Os Segredos Do Google Como Fazer Uma Pesquisa Inteligente Na Internet

of 144/144
  • date post

    24-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    1.704
  • download

    20

Embed Size (px)

Transcript of Os Segredos Do Google Como Fazer Uma Pesquisa Inteligente Na Internet

Copyrigth @ 2009 Irmos Persegona Consultoria e Informtica Ltda.Marcelo Felipe Moreira Persegona

Editor

Marcelo Felipe Moreira Persegona

Coordenador editorial

Camila Ribeiro e Gabriel de Souza

Capa, projeto grfico e editorao

RevisoPriscilla Bernardes lvares

Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP)Persegona, Marcelo Felipe Moreira e Persegona, Andr Luiz Moreira. Os segredos do Google: Como fazer uma pesquisa inteligente na Internet. Braslia: IP Consultoria, 2009. 142 p

ndices para catalogao 1. Google 2. Buscadores

3. Pesquisa na Internet

Consultores

IP

IP Consultoria e Informtica Ltda. SRTVS 701 Bloco O Sala 882 Ed. Multiempresarial - Asa Sul - Braslia - DF CEP: 70.340-000 Tel.: 55 (61) 3039-3272 / 9983-3686 [email protected] www.ipconsultores.com.br/ipc

Aos meus filhos, Jlia e Luiz Felipe.

Agradecemos a todos que trabalharam na reviso dos textos, confeco das figuras, editorao e publicao do livro. Deixamos um agradecimento especial amiga Priscilla Bernardes lvares pela leitura, reviso e sugestes dadas.

ndiceIntroduo 1 1.1 2 3 4 5 6 6.1 6.2 6.3 Do dado inteligncia Fontes de informao e confiabilidade das informaes Estratgia de pesquisa na Internet para qualquer buscador Um breve histrico da Google Inc. Solues Google para todos Um googol de possibilidades de pesquisas com a Google Google Web Search O que ? Para que serve? O que devo fazer?10 14 17 22 28 38 47 62 62 62 63 66 67 67 68 68 69 70 70 70 72 72 73

6.3.1 Realizando uma pesquisa bsica 6.3.2 Letras maisculas/minsculas interessam? 6.3.3 Consultas com e automtico 6.3.4 Pesquisas de frases exatas 6.3.5 Radicais de palavras 6.3.6 Excluso automtica de palavras comuns ou palavras de paradas (palavras descartveis) 6.3.7 Descubra quem aponta para voc ou Link Love 6.3.8 Encontrando sinnimos 6.3.9 Links ocultos ou pginas memorizadas (cache) 6.3.10 Excluindo um termo da pesquisa 6.3.11 Veja seus termos de pesquisa no contexto 6.3.12 Busca por intervalo entre nmeros

6.3.13 Pginas Semelhantes (ou GoogleScout) 6.3.14 Busca por tipo especfico de arquivo 6.3.15 Boto Estou com sorte 6.3.16 Procurar em um site especfico utilizando o Domnio Restrito 6.3.17 Traduo de Pginas da Web 6.3.18 Todas as palavras no texto da pgina 6.3.19 Busca no ttulo da pgina 6.3.20 Caracter curinga * 6.3.21 Dicionrio no Google 6.3.22 Operaes de converso 6.3.23 Google Spell Checker 6.3.24 Booleano OR ou | 6.3.25 time in 6.3.26 view:timeline 6.4 Outras categorias de pesquisa dentro do Google 6.4.1 Google Image Search 6.4.2 Google Diretrio 6.4.3 Google Groups 6.4.4 Google Notcias 6.4.5 Google Catlogo 6.4.6 Google Froogle 6.4.7 Google Zeitgeist 6.4.8 Google Barra de Ferramentas

73 74 75 76 76 77 78 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 93 94

7 7.1 7.2 7.3

Google Acadmico O que ? Para que serve? O que devo fazer?

95 95 95 95 97 97 99 99 100 100 101 102 102 103 104 104 105 106 107 108 108 110

7.3.1 Como fazer uma pesquisa com o Google Acadmico? 7.3.1.1 Pesquisa por autor 7.3.1.2 Pesquisa por ttulo 7.3.1.3 Pesquisa por publicaes 7.3.1.4 Pesquisa por tpico especfico 7.3.1.5 Pesquisa por data 7.3.1.6 Pesquisa por link artigos relacionados 8 8.1 8.2 8.3 Google Book Search ou Pesquisa de Livros O que ? Para que serve? O que devo fazer?

8.3.1 Buscas que podem ser feitas com o Pesquisa de Livros 8.3.2 Modos de visualizao do livro 8.3.2.1 Full View ou Visualizao Completa 8.3.2.2 Limited Preview ou Visualizao Limitada 8.3.2.3 Snippet View ou Visualizao de Carto de Catalogao 8.3.2.4 No Preview Avalilable ou Sem Visualizao 9 Outras ferramentas de busca

9.1 9.2 9.3 9.4 9.5 9.6 9.7

Google Over Mail ou Asynchronous Google Access O que o Google pensa sobre voc? TouchGraph GoogleBrowser Soople Vivisimo Scirus Portal .periodicos. CAPES Consideraes finais Referncia Bibliogrfica Glossrio Guia de referncias rpidas para os operadores de busca no Google Sobre os autores

110 111 112 113 116 116 118 119 122 126 137 142

IntroduoHouve o tempo em que informaes eram caras e difceis de conseguir. Para obt-las era necessrio comprar um jornal, ligar para outras pessoas, fazer perguntas, ir biblioteca, mas, em 1998, tudo isso mudou com a criao da empresa Google. O uso de buscadores est to presente no nosso cotidiano que existe o perigo das pessoas acreditarem que, se no est na Internet, porque no existe nada sobre o assunto. Mas isso uma falcia, uma vez que a maior parte dos documentos digitais est fora do alcance das ferramentas de pesquisa. Segundo Abril (2007), o Google tem armazenado em seus servidores apenas 1% (um porcento) do contedo da Internet, isso sem dizer dos livros e artigos que existem apenas em livros e revistas impressas. Outro fato interessante destacado por Abril (2007) que a prxima safra de buscadores no mais se basear na pesquisa por palavras-chaves, e sim, pela anlise de textos, agrupados por assuntos e classificados em hierarquias de assuntos e as taxonomias. Exemplo dessa tecnologia o WebFountain da IBM. O objetivo desse sistema analisar todo o conhecimento que est disponvel na Internet e, com isso, tentar descobrir tendncias. Tambm est na lista de inovaes que viro nos prximos buscadores a capacidade de responder a perguntas feitas em linguagem natural, tal como se o fizesse a outra pessoa. Enquanto essa nova safra de buscadores no est disponvel, se faz necessrio saber usar as ferramentas que se tem mo. E essa foi uma das razes que motivou a realizao deste livro: a inteno de compartilhar a experincia e os conhecimentos que os autores possuem no uso de ferramentas livres, disponveis na Internet, para obteno e tratamento de informaes de forma a torn-las relevantes e teis realizao de trabalhos acadmicos e profissionais. Outra razo, foi que, durante a realizao de diversos cursos presenciais mi10

nistrados sobre Como realizar pesquisas na Internet, muitos alunos questionavam a falta de bibliografia em portugus para consulta dos assuntos abordados, dado a grande quantidade de ferramentas identificadas e apresentadas durante o curso. Dessa maneira, este livro mostra de que forma sistematizar alguns recursos e dicas para a realizao de uma coleta de dados mais eficiente e inteligente. Quando da pesquisa para a confeco do livro, os autores tambm identificaram vrias ferramentas da empresa Google que desconheciam e que no esto facilmente acessveis e nem esto em sites conhecidos pela maioria dos internautas. Outro fato interessante foi descobrir ferramentas de outras empresas que implementam os comandos do Google Web Search em seus sistemas de busca, permitindo o uso desses comandos de uma maneira diferente e mais amigvel. Os assuntos abordados neste livro esto organizados em quatro partes e distribudos em nove captulos. A primeira parte trata da importncia da coleta de dados e do tratamento que deve dar ao dado para que este se converta em informao; a informao em conhecimento e o conhecimento em inteligncia. Na primeira parte, tambm sero abordados as fontes de informao e a sua importncia. Na segunda parte ser tratado como montar uma estratgia de pesquisa para qualquer buscador, bem como ser disponibilizado um formulrio que ajudar no planejamento de uma pesquisa na Internet. Na terceira parte ser abordado como utilizar o Google Web Search e realizar uma pesquisa bsica nessa ferramenta. Tambm ser tratado outras categorias de pesquisa dentro do Google Web Search, tal como uso do Google Acadmico e diversos comandos que podem ser utilizados nessa ferramenta, e, finalmente, o Google Acadmico e o Google Book Search ou Pesquisa de Livros. Na ltima parte, so apresentadas outras maneiras de realizar pesquisas com ferramentas externas ao Google que utilizam a sua base dados, tais como: Google Over Mail ou Asynchronous Google Access; o que o Google pensa sobre voc?; TouchGraph GoogleBrowser; Scirus; Potal Peri11

dicos CAPES; Vivisimo e as ferramentas do Soople (Google Search e Google Calculator). Adicionalmente, foi disponibilizado um guia de referncias rpidas dos operadores de busca no Google Web Search, um lembrete de dicas de pesquisa para ser fixado no computador e um glossrio de termos. Para facilitar a consulta ao livro foram criados exemplos, figuras e cones para destacar a informao apresentada. Os cones so:

sinaliza um endereo (URL) onde se encontra a ferramenta ou mais informaes sobre o assunto. sinaliza uma dica ou um exemplo de pesquisa. chama a ateno para alguma peculiaridade, novidade ou dica em relao ao assunto abordado.Os autores esperam que o presente livro contribua para que os leitores consigam realizar uma pesquisa eficiente na Internet e se colocam a disposio para realizar esclarecimentos dos assuntos abordados pelo e-mail:

[email protected]

Tambm gostariam de receber contribuies de novos assuntos, correes que o leitor julgar necessrias de algum assunto abordado ou algumas curiosidades sobre buscadores que queira compartilhar.12

PARTE 1

1 Do dado intelignciaAtualmente, o problema no mais a falta dados, mas excesso deles, sem importncia ou sem relevncia, que so encontrados durante o processo de levantamento de dados, principalmente quando realizado via Internet. Este fenmeno chamado por alguns autores como info-intoxicao. Portanto, o grande desafio est em como obter dados com relevncia, preciso, oportunidade e valor agregado, tornando-os informao, informao em conhecimento, conhecimento em inteligncia e inteligncia em ao. O senso comum admite um entendimento mltiplo dos termos dados, informao, conhecimento e inteligncia. Os conceitos desses termos, abordados neste livro, sero os provenientes da Cincia da Informao e Cincia da Computao. Tarapanoff (2006, p. 19) esclarece que a Cincia da Informao uma cincia que tem como objeto de estudo as propriedades gerais da informao; necessidades informacionais organizacionais, sociais e individuais; e uso da informao. E a Cincia da Computao prov a base para o processamento da informao, soluo de problemas com a utilizao de algoritmos, criao de programas para computadores. Entende-se por dados a forma primria da informao: sinais no processados, integrados, avaliados ou interpretados e sem qualquer sentido inerente em si mesmo, os quais so facilmente estruturados, quantificados e de fcil aquisio por mquinas. Quando os cdigos, at ento indecifrveis, passam a ter um significado prprio para o receptor, estabelecendo um processo comunicativo, nesse momento, obtm-se uma informao. Portanto, pode-se dizer que dado no somente cdigo agrupado, mas tambm uma base ou uma fonte de informaes que podem ser descritos por meio de representaes textuais ou pictogrficas (SIANES, 2005, p. 259, PERSEGONA et al, 2007). A informao pode ser entendida como uma srie de dados organizados de um modo significativo, analisados e processa14

