rl.art.br · Web viewESTACIONADA EM UM TEMPO QUE EVOLUI E NÃO CRESCI. GOSTARIA DE...

Click here to load reader

  • date post

    30-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of rl.art.br · Web viewESTACIONADA EM UM TEMPO QUE EVOLUI E NÃO CRESCI. GOSTARIA DE...

38

Milagres existem, basta saber encontr-los...

A ESPERANA VEM DO CU...AS RIQUEZAS VO PRO MAR

PEA TEATRALDE JORGE GOMES DE OLIVEIRA

GNERO:MUSICAL AFRO BRASILEIRO

RIO DE JANEIRO, RJ, 1982.

A ESPERANA VEM DO CU...AS RIQUEZAS VO PRO MAR

PEA TEATRAL DE: JORGE GOMES DE OLIVEIRAGRERO: MUSICAL AFRO BRASILEIRO ADULTO SEM DIVISO DE ATO.

REGISTRO NO ESCRITRIO DE DIREITOS AUTORAIS DA BIBLIOTECA NACIONAL/RJ EDA, SOB O N 27.370.

PERSONAGENS

Sara Jornalista;Julio Jornalista;Z Pescador;Tain Mestia, esposa de Z;Amncio Amigo de Z;Margarida Esposa de Amncio;Baiana 1 Descendente de Africanos da tribo Nag;Baiana 2 Descendente de Africanos, Muulmana;Baiana 3 Descendente de Africanos,Muulmana;Carminda Descendente de Gangaceiros;Quincas Malandro famoso na Bahia;Dico Amigo de Quincas;Negro 1;Negro 2.

CENRIO

O Palco dever reproduzir uma Praia do litoral Baiano com riquezas de detalhes, tais como: Areia, rvores, barcos, etc.Poder ser desenvolvido com pintura em painel fixado no fundo do palco.O espao cnico poder representar a areia.Detalhes a critrio da produo do espetculo.

NOTA DO AUTOR

Respeitando a liberdade de criao, fica a critrio da produo do espetculo a composio das msicas e coreografias especiais.No texto j esto s letras das msicas e as indicaes de entradas das coreografias.

((ABRE-SE A CORTINA))((FUNDO MUSICAL))((CORTA A MSICA))

((EFEITO ILUMINAO CLAREANDO O ESPAO CNICO))

ENTRAM EM CENA, LENTAMENTE, PELA PLATIA, SARA E JULIO NAS MOS ALGUMAS MUCHILAS APARNCIA CANSADA SOBEM NO PALCO JOGAM AS MUCHILAS NO CHO OBSERVAM O ESPAO CNICO COM CURIOSIDADE.

JULIO(SENTADO-SE NO CHO)SARA... AT QUE ENFIM, CHEGAMOS...DEMORAMOS TANTO PARA CHGARMOS AQUI QUE S VEZES PENSO QUE ESSA PRAIA, ESTE ESTADO, ESSE PAS... TUDO ISSO EST SEPARADO DO MUNDO. (PAUSA/SORRI).PERDIDO NO TEMPO, AUSENTE DE TODAS AS TRASFORMAES QUE PASSAMOS ATRAVS DOS ANOS.

SARAESTE LUGAR TE PARECE ESTRANHO, JULIO, PORQUE EST DISTANTE DE TODAS AS BANALIDADES QUE CONVIVEMOS NAQUELE MEDOCRE JORNAL EM QUE TRABALHAMOS... APOSTO COMO EST SENTINDO FALTA DOS CADVERES DO DIA A DIA... TODA QUELA VIOLNCIA SEMPRE SERVIU DE CLOSE PARA A LENTE DE SUA CMERA, NO MESMO?

JULIOVAI QUERER ME CONVENCER QUE NESTE LUGAR ESTAMOS DISTANTES DA VIOLNCIA? RIO DE JANEIRO, BAHIA, BRASIL... TUDO FAZ PARTE DE UMA MESMA REALIDADE. (PAUSA) SOU UM APAIXONADO POR VOC, ESTAMOS JUNTOS PORQUE ADMIRO ESTA SUA SENSIBILIDADE, ESTE SEU ILUSIONISMO... (PAUSA) VOC QUER ENCONTRAR AQUI O BONITO, O SENSVEL, O FILOSFICO, MAS NO FUNDO, BEM L NO FUNDO, VOC IGUALZINHA A MIM, EST COMO EU, EM BUSCA DE UMA NOTCIA DIFERENTE.

