote de carpinteiro, a pedido do meu próprio primo... - O senhor é cirurgião, ou é marchante? - Não senhor, doutor. Sou nada disso. Sou apenas um carpinteiro aposentado... - Por que o senhor não o levou ao hospital, onde o serviço teria sido feito dentro dos padrões da medicina? - Acontece, doutor, que foi lá no hospital que meu primo Laurindo perdeu a outra perna e os dois braços! - Danou-se! Quer dizer que ele tinha somente essa perna que o senhor ser-rou?!... - E olhe que era uma perna boa. Muito boa, por sinal. - E por que você e seu primo fizeram uma desgraça dessa? - Foi pra salvar a infeliz da perna. Mas não adiantou nada! - Eu nunca ouvi um disparate desse! Cortar uma perna para salvá-la!!! - Eu explico, doutor. O meu primo, com licença da má palavra, estava todo fodido. Câncer pra todo lado, por dentro e por fora. Só escapava mesmo essa perna. Então, o Laurindo me chamou e disse: “Primo velho, eu tenho pouco tempo de vida e a única coisa que presta na minha pessoa é essa perna. De modo que preciso salvá-la, pra ela não ser contaminada por essa doença infeliz que está me matando. Corte ela, e guarde pra mim, num lugar seguro”. E foi o que eu fiz, doutor. Dois dias depois desse pedido, primo Laurindo assentou os cabelos. - E a perna, por que o senhor não sepultou junto com o finado? – quis saber o delegado. - Não, doutor. Eu fiz uma promessa à um moribundo; e uma promessa dessa, homem de palavra não pode quebrar. - E onde o senhor havia guardado essa canela fedorenta? - No guarda-roupa lá de casa. Enrolei ela nesse papel e guardei bem direitinho. Só tirei ela de lá, hoje, porque minha mulher exigiu. O mau cheiro estava insupor-tável... - Aí, o senhor achou de trazer essa maldita pra cá... - Mas isso é caso para o IML, senhor... - Eu também achei que era. Mas o doutor chefe de lá, me disse que era caso de polícia e me mandou pra cá. O delegado Osvanilton alisou o bigode, pensou um pouco e disse: - Já sei quem é que vai resolver esse caso! - Graças a Deus, doutor. Resolva logo porque não estou aguentando mais andar com essa canela fedorenta pra cima e pra baixo! No fim das contas, o caso sobrou pra mim que, na época, era o diretor da Polícia Científica. Mandei enterrar a canela no cemitério público do distrito do Car-rapato, na conformidade da legislação pertinente. Sem choro e nem vela.

Desculpa no grito É público e notório que a mulher do Adalglair é uma tremenda guerreira. Só ele, apaixonadão, não vê, ou não quer ver. Ou, ainda, vê e faz que não vê, o que é mais razoável. Eurídice – esse é o nomezinho dela – segundo as línguas mais amenas, con-tinua transando adoidado, com a mão na cabeça pra não perder o juízo. Aí, Eurídice derrapou numa de suas jornadas clandestinas e pegou uma gravi-dez. Nove meses depois, ela ingressava na maternidade, onde pariu um menino. Mal bateu o olho o recém-nascido, o obstetra foi logo advertindo: - Olha, o menino é preto, viu? O barato é que Eurídice é uma louríssima natural e o marido Adalglair também é galego, desses dos olhos azuis. Médico e equipe se prepararam para ver o pau comer, assim que o corno, digo, o marido entrasse no quarto. Não demorou muito, olha o Adalglair entrando no quarto. Entrou, chegou perto da mulher, olhou pra ela, olhou pro menino e quando abriu a boca para dizer alguma coisa, Eurídice apontou o dedão na cara dele e gritou: - Tá vendo aí, seu canalha? Depois vem me dizer que não andou me traindo com a empregada!

Que disposição! Seu Ansaldo voltou do trabalho e encontrou a filha agarradinha com o namo-rado. Aliás, bem agarradinha. Aí, deu a maior bronca: - Êpa! Que pouca vergonha é essa? E o rapaz, todo sem jeito: - Bem, seu Ansaldo, o senhor sabe que estou apenas mostrando a minha afeição pela sua filha. E o Ansaldo, mais puto ainda: - É! Estou vendo que sua afeição é grande! Mas bota ela pra dentro da calça!...

Aulas na Ufal serãoretomadas na segundaConselho Universitário elabora novo calendário acadêmico nesta quinta-feira

Elaine Cristina diz que paralisação atrasou o estágio e, consequentemente, o TCC

Trabalhos de estudantes de duas escolas alagoanas foram 2º, 3º e 4º lugares

ANA PAULA OMENAREPÓRTER

Após a greve dos professores, os es-tudantes da Univer-

sidade Federal de Alagoas (Ufal), retornam às aulas na próxima segunda-feira (5). Um novo calendário acadêmico deve ser elabo-rado nesta quinta-feira (1º), pelo Conselho Uni-versitário (Consuni).

A reunião extraordiná-ria vai discutir a readequa-ção do calendário acadêmi-co, que ficou suspenso por quatro meses em decorrên-cia da greve dos servidores da instituição. O encontro acontece na sala dos Con-selhos Superiores, no pré-dio da Reitoria, a partir das 16h.

O reitor Eurico Lôbo in-formou que a Pró-reitoria de Graduação (Prograd) já está trabalhando na pro-posta de calendário, junto com as direções das unida-des acadêmicas e as coorde-nações de curso. “Durante essa semana teremos várias reuniões da Prograd, que tem a missão institucional

A estudante do curso de Serviço Social, Elaine Cristina, diz que a greve só prejudicou o ano letivo dos discentes e reclamou que com a paralisação também houve atraso no estágio e consequentemente no Tra-balho de Conclusão de Cur-so (TCC).

“Tivemos prejuízos, pois o tempo de aprendizado não vai ser o mesmo, atrasamos o estágio, o ano que vem, seria dedicado ao TCC, mas infelizmente teremos que nos desdobrar entre o Tra-balho de Conclusão e o es-tágio”, criticou a aluna que está no 5º período.

Na última segunda-feira, a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Alagoas (Adufal) se reu-niu em assembleia com os professores, para discutir, entre outros pontos de pau-ta, a proposta de calendário acadêmico a ser submetida ao Conselho Universitário

ADAILSON CALHEIROS

ACERVO PESSOAL

Reunião para definir novo calendário acadêmico acontece na sala de Conselhos Superiores, no prédio da Reitoria

Para Elaine Cristina, tempo de aprendizado não vai ser o mesmo

ANO LETIVO

Estudante fala dos prejuízos da greve

REDE ESTADUAL

Alunos são premiados em feira no RecifeProjetos científicos de

duas escolas da rede esta-dual foram premiados na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia (Fenecit), rea-lizada entre os dias 22 e 26 de setembro em Recife, Per-nambuco. O evento, uma das principais feiras de inicia-ção científica do País, atraiu mais de 200 projetos de es-tudantes de todo o Brasil e América Latina.

A Escola Estadual Nossa Senhora da Conceição, de Lagoa da Canoa, venceu o 2º e 3º lugares na categoria Ciências Agrárias, com os projetos ‘Análise de espécies vegetais para o controle de fungos’, pesquisa desenvolvi-da pelo aluno José Jefesson que conquistou o 2º lugar, e ‘Incorporação do caroço de jaca na alimentação de suí-nos’, trabalho desenvolvido pelo aluno José Paulo Barbo-

de articular essas questões. E na quinta levaremos a proposta para discussão e aprovação no Consuni”, ex-plicou.

O reitor aproveitou, ainda, para convocar todos os alunos para a retomada das aulas na próxima segunda, nas unida-

des da capital e interior. “Até a decretação da gre-

ve já haviam sido cumpridos mais de 70% da carga horária e, portanto, não haverá perda do semestre letivo 2015.1”, avisou.

Eurico Lôbo acrescentou que as atividades serão reto-

madas e os prazos respeitados, como sempre acontece após período de paralisação para não prejudicar os estudantes. “Estamos trabalhado no sen-tido de minimizar os prejuízos causados, sobretudo à comu-nidade acadêmica”, ressal-tou. (Com assessorias)

(Consuni) e realizar uma avaliação da greve dos do-centes em Alagoas.

Também na segunda, os docentes lamentaram a ne-gativa do ministro Renato Janine Ribeiro de receber os servidores e analisar a pau-ta de reivindicações. Eles lembraram que a recusa não

acontecia há 35 anos. No entanto, a pressão exercida pelos professores com a ocu-pação do Ministério da Edu-cação (MEC) surtiu efeito e, na próxima segunda-feira, o ministro Renato Ribeiro irá se reunir com o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Su-

perior (Andes-SN) para ne-gociar.

Além disso, uma Comis-são Especial da Câmara dos Deputados aprovou o pare-cer da Proposta de Emen-da à Constituição (PEC) 395/2014, que “altera a re-dação do inciso IV do art. 206 da Constituição Fede-ral, referente à gratuidade do ensino público em estabe-lecimentos oficiais”. Ou seja, a PEC 395/2014 - que agora segue para votação dos de-putados federais – permite que Universidades Públicas cobrem mensalidades e ta-xas para cursos de Lato sen-su e mestrados profissionais, uma afronta perigosa ao ca-ráter público de ensino das Universidades. Caso seja aprovada pela Câmara dos Deputados, a PEC 395/2014, irá garantir a privatização do conhecimento, com pre-juízos sem precedentes para a sociedade. (A.P.O. com as-sessorias)

sa e que obteve o 3º lugar.Na categoria Ciências da

Saúde, a Escola Estadual Izaura Antônia de Lisboa, de Arapiraca, conquistou o 4º lugar, com projeto sobre a extração do óleo de cravo-da-Índia para a produção de

pomadas e sabonetes para tratamento de afecções cutâ-neas.

Em virtude da premia-ção, as pesquisas da Escola Nossa Senhora da Conceição ganharam credenciamento para a feira do Movimento

Científico do Norte Nordeste (Mocinn), que será realiza-do na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, no período de 3 a 6 de novembro e para a VI Mostra de Ciências e Tecnologia da Escola Açaí (MCTEA), no município de Abaetetuba, no Pará, de 23 a 27 de novembro.

RECONHECIMENTOA professora de Química

Nadja Alves é orientadora dos projetos sobre a incor-poração do caroço de jaca e da extração do óleo de cravo-da-Índia e co-orientadora da pesquisa sobre a análise de espécies vegetais no combate a fungos. Ela destaca a im-portância da premiação.

“Ser premiado em uma feira do porte da Fenecit mostra o potencial dos traba-lhos dos alunos e a evolução deles na produção científi-ca”, afirmou.

Evento atraiu mais de 200 projetos de estudantes de todo o Brasil

AGÊNCIA ALAGOAS

Page 12: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Prédio da Funpata é de utilidade públicaPalácio do Trabalhador recebeu título da Assembleia Legislativa de Alagoas através de projeto de Gilvan Barros Filho

O Palácio do Trabal-hador, administrado pela Fundação Palá-

cio do Trabalhador Alagoano (Funpata), recebeu ontem (29) a visita do deputado estadual Gilvan Barros Filho (PSDB).

