Câmara Municipal de Cascais

of 9 /9
Maio 2016 | Mensal | Ano 5 | Número 69 Câmara Municipal de Cascais | cascais.pt | INFOMAIL Leonor Martins: Uma campeã europeia Leonor tem nove anos e já é campeã europeia de Taekwondo. Uma costela que tem as suas origens remotas. Os bisavós, paterno e materno, foram atletas olímpi- cos em Hipismo. Daí a outra sua paixão: os cavalos. p.11 Marco Grieco, diretor de Arte do “Expresso” Pare, escute e desfrute… há música em Cascais! De junho a outubro, a música inundará os parques da vila. O Groove e o Out Jazz convocam referências nacionais e internacionais do Soul, Funk, Jazz e Hip- Hop, aos sábados, no Parque Marechal Carmona, no Jardim Casa das Histórias de Paula Rego e no Parque Palmela. p.12 C also in English powered by AngloINFO Deputy Mayor Eng. Miguel Pinto Luz, lifeguards back on the beaches, Out Jazz brings music to the parks  and penalty points on licences from 1st June are the highlights of this edition. p.14-15 TUDO SOBRE CASCAIS Época balnear “Cascais tem tudo” p.6-7 p.2-5 Mergulhos com histórias à beira-mar

Embed Size (px)

Transcript of Câmara Municipal de Cascais

  • Maio 2016 | Mensal | Ano 5 | Nmero 69Cmara Municipal de Cascais | cascais.pt | INFOMAIL

    Leonor Martins: Uma campe europeia

    Leonor tem nove anos e j campe europeia de Taekwondo. Uma costela que tem as suas origens remotas. Os bisavs, paterno e materno, foram atletas olmpi-cos em Hipismo. Da a outra sua paixo: os cavalos. p.11

    Marco Grieco, diretor de Arte do Expresso

    Pare, escute e desfrute h msica em Cascais!

    De junho a outubro, a msica inundar os parques da vila. O Groove e o Out Jazz convocam referncias nacionais e internacionais do Soul, Funk, Jazz e Hip-Hop, aos sbados, no Parque Marechal Carmona, no Jardim Casa das Histrias de Paula Rego e no Parque Palmela. p.12

    C also in English powered by AngloINFO

    Deputy Mayor Eng. Miguel Pinto Luz, lifeguards back on the beaches, Out Jazz brings music to the parks and penalty points on licences from 1st Juneare the highlights of this edition. p.14-15

    TUDO SOBRE CASCAIS

    poca balnear

    Cascais tem tudo

    p.6-7

    p.2-5

    Mergulhos com histrias beira-mar

  • 3Maio 2016

    EDITORIAL

    Uma viagem pelas praias de Cascais

    Propriedade: Cmara Municipal de Cascais Coordenao/Edio: Departamento de Comunicao Redao: Ana Filomena Almeida, Antnio Sarmento, Elisabete Pato, Ftima Henriqyes, Humberto Costa, Isabel Alexandra Martins, Paula Lamares Fotografia: Sara Bogarim, Maria Carolina Luzia, Dbora Moreira, Sara Sousa Multimdia: Ana Laura Alcntara, Antnio Maria Coelho, Antnio Maria Correia, Pedro Ramos, Rodrigo Saraiva Grafismo e paginao: Ana Pinheiro, Ana Rita Garcia Venncio . Tiragem: 120.000 exemplares Periodicidade: Mensal Depsito legal: 332367/11

    O calendrio diz que s chega em junho, mas em Cascais o ambiente de vero j enche praias e esplanadas. Cascais foi o primeiro concelho do pas a abrir a poca balnear. Desde 1 de maio que as praias esto sua espera com toda a comodidade e segurana. Aqui o tempo de praia dura metade do ano.

    Viagem. De Carcavelos Cresmina, contamos-lhe as vivncias da costa que se enche de veraneantes, desportistas e de quem quer, simplesmente, apreciar a vista. So cascalenses e turistas de vrias nacionalidades. Histria. Recuamos alguns sculos para lhe falar de quem fez de Cascais um cenrio que ficou para as pginas de todo o sempre. As praias do concelho so sinnimo de Histria. De Romantismo. De reis, rainhas, prncipes e princesas. De luxo. E de Sade. So histrias beira mar que lhe contamos na pgina 4.

    Msica. As noites quentes convidam dana e a momentos bem passados fora de casa. Nos prximos meses, os parques de Cascais vo ser um palco privilegiado de um festival de vero a cu aberto. Esto c artistas de referncia nacional e internacional com o Vero no Parque, a Festa no Parque, o Out Jazz e, pela primeira vez, o Groove.

    Cascais sinnimo de bom ambiente, assim nos disse, durante a viagem que fizemos de Carcavelos Cresmina, Manuel Dias, o senhor do quiosque na Praia da Poa. Em Cascais basta uma ponta de Sol para as praias ficarem cheias. E h sempre pessoas a correr, a andar e eu, como comerciante, no tenho mos a medir.

    Este o seu primeiro C da poca balnear. Boas leituras!

    Em memria de Pat Wetheimer

    Originria de Baltimore, Maryland, foi em Cascais que encontrou o lugar a que chamou casa. E foi a Cascais que dedicou parte dos seus espantosos 73 anos.

    Como escritora, como professora, como jornalista. Pat Westheimer foi tudo isto com notvel talento e inesgotvel energia. Acrescentou-lhes uma entrega e uma devoo comunidade invulgares. Tanto sua comunidade mais pequena, a dos expatriados, como comunidade maior de todos os cidados de Cascais.

    Pela forma como escrevia ou falava da sua terra, pelos valores de abertura ao mundo e de esprito empreendedor e solidrio que corporizava, Pat Westheimer foi uma verdadeira embaixadora de Cascais. Ganhou, entre ns, eterna admirao e respeito. A coluna de Pat Westheimer, que tantos leitores do C se habituaram seguir na seco Anglo Info, ser mantida com o desafio de manter o mesmo vigor e a mesma paixo por Cascais. Esse , possivelmente, o mais perptuo elogio memria de Pat Westheimer.

    No recebe o C em casa? Envie um mail para: [email protected]

    Capa

    As praias do concelho so uma das principais atraes. No ms de abertura da poca balnear, uma viagem por algumas das praias, de Carcavelos Cresmina. Cascais foi o primeiro municipo do pas a abrir a poca balnear.

    Nadador salvadorFormados e empenhados a proteger, so os olhos de centenas de pessoas durante a poca balnear. Mas h que colocar a responsabilidade tambm em ns prprios.

    Vendedores de bolas de Berlim ou fruta frescaCapazes de se distinguirem pelos seus preges, h algo inquestionvel: O sabor de uma bola de Berlim na praia pode fazer a delcia de qualquer um (ou no). A pensar nisso o negcio da fruta fresca aumentou e surgem assim opes para todos os gostos.

    Cantoneiro de limpezaA equipa da Cascais Ambiente comea pelas 05h00 a trabalhar. Munidos de mquinas ou apeados, os cantoneiros percorrem todos os dias os areais do concelho. Mas no se esquea: a sua ajuda fundamental. Utilize os cinzeiros de praia e despeje o lixo nos contentores.

    Monitor de colnia de friasSo jovens, maiores de 18 anos, com formao, atentos e responsveis. Acompanham grupos de crianas nas diversas atividades desenvolvidas pelas colnias, quer sejam culturais, desportivas ou de lazer. A sua misso proporcionar uma experincia divertida e segura s crianas durante as frias.

    Instrutores de desportos de praiaSo atletas e aproveitam a oportunidade de proporcionar uma experiencia de surf, bodyboard, paddle, kitesurf, canoagem, vela ou mergulho. H ainda quem oferea a possibilidade de passeios de barcos, gaivotas a pedal ou mota de gua.

    Guia tursticoVero sinal de um maior nmero de turistas no concelho, por isso comum encontrarmos jovens que aproveitam as frias para trabalhar como guias tursticos e apresentar o melhor de Cascais, quer seja a p, nos autocarros, tuk tuk e segway.

    Empregados de hotelaria e DjsAs oportunidades de trabalho nestas reas so muitas. Quer seja em restaurantes, hotis, bares ou discotecas. Nas festas ao ar livre em terraos sobre a vila, as discotecas de vero acolhem diversos djs, que animam as noites quentes da linha.

