ON 249 pt 3

Click here to load reader

  • date post

    13-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    216
  • download

    1

Embed Size (px)

description

foto, video

Transcript of ON 249 pt 3

  • 1odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    n 249 / Janeiro 2011

    rota das Bandeiras: caminhos para a

    qualidade de vida

  • n 249 / Janeiro 2011

    10 Na rota da qualidade de vida Em seu terceiro ano de atuao no interior de So Paulo, a Concessionria Rota das Bandeiras mostra as aes voltadas para usurios e comunidades.

    >

    >

    4 boas Novas Conhea os novos projetos fechados pelas empresas da Organizao Odebrecht em Angola, Brasil e Peru, entre o fim de 2010 e o incio de 2011.

    8 a coNsolidao de uma parceria

    A Foz do Brasil e a Copasa formaliza-ram uma parceria para a implantao de servios de gua e esgoto para a VSB, em Minas Gerais.

    >

  • expedieNteOdEBRECht NOtCiAS um informativo de circulao interna editado pela Equipe de Comunicao Empresarial da Odebrecht S.A.Jornalista Responsvel: Fabiana CabralRedao: Avenida das Naes Unidas, 8.501, 32 andar, So Paulo Telefone: (55 11) 3096-8171Sugestes: [email protected]: www.odebrechtnoticias.com.br

    divulgue este iNformativo Na sua empresa ou No seu projeto!

    >12 formaNdo lderes-educadores

    desde setembro do ano passado, a Odebrecht Energia promove o Programa de desenvolvimento de Supervisores para capacitar encarregados gerais.

    prxima edio: 8 de fevereiro de 2011 participe!

    18 Notcias rpidas>

    >14 agricultura familiar com certificao

    As cooperativas apoiadas pela Fundao Odebrecht, no Baixo Sul da Bahia, foram recomendadas para a certificao ISO 9001.

  • 4 odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    Usina hidreltrica teles Pires e Planta de Produo de 1,3 - Butadieno, no Brasil, Rodovia Carhuaz

    - Chacas - San Luis no Peru e Central 2 do Aproveitamento hidreltrico de Cambambe em Angola.

    Estes so os novos projetos fechados pelas empresas da Organizao Odebrecht entre o fim de

    2010 e o incio de 2011.

    EnErgia limpa para o Brasil E para angola

    No dia 17 de dezembro, o Consrcio Teles Pires Energia Eficiente, formado por Neoenergia

    (lder), Furnas Centrais Eltricas, Eletrosul Centrais Eltricas e Odebrecht Energia, foi o vencedor

    do leilo para construo e operao da Usina hidreltrica teles Pires, na divisa dos estados bra-

    sileiros do Mato Grosso e Par. O lance oferecido foi de R$ 58,36 por megawatt/hora, que repre-

    senta um desgio de 33% em relao tarifa teto de R$ 87,00/MWh.

    > plaNos e coNquistas

    Boas novas

    Barragem de Cambambe: a construo da Central 2 vai incrementar o fornecimento de energia eltrica em Angola

  • 5odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    Com potncia instalada de 1.820 MW, a UHE Teles

    Pires abrigar cinco turbinas tipo Francis de eixo ver-

    tical com 364 MW cada uma esse tipo de turbina

    aplicado em grandes quedas dgua, de 40 a 400

    metros, sem a necessidade de formao de um grande

    reservatrio. A rea inundada ser de 112 km2.

    A Odebrecht Energia ser a responsvel pela cons-

    truo civil e montagem eletromecnica da nova

    usina. As obras devem ser realizadas em 45 meses, a

    partir de julho deste ano, e vo gerar 10 mil oportu-

    nidades de trabalho diretas e indiretas.

    Na provncia de Kwanza Norte, a Odebrecht Angola

    (subsidiria da Odebrecht Amrica Latina e Angola) ser

    a responsvel pela execuo das obras civis da Segunda

    Central de Gerao do Aproveitamento hidreltrico de

    Cambambe, para a Empresa Nacional de Eletricidade

    (ENE-EP). Com investimentos de US$ 460 milhes, o pro-

    jeto ser realizado em 49 meses e vai gerar, no pico de

    obras, 1.200 oportunidades de trabalho.

    A Segunda Central adicionar 700 MW de potncia

    ao Aproveitamento hidreltrico, cuja barragem e a

    Central 1, de 180 MW, foram inauguradas em 1964.

    A UHE Teles Pires ser construda no rio Teles Pires,

    passando pelos municpios de Jacareacanga, no Par, e

    Paranata, no Mato Grosso

  • 6 odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    > plaNos e coNquistas

    desde ento, o municpio de Cambambe

    importante fonte geradora de energia eltrica

    no pas. O aumento da produo de energia

    fundamental para garantir o crescimento eco-

    nmico de Angola e permitir a ampliao do

    atendimento populao, melhorando o ndi-

    ce de desenvolvimento humano e reduzindo

    o uso de geradores de pequena escala, afirma

    Gustavo Belitardo, diretor de Contrato.