NEYRA, Osvaldo Balmaseda. Sociedade do Conhecimento, Educao e Ps-Graduao: Estamos preparados para as mudanas? In: Linguagens, Educao e Sociedade: Revista do Programa de Ps-Graduao em Educao da UFPI. Teresina: UFPI, 2004.

dos, que geram hipteses, sugerem solues, justificativas de sugestes, crticas de argumentos, utilizada em processo de apoio a deciso, a qual exige a mediao humana e seu valor est associado utilidade que ela apresenta. Ela uma abstrao informal que representa algo que possui significativo para algum por meio de textos, imagens, sons ou animao. A informao no pode ser processada diretamente em um computador. Ela precisa ser reduzida a dados para ser armazenada neste. J o seu significado da informao passado por quem est entrando em contato com ela (o receptor). As informaes servem de base para a construo do conhecimento. Ento, como se pode perceber, o conhecimento deriva das informaes absorvidas pelo receptor (SIANES, 2005, p. 259). A informao, para Barreto (2005, p. 9), um instrumento de modificao da conscincia humana e para Machlup (1962, p. 15) a comunicao de conhecimento. E o que conhecimento? A definio clssica de conhecimento, originada em Plato, diz que consiste na crena verdadeira e justificada. Ento, pode-se entender por conhecimento como algo que est no interior do indivduo, abstrao pessoal, sobre alguma coisa que foi experimentada por esse indivduo (SIANES, 2005, p. 259). De uma maneira informal, se pode conceituar conhecimento como sendo: aquilo que j se conhece sobre algo ou sobre algum. O conhecimento a informao agregada de valor. um grupo de informaes avaliadas quanto a sua confiabilidade e relevncia e assimiladas pelo indivduo ou pela organizao, integrando-se ao seu saber anterior e construindo um quadro da situao. O conhecimento no esttico, modifica-se pela constante integrao de informaes e mudanas, contendo uma mistura de experincias adquiridas, valores, informao contextual, que prov um quadro de referncia para avaliao e incorporao de novas experincias e informaes. Quando se refere ao conhecimento, trata-se sobre mbito puramente subjetivo do homem, o qual um ser consciente do seu prprio conhecimento, sendo capaz de descrev-lo conceitualmente em15

termos de informao e organiz-lo na forma de dados. Para isso, ele se vale de vrios instrumentos, entre eles o computador e seus programas, mas o conhecimento no pode ser inserido em um computador por meio de uma representao, pois neste caso, seria reduzido a dados. O conhecimento relaciona-se com algo existente no mundo real do qual se tem uma experincia direta e usa-se a Tecnologia da Informao (informtica) para modelar um pedao desse mundo real, o qual do interesse do indivduo para um determinado fim. Ento, pode-se dizer que conhecimento aquilo que se aceita como verdadeiro a partir da captao sensitiva, sendo assim acumulvel na mente humana (PERSEGONA et al, 2007). E, por ltimo, tem-se a inteligncia, a qual definida como um conhecimento contextualmente relevante e oportuno, processado por um conjunto de estratgias utilizadas para captar, avaliar, combinar e utilizar eficazmente informaes em decises e aes necessrias para a sua adaptao a mudanas ambientais, tendo como finalidade de alcanar os objetivos organizacionais preestabelecidos. A inteligncia uma sntese de conhecimentos com o uso do julgamento e da intuio e visa antecipao e previso, e criada por meio de um processo de sntese, de construo voluntria e ativa de agregao de valor s informaes assimiladas e analisadas (SIANES, 2005, p. 259). Como se pode perceber, os conceitos de: dados, informao, conhecimento e inteligncia, abordados neste livro, so diferentes dos utilizados pelo senso comum, mas entender como esses conceitos so tratados na Cincia da Informao e da Computao permite compreender como so gerados os sistemas de informao que iro realizar seus processos de coleta, tratamento, armazenamento, distribuio e uso dos dados. A seguir ser abordada a importncia das fontes de informao para a obteno de dados confiveis que permitem a produo de informaes com valor agregado.

16

1.1 Fontes de informao e confiabilidade das informaesA coleta de dados, abordada por Sianes (2005, p. 264), destaca que uma etapa constituda pela reunio dos dados necessrios produo de conhecimentos e est estruturada em trs momentos: determinao da disponibilidade e da qualidade das informaes existentes, identificao da informao desejada ou dos vazios que devero ser preenchidos e a atividade de coleta propriamente dita e sua ao direta sobre as fontes de informao. A etapa de coleta merece bastante cuidado na identificao das fontes quanto a sua confiabilidade. Este fato se d devido necessidade de garantir que os dados levantados no tero erros, no estaro desatualizados, conflitantes ou com limitao de abrangncia e de qualidade (SIANES, 2005). Pinheiro e Savi (2005) observam que com o advento da comunicao eletrnica a sociedade vem sofrendo transformaes que afetam tambm a estrutura do fluxo da informao e do conhecimento. Para estas autoras o fluxo da informao envolve:os pesquisadores e a literatura produzida e um processo de transferncia da informao de um emissor para um receptor. Na comunicao cientfica engloba atividades ligadas produo, disseminao e uso da informao, desde a concepo de uma idia at a sua explicitao e aceitao como parte do conhecimento universal. Portanto, o fluxo de informao na comunidade cientfica um processo contnuo.

Ainda, Pinheiro e Savi (2005) acrescentam que a comunicao cientfica importante para a cincia, pois possibilita que as descobertas sejam divulgadas. A figura 1 mostra como se d o fluxo da informao na comunidade cientfica. importante ressaltar, que o fluxo identifica entidades ou grupos de informaes que devem fazer parte do escopo de pesquisa para encontrar os dados almejados durante os levantamentos de dados via Internet. Portanto, saber onde iniciar uma pesquisa muito importante para a obteno de bons resultados na coleta de dados.

17

Figura 1: O fluxo da informao cientfica Fonte: Pinheiro e Savi (2005)

Os fluxos de informaes da figura 1 identificam os canais de comunicao que tornam possveis a divulgao das pesquisas e a troca de informaes entre os pesquisadores e profissionais por meio de documentos provenientes das atividades de pesquisa, os quais podem ser classificados em fontes: Primrias: apresentam informao segura e completa sobre determinado assunto e possibilitam um maior aprofundamento. Ex: relatrios, livros, trabalhos apresentados em eventos, artigos de peridicos, normas tcnicas, patentes, teses e dissertaes.18

Secundrias: visam facilitar o uso e a consulta de determinada informao que, neste caso, apenas superficial. Ex: enciclopdias, entrevistas, dicionrios, manuais, tabelas, revises de literatura, tratados, fontes estatsticas e anurios, entre outros. Tercirias: so aqueles que remetem e guiam o usurio para as fontes primrias e secundrias. Ex: bibliografias, catlogos, ndices, guias, diretrios e bases de dados, entre outras. As fontes de informaes, segundo Pinheiro e Savi (2005), ocorrem por canais de comunicao que vo do informal ao super-formal. A figura 2 mostra a relao entre as fontes de informaes e os canais de comunicao. por meio dos canais formais e informais que a comunidade cientfica divulga e obtm informaes.Figura 2: canais de comunicao versus fontes de informao Fonte: Pinheiro e Savi (2005)

19

Wilson (2006, p. 53), Smola (2005, p. 289) e Tarapanoff (2006, p. 22) observam que a informao, alm de tudo que j foi exposto, possui fases de ciclo de vida e que estas esto fortemente relacionadas aos canais de comunicao e as fontes de informaes identificadas por Pinheiro e Savi (2005). As fases identificadas por Smola so: manuseio, armazenamento, transporte e descarte. Tarapanoff complementa o ciclo de vida da informao apresentada por Smola detalhando que esse ciclo composto da gerao, seleo/aquisio, representao, armazenamento, recuperao, distribuio e uso. na fase de manuseio/aquisio/compartilhamento de dados que ocorre a coleta dos dados. Os buscadores de Internet so uma das ferramentas utilizadas para realizar a coleta de dados e podem ser classificados como sistemas de recuperao da informao. Como ferramentas, esto classificados em Sistemas de Gesto da Informao, cujo conceito, para Araujo (2005, p. 311), consistem em sistemas que visam dar acesso s informaes neles registradas. Tais sistemas constituem a memria humana registrada, que segundo Belkin e Robertson (1976, apud ARAJO, 2005, p. 311) a informao cognitivo-social que so estruturas de conhecimento partilhadas pelos membros de um grupo social em livros, peridicos, filmes, vdeos, partituras, pginas de Internet etc. Portanto, pode-se dizer que os buscadores de Internet so ferramentas de recuperao e facilitao de compartilhamento de conhecimento social por indivduos de diversos grupos, integradas em um programa de computador que opera em um canal de comunicao pblico, a Internet. Sendo assim, este livro tem como finalidade ajudar aos leitores realizarem uma coleta de dados via Internet de uma maneira mais eficiente por meio de tcnicas simples de planejamento e identificao de necessidades informacionais. Para atingir este objetivo, os autores confeccionaram um formulrio que integra o roteiro com as recomendaes de alguns autores para se obter maior eficincia na fase de coleta/aquisio de dados. Esse formulrio ser tratado no prximo captulo.20

PARTE 2

2 Estratgia de pesquisa na Internet para qualquer buscadorUm bom planejamento essencial para sucesso da coleta de informaes. Para Alfredo Passos (ORNELAS, 2008, p. 1):a coleta consiste na busca de dados e informaes dos ambientes interno e externo da organizao. a fase onde informaes previamente acumuladas de forma ordenada, so resgatadas para posterior anlise. Mas muitas vezes essa busca pela informao pode levar um tempo excessivo quando no feita de maneira objetiva.

