Apostila curso 2011

Click here to load reader

Embed Size (px)

Transcript of Apostila curso 2011

  • 1. Leis da FIDECurso de Organizao e Arbitragem de Xadrez por e-mailAtualizao 25 junho a setembro 2010 AI Carlos Calleros

2. LEI DO XADREZ DA FIDEAs Leis do Xadrez da FIDE regulamentam o jogo no tabuleiro.O texto em ingls a verso autntica da Lei do Xadrez adotada no 77 Congresso da FIDE realizadoem Dresden (Alemanha) em Novembro de 2008, que entrar em vigor em 1 de julho de 2009.Nestas Leis, as palavras "ele", "lhe" e "seu" incluem "ela" e "sua".PREFCIOAs Leis de Xadrez no podem abranger todas as situaes possveis que possam surgir durante umapartida, nem podem regular todas as questes administrativas. H casos que no so precisamenteregulamentados por um Artigo das Leis, mas sempre ser possvel alcanar-se uma deciso correta,analisando situaes anlogas que so tratadas nas Leis.As Leis pressupem que os rbitros tm a necessria competncia, capacidade de julgamento e absolutaobjetividade. Demasiadamente detalhada, uma regra pode restringir a liberdade de julgamento dorbitro e assim impedir-lhe de encontrar a soluo ideal para um problema ditado pela justia, lgica efatores especiais.A Fide apela a todos os enxadristas e federaes que aceitem este ponto de vista.Uma federao filiada tem liberdade para inserir regra mais detalhada, desde que: a. no conflite com as Leis do Xadrez oficiais da FIDE; b. limite-se ao territrio da federao concernente; e c. no seja vlida para qualquer competio, campeonato ou evento vlido para obteno derating ou ttulo FIDE. REGRAS BSICAS DO JOGO1 Natureza e objetivos do jogo de xadrez1.1 O jogo de xadrez disputado entre dois oponentes que movem peas alternadamente sobre umtabuleiro quadrado denominado tabuleiro de xadrez. O jogador com as peas brancas comea o jogo.Diz-se que um jogador tem a vez de jogar, quando a jogada do seu oponente tiver sido feita. (VejaArtigo 6.7).1.2 O objetivo de cada jogador colocar o rei do oponente sob ataque de tal forma que o oponente notenha lance legal. O jogador que alcanar esse objetivo diz-se que deu xeque-mate no rei do adversrioe venceu a partida. No permitido deixar ou colocar o seu prprio rei sob ataque, bem como capturaro rei do oponente. O oponente cujo rei sofreu xeque-mate perdeu a partida.1.3 A partida est empatada se resultar numa posio em que nenhum dos jogadores tem possibilidadede dar xeque-mate.2 Posio inicial das peas no tabuleiro2.1 O tabuleiro de xadrez composto de uma rede de 8x8 com 64 casas iguais alternadamenteclaras (as casas brancas) e escuras (as casas pretas).O tabuleiro colocado entre os jogadores de tal forma que seja branca a casa do canto direita decada jogador.2 3. 2.2 No incio da partida, um jogador tem 16 peas de cor clara (as peas brancas); o outro tem 16peas de cor escura (as peas pretas):Essas peas so as seguintes:Um rei branco, usualmente indicado pelo smboloUma dama branca, indicada pelo smboloDuas torres brancas, indicadas pelo smboloDois bispos brancos, indicados pelo smboloDois cavalos brancos, indicados pelo smboloOito pees brancos, indicados pelo smboloUm rei preto, indicado pelo smboloUma dama preta, indicada pelo smboloDuas torres pretas, indicadas pelo smboloDois bispos pretos, indicados pelo smboloDois cavalos pretos, indicados pelo smboloOito pees pretos, indicados pelo smbolo2.3 A posio inicial das peas no tabuleiro a seguinte:2.4 As oito casas dispostas verticalmente so chamadas de colunas. As oito casas dispostashorizontalmente so chamadas de fileiras. A linha reta de casas da mesma cor, movendo-se de umaponta do tabuleiro a uma ponta adjacente, chamada de diagonal.3 Movimento das peas3 4. 3.1 No permitido mover uma pea para uma casa j ocupada por outra pea de mesma cor. Se umapea move-se para uma casa j ocupada por uma pea do oponente, esta ltima capturada e retiradado tabuleiro como parte do mesmo movimento. Diz-se que uma pea est atacando uma pea dooponente se puder efetuar uma captura naquela casa, de acordo com o disposto nos Artigos 3.2 a 3.8.3.2 O bispo pode mover-se para qualquer casa ao longo da diagonal em que se encontra.3.3 torre pode mover-se para qualquer casa ao longo da coluna ou fileira em que se encontra.3.4 A dama pode mover-se para qualquer casa ao longo da coluna, fileira ou diagonal, em que seencontra.3.5 Ao fazer esses movimentos, o bispo, torre ou dama no podem pular sobre qualquer pea que estejaem seu caminho.4 5. 3.6 O cavalo pode ser movido para uma das casas mais prxima em relao qual ocupa. Note que acasa para a qual o cavalo pode mover-se no est na mesma coluna, fileira ou diagonal.3.7 a. O peo pode ser movido para uma casa, imediatamente sua frente, na mesma coluna, que nose encontre ocupada, oub. em seu primeiro lance o peo pode ser movido conforme mencionado em 3.7.a; alternativamentepode avanar duas casas ao longo da mesma coluna, desde que ambas estejam desocupados, ouc. o peo pode ser movido para uma casa ocupada por uma pea do oponente, que estejadiagonalmente sua frente, numa coluna adjacente, capturando aquela pea.d. Um peo atacando uma casa atravessada pelo peo do oponente que acaba de avanar duascasas num nico lance vindo de sua casa original, pode capturar este peo oponente como seaquele tivesse se movido apenas uma casa.Esta captura pode ser feita apenas no movimento imediatamente aps o referido avano e chamada de tomada en passant. 