    Manuel Dias, residente no Es-toril, tem um quiosque de gela-dos na praia da Poa. Viveu boa parte da vida na frica do Sul e nos Estados Unidos mas foi no concelho que decidiu assentar as malas. Ao contrrio dos ou-tros locais onde vivi, aqui em Cascais basta uma ponta de Sol para as praias ficarem cheias. E h sempre pessoas a correr, a andar e eu, como comerciante, no tenho mos a medir, diz.

    A poca balnear abriu no dia 1 de maio. Na cerimnia, na praia da Conceio, estiveram pre-sentes Carlos Carreiras, presi-dente da Cmara de Cascais, o vereador Nuno Piteira Lopes, Paulo Sousa Costa, diretor do Instituto de Socorros a Nufra-gos, e Mrio Domingues, capi-to do Porto de Cascais. Ns temos todas as condies para prestar segurana nas nossas praias, com os nossos nadado-res salvadores, com a autori-dade martima, com o Instituto de Socorros a Nufragos. Cum-primos o desenvolvimento das nossas atividades econmicas, com os nossos concessionrios, que so parceiros e empregam muitas pessoas esta poca, su-blinha o presidente da Cmara de Cascais, Carlos Carreiras.Um pouco mais frente do quiosque de Manuel Dias, se-guindo pela Marginal em dire-o a So Pedro do Estoril, exis-te uma placa onde se l Centro de Interpretao Ambiental da Pedra do Sal. A vista magn-fica. Devido s caractersticas fsicas desta estrutura horizon-tal e fendida, o mar cobriu todas

    PROFISSES DO VERO

    as pedras e parte da gua ficou retida nestas fendas. A diversi-dade biofsica e a riqueza que se gera do encontro da terra com o mar so outros valores presen-tes nas praias do Concelho. Na praia da Avencas, que deve o seu nome a uma planta (Aven-ca) algumas pessoas aprovei-tam para ver o mar, outras para desporto. Mike e Anne, dois turistas ingleses que visitam Cascais com muita frequncia, adoram o concelho. Este um local maravilhoso para estar em contato com a natureza e apro-veitar o bom tempo em famlia, dizem. De facto, o turismo est sempre presente, mesmo quan-do o Sol est mais escondido. Por exemplo, na Cresmina, num dia de cu nebulado, vem-se casais a passear com os filhos na praia e muitos turistas a des-cerem de autocarros para ob-servar a paisagem. O desporto outra imagem de marca. A Parede, muito pro-curada por desportistas para a prtica de paddle, tem algumas dezenas de atletas na gua. mesma hora, na Rainha, esto os canostas. O mesmo se pas-

    sa numa das maiores praias do concelho, em Carcavelos. O mar repleto de surfistas e o estacio-namento com vrias carrinhas de escolas de surf. As redes de vlei enfeitadas com bandeiras de Cascais. Outra indicao a ter em conta so os painis de informao colocados estrategicamente em cada praia eles do informa-o sobre a qualidade da gua, educao ambiental e a descri-o do litoral de Cascais. Tam-bm no faltam conselhos para a exposio ao Sol, o cdigo de conduta nas praias e as regras de Segurana. Uma pequena barra indica ainda o perodo da poca balnear: 1 de maio a 30 de setembro. Mas se o bom tempo se mantiver, as praias continua-ro repletas e o cheiro a Vero durar at outubro.

    Ns temos todas as condies para prestar segurana nas nossas praias, com os nossos nadadores salvadores, com a autoridade martima, com o Instituto de Socorros a NufragosCARLOS CARREIRASPRESIDENTE DA CM CASCAIS

  • 54 Maio 2016Capa

    Cascais em frias: Programa para crianas e jovens dos 5 aos 15 anos

    Mar Viva: Voluntrios regressam s praias do concelho

    O Programa Estou Aqui da Polcia de Segurana Pblica regressa, mais uma vez, de 1 de junho a 30 de setembro, para minimizar os problemas das crianas perdidas nas praias. Atravs de uma pulseira possvel localizar os pais das crianas perdidas, com idades entre os 2 e os 9 anos. A partir do nmero de emergncia 112 ser facilitado o processo de reencontro. Consulte toda a in-formao em https://estouaqui.mai.gov.pt ou numa esquadra perto de si.

    Falemos de um mar agregador sem esquecer a contraditria manh de 1 de novembro de 1755. Recuemos nesta distn-cia, em apenas um apontamen-to, para realar, por contraste, como, ao contrrio desse ins-pito mar, o outro, o do sculo seguinte, mostrou-se agrega-dor, socializante, democrati-zante at, como nos referir o historiador Joo Miguel Henri-ques, do Arquivo Histrico da Cmara de Cascais, a propsito das praias de Carcavelos Ci-dadela. Em meados do sculo XVIII, como que cumprindo uma esttica romntica, to em voga na altura, o mar revolto

    H um mar inspito, revolto de adamastores e um mar apelativo e inspirador. De um e do outro provaram os cascalenses.

    lambeu com tal violncia a po-voao de Cascais que, um ano depois, o religioso Frei Antnio do Esprito Santo, do Convento de Nossa Senhora da Piedade dos Carmelitas Descalos de Cascais, dizia ter transformado a grande povoao num insen-svel e frio cadver do que havia sido e uma desfeita cena do que j no era. Um sculo depois, este mesmo mar, comeando por cativar pe-las propriedades teraputicas que lhe estavam associadas, transforma-se rapidamente num apelo inevitvel ao cio, mas, sobretudo, a uma certa fo-bia social pela indiferena. A

    praia um espao de convivn-cia, refere Joo Miguel Henri-ques. Primeiro seletiva, mas aos poucos democratizante.H uma deslocao, a partir de 1870, da famlia real para um local que era tudo menos um Palcio, era uma casa adaptada onde preciso receber todas as pessoas que o seguem , con-ta-nos o historiador. E porqu esta escolha pela praia de Cas-cais? Ramalho Ortigo respon-de, em parte: A gua est se-rena como numa tina e a brisa to suave que no faz ondear uma fita no chapu das senho-ras sentadas sombra das suas barracas, retrata o escritor (in As Praias de Portugal). No ter sido s a pacatez descrita que fez D. Maria Pia enamorar-se. Factual que em 1870 por c assentou arraias a corte, trans-formando este espao beira mar na praia rainha das praias portuguesas. Nascia assim uma vila diferen-te, projetada para um mar tera-putico do corpo, mas tambm da mente que o mar molda, criando, ou importando hbi-tos de lazer, de Frana e Ingla-terra, um mar que banha uma praia, ainda diferenciadora, mas irremediavelmente demo-cratizante. A necessidade de sociabilizarmos, vermos e ser-mos vistos acaba por impor-se. Sai mais barato ver e ser visto em Cascais do que na Sintra dos grandes muros e portes, diz o historiador Joo Miguel Henriques. A cidadela no tem condies

    Histrias beira mar

    para albergar toda a corte e co-mea aqui uma outra transfor-mao. Assistimos ocupao de todas as boas casas que exis-tiam em Cascais, a Casa dos Condes da Guarda, a casa dos Condes Magalhes, mas como so insuficientes, surge ento

    a arquitetura de veraneio. Ao longo da dcada de 1870, co-mearam a edificar-se as mais luxuosas casas de veraneio: a dos Duques de Palmela, sobre o corpo destroado do Forte da Conceio, a do Duque de Loul, sobreposta praia da Rainha, a do Visconde da Gan-darinha, apropriando o velho convento da Piedade. Aparece-ram os chalets, os palacetes, as manses revivalistas, refere a historiadora Raquel Henriques da Silva, citada numa tese de mestrado de Ana Teresa Garcia Silva Morgado.Acrescenta Joo Miguel Henri-ques: E por isso que a partir de 1869 nasce o Teatro Gil Vi-cente, o Casino da Praia, o Spor-ting Clube de Cascais, o prprio desporto em Portugal, j que na Parada da cidadela de Cas-cais que acontece o primeiro desafio pblico de futebol entre portugueses, ou o primeiro jogo de tnis em 1882. As primeiras regatas em Portugal tambm se disputaram nestas paragens, como a primeira regata oceni-ca, a primeira regata internacio-nal ou a primeira regata entre barcos motorizados. O primeiro filme rodado em Portugal foi gravado na Boca do Inferno e, na Cidadela tambm decorre a primeira experincia de ilumi-nao pblica eltrica em Por-tugal, lembra. Hotis, Casino, reformulao da rede viria (avenida D. Carlos I, avenida Valbom) so os sinais dessa nova Cascais projetada a partir do mar.