SARA(SENTANDO-SE AO LADO DE JULIO/BEIJA-LHE O ROSTO)VOC SEMPRE FOI UM ADMIRVEL OPORTUNISTA... AO MESMO TEMPO, CORRENDO PARALELO, SEMPRE FOI UMA CRIANA CHEIA DE DOURA... OLHAR PIDO, GESTOS INSEGUROS E UM MEDO INTERMINVEL DE ENXERGAR NOSSA DURA REALIDADE.

JULIOE O QUE A REALIDADE? NO SERO AS FOTOS REVELADAS EM MEU LABORATRIO? NO SERO AS MANCHETES QUE FALAM NAS GUERRAS, NAS DROGAS, NOS ASSASSINATOS EM SRIE? (PAUSA) A REALIDADE NO SEREI EU E VOC, QUE APESAR DE NOSSAS CONTRARIEDADES ESTAMOS JUNTOS NESTE LUGAR?{A REALIDADE SEMPRE SE REPETE EM NOSSO DIA A DIA... NOS JORNAIS, NAS REVISTAS, NA TV, EM UMA ESQUINA QUALQUER DE NOSSAS VIDAS, DENTRO DO UNIVERSO.

SARA(LEVANTANDO-SE)VOC TEM RAZO... (CAMINHA EMOCIONADA) TUDO QUE SE NOTICIA FAZ PARTE DE UMA MESMA REALIDADE... VISVEL AOS FOTGRAFOS, LOCUTORES, REDATORES... MAS EXISTE O OUTRO LADO E ESTE NO INTERESSANTE QUE SE CONHEA PORQUE FATOS POSITIVOS NO VENDEM JORNAIS.

JULIOVOC CONSEGUE SER INCRVEL, SARA... TEM SEMPRE UMA RESPOSTA NA PONTA DA LNGUA.

SARAPROCURO NUNCA FUGIR, JULIO... DE QUE ADIANTARIA? FUGIR DE SITUAES O MESMO QUE FUGIR DE NS MESMOS.

JULIO(LEVANTANDO-SE)ACHO MELHOR DARMOS UMA PAUSA EM NOSSAS FILOSOFIAS E PARTIRMOS PARA UMA LINGUAGEM MAIS OBJETIVA EM NOSSA EMOTIVA CONVERSA... (PAUSA) O QUE ESTAMOS FAZENDO AQUI? O QUE ESTAMOS PROCURANDO AFINAL?

SARAACHO QUE J TE EXPLIQUEI MUITO BEM...

JULIO(SORRINDO) VOC ME PARECEU TO INTERESSADA NESTA VIAGEM QUE TUDO QUE ME DISSE SE RESUMIU EM UM EMARANHADO DE PALAVRAS NO ENTENDVEIS E QUE AT AGORA BUSCO EXPLICAO;

SARAJ EST COM SAUDADE DA CIDADE GRANDE? DE TODAS AS CRUELDADES?

JULIONO VAMOS RECOMEAR COM NOSSAS CONTRARIEDADES... A VERDADE QUE ESTAMOS NO LITORAL BAIANO, EM UMA PRAIA HIPER AFASTADA QUE S ENCONTRAMOS GRAAS AO SEU DOM MARAVILHOSO DE ARRANCAR INFORMAES... E TUDO ISSO PARA QU?

SARA(SORRINDO)J SEI... COMO ME PODERIA ERSQUECER? HOJE O LTIMO DIA DO ANO, SUAS REUNIES SOCIAIS TE ATRAEM, NO MESMO?

JULIOO RIO DE JANEIRO CONTINUA LINDO, TE CONFESSO QUE SENTIREI FALTA DE UMA TAA DE CHAMPAGNE E DE UM CACHO DE UVA MEIA NOITE, A NO SER QUE VOC CONSIGA ME PROPORCIONAR UM PROGRAMA MELHOR POR AQUI.

SARACOMO SER O ROMPER DO ANO DE UM REPRTER DE TRAGDIAS?