Segundo o referido autor, para se fazer uma boa coleta fundamental planejar e acrescenta que o que falta hoje uma correta definio do que se quer buscar. Por isso, fundamental planejar a coleta antes de comear a pesquisa. Persegona (2005) ressalta a importncia do usurio de buscadores de dados levarem em conta os requisitos estruturais da informao para se obter bons e relevantes resultados na coleta de dados. Esses requisitos so: Contedo: ncleo de valor da informao, o que ela transmite ao receptor (pessoa que entra em contato com a informao). Formato: pode ser alfabtico (composto de letras, smbolos e sinais), numrico (composto apenas por nmeros) ou alfanumrico (composto de letras, smbolos, sinais e nmeros). Quantidade: fornecida na medida certa da necessidade. Refere-se ao volume e periodicidade da publicao e da atualizao. Qualidade: definida pelos requisitos intrnsecos da informao, entendidos por: Adequabilidade: contedo e formato compatveis com a natureza da necessidade do usurio. Confiabilidade: garantia de origem. Integridade: preciso de contedo. Acessibilidade: facilidade de obteno para aqueles que tm direito ao acesso a informao.22

Oportunidade: disponvel no momento e no local de sua requisio (tempestividade). Clareza: de fcil entendimento. Outra dica, para se realizar uma pesquisa na Internet mais eficiente, est relacionada a correta utilizao dos operadores booleanos. Os mais usuais so: AND (em portugus e), OR (em portugus ou) e NOT (em portugus no). Para se conseguir uma especificao melhor dos termos pesquisados, outros recursos so utilizados nos sistemas de busca, tais como os operadores de proximidade como o NEAR e o ADJ, o truncamento como o * (asterisco) no AltaVista e no Google e a delimitao da pesquisa em determinadas partes do documento. Este ltimo recurso permite que a busca seja realizada restringindo a presena da palavra-chave no ttulo do documento ou nos links ou no endereo da pgina ou no corpo do texto. Alguns buscadores, ainda, permitem limitar mais a pesquisa, utilizando-se filtros de idioma, regio, pases, domnio (URL), stio, tipo de arquivo e perodo da publicao da pgina. No stio www.notess.com pode-se encontrar os principais recursos que os buscadores mais populares disponibilizam, tais como: Google; AltaVista; Teoma; Alltheweb; Hotbot etc., os quais esto sintetizados na tabela 1: Caractersticas dos mecanismos de pesquisa. Uma vez definido por onde se vai iniciar a pesquisa, agora falta elaborar um plano de busca, o qual auxiliar a encontrar resultados mais precisos, evitando os milhes de itens de resultados sem nenhuma importncia. No Box 1 est um exemplo de plano de pesquisa, elaborados pelos autores deste livro. Segundo Yamaoka (2003), deve-se seguir os seguintes passos para se ter um bom resultado: 1) Definir o que quer pesquisar em uma ou duas sentenas. 2) Identificar conceitos relacionados ao assunto que deseja pesquisar, quebrando o assunto em conceitos. 3) Fazer uma lista de palavras-chave para cada conceito23

identificado no passo anterior. 4) Listar os sinnimos e variantes da palavra e ortografia alternativa. 5) Identificar qual a caracterstica da informao a ser pesquisada, por exemplo, se notcia, informao de governo, estatstica, informao sobre produtos ou servios etc. 6) Selecionar um buscador que ter maior probabilidade de retornar os resultados desejados. 7) Utilizar o relacionamento lgico (booleanos) entre as palavras que sero utilizadas na pesquisa, tais como os sinnimos e formas variantes identificados previamente nos passos anteriores. Identifique qual ser o melhor booleano para ser utilizado na sua pesquisa para criar o relacionamento lgico entre as palavras a serem utilizadas. Por exemplo: combinar palavras-chave de cada conceito com AND. Combinar sinnimos com OR. Usar truncamento para combinar formas variantes da palavra. 8) Ter cuidado com a ortografia das palavras selecionadas para a pesquisa, j que os mecanismos de busca utilizam as palavras exatas, e por isso, se a palavra estiver escrita de maneira incorreta, o site de busca retornar apenas os stios com o mesmo erro de ortografia. J na revista Super Interessante (ABRIL, 2004), a qual trata sobre pesquisas na Internet utilizando o Google, sugere outras dicas que podem ser acrescidas s de Yamaoka (2003): Use mais de uma palavra para realizar uma pesquisa. Se quiser achar uma frase, escreva tudo entre aspas. Formule as frases em forma de resposta. Em vez de perguntar O que desenvolvimento sustentvel, escreva desenvolvimento sustentvel . Abandone o buscador que esteja utilizando quando encontrar uma pgina especializada no assunto que lhe interessa. Tente seguir as referncias que encontrar l. Use o sinal de menos para eliminar palavras. Por exemplo: desenvolvimento -econmico. Use * (asterisco) se no quiser especificar um termo24

no meio de uma frase. Por exemplo: desenvolvimento * sustentvel Clique em Pesquisa avanada para restringir a busca por lngua, data, site ou tipo de arquivo. Na pgina seguinte est disponibilizado, no box 1, um formulrio seguindo as sugestes de Yamaoka e da revista Super Interessante. Este formulrio foi criado para ajudar a estruturar a pesquisa na Internet de um usurio em qualquer buscador de dados via Internet.

25

26

Tabela1:CaractersticasdosmecanismosdepesquisaMECANISMO DE PESQUISAGIGABLAST

GOOGLE

Booleano

- , OR

And, OR, NOT, ( ),-

- , OR

And, OR, NOT, ( ), -

And, OR, NOT, ( ), -

And, OR, NOT, ( ), -

Padro

and

and

and

and

and

Proximidade

Frase

Frase

Frase

Frase

Frase

Frase, NEAR

No suporta palavras sinnimas em frases intitle, inurl, link, site, mais comandos Idioma, tipo de arquivos, date, domnio Pouco usado, sinal + termo a pesquisar

Nenhuma palavra na frase intitle, inurl, link, site, mais comandos Idioma, tipo de arquivos, date, domnio

Trucado

No

No

No

Sim e sinnimos

Campos

intitle, inurl, site

intitle, inurl, site

title, site, ip, mais comandos

intitle, inurl

Idioma, site, date

Idioma, site

Domnio, tipo

Idioma, tipo de arquivos, date, domnio Vrios sinal + termo a pesquisar

Limites

No

Sim, sinal + termo a pesquisar

Vrios sinal + termo a pesquisar

Vrios sinal + termo a pesquisar

Ordenao

Parada

Relevncia, site

Relevncia, site

Relevncia, metasite

Relevncia, site, sliders

Relevncia

Relevncia, data

Fonte: Greg R. Notess. Atualizao: 01/10/2007 Disponvel em: www.notess.com Acesso em: 22/04/2008.

27

EXALEADand

YAHOO

LIVE SEARCH

ASK

3

Um breve histrico da Google Inc.A quantidade de informaes na Internet to grande e diversificada que , praticamente, impossvel encontrar o que se precisa sem o uso de um mecanismo de busca. Existem muitas ferramentas de busca na Internet, tais como o Altavista, AlltheWeb, Yahoo, Teoma, Hotbot, LiveSearch, Gigablast, Exaled e MSN. No entanto, nenhum desses sites consegue ter a amplitude da Google. Segundo o Prof. Joe Janes (ABRIL, 2007), que ministra a disciplina Google, na Universidade de Washington, nos Estados Unidos da Amrica (EUA): Ele tornou as informaes mais fceis e mais prximas da vida das pessoas. Com o Google Web Search, pode-se realizar pesquisas sobre nmeros de telefone, datas histricas, biografia de qualquer personalidade, notcias de cinco minutos atrs, o melhor lugar para se comprar um determinado item, seja um alfinete ou um foguete, qualquer desejo ou mistrio urgente pode ser resolvido em minutos. Depois do Google Web Search, o problema no mais achar o que se quer saber, e sim saber o que se quer achar. Contando um pouco da histria desta empresa, o nome Google, cuja pronncia em portugus gugol, um trocadilho com a palavra googol, o qual foi inventada, em 1938, pelo matemtico Edward Kasner da Universidade da Columbia. A curiosidade deste fato que o Prof. Kasner pediu ao seu sobrinho Milton Sirotta, de oito anos, que inventasse um nome para dar a um nmero muito grande, mas no infinito, e este assim o fez. O googol representa o nmero 1 seguido de 100 zeros (ou 10 elevado a 100) e este nmero foi apresentado por Kasner em seu livro Matemtica e Imaginao. O googol no tem qualquer utilidade prtica a no ser como explicao da diferena entre um nmero imenso e o infinito. Devido sua grande magnitude, foi adaptado para batizar a empresa Google e o uso do termo reflete a misso da empresa de28

organizar a enorme quantidade de informao disponvel na Internet e no mundo (FORBELLONE, 2007; WIKIPEDIA-b, 2005; ABRIL, 2004, SANTANA, 2008 e GOOGLE-c, 2008). A misso da Google: ... oferecer a melhor experincia de pesquisa na Internet, ao tornar a informao mundial acessvel e til em nvel universal (GOOGLE-c, 2008). A Google responsvel pelo desenvolvimento do maior motor de busca do mundo, e oferece o caminho mais rpido e fcil para encontrar informao na Internet. Com acesso a bilhes de pginas Web, proporciona resultados relevantes em nvel mundial, normalmente, em menos de meio segundo. A interface simples do Google Web Search esconde um arsenal tecnolgico muito sofisticado. Essas ferramentas no surgiram de uma hora para a outra, o Google Web Search comeou pequeno e foi crescendo sem parar, como poder ser constatado neste relato. Os fatores que ajudaram o Google Web Search a ser o que so a simplicidade e a clareza. A combinao desses itens foi trabalhada desde a criao do Google Web Search. Devido a isso, possvel acessar um site leve, sem poluio visual e cujas opes so facilmente localizveis em sua interface (ALECRIM, 2004). O Google Web Search funciona por meio de uma combinao complexa de hardware e de software tecnologicamente avanados. A velocidade de uma pesquisa neste mecanismo de busca deve-se, em parte, eficincia do algoritmo de pesquisa e, parcialmente, aos milhares de computadores pessoais de baixo custo que esto montados em rede com o objetivo de criar um motor de busca extremamente rpido. Segundo alguns especialistas, este grupamento de computadores, criado pela Google, pode ser considerado o maior computador do mundo, cujo tamanho exato desconhecido. Para garantir a estabilidade, o sistema foi concebido a partir da premissa que parte da mquina ir falhar a qualquer momento, e, portanto, as placas so fixadas com velcro para facilitar a substituio. A empresa Google foi concebida com a inteno de impor29

a ordem no caos da informao e o Google Web Search no ser apenas uma lista de resultados que foram leiloados ao maior comprador, mas um mtodo srio e coerente de organizar a Internet de acordo com a sua estrutura. Ao contrrio de outros motores de busca, o Google apenas gera resultados que correspondam a todos os seus termos de pesquisa, quer ao nvel do texto da pgina, quer nos links que apontam para a pgina. O Google Web Search capaz de realizar buscas em mais de 300 tipos de arquivos diferentes. Outro fato que o destaca o de realizar buscas de contedos ticos em todos os pases em que trabalha. Um exemplo disso, que se algum pesquisar por pedofilia, encontrar textos que abordam esse assunto de maneira legal, ou seja, investigaes, estudos, notcias etc., mas no encontrar sites que ofeream contedo pedfilo (ALECRIM, 2004). O Google Web Search nasceu de um artigo acadmico assinado por dois estudantes de doutorado de cincia da computao: Sergey Brin, russo, com 23 anos na poca, e Larry Page, americano, com 24 anos (FORBELLONE, 2007) que, mais tarde, desenvolveram a idia ali contida, criando um sistema chamado BackRub, na Universidade de Stanford, nos EUA. O BackRub surgiu aps discusses de diferentes pontos de vista de Page e Brin sobre os desafios da computao, que, segundo eles, estava na obteno de dados relevantes em grandes quantidades de informaes, em outras palavras: a busca. A Universidade de Stanford, onde surgiu a empresa Google, tambm serviu de bero o site Excite e Yahoo!, de Jerry Yang e David Filo (BORGES, 2006 e SANTANA, 2008). Em janeiro de 1996, inicia-se o projeto BackRub que recebeu esse nome devido sua habilidade nica de rastrear os links na Internet. Larry Page, que se destacava por sua habilidade com hardware, formulou uma arquitetura de servidores baseada em mquinas de baixo custo para realizar a indexao (classificao) de pginas de Internet. O sistema de indexao de sites, chamava-se de PageRank, o qual o corao do30