A Funpata, através da presidente executiva Elza Marinho, do presidente do Conselho Curador José Pau-lo Gabriel, e diretor-geral Carlos Francisco, agradeceu o deputado pela iniciativa do projeto que requereu a transformação do Palácio do Trabalhado em um prédio de utilidade pública. O título foi concedo pela Assembleia Le-gislativa de Alagoas (ALE) no mês passado.

Na ocasião da visita do deputado Gilvan Barros a Funpata, os diretores entre-garam uma minuta do pro-jeto que requer uma reforma do prédio da instituição.

Tombado ao Patrimônio Histórico e Artístico do Es-tado de Alagoas, conforme Decreto nº 37.934 de 28 de dezembro de 1998, o Palácio do Trabalhador simboliza um marco importante nas lutas e conquistas dos traba-lhadores alagoanos através de suas entidades de classe como a dos Gráficos, indús-tria de tecelagem, Álcool, Óleo, Bebidas.

“A preservação desse es-paço é de fundamental im-portância para a fixação da memoria histórica da força sindical alagoana, como tam-bém o prédio se constituí num movimento fortemente representativo da arquite-tura, que remota a primeira metade do século passado”,

disse Elza Marinho. O prédio foi inaugurado

em julho de 1950 e de acordo com a presidente executiva da Funpata ainda hoje possi-bilita a atual e futuras gera-ções, o conhecimento da sua origem, sua historia e seu va-lor arquitetônico.

FUNÇÃOA Funpata oferece assis-

tência médica gratuita para os trabalhadores e a socie-dade em geral, uma parceria com o Sistema Único de Saú-de (SUS). São clínicos, pedia-tras e assistentes sociais.

De acordo com seus diri-gentes, um convênio será as-sinado em breve com o gover-no de Alagoas para ampliar o atendimento e colocar novas especialidades como a nefro-logia, cardiologia e ginecolo-gia.

O diretor -geral de Saú-de e Convênio da Funpata, Carlos Francisco, destacou importância do deputado Gilvan Barros Filho para a conquista da fundação. “O parlamentar foi fundamental para que a Funpata fosse de-cretada de Utilidade Pública. Queremos agradecer e solici-tar ajuda para que possamos reformar e prestar um me-lhor serviço a população que é atendida por nós”, disse Carlos Francisco.

O deputado Gilvan Filho agradeceu o convite. “Demos o primeiro passo que foi tor-nar a instituição em utilida-de pública e vamos continu-ar trabalhando para trazer mais conquistas a Funpata e que ela continue oferecen-do serviços para a população que mais precisa.”

Dirigentes da Funpata entregaram ontem ao deputado Gilvan Barros Filho minuta de projeto de reforma do prédio da instituição

Delegada Talita de Aquino Pereira diz que delito foi cometido pela ONG

DIVULGAÇÃO

ASCOM PC

NEAFA

Concluído inquérito sobre envenenamentoA delegada Talita de

Aquino Pereira que respon-de pelo 25º Distrito Policial (25º DP), informa que o in-quérito que indiciou quatro acusados de envenenar e matar cães está concluído.

De acordo com a delega-da, o delito foi cometido pela organização não-governa-mental (ONG), Núcleo de Educação Ambiental São Francisco de Assis (Neafa), localizado no bairro do Fa-rol, quando 30 cães foram envenenados, tendo 12 mor-rido.

Foram indiciados Pallova Welmanny Mendes da Cos-ta, Ervivaldo Emídio da Sil-va, administradores, Ismar Malta Gatto, fundador, e Davi Nogueira Gatto, repre-sentante legal da ONG.

De acordo com depoi-mentos das testemunhas, quando Pallova e Erivaldo estavam administrando o Neafa, animais que faleciam eram enterrados no terreno ao lado da ONG, e eles co-bravam cerca de R$ 40,00, aos donos dos animais que lá eram atendidos. Teste-munhas disseram que se os funcionários do Neafa de-nunciassem as eutanásias irregulares praticadas se-riam demitidos.

Diante desta circunstân-cia, a delegada solicitou ao Instituto de Criminalística uma avaliação do terreno, que foi realizado por uma médica veterinária, que constatou a existência de várias carcaças de animais e alertou sobre a possibilidade de contaminação da água do lençol freático e do solo.

De acordo com as investi-

gações, ficou constatado que o Neafa não possui autoriza-ção ambiental para manter um cemitério de animais em sua sede, e por tanto violou as normas de proteção ao meio ambiente.

“Segundo Pallova, Eri-valdo e Ismar, tanto eles como os funcionários ti-nham consciência do delito. Ao testemunharem, todos admitiram a existência do cemitério ilegal, em área urbanizada e residencial, o que configuraria em crime de perigo abstrato para a saúde pública e o meio am-biente”, diz o inquérito.

A delegada salienta que o crime ocorreu em dezembro de 2014, e foi inicialmente investigado pelo delegado Gustavo Pires, mas os lau-dos toxicológicos providen-ciados pela ONG para iden-tificar o tipo de substância utilizada para envenenar os cães só foram entregues a Polícia Civil no mês de julho deste ano.

No inquérito policial, que foi encaminho à Justi-ça, além do depoimento de funcionários da instituição e vizinhos do local, consta também a Lei de Crimes Ambientais, que tipifica crimes de maus tratos con-tra animais e estabelece as causas que aumenta a pena criminal, caso ocorra morte do animal.

Após a conclusão do in-quérito, os documentos so-bre os procedimentos reali-zados foram encaminhados à Justiça, juntamente com as qualificações, depoimen-tos e interrogatórios dos in-diciados, e das testemunhas.

TRIBUNAINDEPENDENTEMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015CIDADES 12

Page 13: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Etanol pode ficar mais barato com medidasSetor sucroenergético ganhará em competitividade com pacote do governo

Depois de meses de es-tudo e articulação com os setores produtivos

do Governo de Alagoas, a proposta de reorganização de impostos pagos pela so-ciedade determinou medidas importantes para a redistri-buição mais justa e eficiente dos tributos entre os cida-dãos. Uma das decisões de maior impacto no pacote de readequação, enviado na úl-tima sexta-feira (26) para a Assembléia Legislativa, foi a redução de impostos sobre o etanol, que passa de 25% a 23%.

A medida atua em con-trapartida a variação da alí-quota sobre a gasolina, que sofreu aumento de 2%.

“Estamos apostando nes-te pacote para estimular o consumo de etanol no Esta-do. Com a alteração, não ape-nas garantimos mais compe-titividade ao preço do etanol, como também ajudaríamos o setor sucroenergético com a geração de emprego e ren-da na indústria canavieira”, pontua o secretário de Esta-do da Fazenda, George San-toro.

Já em relação às mudan-ças na alíquota padrão, a publicação ressaltou tam-bém a sugestão dos Estados do Nordeste e Centro-Oeste em adotar os 18% de ICMS.

Iniciativa do governo alagoano ainda será apreciado pelo Legislativo e deve reduzir tributo do etanol

AGOSTO

Alagoas tem saldo positivo em empregos formaisAlagoas apresenta pela pri-

meira vez no ano um saldo posi-tivo em relação ao emprego for-mal. No mês de agosto, o Estado teve um quadro de recuperação apontando um número de con-tratações maior que o de desli-gamentos. Foram 11.215 traba-lhadores admitidos contra 8.710 desempregados, significando um aumento de 0,74 em relação ao estoque de emprego formal do mês de julho deste ano.

Os dados foram analisados pelo Observatório do Trabalho, setor ligado à Secretaria de Es-tado do Trabalho e Emprego, com base no relatório do Cadas-tro Geral de Empregados e De-sempregados (Caged), divulga-do recentemente pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Três foram os setores que tiveram destaque contribuin-do para o resultado positivo do mercado formal no Estado. O

primeiro foi o da Indústria de transformação com um saldo de 3.273 admitidos. Em segui-da vem o setor de Agropecuária com saldo de 176 admissões e por último o de serviços com um saldo de 98 contratações.

“Apesar de ser um resultado ainda pouco expressivo, o saldo positivo mostra sinais de recu-peração da economia alagoana, o que expressa uma tendência para os próximos meses e dá a

certeza que a política do Gover-no de Alagoas está no caminho certo”, declarou Rafael Brito, se-cretário de Trabalho e Emprego.

“Estamos atentos a todas as variações que o mercado apre-senta e cumprindo a missão determinada pelo governador Renan Filho de minimizar os efeitos da crise para o traba-lhador alagoano, oferecendo a ele oportunidades de geração de renda”, afirmou.

[email protected]

CidadesemFocoROBERTO BAIA

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 ECONOMIA 13 TRIBUNAINDEPENDENTE

Tudo vai bem

O publicitário Yale Fernandes (PMDB), vice-prefeito de e Arapiraca, vem trabalhando em sintonia com a prefeita Célia Rocha (PTB). Essa harmonia tem

sido fundamental para o andamento das ações políticas e administrativas da atual gestão que ganhou novo fôlego com a parceria permanente do governador Renan Filho, vice-governador Luciano Barbosa e do presidente do Senado, Renan Calheiros.

Eleições no domingoO processo de escolha dos novos conselheiros tutelares de Arapiraca chega ao fim neste domingo (4) com eleição a ser realizada na Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), bairro Alto do Cruzeiro.Na terça-feira (29), os candidatos se apresentaram formalmente à sociedade no Centro de Referência Integrado de Arapiraca (Cria). No dia posterior, quarta (30), haverá orientação aos mesários sobre as urnas eletrônicas, no auditório da Federação das Associações Comunitárias de Arapiraca (Facomar).

O que é proibidoAs regras para campanha se aplicam de acordo com os artigos 132 e 139 da lei federal nº 8.069/90 e da lei municipal nº 2.741/201, sendo vedado aos candidatos utilizarem anúncios luminosos, como placas, TV, jornais, carros de som, rádio e outros.

O que é permitidoEles podem distribuir panfletos e folders, contendo informes sobre a importância de um conselheiro tutelar e suas funções, a conter também o nome de todos os que disputam. O candidato em questão, no ato da entrega para o eleitor, podem ter em seu panfleto seu nome em negrito. O número de cada um pode ser conferido neste link AQUI.

Sorteio em prol do ASAPara ajudar nas finanças da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA), a diretoria executiva do clube sorteará no próximo sábado (10), na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), um automóvel zero quilômetro.Gentilmente cedido pelo empresário Cícero do Izé, o carro surge como uma forma de arrecadação de fundos para que o Gigante Alvinegro possa honrar seus compromissos mensais junto aos seus funcionários.O bilhete está sendo comercializado pelo valor de R$ 1 mil pelos diretores do alvinegro arapiraquense.

Convocou a torcidaO presidente executivo do ASA, Bruno Euclides, convocou a torcida para contribuir ainda mais com o alvinegro e afirmou ainda que a venda desses cupons podem dar um fôlego nas finanças.- Esse é um momento em que precisamos da ajuda dos nossos torcedores. Caso consigamos vender todos os bilhetes, aliviamos mais um mês de folha salarial dos nossos jogadores, comissão técnica e demais funcionários do clube.

Como participarOs interessados em fazer a aquisição dos bilhetes devem procurar a secretaria do clube alvinegro no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca ou pelos seguintes telefones: 99664-1675, Igor Castro, ou pelo 9951-9897, Rogério Siqueira.