    Durante quatro meses cen-tenas de voluntrios estaro de regresso s praias da linha de Cascais. Em aes de lim-peza, preveno, segurana ou sensibilizao ambiental, eles so o rosto da Cmara de Cascais, no que diz respeito ao trabalho desenvolvido so-bretudo na rea do ambiente. Depois de 1100 inscries, 650 jovens cascalenses esco-lhidos iro ocupar o seu tem-po livre e mostrar como se faz da praia um lugar melhor. A partir de 14 de junho pode contar com a preciosa ajuda destes jovens em onze postos Mar Viva. O projeto Praia Acessvel - para pessoas com mobilidade condicionada con-

    tinua e h algumas novidades no programa. Entre elas uma minibrigada de marezinhas, entre os 12 e 14 anos, que cha-mar a ateno dos utentes para a preservao das praias. Outra novidade a possibilida-de de ler um livro, reutilizado, num qualquer areal de Cascais - Livro nAreia o nome do pro-jeto que leva a biblioteca at praia. Mas h mais. A msica tambm chegar s praias atra-vs do projeto Teu lugar ao Sol. Relaxe e desfrute da vista.

    As frias escolares de vero aproximam-se a passos largos. a partir desta altura que as famlias comeam a procurar atividades de tempos livres para ocupar os tempos dos mais pequenos. E a pensar nas fa-mlias e nos mais pequenos que a Cmara promove a iniciativa Cascais em Frias 2016. Ao todo, so quatro modalidades de campos de frias destinados a crianas e jovens dos 5 aos 15 anos. As inscries esto aber-tas. Campos Sioux, Cascalitos, Frias Desportivas e Campos Apache compem uma oferta variada, que decorre entre 5 de junho e 20 de setembro. H ati-vidades comuns a todos os cam-pos, mas cada programa desti-na-se a faixas etrias distintas. Sadas culturais, piscina, ateli de rugby, canoagem, atividades

    Programa Estou Aqui da PSP localiza crianas perdidas

    radicais, jogos de orientao e de dinmicas de grupo, equi-tao, espeleologia, arborismo, passeios pedestres, badminton e torneio de voleibol esto entre as atividades. Mais informaes e inscries em cascais.pt.

    CASCAIS EM FRIAS 20 junho . 5 setembro

    cascaisjovem.pt

    Campos Sioux, Cascalitos, Frias Desportivas e Campos Apache

    Livro nAreia novidade

  • 76 Maio 2016

    Conhecer

    Por detrs das grandes reportagens escritas existem grandes criativos do design grfico que tornam esses contedos mais apelativos. Marco Grieco diretor de Arte do Jornal Expresso.Nascido em 1973 no Rio de Janeiro, veio para Portugal por razes profissionais. Mas a sua ligao ao pas tem razes mais profundas e com pronncia do norte. O seu av materno era de Resende e a av e a me de Marco so de Viana do Castelo. Licenciado em Desenho Industrial, comeou a trabalhar no Rio de Janeiro h quase 20 anos, como designer do jornal O Dia. Sob a consultoria do estdio Cases i Associats, de Barcelona, em 1999, fazem uma reformulao grfica de todo o jornal. a partir dali que comea a sua aventura europeia. Recentemente, o Expresso recebeu o prmio internacional de semanrio europeu do ano nos European Newspaper Awards, uma competio de design grfico de jornais europeus que elege os melhores desde 1996. Marco Grieco foi a Viena de ustria receber o galardo.

    H quanto tempo vive em Portugal?Aceitei o cargo de Editor de Arte do Jornal de Notcias em 2002 e mudei-me do Rio de Janeiro para o Porto. Com a ajuda de toda a equipa conseguimos levar o jornal a novos patamares de jornalismo visual. Recebemos diversos prmios da Society for News Design ibrica (SND-E) e algumas menes honrosas dos European Newspaper Award. Em 2006, j em funes como Diretor de Arte do Jornal de Notcias, recebi o convite para vir para o Expresso.

    Como o dia-a-dia de trabalho do diretor de Arte do Expresso?Neste momento, como Diretor de Arte do Expresso tenho ainda mais trabalho e responsabilidade do que quando c cheguei. O jornal passou por algumas alteraes editoriais e grficas. Deixou de ser apenas um semanrio em papel e ganhou uma dimenso digital sem precedentes, atravs das suas edies para tablets e, mais recentemente, das suas edies em html5 responsivo, incluindo um dirio digital que sai nos dias teis, sempre s 18 horas. Divido o meu tempo entre a feitura das capas dos principais cadernos, a aprovao ou eventual alterao das pginas do jornal e dos seus suplementos, reunies de planeamento editorial. No h dias mortos na redao do Expresso. Sou tambm o responsvel por outras publicaes do ncleo Expresso, como as revistas Exame, Exame Informtica, Courrier Internacional e Blitz.

    Que soluo grfica inovadora valeu este galardo ao Jornal?Desde a referida grande reformulao, em 2006, o Expresso j mereceu galardes dos maiores concursos de Jornalismo Visual espalhados pelo mundo. J fomos considerados o Melhor Jornal da Pennsula Ibrica (SND-E), por dois anos consecutivos o Jornal com o Melhor Design do Mundo (SND) e agora, pela segunda vez, o Melhor Semanrio da Europa (ENA), entre outros. Acredito que todos estes prmios sejam fruto de um projeto consistente e que faz sentido como um todo. Fazer pginas bonitas pode ser considerado fcil e est ao alcance de qualquer designer com algum talento e tempo para trabalhar, mas manter uma edio completa com um ritmo visual que agarre o leitor e ao mesmo tempo seja

    adequado ao contedo editorial que apresenta, isso sim complicado.

    Que significado tem este prmio para si enquanto responsvel da rea de design grfico do Expresso?Os prmios so sempre um grande incentivo para as equipas e acabam por validar o nosso esforo dirio por produzir o melhor produto possvel. E validam no s junto aos nossos leitores, como tambm perante a restante estrutura do jornal, que passa a respeitar e acreditar ainda mais nas nossas competncias. Pessoalmente, gratificante fazer parte de um projeto vencedor como o Expresso. E no falo apenas pelos prmios, mas principalmente por estar inserido num grupo de media independente, capitaneado pelo Dr. Francisco Pinto Balsemo, que ama o jornalismo, que acredita no jornalismo.

    Porque que escolheu Cascais como local de residncia?No foi uma escolha difcil. Sendo a redao do Expresso fora de Lisboa, em Pao de Arcos, pus logo de parte viver em Lisboa. Apesar de ser uma zona muito turstica, Cascais consegue manter a tranquilidade de uma pequena vila a beira-mar. No me arrependo, mesmo nos dias

    cinzentos e chuvosos, no tem preo.

    O que que mais lhe agrada em Cascais?Cascais tem tudo. Bons restaurantes, boas opes de diverso e muita tranquilidade, o que para mim fundamental. E a vila est cada vez mais bonita e bem cuidada. Antes, quando vinha de Oeiras para Cascais, notava sempre que a relva do vizinho era mais verde. Hoje j no sinto isso. Acho que Cascais est melhor, de verdade. E ainda temos a nossa Santini, que irresistvel!

    MARCO GRIECO: DIRETOR DE ARTE DO EXPRESSO

    Cascais tem tudo. Bons restaurantes, boas opes de diverso e muita tranquilidade

    A vila est cada vez mais bonita e bem cuidada. Antes, quando vinha de Oeiras para Cascais, notava sempre que a relva do vizinho era mais verde. Hoje no sinto isso

    Os prmios so sempre um grande incentivo para as equipas e acabam por validar o nosso esforo dirio por produzir o melhor produto possvel

    Fo

    to: J

    oo

    Car

    los

    San

    tos

  • 8 9Maro 2016

    Centrais

    DUQUESA

    RAINHACONCEIO

    MOITASTAMARIZ

    POA

    AZARUJINHA

    AVENCAS

    BAFUREIRA

    SO PEDRO

    PAREDE

    CARCAVELOS

    CRESMINA

    GUINCHO

    ABANO

    PRAIA PROCURADA PARA DESPORTOS NUTICOS

    PRAIA VIGIADADurante a poca balnear a praia tem vigilante e sinalizada

    PRAIA C/ POSTO MDICOPraia equipada com Posto Mdico/Primeiros Socorros

    PRAIA C/W.C.

