PHD 5729 SIMULAÇÃO HIDROLÓGICA Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de...

of 20/20
PHD 5729 SIMULAÇÃO HIDROLÓGICA Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia Hidráulica e Sanitária Prof. Rubem La Laina Porto
  • date post

    17-Apr-2015
  • Category

    Documents

  • view

    104
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of PHD 5729 SIMULAÇÃO HIDROLÓGICA Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de...

  • Slide 1
  • Slide 2
  • PHD 5729 SIMULAO HIDROLGICA Escola Politcnica da Universidade de So Paulo Departamento de Engenharia Hidrulica e Sanitria Prof. Rubem La Laina Porto
  • Slide 3
  • Simulao Matemtica A simulao uma tcnica de modelagem que utilizada para aproximar o comportamento de um sistema no computador, representando todas as caractersticas essenciais do sistema por uma descrio matemtica ( Maas et al., 1962).
  • Slide 4
  • Os modelos de simulao matemtica, em recursos hdricos, tm hoje aplicao muito ampla em diversas reas, como na quantificao dos processos do ciclo hidrolgico, na anlise da qualidade das guas em rios, operao de reservatrios e nos aqferos subterrneos, nos processos hidrulicos do escoamento da gua em rios, mares e subsolo e nos modelos ambientais e meteorolgicos.
  • Slide 5
  • Os modelos so uma representao do mundo real. Os fenmenos so muitas vezes complexos, o que exige sua simplificao para se iniciar o processo de modelagem. Os modelos devem ser vistos como ferramentas de compreenso dos fenmenos e de deciso sobre alteraes dos sistemas que se analisam.
  • Slide 6
  • CONCEITOS FUNDAMENTAIS Simplificao do Sistema Preservao da Essncia OBJETIVOS Preciso Resoluo
  • Slide 7
  • Por que se utilizam modelos?
  • Slide 8
  • Slide 9
  • Em resumo- Modelos so ferramentas para: Auxiliar a compreenso do comportamento dos sistemas Prever resultados de alteraes introduzidas nos sistemas Auxiliar a tomada de decises sobre intervenes nos sistemas Gerar informaes adicionais ou complementares
  • Slide 10
  • Caractersticas desejveis
  • Slide 11
  • Slide 12
  • O DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO PASSA POR UMA SRIE DE PASSOS SEQUENCIAIS, RECURSIVOS E INTERRELACIONADOS. O Fenmeno. O entendimento de um fenmeno determina a que ponto se pode desenvolver um modelo aceitvel, que fornea uma soluo ao problema que se pesquisa.
  • Slide 13
  • O Problema. Conhecido o fenmeno, preciso delimitar o problema, ou seja definir quais variveis e funes principais que se deve resolver para se responder s questes que so impostas.
  • Slide 14
  • Objetivos, Restries e Critrios Devem ser declarados, consistentes e objetivos. o passo mais importante do processo de modelagem para que se possa testar o modelo e avaliar seus resultados.
  • Slide 15
  • Definio do Modelo. Significa especificar todas as variveis envolvidas, as equaes que descrevem o processo, identificar os parmetros, as condies iniciais, as condies de contorno e as propriedades. Ou seja, esse passo consiste na listagem completa das variveis de entrada, nas intermedirias e nas variveis de sada do modelo.
  • Slide 16
  • Formulao e Verificao Formulao: a seleo das equaes matemticas e algoritmos que reprentam os processos e as interrelaes entre os componentes do sistema Verificao: o processo de anlise da estrutura, da lgica e da formulao das equaes, para assegurar que o modelo represente adequadamenta a realidade.
  • Slide 17
  • Calibrao do Modelo. o passo em que se fornecem valores numricos para as variveis, parmetros, condies de contorno e iniciais, para verificar a concordncia entre o fenmeno ou processo modelado e o real. O ajuste pode ser feito atravs da modificao dos parmetros dentro de limites compatveis com seus significados fsicos
  • Slide 18
  • Validao do Modelo. Com base em um conjunto de dados reais, verifica-se a aproximao dos resultados do modelo ao mundo real, no se alterando mais os parmetros que foram definidos na etapa da calibrao.
  • Slide 19
  • Anlise de Sensibilidade Testes destinados anlise de respostas do modelo a modificaes de sua estrutura, da forma das equaes que representam o processo, da discretizao temporal e espacial, das condies iniciais e de contorno, dos parmetros etc. Determina a importncia de cada parmetro.
  • Slide 20
  • Avaliao e Simulao Avaliao: Consiste em uma srie de testes que visam incorporar ou modificar alguns dos passos anteriores. a etapa de refinamento Simulao. O modelo pode ser agora utilizado para os propsitos para os quais foi projetado
  • Slide 21
  • GUA Mgica ! substncia Inodora Incolor Inspida e...