OportunidadeA capacitação profissional é uma ferramenta essencial para manter a atualização do profissional e garantir sua empregabilidadeno mercado de trabalho.Para garantir a atualização profissional dos taxistas de Arapiraca, o Sesi/Senai, vai oferecer o curso de taxista no período de 2 a 4 de outubro, das 8h às 12h e das 13h às 17h, nas instalações da instituição, na Rua Eng. Camilo Collier, no bairro Primavera.

Carga horáriaDe acordo com a Resolução de nº 456 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o curso terá carga horária de 28 horas e conteúdo mínimo sobre relações humanas com 14 horas aula; direção defensiva (8h/a), primeiros socorros (2h/a) e mecânica e elétrica básica (4h/a), válido em todo o território nacional.

AtalaiaUm grupo de idosos do município de Atalaia, atendidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social, através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), conheceu mais sobre a cultura e as belezas naturais da cidade histórica deMarechal Deodoro.

Quando se trata de Alagoas, especificamente, o acréscimo de 1% da carga atual de 17% será destinado ao investi-mento em programas sociais que priorizem a redução da pobreza, marginalização, assim como a melhoria dos índices de saúde e educação, por meio do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). O recurso será somado aos 2% do Feco-ep, que contará ainda com a inserção de produtos de luxo, supérfluos e que estimulam a

violência. Quem também sofre com

o reajuste de alíquota do ICMS é o segmento de tele-comunicação, que apresenta variação de 25% para 28%. Outro acréscimo foi observa-do nos setores de bebidas al-coólicas, que saltam de 17% para 25%, bem como cigarro, armas de fogo, jóias e aerona-ves de uso não comercial, que aumentam o imposto em 7%.

“Com essa medida, em particular, queremos inibir o consumo de produtos no-

civos. A longo prazo, a mu-dança vai gerar importante redução nos gastos com a Saúde Pública no Estado”, explica Santoro.

Por outro lado, de acordo com a Secretaria da Fazen-da, os itens da cesta básica, medicamentos de uso huma-no, material escolar e gás liquefeito de petróleo, aliado aos serviços de transporte e fornecimento de energia elé-trica residencial até 150watt-s/h, continuam desonerados da redução fiscal.

... Na ocasião, o grupo visitou a primeira Igreja da cidade, a casa de Marechal Deodoro da Fonseca – que hoje é um museu -, o Convento de Santa Maria Madalena e o Museu de Arte Sacra Dom Ranulfo.

... “Além das atividades do serviço social, priorizamos o lado psicológico do grupo, trabalhando permanentemente para prevenir e combater a situação de vulnerabilidade e risco social dos nossos usuários também com cultura e lazer”, explica a coordenadora do CRAS, Girlene Barros.

... De acordo com a Secretária de Assistência Social Betânia Menezes, a pretensão é que novos passeios turísticos sejam organizados, para que os usuários tenham oportunidade de se divertir conhecendo um pouco mais das belezas do estado.

Page 14: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

Móveis do Agreste serão exportados Empresários vão expor produtos em feira internacional, na cidade de Natal

DAVI SALSAREPÓRTER

A qualidade, o design e a competitividade de preço dos móveis

produzidos pelos empresá-rios da Região Agreste estão chamando a atenção de in-dústrias do setor de outros países, que demonstram o interesse em comprar os pro-dutos genuinamente alagoa-nos.

A partir desta quarta-fei-ra (30), um grupo de empre-sários de Arapiraca vai par-ticipar e expor seus produtos em uma feira internacional, na cidade de Natal, no esta-do do Rio Grande do Norte, que terá a presença de im-portadores de países como Venezuela, Chile, Colômbia, Equador e Uruguai.

Desde o início desta se-mana, que os empresários estão expondo produtos na praça Bom Conselho, no cen-tro da cidade de Arapiraca. O presidente da Associação dos Moveleiros do Agreste (Ama-gre), empresário Sóstenes Alex, disse que os movelei-ros estão recebendo apoio do Governo do Estado, por meio do Arranjo Produtivo Local (APL) Móveis no Agreste, Secretaria de Estado do De-

senvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Sebrae, Senai e secretarias de Indús-tria e Comércio de Arapiraca e Palmeira dos Índios.

“É muito importante esse apoio num momento em que a economia brasileira está em retração. Estamos parti-cipando de exposições, feiras e de outros eventos que pos-sam promover ainda mais a divulgação de nossos produ-tos, que também precisam de incentivos fiscais para fi-carem ainda mais competiti-vos”, destacou Sóstenes Alex.

A gestora do APL de Móveis do Agreste, Cárbia Cristine, salientou que os empresários moveleiros já participaram, no ano pas-sado, de uma feira interna-cional em Milão, na Itália, e este ano de outra feira na Alemanha.

“Os frutos desse trabalho já começam a mostrar im-portantes resultados, com a possibilidade concreta de ex-portarmos nossos produtos para outros países”, frisou a gestora do APL de Móveis do Agreste.

Carbia Cristina também destaca o apoio do Sindicato da Indústria de Marcenaria, Móveis e Esquadrias do Es-tado de Alagoas (Sindmarc),

Qualidade, o design e o preço dos móveis do Agreste chamam atenção

FIDEL CASTRO

Assentadas produzem quitutes para melhorar renda

NAFTA

Frente da Indústria Química se mobiliza por contrato de matéria-prima

Autointituladas “mulhe-res unidas na luta”, cinco agriculturas do assentamen-to Fidel Castro, em Joaquim Gomes, decidiram produzir e comercializar quitutes para complementar a renda familiar. Durante o evento de fundação da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Joaquim Gomes, as as-sentadas expuseram seus produtos: doces e bolos va-riados que chamam atenção pelos cuidados na confecção, pelo sabor e pela forma de apresentação.

Na barraca, elas comer-cializaram bolos de massa puba, macaxeira, milho, canjica e de coco. Os doces também são diversificados: de banana, goiaba, mamão e abacaxi. O sucesso, porém, foi a geleia de pimenta, ou de Pimentas, num trocadilho com o nome do imóvel onde elas residem e que também denomina o Projeto de As-sentamento Fidel Castro. As agricultoras pretendem

expandir a participação, uma vez que o assentamen-to comporta atualmente 104 famílias.

Para elas, que já fazem esse trabalho há seis meses e por conta própria, o inves-timento inicial individual de apenas R$ 24,00 valeu a pena. “Já comercializamos na feira livre da cidade, que ocorre aos sábados, e na fei-ra da reforma agrária, que ocorre nos dias de quarta-feira”, explicam, enfatizan-do que o resultado financei-ro aparenta ser promissor.

“Nossa aposta foi garan-tir uma renda extra, mas também criar uma inde-pendência financeira dos maridos e do bolsa família”, explica Vandélia Maria da Silva, uma das “mulheres unidas na luta”. Ela detalha o dia a dia do novo trabalho. “A gente se reúne e plane-ja cada passo, por isso está dando certo e se não fosse isso a gente não estaria des-se jeito”.

A Frente Parlamentar da Química, representantes de municípios, presidentes e repre-sentantes do setor químico, li-deranças sindicais e associações setoriais manifestaram ao mi-nistro de Minas e Energia, Edu-ardo Braga, preocupação com a atual condição de fornecimento de nafta para a indústria quími-ca e petroquímica do país. Des-de fevereiro de 2014, o contrato entre os setores da indústria e a Petrobrás venceu e vem sen-do prorrogado com prazo de seis meses, sendo que a última reno-vação foi de apenas dois meses.

Essa incerteza inviabiliza os investimentos no setor e re-presenta um risco aos 700 mil empregos gerados. Segundo da-dos da Abiquim, R$ 8 bilhões de investimentos estão represados. No ABC paulista já foram perdi-dos 2.500 empregos e há estima-tivas que esse número no Brasil alcance 15 mil.

Na reunião de ontem (29), o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, expressou a importância de se chegar a um contrato de fornecimento com-petitivo, de longo prazo, de for-ma a permitir o retorno à nor-malidade do setor. Neste tema, o próximo passo da Frente Par-

lamentar da Indústria Química é uma agenda com o Presidente da Petrobrás, Aldemir Bendini, para encaminhar uma solução definitiva.

Presidente da Frente, o de-putado Paulo Pimenta (PT-RS) apontou que a Petrobrás preci-sa encontrar uma solução para o impasse do contrato de nafta”. “Não vamos aceitar que a Pe-trobrás tome qualquer decisão referente ao contrato de nafta sem antes dialogar com todos os envolvidos do setor” enfatizou o parlamentar.

O presidente do Conselho Diretor da Abiquim e presiden-te da Braskem, Carlos Fadigas, classificou o momento como “grave”. Segundo Fadigas, a atual conjuntura econômica “exige mobilização, esforço e empenho” para que a indús-tria química consiga se manter forte e competitiva. “Estamos discutindo a situação de setores importantes. Sobre a questão da nafta, colocamos diversas alternativas na mesa, buscando uma solução de longo prazo. Da mesma forma o Conselho deve regulamentar a situação do gás natural para que, passada a cri-se, possamos pensar e planejar a longo prazo”.

[email protected]

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015ECONOMIA14 TRIBUNAINDEPENDENTE

Penedo; quatro meses em greve!

Nesta quinta-feira, a Câmara de Vereadores realiza audiência pública sobre a greve na Educação. O debate que objetiva mediar uma solução para

o movimento será realizado no auditório da Casa de Aposentadoria, a partir das 9h. Simplesmente a greve começou no dia 29 de maio, ou seja, há quatro meses. O Sindicato da categoria cobra um reajuste de 13,1%, não só para os professores, mas para todos os 784 servidores da Educação, sendo esse o grande impasse para a Prefeitura, que oferece apenas 7%, porém só para a turma do giz.

Penedo – desfeita

Prefeito Március Beltrão diz que está faltando sensibilidade por parte do Sindicato. “Eu já apresentei toda uma planilha mostrando a real condição econômica do município; mas poucos têm levado a sério o caso” disse o prefeito, alegando que o município só tem condições de aumentar em 7%; proposta que por sinal, foi aceita pela presidente do Sindicato, Ana Flávia durante uma reunião na presença do promotor da Infância e da Juventude, Dr. Azálio, ocorrida no começo deste mês; porém, argumenta Március, foi desfeita num outro dia, certamente com a interferência de alguns dirigentes sindicais.

Penedo – meia sola“Vejam só: das 30 escolas do município, 23 voltaram a funcionar porque os profissionais estão ciente da situação econômica que atravessa o País. Na verdade, o reajuste de 7% que estamos propondo é para atender ao professor. Se a gente conceder para as demais categorias da Educação, como vem sendo cobrado pelo o Sindicato, o que vai haver é um colapso na Prefeitura, pois certamente todos os servidores das outras secretarias vão exigir o mesmo direito; aí vem greve de tudo quanto é lado”, prevê Március Beltrão. Ele salienta que mesmo nesses cerca de quatro meses de paralização, a Prefeitura desembolsou mais de 7 milhões para manter a folha da Educação e que o mês de setembro já foi pago de forma antecipada para todos osservidores do município.