motor de busca da empresa Google at hoje. Mas o que o PageRank? Page e Brin perceberam que as teses acadmicas mais valorizadas eram aquelas que recebiam mais citaes de outros autores/pesquisadores. Ento, a idia foi a de aplicar essa mesma metodologia de valorao das teses para as pginas da Web. Ou seja, as pginas que recebessem o maior nmero de links das demais seriam as mais representativas no universo de buscas do Google Web Search (BORGES, 2006 e ABRIL, 2004). O PageRank utiliza a vasta estrutura de links da Internet como medida de valor de uma pgina individual. Essencialmente, o Google Web Search interpreta um link da pgina A para a pagina B, como um voto da pgina A em direo pgina B. No entanto, o Google Web Search analisa mais do que o simples volume dos votos, ou os links recebidos por uma pgina; analisa, tambm, a pgina que lana o voto. Os votos dados pelas pginas que so, por si prprias, importantes, tm maior peso e ajudam a tornar outras pginas importantes. Os sites importantes e de alta qualidade recebem um PageRank mais alto, que o Google Web Serach recorda, cada vez que efetua uma pesquisa. Naturalmente, que uma pgina importante no tem qualquer significado se no corresponder sua pesquisa, pelo que o Google Web Search combina o PageRank com sofisticadas tcnicas de correspondncia de texto, com o objetivo de encontrar pginas que sejam, ao mesmo tempo, importantes e relevantes (GOOGLEb, 2008). Como conseqncia, o contedo desse site listado primeiro na pgina de resultado, porque o PageRank entende que aquela pgina trata com maior relevncia o assunto pesquisado. Alm disso, o Google Web Search analisa os assuntos mais pesquisados e verifica quais sites tratam aquele tema de maneira significativa (ALECRIM, 2004). Os mtodos sofisticados e automatizados do Google Web Search tornam difcil a manipulao humana dos resultados. E, apesar de publicar anncios relevantes acima e ao lado dos resultados encontrados, a empresa Google no vende, nem negocia posies dentro dos prprios resultados de pesquisa,31

Unidade de armazenamento de dados. Um terabyte equivalente a 1.024 gigabyte. Googlebot pode ser entendido como um rob que varre toda a Internet, partindo de algum lugar previamente conhecido e navegando por todos os links da pgina Web, tomando o cuidado para no passar em lugar repetido, excluindo os links quebrados e armazenando as pginas para o clculo do PageRank. Seu ciclo de varredura pode ser de entre duas semanas a dois meses, isso depende do PageRank da pgina.

isto , no possvel comprar um PageRank mais alto, uma posio mais privilegiada na lista de resultados. Uma pesquisa do Google Web Search uma forma fcil, honesta e objetiva de encontrar pginas Web de alta qualidade e com informao relevante (GOOGLE-b, 2008). Estabelecido o mtodo de valorao das pginas, o passo seguinte foi indexar toda a Internet. Quanto mais pginas indexadas, mais o argumento de valorao funcionaria. O objetivo de Page e de Brin sempre foi por uma boa busca. Seus fundadores, medida que o servio se consagrava, no queriam sacrificar sua inteno inicial, a do Page Rank, e, por conta disso, embora tenham lanado a idia em 1997, aberto a empresa em setembro de 1998, apenas conseguiram gerar negcios consistentes em 2001. O modelo de negcio que eles adotaram, surgiu de um concorrente que vendia as primeiras posies de seus resultados: o site Goto.com, fundado por Bill Gross, do IdeaLab, uma incubadora de projetos. O Goto.com chegou famigerada venda de palavras-chave, que a empresa Google adotou na forma do conhecido programa AdWords (ABRIL, 2004). Bill Gross usou a lgica de associar palavras-chave de uma busca a determinados anunciantes que pagassem por isso. Este modelo de negcio prosperou com a empresa Google, a qual aperfeioou o uso de palavras-chave pelo entendimento de como realizar a exibio de anncios na Internet, gerando receita para sites pequenos, mdios e grandes, dando origem, dessa maneira, ao programa AdSense (BORGES, 2006). Em 1998, Page e Brin adquiriram um terabyte em discos rgidos, uma capacidade de armazenamento muito grande para a poca. Surge, ento, o primeiro Data Center da Google, localizado no quarto de um dos fundadores. Com o passar do tempo e com o aumento de acessos pelos usurios, o Google Web Search ganhava popularidade e consumia cada vez mais banda de acesso Internet da universidade. Quando os Googlebots trabalhavam, a Internet de toda a universidade simplesmente parava.32

Encorajados por David Filo, fundador do portal Yahoo!, Page e Brin continuaram seus trabalhos, apesar de estarem endividados por causa dos gastos realizados com a empresa, fato que os levou necessidade de procurar um investidor. Esse investidor foi Andy Bechtolsheim, um dos fundadores da Sun Microsystems, do qual receberam um cheque no valor de $100.000,00 dlares americanos, porm, o cheque estava endereado Google Inc., que ainda no existia. Page e Brain foram obrigados a formalizar a empresa para poder descontar o cheque. Eles fundaram a primeira sede da empresa na garagem da casa de uma amiga e, desta maneira, a Google Inc comea a existir a partir de setembro de 1998 (FORBELLONE, 2007). No final do ano, o sistema de busca j respondia a 10 mil acessos por dia (BORGES, 2006). Em 1999, o Google atinge a marca 500 mil acessos dirios e muda para uma nova sede. Em 21 de setembro, o servio sai da fase de testes e o BETA removido do logotipo do Google Web Search (BORGES, 2006). Em junho desse ano, a empresa anunciava ter 25 milhes de dlares americanos em financiamento de capital. Os scios fundadores incluem a Kleiner Perkins Caufield & Byers e a Sequoia Capital (GOOGLE-c, 2008). No ano 2000, a empresa que j possua 60 funcionrios ocupando mesas bastante simples, e as salas no possuam paredes (como ocorre ainda hoje). Em cima dessas mesas, estavam computadores de alto desempenho. O clima de informalidade favorecia a troca de idias entre os funcionrios. Em maio, aps o recebimento de dois prmios, o Google Web Search torna-se o maior portal de buscas da Web, ao atingir o surpreendente nmero de 1 bilho de sites em seu ndice. Na mesma poca, um sistema revolucionrio de anncios era criado, o qual proporcionou os primeiros lucros para a empresa pela utilizao do AdWords. Nesse ano, tambm, a empresa Google passa a fornecer seus servios aos usurios do Yahoo! por meio de uma parceria entre as duas empresas. Naquele ano, tambm surgiu o Google Toolbar (BORGES, 2006).33

API so funes e/ou rotinas contidas em bibliotecas de linguagem de programao que so exportadas, ou seja, podem ser usadas por outros programas (SCRIPT BRASIL, 2004).

4

O ano de 2001 foi considerado o ano das inovaes da empresa Google, devido s dezenas de recursos introduzidos, em sua busca incansvel por uma informao livre e sem barreiras, surgiam o Usenet archive, o maior grupo de discusso da Web, comprado e remodelado pela empresa Google; Google Zeitgeist que fornece estatsticas respeito das palavras mais procuradas; Google Image Search que faz busca de imagens na Web; e Google Catalog Search. No final do ano, j havia 3 bilhes de sites indexados. A partir de 2002, diversos empresrios passaram a buscar formas de adicionar a tecnologia Google nos seus negcios. A resposta veio em forma de Google Mini, que uma soluo integrada de hardware e software criada para ajudar as organizaes a obter o mximo de seus ativos digitais. Para isso, fornece a capacidade e a produtividade da pesquisa do Google Web Search para documentos e sites das empresas, de maneira rpida, fcil e acessvel (GOOGLE-d, 2008). Tambm nesse ano, foram lanadas as API4 do Google Web Search, permitindo que desenvolvedores utilizassem seus recursos em seus aplicativos, e, mais tarde, a empresa adiciona recursos de computao de cluster Google Toolbar, permitindo que os usurios colaborassem na pesquisa cientfica. O AdWords foi atualizado e surgia, tambm, Google Labs, Google News e Froogle (BORGES, 2006). Em 2003, foi criado o AdSense, sistema que permitia aos webmasters obterem recursos finaceiros por meio de vinculao de anncios de texto no Google Web Search. A busca tambm foi melhorada, de acordo com a palavra-chave digitada, a tradicional caixa de texto j era capaz de rastrear vos em aeroportos, realizar operaes matemticas e muito mais. Em 2004, inaugurada uma nova sede em Mountain View e surgem os servios de busca personalizada e Google Local Search, no Google Labs. No dia 1 de abril, so revelados planos para uma sede da Google na lua, prevista para um futuro prximo. Neste mesmo dia, era anunciado o GMail, servio de correio eletrnico que provocou uma revoluo na34

Web ao oferecer um Gigabyte de espao aos usurios gratuitamente. Em um esforo para promover meios de organizar imagens e fotos, a empresa Google adquire o Picasa, servio voltado para o gerenciamento e organizao de imagens. Mais tarde, lanada ao pblico a primeira verso do Google Desktop Search, um pequeno utilitrio para realizao de buscas rpidas no computador local do usurio. Surge tambm o Google SMS, permitindo que usurios realizem buscas diretamente de seus celulares. Buscando novos caminhos e novas informaes a serem organizadas, a empresa Google adquire a Keyhole, empresa de mapeamento global e inicia os trabalhos no Google Earth. Dezembro traria novidades, com o anuncio oficial do Google Print seguido de uma atualizao do Google Groups. Em 2005, a quantidade de recursos continuava a crescer. Surgia o My Search History, capaz de manter um histrico dos ltimos termos pesquisados pelo usurio e o Google Web Accelerator, software para acelerar a navegao na Internet. Seguindo uma tendncia de personalizao, a empresa anuncia o servio Personalized Homepage, permitindo que cada usurio criasse sua prpria pgina personalizada. Procurando trazer novidades ao j popular GMail, a empresa anuncia o Google Talk, um comunicador instantneo bastante simples. Ainda em 2005, lanada a segunda gerao do Google Desktop, tendo como principal novidade a SideBar, uma barra de ferramentas lateral que busca integrar os servios oferecidos pelo Google Web Search. Em 2006, comea com o Google Video Store, por meio dela os produtores de vdeo passam a definir preos e licenas de uso para o seu contedo. O Google Desktop lanado com a capacidade de exibir os painis da SideBar em qualquer lugar da rea de trabalho. Poucas semanas depois, uma nova verso lanada em 15 idiomas. No dia 13 de abril, o Google Calendar lanado. O Google Talk ganha temas e imagens de exibio. Em parceria com a Nike, surge Joga.com, o portal dos amantes de futebol (BORGES, 2006).35

5

La Monica, Paul R. Google to buy YouTube for $1.65 billion CNN.com, 2006. (em ingls) Disponvel em: http://money.cnn. com/2006/10/09/ technology/ googleyoutube_ deal/index.htm Acessado em: 9 de outubro de 2006.