    PRAIA C/CHUVEIROS

    PRAIA ACESSVELPraia equipada para pessoas com mobilidade condicionada

    ABANO

    Considerada uma praia discreta, devido s suas pequenas dimen-ses e ao seu difcil acesso, esta praia est situada na zona de ar-ribas em pleno Parque Natural de Sintra-Cascais. conhecida por ser ventosa e com forte on-dulao, sendo possvel observar dunas costeiras, colonizadas por pinheiros mediterrneos e ter-mo-atlnticos.

    GUINCHO

    Considerada uma das sete mara-vilhas na qualidade de uso des-portivo, a praia do Guincho, tem um enquadramento paisagstico reconhecido internacionalmen-te. muito utilizada para a reali-zao de eventos desportivos de nvel europeu e mundial.

    CRESMINA Localizada em pleno Parque Na-tural de Sintra-Cascais e rodeada de falsias, a Praia da Cresmina possui um enquadramento paisa-gstico nico. De grande beleza natural, esta praia caracteriza-da por uma grande extenso de areal, uma forte ondulao mar-tima e ventos fortes, conduzindo formao do sistema Dunar Guincho-Cresmina localizado em toda a sua zona envolvente. Nesta praia pode ser observa-da a foz da Ribeira da Cresmina que a desagua. Durante a poca balnear uma praia vigiada e si-nalizada, dispondo de um Posto Mdico/Primeiros Socorros.

    RAINHA

    Praia de guas calmas e com areal de pequenas dimenses. Deve o nome Rainha D. Ame-lia, que ali ia a banhos durante as estadas da famlia real em Cascais.

    CONCEIO [PRAIA DA CONCEIO] O seu nome deve-se existn-cia de uma capela junto praia, construda em honra de Nossa Senhora da Conceio. uma das praias mais frequentadas da vila.

    DUQUESA

    Situada junto ao palcio dos Duques de Palmela esta praia dispe de bons acessos encon-trando-se junto estao de comboios e de autocarros de Cascais. Possui equipamentos e infraestruturas que permitem a prtica de desportos nuticos.

    MOITAS

    De pequenas dimenses e mui-to rochosa, esta praia situa-se ao longo do passeio martimo, junto estao do Monte Esto-ril. Nesta praia o mar calmo e o areal convidativo para banhos de sol. Porem, se se preferir nas proximidades existe uma piscina ocenica de acesso livre a pisci-na Alberto Romano.

    TAMARIZ

    Considerada a praia por exce-lncia da Costa do Estoril. Esta praia oferece bons acessos, dis-pondo de um passeio martimo e da estao de comboios e auto-carros. Nas proximidades existe uma piscina ocenica de acesso livre.

    POA

    A praia da Poa encontra-se en-caixada entre duas elevaes da costa, podendo observar-se o Forte Velho, o Forte da Cadavei-ra e os antigos banhos da Poa. Possui bons acessos, parque de estacionamento e uma zona pe-donal que permite a comunica-o com as outras praias.

    AZARUJINHA

    Encontrando-se envolvida por falsias formando uma espcie de anfiteatro natural, proporcio-nando momentos de relaxamen-to nicos. De pequena dimenso, com acesso exclusivamente pe-donal pelo paredo ou atravs de escadas localizadas a montante da Praia, acesso pela Av. Mar-ques Leal.

    S. PEDRO DO ESTORIL

    Com extenso areal, no perodo de baixa-mar, esta praia composta por calcrios e margas com cerca de 100 milhes de anos. A praia de So Pedro do Estoril muito frequentada por sufistas.

    BAFUREIRA

    uma das praias mais pequenas do concelho de Cascais e das me-nos conhecidas, por se encontrar envolvida em arribas. Dividida por um ponto e formaes ro-chosas a praia da Bafureira loca-liza-se a nascente da praia de S. Pedro do Estoril.

    AVENCAS

    Com uma dimenso muito redu-zida esta praia possui extensas plataformas rochosas que so colonizadas por espcies mui-to importantes de fauna e flora. caracterizada pela existncia abundante da planta denomi-nada Avenca, que era utilizada para uso medicinal em Portugal. Em 1998 foi caracterizada como Zona de Interesse Biofsico, de-vido sua elevada importncia ecolgica.

    PAREDE

    Com caractersticas teraputi-cas ideal para quem sofre de problemas reumticos, devido aos seus efeitos benficos do iodo. A praia da Parede pro-curada por muitos desportistas para a prtica de paddle. uma praia com muito bons acessos, dispondo de uma zona pedonal.

    CARCAVELOS Com uma extenso de 1250 m. uma das maiores praias do con-celho de Cascais. uma praia com muito bons acessos e de fcil estacionamento. Procurada por muitos desportistas para a prtica de atividades fsica so-bretudo no mar.

    Limpeza de praias

    5 praias

    acessveis

    Mobilirio sustentvel nas praias

    Investimento da CMC Mais de 50 mil euros

    para garantir nadadores-salvadores nas praias de Cascais,

    inclusive em praias no concessionadas

    poca Balnear 2016 em Cascais:

    Grandes eventos desportivosOs caminhos dos maiores surfistas mundiais cruzam-se em Cascais. Na crista das ondas do Guincho ou de Carcavelos, a tribo do surf faz a festa.

    Surf: Carcavelos - Guincho 18 E 19 DE OUTUBRO WSL - World Championship of Surf Men

    24 SETEMBRO A 2 OUTUBROWSL - World Championship of Surf Women

    24 SETEMBRO A 2 OUTUBRO WSL - WQS 10.000 Prime Event of Surf Men

    Mundialito de futebol de praia 29 A 31 DE JULHO | PRAIA DE CARCAVELOSBrasil, Portugal, China e USA so as equipas que se iro defrontar no areal de Carcavelos na busca pelo ttulo. Este o grande evento de 2016 no que diz respeito ao desporto e uma grande conquista para Cascais que conseguiu trazer este evento para Carcavelos, refora o vice-presidente da Cmara, Miguel Pinto Luz. Joan Cusc, vice presidente da Beach Soccer Worldwide, entidade organizadora, reala as excelentes condies e apoio da Cmara de Cascais para a realizao do Mundialito no concelho e confessa: Acreditamos que este ser o primeiro captulo de uma histria com grande xito. Iremos viver uma grande festa desportiva. Se na Figueira da Foz, Portimo, Vila Nova de Gaia e Espinho j era bom, em Cascais ser certamente muito melhor.

    Desportos de praia:novas modalidadesO Stand Up Paddle, o desporto aqutico com maior crescimento a nvel mundial, dos ltimos anos, tem novas vertentes e esto em Cascais. Falamos do Stand Up Paddle Yoga por exemplo, que desafia a prtica de Yoga em cima da prancha. Para quem procura treinos funcionais para queimar gordura, tonificar os msculos e ganhar resistncia, o Boot Camp o ideal. As aulas em grupo sugerem o encontro e a motivao perfeita para alcanar objetivos. Fcil de aprender, para quem nunca fez qualquer tipo de desporto, o Beach Tennis. Com raquetes e bolas prprias, o jogo acontece num campo de areia de 16mx8m com uma rede a 1,70m. Um desporto ideal para a famlia. Siga estas e outras sugestes em agenda.cascais.pt.

