Guião para a preparação da celebração · PDF filecerto de...

Click here to load reader

  • date post

    09-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Guião para a preparação da celebração · PDF filecerto de...

  • Guio para a preparao da celebrao

  • Algumas notas:

    a) Em relao s leituras, os noivos podero escolher ou uma

    do Antigo Testamento ou uma do Novo Testamento; e pode-

    ro escolher o Evangelho; tambm podero escolher a Ora-

    o Universal.

    b) Dentro do possvel, se houver pessoas preparadas e habi-

    tuadas, os noivos podero indicar os leitores.

    c) Sobre a Comunho: muito importante saber que no

    obrigatrio comungar no dia do casamento. Mais: na maior

    parte dos casos prefervel que no comunguem: a Eucaris-

    tia um Sacramento to srio que seria grave faz-lo sem

    um profundo amor e compromisso. S devem comungar

    aqueles que o fazem habitualmente, porque participam na

    Missa do Domingo; ou ento aqueles que, por causa do

    casamento, se convertem e decidiram comear a fazer da

    Eucaristia dominical o centro da sua vida.

  • 1. RITOS INICIAIS

    a. Saudao e acolhimento

    b. Orao colecta

    2. LITURGIA DA PALAVRA

    a. Leitura

    b. Salmo Responsorial

    c. Aclamao ao Evangelho

    d. Evangelho

    e. Homilia

    3. LITURGIA DO MATRIMNIO

    a. Dilogo

    b. Consentimento

    c. Bno e entrega das alianas

    d. Orao Universal

    Se houver Comunho:

    4. BNO NUPCIAL

    5. RITOS DA COMUNHO

    a. Pai-nosso

    b. Comunho

    c. Orao ps-comunho

    Se no houver Comunho:

    4. ORAO DOMINICAL

    5. BNO NUPCIAL

    6. ACO DE GRAAS ENTREGA DO RAMO A N SENHORA

    7. RITOS DE CONCLUSO

    a. Bno Final

  • Na celebrao do Matrimnio, podem usar-se as leituras que se seguem. Escolha-

    se sempre pelo menos uma leitura que fale explicitamente do Matrimnio. Estas

    leituras vo marcadas com asterisco.

    LEITURAS DO ANTIGO TESTAMENTO

    1. * Gen 1, 26 -28.31 Ele o criou homem e mulher

    Leitura do Livro do Gnesis

    Disse Deus: Faamos o homem nossa imagem e semelhana. Domine

    sobre os peixes do mar, sobre as aves do cu, sobre os animais domsti-

    cos, sobre os animais selvagens e sobre todos os rpteis que rastejam

    pela terra. Deus criou o ser humano sua imagem, criou-o imagem de

    Deus. Ele o criou homem e mulher. Deus abenoou-os, dizendo: Crescei e

    multiplicai-vos, enchei e dominai a terra. Dominai sobre os peixes do mar,

    sobre as aves do cu e sobre todos os animais que se movem na terra.

    Deus viu tudo o que tinha feito: era tudo muito bom.

    Palavra do Senhor.

    2. * Gen 2, 18-24 E os dois sero uma s carne

    Leitura do Livro do Gnesis

    Disse o Senhor Deus: No bom que o homem esteja s: vou dar-lhe

    uma auxiliar semelhante a ele. Ento o Senhor Deus, depois de ter for-

    mado da terra todos os animais do campo e todas as aves do cu, condu-

    ziu-os at junto do homem, para ver como ele os chamaria, a fim de que

    todos os seres vivos fossem conhecidos pelo nome que o homem lhes

    desse. O homem chamou pelos seus nomes todos os animais domsticos,

    todas as aves do cu e todos os animais do campo. Mas no encontrou

    uma auxiliar semelhante a ele. Ento o Senhor Deus fez descer sobre o

    homem um sono profundo e, enquanto ele dormia, tirou-lhe uma costela,

    fazendo crescer a carne em seu lugar. Da costela do homem o Senhor

  • Deus formou a mulher e apresentou-a ao homem. Ao v-la, o homem

    exclamou: Esta realmente osso dos meus ossos e carne da minha car-

    ne. Chamar-se- mulher, porque foi tirada do homem. Por isso, o homem

    deixar pai e me, para se unir sua esposa, e os dois sero uma s carne.

    Palavra do Senhor.

    3. * Tob 8, 4b-7 Cheguemos juntos a uma ditosa velhice

    Leitura do Livro de Tobias

    Na noite do casamento, Tobias levantou-se do leito e disse a Sara: Levan-

    ta-te, minha irm; vamos rezar, pedindo ao Senhor que nos conceda a sua

    misericrdia e nos salve. Ela levantou-se e comearam a rezar, pedindo

    ao Senhor que os salvasse. Disse Tobias: Bendito sois, Deus dos nossos

    pais. Bendito o vosso nome por todos os sculos dos sculos. Louvem-

    Vos os cus e todas as criaturas, por todos os sculos dos sculos. Vs

    criastes Ado e lhe destes Eva por esposa, como auxlio e amparo; e de

    ambos nasceu o gnero humano. Vs dissestes: No bom que o homem

    esteja s; faamos-lhe uma auxiliar semelhante a ele. Senhor, bem sabeis

    que no por paixo, mas com inteno pura, que tomo esta minha pri-

    ma como esposa. Tende piedade de mim e dela e fazei que cheguemos

    juntos a uma ditosa velhice.

    Palavra do Senhor.