Dado obtido em 31/03/2008 na pagina Mundo Google, disponvel em http://blog. forbellone.com/ mundo-google

6

Possivelmente interessado em expandir o mercado de publicidade de vdeos por meio do AdSense e, tambm, em se consolidar como um dos maiores servios de Internet do mundo, foi anunciada, em 9 de outubro de 2006, a compra do YouTube pela empresa Google, pela quantia de US$1,65 bilho em aes 5 . O resultado desta aquisio foi a unificao do servio Google Vdeo com o YouTube (WIKIPEDIA, 2006). Na China, os conflitos com o governo se agravam e a empresa Google acaba censurando seu mecanismo de busca, atendendo as exigncias governamentais daquele pas. Revoltados, cerca de 20 usurios protestam na sede da Google. Ainda em 2006, a empresa Google mapeia o planeta Marte e disponibiliza esse servio na Web. O Google Earth ganha uma verso para Mac. Nasce o Google Finance com informaes sobre negcios e o GMail ganha recursos de chat. Atualmente, o Google Web Search possui mais de 25,270 bilhes de pginas indexadas (BORGES, 2006), e conta com mais de 17 mil funcionrios, tambm conhecidos como googlers, em todo o mundo6 (SANTANA, 2008, p. 22) e possui uma equipe de administrao a qual rene os profissionais de tecnologia mais experientes do mercado mundial (FORBELLONE, 2007 e GOOGLE-a, 2008). Mais de um bilho de pessoas usam os produtos da Google (SANTANA, 2008, p. 22). A figura 3, ilustra os escritrios da empresa Google pelo mundo.

Disponvel em: http://www.google. com/intl/pt-BR/ corporate/address. html Acessado em: 31/03/2008

7

Figura 3: Os escritrios da empresa Google no mundo. Fonte: Google, 2008 7 .

36

J no Brasil, a empresa Google possui dois escritrios, localizados em: GoogleBeloHorizonte Edifcio Top Hill Tower Av. Bias Fortes, 382 - Andares 6-9 Belo Horizonte, MG 30170-010 Fone: +55-31-2128-6800 Fax: +55-31-212- 6801 GoogleSoPaulo Google Brasil Internet Limitada Av. Brigadeiro Faria Lima n 3900 5 andar, Itaim So Paulo, 04538-132 Brasil Fone: +55-11-3797-1000 Fax: +55-11-3797-1001

A Google Inc. comandadaLarry Page Co-fundador e Presidente de Produtos Larry Page foi o primeiro Diretor Executivo da Google e desenvolveu a empresa at ela gerar lucro e ultrapassar o marco dos primeiros 200 funcionrios. Em abril de 2001, passou para o cargo de Presidente de Produtos. O interesse de Larry pelos computadores iniciou aos seis anos de idade, seguindo os passos do pai, se formou com meno honrosa pela Universidade de Michigan, onde obteve o ttulo de bacharel em Engenharia, com especializao em Engenharia da Computao. Quando cursava o doutorado em Cincia da Computao na Universidade de Stanford, conheceu Sergey Brin, e juntos criaram a Google (GOOGLE-a, 2008).378 As fotos apresentadas foram extradas do endereo http:// www.google.com/ corporate/execs. html. Acesse o referido endereo para saber mais sobre o corpo de executivos da Google.

Sergey Brin Co-fundador e Presidente de Tecnologia Sergey Brin nasceu em Moscou e bacharel, em Matemtica, com meno honrosa e Cincia da Computao pela Universidade de Maryland, em College Park. Atualmente, est afastado do doutorado em Cincia da Computao na Universidade de Stanford, onde cursou o mestrado (GOOGLE-a, 2008). Dr. Eric Schmidt Presidente do Conselho Executivo e Diretor Executivo Os fundadores da Google contrataram Eric Schmidt, ento presidente e diretor executivo da Novell, onde liderava o desenvolvimento de tecnologias. Desde que veio para a Google, Schmidt tem se concentrado na construo da infra-estrutura corporativa necessria para manter o rpido crescimento da empresa. Antes de trabalhar na Novell, foi diretor de tecnologia e diretor executivo na Sun Microsystems Inc., onde liderou o desenvolvimento do Java, e definiu a estratgia da empresa para a Internet. Antes de entrar na Sun, em 1983, ele foi membro da equipe de pesquisa do Laboratrio de Informtica na Xerox Palo Alto Research Center (PARC) e ocupou cargos na Bell Laboratories e na Zilog. Eric bacharel em Engenharia Eltrica, pela Universidade de Princeton, mestre e doutor em Cincia da Computao pela Universidade da Califrnia-Berkeley (GOOGLE-a, 2008).

38

4 Solues Google para todosA empresa Google possui suas solues direcionadas para cinco pblicos-alvos: indivduos, famlias ou grupos de interesse, pequenas empresas, empresas e escolas. Dentro desses grupos, ela apresenta sugestes de uso de suas tecnologias para montar um ambiente para comunicao, integrao, colaborao e publicao de contedos e facilidades para os negcios. Estes ambientes receberam o nome de Google Apps9 . O Google Apps oferece ferramentas de comunicao e colaborao avanadas que ajudam a aumentar os nveis de produtividade de empresas ou de grupos de trabalho. Ele inclui endereos de e-mail com at 25 GB de capacidade de armazenamento por conta de usurio, ferramentas de publicao que facilitam a disponibilizao de informaes empresariais importantes, tanto para os funcionrios quanto para os clientes, ainda, assistncia tcnica 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive suporte por telefone em vrios idiomas, disponibilizando especialistas dos produtos da empresa Google para cuidar das dvidas que possam surgir. Os servios de comunicao e colaborao da Google se baseiam em infra-estrutura segura e escalonvel10 , o que significa que no h quase nada para se gerenciar localmente. No necessrio nenhum hardware ou software especial; os usurios do Google Apps precisam apenas de computadores comuns, conectados Internet com navegadores Web padro. Para administrar os servios disponibilizados, basta efetuar login no painel de controle on-line, onde possvel adicionar, excluir e modificar contas de usurios, aliases11 e listas de e-mail, personalizar a rea de sua empresa, incorporando logotipos, esquema de cores e contedo personalizados, acessar ferramentas para personalizar sua Pgina Inicial e publicar pginas Web. Para pequenas empresas com infra-estrutura de Tecnologia da Informao (TI), o Google Apps Professional dispe de APIs de extensibilidade para promover a integrao com39

9 Para mais informaes acesse http://www.google. com/a/?hl=pt_BR 10

Escalonvel um termo utilizvel na Cincia da Computao para uma ambiente e infra-estrutura capaz de crescer conforme a necessidade da instituio. Significa segundo nome, ou apelido. Pode referenciar um endereo eletrnico alternativo de uma pessoa ou grupo de pessoas, ou um segundo nome de uma mquina. tambm um dos comandos bsicos do Unix.

11

12 Para mais informaes acesse http://www.google. com/a/help/intl/ pt-BR/admins/ control_panel.html

o diretrio de usurios existente, proporcionar logon nico a seus usurios, usar um gateway de e-mail ou ser integrado s solues de arquivamento e conformidade, fornecidas por parceiros da empresa Google e com garantia de disponibilidade do Gmail de 99,9%. Entre as funcionalidades oferecidas pelo Google Apps esto12 : Gerenciamento de domnio simplificado; Gerenciar contas de usurio; Modificao e publicao de pginas Web; Personalizao e configurao de servios; Migrao de arquivos de e-mail existentes para o Google Apps; e Integrao do Google Apps ao ambiente de TI e processos de negcios. Para criao do ambiente de comunicao, a empresa Google oferece contas do Gmail, o Google Agenda e Google Talk aos usurios que utilizam os domnios personalizados, ajudando-os a permanecer conectados e a trabalhar em equipe com mais eficincia. Para o ambiente de colaborao e publicao de contedos, oferece o Google Docs que permite que os usurios compartilhem arquivos e colaborem em tempo real. Outra tecnologia disponibilizada a Pgina inicial, a qual o primeiro lugar que os membros de sua famlia ou seus funcionrios visitaro para visualizar suas caixas de entrada de e-mails e agendas de trabalho, acessar contedos importantes e pesquisar na Web. Para o ambiente de facilidades para os negcios, a empresa Google permite que seja tudo hospedado na prpria Google; sem ter que instalar hardware ou baixar programas para o seu computador ou computadores da sua empresa, e sem ter preocupaes com manuteno e configurao dos softwares. Os usurios individuais da Google podem ter acesso a muitas de suas tecnologias sem necessidade de pertencerem a um grupo ou empresa. Para isso, basta clicar na opo mais e, depois, clicar novamente na opo e muito mais para se ter acesso a todo o arsenal tecnolgico.40

PESQUISAServioPesquisa na Web iGoogle ou Pgina Inicial Personalizada Acadmico Pesquisa de Livros Imagens Diretrio

DescrioPesquisa pginas de textos na Web. Personalizao da pgina inicial do Google com notcias, jogos, etc.

Endereo de Internetwww.google.com.br www.google.com.br/ig?source=b rmm

Pesquisa de trabalhos acadmicos scholar.google.com.br e tcnicos. Pesquisa de textos de livros. Pesquisa de imagens, grficos e fotos na Web. Navegue pela Web por tpico. Pesquisa de notcias com a possibilidade de arquivar a pesquisa realizada. Pesquise de forma integrada no seu prprio computador e na Internet. Receba atualizaes por e-mail sobre os temas de sua escolha. Permite compras on-line de forma mais rpida e segura. Explore o mundo a partir do seu computador. www.google.com.br/books www.google.com.br/imghp www.google.com.br/dirhp news.google.com news.google.com/archivesearch

Notcias

Desktop

desktop.google.com/pt/BR/inde x.html

Alertas

www.google.com/alerts

Checkout Terra

checkout.google.com earth.google.com

Finanas

Informaes de negcios, notcias finance.google.com e grficos interativos. Localizar e entrar em contato com empresa pelo telefone de graa. Pesquisa de patentes nos Estados Unidos da Amrica.

GOOG-411

www.google.com/goog411

Patentes

www.google.com/patents

41

PESQUISAServioPesquisas Especiais Vdeo Search

DescrioPesquisa temas especficos. Buscar vdeos no Google Video e YouTube. Para encontrar filmes, msica, quotas de aes e fundos, livros e muito mais.

Endereo de Internetwww.google.com/options/specia lsearches.html video.google.com

Web Search caractersticas

www.google.com/intl/en/help/fe atures.html

Bloco de notas

Recortar e coletar informaes ao www.google.com/intl/ptnavegar na Internet. BR/googlenotebook/tour1.html Consulta a mapas e traado de melhor rota. maps.google.com.br

Mapas

University Search

Pesquisa nas universidades, dos Estados Unidos da Amrica, permite restringir a pesquisa a uma determinada instituio de www.google.com/options/univer ensino. Utilize este Buscador para sities.html saber sobre informaes de admisso, horrios, ou notcias de grmios estudantis. Pesquisa de blogs sobre os assuntos que lhe interessam. Visualize pginas em outros idiomas.