    CAMPO DE TNIS

    STAND UP PADDLE

    Limpeza do areal 7 dias por semana de abril a outubro e 6 dias por semana na

    poca baixa

    Anlises semanais qualidade das guas das praias. Disponvel em cascaisambiente.

    pt ou no painel informativo de praia

    no local

    cascaisambiente.pt

  • Mobilidade . Ambiente . Qualidade de vida

    H SEMPRE LUGAR PARA SISOLUES SUA MEDIDA

    Estacionamento organizado para todos. Antes de se dirigir loja, contacte-nos!*

    Leonor Carvalho Martins:Campe Europeia de Taekwondo em 2016Leonor tem 9 anos e no dia 26 de maro deste ano sagrou-se Campe Europeia de Taekwon-do no campeonato que decor-reu em Cascais no Pavilho Guilherme Pinto Basto. Esta menina de olhar ternurento tem garra para a competio desportiva. E neste sentido po-demos dizer que a sua costela de atleta j tem tradio fami-liar. O bisav paterno, Hlder Martins participou nas olim-padas de 1924, 1928 e 1948. E o bisav materno, Fernando Paes em 1948 e 1952, ambos em Hi-pismo. O pai, Antnio Carvalho Martins, tambm aficionado pelo hipismo, alcanou em 2011 o 1 lugar numa prova da Glo-bal Champions Tour. Leonor gosta de cavalos e at j teve um pnei mas a sua paixo pelo teakwondo mais forte, moda-lidade que entrou na sua vida aos seis anos por influncia de

    So tantos e to diversificados os lugares de Cascais dignos de apreo em termos gastronmicos que se torna difcil escolher um deles para iniciar estas crnicas (ligeiras) de gourmand que gourmet ou gourmet que gourmand. Por isso, a melhor soluo, para evitar qualquer suspeita de preferncia injustificada, reunir num pote (um pote, ateno) papelinhos idnticos com os nomes, digamos, de vinte dessas instituies e pedir a algum (aqui j entra, com todo o desplante de que sou capaz, a preferncia por uma senhora que me acompanha nas minhas surtidas gastronmicas) que meta a mo no continente para retirar o contedo, i.e., o vigsimo premiado.Metida a delicada mo no pote, escolhido s cegas o papel, desembrulhado o mesmo (como agora se diz tanto), lida a letra cursiva, eis que surge, em toda a sua pompa e circunstncia, o nome: Pastelaria Garrett.Vem-me logo memria (e foi Guillermo Cabrera Infante que disse que a memria um vademecum) as inmeras vezes em que, procurando a mais completa discrio, me encostei ao (melhor, me pendurei no) balco dessa casa estorilense ou estoicamente me perfilei na bicha para ter (merecido) acesso s iguarias que por l se prodigam aos eleitos (em sentido bblico). O primeiro aspecto a referir a pulcritude e o asseio do estabelecimento: basta passar os olhos por balces, mesas, escaparates, o que quer que seja (incluindo colaboradores), visitar a casa de banho, para perceber que estamos em local em que os inspectores (louvados sejam pelo trabalho que fizeram e fazem) da ASAE no tem nada a fazer. A no ser, se quiserem, provar. E aprovar. O segundo a qualidade de tudo o que l se come e bebe: desde os salgados aos bolos, ao po, ao caf (at o descafeinado soberbo), ch e demais beberagens, no h outra manifestao que se possa fazer que no seja de regozijo: um silencioso ah! (com um estalar de lngua mental): uma frescura suprema, uma elegncia extrema, enfim, a nica coisa que me comove: a excelncia.Ficaram dezanove papelotes no pote: a mo l regressar.

    SALVATO TELLES DE MENEZESPRESIDENTE DA FUNDAO D. LUS I

    uma amiga. O que para Leonor comeou como um hobby fez dela uma atleta de competio com uma mente bem treinada para a concentrao quando enfrenta as adversrias. Nes-tes momentos deixa de ouvir o pblico e nada a consegue dis-trair. Praticar taekwondo d--me mais confiana e respon-sabilidade e faz-me sentir mais protegida, diz. Este ano est no Top 3 em Frmula e Spar-ring. Gostava de participar no Campeonato do Mundo, mas falta-me um patrocinador. Leonor vive e treina em Cas-cais, na Smart Academy, com os professores Francisco Ama-ral e Antnio Monteiro, que so 5 Dan de Taekwondo Son-gahm e reconhecidos interna-cionalmente. O seu cinto de cor vermelha/preto com uma faixa amarela significa que est no programa Leadership. A faixa

    Mariana Cabral: Uma jornalista com gosto pela bola

    As mulheres tambm adoram futebol. A ideia de que o futebol um desporto para homens j foi cho que deu uvas, hoje h muitas mulheres que praticam

    aventura de Mariana no fute-bol comeou em Pico da Pedra, Aores, de onde natural. Joga-va futebol na escola. J nessa altura lia o jornal A Bola. Uma das suas melhores recordaes foi quando venceu o concur-so de guarda-rede nos Aores. Ainda no sabia dizer que pro-fisso gostaria de ter no futuro, mas tinha uma certeza: Tinha que trazer mistura desporto, de preferncia futebol. Desco-nhecia que existiam mulheres treinadoras de futebol, porque se soubesse, a resposta teria a direo de um golo certeiro na baliza adversria: treinadora de futebol. Com 17 anos veio para Lisboa estudar Cincias da Co-municao e continuou a jogar futebol. Estagiou no jornal A Bola. Na Associao de Fute-bol de Lisboa tira o 1 nvel do curso de treinadores de futebol. a partir daqui que recebe uma proposta para iniciar o Futebol Feminino de sub-17 no Estoril--Praia. Este ano vai continuar a ser muito especial para Maria-na. Em junho vai fazer a cober-tura do Europeu como reprter do Expresso.

    Fo

    to: A

    na B

    aio

    /Exp

    ress

    o

    Gostava de participar no campeonato do mundo

    A escolha da profisso tinha que trazer mistura o desporto

    * Se no conseguirmos resolver o seu problema por telefone, agendaremos uma hora evitando esperas e filas.

    OPINIOCascais(de)

    vermelha no seu dobok signifi-ca que integra o programa Le-gacy que lhe permite colaborar nas aulas dos mais pequenos. Leonor ser cinto preto j este ano. Um dia a me perguntou--lhe o que aconteceria se tives-se que abandonar o taekwondo e Leonor respondeu-lhe. Fica-ria muito triste.

    a modalidade, so jogadoras internacionais e treinadoras de futebol. Na comunicao social, enquanto jornalistas, comeam a dar nas vistas como comenta-

    doras de programas dedicados ao desporto- rei. o caso de Mariana Cabral. treinadora da equipa feminina de futebol de sub-17 do Estoril Praia e jorna-lista de desporto no Expresso. E, por diversas vezes, foi j con-vidada para comentar jogos de futebol na televiso.Mariana Cabral tem 28 anos e, recentemente, foi escolhida pe-los seus pares para o Prmio Re-velao Imprensa Escrita Vitor Santos do CNID Associao de Jornalistas de Desporto. Um prmio que na mesma data, 10 de maio, bisou para Mariana e a sua de Equipa de Futebol Fe-minino do Estoril Praia que mesma hora estavam a ser ho-menageadas por terem ganho as distritais da Associao de Futebol de Lisboa de 2016. A

  • 1312 Maio 2016

    Cascais(de) BILHTICA BAIRRO DOS MUSEUSBilhete 3 (50% desconto para muncipes)+ de 65 anos e juniores (at 11 anos) gratuitoBilhete nico Dirio 8,00Locais de venda: museus, CTT, FNAC, Worten, El Corte Ingls, bilheteiraonline.ptInformaes: [email protected]+351 214 815 660/5 | bairrodosmuseus.pt

    cascais.pt

    AGENDACASCAIS

    APP AGENDA CASCAIS

    MSICA

    14 MAIO A 24 SETEMBROOut Jazz 2016Parque Marechal Carmona | 14, 21 e 28 de maio, 2, 9, 16, 23 e 30 de julho e 24 de setembro (esta ltima data com bilheteira)Jardim da Casa das Histrias Paula Rego | 4, 11, 18 e 25 de junho e 6, 13, 20 e 27 de agostoParque Palmela | 3, 10 e 17 de setembroGratuito17h00

    EXPOSIES

    6 MAIO A 11 JUNHO2 Edio Prmio Rei D. Carlos 2016Galeria de Arte da Freguesia de Cascais e EstorilGratuitoInaugurao e Cerimnia de Entrega dos Prmios: 6 de Maio s 16h303 a sbado: 10h00 - 18h00i. 214 646 140 [email protected]