    4. * Prov 31, 10-13.19-20.30-31 A mulher que teme o Senhor que ser louvada

    Leitura do Livro dos Provrbios

    Quem poder encontrar uma mulher virtuosa? O seu valor maior que o

    das prolas. Nela confia o corao do marido e jamais lhe falta coisa algu-

    ma. Ela d-lhe bem-estar e no desventura, em todos dias da sua vida. Pro-

    cura obter l e linho e pe mos ao trabalho alegremente. Toma a roca em

    suas mos, seus dedos manejam o fuso. Abre as mos ao pobre e estende

    os braos ao indigente. A graa enganadora e v a beleza; a mulher que

    teme o Senhor que ser louvada. Dai-lhe o fruto das suas mos e suas

    obras a louvem s portas da cidade.

    Palavra do Senhor.

  • 5. Cant 2, 8-10.14.16a; 8, 6-7a O amor forte como a morte

    Leitura do Cntico dos Cnticos

    Eis a voz do meu amado! Ele a vem, transpondo os montes, saltando

    sobre as colinas. O meu amado semelhante a uma gazela ou ao filhinho

    da cora. Ei-lo detrs do nosso muro, a olhar pela janela, a espreitar atra-

    vs das grades. O meu amado ergue a voz e diz-me: Levanta-te, minha

    amada, formosa minha, e vem. Minha pomba, escondida nas fendas dos

    rochedos, ao abrigo das encostas escarpadas, mostra-me o teu rosto, dei-

    xa-me ouvir a tua voz. A tua voz suave e o teu rosto encantador. O

    meu amado para mim e eu sou para ele. Ele disse-me: Grava-me como

    um selo no teu corao, como um selo no teu brao, porque o amor

    forte como a morte e a paixo violenta como o abismo. Os seus ardores

    so setas de fogo, so chamas do Senhor. As guas torrenciais no podem

    apagar o amor, nem os rios o podem submergir.

    Palavra do Senhor.

    6. * Sir 26, 1-4.16-21 (gr. 1-4.13-16) Como o sol que brilha no alto dos cus, assim a beleza da mulher virtuosa,

    como ornamento da sua casa

    Leitura do Livro de Ben-Sir

    Feliz o homem que tem uma mulher virtuosa, porque ser dobrado o

    nmero dos seus dias. A mulher forte a alegria do seu marido: ele passa-

    r em paz os anos da sua vida. A mulher virtuosa uma sorte excelente:

    o prmio dos que temem o Senhor. Rico ou pobre, o seu corao ser feliz

    e o seu rosto mostrar-se- sempre alegre. A graa da esposa diligente ale-

    gra o seu marido e fortalece-o a sua sabedoria. um dom do Senhor a

    mulher sensata e silenciosa: nada se compara mulher bem educada. A

    mulher santa e honesta uma graa inestimvel e no tem preo uma

    alma casta. Como o sol que brilha no alto dos cus, assim a beleza da

    mulher virtuosa, como ornamento da sua casa.

    Palavra do Senhor.

  • LEITURAS DO NOVO TESTAMENTO

    7. Rom 8, 31b-35.37-39 Quem poder separar-nos do amor de Cristo?

    Leitura da Epstola do apstolo So Paulo aos Romanos

    Irmos: Se Deus est por ns, quem estar contra ns? Deus, que no

    poupou o seu prprio Filho, mas O entregou morte por todos ns, como

    no havia de nos dar, com Ele, todas as coisas? Quem acusar os eleitos

    de Deus, se Deus os justifica? E quem os condenar, se Cristo Jesus mor-

    reu e, mais ainda, ressuscitou, est direita de Deus e intercede por ns?

    Quem poder separar-nos do amor de Cristo? A tribulao, a angstia, a

    perseguio, a fome, a nudez, o perigo ou a espada? Mas em tudo isto

    somos vencedores, graas quele que nos amou. Na verdade, eu estou

    certo de que nem a morte nem a vida, nem os Anjos nem os Principados,

    nem o presente nem o futuro, nem as Potestades nem a altura nem a pro-

    fundidade nem qualquer outra criatura poder separar-nos do amor de

    Deus, que se manifestou em Cristo Jesus, nosso Senhor.

    Palavra do Senhor.

    8. Rom 12, 1-2. 9-13 Oferecei-vos como vtima santa, viva, agradvel a Deus

    Leitura da Epstola do apstolo So Paulo aos Romanos

    Peo-vos, irmos, pela misericrdia de Deus, que vos ofereais a vs

    mesmos como sacrifcio vivo, santo, agradvel a Deus, como culto espiri-

    tual. No vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, pela

    renovao espiritual da vossa mente, para saberdes discernir, segundo a

    vontade de Deus, o que bom, o que Lhe agradvel, o que perfeito.

    Seja a vossa caridade sem fingimento. Detestai o mal e aderi ao bem.

    Amai-vos uns aos outros com amor fraterno; e rivalizai uns com os outros

    na estima recproca. No sejais indolentes no zelo, mas fervorosos no

    esprito; dedicai-vos ao servio do Senhor. Sede alegres na esperana,

    pacientes na tribulao, perseverantes na orao. Acudi com a vossa parte

    s necessidades dos cristos; praticai generosamente a hospitalidade.

    Palavra do Senhor.

  • 9. Rom 15, 1b-3a.5-7.13 Acolhei-vos uns aos outros, como Cristo vos acolheu

    Leitura da Epstola do apstolo So Paulo aos Romanos

    Irmos: No devemos procurar a prpria satisfao, mas procure cada um

    de vs agradar ao prximo, para seu bem e edificao, pois Cristo tambm

    no procurou o que Lhe era agradvel. O Deus da pacincia e da consola-

    o vos conceda que alimenteis os mesmos sentimentos uns para com os