Pesquisa de blogs

www.google.com.br/blogsearch

Traduo

www.google.com/language_tools

Comunicao, exibio, compartilhamento e inovaoAgenda Organize o seu programa e www.google.com/intl/ptcompartilhe eventos com amigos. BR/googlecalendar/tour.html

Blogger

Expresse as suas idias online.

www.blogger.com

Gmail

E-mail grtis, 2.8 GB de espao.

www.gmail.com

42

PESQUISAServioGrupos

DescrioCrie listas e grupos de discusso. Conhea gente nova e mantenha contato com seus amigos. Encontre, edite e compartilhe as suas fotos. Ligaes e mensagens instantneas via computador. Crie e compartilhe projetos online. Acesse seus arquivos onde estiver. Assista, faa upload e compartilhe vdeos. Construa modelos 3D de forma rpida e fcil. Comunicador instantneo do Google que permite o compartilhamento interativo de imagens entre amigos e familiares. Alm de integrar um chat, possibilitando que os usurios do programa possam conversar durante o compartilhamento das imagens. Hello parte integrante do Picasa. Mantenha-se atualizado verificando constantemente a existncia de novas notcias nos sites e blogs preferidos.

Endereo de Internetwww.google.com.br/grphp

Orkut

www.orkut.com.br

Picasa

picasa.google.com.br

Talk

www.google.com/talk

Google Docs

www.google.com/google-d-s

YouTube SketchUp

www.youtube.com sketchup.google.com

Hello

www.hello.com

Reader

www.google.com/reader

Page Creator

Crie e publique de pginas Web.

pages.google.com

43

PESQUISAExplorao e Inovao ServioAPI (Cdigo) Labs

DescrioDownload API e cdigo-fonte aberto. Explore a tecnologia do Google playground. Crie uma pesquisa personalizada experincia para sua comunidade.

Endereo de Internetcode.google.com labs.google.com

Custom Search

www.google.com/coop/cse

Ferramentas para o seu computadorPack Web Accelerator Pacote de software gratuito. Acelerador de pginas Web Adiciona uma barra de ferramentas ao navegador de Internet. pack.google.com webaccelerator.google.com toolbar.google.com/T4/intl/ptBR/index_pack.html

Barra de ferramentas

Google Earth

Permite voar para qualquer lugar na Terra e ver imagens de satlite, earth.google.com mapas, terrenos, edificaes em 3D e at explorar galxias no cu.

AdWords Editor

Aplicativo de gerenciamento de campanhas publicitrias do Google. Gerencie sua conta do AdWords no seu computador, realize as alteraes desejadas e, em seguida, faa upload das campanhas revisadas.

www.google.com/intl/ptBR/adwordseditor

Google Chrome

Navegador de Internet desenvolvido para ser rpido, estvel e seguro.

www.google.com/chrome

44

Para os grupos familiares, o Google Apps permite que todos os integrantes desses grupos se comuniquem e trabalhem em conjunto on-line, gratuitamente. Ele oferece contas de e-mail, de mensagem instantnea e de agenda com o seu prprio nome de domnio (por exemplo, [email protected] com), para manter seu grupo unido e criar uma identidade on-line. Tambm, pode-se criar e publicar pginas Web para mostrar as outras pessoas informaes sobre suas atividades. Para as pequenas empresas e empresas, o Google Apps oferece para seus funcionrios ferramentas de comunicao e colaborao que os ajudaro a aumentar sua produtividade. Inclui endereos de e-mail profissionais com 25 GB de capacidade de armazenamento por conta, ferramentas de publicao que facilitam o fornecimento de informaes tanto para funcionrios quanto para clientes. Para escolas, pode-se incorporar toda a comunidade do campus (alunos, corpo docente e equipe administrativa) para compartilhar informaes e idias com mais facilidade, com as ferramentas gratuitas de comunicao, colaborao e publicao do Google Apps Education, a qual inclui contas de e-mail do domnio da escola (por exemplo: [email protected] edu.br). Para isso, basta selecionar qualquer combinao dos servios e ferramentas disponveis e personaliz-los com o logotipo, o esquema de cores e o contedo da escola. Os usurios podem ser gerenciados usando o painel de controle ou as APIs para integrar o Google Apps aos sistemas existentes. Tudo isso pode estar hospedado na empresa Google, ou seja, no necessrio instalar, fazer download ou manuteno de hardware ou software. Todo este arsenal tecnolgico pode ser ativado rapidamente com o mnimo de suporte da equipe de TI da escola. A seguir, apresenta-se a sugesto de ferramentas que a empresa Google dispe para cada grupo de usurios:

45

COMUNICAO E CONEXOServioGmail

G1 G2 G3 G4 G5 Descrio6.5 6.5 25 25 6.5 E-mail, ferramentas de pesquisa de mensagem GB GB GB GB GB e bate-papo integrado. x x x x x Mensagens de texto e chamadas de voz gratuitas em todo o mundo. Recurso de agenda compartilhada para marcar reunies e outros eventos.

Google Talk

Google Agenda

x

x

x

x

x

Colaborao e publicaoPermite a criao de uma Pgina Inicial por meio da qual se pode acessar a caixa de entrada de e-mails, agenda, documentos e informaes de grupo, alm de pesquisar na Web a partir de um nico local. Criao, compartilhamento e colaborao na elaborao de documentos em tempo real. Criao e publicao de pginas Web.

Pgina Inicial

x

x

x

x

Google Docs Page Creator

x x

x x

x x

x x

x x

Gerenciamento de serviosPainel de Controle API de extensibilidade Ajuda e suporte x x x x x x x x x x x Gerenciamento de domnio e contas de usurios on-line. Opes disponveis para integrar seus sistemas de TI ou solues de terceiros existentes. Acesso a uma extensa base de conhecimentos on-line para obteno de suporte por e-mail.

Legenda:

G1 = Individual G2 = FamiliareGrupos G3 = PequenasEmpresas G4 = Empresas G5 = Escolas

Fonte: Google Apps, Disponvel em: http://www.google.com/a/?hl=pt_BR Acesso em: 3/04/2008

46

5 Um googol de possibilidades de pesquisas com a GoogleO Google Web Search, alm de oferecer acesso fcil a bilhes de pginas Web, possui muitas caractersticas especiais que podem ajudar no momento de uma pesquisa, permitindo desta maneira encontrar exatamente o que se est procurando. No link indicado, pode-se ter mais informaes sobre as caractesticas do Google Web Search.

www.google.com.br/intl/pt-BR/help/features.htmlA lista abaixo, conceitua cada ferramenta, destaca alguma caracterstica e indica a URL onde se pode acessar a ferramenta: Book Search: O Google Book Search uma ferramenta de pesquisa especializada em busca de livros, trabalhos acadmicos e tcnicos. O Google Book Search monta uma pgina de resultados de pesquisa com links para os livros que correspondem aos termos inseridos da caixa de pesquisa. Para acessar o livro ou mais informaes sobre o item pesquisado, clique no ttulo do livro e ter acesso pgina do livro que contm os termos pesquisados, bem como outras informaes sobre o mesmo. Ainda, o Google Book Search d a possibilidade de clicar no link Comprar este livro e ser direcionado a uma livraria que vende o livro online.

book.google.com.br Groups: O Google Groups uma ferramenta de colaborao utilizada para que um grupo de pessoas possa administrar e arquivar lista de e-mails, facilitar a comunicao e a colaborao e enviar arquivos entre os membros do grupo. O Google Groups oferece, ainda, grande capacidade de armazenamento e pginas personalizveis com opes de administrao do grupo. Quando realizada uma pesquisa no Google Web Search, muitas vezes, tambm apresentado na parte in47

ferior da pgina de resultados da pesquisa, itens que so do Google Groups. Estes itens so mensagens que os usurios de algum grupo de discusso postaram sobre um tema relacionado pesquisa realizada. Se clicar em um desses itens, ser conduzido para o texto completo da mensagem do grupo de discusso correspondente.

groups.google.com.br Image Search: O Google Image Search uma ferramenta de pesquisa de fotos, imagens, grficos, logos, figuras etc. que se encontram na Web. O Google Image search integrado ao Google Web Search, e esta integrao pode ser percebida quando algum realiza uma pesquisa, e o Google Web Search apresenta algumas imagens no topo da pgina de resultados. Outra maneira de forar o Google Web Search a encontrar imagens e fotos, utilizando as palavras pics ou imagem diante das palavras a serem pesquisadas.

images.google.com.br ProductSearch: O Google Product Search, faz busca de produtos usando o Google, com ele, pode-se encontrar produto que atenda melhor os seus termos de pesquisa com links que estaro na parte superior dos seus resultados de pesquisa. Os produtos apresentados esto ligados a lojas comerciais que participam do Google Product Search. Estes resultados no so propagandas, uma vez que a participao no Google Product Search totalmente gratuita para todos os comerciantes. Esta ferramenta apresentada no idioma ingls.

www.google.com/products LocalSearch: O Google Local Search uma ferramenta de busca de endereos que permite que seja pesquisado, por exemplo, uma loja ou empresa que esteja localizada em um determinado bairro. Outra forma muito interessante de utilizar esta ferramenta de pesquisa fornecendo o nmero do CEP que deseja localizar, como resultado o Google Local48

Search apresenta um mapa da regio com a localizao desse CEP. Outra forma de realizar pesquisa nesta ferramenta digitar na caixa de pesquisa o nome de uma loja ou empresa, como resultado o Google Local Search localizar as lojas que possuam esse nome na regio do mapa. Outra forma de pesquisa, a busca por cidades, para isso necessrio digitar o nome da cidade seguido do nome do pas onde est localizada essa cidade, como resultado ir mostrar um mapa localizando a cidade. O Google Local Search possui quatro maneiras de exibir o mapa, na forma de desenho (opo mapa), imagem de satlite (opo satlite), relevo do terreno (opo terreno) e trnsito.

maps.google.com.br Cinema: O Google Web Search possui um comando especfico para localizar crticas de cinema ou o local mais prximo onde o filme est sendo exibido. Para isso, digite na caixa de pesquisa o comando movie: seguido do nome do filme. Como resultado, o Google Web Search ir apresentar uma lista de crticas e solicitar que especifique a cidade que deseja saber a programao de cinema. Um ponto forte deste tipo de pesquisa que, o Google Web Search alm de apresentar as salas de cinema com a sua respectiva programao, permite integrar a lista de resultado com o Google Local Search, permitindo localizar a sala de cinema em um mapa. O comando movie: tambm faz procura de filmes relacionados com um determinado ator, diretor ou com outras informaes referentes ao filme. Os resultados de pesquisa so apresentados com um ranking de classificao mdia de cinco estrelas com base nas opinies emitidas sobre o filme. Para ter acesso a todos os comentrios, clique no boto Comentrios que est prximo do ttulo do filme. Outra maneira de chamar a pesquisa de cinema no Google Web Search, digitando na caixa de pesquisa a palavra movies. Dessa maneira o Google Web Search ir exibir49

uma lista de resultados e no topo uma caixa de pesquisa que permite ser inserido o nome da cidade onde deseja realizar a pesquisa, trazendo a programao de cinema dessa cidade, por sala de cinema.

www.google.com.br/movie MusicSearch: Para encontrar informaes sobre artistas, msicas, lbuns e onde comprar a msica que est procurando utilize o Google Music Search. Digite, na caixa de pesquisa, o nome do artista ou banda da sua preferncia que o Google Music Search trar como resultados informaes relacionadas na parte superior da pgina de resultados, exibindo opinies de fs, ttulos de canes, lojas onde comprar as msicas e outras informaes teis.