    6 MAIO A 10 JUNHONeofigurativismo lrico - Exposio de Helena JustinoCentro Cultural de CascaisCusto: Bilhtica Bairro dos MuseusInaugurao 6 maio s 21h30(gratuito no dia da inaugurao)3 a domingo: 10h00 - 18h00i. 214 815 660www.fundacaodomluis.pt

    cascalitos.pt

    DESPORTO

    29 MAIOYoga na praiaPraia das MoitasMonte EstorilGratuito10h00

    29 MAIOFrisbeePraia de CarcavelosGratuito16h00 - 17h00Atividade gratuita e sem inscrio prvia

    LEITURAS

    28 MAIO E 25 JUNHOCom olhos de ler comunidade de leitoresBiblioteca Municipal de So Domingos de Rana28 maio | Plano de Leitura: Bonequinha de Luxo, de Truman Capote25 junho | Plano de Leitura: O Cavaleiro Verde, de Iris MurdochGratuitoGratuito15h00i. 214 815 403/4 [email protected]

    28 MAIOCorrida de carrinhosde rolamentosAVENIDA GAGO COUTINHOGALIZA ESTORILCusto: 1,0014h00Inscries: obrigatrias at dia 26 de maioi. 214 683 [email protected]gmail.com www.ludotecadagaliza.blogspot.com

    CRIANAS

    28 MAIOPara crianas dos 0 aos 109LUDOBIBLIOTECA RMULO DE CARVALHOGratuito15h00 - 17h00i. 961 797 982 | 961 447 150 [email protected]

    13 JUNHO A 29 JULHOFrias de verona Ludoteca da GalizaLUDOTECA DA GALIZAPblico-alvo: Para crianas e jov-ens a partir dos 6 anos de idadeCusto: A partir de 20,00 / semana2 a 6 | 8h30 - 17h00Inscries: At 1 de Junho | Limite de 50 inscries [email protected] 214 683 [email protected]

    3 JUNHO A 5 JULHOAnimadores de veroLUDOTECA DA GALIZAPblico-alvo: jovens a partir dos 13 anosCusto: 10,006 a partir das 17h00 | Sbado - dia inteiro | Domingo - regresso a partir das 16h00Inscries: at 1 de Junho (Limite de 26 inscries)i. 214 683 396 [email protected]

    4 JUNHOSementes de leituraBIBLIOTECA INFANTIL E JUVENILPARQUE MARECHAL CARMONACASCAISGratuito10h00 11h00Inscries: de 2 a 6 das 9h30 s 17h30 i. 214 815 326/[email protected]

    Foto: Frederico Rosa

    OUTROS

    27 a 29 MAIOCOOLATIVIDADESFIARTIL - Estoril6: 18h00-23h00 | Sbado: 12h00-23h00 | Domingo:12h00-18h00i. cascais.pt

    31 MAIORacing StoriesCasino do EstorilCusto: 22,00i. www.racingstories.tv4 JUNHOGarden sale 2016 venda de usados nos parques municipaisParque Urbano Quinta de RanaGratuito10h00 17h00

    5 JUNHOEncontro de carochas em Cascais edio especial bus PO DE FORMAMarina de Cascais10h00 16h00i. [email protected] | www.facebook.com/VwClassicosCascais

    30 JUNHO A 1 JULHOExpo franchise feira nacional de franchisingmarina de CascaisCentro Congressos do EstorilCusto: 8,0011h00 - 19h00i. infofranchising.pt

    APOIOS PARCEIRO MEDIA PARTNERS SPONSORS

    www.cascaisgroove.pt

    bilhetes disponiveis nos locais habituais e em bol.pt

    Groove: Festival indito em Cascais

    O Out Jazz est em CascaisConhecido por ser um festival gratuito, com boa energia e o melhor da msica soul, funk, jazz e hip-hop, o OutJazz promete fazer sucesso pelos jardins de Cascais e Lisboa. At setembro, Cascais, aco-lhe todos os sbados, a par-tir das 17h00, este festival. O Parque Marechal Carmona, o Jardim Casa Histrias Paula Rego e o Parque Palmela fo-ram os locais escolhidos para acolher residentes e turistas. J os domingos esto reserva-dos para os jardins de Lisboa. Pelos palcos do Out Jazz, mar-cam presena os msicos DJ Mary B, Quinteto Ricardo Pinto,

    Concertos de vero no Parque PalmelaEm cascais o vero estende-se para l das praias. O evento Vero no Parque so quatro concertos que apresentam em palco Rodrigo Leo, Laurent Filipe, Stefano Bollani, Richard Galliano & Syilvain Luc. A ter-ceira edio do evento vai de-correr nos dias 1, 8, 30 de julho e 13 de agosto no Auditrio Fer-nando Lopes-Graa, no Parque de Palmela. So musicalidades que entrelaam sonoridades do mundo da msica clssica, clssica-pop e jazz, prometendo uma fuso perfeita entre a na-

    tureza e a arte. Exemplo disso so os espetculos que estes msicos trazem ao Parque. As noites de vero esto, as-sim, de volta ao Parque Palme-la, em ambiente descontrado, numa perfeita harmonia com a natureza e qualidade de sono-ra, no s pelas condies de acstica e conforto do espao, mas pelos nomes que o cartaz apresenta nesta 3 edio. O auditrio ao ar livre tem lota-o para 900 lugares. Bilhetes venda na bilheteira online ou no local.

    DJ Rykardo, DJ Nuno di Rosso, DJ Johnny, DJ Pedro Simes, DJ Tiago Fonseca, Andr M. Santos & MOb Ensemble, Rita

    & o Revlver, Francisco Sales, They Must Be Crazy, Salvador Sobral, Afrocuban Project ou DJ MR. Bird, entre outros.

    H FESTA NO PARQUEDe junho a outubro os parques em Cascais esto em festa. Para alm do Garden Sale um mercado ao ar livre de troca e venda de objetos em 2mo, h muita animao musical, malabaristas, palhaos e jogos tradicionais. As manhs vo ser dedicadas atividade fsi-ca. Aproveite e troque o gin-sio pelo parque, h muito por onde escolher: Dana, Yoga, Pilates, Bootcamp, Fitbox e

    Cross Training so algumas das modalidades presentes. J em junho, os Jardins da Parede re-cebem toda a animao. No re-gresso de frias, em setembro, a Ribeira dos Mochos vai ser o local de encontro das famlias. E em outubro, para animar o in-cio do outono o Parque Quinta da Rana encerra a festa.

    Fique a par da programao em cascaisparticipa.pt.

    Cascais prepara-se para rece-ber o Groove, um festival que apresenta um conceito indito em Portugal: ambientes inti-mistas, gastronomia, entre ou-tras experincias juntam-se no Parque Palmela de 24 a 26 de junho. Srgio Godinho, Jorge Palma, Maria Rita, Mayra Andrade ou The Black Mamba so alguns dos artistas de referncia da msica portuguesa, brasileira e cabo Verdiana que vo subir ao palco da primeira edio do Cascais Groove 2016.No recinto, todos os pblicos tm lugar cativo, em espaos o Groove Kids ou o Chill and Groove.

  • 15Maio 2016

    Patricias last editorial column is dedicated to Eng. Miguel Pinto Luz

    His immaculate office looks out on some of the finest real estate in Cascais: The Fishermans Beach, the Hotel Baia and the stately, cobbled stone patterned square typical of Portugal.It is a view which inspires vision. Its inhabitant is a man who harbors ideas and confronts the challenges of the future with a full embrace and enthusiasm.Meet Eng. Miguel Pinto Luz, who grew up in Cascais and now serves as Vice-President and Deputy Mayor to Mayor Carreiras. Most notably, he is responsible for the quality and development of tourism in Cascais.And that is a priority for the authorities of Cascais.With its unique mini-climate of mild temperatures throughout the year, the summer heat mitigated by the cool ocean breeze, Cascais owes its burgeoning tourist popularity to a number of factors under the leadership of Eng. Luz and the Municipality Assembly.Attracting tourists requires a good infra-structure, and the Municipality has invested heavily in making Cascais a safe destination. The constant installation of hotel lodging from five stars to hostels of five beds allows all tourists of varying means to seek and enjoy the paradise denominated Cascais.Complementing the tourist lodging are a wide variety of restaurants catering to all tastes. But Cascais is not a Municipality that has forgotten its inhabitants.The municipality has supported social housing so that Cascais is not only a residential haven for the privileged but also the home of its people. Added to this humanitarian action is the presence of hospitals, both private and public, of outstanding quality, which are available to the community.To further broaden the appeal of Cascais as a multicultural force are the yearly tennis, sailing and horse jumping events which draw visitors from all over the world.Diverse religious denominations are presently well represented, with expectations of a further increase. Six hundred and fifty years ago, a band of monks began the long walk from the hills above Cascais to the highest point possible, from where can be seen the beaches of Guincho and the pristine water rising to threatening heights and then thundering to the shore. These monks surely saw Cascais as a refuge from the marauding pirates of the Mediterranean.Today, this vision of Cascais as a sanctuary where one can live and enjoy the delights of today is continued by Eng. Luz and his team at the Municipality of Cascais.