Delmiro GouveiaSão fortes os comentários dando conta de que o deputado federal Carimbão, está se articulando, a fim de disputar no ano que vem a Prefeitura de Delmiro Gouveia. Inclusive publicaram nas redes sociais seu novo título de eleitor com domicílio naquela cidade sertaneja. Na verdade a tara de Carimbão sempre foi a de disputar a Prefeitura de Maceió. Por sinal toda uma articulação foi feita no pleito passado, só que ele abriu da parada, entendendo que o momento não era favorável. Aliás, continua sendo. Talvez agora Delmiro surja como alternativa como o plano B.

AtalaiaA Prefeitura através da Casa do Empreendedor e em parceria com a Associação dos Transportes Alternativos do município, concluiu mais uma turma de formação de condutores de veículos - Ao todo já foram contemplados 75 profissionais. O curso visa habilitar os motoristas a melhorar a condução dos veículos, com aulas sobre legislação de trânsito; direção defensiva; noções de primeiros socorros; respeito ao meio ambiente e convívio social no trânsito, além de relacionamento interpessoal.

IgaciOs pequenos produtores de Igaci que integram a Cooperativa de Crédito Rural do Agreste Alagoano (Cooperagre) começaram a receber da entidade, os recursos liberados por meio da Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve), destinados à aquisição de animais, ao incremento das plantações e investimento no comércio local. Serão cerca de 300 mil reais, oriundos do Fecoep, que é o Fundo de Combate a Pobreza. Os valores são reembolsáveis e cedidos a juros subsidiados, a partir da linha de crédito de Apoio à Capitalização de Cooperativas de Crédito e Organizações de Microcrédito de Alagoas (Procap).

MessiasA cidade de Messias larga na frente na região metropolitana da capital, na questão do combate ao vício do cigarro. É que lá, por meio da Sesau, foi implantado um Núcleo de Atenção ao Fumante. O órgão dispõe de uma equipe multidisciplinar e atuará no auxílio a tabagistas que desejam parar de fumar. Nele será possível encontrar o apoio de profissionais como médicos, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas, que foram capacitados para trabalhar com esse público.

OutrosEm Alagoas, nove Núcleos de Atenção ao Fumante estão em atividade nas cidades de Palmeira dos Índios, Junqueiro, Arapiraca, Maceió, Girau do Ponciano, Ibateguara, Quebrangulo, Igreja Nova e agora Messias. Os fumantes que desejem procurar auxílio podem procurar o posto de saúde mais próximo e realizar sua inscrição em um dos núcleos.

Poço das Trincheiras – roubalheiraPrefeito Gildo Rodrigues vai pagar caro pelo ato que cometeu há cinco anos durante sua gestão passada. Simplesmente se aliou ao comerciante José Aloísio Maurício Lira, a fim de montar um esquema na compra de merenda escolar. É que parte do pagamento mensal dos gêneros alimentícios fornecidos ao município pela empresa de José Aloísio, era devolvida em espécie ao prefeito, em sua residência; pode uma coisa dessa?

Poço das Trincheiras – penaO Gildo foi condenado à suspensão dos direitos políticos por um período de 10 anos, perda da função pública, proibição de contratar com os poderes públicos pelo prazo de 10 anos e pagamento de multa civil fixada em R$ 85.000,00. Seu comparsa foi condenado à suspensão dos direitos políticos por um período de oito anos e ao pagamento de multa civil fixada em R$ 15.000,00. Os dois réus juntos terão ainda que ressarcir integralmente o dano ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, no valor de R$ 75.429,55.

Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) e da empresa Madeiras do Brasil.

A secretária de Indústria, Comércio e Serviços de Ara-piraca, Myrka Lúcio, decla-rou que a parceria entre mo-

veleiros, governo estadual, prefeitura e associação está fortalecendo o Polo Movelei-ro do Agreste e que, ainda este mês, será inaugurada a Fábrica de Estofados Sandes e outra empresa deve ser ins-talada nos próximos dias.

Page 15: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

ESPORTES 15 TRIBUNAINDEPENDENTE MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015

Após Flu, Ronaldinho pode largar futebolJogador estaria insatisfeito com seu rendimento e cogita abreviar carreira já na atual temporada

Euforia, agitação, descon-fiança e insatisfação. Do Fluminense, da torcida, do

próprio Ronaldinho Gaúcho. Os 80 dias em que o craque pertenceu ao Tricolor, desde que assinou o contrato em julho, não foram su-ficientes para o meia convencer que queria realmente voltar a jogar após sua saída do mexicano Querétaro. A rescisão, na madru-gada da última segunda-feira, de-cidida na casa do jogador, junto ao vice de futebol Mário Bittencourt e ao agente e irmão de R10, Rob-erto Assis, define o fim de uma passagem apagada e frustrante do camisa 10 nas Laranjeiras, que poderia ter durado até menos. Nos bastidores, a vontade de Ronald-inho era de já ter deixado o Flu, mas Assis o convenceu a ficar.

Amigos de Ronaldinho vão além: o camisa 10 “quer largar o futebol” e não aguenta mais jogar. Na análise dos companheiros, que temem uma interferência de Assis na vontade do craque, “uma história linda não podia ser manchada dessa forma”. O irmão, além de agente, é uma espécie de pai, de protetor para R10, e por isso a in-fluência sobre o meia é grande.

A palavra usada no Fluminense foi a de que Ronaldinho foi “digno” ao expressar sua vontade de deixar o

clube, reconhecendo seu baixo rendi-mento em campo. As últimas partidas foram determinantes para a escolha de R10. Ele ficou no banco - e nem saiu dele - na derrota por 4 a 1 para o Palmeiras, quando Enderson Moreira foi demitido; e foi reserva, mas entrou, diante da Ponte Preta e do Grêmio, já sob o comando de Eduardo Baptista. A condição de suplente o incomodou.

Ronaldinho ficou irritado com o fato de o novo técnico o deixar no ban-co de reservas, e a vontade de jogar foi diminuindo ainda mais. No início de sua passagem, quando realizou o primeiro treinamento no dia 27 de ju-lho e estreou cinco dias depois, contra o Grêmio, R10 ficou desgostoso com o pouco tempo que o deixaram realizan-do atividades até a estreia. Ao defen-der o irmão há quase duas semanas, Assis chegou a falar sobre a forte co-brança sobre o meia, e que o período foi curto até sua primeira partida, mas sem mencionar o desconforto do jogador.

De lá até agora, a euforia da torcida deu lugar à insatisfação. Na vitória sobre o Goiás, no Maracanã, torcedores oscilaram entre aplaudir, como forma de incentivo, e vaiar - o que predominou - o craque. Fred pe-diu aplausos para Ronaldinho e disse que torcia para que ele fizesse o gol da classificação sobre o Grêmio, hoje. O que não será possível...

LANCE

Em sua única coletiva pelo Flu, antes do jogo com Corinthians, Ronaldinho disse: “vai que eu faço dois gols, a paciência da torcida volta”.

São Paulo e Vasco se enfrentam hoje pela Copa do Brasil no Rio

Falcão confia no bom futebol de Diego Souza hoje no Sport

TERRA

LANCE

SELEÇÃODunga explica opção por Ricardo Oliveira

Dois atacantes esperavam a convocação da seleção brasileira esperançosos de que poderiam ter uma chance no time que inicia as eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, no dia 8 de outubro, con-tra o Chile. Nem Ricardo Oliveira, nem Alexandre Pato estavam na lista inicial de Dunga, mas o pri-meiro ganhou um lugar no grupo após a lesão de Roberto Firmino. O técnico do Brasil explicou a op-ção pelo jogador santista em vez do são-paulino.

“É só pelo rendimento. O Ricar-do Oliveira é o maior goleador do Campeonato Brasileiro, fez gol de direita, de esquerda, de contra--ataque, de velocidade, em todos os setores, fora de casa, dentro de casa”, disse Dunga.

Ricardo Oliveira lidera a arti-lharia do Brasileirão, com 17 gols. O atacante do Santos tem 13 jogos e quatro gols pela Seleção, mas não era convocado desde 2007, quando foi chamado pelo pró-prio Dunga para amistoso contra Gana, em Londres.

Alexandre Pato, por sua vez, tem nove gols no Brasileiro e fi-gura na quarta colocação na lista de goleadores, mas já tem 24 gols no ano. Ele admitiu tristeza por estar fora da Seleção mesmo vi-vendo uma boa fase no São Paulo. Dunga disse que convocações an-teriores do atacante não pesaram na decisão.

- O passado é o passado. Todo mundo tem uma segunda chance para melhorar. Estamos falando da questão emocional, aí ele cho-rou porque não foi convocado, e no jogo seguinte não teve o mesmo rendimento. Estamos falando que na Seleção precisamos de jogado-res preparados psicologicamente. Tudo isso é informação. Se vamos usar essa informação ou não é ou-tro detalhe. O jogador e o torcedor podem ficar tranquilos que anali-samos todas as informações - dis-se o técnico.

Dunga ainda ressaltou que Dou-glas Costa, atacante do Bayern de Munique, atua em uma posição muito parecida com a de Alexan-dre Pato, enquanto Ricardo Oli-veira aparece como um homem de referência na grande área.

A Receita Federal apreendeu um Porsche Panamera 2011 do atacante Neymar, em julho do ano passado, por supostas irregulari-dades no ato da compra. O carro está sob a guarda do poder público desde então. As informações fo-ram publicadas pela Folha de S. Paulo. Segundo a reportagem, o carro foi adquirido pela Neymar

Sport e Marketing, que cuida dos direitos de imagem do jogador, pelo valor de R$ 349 mil, em 2011, quando o atleta ainda defendia o Santos. A empresa foi autuada pela Receita, acusada de ter usa-do outra empresa irregularmente para importação do veículo, em prática conhecida como “importa-ção por encomenda não declarada”

– quando os envolvidos combinam antes toda a negociação para a im-portação e não seguem as normas legais quando o negócio é realiza-do de fato.

A empresa do jogador se defen-deu, dizendo em nota que foi ao mercado de veículos importados e adquiriu a mercadoria da empresa First S/A, por intermédio da Select

Import, LTDA. A Neymar Sport e Marketing sustenta que todos os valores foram pagos regularmente à empresa compradora do veículo no exterior, que foi entregue na data combinada. A First S/A não se pronunciou sobre o caso.

A nota da Neymar Sport e Ma-rketing explica que, dois anos de-pois de o jogador ter ganhado o

carro, já em 2013, a empresa foi “surpreendida” com uma fiscaliza-ção sofrida pela First, quando foi decretada a pena de perdimento do automóvel, “assim como ocor-reu com outros produtos da First”.

A empresa de Neymar diz que a possibilidade não ter o Porsche de volta é uma “situação considerada remota” e que, se isso ocorrer, a

First devolverá o valor pago ou en-tregará outro veículo semelhante. “Até o momento a First cumpriu integralmente sua promessa e adotou todas as providência para liberação do veículo”, diz a nota enviada à reportagem.

O curioso é que o Porsche foi um presente do pai de Neymar para pagar uma aposta com o filho.