www.google.com.br Resultados Prefetching: Em algumas pesquisas, o Google Web Search automaticamente instrui o navegador para iniciar o download do primeiro resultado da pgina de resultados, antes mesmo de se realizar um clique nele. Isso feito para que esse resultado (a princpio o mais relevante) seja carregado mais rapidamente. O Internet Explorer no dispe dessa funcionalidade, apenas o FireFox. O recurso de prefetching pode ser desabilitado do seu navegador na rea de preferncias, conforme descrito no Mozilla Prefetching FAQ.

www.google.com.br Q & A ou Pergunta e Resposta: A ferramenta de Pergunta e Resposta est integrada ao Google Web Search e basta colocar uma frase com o fato que se deseja na caixa de pesquisa. O resultado da ser exibido no topo da pgina de resultados, assim como o link para a fonte da informao.

www.google.com.br

50

O Google Pergunta e Resposta tambm conhecido como Pesquisa de conhecimentos, e pode ser acessado por meio do endereo:

otvety.google.ruO Pesquisa de conhecimentos est em russo, portanto, use a ferramenta de idiomas do Google para traduzir o site para o portugus. Notcias: Ao realizar uma pesquisa no Google Web Search, ser apresentado links no topo da pgina de resultados destacados como Notcias. Estes links o conduzem a vrios servios de noticias que Google monitora continuamente. Os links de notcias aparecem quando as palavras utilizadas na pesquisa esto nas notcias. Tambm possvel ter acesso s noticias por meio da ferramenta especializada de pesquisa de noticias no endereo:

news.google.comO Google Notcias um site automatizado de notcias que monitora as manchetes de mais de 1.500 fontes de notcias em portugus no mundo todo, organizadas segundo o assunto e exibidas de acordo com o interesse de cada leitor. Esta ferramenta disponibiliza primeiro os links para diversos artigos sobre um determinado tema escolhido. Os artigos so selecionados e ordenados por computadores programados para avaliar, dentre outras variveis, com que freqncia e em que sites um artigo veiculado on-line. Resultado: as matrias so selecionadas sem considerar a linha editorial ou ideologia da fonte, e possvel ler diferentes perspectivas sobre o mesmo assunto. StreetMaps: Para usar o Google para fazer mapas ou encontrar rua, digite um endereo, incluindo o cdigo postal ou o nome da cidade/estado na caixa de pesquisa do Google. Exemplo:

51

Usualmente, basta digitar o endereo e o nome da cidade. Quando o Google encontra os dados da sua consulta, devolve um mapa, mostrando-lhe o endereo.

maps.google.com Telefnico: O Google Web Search possui uma ferramenta de pesquisa de telefones e endereos particulares e empresariais para os EUA. Esta ferramenta est integrada ao Google Web Search e seus resultados sero exibidos no topo da pgina de resultados que correspondam s palavras-chaves digitadas. Para utilizar este recurso, digite na caixa de pesquisa as seguintes combinaes: Primeiro nome da pessoa (ou letra inicial), ltimo nome, cidade (estado opcional); Primeiro nome da pessoa (ou letra inicial), ltimo nome, estado; Primeiro nome da pessoa (ou letra inicial), ltimo nome, o indicativo da zona; Primeiro nome da pessoa (ou letra inicial), ltimo nome, CEP; Onmerodetelefone,incluindooindicativodazona; Sobrenome,cidade,estado; Sobrenome,CEP. A Google tambm disponibiliza um mecanismo para retirar o seu nome com endereo e telefone da sua base de dados do Google PhoneBook.

www.google.com/help/pbremoval.html Refineasuapesquisa: Para pesquisas em certos temas, o Google Web Search apresentar uma lista de palavras-chaves que ajudaro a restringir a sua pesquisa e sero apresentadas no topo da pgina de resultados. Este recurso est disponvel na interface em ingls.

52

www.google.com.brEstes links so rtulos que foram atribudos a certas pginas por instituies, empresas e pessoas que conhecem os websites. A inscrio em um prestador de informaes pode ser feito visitando o Google Co-op diretrio, no endereo abaixo. O Google Co-op diretrio inclui tambm links subscritos, que fornecem informaes instantneas para seus resultados de pesquisa - tais como: reserva em restaurante, informaes financeiras, ou mesmo fofocas sobre celebridades.www.google.com/coop/subscribedlinks/directory/All_categories

Pesquisa por nmero: Em um esforo para organizar melhor a informao mundial, a Google prov acesso a um sistema de rastreamento de pacotes, patentes, marcas e muitos outros nmeros especializados que podem ser digitados na caixa de pesquisa do Google para se ter acesso rpido a informaes sobre as mesmos. Por exemplo, digitando um nmero de pacote da FedEx retornar as informaes mais recentes sobre o mesmo. Outros recursos especiais de pesquisa por nmero incluem:

53

www.google.com.br Informaesdeviagem: Para ver os atrasos e as condies meteorolgicas em um determinado aeroporto, digite a sigla do aeroporto composta trs letras seguidas da palavra aeroporto. Exemplo:

Outro exemplo, para verificar o status de um vo, escreva o nome da companhia area seguido pelo nmero do vo. Exemplo:

Para ver o status da United Airlines vo 134 digite:

www.google.com.br Quotas de Aes e Fundos de Aes: Para usar o Google para obter informaes sobre aes e fundos de aes, basta digitar a sigla dessa ao ou fundo na caixa de pesquisa.

Alternativamente, clicando nos links fornecidos pode-se ir diretamente para outros fornecedores de informao financeira para obter mais detalhes sobre essas aes ou fundos. A lista de fornecedores de informaes financeiras composta por itens que so selecionados e ordenados com base na po54

pularidade determinada por uma empresa independente de medio de audincia.

www.google.com.br Clima:Para ver as condies meteorolgicas e as previses de clima de um determinado local do mundo. Para isso, digite a palavra weather seguida do nome do local desejado. Normalmente, basta digitar o nome da cidade, mas tambm pode incluir o nome do estado ou o CEP ou o nome do pas. Exemplo:

Para saber o tempo em Palo Alto, digite:

Outro exemplo:

Todas as condies meteorolgicas e as previses so fornecidas pela empresa Weather Underground, Inc.

www.google.com.br Google Checkout: um rpido e conveniente processo de checkout que permite que clientes de sua empresa possam realizar compras de sua loja com um nico login e a empresa possa processar as compras e cobrar nos cartes de crdito ou de dbito do cliente. Esta ferramenta possui uma verso para o comerciante e outra para o comprador que podem ser acessadas nos endereos abaixo:

checkout.google.com/sell checkout.google.com

55

GoogleSitesouJotspot:Google Sites uma ferramenta para criao de sites de to fcil quanto criar um documento em um editor de texto. Use-o para centralizar todo tipo de informaes, desde vdeos a apresentaes e compartilhe com quem quiser.

www.jot.com sites.google.com GoogleMobile:O Google oferece os seguintes servios para celular: Maps: Mostra rotas, imagens de satlite e trnsito em tempo real em mapas interativos permitindo encontrar lugares para sair e empresas em diversas cidades. Agenda: Permite ver a sua agenda no seu celular em qualquer lugar. Pesquisa: Encontre o que deseja utilizando o Google Web Search. Gmail: Leia e escreva e-mails e abra anexos em uma interface projetada especificamente para celular. Notcias: Informe-se, a qualquer momento, sobre eventos locais e internacionais acessando as principais manchetes de notcias.

www.google.com.br/mobile Mecanismodepesquisapersonalizado: um motor de pesquisa personalizado que permite construir um mecanismo de pesquisa com as tecnologias da Google, que prioriza ou restringe os resultados da pesquisa baseada em Web sites e pginas que lhe so especificados. O motor de pesquisa personalizado pode ser adaptado de modo a refletir o seu ponto de vista ou rea de especializao. Com um motor de pesquisa personalizado, pode-se fornecer precises dentro das pginas dos resultados de pesquisa para tornar mais fcil aos usu-

56

rios a encontrar as informaes que desejam, adicionar sites ao motor de pesquisa enquanto navega na web, convidar seus amigos e usurios confiveis para co-editar e contribuir para o seu motor de pesquisa. Uma vez definido o motor de pesquisa personalizado, a Google lhe dar um pedao de cdigo que inserir uma caixa de pesquisa para colocar no site ou blog. Essa caixa de pesquisa poder ser personalizada segundo vrias opes de aparncia e funcionalidade.

www.google.com/coop/cse GrandCentral: uma ferramenta que permite receber todas as suas chamadas telefnicas em um nico lugar, centralizando todos os nmeros telefnicos. O GrandCentral no substitui os seus telefones; apenas os integra. Isso possvel porque criado um novo nmero que atribudo pessoa LifeTM e no est vinculado a um telefone ou um local. Este servio permite verificar mensagens telefnicas, e-mails, gravar todas as mensagens, gravar mensagens de boas-vindas, agenda telefnica etc.

www.grandcentral.com Google Base: um servio gratuito do Google que permite que voc publique praticamente qualquer tipo de informao.

base.google.com Google Radio Automation: a nica da indstria de terceira gerao Radio System Automation. Ela vem da mesma equipe que trouxe a DCS, o primeiro sucesso Radio System Automation, e Scott Studios, vendendo o melhor sistema de automao de rdio. GoogleGrants:O Google Grants o nico programa de publicidade gratuita destinado a organizaes sem fins lu-

57

crativos no Brasil que atendam s exigncias da Google e que sejam certificadas como Organizao No Governamental (ONG) ou Organizao da Sociedade Civil de Interesse Pblico (OSCIP) pelo Ministrio da Justia ou por outra entidade municipal ou estadual competente, como entidade filantrpica pelo Instituto Nacional de Seguridade Social, ou que sejam registradas como associao ou fundao no Cartrio de Registro de Pessoas Jurdicas competente. O Google Grants coloca as vantagens do Google AdWords disposio de organizaes sem fins lucrativos que busquem informar e engajar simpatizantes utilizando-se do meio eletrnico. Cada organizao que for beneficiada com o Google Grants recebe, pelo menos, 3 meses de publicidade gratuita.

www.google.com/grants Hello: um comunicador instantneo da Google que permite o compartilhamento interativo de imagens entre amigos e familiares. Alm de integrar um chat, possibilitando que os usurios do programa possam conversar durante o compartilhamento das imagens, Hello parte integrante do Picasa.

www.hello.com AdSense: O Google AdSense um servio rpido e fcil que permite aos editores de sites de todos os tamanhos veicular anncios Google discretos e relevantes nas pginas de contedo de seus sites e ainda ganhar dinheiro. O programa gratuito e combina publicidade de pagamento por clique e de pagamento por impresso. Em outras palavras, recebe-se pelos cliques vlidos nos anncios exibidos no seu site ou nas pginas de resultados de pesquisa e tambm pelas impresses nas suas pginas de contedo. Para participar do AdSense necessrio ter um site. Caso no tenha um, pode criar um blog gratuitamente em www.blogger.com ou criar e publicar pginas usando o Google Page Creator em: pages.google.com.58

www.google.com/adsense AdWords:Permite criar anncios e escolher palavraschave relacionadas ao seu negcio e quando as pessoas pesquisarem uma de suas palavras-chave no Google, seu anncio poder ser exibido prximo aos resultados de pesquisa. As pessoas podem clicar no seu anncio para realizar uma compra ou saber mais sobre sua empresa.