5 6. e. Quando o peo alcana a mais distante fileira em relao sua posio inicial deve ser trocadocomo parte de uma mesma jogada na mesma casa por uma dama, torre, bispo, ou cavalo damesma cor do peo. A escolha do jogador no est restrita a peas j capturadas na partida.Esta troca de um peo por outra pea chamada de promoo e a ao da nova pea imediata.3.8 a. H duas formas diferentes de mover o rei:movendo-se o rei para qualquer casa vizinha no atacada por uma ou mais peas do oponente.ou rocando. Este um lance efetuado com o rei e uma das torres, de mesma cor ao longo da primeirafileira do jogador, considerado como um nico lance de rei e executado da seguinte forma: o rei transferido de sua casa original a duas casas em direo torre que est em sua casa original, emseguida a torre transferida para a casa a que o rei acabou de atravessar. 6 7. b. (1) Perde-se o direito de rocar: a. se o rei j foi movido, ou b. com uma torre que j tenha sido movida(2) Roque no permitido temporariamente: a. se a casa que o rei ocupa, ou a casa pela qual deve passar, ou ainda a casa a que passar aocupar, estiver atacada por uma ou mais peas do oponente, ou b. se houver alguma pea entre o rei e a torre com a qual o roque ser efetuado.3.9 Diz-se que o rei est em xeque se estiver atacado por uma ou mais peas do oponente, mesmo quetais peas estejam cravadas, ou seja, impedidas de sair daquela casa, porque deixariam ou colocariam oseu prprio rei em xeque.Nenhuma pea pode ser movida de modo que exponha ou deixe o seu prprio rei em xeque.4 Ato de mover as peas4.1 Cada lance deve ser feito somente com uma das mos.4.2 Desde que antes manifeste sua inteno (por exemplo, dizendo eu arrumo "jadoube" ou "I adjust"),o jogador que tem a vez de jogar pode arrumar uma ou mais peas em suas casas.4.3 Excetuado o disposto no Artigo 4.2, se o jogador que tem a vez de jogar toca deliberadamente notabuleiro7 8. a. uma ou mais de suas prprias peas, dever jogar a primeira pea tocada que possa ser movida,ou b. uma ou mais peas de seu adversrio, dever capturar a primeira pea tocada, que possa sercapturada, ou c. uma pea de cada cor, dever capturar a pea do oponente com a sua pea ou, se isso for ilegal,mover ou capturar a primeira pea tocada que possa ser jogada ou capturada. Se no estiverclaro qual pea foi tocada antes, deve-se considerar que a pea do prprio jogador foi tocadaantes da do seu oponente.4.4 Se o jogador tendo a vez de jogar: a. Deliberadamente toca no seu rei e torre dever rocar nesta ala se o movimento for legal. b. Deliberadamente toca uma torre e em seguida em seu rei, no lhe sendo permitido rocar nestaala nesta jogada e a situao dever ser regulada pelo Artigo 4.3.a c. Pretendendo rocar, toca o rei ou o rei e uma torre ao mesmo tempo, mas o roque neste lado ilegal, o jogador deve fazer outro lance legal com seu rei (o que pode incluir o roque para o outrolado). Se o rei no tiver nenhum lance legal, o jogador est liberado para fazer qualquer outrajogada legal. d. Promove um peo, a escolha da pea somente est finalizada, quando a pea tiver tocado nacasa de promoo.4.5 Se nenhuma das peas tocadas, pode ser movida ou capturada, o jogador pode fazer qualquerjogada legal.4.6 Quando uma pea for solta numa casa, como conseqncia de um lance legal ou parte de um lancelegal, ela no pode ser movida para outra casa neste lance. A jogada ento considerada comoefetuada: a. no caso de uma captura, quando a pea capturada tiver sido retirada do tabuleiro e o jogador,aps colocar a sua prpria pea na nova casa, tiver soltado da mo a pea capturada; b. no caso de roque, quando o jogador tiver soltado da mo a torre na casa previamenteatravessada pelo rei. Quando o jogador tiver soltado da mo o rei, o lance no estariaimplementado, mas o jogador no mais tem o direito de fazer qualquer outro lance a no serrocar naquela ala, se isto for legal; c. no caso de promoo de peo, quando o peo tiver sido removido do tabuleiro e a mo dojogador tiver soltado a nova pea aps coloc-la na casa de promoo. Se o jogador j tiversoltado de sua mo o peo que alcanou a casa de promoo, o movimento ainda no estefetuado, mas o jogador no tem mais o direito de jogar o peo para outra casa.A jogada considerada legal quando todos os requisitos relevantes do Artigo 3 tiverem sido cumpridos.Se a jogada no for legal, deve ser efetuado outro lance legal conforme mencionado no Artigo 4.5.4.7 O jogador perde o direito de reclamar contra a violao do Artigo 4 por parte do oponente, a partirdo momento em que deliberadamente toque numa pea.5 Trmino da partida5.1 a. A partida vencida pelo jogador que der xeque-mate no rei do oponente. Isto imediatamentetermina a partida, desde que o lance produzindo a pos