JULIOPOLICIAL, MINHA QUERIDA, REPRTER PLICIAL E MESMO ASSIM, VOC NO DEVERIA SE DIFERENCIAR TANTO... AFINAL, TRABALHAMOS NO MESMO JORNAL, SOMOS NOIVOS E PASSAMOS O FINAL DE ANO PASSADO JUNTOS... LEMBRO-ME BEM DA TUA FELICIDADE... SOCIALMENTE CONSIGO FAZER AS PESSOAS FELIZES... NO VIVO SUGANDO CADVERES PARA FOTOGRAFAR.

SARA(DAND0 GARGALHADAS)QUE BONITINHO... VOC ACHA QUE DEVEREI ME SENTIR FELIZ E REALIZADA PORQUE PELO MENOS UMA VEZ POR ANO VOC RESOLVE TIRAR A FANTASIA?

JULIOVOC DEVE SE SENTIR REALIZADA PORQUE DURANTE TREZENTOS E SESSENTA E QUATRO DIAS DO ANO SOU UMA PESSOA RESPEITOSAMENTE ACOMODADA EM MINHA PROFISSO. (PAUSA) VOC AINDA NO ME RESPONDEU O QUE VIEMOS FAZERR AQUI. EST COM MEDO QUE EU ACHE QUE NO TENHA VALIDO A PENA? NO SE PREOCUPE, SUA COMPANIA EST ACIMA DE QUALQUER SACRIFCIO.

SARAQUAL COMPANIA? A AFETIVA OU A INTECTUAL?

JULIO(SORRINDO)SOU AFETIVAMENTE LIGADO A SUA INTECTUALIDADE. UMA COMPLETA A OUTRA... VAI RESPONDER OU NO A MINHA PERGUNTA?

SARAVOC NO D MESMO FLEGO AOS SEUS ENTREVISTADOS.

JULIODOMIN BEM MINHA PROFISSO... SEI QUE QUANDO O ENTREVISTADO DESEJA FUGIR DE UMA PERGUNTA NO PODEMOS DAR MUITO TEMPO PARA QUE ELE CRIE RESPOSTAS EVASIVAS.

SARAVOC ACHA QUE EU MENTIRIA PRA VOC?

JULIOE PORQUE NO? TO COMUM ENTRE AS PESSOAS... A VERDADE DE DIFCIL CONVIVNCIA.

SARATALVEZ NO ACREDITE, MAS EXISTEM MISTRIOS NESTE PEQUENO LUGAR, MISTRIOS ESTES QUE NO PRETENDO DESENDAR, APENAS CONHECER... POUQUSSIMAS PESSOAS FREQUENTAM AQUI... NO LTIMO DIA DO ANO, AS RAAS SE UNEM, NEGROS, BRANCOS, MESTIOS... TODOS JUNTOS EM ADORAO AO MAR... QUEM ME FORNECEU ESTAS INFORMAES, DISSE QUE APESAR DE MISTERIOSO, CHEGA A SER EMOCIONANTE E EU ESTOU MESMO PRECISANDO DE EMOES DIFERENTES NESTE FINAL DE ANO.

JULIOENFIM... ESTAMOS AQUI PARA FAZERMOS A COBERTURA DE CREENTICES POPULARES... DE VNERAO A DEUSES, SANTOS, SEREIAS, MEROS PERSONAGENS DA FICO E QUE J FORAM EXAUSTIVAMENTE MUITO BEM RETRATADOS EM LIVROS DE FOLCLORE, FILMES E NA LITERATURA DE ROMANCISTAS FAMOSOS... PARA ISSO NO PRECISARAMOS VIR TO LONGE... POR L TAMBM TEM DESSAS COISAS.

SARARIDCULA ESTA SUA POSIO, TEM MOMENTOS QUE VOC LCIDO, MADURO, BRILHANTE, OUTRAS HORAS, ME PASSA UMA IMAGEM PROFUNDAMENTE INANTIL E RETRGADA.

JULIOME PERDOE, SARA... ESTOU SENDO RADICAL, POSSO AT NEM ACREDITAR NESTAS MANIFESTAES MSTICAS OU COISA PARECIDA, MAS TENHO QUE RESPEITAR.