adwords.google.comO AdWords pode ser gerenciado a partir da rea de trabalho do seu computador por meio do aplicativo de gerenciamento de campanhas disponvel para download e gratuito da Google. Faa download da sua conta do AdWords para o computador e realize as alteraes desejadas e, em seguida, faa upload das campanhas publicitrias revisadas. O aplicativo pode ser baixado do link abaixo:

www.google.com/intl/pt-BR/adwordseditor FeedBurner: A FeedBurner uma empresa que foi recentemente adquirida pela Google que atua na distribuio e na comunicao social de audincia envolvendo servios de blogs e feeds RSS.

www.feedburner.com GoogleAnalytics: O Google Analytics mostra como as pessoas encontraram o seu site, como navegaram nele e como se pode melhorar o seu site para seus visitantes. Possui mais de 80 relatrios, sua conta gratuita do Google Analytics monitora os visitantes no seu site e mantm o monitoramento do desempenho das campanhas de marketing - independente de serem campanhas do AdWords, campanhas por e-mail ou de qualquer outro programa de anncios. Com essas informaes, saber quais palavras-chave esto realmente funcio59

nando, qual texto de anncio mais eficiente. Os anunciantes do AdWords tm todas essas vantagens nas suas contas do AdWords - o Google Analytics totalmente integrado ao AdWords.

www.google.com/analytics/pt-BRNeste captulo foram listadas vrias ferramentas da empresa Google. A maioria est integrada ao Google Web Search e so utilizadas de maneira transparente pelos internautas. Em muitos casos, o usurio do Google Web Search pode necesitar fazer uma busca mais refinada, com mais retries, para isso, aconselha-se utilizar o buscador apropriado para realizar a pesquisa sobre o assunto desejado. Para saber mais sobre os produtos e servios disponveis na Google, visite http:// www.google.com.br/support/bin/static.py?page=alpha_index. html&hl=en. Esse endereo exibir uma lista de ferramentas e servios em ordem alfabtica no idioma ingls.

60

PARTE 3

6 Google Web Searchwww.google.com.br

6.1

O que ?

O Google Web Search um buscador textual e permite ao usurio realizar buscar de uma ou vrias palavras. As palavras digitadas da caixa de busca tambm so denominadas de termos. O Google Web Search leva em considerao a localizao dos termos de busca dentro de uma pgina e o resultado exibido da pesquisa mostra onde se encontram na pgina os termos que foram pesquisados. Alm disto, analisada a proximidade destes termos dentro da pgina. Ao contrrio de muitos outros mecanismos de pesquisa, o Google Web Search d prioridade aos resultados de acordo com a proximidade dos termos pesquisados. Ainda, oferece uma pr-visualizao de cada resultado, extraindo o texto que corresponda a consulta dentro do resultado de busca.

6.2 Para que serve?O Google Web Search serve para realizar busca por palavra ou palavras que foram inseridas no campo de pesquisa. Como resultado, ser exibida uma pgina com a lista de resultados encontrados com a indicao das ocorrncias dos termos pesquisados dentro da pgina encontrada. A pgina que contm a lista de resultado da pesquisa chama-se de pgina de resultado. Os componentes de cada item do resultado so exibidos na figura abaixo, onde:

62

A Indica o ttulo da pgina na Internet que contm os termos utilizados na pesquisa. B Resumo da pgina com a indicao da ocorrncia dos termos utilizados na pesquisa. C Endereo da pgina na Internet. D Tamanho da pgina. E Indica que a pgina possui uma verso armazenada nos computadores da Google. F Procura por pginas que tratam sobre o mesmo assunto. G Insere mais um filtro na pesquisa.

6.3 O que devo fazer?Para fazer uma consulta no Google, basta digitar algumas palavras descritivas e pressionar a tecla enter (ou clicar no boto Pesquisa Google) para que o Google monte uma lista de resultados relevantes. O Google Web Search usa tcnicas sofisticadas de identificao exata de textos para encontrar pginas que sejam tanto importantes como relevantes para a sua busca. Por exemplo, quando o Google Web Search analisa uma pgina, ele olha para o que as outras pginas que esto vinculadas mesma tem a dizer sobre ela. O Google Web Search prefere as pginas nas quais os termos de busca estejam prximos entre si. Para entender como utilizar o Google Web Search, fazse necessrio saber quais so os elementos que compe uma pgina de resultado.

63

A.Guias Clique na aba do tipo de pesquisa que deseja realizar. Escolha entre pesquisar na Web, Imagens, Mapas, Notcias, Orkut, Gmail ou mais. B.BotoPesquisaGoogle Clique nesse boto para submeter seus termos de pesquisa. C. PesquisaAvanada D acesso a uma pgina que permite restringir a pesquisa, se necessrio. D.CampodePesquisa Para solicitar uma pesquisa no Google, simplesmente digite algumas palavras-chave sobre o assunto a pesquisar. Aperte a tecla Enter ou clique no boto Pesquisa Google para obter sua lista de resultados relevantes. E. Preferncias D acesso a uma pgina que permite definir preferncias, incluindo o nmero padro de resultados por pgina, o idioma da interface, e se os resultados sero selecionados usando o filtro SafeSearch. F. BarradeEstatsticas Esta linha descreve a pesquisa realizada e indica o nmero de resultados retornados, assim como a quantidade de tempo que levou para complet-la. G. DicasdePesquisa D acesso a informaes que ajudaro a pesquisar de forma mais eficiente, tais como as diferenas entre o Google e outros mecanismos de busca, desde a forma como o Google com consultas bsicas at as facilidades especiais que o diferenciam. H. Informaesrelevantes A tecnologia de pesquisa do Google Web Search localiza inmeras fontes especializadas de informao. As informaes mais relevantes busca so includas no topo dos resultados. Notcias, o tempo, cotaes de aes da bolsa e sites da regio pesquisada so resultados adicionais gerados com uma nica busca.

64

I. TtulodaPgina A primeira linha do resultado o ttulo da pgina Web encontrada. Ocasionalmente, em vez de um ttulo haver um URL, o que significa que essa pgina no tem ttulo, ou que o Google no indexou todo o contedo dessa pgina. Apesar disso, sabese que este um bom resultado por causa de outras pginas Web que j foram indexadas e que tm links para essa pgina. Se o texto associado com esses links coincide com o texto da consulta, ento retornar a pgina como resultado, mesmo que nem todo o seu texto tenha sido indexado. J. Textodebaixodottulo Este texto um excerto da pgina-resultado com os termos de pesquisa em negrito. Estes excertos permitem prever o contexto no qual os termos de pesquisa aparecem na pgina, antes de clicar no resultado. K. URLdoResultado Este o endereo Web do resultado. L. Tamanho Este nmero o tamanho da parte texto da pgina Web encontrada. omitido para sites que ainda no foram indexados, no constam no cache. M. EmCache O Google armazena muitas pginas da Web em cache (memorizado) como se fosse um backup, no caso do servidor da pgina estiver temporariamente fora do ar. Realizar a pesquisa em cache , geralmente, muito mais rpido do que pelo link normal, porm, a sua informao pode ser menestar desatualizada com relao quela se encontra no site. Para utilizar este recurso, clique no link em cache que permitir ver o contedo da pgina tal como era no momento em que o Google a pesquisou e indexou. Os termos utilizados na pesquisa sero realados na verso em cache. N. Pginassimilares Quando selecionado o link de Pginas Similares para um determinado resultado, o Google automaticamente explora a Web para encontrar pginas relacionadas com esse resultado.65

O.ResultadoEndentado Quando Google encontra mltiplos resultados para um mesmo Website, o resultado mais relevante listado primeiro com as outras pginas relevantes desse mesmo site endentadas logo abaixo dele. P.Maisresultados Se existirem mais de dois resultados de um mesmo site, os resultados podem ser vistos no link Mais resultados de....

6.3.1 Realizando uma pesquisa bsica muito fcil fazer uma pesquisa no Google. Para isso, basta digitar um ou mais termos de pesquisa na caixa de pesquisa e clicar no boto PesquisaGoogle. Em resposta, o Google gera uma pgina de resultados. Esta pgina de resultados consiste em uma lista de pginas da Web relacionadas aos termos da pesquisa digitados, sendo que os resultados mais relevantes estaro aparecendo primeiro, seguidos pelos menos relevantes. Aescolhadostermosdepesquisacertosessencialpara encontrarasinformaes. Para iniciar uma pesquisa, faa primeiro a definio do assunto que ser pesquisado, depois liste algumas palavras que esto relacionadas ao assunto. Exemplo: Quero fazer uma pesquisa sobre Desenvolvimento Sustentvel. Desenvolvimento Sustentvel o meu assunto, porm, se faz necessrio ser mais especfico para obter uma lista enxuta de resultados, por isso, vamos procurar relacionar mais termos ao assunto. Uma lista de termos relacionados, poderia ser: desenvolvimentohumanosustentvel econmico impactoambiental regionorte Brasil66

Com a lista de termos criada, coloque todos os termos na caixa de pesquisa, assim voc ter melhores resultados do que realizando uma pesquisa com os termos separadamente.

O Google aceita at 10 termos digitados na caixa de pesquisa que devem estar separados apenas por espao em branco. Repare que no exemplo foram combinadas vrias frases com termos.

6.3.2 Letras maisculas/minsculas interessam?As pesquisas padres do Google no so sensveis a acentos ou sinais diacrticos, ou seja, no so sensveis a maisculas e minsculas. Todas as palavras, independentemente da forma como forem escritas, sero entendidas como minsculas. Exemplo:

A pesquisa com os termos: IgnacySachs ignacysachs IgNacYSaCHs IGNACYSACHS Retornaro os mesmos resultados.

6.3.3 Consultas com e automticoPor padro, o Google s retorna pginas que incluam todos os seus termos de pesquisa. No h necessidade de incluir o booleano and entre os termos. Para tornar a pesquisa mais restrita, basta incluir mais termos.

67

Exemplo: Para encontrar o site do Centro de Desenvolvimento Sustentvel da Universidade de Braslia, digite:

A ordem que os termos so digitados afeta o resultado da pesquisa.

6.3.4 Pesquisas de frases exatasEm alguns casos, voc pode querer obter resultados apenas para uma frase exata, para isso, basta digitar os termos de pesquisa entre aspas. Exemplo: As pesquisas de frases so mais eficazes se estiver pesquisando nomes prprios (SantosDumont), letras de msica (a belezadeserumeternoaprendiz), frases famosas (Um pequenopassoparahomem,umgrandesaltoparaahumanidade) ou pargrafos de um texto.No Google Web Search o caracter curringa o * (asterisco). O caracter curinga representa palavras inteiras de um texto, para que a pesquisa retorne uma seqncia contnua de palavras.13

6.3.5 Radicais de palavrasO Google no utiliza radical de palavras, nem caracteres curingas13 . Isso se deve ao fato de o Google realizar pesquisas que retornam resultados mais precisos, ou seja, o Google procura exatamente pelas palavras que so inseridas na caixa de pesquisa. Se realizar uma pesquisa por trans, Google no procurar por transporte ou transgnico.

68

6.3.6 Excluso automtica de palavras comuns ou palavras de paradas (palavras descartveis)O Google ignora palavras e caracteres comuns, como onde e como, bem como determinados dgitos e letras isoladas. Esses termos dificilmente ajudam a restringir uma pesquisa e podem torn-la m