Transcrição gênica

download Transcrição gênica

of 34

  • date post

    09-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    1.031
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of Transcrição gênica

Transcrio gnica

Transcrio gnicaA sntese de RNAApostila p. 99 a p.101O processo por meio do qual a ordem de bases passada do DNA para o RNA chamado de transcrio.A transcrio realizada por um complexo enzimtico cuja enzima chave a RNA polimerase, composta de vrias subunidades e que realiza a polimerizao do RNA a partir de um molde de DNA.Em procariotos existe apenas um tipo de RNA polimerase enquanto nos eucariontes existem trs.

A transcrio tambm ocorre no sentido 53Ao contrrio da replicao, envolve certos trechos do DNA, os genes, e ocorre durante toda a vida normal da clula. o primeiro passo para a expresso gnica, que significa a transformao do que informao (DNA) para o que uma caracterstica do organismo. Esse processo ocorre em trs etapas principais, a iniciao, o alongamento e o trmino, cada um contendo fatores especficos. INICIAO DA TRANSCRIOEnzimas especficas desfazem da dupla-hlice do DNA.Este processo ocorre apenas no gene que dever ser transcrito.A sntese de RNA comea em regies do DNA chamadas de promotoras - sequncias especficas reconhecidas pela RNA-pol - que direcionam a transcrio dos genes.Essas sequncias podem ser bastante variveis, porm, mantm conservadas regies responsveis pela funo promotora. Em procariotos, duas dessas regies esto presentes a cerca de 10 e 35 pares de bases acima do ponto de incio da transcrio. So elas: 5 TATATT 3 e 5' TTGACA 3, respectivamente. Nos eucariotos a principal regio promotora conhecida como TATA box.

AlongamentoA RNA-pol atua apenas em uma das fitas de DNA.A fita utilizada sempre a mesma e denominada fita codificante ou ativa.A RNA-pol encaixa ribonucleotdeos, produzindo uma nica fita de RNA, complementar fita de DNA que serve de molde.Por isso importante que a RNA-pol atue em apenas uma fita, pois RNAs diferentes sero produzidos a partir da transcrio de fitas distintas do DNA.O pareamento ser A U, C G, T A e G C.Quando pelo menos dois ribonucleotdeos so colocados, a RNA-pol estabelece uma ligao entre eles: a molcula de RNA foi iniciada. medida que o RNA vais sendo sintetizado, o DNA despareado sua frente.

TrminoO RNA recm-formado vai se desligando do DNA que lhe serviu de molde.Quando chega ao final do gene (h uma sequncia que o indica) a RNA-pol se desprende do DNA e a molcula de RNA liberada.A molcula de DNA pareada e se fecha.OBSERVAO: para cada tipo de RNA h uma RNA-pol diferente.

Tipos de RNAEstrutura,propriedades e funesLocalizam-se tanto no ncleo quanto no citoplasma.So formados por uma s cadeia simples de nucleotdeos com ribose e uracila ( no lugar de timina).Todos participam da sntese de protenas em uma srie de reaes controladas pela seqncia de bases do DNA, que determina a seqncia de bases dos trs tipos de RNA.H trs tipos de RNA: RNA-m (RNA mensageiro), RNA-t (RNA transportador ou de transferncia) e RNA-r (RNA ribossomal ou sintetizador).RNA-mensageiro (RNA-m)Determina a posio dos aminocidos nas protenas, atravs da sequncia de bases de sua molcula. o nico que ser traduzido.Ocorre tanto no ncleo (onde sintetizado) quanto no citoplasma, onde se associa aos ribossomos para a sntese de protenas. formado sempre que for necessrio e depois de exercer sua funo degradado para que os nucleotdeos possam ser reciclados.Cada conjunto de 3 bases do RNA-m chamado cdon e codifica apenas um determinado aminocido.1 cdon = 1 aminocido1 aminocido = 1 ou mais cdonsO cdigo gentico degenerado.

RNA ribossomal (RNA-r) o que ocorre em maior quantidade. encontrado no nuclolo, onde produzido e no citoplasma, associado a protenas, formando os ribossomos.Os ribossomos se combinam com o RNA-m para formar os polissomos ou polirribossomos.Nos ribossomos ocorrer a sntese das protenas. Os ribossomos so os stios da traduo.

RNA transportador (RNA-t) o que ocorre em menor quantidade.Capaz de se combinar de modo reversvel, com certos aminocidos que sero transportados por ele para formar as protenas.Sintetizado no ncleo e passa imediatamente para o citoplasma.Cada RNA-t capaz de reconhecer um determinado aminocido e um determinado cdon no RNA-m.RNA-t

Traduo do cdigo genticoCada regio do DNA que produz uma molcula de RNA funcional constitui um gene.No DNA, cada trinca de nucleotdeos constitui um triplet ou cdon.Cada triplet transcrito e formar um cdon do RNA-m.300 triplets no DNA 300 cdons no RNA 300 aas300 bases nitrogenadas = 100 cdons 100 aas

O cdigo genticoCada grupo de 3 nucleotdeos do RNA-m constitui um cdon.Como h 4 tipos de nucleotdeos no RNA (A, U, G e C), existem 64 agrupamentos possveis.Em 1961, foi decifrado qual aminocido codificado por cada cdon.O cdigo gentico universal e degenerado (repetitivo).

Apenas a sequncia compreendida entre o cdon de incio (inclusive) e o cdon de trmino (exclusive) d origem a protena.O RNA-m destrudo imediatamente aps a traduo.Se mais protenas tiverem de ser produzidas, uma nova transcrio deve acontecer.Um nico RNA-m pode ser traduzido por vrios ribossomos ao mesmo tempo. Isso acontecer se vrias molculas de uma mesma protena tiverem que ser produzidas.A vida mdia do RNA-t e do RNA-r maior.

Processamento (splicing) do RNA-mOcorre somente em clulas eucariotas.As sequncias de DNA que sero expressas (vo aparecer no produto final) so chamadas de xons.As sequncias de DNA que no sero expressas (no vo aparecer no produto final) so chamadas de ntrons.O gene inteiro transcrito em um RNA-m precursor.No processamento os ntrons so retirados e os xons so unidos para formar o RNA-m maduro que ser traduzido no citosol.