Clube ainda não confirmou se entra com todos os titulares

Primeiro jogo na Ilha do Retiro terminou com placar de 1x1

SITUAÇÃO DELICADA

Vasco tenta reverter vantagem do São Paulo na Copa do Brasil

APREENDIDO

Neymar comprou Porsche de forma irregular, segundo a Receita

NA ARGENTINA

Sport Recife tentará seguir na Sul-Americana diante do Huracán

Os rubro-negros embar-caram para Buenos Aires, com o discurso de que estão preparados para encarar a catimba do Huracán, tanto dentro como fora de cam-po. O Sport enfrenta o time argentino hoje, às 22h, pelo confronto de volta das oita-vas de final da Copa Sul--Americana. Como na ida ficaram no empate por 1×1, os leoninos precisam de uma vitória ou de um resul-tado igual por 2×2 em dian-te para avançar à próxima fase do torneio continental.

“Sabemos que vamos enfrentar a catimba argen-tina. Mas temos um grupo experiente e preparado para essas situações. Temos que

nos impôr dentro de campo e não ficar preocupado com o estilo deles atuarem”, afir-mou o zagueiro Matheus Ferraz, que ressaltou a im-portância de o Sport entrar “ligado” na partida. “Não podemos bobear porque o time deles tem qualidade”, completou.

Sobre a pressão que a torcida do Huracán prome-te fazer fora de campo, os rubro-negros disseram não estar preocupados. “Disse-ram que vão fazer foguetó-rio na frente do nosso hotel. É só colocar um fone de ou-vidos e curtir uma música que dá para dormir facinho. Não vai nos atrapalhar esse tipo de coisa. Nosso time é

experiente e não vai perder o foco por questões extra-campo”, disse o meia Régis. “Eu mesmo tenho o sono pe-sado. Não vai ter foguetório que consiga me fazer ficar acordado”, completou o za-gueiro Matheus Ferraz. O técnico Paulo Roberto Fal-cão se mostrou impaciente com a “cera” praticada pelos jogadores do Huracán, no jogo contra o Sport, na úl-tima quarta-feira, na Ilha do Retiro. Ainda assim, não acredita que o cenário se repita na partida de volta, mesmo com os argentinos com a vantagem no placar e podendo garantir a classifi-cação com empate por 0 a 0, em casa.

A sequência de bons re-sultados do time nas par-tidas do Campeonato Bra-sileiro está deixando os vascaínos esperançosos na luta para escapar do re-baixamento. Foram quatro vitórias e um empate nas últimas cinco rodadas. Com isso, o meia Nenê se animou até para uma outra missão complicada: tentar a virada sobre o São Paulo nas quar-tas de final da Copa do Bra-sil.

O meia Michel Bastos será desfalque no São Pau-lo no segundo jogo contra o Vasco, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O jogador teve constatado nesta se-gunda-feira um estiramen-

to no músculo posterior da coxa esquerda, que vai tirá--lo da partida desta quarta--feira, no Maracanã.

Michel Bastos se machu-cou durante o clássico com o Palmeiras, domingo, no Morumbi. Ele sofreu a lesão sozinho, quando disparava pela direita no ataque são--paulino. Com dores, rece-beu atendimento médico e chegou a voltar ao gramado. Mas não aguentou e preci-sou deixar o gramado mais cedo, dando lugar a Wilder.

Após ter confirmada a lesão, o meia já iniciou fi-sioterapia no REFFIS nesta manhã, na reapresentação do elenco do São Paulo. O departamento médico não

estipulou um prazo para o retorno dele. Enquanto Mi-chel Bastos deixa o time, o meia Hudson volta a ficar à disposição do técnico Juan Carlos Osorio.

Outras baixas para o jogo com o Vasco são os atacantes Luis Fabiano e Rogério. O primeiro ainda se recupera da pancada sofrida no osso esterno. O time paulista en-frenta o Vasco nesta quarta em situação muito favorá-vel. Ao vencer o jogo de ida por 3 a 0, garante vaga na semifinal mesmo se perder por 2 a 0.

JOGOS DO DIAPalmeiras x InterVasco x São PauloGrêmio x Fluminense

Page 16: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015ESPORTES16 TRIBUNAINDEPENDENTE

EsportesRomário chama Gilmar de medíocre e diz: “Tem que se colocar no lugar dele”O senador Romário rebateu as acusações do coordenador da seleção brasileira Gilmar Rinaldi, que desafiou o Baixinho a abrir mão de imunidade e revelar suas contas. Sem aceitar o desafio, Romário escreveu um longo texto em suas redes sociais, dizendo que Gilmar só está no atual cargo por indicação e o chamou de “jogador e empresário medíocre”. “Gilmar Rinaldi tem que se colocar no lugar dele. Sou senador da República, legitimado por quase 5 milhões de pessoas, enquanto ele foi indicado para um cargo em uma entidade corrupta depois de ter sido um jogador e empresário medíocre. Ele só ocupa o cargo de coordenador da seleção porque foi indicado por pessoas como José Maria Marin, que está preso na Suíça, e Marco Polo Del Nero, outro alvo do FBI. Ele tem que desafiar seus iguais, pessoas iguais a ele”, disse Romário, em parte do texto.

Mazola deve seguir com rodízio no CRBTécnico alerta para jogos em sequência contra Boa Esporte sábado e Santa Cruz na terça-feira com logística ruim

No próximo sábado, o CRB volta a jogar fora de casa, às 16h30, no

Estádio Municipal de Var-ginha contra o Boa Esporte. A postura do time deve ser a mesma apresentada nos últimos compromissos. Hoje acontece mais um trabalho tático no Rei Pelé. Ontem a movimentação aconteceu de manhã na academia e à tarde no Trapichão. O téc-nico Mazola Júnior deve con-tinuar o sistema de rodízio no elenco, pensando no ob-jetivo de brigar na parte de cima da tabela. Isso porque o Galo vai ao interior de Minas no sábado, volta do-mingo, e já na terça recebe o Santa Cruz em Maceió.

“Temos que nos defender

bem primeiro para depois a gente conseguir ter essa posse de bola e, quando ti-ver nessa parte da frente do campo, aproveitar bem as situações. Até lá a gente vai estudar bem o adversário, pegar algumas informações com o Mazola e tenho certe-za que vamos chegar prepa-rados para ter um bom de-sempenho”, disse o zagueiro Gabriel.

Há cinco jogos sem per-der no Brasileiro, o CRB atravessa sua fase mais es-tável na competição. O time costumava se impor no Rei Pelé, mas era presa fácil para os adversários fora de casa. Agora, três jogos invic-tos longe de Maceió combi-nados a duas vitórias diante

do torcedor afastaram o time das últimas posições. A equi-pe soma 37 pontos e ocupa o 11º lugar na tabela.

Wellington Saci sentiu le-são e deve seguir desfalcan-do o Galo. O lateral-direito Bocão treinou normalmente e não preocupa. O volante Olívio e o atacante Ricardi-nho serão reavaliados. As expectativas ficam por conta das voltas do atacante Isac e do goleiro Juliano. Antes en-tregues ao DM, os jogadores estão em fase de transição física e podem ficar à dispo-sição do técnico Mazola Jú-nior. As certezas são os re-tornos do zagueiro Audálio e do volante Glaydson Almei-da, que cumpriram suspen-são pelo terceiro amarelo.

Lateral esquerdo Pery deve seguir como titular do CRB e não está descartada a entrada de Saci no jogo seguinte devido ao rodízio

VÔLEI MASCULINO

Brasil estreia no Sul-Americano contra o Peru hoje

ASCOM CRB

A seleção brasileira masculi-na de vôlei está em Maceió para a disputa do Campeonato Sul--Americano adulto, que terá início hoje. A equipe dirigida pelo técnico Bernardinho fez esta semana dois treinos no ginásio do Sesi, onde vai acontecer a competição que ainda contará com Argentina, Chile, Ve-nezuela, Peru, Colômbia, Uruguai

e Guiana. A estreia da equipe bra-sileira será nesta quarta, às 19h, contra o Peru. Na preparação final para a partida, o técnico Bernardi-nho lamentou a perda do ponteiro Murilo, que se lesionou no último treino antes da viagem para Ma-ceió.

“O Murilo chegou ontem de manhã, malhou, à tarde fizemos

um treino e ele sentiu um pouco a panturrilha. Paramos o treino, vi-mos que não foi nada demais, mas deu uma endurecida e não deu para vir. Ficamos tristes porque ele estava leve, se sentindo bem e não fazia sentido trazer para Ma-ceió e não poder jogar”, disse Ber-nardinho.

Apesar da ausência, o treina-

dor brasileiro está animado para a competição que começa nesta quarta. “É uma competição oficial, que encerra o ano e que é muito importante para nós e vamos lutar para manter a hegemonia na Amé-rica do Sul. Não é uma tarefa fá-cil, estamos no final da temporada e, depois de sermos impedidos de jogar a Copa do Mundo, o objetivo

agora é o Sul-Americano”, afir-mou Bernardinho. Com um grupo um pouco diferente do habitual, o treinador da seleção brasileira co-mentou sobre os atletas que irão representar o Brasil nesta Sul--Americano.

INGRESSOSOs ingressos custarão R$20

(inteira) e R$10 (meia), para arqui-

bancada, e R$ 30 (inteira) e R$15 (meia) para cadeira especial. Para a final, no dia 4, os preços alteram para R$30 (inteira) e R$15 (meia) na arquibancada, e R$40 (inteira) e R$20 (meia) para os ingressos de cadeira especial. Os ingressos es-tarão à venda na bilheteria oficial, que fica no ginásio do Sesi, na Ave-nida Siqueira Campos.

Page 17: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 1 TRIBUNAINDEPENDENTE

Diretor Danny Boyle confirma início das filmagens de Trainspotting 2 em 2016

Danny Boyle (Extermínio) declarou que ainda estava acertando a data das filmagens com o elenco da sequência de Trainspotting - Sem Limites (1996). Agora, em entrevista ao site The Hollywood Reporter, o cineasta confirmou que o longa começará a ser rodado em alguma data entre maio e junho de 2016. Por conta do envolvimento de Jonny Lee Miller (Sick Boy) na série Elementar e de Robert Carlyle (Begbie) em Once Upon a Time, as filmagens deverão ser realizadas em um curto espaço de tempo, assim como aconteceu com a primeira produção que foi rodada em apenas sete semanas. Segundo Boyle, os atores estavam preocupados em prejudicar a reputação do original e não queriam trabalhar apenas pelo salário. Enquanto o filme de 96 foi feito com um orçamento de dois milhões de dólares, sua sequência custará um pouco mais. Trainspotting 2 focará na indústria pornográfica e chegará aos cinemas no final de 2016 para celebrar os 20 anos do primeiro filme.

DIVERSÃO&ARTE

BelaSURPRESA

O longa Rainha & País, em cartaz no

Arte Pajuçara, não fala da guerra propriamente

dita, mas daquilo que a alimenta, da mera obrigação, do senso

de autopreservação ao idealismo

Por mais que tenha sido indicado em cinco categorias do Oscar, incluindo as de filme e direção, fato é que o tempo fez com que Esperança e Glória aos poucos fosse esquecido pelas novas gerações de cinéfilos.