    It is with great sadness and regret that we have to announce that Patricia (Pat) Westheimer passed away last Thursday 12th May.A journalist, author and teacher, Pat was loved and respected by many people from all walks of life, ages, and across different religions and cultures, while remaining a pillar of her own community. We would like to send our sincere condolences and thoughts to all her loved ones She will be greatly missed also here at C where her dedication and passion for Cascais, the place she chose to live, was evident to us all. Her column will be maintained in her memory.

    If you have suggestions for articles or comments on ours, please email us: [email protected]

    PATRICIA WESTHEIMERJOURNALIST AND TEACHER

    Out Jazz Lifeguards Back on the Beaches of Cascais

    At a short ceremony held on the Praia da Conceio on 1st May, the Mayor, Carlos Carreiras, formally opened the 2016 bath-ing season (poca balnear) for Cascais. The municipality thus became the first in Portugal to ensure lifeguards are in place to supervise the safety and res-cue of swimmers, surfers, and other water sports participants on all the supervised beaches in the Cascais region. This year, for the first time, there are more than 300 beach-es in Portugal permitted to fly the Blue Flag in recognition of their safety and the quality of the water. Nuno Leito, the President of the Portuguese Lifeguard In-stitute (Instituto de Socorros a Naufragos) explained that at the end of each calendar year it is the responsibility of the town councils to propose to the Por-tuguese Environment Agency, the dates for the next bathing season. These dates are gen-erally according to regional

    has invested 150.000 euros to pay for the lifeguards on all 12 km of beach on the Cascais line for the month of May. The life-guards are paid for by each pri-vate beach concessions from 1st June to 30th September. If the weather remains good the Council is also considering ex-tending the season to 15th Oc-tober just as it did last year.When we start to see many people on our beaches we must try to fulfil our primary objec-tive by bringing forward the bathing season, but also by extending it - as has happened in the past, says the Mayor of Cascais, Carlos Carreiras. It is the right choice in terms of se-curity because there have been no unfortunate deaths on our beaches . There are around 70 certified lifeguards, assisted by more than 4.000 part time volun-teers, to ensure the safety of all swimmers on the beaches of Cascais this summer.

    SOCIAL & COMMUNITY EVENTS

    22 MAYCascais Pub Quiz NightCharity fundraising English quiz night with prizes, refreshments and good fun. All welcome. DUKE PUB & RESTAURANT20:00 23:00i. 967 347 [email protected]

    27 MAYRoyal British Club Happy Hour An opportunity to see old friends and meet new people all welcomeHOTEL BAA 18:00 for 20:00i. 913 831 [email protected]

    27-29 MAYMercado da Corte 19th Century themed market.MERCADO DA VILA CASCAIS Fri 16:00 22:00, Sat 10:00 22:00, Sun 10:00 20:00i. [email protected] 05 JUNEEuropean Street Food FestivalThe garden of Estoril Casino will be filled with food trucks and stalls with gourmet and artisan street food and drink for the second edition of the European Street Food Festival.JARDIM DO CASINO ESTORIL12:00 22:00i. http://www.streetfoodportugal.pt/09 JUNERoyal British Club Wine Tasting and LunchWine tasting and lunch at Hotel Baia.HOTEL BAAi. 913 831 [email protected]

    ART & EXHIBITIONS

    17 - 21 MAYInternational Museum DayFree entry to museums and cultural buildings with special activities organised,some are also open in the evening. For the full programme consult the website.MUSEUMS AND CULTURAL BUILDINGS CASCAISi. www.fundacaodomluis.ptUNTIL 19 JUNEGro Vasco National MuseumExhibition of Painting and sculpture collections, 16th and 17th Century.CENTRO CULTURAL DE CASCAISTue Sun from 10:00-18:00i. 214 815 660www.fundacaodomluis.pt

    UNTIL 29 MAYiPaisa!Exhibition of Painting by Pedro Batista.CENTRO CULTURAL DE CASCAISTue Sun from 10:00-18:00i. 214 815 660www.fundacaodomluis.pt

    UNTIL 24 JULYDialoguesExhibition of Painting by Isabel Nunes.CENTRO CULTURAL DE CASCAISTue Sun from 10:00-18:00i. 214 815 660www.fundacaodomluis.pt

    06 MAY 10 JULYNeofigurativismo LricoExhibition of Painting by Helena Justino influenced by her experience in Africa.CENTRO CULTURAL DE CASCAISTue Sun from 10:00-18:00i. 214 815 660www.fundacaodomluis.pt

    THEATRE & MUSIC

    JUNECinema HighlightsIndependent cinema screens movies in English, French and other languages. Thursday premires.Angry Birds, el Club (Chile), Warcraft CINEMA DA VILLA 14:00 22:00 sessionsi. 215 887 [email protected]

    07 MAY 24 SEPTEMBEROutjazz 2016Concerts in the parks and gardens of Cascais on Saturdays and Sundays.PARQUE MARECHAL CARMONA, JARDIM DA CASA DAS HISTORIAS PAULA REGO, PARQUE PALMELA 17:00i. www.cascais.pt/evento/out-jazz-2016

    11 JUNESummer Concert Cascais Symphony OrchestraFeatures extracts from the opera Momchil by Lyubomir Pipkov, ballet Spartacus by Aram Khackaturian and Pictures at and Exhibition by Modest Mussorgsky arranged by Maurice Ravel.AUDITORIO SENHORA DA BOA NOVA21:00i. tickets www.bol.pt24 - 26 JUNECascais GrooveNew festival for 2016. Live music performances, organic foods and childrens activities.Artists include Jamie Cullum, Mayra Andrade and Miguel Araujo.PARQUE PALMELA

    CHILDREN & FAMILIES

    20 JUNE 05 SEPTEMBERActivity Camps Sports and other activity camps during the school holidays for children aged 5 1508:30 17:30i. cm-cascais.ptEVERY THURSDAYHorseriding ExperienceAn opportunity to try horse riding; all equipment provided.CENTRO HIPICO DO ESTORIL (CHARNECA)18:00 19:00i. 214 872 [email protected]

    SPORTS & SAILING

    21 MAYSurf at NightCascais Surf at Night Festival.PRAIA DE CARCAVELOSStart of main Portuguese Tennis eventi. cascais.pt

    AGENDA CASCAISagenda.cascais.pt

    climate conditions, so beaches in the South of Portugal tend to open first, but they must also commit to specific dates by which they will have in place; the municipal infrastructure required, including lifeguards; the private beach concessions ready to open on time; and all arrangements made for ade-quate monitoring of the quality of the water.The bathing season will open progressively on all 250km of the supervised beaches for a total requirement of 4.100 lifeguards. Even so, this leaves a further 350Km of unsupervised beaches along the coast of Portugal. All beaches must be open at the latest for the bathing sea-son to run officially from 15th June through to 30th Septem-ber. The majority have chosen to begin lifeguard surveillance from 1st June - although 25 beaches in the Albufeira area have chosen 15th May. In order to open effectively a month early the Town Council

    Dear Pat, you really were the best, A Jewish lady,full of zest.An ambassadress for people here,An American,so dear. To the world you are a loss,Americans have lost a boss.Cascais with joy you made your home,The Paradao no more, youll roam.