SARAMAS SE FOSSE ESSE TIPO DE COISA NEM EU VIRIA, ACONTECE JULIO, QUE NO NADA DISSO, NO VIM COMO JORNALISTA, VIM PARA VER O QUE LEVA PESSOAS A ACREDITAREM EM ALGO SEM LUCRO MATERIAL. O QUE SUSTENTA TUDA ESSA CRENA A F DURANTE ANOS. A INFLUNCIA DA NATUREZA, A MISTURA DE RAAS...

JULIO(INTERROMPEDO-A)A INFLUNCIA AFRICANA NA CULTURA BRASILEIRA...

SARAISSO MESMO, VOC J COMEA A ME ENTENDER.

JULIO UM ASSUNTO COMPLEXO QUE A NS NO INTERESSA.NO SOMOS HISTORIADORES.

SARA(LEVANTANDO-SE/NERVOSA)J TE FALEI QUE NO ESTOU AQUI A TRABALHO. (PAUSA) QUERO TER ASSUNTOS NOVOS PARA CONTAR QUANDO VOLTAR... PRECISO REFAZER A MINHA HISTRIA.

JULIO MUITO BONITO, MAS SEM ENCANTAMENTO ALGUM, SEM UM MNIM DE LGICA.

((SARA SE POSICIONA DIANTE DA PLATIA))

MONLOGO: MULHER VIAJANTE

SARAGOSTARIA DE NO SER UMA MULHER ERRANTE,TO MAL INTENCIONADA E VIVIDA;ESTACIONADA EM UM TEMPO QUE EVOLUI E NO CRESCI.GOSTARIA DE NO SER PERVERSA;HONESTA E TRISTE;NO MEU CANTO DE SOLIDO.GOSTARIA DE CONHECER AS RIQUEZAS;AS RAZES, INCERTEZAS.GOSTARIA DE SATISFAZER MINHA JUVENTUDE;VIAJAR EM MEUS SONHOS SEM MEDIR ATITUDES.GOSTARIA DE SER EU MESMA;SEM CLASSE, SEM DISFARCE;SEM MOLDURAS.GOSTARIA DE DESABOTOAR TRES CASAS...(DESABOTOA TRES BOTES DE SUA BLUSA)ME DESPIR E PARTIR;ME BANHAR NESTE MAR, DELEITAR DE UM DESEJO PURO;SEM ME INIBIR.EXIBIR MEUS SEIOS, FAZER VOAR MEUS CABELOS E VIAJAR...(PAUSA)VIAJAR PARA SEMPRE!

JULIO(LEVANTANDO-SE E SE POSICIONANDO ATRS DE SARA)TEU PUDOR NO TE PERMITIRIA TANTAS VIAGENS...

SARAMANDARIA PARA O INFERNO TODOS OS MEDOS, PUDORES E FRACASSOS, MINHA FORA EST AQUI...O MEDO NO IRIA ME FERIR...NEM ME DEIXARIA SANGRAR!

JULIO(ABRAANDO SARA)VOC MUITO BONITA, SARA... SENSVEL E ADORVEL, MAS CHEGA A SER BURRA QUANDO IMAGINA QUE OS ILUSIONISTAS VIVAM BEM.

((JULIO E SARA BEIJAM-SE APAIXONADAMENTE))

JULIOOS TAMBORES TE SOARO COMO GRITOS, ARREBENTANDO SEUS TMPANOS, AS PESSOAS TE PARECERO ESTRANHAS, O MUNDO VAI TE APARECER ESTRANHO... SER MAIS CRUEL QUE UM PESADLO, MAS ESTAREI AQUI PARA TE PROTEGER.

SARASE FOR BONITO, NO ME ENLOUQUECER...

JULIOSER BONITO, ATRAENTE, DIFERENTE, MAS SER VAZIO, SARA...

((PAUSA))

SARABEIJE-ME, INTENSO, FORTE, PROFUNDO, QUERO A EMOO, QUERO A APARNCIA DO NO PROIBIDO E DO NO PERMITIDO, QUERO ME SENTIR NO AUTNTICO PARASO... O MAR EST LOGO ALI, NA NOSSA FRENTE... OS RAIOS DO SOL TORNAM AS GUAS DO MAR CRISTALINAS E ESTA GUA SER O NOSSO CHAMPAGNE DE FINAL DE ANO. (PAUSA) BEIJE-ME, TOQUE MEUS LBI