Iso Iec Guia43

download Iso Iec Guia43

of 41

Embed Size (px)

Transcript of Iso Iec Guia43

Seminrio Nacional Acreditao de Laboratrios em Anlises de Qualidade da gua

A NORMA ABNT ISO/IEC GUIA 43

17 de junho de 2004 Renata Martins Horta Borges

ABNT ISO/IEC Guia 43 -1

Ensaios de Proficincia por Comparaes Interlaboratoriais Parte 1: Desenvolvimento e operao de programas de ensaios de proficincia

Comparaes Interlaboratoriais

determinar o desempenho de laboratrios individuais para ensaios ou medies especficas e monitorar o desempenho contnuo de laboratrios; identificar problemas em laboratrios e iniciar aes corretivas que podem ser relacionadas, por exemplo, ao desempenho individual do pessoal ou calibrao dos instrumentos; estabelecer a efetividade e a comparabilidade de novos mtodos de ensaios ou de medio e, similarmente, monitorar os mtodos estabelecidos;

Comparaes Interlaboratoriais

fornecer confiana adicional aos clientes do laboratrio; identificar diferenas interlaboratoriais; determinar as caractersticas de desempenho de um mtodo - geralmente conhecidas como mtodos colaborativos; atribuir valores para materiais de referncia e avaliar sua adequao para utilizao em ensaios especficos ou procedimentos de medio.

Definies

Programa de ensaio de proficincia Mtodos para verificar desempenho de laboratrio na realizao de ensaio, por meio de comparaes interlaboratoriais.

Definies

Controle Interno da Qualidade (CIQ)

Conjunto de procedimentos adotados pelo laboratrio para o monitoramento contnuo das operaes e resultados.

Definies

Material de Referncia (MR)

Material ou substncia que tem um ou mais valores de propriedades que so suficientemente homogneos e bem estabelecidos para serem usados na calibrao de um aparelho, na avaliao de um mtodo de medio ou atribuio de valores a materiais.(VIM 6.13)

Definies

Material de Referncia Certificado (MRC)

Material de referncia, acompanhado por um certificado, com um ou mais valores de propriedades, e certificados por um procedimento que estabelece sua rastreabilidade obteno exata da unidade na qual os valores da propriedade so expressos, e cada valor certificado acompanhado por uma incerteza para um nvel de confiana estabelecido.(VIM 6.14)

Definies

Comparaes interlaboratoriais organizao, desempenho e avaliao de ensaios nos mesmos ou em itens de ensaio similares, por dois ou mais laboratrios, de acordo com condies predeterminadas.(ABNT ISO/IEC Guia 43)

Coordenador organizao (ou pessoa) com responsabilidade para coordenar todas as atividades envolvidas na operao de um programa de ensaio de proficincia.(ABNT ISO/IEC Guia 43)

Qualidade e Produtividade

fatores chave para a competitividade, sempre foram preocupao dos setores produtivos, em maior ou menor escala em diferentes setores, em especial nos pases com economia aberta.

QUALIDADE DE UM PRODUTO Adequao ao uso

ESPECIFICAO a qualidade mnima necessria ao bom desempenho do produto, definida atravs de um conjunto de caractersticas e seus respectivos limites.

Provedores Estrangeiros

AIHA American Industrial Hygiene Association, Estados Unidos www.aiha.org AOAC International, Estados Unidos www.aoac.org ASTM - American Society for Testing and Materials, Estados Unidos: www.astm.org BAM - Bundesanstalt fr Materialforschung und -Prfung, Alemanha: www.bam.de CTS - Collaborative Testing Services, Estados Unidos: www.collaborativetesting.com NATA - National Association of Testing Authorities, Austrlia: www.nata.asn.au RELACRE - Associao de Laboratrios Acreditados de Portugal: www.relacre.ptFonte: Inmetro

Outros sites de interesse

APLAC - Asia Pacific Laboratory Accreditation Cooperation www.ianz.govt.nz/aplac EA - European Cooperation for Accreditation www. European-accreditation.org EURACHEM www.eurachem.ul.pt EUROLAB www.eurolab.org ILAC - International Laboratory Accreditation Cooperation www.ilac.org Banco de Dados Europeu EPTIS - European Information System on Proficiency Testing Schemes www.eptis.bam.deFonte: Inmetro

Tipos de Ensaios de proficincia

Programas de comparao de medio; Programas de ensaios interlaboratoriais; Programas de ensaios de partidas de amostras; Programas qualitativos; Programas de valor conhecido; Programas de processo parcial.

Organizao e Projeto

Especialistas tcnicos Coordenador Estatsticos

ABNT ISO/IEC 43 - 1

Estrutura

Planejamento previamente estabelecido: informaes sobre a organizao que conduz o programa; natureza e propsito do programa; informaes sobre os laboratrios participantes; natureza dos itens de ensaio selecionados; descrio da maneira pela qual os itens de ensaio so obtidos, processados, verificados e transportados; datas previstas para envio dos dados ao coordenador e envio do relatrio aos participantes; tcnicas de avaliao de desempenho.ABNT ISO/IEC 43 - 1

Estrutura

Convm que o modelo estatstico e as tcnicas para anlise dos dados a serem utilizados sejam documentados; Convm que os procedimentos para amostragem, seleo aleatria. Transporte, recebimento, identificao, rotulagem, armazenamento e manuseio dos itens de ensaio sejam documentados; Convm que os coordenadores, quando apropriado, solicitem detalhes sobre os mtodos utilizados, para permitir uso dos resultados dos participantes para comparar e comentar tais mtodos.ABNT ISO/IEC 43 - 1

Anlise de dados e registroConvm que os resultados recebidos dos laboratrios participantes sejam lanados e analisados, sendo ento relatados to logo quanto possvel; Convm que a anlise dos dados gere um resumo das medies, estatsticas de desempenho e informaes associadas consistentes com o modelo estatstico e os objetivos do programa; Convm que as seguintes informaes sejam includas nos relatrios de programas de proficincia: informaes sobre o coordenador e laboratrios participantes; identificao do relatrio, contendo numerao e identificao do programa; descrio do preparo das amostras, testes de homogeneidade e estabilidade; cdigos de participao dos laboratrios e resultados de ensaios; anlise estatstica dos resultados; anlise do desempenho dos laboratrios participantes. ABNT ISO/IEC 43 - 1

Z-score

Para comparar o desvio do valor obtido em relao ao valor real com um desvio padro estimado. Quando no disponveis valores de referncia, podem ser obtidos valores de consenso entre laboratrios.

Onde: x = valor obtido pelo laboratrio X = melhor estimativa do valor real S = desvio padro

Avaliao do Desempenho

Satisfatrio |z|2 Questionvel 2