    C. Atual,so many read,Of her it always will be said,An editress of great renown,A tragic loss to Cascais town.

    To our home one day she came,And now our lives wont be the same.Bless this house with friends,she said,And laughtertoo, but now shes dead. In all weathers, all year roundIn freezing sea she could be found.At Clube Visconde she exercised,Her friendship there was highly prized.

    Patricia Westheimer,1943 2016. In loving memory.

    www.angloinfo.comEDITORIAL

    Free Summer Concerts in the Parks of Cascais and Lisbon

    Every Saturday and Sunday from 7th May to 18th Septem-ber the Parks of Lisbon and Cascais will come alive to the best of soul music, funk, cool jazz and hip-hop. Out Jazz is already a classic event for the late summer afternoons in the gardens and public parks of Lisbon with a series of free jazz concerts from May to Septem-ber, from 5pm until sunset. Starting in Lisbon in 2006, supported by the Lisbon City Council, the Out Jazz festival is now in its 10th edition. The Cascais Town Council has added its support so that this year the concerts will also be brought to the parks of Cascais on Saturdays, with Sundays re-served for Lisbon. The music begins at 5 p.m and all are wel-come to enjoy the music of the jazz groups and the DJs, the stalls, food and drink and other diversions available. Entrance

    is free except for the final date on 24th September for the clos-ing OUT FEST event which will be ticketed.Out Jazz attracts old and young, families and groups of friends all looking for a differ-ent reasons to relax and en-joy their weekend afternoons throughout the summer. Every month the series of concerts are set in a different location. Musicians seeking to play at these concerts were asked to apply by the end of Febru-ary and the schedule is now published with DJs driving the music at each event. On the stage will be well-known names such as; DJ Mary B, DJ Nuno di Rosso, DJ Johnny, DJ Pedro Simes, DJ Tiago Fonse-ca, among many others.The founder of Out Jazz, Jos Filipe Rebelo Pinto, attributes the success of Out Jazz to find-ing a new way to attract people

    to use the parks, by bringing music and activities to the gardens on a day when there would usually be very little activity. Now after a day at the beach or at work, or even just to release accumulated stress, peo-ple can enjoy these public spac-es, in the company of friends, with good music and a relaxed environment.

    PARQUE MARECHAL CARMONA

    7 (cancelled due to rain), 14, 21, and 28th May 2, 9, 16, 23 and 30 July 24 September

    JARDIM DA CASA DAS HISTRIAS PAULA REGO (HOUSE OF STORIES)

    4, 11, 18 and 25 June 6, 13, 20 and 27 August 24 September

    PARQUE PALMELA

    3, 10 and 17 September

    Small in stature,big of heart, Loved by all that was her art.Her countenance will not adornCentro Cultural-as we mourn.

    Robin ApthorpeCascais 12/5/2016

    Como tantas vezes lhe disse, a Patrcia a mais cascalense de todos os americanos que alguma vez conheci e a quem tivemos o privilgio de chamar vizinha. Deixa-nos um exemplo de energia, de vontade e de incondicional amor a Cascais e s suas gentes que ser para sempre recordado

    As I told her so many times, Patricia is the most Cascalenseof all the Americans I have ever known. A person we were privileged to call our neighbor. Patricia will always be remembered for the example she gave us of energy, determination and unconditional love of Cascais and its people

    A Patrcia foi um tit da cidadania: pela dinmica que incutia nas relaes da Cmara com a comunidade expatriada, pelas exigncias de melhoria continua que nos colocava, pela paixo com que falava de Cascais aqui, ou na Amrica ou em qualquer lado

    Through the relationship she promoted between the Municipality and the resident foreign community; because of the way she pressured us to do things right; because of the passion she showed in every word whenever she mentioned Cascais, either here, in America, or anywhere else, Patricia was truly a Titan of a Citizen

    A Pat tinha uma maravilhosa capacidade de juntar as pessoas, de criar um sentido de ligao e de pertena

    Pat had a wonderful ability to bring people together, to create a sense of connection and belonging

    CARLOS CARREIRASPRESIDENTE DA CM CASCAISMAYOR OF CASCAIS

    MIGUEL PINTO LUZVICE PRESIDENTE DA CM CASCAISVICE MAYOR OF CASCAIS

    ELI ROSENFELDRABINORABBI

  • 16

    Espao COmVIDA para populao snior de Trajouce

    Atravs de atividades socio recreativas e culturais, desenvolvidas por tcnicos especializados, a populao de Trajouce conta, a partir de agora, com um espao de lazer e ocupao de tempos livres, de forma a combater o isolamento e promover um envelhecimento ativo e saudvel. Este centro fruto da parceria entre a Cmara de Cascais e a Associao de Beneficncia Luso-Alem (ABLA) e vem reforar a rede de Centros de Convvios e Espaos Seniores no concelho.

    Mais mobilidade e emprego em Cascais

    Depois de muitos anos espera, a Praa Mrio Azevedo Gomes, na Parede, foi finalmente alvo de uma interveno que permitiu melhorar o espao pblico e a oferta de mais servios populao, com a abertura da superfcie comercial Continente Bom dia. Esta nova superfcie comercial permitiu ainda a criao de cerca de 60 novos postos de trabalho, 30 dos quais de 1 emprego.

    Paula Rego inaugura exposio com regresso a Ea de QueirsPaula Rego mostra, pela pri-meira vez em Portugal, Old Meets New. Trata-se da mais recente produo da artista, realizada entre 2013 e 2015. A mais internacional criadora portuguesa traz sua Casa das Histrias as sries de pintura d A Relquia e d O Primo Baslio, obras inspiradas nos romances de Ea de Queirs. De 25 de maio a 30 de outubro. Na obra recente de Paula Rego, essas fices so encenadas, representadas e reinterpreta-das num espao de intimidade onde estas histrias ganham vida prpria atravs dos mode-los vivos e sobretudo de Lila Nunes que seguem as vises da artista, enriquecendo-as sempre com as suas vivncias e as suas prprias verses das histrias. So, por isso, verdadeiros qua-dros vivos onde tudo encena-do ao pormenor, construindo--se modelos tridimensionais, criaturas fantsticas, com uma materialidade fabricada com o

    CURTASCompletoMaro 2016

    mesmo impulso artstico. Paula Rego estabelece como ponto de partida narrativo para estas novas sries de obras os dramas morais e sociais cons-trudos nos finais do sculo XIX, numa relao direta com a literatura prxima da crtica de costumes, reinterpretando o re-trato poltico, social e psicol-gico da sociedade portuguesa.

    ter21h30Dia do Municpio Msicas da Nossa VidaMsica Portuguesa Praa 5 de Outubro

    qua21h30 Msicas da Nossa VidaMsica Internacional Praa 5 de Outubro

    quiComemoraes Dia de Portugal de Cames e das Comunidades Portuguesas19h00 Coros e Bandas Hino Nacional Cidadela de Cascais

    22h00 Fogo de ArtifcioBaa de Cascais

    22h30Giants Steps & Smoth Jazz Praa 5 de Outubro

    CASCAIS

    7a 13 junho2016

    SEMANADO MUNICPIO

    TODOS OS DIAS 18h00Concertos a BordoComboios CP Cascais

    7

    8

    9

    sexComemoraes Dia de Portugal de Cames e das Comunidades Portuguesas10h00 Arruada Praa 5 de Outubro18h00 Arraial SolidrioMercado da Vila

    sb18h00 ArraialMercado da Vila21h00 Marchas PopularesPraa 5 de Outubro e Mercado da Vila

    dom18h00 ArraialMercado da Vila

    seg21h30 Concerto dos Alunos do Conservatrio de Msica de CascaisPraa 5 de Outubro

    10

    11

    12

    13SABIA QUE .

    A Loja Cascais tem novas instalaes?Funciona agora no piso -1 da Loja do Cidado com servios de vrias entidades, entre as quais Segurana Social, Parc e Gabinete de Integrao Profissional, entre outros servios.Mais informao em: cascais.pt

    As obras reinterpretamo retrato poltico, social e psicolgico da sociedade portuguesa

    OP Cascais com recorde de presenas e propostas na primeira fase

    32 dias de durao

    74 propostas apresentadas online

    2977 gostosnas propostas online

    9 sesses presenciais

    1119 cidados participantes

    84 propostas apresentadas presencialmente

    56 propostasselecionadas

    cascaisparticipa.pt