O mesmo vale para John Boorman, diretor do longa-metragem, que apesar de ter no currículo filmes do porte de Excalibur e Amargo Pesadelo, também perdeu terreno. Diante deste combate contra o esquecimento, Boorman teve uma decisão ousada: rodar uma continuação de Esperança e Glória, 17 anos após seu lançamento. Deu certo!

Antes de tudo, é preciso ressaltar que não é necessário assistir ao longa original para acompanhar esta sequência. É bem verdade que há cenas emblemáticas que traçam um paralelo com o filme original, como a imagem inicial do garoto agradecendo a Adolf Hitler ou o movimento do jovem Bill ao manusear o remo de uma gôndola, mas é perfeitamente possível compreendê-las dentro do contexto deste novo filme. O mesmo vale para todo o trecho em que Bill retorna à ilha em que sua família mora; fica nítido que há ali toda uma história implícita, mas nada que te impeça a acompanhar o que acontece agora. De toda forma, é claro que ao ver os dois longas será possível perceber tais detalhes, às vezes minúsculos, mas que complementam a saga dos personagens envolvidos como um todo.

O grande trunfo de Rainha e País é o modo extremamente sarcástico e debochado com o qual Boorman constrói (e desconstrói) a estrutura de poder do exército britânico. O próprio título original, “Queen & Country”, é uma referência à devoção feita à rainha e ao país, tão popular em terras britânicas (no Brasil, por mais que o título tenha sido traduzido ao pé da letra, esta ironia não

fica tão explícita). Para tanto, o diretor conta com dois jovens sargentos (Callum Turner e Caleb Landry Jones, ambos muito bem) cuja amizade é também nas tentativas contínuas de esculhambar seus superiores. Entretanto, é importante ressaltar: por mais que haja aqui uma crítica ao autoritarismo no exército, ela está longe de ser a anarquia irônica explorada por Robert Altman em M.A.S.H. Desde o início, a intenção de Boorman é compreender

o porquê de tamanha disciplina forçada e ressaltar o quanto ela não faz sentido, mas mantendo o respeito ao exército como instituição – algo que não acontece no filme de Altman, por exemplo.

Diante desta proposta, Rainha e País oferece várias sequências de um humor cínico saboroso, muitas vezes explicitando as contradições envolvendo os atos do exército. O melhor exemplo talvez seja a aula ministrada pelo personagem de Callum Turner, quando diz várias verdades sobre a Guerra da Coreia tendo por base o que havia sido publicado pelo jornal The London Times, intocável por ser “a bíblia da classe dominante” (palavras do próprio filme). Ou seja, além das diferenças entre o que é pregado e o que é na realidade no ambiente da guerra, ainda há uma crítica implícita à própria sociedade inglesa. O mesmo vale para os heróis da Segunda Guerra Mundial, em certos casos apontados como loucos por gente

do próprio exército, em um surto de franqueza surpreendente.

Em meio às hábeis provocações ao status quo britânico, Boorman também oferece ao público uma história de amor típica das que vivenciaram jovens soldados prestes a ir para a guerra. Por mais que sejam muito amigos, os personagens de Turner e Jones possuem personalidades distintas e, como tal, lidam com o amor de forma bem diferente. Se Jones segue a linha do adolescente fogoso louco para ter sexo, Turner acredita no amor e investe nele ao conhecer uma misteriosa mulher mais velha, com quem passa a encontrar com uma certa frequência. É a deixa para que o personagem retorne às suas raízes, criando mais uma ligação deste filme com Esperança e Glória.

Com um roteiro afiado, escrito pelo próprio John Boorman, Rainha e País é um filme jovial de espírito e na contestação, que demonstra um vigor surpreendente para um diretor de 82 anos. Inteligente e com um ótimo elenco, o filme ainda brilha através do insólito Redmond (Pat Shortt), um veterano do quartel que se orgulha de ser o maior de todos os malandros do exército. Muito bom.

Page 18: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

DIVERSÃO&ARTE2 TRIBUNAINDEPENDENTEMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015

Alcione e BenitoMaceió receberá o show da cantora Alcione, que tem como mais recente trabalho o álbum “Eterna Alegria”. A sambista se apresenta no Espaço Multieventos do Ginásio do SESI, no bairro do Trapiche, na sexta-feira dia 16 de outubro, a partir das 21 horas. A abertura da casa fica ao encargo do Benito Di Paula, as atrações garantem trazer muita brasilidade e romance para o público alagoano. Valores: Mesas se-tor A (frontal) R$ 600,00, p/ 4 pessoas | Mesa setor B (intermediário), R$ 400,00 p/ 4 pessoas | Individual inteira R$ 80,00, meia R$ 40,00.

ALÉM DO TEMPOEmília se desespera e Raul a acompanha na procura por Bernardo. Roberto afirma para todos que não ama Bianca e Melissa aprova sua intenção de manipular Anita. Zilda vê Bernardo nos jardins e desmaia. Walmir acolhe Bernardo. Felipe tenta ajudar Bernardo, mas Raul resgata o filho da condessa antes que ele entre no casarão. Zilda revela a Vitória que viu Bernardo. Gema conta a Emília que Felipe falou com Bernardo. Vitória interroga Felipe sobre o homem com quem esteve. Vitória confidencia a Lívia que seu filho Bernardo está vivo.

I LOVE PARAISÓPOLISJurandir lidera um protesto contra a comida servida na cadeia. Mari e Danda vão à delegacia visitar Jurandir e acabam sendo detidas por de-sacato à escrivã. Clarice liberta Jurandir, Mari e Danda da prisão. Tomás alerta Fradique da rec-lamação de alguns pacientes sobre uma doença relacionada ao tratamento de lixo. Patrícia conta a Lindomar que foi convidada a lecionar fora do país e que não pode aceitar seu pedido de casamento. Eva e Jurandir comunicam às filhas que reataram o casamento. Margot flagra Grego punindo Sereno.

A REGRA DO JOGOBola aceita o convite de Romero para entrar na facção e incriminar Juliano. Orlando vai à casa de Gibson e Nelita se incomoda. Ninfa e Alisson descobrem que Merlô ficou com as duas em segredo. Romero orienta Dante a armar um fla-gra contra Juliano em um evento de sua escola de lutas. Bola coloca um pacote na mochila de Juliano. Romero resiste às investidas de Atena. Belisa inventa para Ninfa e Alisson que mora em uma comunidade. Adisabeba tem um mau pressentimento. Juliano é preso.

OS DEZ MANDAMENTOSSe sentindo encurralado, Ramsés se prepara para tomar uma decisão e, aconselhado por Bakenmut e Ikeni, resolve mandar os soldados até a vila dos hebreus para saber se Henutmire está com Moisés. Nefertari tenta convencer Ramsés a tomar uma decisão mais drástica contra o povo hebreu, fazendo com que o rei se sinta mais confuso com os seus sentimentos. Ramsés no trono levanta assustado ao ver Moisés entrando com o corpo de Henutmire nos braços. Em silêncio, Moisés encara o rei, que é tomado pela angústia.

GLOBO 18h

RESUMO DE NOVELAS

GLOBO 19h GLOBO 21h RECORD 21h

FALE CONOSCO - A Agenda é um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposições podem enviar material através do endereço: [email protected]

Felipe VasO álbum ‘Gravidade’, de Felipe Vas, será lançado dentro da programação do Teatro é o Maior Barato, amanhã (30), a partir das 19h30, no palco

do Teatro Deodoro. Quem chegar cedo ao teatro vai conferir a exposição do artista plástico Pedro Lucena, a exibição do curta-metragem ‘Farpa’, de Henrique Oliveira, além da apresentação do projeto ‘Identidade Alagoana’, com o show de YoSoyToño. Às 20h, Felipe de Vas sobe

ao palco para o show de lançamento do álbum ‘Gravidade’. Segundo um dos produtores do álbum, o músico Wado, “será uma estreia arrebatadora. Ele comunica muito e de forma bem ampla, uma voz jovem que pode falar pra todos”. Ingressos:R$ 10 (entrada inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Mais Informações:3315.5664/5656

III FalameA terceira edição do Festival Alago-ano de Música Erudita (III Falame) chega ao palco do Teatro Deodoro, nos dias 03 e 04 de outubro, às 19h e 18h, respectivamente, e abre o calendário oficial de comemorações pelos 200 anos de Maceió, celebra-dos em 2015. O evento traz perfor-mances de diversos formatos mu-sicais: cameratas, coros, cantores líricos e instrumentistas diversos, sob a assinatura dos mais célebres compositores da música erudita de todos os tempos. Entrada Franca (os ingressos estarão disponíveis na bilheteria do Teatro Deodoro, a partir de 1º de outubro. Podem ser retirados também na bilheteria uma hora antes das apresentações).

Tributo ABBAFalar de ABBA é falar de suces-so, hits que colaram nos ouvidos do planeta pop, trazendo à tona memórias e emoções das mais diversas gerações – de Madonna, que sampleou Gimme! Guimme! Guimme! (A Man After Midnight) em Hung Up (2005), fabricando outro mega sucesso, a Gucci Mane, que tomou trechos da mesma canção emprestada em 2013, como pano de fundo do rap Bob Marley. Este e outros clássicos do ABBA servi-ram de inspiração para o grupo de músicos paulistas para compor o espetáculo The History – A Tribute Show to ABBA. Mais Informações: Plateia A (cadeiras de A a M) - R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia - para estudantes e idosos) Plateia B (cadeiras de N a Z) - R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia - para estudantes e idosos) Mezanino - R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia - para estudantes e idosos). Pontos de Vendas: iPhone Conect (Maceió Shopping), Folia Brasil, Acesso Vip, Viva Alagoas. Mais informações: (82) 3032-5210 / 9601-2828.

Memória indígena O Memorial Pontes de Miran-da (MPM) do Tribunal Regio-nal do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) promove, até 29 de outubro, uma exposição de artefatos indígenas com o tema “Memória além da me-mória: os indígenas antes dos portugueses em Alagoas”. O evento integra a programação da 9ª Primavera de Museus, coordenada nacionalmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A exposição está sendo realizada em par-ceria com o Núcleo de Ensino e Pesquisa Arqueológico da Ufal (Nepa) e acontece nas dependências do Memorial, que fica no 3º andar do prédio sede do TRT/AL – Av. da Paz, 2076, Centro. O evento é aberto ao público em geral, in-clusive escolas e instituições. O MPM funciona de segunda a quinta-feira, das 11h às 16h e às sextas-feiras, das 9h às 13h. Para agendar uma visi-tação em grupo, basta entrar em contato pelo fone: 2121-8122 ou pelo e-mail [email protected].

Teatro Maior BaratoA Cia. Preto no Branco de Teatro, depois da temporada vitoriosa de “Chapeuzinho Vermelho”, espe-táculo para infância e juventude aclamado pelo público e pela crítica especializada, que tem em seu currículo participações em festivais importante na cidade como o Arte Sesinho, o “Quintas no Arena” e o “Teatro Deodoro é o Maior Barato”, anuncia a apresentação do espe-táculo “A Lenda de Pocahontas”. A encenação, válida pelo Projeto “Teatro Deodoro é o maior Barato”, será realizada no dia 07 de outubro, às 19h30, no teatro Deodoro. Os ingressos custarão R$ 10,00 (dez reais) e R$ 5,00 (cinco reais) para estudantes e demais categorias que fizerem juz à meia-entrada.