    Caminhos pElos andEs

    O Consrcio Vial Carhuaz San Lus, formado pela

    Construtora Norberto Odebrecht e pela Odebrecht

    Peru (subsidiria da Odebrecht Amrica Latina e

    Angola), anunciou, no dia 12 de janeiro, sua vitria

    na licitao para executar obras de reabilitao,

    melhoria e construo da Rodovia Carhuaz -

    Chacas - San Luis, na regio dos Andes. Os investi-

    mentos sero de US$ 150 milhes.

    O projeto prev a recuperao e a expanso

    do asfalto da via em quase 100 quilmetros

    na regio de Ancash, localizada nos distritos

    de Shilla, Chacas e San Luis, que atravessa

    as provncias de Carhuaz, Asuncin e Carlos

    Fitzcarrald, no norte peruano. A estrada vai

    margear o monte nevado de huascarn, o

    pico mais alto do Peru, a 6.768 metros acima

    do nvel do mar. Alm disso, um tnel de 510

    metros ser construdo para unir os vales

    Callejn de Huaylas e Callejn de Conchucos.

    A Rodovia Carhuaz - Chacas - San Luis, na regio dos Andes, vai atravessar trs provncias peruanas

  • 7odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    Para a Odebrecht Peru, este um desa-

    fio que assumimos com o compromisso e a

    responsabilidade de sempre, trabalhando

    com tecnologia de ponta e com os melhores

    profissionais, explica Jorge Barata, diretor-

    Superintendente no pas. O projeto contribuir

    para o desenvolvimento econmico do Peru,

    mantendo os padres de qualidade para a

    manuteno e conservao do meio ambiente,

    completa.

    Expandindo a CapaCidadE

    A partir de maro deste ano, o projeto da

    nova Planta de Produo de 1,3 - Butadieno

    (insumo utilizado na produo de pneus), da

    Braskem, comear a sair do papel. A fbrica

    poder produzir mais de 103 mil toneladas do

    produto por ano.

    A construo da planta ir ampliar a atual

    capacidade da Unidade de insumos Bsicos

    da empresa no Complexo Petroqumico de

    triunfo, no Rio Grande do Sul, que j possui

    uma unidade de produo do butadieno desde

    1992, com 105 mil toneladas por ano de capa-

    cidade.

    O prazo para a implantao da planta de 20

    meses, com partida prevista para o segundo

    semestre de 2012.

    O Complexo Petroqumico de Triunfo ganhar uma nova planta de butadieno da Braskem

  • 8 odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    A consolidao de uma parceria

    > eNgeNharia ambieNtal

    Em Jeceaba, Minas Gerais, a Foz do Brasil

    responsvel pela implantao da maior cen-

    tral de utilidades da indstria siderrgica na

    planta da Vallourec & Sumitomo tubos do

    Brasil (VSB). No dia 10 de janeiro, a empresa

    formalizou uma parceria com a Companhia de

    Saneamento de Minas Gerais (Copasa) para

    implantar e operar servios de abastecimento

    de gua e esgotamento sanitrio para a VSB. A

    operao movimentou R$ 21,8 milhes.

    A Copasa passou a deter 15,5% do capital na

    Foz de Jeceaba S.A., empresa criada para aten-

  • 9odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    der ao projeto da usina siderrgica. Para o presidente da estatal

    mineira, Ricardo Simes, a associao contribuir para o desen-

    volvimento institucional da Copasa, alm de abrir perspectivas

    de novas oportunidades. Os empreendedores da VSB delibera-

    ram que a prestao do servio seria delegada para empresas

    com expertise, disse ele.

    Entre os servios prestados esto abastecimento de gua para

    o consumo humano, esgotamento sanitrio, tratamento de gua

    para reuso e disposio de resduos slidos.

    Mrio Amaro, diretor Regional da Foz do Brasil, afirma que

    a parceria com a Copasa o melhor caminho para o negcio

    desenvolvido pela empresa. Com a unio de competncias e

    capacitao das duas companhias, juntando o que cada uma

    tem de melhor, conseguiremos melhores resultados para o

    empreendimento, concluiu.

    A unidade da VSB em Jeceaba, orada em R$ 1,6 bilho, dever

    entrar em operao neste ano. O empreendimento ter capaci-

    dade para produzir 700 mil toneladas de ao sem costura para a

    indstria do petrleo e 300 mil toneladas de tarugo.

    da esquerda para a direita: Armando Goes, diretor da Foz de Jeceaba; Mrio Amaro; Ricardo Simes; Paula Vasques Bittencourt, diretora Financeira e de Relaes com investidores da Copasa; e Carlos Gonalves de Oliveira Sobrinho, diretor de Meio Ambiente e Novos Negcios da estatal mineira

    A cidade de Jeceaba abriga a maior central de utilida-des da indstria siderrgi-ca do pas

    A cidade de Jeceaba abriga a maior central de utilidades da indstria siderrgica do pas

  • 10 odebrechtnoticias.com.br / n 249 / janeiro 2011

    Ao mesmo tempo em que trabalha 24 horas

    por dia na operao dos 297 quilmetros

    do Corredor dom Pedro i, no interior de So

    Paulo, a Concessionria Rota das Bandeiras

    desenvolve aes com o objetivo de contri-

    buir para a melhoria da qualidade de vida dos

    usurios e das comunidades dos 17 munic-

    pios integrados pela malha viria.

    Neste ano, o terceiro da concesso, a Rota

    das Bandeiras atuar, simultaneamente, nas

    reas de segura