Você no Beach Park (CE)O Mês das Crianças do Shopping Pátio Maceió vem acompanhado de um destino dos sonhos – uma viagem para o Beach Park, em Aquiraz, no Ceará. Até o dia 12 de outubro, os clientes que efetuarem com-pras acima de R$ 100, nas lojas do mall, participarão do sorteio para passar cinco dias, com direito a três acompanhantes, no segundo melhor parque aquático do mundo – eleito este ano pela TripAdvisor. A ação faz parte da campanha de crianças ‘Mergu-lho no Pátio’. O balcão de trocas das notas e dos cupons fiscais, assim como a urna da promoção estão localizados na área da expansão, de segunda a sábado, das 10h às 21h, e aos domingos, das 14h às 19h. Além disso, as atrações: piscina gigante de bolinhas e o Magic Animals continuam fazendo sucesso na Praça Central.

Gafieira Caprichosa Dia 11 de outubro véspera de feriado vai rolar o lançamento da Gafieira Caprichosa com participa-ções pra lá de especiais. Ingressos: Mesa para 4 pessoas R$ 120. Local : Orákulo Venda: Sou Jorge. Mais informações: (82) 3326-7616 / 98870-4009.

A Bela e a FeraO espetáculo é um imperdí-vel musical para toda família sobre o apaixonante conto de fadas francês escrito por Jeanne-Marie LePrince de Beaumont, que traz um dos ensinamentos mais importantes da humanidade: a verdadeira beleza está dentro de nós. A montagem conquista crianças e adultos trazendo para os palcos uma versão moderna e sur-preendente, com luxuosos figurinos e cenários. Dia 07 de Outubro. Local: Teatro Gustavo Leite, às 19h. Vendas: Viva Alagoas. Mais informações: (82) 9 8732-7139 / 9 9951-3121.

Page 19: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

TRIBUNAINDEPENDENTE MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015

C’est fini

DIVERSÃO&ARTE 3

TV TUDO

FLÁVIO RICCO - colaboração: José Carlos Nery - www.twitter.com/flavioricco

ÁRIES - (21/3 a 19/4) – As reações emocionais ficam mais intensas com a Lua cheia em seu signo, que briga com Plutão e se encontra com Urano. Cresce a inquietação, há tendência para surpresas e alterações na agenda. Problemas nos relacionamentos podem afetá-lo mais do que de costume. Muitas situações chegam ao clímax. Os condicionamentos ficam mais baixos, bom momento para se libertar de algo que o prende.TOURO – (20/4 a 20/5) – É tempo de buscar novas soluções e possibilida-des. Com a Lua cheia, crises latentes e situações para as quais fazia vista grossa podem vir à tona. Tudo para que possam ser resolvidas e você possa

seguir mais livre e leve. A Lua briga com Plutão, evidenciando relações doentias, que precisam ser harmonizadas. É bom ter alguma folga para lidar com assuntos que possam emergir.GÊMEOS – (21/5 a 21/6) – Momento ideal para substituir hábitos, apegos e comportamentos já conhecidos por algo novo, para dar vez a novas direções. A Lua cheia do eixo Áries-Libra traz boas condições para se libertar de padrões que o prendem, que impedem seu desenvolvi-mento e a busca de novas experiências.CÂNCER – (22/6 a 22/7) – Evite agir impulsivamente, arme-se de prudência para arquitetar planos e estratégias. As emoções transbordam e muitas situa-ções chegam ao ápice com a Lua cheia,

principalmente no mundo dos relaciona-mentos. Mantenha-se flexível e discreto, sem arrogância. O que está por um fio pode se romper, mas é para o bem.LEÃO – (23/7 a 22/8) – É tempo de olhar para a frente, de se identificar com as soluções. Bom período para abando-nar velhos padrões de comportamento (como mágoas, medos e ressentimen-tos) e criar algo novo para sua vida.VIRGEM – (23/8 a 22/9) – As emoções ficam à flor da pele com a Lua cheia, que briga com Plutão. É importante fazer valer a força de vontade e a objetividade para prosseguir com seus projetos. Conte com mais dinamismo para se dedicar a tarefas e atividades mais arrojadas.

LIBRA – (23/9 a 22/10) – É tempo de colheita. Você vive o clímax ou o limite de muitas situações com a Lua cheia, que hoje se desentende com Plutão e se encontra com Urano. Cresce o desejo de liberdade, não con-vém controlar ou provocar a rivalidade dos outros. Os sentimentos transbordam. Por isso, é importante respirar fundo, reservar momentos de relaxamento e observar os acontecimentos.ESCORPIÃO – (23/10 a 21/11) – Você pode perceber com mais clareza o que é preciso ser deixado para trás. Conte com mais força de vontade para tal. Vale deixar alguma folga para lidar com assuntos que possam emergir.

SAGITÁRIO – (22/11 a 21/12) – Li-berdade e independência devem falar mais alto. Com a Lua cheia, relações baseadas em dependências e carências desmedidas ficam mais evidentes e podem até mesmo se romper. O desafio é equilibrar parcerias, respeitar o espaço e o livre-arbítrio de cada um, dialogar e buscar o entendimento. Ótimo período para abandonar velhos padrões emocio-nais e tentar algo novo e diferente.CAPRICÓRNIO – (22/12 a 19/1) – Diplomacia, gentileza e cautela são fundamentais. A Lua cheia ativa o setor dos relacionamentos; procure manter-se aberto para ouvir e compreender. Res-pire fundo para controlar a ansiedade e evitar conflitos.

AQUÁRIO – (20/1 a 18/2) – É tempo de se libertar, de substituir velhos compor-tamentos por algo completamente novo. Deixe para trás o passado que não deu certo, perdoe e reconheça o valor do aprendizado. Algo maior e melhor o espera mais adiante.PEIXES – (19/2 a 20/3) -É provável que você seja forçado pelas circunstâncias a buscar outras saídas. Vale priorizar os assuntos mais importantes e evitar situ-ações que estimulem as emoções, pois seu mundo interior já está naturalmente bastante afetado. A Lua cheia traz uma energia de rompimento, de mudanças e alterações. É tempo de deixar para trás padrões que o prendem e impedem seu desenvolvimento.

HORÓSCOPO

Bate-rebate

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Solução

www.coquetel.com.br © Revistas COQUETEL

BANCO 14

CPCCASTELHANO

FATORMDIBISIRAV

TREMDEPOUSOLBRESTROATCANOROSREICADE

ARRASADORAUAPSOEN

BIBOCACASOVIAFAZEROSSOLSRM

ESCALACOVAORIGINAL

Que sealimentade carne

e vegetais

Conceitoda

filosofia

"O Nome da(?)", livrode Um-

berto Eco

(?) consu-mado: nãoadmite areversão

Títuloconcedidopor Eliza-

beth II

1.501, emromanos

Pedaço de pano velho e usado

Pedaço dealimento

Fora docomum

Botequimpequeno emodesto(bras.)

EmmersonNogueira,

cantorbrasileiro

(?) bem:causar

boaimpressão

Ocupação;compro-misso

Com, emespanhol

"(?) Rasa",filme com

EwanMcGregor

Quebrar o(?): brigarErva, em

tupi

Melhor Canção (?),categoria do Oscar

Ocor-rência

Bandeira,em inglês

Ondeestá?

Setor doporto (pl.)

(?) Sol:Luís XIV

Garatuja

Rente;rasante

Cantante (o pássaro)

Lista com o nome deconcurseiros que po-

dem ser chamados pa-ra suprir futuras vagas

Fatos surpreendentesem narrativas (Lit.)Interjeição típica dalinguagem caipira

Malícia futebolística(bras.)

Deu origemao espanhol

moderno

Caracterís-tica física associadaa bruxas, na IdadeMédia

Local dopneu noavião

Por amplavantagem(a vitória)

Aveia, em inglês

Leonel Bri-zola, polí-tico funda-dor do PDT

(?) Ritcher: mede a in-tensidade de um sismo

Fica àmostra na

fraturaexposta

"Vim, (?)e venci",frase deCésar

3/caá — con — oat. 4/flag. 10/castelhano. 17/cadastro de reserva.TV analógica não será desligada no prazo estabelecidoEstou apostando, e apostando alto, que o processo de desligamento da TV analógica no Brasil não irá ocorrer

dentro dos prazos estabelecidos e dados a conhecer pelo Ministério das Comunicações. Como tantas outras questões em nosso país, esta é só mais uma em que as autoridades responsáveis, sem uma avaliação mais

profunda de tudo, acharam e talvez ainda entendam que tudo pode se resolver com o baixar mais um simples decreto. Tudo indica o contrário e não por culpa das emissoras, porque da parte delas as providências tomadas já atingiram estágios bem avançados, mas por todos os outros fatores que inevitavelmente se integram ao problema. Hoje são 60 milhões de domicílios e a maioria deles ainda não está aparelhada para recepção em digital, seja através dos próprios televisores ou dos conversores. Num país em crise como o nosso, como obrigar ou querer convencer a alguém, a investir nisso agora em vez de qualquer outro produto de primeira necessidade? Não bastasse, levando a questão com todos os rigores, como privar o povo da sua maior fonte gratuita de lazer que é a televisão? E, por último, será que alguém esqueceu que 2016 será um ano de eleições? Alguém aposta?

Olha só o time escolhido para o núcleo da chamada “Fazenda falida”, em “Êta Mundo Bom”, próxima da Globo na faixa das seis.O casal será formado por Elizabeth Sava-la e Ary Fontoura; filhos: Camila Queiroz, Débora Nascimento e Rômulo Neto; Sé-rgio Guizé, filho adotivo; Jandira Martins, cunhada, e Dhu Moraes, empregada.Linha dura, a personagem da Savala fará de tudo para levantar a fazenda. Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

·Homero Salles, nome sempre ligado ao Gugu, vai dirigir o especial de Zezé di Camargo e Luciano no fim de ano da Record. ·Globo também começa a fechar a sua programação de dezembro.·Liberada pela Rede TV!, Luciana Gimenez grava hoje(quarta) participação no programa “Máquina da Fama”, da Patrícia Abravanel, no SBT...·... Certamente uma gentileza que será retribuída pela Patrícia, muito em breve..Se nada se alterar, as primeiras migrações de rádios AM para o FM devem acontecer até o final deste ano.·O IBOPE Media passou a disponibilizar análises da audiência da TV aberta e da TV paga, semanalmente, em seu site.·O canal Combate e a Globo já se movimentam nos bastidores para a transmissão do UFC, dia 7 de novembro, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo...·... A luta principal será entre Vitor Belfort e o americano Dan Henderson.·Depois de algumas variações em seu horário, o “Jornal Nacional” voltou a ser apresentado a partir das 8 e meia da noite...·... Mas verifica-se a preocupação dos seus editores em investir, não só no noticiário, mas num número maior de reportagens.

Aí simNesta quarta-feira a Band vai fazer a sua lição de casa direitinho, não expondo ninguém a coisa nenhuma. Malmö e Real Madrid, pela Liga dos Campeões, à tarde, terá transmissão do Téo José e comentários do Neto. À noite, Copa do Brasil, Palmeiras e Internacional, com Oliveira Andrade e Edmundo.

NegociaçãoOs sertanejos Jorge & Mateus estão conversando com a direção da Record sobre a possibilidade de um especial na programação de dezembro. A dupla, hoje, é considerada número 1 no segmento, com agenda de shows invejável e cachê nas alturas – cerca de 500 mil por apresentação. Jorge & Mateus gravam nesta quarta-feira, em São Paulo, um novo DVD.

Fio desencapadoPodemos esperar, para os próximos dias, o anúncio e a concretização de novas vendas de horários da Band para igrejas. Já existem várias delas, de diferentes bandeiras, em estágios bem avançados de negociação.

Nova ordem“Trem Bom”, do Maurício Gyboski, perdeu lugar na fila das seis da Globo. Poderá até vir a ser produzida, mas em uma outra oportunidade. Diante disso, depois de “Êta Mundo Bom”, possivelmente entrará uma nova novela do Walther Negrão.

Melhorou bemXuxa, na segunda-feira, conseguiu cravar 8 pontos no Ibope, a sua segunda melhor marca desde a estreia na Record. Foi o primeiro programa sem sofrer os efeitos de “Verdades Secretas”.

Vai malNão bastasse a Record, a direção da Bandeirantes também vem avaliando a possibilidade de não ceder nenhum dos seus contratados para o Teleton. O motivo, dizem, é o mesmo: Danilo Gentili.

Vamos combinarO Teleton, como o “Criança Esperança”, são programas acima da questão da concorrência ou de picuinhas que possam existir entre as emissoras. É uma coisa muito pequena diante de um propósito tão relevante.Record, que já se posicionou, e a Bandeirantes, agora, poderiam muito bem reavaliar a questão. Acima de tudo, são campanhas que visam melhorar a vida do próximo.

Se dando bemA Rede TV! vem alcançando resultados bem interessantes com a transmissão da Série B do campeonato brasileiro, mesmo se descuidando, na maioria das vezes, de uma melhor qualidade na geração das imagens.No fim de semana passado, Vitória e Paysandu fechou com 3 pontos, bem acima dos padrões da emissora, e sábado agora teremos Bahia e Vitória.

PrimeirodiaConvém destacar que hoje, 30 de setembro, a GfK irá iniciar oficialmente os seus trabalhos de aferição de audiência na TV do Brasil. A expectativa é bem interessante. Existirá ou não, enfim, alguma diferença em relação ao trabalho oferecido pelo Ibope?

Muito próximaFoi oferecido a Paloma Bernardi o papel de principal vilã de “Josué e A Terra Prometida”, próxima novela bíblica da Record. Internamente, embora ainda falte a assinatura do contrato, a sua contratação já é dada como certa.

Nesta sexta-feira, a partir das 23h15, em seu programa da Rede TV!, Mariana Godoy vai receber o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B)

REDE TV!

Page 20: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015

DIVERSÃO&ARTE4 TRIBUNAINDEPENDENTEMACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015

g

FOTOS BY CHICO BRANDÃO

FOTO BY CHICO BRANDÃO

Angelo e Socorrinho Bezerra, um casal super vip que estará no próximo dia 4 de novembro no Ritz Lagoa da Anta,

quando Paris chegará em Maceió numa noite de sonhos e de muita amizade

Hoje, no Dia do Procurador, o presidente da Associação dos Procuradores de Alagoas, Roberto Mendes Filho, parabeniza

todos os colegas e convida a sociedade para o Ciclo de Palestras que celebra a data nesta tarde, na PGE

Raquel e Marly Brizeno, duas gerações que realizam bolos artísticos belíssimos, assinaram no último dia 26 assinaram o bolo

deslumbrante do nupcial dos amigos Tycyanne e Carlos, uma verdadeira obra de arte

O gosto dos dias pode ser amargo que nem fel, também pode ser doce como o mel, quem prepara os ingredientes

somos nós, e não adianta olhar quintal do vizinho e invejar os frutos saborosos

Desfile da Záfora em novembro

Queremos parabenizar as empresárias da moda Kiki e Lukia, que comandam com sucesso as

belas lojas Záfora no Maceió Shopping e No Parque Shopping. Os modelos fashions estão deixando as nossas amigas enlouquecidas com o requinte e beleza da nova coleção. A loja do Parque Shopping está belíssima. Com projeto assinado pela arquiteta Cláudia Calheiros, a maison ganha um ar especial. Os modelos de festa estarão sendo apresentados na noite francesa que acontece no próximo dia 4 de no-vembro numa noite entre amigos e com muita gente bonita. Em breve estaremos dando mais detalhes sobre a grande noite. Parabéns, Kiki e Lukia.

A coluna TopNews aproveita para parabenizar o grande

mago da alta costura Paulo Lemer. Com seu ateliê na Avenida Comendador Leão vem sendo super elogiado por todas as mulheres chics da cidade. Seu talento é absoluto, suas criações são belíssimas, hoje, Paulo Lemer é uma referência na alta costura em nossa sociedade. Sua coleção primavera/verão noivas está simplesmente belíssima. Parabéns, amigo, você merece todo sucesso!

Paulo Lemer apresenta

Cerveja faz bem

Tanto o vinho tinto como a cerveja trazem benefícios

para a saúde quando ingeridos com moderação. No caso das mulheres, o consumo moderado de cerveja por semana pode mesmo reduzir o risco de sofrer de um ataque cardíaco. Quem garante é a Universidade de Gothenburg, que associou a ingestão moderada da cerveja – cerca de duas unidades por semana – com uma redução do risco de AVC em 30%.

DécorNews

TopNews parabeniza nesta coluna a querida amiga Nadeje Feitosa, uma arquiteta e empresária de sucesso que

apresenta para todos os arquitetos e nossos amigos mais um belo revestimento da Idear Home Design. Desta vez, Nadeje apresenta o revestimento italiano Marble da Versace, belíssimo revestimento exclusivo da Idear. Parabéns, amiga!

Simone Bentez Vieira

A queridíssima arquiteta Simone Bentez Vieira foi outra

aniversariante super festejada do último dia 29. Ela recebeu muitas homenagens em razão de mais um parabéns que ela comemorou. Simone, uma arquiteta muito querida, dona de projetos premiados, recebeu mil felicitações. Aproveitamos a oportunidade para desejar felicidades mil a esta grande dama. Parabéns!

Izadora Gatto

Quem também recebeu homenagens mil no último dia 29

em razão de mais um parabéns foi a querida amiga Izadora Gatto, uma amiga muito querida que recebeu muitas homenagens dos filhos, familiares e amigos. A comemoração aconteceu em família. Aproveitamos a oportunidade para desejar felicidades amiga. Parabéns!

Eduardo Uchôa

No último dia 29, o estimado amigo Eduardo Uchôa recebeu

muitas homenagens em razão de mais uma virada de calendário de familiares e amigos. Foi um dia de muitas emoções em razão de mais um parabéns que ele comemorou. Aproveitamos a oportunidade para parabenizar o amigo. Felicidades mil para você, parabéns!

Ledinha Maranhão em companhia da sua mãe Lysette Lyra, duas verdadeiras ladies em nossa sociedade, que estará

presentes na noite francesa no próximo dia 4 de novembro.

Balada Prime

A véspera de feriado se aproxima com uma programação

super animada e descontraída para os alagoanos, que em uma só noite, poderão conferir os grandes sucessos de Samyra Show; As Coleguinhas e Luan Estilizado. Com assinatura da CDR Entretenimento e Social Music, no dia 11 de outubro, uma grandiosa estrutura será montada na Praia de Jacarecica, para garantir a segurança e conforto que o público merece. Informações: 82. 3313.2429.

Números positivos

Após sete meses com índices negativos, Alagoas apresenta

pela primeira vez no ano um saldo positivo em relação ao emprego formal. No mês de agosto, o Estado teve um quadro de recuperação apontando um número de contratações maior que o de desligamentos. Foram 11.215 trabalhadores admitidos contra 8.710 desempregados, significando um aumento de 0,74 em relação ao estoque de emprego formal do mês de julho deste ano. Os dados foram analisados pelo Observatório do Trabalho, com base no relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado recentemente pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

High Scholl Canadá

Um dos países com melhor qualidade de vida do mundo é

o destino ideal para quem procura investir na educação dos filhos. O Canadá é um país totalmente adaptado para receber pessoas de todo o mundo oferece estudo e uma vivência global. Entre em contato para conhecer cada detalhe desse programa e solicite um orçamento com a System Tours. Telefone (82) 3214-3090.

Filé do Zezé

Já decidiram o almoço de hoje?

Então a coluna tem uma dica perfeita para você. O Restaurante Filé do Zezé, dos empresários Rosieal Caetano e Ricardo Scavuzzi, conhecido pelo tradicional Filé do Zezé, conta com um menu absolutamente esplêndido de peixes e frutos do mar. Logo, se

você gosta de variedade e qualidade, não pode deixar de conhecer a casa, localizada na Rua Industrial Climério Sarmento, 15, Jatiúca.

Navy Armani

Quando comemora os 40 anos de sua grife, Giorgio Armani

decide deixar seu clássico terninho mais leve, confeccionando calça e blazer com tecidos transparentes sobrepostos a outros mais densos, em uma coleção que tem o vermelho como tema, em três gradações diferentes.

Cristo Rei no Enem

Referência na educação em nosso Estado, os professores

Jorge e Gina Cardoso intensificando a preparação dos alunos do Colégio Cristo Rei que irá ser submetido ao Enem. Em fase de revisão, os alunos deverão mais uma vez obter classificação destacada no exame, que mobiliza jovens de todo o país. Sucesso a

Mulher Alagoana

A escultura símbolo do Complexo Cultural Teatro Deodoro,

‘Mulher Alagoana’ passa a fazer parte, definitivamente, do acervo cultural da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas. A diretora-presidente da Diteal, Sheila Maluf, e o artista plástico Fredy Correia assinaram o termo de doação da obra. A escultura ‘Mulher Alagoana’, criada por Fredy Correia em 2006, é uma homenagem às mulheres guerreiras de Alagoas. Ela é feita de aço inoxidável, tem três metros de largura por 2,6 metros de altura e pesa 112 quilos. Ela está avaliada em R$ 52 mil.

Rio Branco apresenta

Empresário Mário Jorge Câncio acaba de receber belas

armações da nova coleção das Óticas Rio Branco. São grifes como Ray-Ban, Polo Armani, Dolc & Gabana e muito mais. Confira as novidades na loja localizada no 1º piso do Maceió Shopping. A Rio Branco ainda aposta em acessórios cheios de estilo. Não deixe de conferir as novidades.

ModaNews

Nesta quarta, TopNews traz uma dica perfeita para as nossas

amigas que curtem de montão o nosso quadro ModaNews. Hoje, as amigas e empresárias Andréa e Moacira Cunha trouxeram para a nossa coluna um belíssimo modelo primavera/verão da conhecida grife Spezatto, que as nossas amigas poderão encontrar na consagrada maison Entre & Vista, localizada na Avenida Deputado José Lages, Ponta Verde. Venha conferir esta dica perfeita TopNews.

Page 21: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015
Page 22: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015
Page 23: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015
Page 24: Edição número 2458 - 30 de setembro de 2015